O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Avatar

Finanças: Análise dos 3 Grandes (3º Trimestre 2015/2016)

 ●  + 104 comentários  ● 
Análise 2000/2015:
As Finanças dos 3 Grandes (2000-2015)


Análise 2015/2016:
Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Trimestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (1º Semestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (3º Trimestre 2015/2016)
Finanças: Análise dos 3 Grandes (Época 2015/2016)

Finanças: Análise dos 3 Grandes (3º Trimestre 2015/2016)
 

Explicação para o Quadro Apresentado - Resultados com Atletas: Para existir comparabilidade nas Demonstrações de Resultados dos 3 Grandes foram apresentadas as "Mais-Valias com Transacções de jogadores + Outros Proveitos com operações de Jogadores". Benfica e Sporting apresentam as Mais-valias, e o Porto esta época começou a apresentar os Proveitos Brutos com a Venda de Atletas, e nos Custos apresenta o valor contabilístico dos jogadores no momento da venda. No caso do FCP: 58,5M€ - 27,3M€ = 31,2M€ em mais-valias + 2,9 em Outros Proveitos com Atletas = +34,1M€, sendo depois necessário subtrair as "Amortizações dos jogadores" que continuam no Plantel, além de outros custos com transações de Atletas.


Atendendo à publicação na CMVM dos Relatórios Trimestrais da Benfica SAD, Porto SAD e Sporting SAD, é apresentada a habitual análise actualizada sobre as finanças dos 3 Grandes.


Benfica: A Benfica SAD aumentou os seus Proveitos Operacionais, face ao 3º Trimestre de 2014/2015, subindo dos 77,7M€ para os 95,4M€, tendo os custos subido dos 77,6M€ para os 83,2M€. Os Resultados Operacionais foram então de +12,2M€, melhorando face aos +0,1M€ da época passada. A performance europeia e a digressão de pré-época foram fundamentais para esta melhoria Operacional. Os Resultados com Atletas foram de -8,0M€ (incluindo a venda de Lima e Ivan Cavaleiro que renderam 21,9M€ de mais-valias. A venda de Renato Sanches só irá ser registada no 4º Trimestre) e ficaram abaixo da época passada, que tinham ficado nos +32M€ positivos de Resultados com Atletas, considerando 62,4M€ em "mais-valias" com venda + proveitos com emprestados, período onde tinham ocorrido mais vendas de jogadores. Os Resultados Financeiros e de Investimentos ficaram nos -13,4M€, e neste particular melhoraram dos -18,5M€, devido ao facto de há 1 ano terem sido considerados 5,9M€ de custos relacionados com a aquisição do Benfica Stars Fund.

Ao nível dos direitos televisivos, nos primeiros 9 meses do Ano o Benfica alcançou os 24,7M€, um valor próximo dos Proveitos obtido na época passada (25,5M€), e atendendo à tendência actual, o Benfica poderá voltar a aproximar-se dos 34M€/Ano "brutos".

O Resultado do Exercício em 2015/2016 (3º Trimestre) situou-se nos -9,3M€, enquanto que na época passada tinha sido positivo em +14,0M€, pelo facto de ter obtido um valor de Mais-valias bem superior nos primeiros 9 meses da época. Acontece que esta época a Benfica SAD teve menos 38M€ nos resultados com jogadores, face há 1 ano, ou seja, os proveitos operacionais e de investimentos melhoraram bastante e permitiram uma maior sustentabilidade da Benfica SAD, ficando menos dependente da transferência de jogadores. Com o registo da venda de Renato Sanches é muito provável que a Benfica SAD volte a ter lucros no final do exercício 2015-2016, pelo 3º ano consecutivo, tendência que espero que se mantenha nos próximos anos.

Em termos de Activo e de Passivo "Contabilístico", o Benfica tem a sua situação controlada com um Activo "Liquido" de 419,8M€ e Passivo de 427,9M€, e Capital Próprio de -8,1M€ no primeiros 9 meses, voltando ao positivo no final do exercício 2015/2016 (a 30 de Junho 2016). 

Como "curiosidade" a Benfica SAD em termos de Activo "Bruto", considerando as Amortizações realizadas, investiu no total 622M€ em infra-estruturas, plantel, marca, direitos televisivos e outros Activos decorrentes da sua actividade.


Porto: A Porto SAD viu a sua situação financeira piorar de forma considerável, tendo agravado os seus prejuízos no 3º Trimestre de -7,9M€ para -38,0M€. Este agravamento deveu-se essencialmente aos Resultados Operacionais que passaram de -17,9M€ para -32,2M€! Este é o pior Resultado Operacional (s/ venda de jogadores) da Porto SAD de que há memória. Para este mau Resultado Operacional, em muito contribui os Custos de Pessoal excessivos que rondaram os 53,5M€, mais 9M€ do que o Benfica gastou nos mesmos 9 meses. A menor capacidade de gerar Receitas Operacionais deveria levar a Porto SAD a conter-se mais nos custos, mas está a acontecer o oposto do que seria aconselhável. Os Proveitos Operacionais reduziram dos 71,3M€ para os 57,4M€ e os Custos Operacionais aumentaram dos 89,2M€ para os  89,6M€. Atendendo a esta tendência a Porto SAD voltará a ter Custos de Pessoal anuais a rondar os 70M€/Ano, e a Benfica SAD poderá aproximar-se dos 60M€/Ano (devido a conquistas desportivas + performance europeia), podendo a Porto SAD ficar com Resultados Operacionais anuais negativos que poderão situar-se acima dos 40M€/Ano, que é um valor absurdo! A complicar a situação, na próxima época a Porto SAD ainda não tem a presença confirmada na próxima edição da UEFA Champions League!

Ao Nível dos Resultados com Atletas, a Porto SAD alcançou (+7,1M€) enquanto que na época passada tinha alcançado (+22,8M€), devido ao facto de ter baixado as Mais-Valias & Outros Proveitos com Atletas dos 52,9M€ para os 34,1M€. Por exemplo a venda de Imbula apenas permitiu uma mais-valia a rondar os 3,8M€ apesar de ter sido vendido por 24M€.

Os Resultados Financeiros e de Investimentos têm piorado e estão cada vez mais próximos dos obtidos pela Benfica SAD (FCP -12,4M€ vs SLB - 13,4M€), e isso deve-se em grande medida ao facto de a Porto SAD ter aumentado consideravelmente o seu passivo em 5 épocas e 9 meses, tendo o Passivo subido dos cerca de 160M€ para os cerca de 290,9M€, tendência que já se vinha a verificar nos últimos anos.

Devido a esta performance, os Resultados do Exercício da Porto SAD pioraram tendo passado de -7,9M€ para os -38,9M€. Ao nível do Activo e do Passivo, a SAD apresenta 336,9M€ de Activo, 290,9M€ de Passivo, tendo o Porto Clube 59,4M€ de "Interesses sem Controlo" pelo facto de deter 53% do Estádio (empresa EuroAntas), que foi consolidada a 100% nas contas da SAD. O Capital Próprio da Porto SAD apresenta um valor de +46,0M€ e -13,4M€ (não considerando os Interesses sem Controlo).

A Porto SAD terá de realizar mais-valias entre os 50M€ a 60M€ até 30 de Junho para não ter prejuízo nos 12 meses de actividade de 2015/2016. É provável que pelo menos 3 jogadores importantes sejam vendidos este verão, com especial destaque para Brahimi, Herrera e Aboubakar.


Sporting: A Sporting SAD facturou 54,8M€ em Proveitos Operacionais e 55,7M€ de Custos Operacionais, tendo um Resultado Operacional de -0,9M€. A Sporting SAD tem pouca capacidade de investimento em Atletas, no entanto este Trimestre preferi incluir nesta rubrica "outros" custos relativos aos 14M€ da condenação no caso Rojo/Doyen, o que fez com que o saldo com Atletas + "Outros/Doyen" representasse -12,8M€.

Nos Resultados Financeiros & Investimentos a Sporting SAD só teve custos de -3,3M€ devido a uma situação de "concorrência desleal", já que com o valor do Passivo + VMOC's deveria ter  custos financeiros semelhantes aos de Benfica e Sporting, a rondar os -15M€. Ou seja, em 9 meses teve um "perdão" de 12M€, e no total da época o "perdão" de juros do Sporting irá superar os 15M€. 

Devido aos resultados operacionais, resultados com atletas, resultados financeiros e condenação "Doyen", a Sporting SAD viu o seu prejuízo agravar-se imenso para os -17,1M€ nos primeiros 9 meses de actividade, quando na época passada com algumas vendas de jogadores tinha obtido +22,1M€ de lucros.

Avisei durante muito tempo que a contabilidade da Sporting SAD andava a sofrer "maquilhagem", e bastou considerar-se alguns prejuízos que estavam escondidos (Doyen) para se perceber que a situação da Sporting SAD é mais grave do os seus dirigentes tentavam apresentar aos sócios e adeptos.

O caso mais surpreendente, ou talvez não, é o facto de a Sporting SAD ter duplicado os Custos de Pessoal, de 18,2M€ para 35,8M€, relativos a 9 meses, o que fará com que a Sporting SAD duplique os seus Custos de Pessoal dos 25M€/Ano para um valor próximo dos 50M€/Ano, num período de apenas 1 época! Se a Sporting SAD gastava metade do Benfica a nível salarial, isso deixou de acontecer.

Quanto ao Balanço, o Activo está nos 235,4M€ e o Passivo + VMOC's está nos 373,5M€, e se não fosse considerado o "fenómeno" das VMOC's o capital próprio ficaria nos 138,1M€ negativos, encontrando-se mesmo assim negativo em -10,2M€. Importa voltar a perguntar onde anda o acordo com a Banca, que supostamente implicava "contenção financeira" e onde anda a "vigilância" do fair-play financeiro da UEFA!

Não admira portanto que Jorge Jesus ande a fazer tanta "publicidade" para a Venda de Slimani por 30M€, a ver se algum clube se decide a pagar esse valor.. até 30 de Junho. Sem uma grande venda até final do mês o Sporting fica em "maus lençóis" junto da Banca e da UEFA.


Estes resultados estão a ser influenciados por várias  situações GRAVES e pouco TRANSPARENTES, que tenho destacado nos últimos meses, e terei de voltar a relembrar mais uma vez:

1ª situação (Caso BES/BCP): Para o resultado positivo apresentado, a Sporting SAD está a beneficiar de um perdão de juros atribuído pelo NovoBanco e Millenium Bcp, que supera os 15M€/Ano, como já tive a oportunidade de explicar.

Ao nível dos Activos e Passivos, surgem outras 3 situações igualmente "graves" face à situação que referi anteriormente sobre os Proveitos e Custos (perdão de "juros" caso BES/BCP). 

2ª situação (VMOC's): A Sporting SAD teve de recorrer a uma reestruturação financeira que envolveu um aumento de capital da SAD, passagem da SPM para a SAD (empresa detentora dos direitos de superfície do Estádio de Alvalade), e recorreu a 127,9M€ de VMOC's, que são obrigações (financiamento) que serão obrigatoriamente convertidas em acções. O mais grave desta situação é que 55M€ "brutos" e 47,9M€ "líquidos" (1ª emissão) teriam de ser pagos em Janeiro de 2016, e a Banca prolongou o período de pagamento por mais 10 anos, juntando-se aos outros 80M€ de VMOC's (2ª emissão). Tratando-se de 2 instituição bancárias (antigo BES e BCP) que receberam ajudas estatais (dinheiro dos contribuintes) mais grave se torna esta situação, quando se sabe que estes 135M€ "brutos" / 127,9M€ "líquidos" na prática pagam taxa de juro de ZERO%. Apesar de o problema ter sido "empurrado com a barriga" para daqui a 1 década, o Sporting terá de garantir nessa altura a aquisição da maioria das duas emissões de VMOC's, ou então a Sporting SAD passará a ser "detida" por privados (Banca ou "investidores externos"). Apesar de as VMOC's não serem registadas contabilisticamente como Passivo, na prática são responsabilidades que o Sporting terá de assumir se quiser manter o controlo maioritário da SAD.

3ª situação (Direitos de Superfície): Com base na informação do R&C, sabe-se que o Sporting "valorizou" os direitos de superfície do Estádio de Alvalade em 208,9M€ "brutos" e 146,9M€ "líquidos", e passou esses direitos para a Sporting SAD. Esta é uma mera operação de "cosmética" para tornar mais bonito o R&C da Sporting SAD, já que se trata de uma operação intra-grupo, sem qualquer reflexo no R&C Consolidado do Grupo Sporting.

4ª situação (Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting - Sporting Clube e Sporting SGPS): Tal como avisei, em 1ª Mão e em "Exclusivo" neste Blog há cerca de  2 anos, a situação do Grupo Sporting é muito "grave". Essa situação foi confirmada  pelo próprio Presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, na AG do Sporting realizada a 28 de Junho de 2015:

174,7M€ de Activo consolidado
487,1M€ de Passivo consolidado
(312,5M€) de capital próprio negativo
... e Prejuízos acumulados de 357,5M€
(situação a 30 de Junho de 2013)

Link: Finanças: Grupo Sporting com 174M€ de Activo e 487M€ de Passivo (em 2013)

Desde que a situação do Sporting foi "exposta" o Sporting Clube de Portugal teve de confirmar essa situação numa Assembleia Geral do Clube. Depois disso voltaram a esconder o "brutal" Passivo "Consolidado" do Sporting Clube de Portugal, de forma a não mostrar que o Sporting com Bruno de Carvalho na Presidência do Clube continua a ter um Passivo Consolidado + VMOC's que ronda os 500M€!!!


Para finalizar a análise do Sporting, relembra-se então as 4 situações "graves" relativas ao Sporting: 1) "Caso perdão de juros BES/BCP", 2) VMOC's que poderão levar à venda do Sporting à Banca ou a Investidores Externos, 3) Operação de "cosmética" na SAD com os direitos de superfície do Estádio de Alvalade, 4) Ocultação de Passivo em outras entidades do Grupo Sporting (Sporting Clube e SGPS).


Para concluir a Análise dos 3 Grandes, é fácil de perceber a complicada situação em que o Sporting se encontra, face à situação mais estável do Benfica. Por exemplo, a Benfica SAD facturou quase o DOBRO do Sporting nos primeiros 9 meses de 2015/2016. 

Já a Porto SAD tem vindo a agravar imenso a sua situação operacional, "vive muito acima das suas possibilidades" estando agora "obrigada" a reduzir os seus custos e a apostar mais na "prata da casa". Na próxima época, de forma a manter alguma sustentabilidade a Porto SAD deveria reduzir os custos operacionais para valores semelhantes aos custos operacionais da Sporting SAD! Duvido no entanto que consigam reduzir tanto o seu orçamento, em poucos meses.

104 comentários via blogger

  1. Benfica Eagle o Porto não tem que apresentar resultados positivos elevados para ter um lucro que permita cumprir o fair play financeiro?
    Tenho ideia que este ano poderá ser complicado nesse sentido

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, claro, os 3 grandes têm sempre de ter resultados equilibrados devido ao fair play financeiro.

      Se o Porto não cumprir, terá de colocar os restantes 53% do Estádio, que ainda estão no Clube, e passá-los para a SAD ;)

      Eliminar
    2. E isso bastará para equilibrar a situação? Porque ainda é bastante dinheiro e alguns dos jogadores que lhes podem dar mais dinheiro não têm 100% do pass.

      Ricardo Pereira

      Eliminar
    3. Como a mim, R&C nada dizem em termos de realidade financeira dos clubes.. pois limitam-se a ser, isso mesmo, simples Relatórios compostos e moldados (manipulados) à vontade do freguês. Gostaria só de poder perceber a lógica do autor do Post ao falar apenas da casa dos outros e ignorar, assobiar para o lado sobre os mais de 650 Milhões de Passivo Total Acumulado do universo SLV (SAD + Clube).

      Eliminar
    4. Ó Quid/Pinto/Viper/BlueEyes e se fosses bolsar disparates para a estrumeira do teu clube? Como vai a digestão dos -38M? As cólicas já começaram?

      Eliminar
    5. Hungry Birds quais 650M€ de passivo acumulado do SLB?

      Anda a comer substâncias que lhe andam a fazer mal à cabeça.

      O Passivo exigível do clube é inferior a 30M€ e depois há o passivo consolidado da SAD!

      Factos são factos ;)

      Eliminar
    6. Benfica Eagle, não querias dizer que o passivo exigivel do Benfica é inferior a 300M, e não 30M?

      Eliminar
    7. Facto: só em empréstimos bancários são mais de 300 Milhões por pagar, em dívida em aberto!!
      O Estádio só lá para 2026 é que será pago!!

      Mas, claro, os R&C passam ao lado desta realidade!!

      É como eu - mal comparado - a nível pessoal.. posso ter por hipótese 300.000 Euros de dívidas pessoais.. mas no meu R&C anual (Decl. de IRS) está direitinho.

      :-)


      Eliminar
    8. @benfica eagle, entao o passivo exigivel do benfas sao trocos. O consolidado pouco importa. Mas no sporting, ja e relevante. Enfim

      Eliminar
    9. O PASSIVO EXIGÍVEL DO BENFICA CLUBE "R&C Individual" é inferior a 30M€!

      Se não sabem diferenciar o Passivo do Benfica "clube"... do passivo da Benfica SAD... o problema deixa de ser a explicação que dei ;)


      Quanto ao Hungry Birds... 300M€ é o passivo financeiro da Benfica SAD, no total são 420M€, e terá de acrescentar 30M€ de passivo exigivel do CLUBE.

      Mesmo assim ficam muito longe dos mais de 620M€ de Activos BRUTOS contabilisticos que a Benfica SAD tem nas suas contas ;)

      E por acaso o R&C da Benfica SAD apresenta esses factos, basta saber ler!

      Já o Sporting tem R&C escondidos do Clube + SGPS onde muitos prejuízos estão escondidos ;)

      Eliminar
    10. Eagle,
      Deixo-te só uma pergunta, quanto vale por exemplo Slimani, João Mário, Adrian, Semedo Etc... e quanto desse valor está no activo do Sporting? Discutir estas coisas com clubite não é correto. Sei que isto é um forum de Benfica, mas para ser credível e tu normalmente até és não se pode descurar o real activo do Sporting. Outra coisa, as Vmoc`s não são passivo porque pura e simplesmente não há obrigação de as pagar. O clube perder a maioria na Sad é outra questão. Mas não são passivo. A tua analise peca nesse ponto, até porque o que poderá acontecer é o que já acontece na Sad do Benfica que tem como accionista o Novo Banco.

      Eliminar
    11. Oh Hungry Birds,

      Se não fosses jumento, o que é que gostarias de ser?
      Talvez um burro, não?

      Eliminar
    12. Hungry Birds, atira-te aos porcos! Nem contas de somar e subtrair sabes fazer! Que cromo!

      Eliminar
    13. Incognitus... todos os clubes têm formação e se há algum clube que nos últimos 2 anos tem promovido jovens é o Benfica.

      Quanto a isto... "as Vmoc`s não são passivo porque pura e simplesmente não há obrigação de as pagar.".... só se for mesmo para RIR! Bem-vindos Angolanos! :)))

      Eliminar
    14. Todos têm formação mas quem tem o activo mais subvalorizado é o Sporting. Em relação às vmocs no caso de não serem pagas os titulares passam a accionistas no caso das outras obrigações que tanto o Benfica como o Sporting usa se não forem liquidadas pode ser um caso de polícia.
      Isso dos angolanos não é só no Sporting como
      sabes :)

      Eliminar
  2. ehheheh

    O Sporting continua a ser levado ao colo pela BANCA...

    O Passivo bancario que tem, transformado algum em Vmoc´s.. com os juros que tinha, levava-os a ter custos Financeiros ao Nivel do Porto e Benfica!!

    Os 3.3 M custos financeiros.. é uma Brincadeira... num clube que se juntar-mos as Vmoc´s tem passivo maior do que 400M.
    Um Braga se calhar paga mais... rir.

    Admira-me o Porto e o Benfica não fazerem mais barulho por causa desta situação...

    Situação essa que em termos de acordo, supostamente levaria a ter um limite de contenção.. limite esse que parece que deixou de existir!!

    Admira-me como um é um Banco sujeita-se a ter 150M€ em forma de mobilia... sem render parados... e ao mesmo tempo as exigências são umas não exigências.

    Até o acordo de vender jogador e ter que dar 50% das mais valias dos jogadores para amortização do passivo... leva a que o clube nem sequer tenha intenção de vender jogadores.. porque lá está o passivo custa pouco ( não tendo custos financeiros).

    ResponderEliminar
  3. Peter Prospar03/06/16, 01:57

    Financeiramente, o Sporting esta a fazer um trabalho solido. Nao se pode criticar so porque sim. Falta-lhe receitas, ou seja, champions mais titulo.

    O Benfica faz um receita brutal. Mas os custos sao algo de totalmente inaceitavel. Como e possivel, com quase 100 milhoes de receita, ter prejuizo?

    O Porto esta totalmente desgovernado. Se o Mendes nao levantar o clube, tera de ser vendido a alguma entidade externa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falta também ao Sporting voltar a apresentar ao "mundo" os capitais próprios negativos que continua a esconder no Sporting CLUBE + Sporting SGPS ;)

      Quem está mais próximo de ser vendido a uma entidade externa é mesmo o ... Sporting.

      Eliminar
    2. Quanto ao Benfica, tem tido +-175M€/Ano de custos totais.

      Esta época deverá ter +- 125M€ de proveitos operacionais e +-5M€ de proveitos financeiros.

      Ao nível de jogadores já assegurou +-55M€ em mais-valias e outros proveitos com jogadores!

      Ou seja, já tem assegurados 185M€ de proveitos e se tiver 175M€ de custos, poderá assegurar cerca de 10M€ de lucros.

      Enquanto o Benfica já está a tratar do próximo exercício económico, Porto e Sporting ainda andam a tentar tapar o "buraco" do actual exercício 2015/2016, e só depois das vendas poderão pensar em contratações.

      Eliminar
    3. A mim parece-me preocupante que com uma participação absolutamente inédita na Champions em termos de receitas e com 55 milhões de vendas, o lucro do Benfica seja de apenas de 10 milhões. É evidente que em termos comparativos, a situação é menos má, mas ainda assim...

      Eliminar
    4. Eagle aqui tenho de concordar com o Rui.
      Percebo e agradeço a forma como tentas explicar as nossas contas aqui ao pessoal, gosto sempre de ler e aprender com os teus posts
      Mas o que retiro disto é que neste momento estamos bem e a preparar o futuro mas porque tudo tem corrido bem nos últimos anos.

      175 de custos é um valor altíssimo. E se corre mal um ano ? Sem champions, vendemos a equipa toda não.

      Acho que isto é um valor insuportável para a realidade portuguesa e o Benfica devia reduzir. Tb penso que devíamos aproveitar estes anos de boas receitas para abater divida e assim reduzir esse custo do Financeiros (não sei qual é o valor total no fim do ano mas deve dar mais do que 20 milhões não ?)

      Sonho com o dia que não vamos precisar de vender logo os Renatos para manter as contas certas.

      Eliminar
    5. O Benfica tem receitas brutais, e é obrigado a pagar juros bancários altos = inaceitável.

      O Sporting tem receitas baixas e são perdoados os juros bancários por não ter capacidade objectiva para os pagar = trabalho sólido.

      Vá-se a ver esta análise às contas.

      Eliminar
    6. O Renato seria vendido por melhor que tivessem as contas. O preço que foi colocado em cima da mesa nunca podia ser recusado sob pena de ser qualificado de gestão danosa. Não podemos confundir as coisas. Estamos a viver um mercado dos compradores. Eles decidem quem e quando compram. Leiam o que disse o Rummenigge.

      Eliminar
    7. Sou da mesma opinião Tiago. O Benfica tem tido anos de vacas gordas, e no entanto o lucro não se vê.

      Benfica Eagle estou correcto em interpretar que o Benfica gastou €16,3M num trimestre só em juros bancários e custos financeiros (nomeadamente empréstimos obrigacionistas)? Este valor parece-me estupidamente elevado, a ser verdade temos de nos unir contra os sanguessugas da banca e correr com eles.

      Eliminar
    8. O R&C do 3º Trimestre apresenta custos de 9 MESES! ;)

      Ou acha também que o Benfica facturou 122M€ em apenas 3 meses?

      Eliminar
    9. Talvez os lucros não se vejam porque as comissões são elevadas, não?

      Olhe-se para as contas do FCP nos últimos 3 anos e pensem lá o que é que acontecerá ao Benfica se tiver performance idêntica nos próximso 3 anos.

      Eliminar
    10. Não faz grande sentido olhar para os proveitos financeiros pois referem-se as juros que o Benfica clube vai acumulando na dívida. Os proveitos líquidos com jogadores devem estar mais próximos dos 50 do que dos 55 milhões. O elevado investimento no plantel faz com que as amortizações não baixem e dificilmente não haverá outra venda de passe registada antes do fim da época.

      Sim, o Benfica está tranquilo e conseguiu fazer bem a transição de receitas da quotização para o clube, por forma a liquidar as dívidas à SAD. A situação de concorrência desleal do Sporting, leva a que daqui a 10 anos se repita o que aconteceu, não conseguem pagar ou recomprar as VMOC's e adiam por mais 10 anos a menos que esses bancos Millennium e Novo Banco já sejam detidos por accionistas estrangeiros ou tenham sido incorporados em bancos com maioria de capital estrangeiro. O Porto incorporará tudo o que for necessário se não fizer proveitos com as vendas suficientes para cumprir os FFP.

      Resumindo e baralhando, temos que continuar a melhorar, dada a concorrência desleal.

      Eliminar
    11. São 9 meses acumulados, porra! Mas só o Eagle é que sabe ler?!?!

      Eliminar
  4. Excelente trabalho, só não percebe quem não quiser.


    Resultados operacionais do Benfica bons, com as mais valias do ultimo trimestre (Quartos champions league, Renato, Gaitan), mais um ano a dar lucro.

    Uma pequena correção. Acho, repito, "acho" que apos a renegociação da extensão das VMOCS, o Sporting passou a pagar 4%. Mesmo assim abaixo dos valores do mercado, mas pelo menos já não é zero. Mas enfim isto é algo que n temos que ter invenja, isto é coisa de clube falido, de clube que tem TUDO penhorado.

    Quanto ao Porto, tou expectante para ver qual vai ser o milagre que vai fazer com evitem infringir o fair play financeiro. Porque nesta altura só um milagre.



    Agora vou ver a final da NBA. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto à correcção"... "acha"... mas está equivocado.

      O Sporting só teria de pagar 4% se distribuísse dividendos, ou seja se distribuisse lucros pelos sócios, mas como nenhuma SAD portuguesa alguma vez distribuiu dividendos.. o Sporting nunca pagará juros pelos VMOC's, até porque tem prejuízos acumulados na sua contabilidade!

      Eliminar
    2. Benfica Eagle, em tua opinião o que levou os bancos a aceitar os VMOC?
      Parece-me ser um negócio totalmente ruinoso, não só pelos 0% de juros como pelo valor das ações. Como não acredito que o Sporting pague o VMOC, na prática dá-se um aumento de capital de 200% com ações a 1 euro. O normal é que, com esse aumento do número de ações, a cotação das ações caíssem para 1/3 do valor, ou seja os bancos vão pagar 3 ou 4 vezes o valor da ações. Qual a vantagem dos bancos num negócio destes?
      Por outro lado, considerando os estatutos do Sporting SAD, o que ganham os bancos em ter o controlo do Sporting? e o que perde o Sporting?
      Gostava de ouvir opiniões!

      Um abraço
      António

      Eliminar
    3. Acho que os bancos aplicaram a velha máxima do:
      "Quando deves €100.000, o problema é teu. Mas se deves €100M... o problema é do banco!"

      Daí que mais vale emprestar dinheiro sem juros e receber o capital em divida do que não receber absolutamente nada. E até podem dizer que recebiam o sporting... mas, e será que isso pagava a divida objectivamente? Será que iam conseguir vender o estádio por exemplo? Ou será que os terrenos estão tão sobrevalorizados nas contas que até os bancos desconfiam?!

      A verdade é uma... se os bancos vissem que podiam fazer dinheiro ali não metiam lá dinheiro a custo 0.

      Eliminar
    4. Esse acordo permite que os bancos pelo menos tentem recuperar o total do capital investido com perda teoria de 0 (Perdem dinheiro por não receberem os juros devidos, mas recebem o capital inicial). A alternativa seria pedir insolvência da sociedade e reclamar os valores, vendendo os activos da sociedade e aí arriscariam-se a receber um valor muito menor do o inicialmente emprestaram.
      O mais assustador é que para os lados do Lumiar assobiam para o lado como se nao houvesse problema...

      Eliminar
    5. António, sem querer alongar muito, só te relembro que uma das entidades, no caso o BES, como hoje se sabe está falido por uso e desvio de dinheiro do banco de forma criminosa, devido a umz gestão irresponsável e danosa. Foi precisamente um dos elementos do seu conselho de administração, um Sportinguista convicto e ferrenho, que negociou os termos desse acordo entre o BES e o Sporting. Penso que da parte desta entidade, percebe o porquê deste ruinoso negócio para o BES. Agora o novo acordo só tem explicação, porque alguém quis empurrar o problema para daqui a uns anos, a ver se entretanto se vislumbra como se poderá resgatar o dinheiro lançado para o lixo.

      Quanto ao BCP, ai teria mesmo que me alongar muito, pois não só a anterior administração do Sporting tinha muitos elementos que diretamente ou anteriormente tinham sido quadros do Banco... como mais tarde houve uma conjugação de interesses de alguns acionistas de referencia angolana.

      Teresa Gaspar

      Eliminar
    6. Anónimo das 11:19, isso até seria aceitável se na maturidade dos VMOC o Sporting fosse obrigado a pagá-los. Agora dar a hipótese do Sporting não comprar e nesse caso os bancos converterem os VMOC em ações a um preço que serão 4 vezes mais elevado do que o valor da ações (não esquecer que mais ações implica menos valor para cada ação), não tem lógica. Seria lágico algo como: juros de 4% e na maturidade dos VMOC, seriam convertidos a, por exemplo, 20 cêntimos (para obrigar o Sporting a pagar).

      Teresa, é mais ou menos essa a minha leitura, mas pode haver algo que me escapa. É dos negócios mais ruinosos (para o banco) que já vi um banco fazer... para o Sporting, mesmo que perca o controlo da SAD (segundo li, pelos estatutos, não perde, mesmo tendo a minoria das ações), é um negócio da China.

      António

      Eliminar
  5. a boa noticia são os resultados operacionais positivos, alias muito boa mesmo.

    ResponderEliminar
  6. Renato:35M + Gaitan:25M + CL Quartos-de-final:6M = 66M - 9M = 57Milhoes (lucro) xD. Ps: Os jornais e comentadores "verdes" deviam era ter vergonha na cara.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não está correcto, tens de retirar os custos do 4º trimestre. Mas a ideia é essa. Metade desse valor.

      Eliminar
  7. Nenhuma tv fala sobre a situação do sporting porquê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Porque as TV e a CS portuguesa é dominada por lagartos nos lugares de chefia e não só.

      Eliminar
  8. Muito bem Eagle.
    Assim sendo, o Benfica não terá necessidade de fazer uma razia no plantel. Acho pelo andar da carruagem ficamos com uma equipa mais forte que na época passada, só espero que o Rui Costa não saia.

    Resta saber se haverá receitas extras, ex. Naming do estádio ou outras.

    É muito bom ter pessoas como tu a esclarecer e ainda por cima Benfiquista.

    Abraço

    Carrega Benfica rumo ao 38

    ResponderEliminar
  9. Trabalho excelente!
    A juntar a isto só falta um gráfico com a evolução dos activos e passivos do ultimos 5 anos e igualmente meter o sucesso desportivo no meio. Seria fácil de ver que o Benfica tem conseguido niveis de evolução aceitaveis. Tem mantido as vitorias (quer no futebol como nas modalidades) e ao mesmo tento tem vindo a melhorar as suas contas (pessoalmente esperava que a este nivel a evolução estivesse num processo mais acelerado).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luis. Muito boa ideia.
      Mas acho que íamos verificar que não te existido descida quase nenhuma do passivo. Nos últimos 10 anos.

      Eliminar
    2. Por isso digo que achava que a esta altura já deveriamos estar melhor.
      Ao nivel do passivo as coisas não estão a baixar mas vemos que os proveitos da SAD têm vido a aumentar... isso irá levar a que a breve prazo se consiga abater ao passivo de forma mais constante e significativa.

      Eliminar
    3. Caros Tiago Santos e Luis Ribeiro, em vez de falarem em passivo, falem em recuperação de capitais próprios. Nunca haverá problema no aumento de passivo, se este for acompanhado na mesma proporção no mínimo pelo o aumento de ativos, e digo no mínimo, se o capital próprio for positivo.
      Quem me dera e que dentro desta equação o Benfica tivesse já para o ano um aumento de 1000 vezes de passivo, era sinal que tínhamos no mínimo aumentado igualmente 1000 vezes o ativo e ai implicaria de certeza que teríamos um plantel ao nível dos clubes mais poderosos a nível financeiro.

      Francisco José

      Eliminar
    4. Francisco percebo o seu ponto mas desculpe não concordo.

      Eu sei que quando maior activo e passivo melhor supostamente a qualidade da maquina. Mas neste caso em particular maior passivo acarreta maiores custos financeiros (já pagamos por ano o equivalente a um Gaitan). Uma grande parte do Activo neste caso são jogadores que têm amortizações todos os anos.

      Por isso quando maior o tamanho da maquina mais difícil de manter na minha opinião.

      Eliminar
  10. Obrigado, eagle, por elucidar quem não entende nada do assunto, como é o meu caso. Jotapê, anda cá ver isto!

    ResponderEliminar
  11. benfica faz o maior contrato da historia do futebol mundial de venda de direitos televisivos: somos os maiores!!!
    sporting faz o melhor contrato da hitoria do futebol em financiamentos bancários: aqui d'el rei, concorrencia desleal!!!

    mete gelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem... se pagar 0 por um emprestimo não é desleal acho que devemos todos ir ao banco e pedir dinheiro à mesma taxa de juro que o scp recebe. Era interessante sabermos a resposta do banco.

      Sai carneiro!

      Eliminar
    2. O ridiculo é para o carneiro sem mioleira, obviamente

      Eliminar
    3. É verdade que critiquei quem respondeu a lagartagem, sugerindo o desprezo, mas uma vez que a época acabou......por favor, nunca acabem sporting comédia de portugal. Então mas depois de uma época de melão verde deluxe bem maduro (ao nivel de 94) ainda vêm para blogs do Benfica mandar dicas?

      Não dá para meter gelo porque vocês usaram-no todo nestas últimas semanas

      Eliminar
    4. Quem fez um grande negócio em termos de financiamentos bancários foi o Oliveira e Costa, também.

      Eliminar
    5. Luis Ribeiro, pelo que me apercebo, o problema não é só o Sporting pagar 0% de juros, o principal problema dos bancos é daqui a 10 anos ficarem com ações do Sporting a preços muito superiores ao seu valor!
      Não é por acaso que o Sporting em Janeiro nem tentou negociar. Basicamente o que disse foi: transformem os VMOC em ações a 1 euro cada. Com a entrada dessas novas ações a cotação devia descer para menos de 50 cêntimos (o que daria aos bancos um prejuiