O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Avatar

Contas Consolidadas do Benfica: A Explicação (By Benfica Eagle)

 ●  + 72 comentários  ● 
ANÁLISE REALIZADA POR "BENFICA EAGLE" (Em Exclusivo para o Blog Geração Benfica)

A análise aos 3 Grandes, como tem sido habitual vai ser realizada no início de Novembro, após a apresentação de todos os Relatórios e Contas de Benfica, Porto e Sporting.

No entanto, como um colega do blog teve dúvidas sobre as contas consolidadas do Benfica (Link 1 e Link 2), e decidiu tornar essas dúvidas públicas, importa esclarecer quais os "erros de análise", e quais os "erros" que outros adeptos dos 3 Grandes poderão também ter.

Segundo as informações que se conhece:

 - Benfica SAD Consolidada
Activo Consolidado da Benfica SAD: 476,4M€
Passivo Consolidado da Benfica SAD: 455,5M€
Capital Próprio: +20,9M€

 - Benfica "Clube" Consolidado 
Activo Consolidado "Integral" do Grupo Benfica: 417,6M€
Passivo Consolidado "Integral" do Grupo Benfica: 495,1M€
Capital Próprio: - 77,5M€

Quanto ao Passivo, sempre afirmei que cerca de 90% do Passivo CONSOLIDADO do Grupo Benfica está na SAD, e isso confirmou-se.  

Quanto ao Activo, será necessário realizar algumas explicações quanto ao Investimento nas Empresas Participadas, Marca Benfica e Atletas.



PASSIVO DO BENFICA

Passivo Consolidado da Benfica SAD: 455,5M€
Passivo Consolidado "Integral" do Grupo Benfica: 495,1M€

Para ser rigoroso,  92% do Passivo CONSOLIDADO do Grupo Benfica está na SAD!

É fácil demonstrar que é Falso que o Benfica tenha mais de 500M€ de Passivo Consolidado em todas as empresas, e também é Falso que tenha mais de 600M€, como alguns adeptos dos rivais tentavam fazer crer! A "verdade" vem sempre à tona!

O único clube com mais de 500M€ de Passivo+VMOC's é o Sporting, e esse facto irá confirmar-se se tiverem a "coragem" de apresentar as contas consolidadas!


Em termos contabilísticos, o Passivo e o Capital Próprio serve para "financiar" os investimentos no "Activo". Importa então analisar em que é que o Benfica "investiu" e quais os valores que poderão estar em "falta" no ACTIVO CONSOLIDADO do Grupo Benfica.

Existem muitos "entendidos" em Passivo, e são raros os "entendidos" em Activo!


ACTIVO DO BENFICA

Activo Consolidado da Benfica SAD: 476,4M€
Activo Consolidado "Integral" do Grupo Benfica: 417,6M€

No Activo CONSOLIDADO do Grupo Benfica faltam 2 rúbricas fundamentais:
1) Custo Total de Aquisição das Participadas (porque em "consolidação" não se considera o "valor de custo" mas sim "Valor contabilístico" (MEP) ou nem se considera sequer qualquer custo das participadas (Método Integral)
2) Custo de Aquisição / Avaliação dos Activos INTANGÍVEIS (Marca Benfica + Atletas)


Explicação 1 - Custo de Aquisição das Empresas Participadas:
Segundo as Contas Consolidadas do Benfica pelo "Método de Equivalência Patrimonial", o Benfica teria 73,5M€ de Capital Próprio Negativo no Benfica Clube "Consolidado", e investiu mais de 86,3M€ em 2 rubricas importantes:
- Aquisição das participações que detém nas várias sociedades por via directa (42,9M€), 
- Prestações Acessórias, que serviram para financiar a participação que tem na SAD, por via indirecta da Benfica SGPS (43,4M€)

Ou seja, o Benfica "clube" investiu 86,3M€ para deter todas as empresas. E decidiu "avaliar essas participações em "apenas" 13,6M€, o que representa uma "perda" de 72,7M€, valor semelhante aos 73,5M€ de perdas segundo o MEP!

No método de consolidação Integral não se considera sequer o valor de investimento nas participadas, apenas o Activo e Passivo dessas empresas, retira-se as operações intra-grupo, e o Capital próprio negativo aproxima-se dos tais "77,5M€". O Benfica investiu 86,3M€ nas participadas e "avalia" esse investimento em 0.

Este é o principal motivo pelo qual na Consolidação via MEP - Método de Equivalência Patrimonial (que o Benfica sempre fez) ou por via do Método Consolidação Integral (que também apresentou agora), aparecem esses supostos "capitais próprios negativos".

Se o Benfica utilizasse outro "método" para avaliar as suas participações, através de uma avaliação independente, que poderia ser aceite ou não na contabilidade (existem várias interpretações), poderia-se recorrer à Avaliação que a KPMG fez aos principais clubes europeus:

Link -> Exclusivo: Benfica avaliado em 285M€ (Estudo dos Clubes Mais Valiosos - KPMG)

Benfica está avaliado em 285M€, Porto aparece avaliado em 188M€ e o Sporting nem sequer é considerado, por não estar no TOP dos "Clubes" mais valiosos

Se se lembrarem do que anunciei em 1ª mão, em Maio de 2016, o Benfica  foi Avaliado por uma das empresas mais credíveis no mundo (KPMG) por 285M€! 

Essa metodologia da KPMG avalia não apenas o valor "contabilistico" dos Activos, mas também o valor "real" da marca, dos jogadores, estádio, etc. 

Mais de 90% da Actividade do Benfica está na SAD (Activo, Passivo, Facturação), tendo o clube uma participação de 63,65% na Benfica SAD, então a sua participação vale 181,4M€ segundo a KPMG:
- Custo de Aquisição das Empresas Participadas + Prestações Acessórias - 86,3M€
- Avaliação "contabilistica" das Aquisições, segundo a Consolidação MEP - 13,6M€
- Avaliação "contabilistica" das Aquisições, segundo a Consolidação Integral - 0€
- Avaliação "real" da participação do "clube" (63,65%), segundo a KPMG - 181,4M€

Ou seja, na verdade o Benfica "clube" não está a ter uma perda de 77,5M€ (Método Integral) ou de 73M€ (Método de Equivalência Patrimonial) nos seus investimentos, porque os mesmos até estão a "VALORIZAR", segundo uma entidade independente e credível (KPMG)!!

Segundo a KMPG esses investimentos valem mais do DOBRO do que custaram!

A grande questão em "investimentos", e todas as pessoas da área percebem, é que independentemente do valor contabilístico, um investimento de "facto" só irá originar perdas reais se for vendido por um valor inferior ao valor da Aquisição.

Como eu espero que o Benfica Clube NUNCA venda a Benfica SAD a investidores externos, existirá sempre essa questão de se avaliar na "contabilidade" as acções do Benfica na SAD por valores muito abaixo do VALOR REAL.


Explicação 2 - Custo de Aquisição / Avaliação dos Activos INTANGÍVEIS (Marca Benfica + Atletas):

A) Marca Benfica

O Clube em termos Consolidados avalia a "MARCA BENFICA", no máximo, por 42.503€. Esse é o valor que aparece na rúbrica "Activos Intangíveis" do Clube.

Acontece que a  SAD assinou um acordo com o Clube que representa mais de 50M€ de Activos Intangíveis (Exploração da MARCA BENFICA até 2051), a SAD financiou-se para esse efeito (Passivo), e no Benfica "clube" essa Marca apenas está "avaliada" por 43 mil euros.  Esta é uma grande diferença na "avaliação" do Activo da SAD e no Activo do Clube!

Além desse dinheiro da SAD, o Clube ainda recebe mais de 1M€/Ano da BTV e do Merchandising, devido à utilização da Marca Benfica. Ou seja, nos próximos 35 anos,  o clube vai ter receitas que se aproximam dos 80M€ pela cedência da Marca Benfica à SAD, BTV e Merchandising, e apenas avalia a Marca Benfica em 43 mil€.

Ao nível do valor real das Marcas, importa analisar o Estudo da Brand Finance:

PS: os jornalistas nem sequer percebem a diferença entre o valor da marca e o valor do clube! Além da Marca, um clube tem muitos mais Activos!

Porto e Sporting não entram nesse "Estudo das Marcas Mais Valiosas" (Brand Finance) pelo facto de as marcas não estarem no TOP 50.
Segundo a BrandFinance, o Benfica tem uma Marca que está no TOP 50 das mais valiosas, ao nível de clubes de futebol, e avalia a Marca Benfica em 86M€!

Vamos relembrar o "capital consolidado negativo" pelo método integral (77,5M€)

A Marca Benfica está avaliada pelo "Clube" em 43 mil€, a BrandFinance avalia a marca em 86M€ e esse é um dos motivos para apresentar, pelo método integral, capitais próprios negativos. Bastava "avaliar" a marca pelo valor real, e já existia um capital próprio positivo.


B) Atletas
Este aspecto já é mais conhecido e debatido pelos adeptos dos clubes.

Os jogadores da formação são avaliados na contabilidade, por ZERO euros.
Os jogadores contratados que o Benfica adquiriu custaram 186,1M€ (R&C 3º Trim. 2015/2016) e apenas estavam avaliados em 106,9M€. Já foram amortizados 79M€ (3º Trim.) e no final de 2015/2016 as Amortizações terão chegado os 88M€, atendendo a 9M€/Trimestre, ou seja, no final da época a desvalorização dos jogadores adquiridos também supera os supostos "capitais próprios negativos".


CONCLUSÕES:
- O Clube investiu 86,3M€ nas participadas e avaliou o investimento por 13,6M€ (MEP) ou por 0€ (Consolidação Integral), e segundo a KPMG a participação do Benfica (63,65% do capital social da SAD) vale 181,4M€.
- A Marca Benfica no Clube vale 43 mil€, na SAD ficou avaliada em mais de 50M€ (que não é considerada na consolidação) e a Brand Finance avalia a Marca Benfica em 86M€.
- Os jogadores formados no Benfica VALEM 0€ na contabilidade.
- Os jogadores adquiridos por 186,1M€ (R&C SAD - 3º Trim 2015/2016) apenas estão avaliados por 106,9M€, e no final da época estariam avaliados por menos de 100M€.

No Método de Equivalência Patrimonial: Se considerarmos o "valor real" das participadas (Avaliação KPMG), essa rúbrica do Activo iria subir dos 13,6M€ para os 181,4M€, valorizando-se em 167,8M€, ou seja o Capital Próprio Consolidado seria positivo em 94,8M€.
  
No Método de Consolidação Integral: Se considerarmos o "valor real" da MARCA (Avaliação Brand Finance) + "valor de aquisição" dos Jogadores, essas rúbricas do Activo iriam subir 174M€ (86M€ Marca + 88M€ Amortização Atletas), o Activo Consolidado seria de 591,6M€ vs Passivo Consolidado de 495,1M€, ou seja o Capital Próprio Consolidado seria positivo em 96,5M€!


E ainda fica a faltar a "reavaliação dos jogadores da formação", único argumento que o Sporting utiliza para afirmar que os seus Activos valem mais do que os cerca de 200M€, em termos consolidados, com um Passivo+VMOC's a rondar os 500M€!

O Sporting tem poucos argumentos além da reavaliação dos jogadores da formação, porque: 
- Tem uma Marca pouco valorizada (não aparece no TOP 50 da Brand Finance)
- Tem participações nas empresas pouco valorizadas (não aparece nos TOP dos Clubes Mais Valiosos da KPMG) 
- Tem investido pouco dinheiro na contratações de Atletas (cerca de 25% do valor investido pelo Benfica).


Há muitos "entendidos" em Passivo e são raros os "entendidos" em Activo!
Mas ainda há quem ache que a culpa dessa situação se deve à "transparência" do Benfica ;)

Para finalizar, foi possível chegar a estas conclusões com a informação "disponível" no R&C da Benfica SAD e no R&C do Benfica Clube, sendo também importante a informação disponibilizada pelos principais Estudos sobre Marketing Desportivo e Finanças do Futebol (Deloitte, KPMG, Brand Finance)!

72 comentários via blogger

  1. Muito bom texto, como sempre, a minha dúvida é o porquê do Benfica não usar esses dois métodos para valorizar o ativo para ter capital Próprios positivos. Quais são as desvantagens desse aumento do passivo. ..
    Joel M

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas empresas utilizam o Goodwill, no momento de aquisição de empresas, para valorizar o excesso de dinheiro que investem face ao valor contabilístico das empresas adquiridas..

      Isso acontece mais no momento da compra das participações, e por exemplo, a Impresa (SIC) e o Manchester United utilizaram essa estratégia. Têm muitos milhões no Activo em Goodwill.

      Se o Manchester United está-se a valorizar, quanto à Impresa tenho muitas dúvidas.

      A reavaliação de Activos Intangíveis numa empresa é difícil. A contabilidade impõe muitos limites, para evitar abusos, e para evitar Activos "valorizados" que não correspondem de facto à "verdade" patrimonial de uma empresa.

      Mesmo que existam estudos independentes e credíveis, existem limites e barreiras a essa situação, até em termos fiscais. A operação de reavaliação da marca Benfica na SAD foi uma boa solução. No clube, o Benfica deveria também analisar em que medida será possível reavaliar a marca Benfica, atendendo aos estudos independentes, mas confesso que é uma área pouco explorada e pouco abordada no mundo empresarial, seja em Portugal, ou a nível internacional.

      Na aquisição de jogadores, também as regras são algo penalizadoras, mesmo que estejam a valorizar, têm de ser Amortizados ao longo da duração do contrato.
      Nos jogadores da formação, é difícil a reavaliação. O Benfica Stars Fund ainda ajudou a determinada altura nessas operações, mas os fundos foram proibidos, porque alguns fundos estavam a ter más práticas.

      No momento da Aquisição é possível "valorizar" um Activo Intangível (marca, patente, direitos sobre um atleta de futebol, goodwill sobre aquisição de uma empresa, etc).

      Durante a actividade normal creio que a contabilidade deveria evoluir para uma metodologia mais coerente, transparente, rigorosa, e unânime, que permitisse reavaliar Activos Intangíveis, durante a vida da empresa. Neste momento estas são as regras.

      Por isso é que eu refiro-me muitas vezes ao ACTIVO BRUTO (Valor de Aquisição dos Activos) ao nível das SAD's.

      Considerando 203M€ em Amortizações de Atletas e das infra-estruturas (terrenos, estádio da luz, centro de estágio, pavilhões), na Marca Benfica + Direitos Televisivos ... a Benfica SAD tem 679M€ de Activo "Bruto" vs 455M€ Passivo. um "saldo positivo" de 224M€!

      Eliminar
    2. Eu percebo perfeitamente que muitas vezes, na contabilidade, mais vale avaliar ativos por baixo, para não haver sobrevalorização de ativos. O que não me encaixa, na cabeça, é o valor do investimento "interno" e o valor da marca Benfica serem valores tão pequenos... Eu sou aluno universitário, por isso já dou uns toques na contabilidade, mas só neste semestre é que estou a ter a cadeira de consolidação, daí ter muitas duvidas em relação a isto.
      E por ultimo concordo inteiramente que a contabilidade está muito atrasada e em termos futebolísticos ainda pior, pois como o Benfica segue um metodo de valorização de ativos, o Porto pode seguir outro e o Sporting igual . . .
      Joel M

      Eliminar
    3. Joel M, sim é verdade que a contabilidade tende a ser "conservadora" na avaliação dos Activos, e ainda mais quando se tratam de Activos Intangíveis.

      Quanto à Marca, o que está na SAD é o direito de exploração da Marca, por parte da SAD até 2051.
      O Clube é que é o "detentor" o proprietário da Marca, e neste caso a Marca deveria valer 80M€ ou até mais, analisando as receitas futuras que a Marca irá gerar, ou até os Estudos independentes, que por exemplo a Brand Finance realiza.

      Concordo contigo que faz confusão como é que uma marca com a do Benfica está avaliada no clube por "peaners", ou seja, por uma ninharia :)

      Eliminar
    4. Então ao que parece estou a aprender alguma coisa de jeito na universidade !
      Obrigado pelas explicações e aguardo mais textos destes ! :)
      Joel M

      Eliminar
    5. Sim Joel M, pelo que escreveste deu para ver que estás a ter a introdução a algumas noções básicas da contabilidade :)

      Se tens curiosidade sobre estas temáticas podes ler os posts que fui escrevendo sobre finanças do futebol: http://geracaobenfica.blogspot.com/search/label/finan%C3%A7as

      Eliminar
    6. Eu acompanho já desde o ano passado, mas só agora decidi deixar um comentário porque tinha esta dúvida pertinente! Já que estou na área, faço dois em um, ou seja, junto futebol e finanças !
      Joel M

      Eliminar
    7. Ok, se quiseres podes comentar futuras publicações que faça.
      Abraço

      Eliminar
    8. Ok Eagle, excelente trabalho, como sempre.
      Contudo, relativamente às reavaliações, dos jogadores da formação, etc, também deveríamos reavaliar os jogadores sobrevalorizados, ainda que com custos de aquisição bem definidos, certo?
      Abraço.
      JP

      Eliminar
    9. JP, os jogadores contratados tendem para "Zero", em termos contabilísticos, no final do contrato.

      Os jogadores que estão a valorizar é que poderiam ser reavaliados, se existisse uma metodologia universalmente aceite pela indústria, e a mesma fosse transparente e rigorosa.

      Abraço

      Eliminar
    10. Benfica Eagle, uma dúvida, como é que contabilisticamente são valorizados jogadores que renovem e fiquem alguns anos no clube? tipo o Luisão já deve ter amortizado na totalidade, o Jardel e outros assim e na verdade ainda tem muito potencial valor.

      Eliminar
    11. Excelente trabalho do Benfica Eagle, vinha colocar uma questão sobre a razão de os ativos serem avaliados de uma maneira tão "conservadora" mas tambem já foi respondido.

      Este será um tópico ao qual o Sr. Hugo Amaral não vai fazer qualquer referência de certeza.

      Continuamos é todos à espera das contas consolidadas do Sporting, semanas passam e nada. O Porto nem as da SAD Futebol, tão a ser "cozinhadas" em lume brando, na volta ainda apresentam lucro quando toda a gente espera prejuizo historico.

      Eliminar
    12. Olá RREB,

      Numa renovação é adicionado ao valor contabilistico o prémio de assinatura pela renovação, eventuais outros custos com a renovação.

      Se a renovação acontecer no final do contrato fica avaliado por ZERO + prémio de assinatura e outros custos com a renovação.
      Se a renovação acontecer a meio do contrato, fica avaliado pelo que faltava amortizar + prémio de assinatura e outros custos com a renovação.

      Eliminar
    13. Obrigado pelo comentário Tadeu!

      Quanto às contas do Sporting espera sentado.
      Duvido que Bruno de Carvalho tenha coragem para apresentar as contas consolidadas do Sporting!
      A partir desse momento será óbvio que passará a ter ZERO credibilidade quando falar de finanças.

      Quanto ao Porto, não há volta a dar, apresentam cerca de 50M€ de prejuízos e logo de seguida marcam uma Assembleia Geral do Clube para aprovar a passagem da restante % do Estádio para a SAD, de forma a compor capitais próprios negativos na SAD.

      Abraço

      Eliminar
    14. Penso que o Babalu só irá apresentar as contas consolidadas da lagartagem na mesma altura da apresentação dos resultados do 1º trimestre 16/17, porque então entrarão as vendas do João Mário e do Slimani assim como o prémio da Champions. Mas ou muito me engano ou irá ter uma surpresa desagradável porque as pessoas sabem fazer contas de somar e diminuir.

      Eliminar
    15. Claro que sim Eagle, no final do contrato o valor dos jogadores é zero, uma vez que amortização se encontra 100% feita, a minha questão tem a ver com o valor no momento, com o potencial absoluto rigor contabilístico (?!), se se coloca a questão do valor das jovens promessas também, é facto, há jogadores contratados por "X" mas cuja avaliação pode ser (é) muito inferior, adulterando assim o valor do activo em cada período até final do contrato.
      Por outro lado, como alguém disse um dia, a longo prazo estamos todos mortos... ;)
      Abraço.
      JP

      Eliminar
  2. Benfica Eagle - Mais uma vez muito obrigado por partilhares as tuas análises. Tenho aprendido imenso sobre as contas dos clubes.

    Quanto aos nossos vizinhos, em Novembro, aposto que vem aí um RC que irá provar, sem margem para qualquer dúvidas, que financeiramente nunca estiveram tão bem e que o futuro é verde.
    Bem, voltando à terra, este ano por acaso, estou com muita curiosidade no relatório do FCP. Já repararam que andam muito caladinhos a esse respeito. Dá toda a sensação que andam a tentar passar entre os pingos da chuva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Sporting que apresente o Relatório Consolidado do Sporting "Clube" de 2015/2'16, e não apenas da SAD ... e depois "conversamos" ;)

      Parece-me que os responsáveis do Expresso vão ter de esperar sentados à espera das contas ;)

      Quanto ao Porto, os prejuízos vão ser maus em 2015/2016, os piores de sempre de uma SAD em Portugal.

      Eliminar
  3. Pérolas a porcos.
    Isto está cheio de ignorantes militantes. Dos que sabem que não sabem nem querem saber. Porque lhes dá muito trabalho, ou porque simplesmente está fora das suas capacidades cognitivas.
    Em contrapartida, aprenderam a papaguear a palavra passivo como ninguém.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No caso dos jornalistas, além de pouco conhecimento sobre as matérias, também existe "falta de vontade" de por a nú estas temáticas.

      Eliminar
  4. Bom dia,

    antes de mais, um agradecimento pelo esclarecimento. Com tanta informação e contra-informação e sem ser especialista na área não é fácil entender este tema.

    Depois uma questão, se por norma as empresas tentam sempre apresentar "os melhores resultados possíveis" porque é uma forma de atrair investidores, qual a razão de o Benfica apresentar as contas de forma a transmitir capitais próprios negativos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na SAD o Benfica tem 20,5M€ de capitais próprios positivos.

      No Clube, avalia a marca por um valor irrisório, e as participações nas associadas, segundo o MEP - Método de Equivalência Patrimonial, estão avaliadas apenas pelo "capital próprio" contabilístico respectivo e não pelo custo de aquisição, não sendo considerado um Goodwill.

      É discutível se esses são os métodos mais indicados de valorização dos Activos de uma SAD, e isso aplica-se a qualquer SAD a nível mundial.

      Eliminar
  5. Uma empresa que dê lucros sucessivos, acontece-lhe o quê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tendo lucros sucessivos, precisa de menos passivo para financiar os investimentos contabilizados no Activo, já que tem mais capitais próprios ... e terá de pagar impostos sobre os lucros anuais ;)

      Prefiro isso (pagar impostos) a por em causa a sustentabilidade de uma SAD.

      Eliminar
    2. antonioSLB10/10/16, 12:50

      Caro Benfica Eagle, pergunta de ignorante nesta matéria: se no final do ano contabilistico se prevê que irá existir um valor de lucro anual, logo ter de se entregar parte desse valor ao Estado pelo pagamento de impostos, porque não, antes desse final de ano, aproveitar e utilizar grande parte desse lucro, fazendo uma amortização parcial de um empréstimo bancário ou a um pagamento a outro credor, reduzindo assim o nosso passivo e evitando o pagamento do imposto ao Estado? Não temos que estar a financiar o Estado, aquilo que geramos no final do ano deve ser utilizado para melhorar a situação contabilistica do Clube e SAD e não a do Estado.
      Será que posso ser esclarecido?

      Eliminar
    3. antonioSLB, não é assim que as coisas funcionam.

      Se tiver lucro, uma empresa tem de pagar sempre IRC.
      E depois, do que sobrar, é que pode amortizar empréstimos :)

      No caso do Benfica, como tem alguns prejuizos de exercícios anteriores pode deduzir esses prejuízos ao lucro dos anos recentes, e por isso é a SAD não tem pago praticamente nada de IRC.

      No futuro, espero que pague IRC. É sinal que continua a dar lucros.

      Eliminar
    4. antonioSLB10/10/16, 14:14

      "No futuro, espero que pague IRC. É sinal que continua a dar lucros." Eu espero o mesmo, mas só depois de pagarmos o que nos custa milhões em juros todos os anos! Que eu saiba o Estado não nos dá nenhum prémio por apresentarmos lucros. Nós é que ainda lhes damos em forma de imposto!
      "E depois, do que sobrar, é que pode amortizar empréstimos :)" E então não se pode amortizar um empréstimo no decorrer do ano operacional, como um acto de gestão corrente, sem esperar pelo final desse ano? No decorrer do último trimestre já é possível ter uma noção mais ou menos correta se no final vamos ter lucro ou prejuizo, ou não? Pergunto eu, com base no senso comum e consciente da minha pouca ou nenhuma sabedoria nesta matéria. Mas se eu tivesse um pequeno negócio, preferia, antes de fechar as contas anuais, pagar a quem devia, reduzindo assim as minhas duvidas em vez de dar dinheiro de borla ao Estado como prémio por o meu negócio ter tido lucro!
      Mais uma vez os meus agradecimentos e os parabéns pelo artigo

      Eliminar
  6. até que enfim eu nao sou nada especialista em contabilidade e este poste faz de mim menos incompetente obrigado pela finesa explicativa e jà agora pedia-lhe uma pequena explicaçao sobre a necessidade do SLB ir ao mercado dos empréstimos obrigacionista as vantagens e inconvenientes. muito OBRIGADO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Considero uma boa opção a emissão de empréstimos obrigacionistas, e a taxa menor do que os rivais demonstra que o Benfica tem menor risco para o mercado.

      Eliminar
    2. Artur33, o ultimo emprestimo obrigacionista, foi com uma taxa de 4.25, os emprestimos da banca que o BEnfica efetuou anda tudo entre ~8%. Tudo o que seja diminuir passivo bancario, ou pelo menos substituir por passivo com juros mais baixos é positivo e significa poupança. Não tenho a minima duvida que o Benfica no proximo emprestimo obrigacionista podia dar 3.5\3.75% de juros que continuaria a haver subscrição total.

      Eliminar
    3. Tadeu, pagar +-8% ao Novo Banco, quando o Sporting paga 1% a 2% em empréstimos ao Novo Banco... enfim!

      Nos empréstimos obrigacionistas, junto do mercado, a Benfica SAD é a que consegue a taxa de juro mais baixa, e o Sporting a taxa de juro mais alta dos 3 Grandes.

      Eliminar
  7. Conheço uma avaliação muito mais credível para a Sad do Benfica, a da bolsa de valores, conheces?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A SAD está cotada em bolsa. As restantes empresas não estão cotadas.

      Para muitos sectores empresariais é o método mais utilizado, mas no caso das SAD's (com maioria de capital por parte dos clubes) o valor transaccionado é residual, e as acções ficam desvalorizadas pelo facto de um investidor não conseguir controlar a maioria do capital.

      Além do mais, o objectivo da maioria das empresas é o lucro, e as SAD's portuguesas nunca distribuíram dividendos, o que faz com que não sejam procuradas como um investimento rentável, e nessa medida a "bolsa" também não traduz o seu real valor.

      Eliminar
  8. Muito bom, faltava aqui um esclarecimento de quem mexe mais nestes assuntos financeiros aqui no Blog.

    Se por um lado as dúvidas levantadas pelos outros membros no Blog eram fundadas, por outro quem se debruça, ou debruçou, mais ou menos aprofundadamente nestes assuntos de contas de empresas e instituições sabe muito bem que as contas muitas vezes vêm mascaradas conforme o objectivo que se pretenda atingir.

    Nada de anormal essa cosmética nas contas, o pior é quando estão totalmente desfasadas da realidade, aí é que acontecem as falências e bancarrotas, não só aí, mas muitas vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marco Rego, no caso do Benfica a situação contabilística demonstra uma situação desfasada da realidade, em prejuízo do Benfica, já que os Activos (Jogadores + Marca) valem muito mais do que o valor pelo qual estão avaliados!

      Quanto às dúvidas sobre estas temáticas, isso significa que as pessoas em questão não percebem os assuntos. Infelizmente, a maioria das pessoas percebe muito pouco sobre isto ;)

      O Estudo da KPMG a avaliar o Benfica em 285M€ é um bom "indicador" quanto à "realidade" patrimonial do Benfica ;)

      Eliminar
    2. PS: Quanto a Passivo "escondido", terá de ir ao outro lado da 2ª Circular :)

      Eliminar
    3. Basicamente podemos assumir que o Benfica está a ser prudente nas suas demonstrações financeiras, é uma estratégia válida, gostava era de saber também o porquê disso acontecer.

      Do lados dos nossos vizinhos, obviamente que convém mostrar as contas como as melhores possíveis pois com a celeuma causada pela acusação de gestão danosa por anteriores dirigentes, o pior que poderia acontecer seria provar-se que as contas pioraram sem que isso possa ser imputável às gestões passadas.

      Eliminar
    4. Podes crer que as contas do Sporting pioraram no actual mandato ;)
      O Passivo + VMOC's do Sporting pela primeira vez na história do clube superaram os 500M€!

      Na época passada teve prejuízos de 32M€ (com perdão de juros) e sem perdão de juros os prejuízos teriam ascendido aos 47M€. Seriam os piores da história do Sporting!

      O Sporting tem escondido passivo na SGPS e agora nos VMOC's, porque de outra forma já tinha sido afastado das competições europeias, pelo fair-play financeiro, há muito tempo!

      Eliminar
  9. Agradecido ao Benfica Eagle por mais esta lição.
    Já que aqui vêm quando querem, gostaria de ler o contraditório feito pelos lagartos expertos nestas matérias. Não querem arriscar?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro, no Porto ainda dou alguma credibilidade às análises do Blog Tribunal do Dragão.

      No Sporting não conheço nenhum blog com credibilidade sobre o Assunto. Um dos que "tenta" abordar estas temáticas é o Artista do Dia (que é uma extensão encapotada do Departamento de Comunicação do Sporting), e apenas se presta atirar areia para cima dos seus leitores, tal como a "estrutura" do Sporting tem feito.
      Seria bom que analisassem as contas "consolidadas" do Sporting. Vou esperar sentado :)

      Eliminar
    2. O Anortedealvalade não é mau...aborda tb algumas destas questões com alguma preocupação no que diz respeito ao clube verde e branco

      Eliminar
    3. "A norte de Alvalade" é um blogue sério de pessoas sérias. O Artista do Dia é um palhaço que mente sem vergonha, inventa, modifica e manipula números e deturpa informação sobre o Benfica para ajustar aos seus preconceitos e à crítica despudorada.

      Eliminar
    4. Meu caro Manuel,

      O Artista do Dia foi criado 3 meses após a eleição de Bruno de Carvalho. E mais não digo ;)

      O Quid/Zingaro/Recreativo de Cá e Lá, e restantes heterónimos tem sotaque do "norte" ;)
      É a versão cibernética do bobby e do tareco, e mais não digo ;)

      Eliminar
    5. Caro BE, "A norte de Alvalade", um blogue completamente anti Bruno Carvalho, não tem nada a ver com o BlueEyes + 100 nicks, que nunca comenta lá (não passa de um doente mental com uma história pessoal bem conhecida), que por outro lado costuma ter via aberta no "Artista do Dia" para perorar e inventar sobre tudo o que lhe vem à cabeça, o que até está de acordo com a linha editorial do blogue. Do pior que se escreve na net em termos de manipulação de informação.

      Eliminar
  10. Caro Benfica Eagle, antes demais muito obrigado por esta análise.
    Apenas gostaria que esta análise fosse de imediato enviada para a SIC...espero que conforme prometido hoje se fale no tempo extra das contas dos três grandes sem atropelos e que de uma vez por todas houvesse um esclarecimento credivel para tanta poeira que nos tem atirado para os olhos (nomeadamente o BDC), e se não for muito incomodo envie para os autores do artigo no expresso deste fim de semana!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas, dúvido que hoje falem de finanças dos 3 Grandes no Tempo Extra, atendendo a que o Sporting ainda não apresentou contas consolidadas e o Porto ainda não apresentou as contas da SAD e as consolidadas.

      Quanto a dar destaque ao que se lê por cá, o Tempo Extra já citou uma vez o Blog Geração Benfica, tal como nos painéis da CMTV, na semana passada, citaram este blog.

      Este Blog é lido por mais pessoas ligadas ao desporto do que imagina ;)
      As estruturas dos 3 grandes estão atentas ao que se passa na Blogosfera desportiva.

      Eliminar
    2. Queria dizer "Dia Seguinte"...Não dá para meter este tópico por umas semanas no topo do BLOG?...era para os jornaleiros se irem lembrando do assunto e a coisa não ficar em saco roto.
      Sei que se eu estivesse no Benfica também não iria reagir a todo e qualquer disparate que debitam do outro lado da 2.ª circular, mas este assunto das finanças de uma vez por todas gostaria de ver a limpo com as contas dos 3 grandes.
      É que há quem sejam uns tesos, que não cumprem, não pagam juros nem capital, vivem com o dinheiro de nós todos que foi para o BES e cuja trupe amigalhaça fez o favor de desviar para Angola e de proporcionar aquelas condições magnificas de pagamento da divida. Enquanto comum Português e futebol à parte se eu fosse ao BES e dissesse que não vou pagar a divida...nem juros pq não tenho dinheiro para mandar cantar um cego queria ver se eles fariam o mesmo que fizeram a determinado clube!...o Zé povinho paga e não bufa ou fica sem casa, as elites...é o que é!!...uma tristeza!...pior!...andam como se não fosse nada com eles com o rei na barriga e a por tudo e todos em causa!

      Eliminar
    3. Anónimo, sim, é isso mesmo Dia Seguinte.
      Também eu me equivoquei, mas pensamos no mesmo programa.
      Foi o Dia seguinte da SIC que já citou este blog, após uma partilha do Rui Gomes da Silva, no seu facebook ;)

      Quanto à análise que fizeste da banca, concordo a 100%.

      Eliminar
  11. Excelente post. Já partilhei.
    Curioso é ver que mesmo depois disto, temos colegas benfiquistas aqui no blog que voltaram a falar como se não tivessem lido isto.

    ResponderEliminar
  12. Parabéns por este Serviço Publico.
    Sem duvidas que este é um dos Blogs mais lidos e deveria ter noção do serviço publico que deveria prestar , o que nem sempre acontece , e nesse caso acaba por prejudicar o Clube que deveria estar a defender.
    Viu-se em tópicos anteriores o que de mal pode ser feito ao Clube e aproveitado pela escumalha anti que por ai anda , E isso deve ser evitado a todo o custo.
    Saudações Benfiquistas e um Bem Haja pelo esclarecimento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste Blog os diversos autores têm liberdade editorial.
      Responsabilizo-me, em consciência, pelo que escrevo.
      Abraço

      Eliminar
    2. É sempre salutar a liberdade editorial; agora a irresponsabilidade em especial quando esta só afecta o bom nome do Benfica e ainda por cima vinda de alguém que se diz Benfiquista, ou que até é realmente Benfiquista é que que não. Felizmente não tem sido o caso do Benfica Eagle.

      LR

      Eliminar
    3. LR, prefiro não entrar por ai.
      Mesmo que discorde, existe liberdade de expressão ... e há sempre o direito de contraditório ;)

      Eliminar
  13. Uma análise em termos contabilísticos de Faculdade! Parabéns, excepto o falar no rival. O report e
    explicação dos Métodos de'mensuração utilizados e o porquê,mto bem, ....vamos aguardar a prenda da sporting católica business!



    kpmg, hummmmm! Escolhe outra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço o comentário.

      Quanto à KPMG o novo estudo deles pdf & site https://www.footballbenchmark.com/ está muito bom ;)
      É dos mais completos, e supera mesmo o Deloitte Football Money League.

      Eliminar
  14. Passo a passo vou compreendendo melhor os "númaros" do nosso Glorioso e da SAD do nosso Glorioso.
    Também, quem tem sempre à mão a caneta dourada do Benfica Eagle, não vai morrer estúpido de todo!!!
    Abraço

    ResponderEliminar
  15. Benfica Eagle

    Sou benfiquista e como tal com constante preocupação (no bom sentido) acerca das condições do nosso clube. Como a vertente desportiva nos tem corrido bem nos últimos tempos resta-nos a preocupação pela vertente financeira. Esta é sempre mais dificil de compreender, visto que a complexidade da contabilidade escapa à maioria de quem não a estudou. Nesse sentido, Obrigado pelo Post que permite a muita gente melhor compreender o que se passa no nosso clube.


    Agora o motivo do meu comentário:

    Não sei se me sabe esclarecer quanto a uma dúvida com que fiquei ao ver o quadro resumo das contas consolidadas. O Benfica apresenta um resultado liquido do exercicio consolidado de 23.137 M€ no entanto o capital próprio negativo só se reduz em 15.869 M€.

    Sabe porque razão existe uma diferença de 7.268 M€ entre estes valores?

    P.S. A situação do Sporting é problemática, é verdade. No entanto, isso é problema de quem é adepto desse clube. Eu nem gostava que o sporting acabasse (porque gosto da competição e as vitórias são mais saborosas contra adversários mais fortes) mas se eles (adeptos) não se preocupam com a situação financeira do clube, porque é que havemos de ser nós a estar preocupados e a alertá-los para essas situações?

    Saudações Benfiquistas
    TV

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estão a considerar lucro atribuível aos accionistas minoritários que detêm cerca de 1/3 do capital da SAD.

      O quadro do expresso está pouco claro ;)

      Eliminar
  16. Obrigado mais uma vez Eagle por esta análise, e nos elucidar neste sempre complicado mundo contabilístico...


    Uma curiosidade:

    Até que data o Porto tem que apresentar as suas contas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até final do mês as contas têm de ser publicadas na CMVM ;)

      Eliminar
  17. Benfica Eagle obrigado pela explicação, tempo e trabalho.
    Não percebo nada de finanças mas vou ouvindo falar na redução de passivo e outros que dizem que não há grandes empresas sem passivo. A redução do mesmo neste caso deve ser um objetivo ou objeto de uma sã convivência?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Defendo que o Benfica deve reduzir o Passivo à medida que for melhorando os capitais próprios, e à medida que vá aumentando a facturação.

      É público que o Benfica pretende igualar a dívida financeira (+-300M€) com a facturação consolidada do grupo (236M€/Ano)

      Até 2020 acredito que a dívida financeira irá diminuir, e a facturação poderá continuar a aumentar. Talvez essa igualdade aconteça por volta dos 250M€ a 270M€ de divida financeira = facturação anual consolidada.

      Eliminar
    2. Mais que igualar a divida financeira à facturação consolidada, acho que o Benfica devia ter como objectivo igualar os rendimentos aos custos operacionais sem itens extraordinários (transacções de jogadores e incluo também os prémios UEFA aqui).

      Deixando assim de ter a necessidade de realizar mais valias significativas com a vendas dos nossos jogadores com maior procura no mercado. Acho que deste modo a competitividade da equipa seria beneficiada a longo prazo.

      Eliminar
    3. Um dos rácios do fair play financeiro dizem respeito a 50% a 70% dos salários face aos PROVEITOS OPERACIONAIS! E o Benfica cumpre esse rácio.

      Depois, como investe bastante em jogadores (média de 40M€ a 50M€/Ano) e tem custos financeiros a rondar os 20M€, tem de vender jogadores para compensar estas 2 rúbricas.

      O Benfica financia-se (passivo) para comprar jogadores, mas depois existem pessoas que nos proveitos só querem analisar passivo vs proveitos operacionais. isso é ERRADO!

      Se grande parte do passivo diz respeito à contratação de jogadores tem de se considerar o passivo vs proveitos totais (que inclui venda de jogadores), ou a dívida financeira vs proveitos totais.

      Eliminar
    4. Certo, concordo.

      Não era no entanto isso que eu queria dizer. Posso ter-me expressado mal. Eu não queria comparar o passivo com proveitos operacionais (sem itens extraordinarios).

      Queria sim dizer que na minha opinião o Benfica devia almejar ir trocando o modelo actual de financiamento do activo através do passivo, para o fazer através do rendimento operacional. Se nós conseguissemos equilibrar os custos operacionais + financeiros aos rendimentos operacionais sem transacções de atletas e prémios UEFA (ou considerar em rendimento estavel uma determinada verba neste item (por ex. o valor de entrada na champions) então não necessitaríamos (podiamos fazer, mas não por necessidade) de vender os nossos jogadores mais apeteciveis.

      Depois o valor conseguido nos itens extraordinários (transacções + acréscimos aos prémios UEFA) serviriam para o ajuste do plantel e outros investimentos que as direcções que formos tendo achem relevantes.

      Sei que será muito complicado atingir este modelo, mas parece-me mais sustentavel que o modelo actual assente em alavancagem financeira. Eu sou uma pessoa algo defensiva quanto a este aspecto.

      Estou só a tentar dizer para onde, na minha opinião, o Benfica devia caminhar. Aquele que acho ser o caminho mais acertado em contraste com aquele que a direcção quer apontar de igalar o passivo à facturação. Até porque esse caminho (apesar de ser uma melhoria face à situação actual) não garante estabilidade (os custos financeiros vão ser muito diferentes de ano para ano com as variações da euribor por ex., esse risco pode ser amenizado mas isso já são outras conversas).

      Eliminar
  18. Eagle,

    Obrigado pelo excelente artigo. Muito esclarecedor!

    ResponderEliminar
  19. Benfica Eagle,

    VÉNIA!!!! Post excelente.
    Tudo isto é super interessante. Obrigado pelo serviço que prestas a Benfiquistas como eu. Nem imaginas bem o impacto a. Só é pena só dar para ler, seria superinteressante um debate ainda mais interactivo.

    Um unico ressalvo, por mais que eu consiga entender que as VMOCS poderem ser consideradas concorrencia desleal, a verdade é que também uma escolha nossa o de não acompanhar tais práticas das nossas SADs concorrentes, entendendo os riscos inerentes à perda de autonomia do clube, also que nós Benfiquistas não estamos preparados para fazer.

    Grande abraço,

    JB

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. JB, Agradeço o comentário.

      Quanto à VMOC's eu não critico as VMOC's per si, critico isso sim a TAXA DE JURO de ZERO% nos VMOC's e as taxas de juro de 1% a 3% nos empréstimos e factoring concedido pelo NovoBanco e Millenium BCP, ao Sporting.

      Abraço

      Eliminar
    2. Entendido.
      O meu receio é que todo este processo de fuga para a frente do scp precipite outros a fazer o mesmo. Por exemplo, imagina que as vmocs são executadas e o scp perde o controlo na sad. E que aparece um comprador (a.sobrinho) e passa a ser maioritario de modo parecido com o ownership que se ver na liga inglesa. Se há um efeito Abramovich no scp, vai haver uma grande pressão para outros seguirem as esses caminho também.
      É uma situação parecida com a que acontece hoje. Parece que quem cumpre paga mais, então vamos lá entrar em incumprimento...

      Abs,
      JB

      Eliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes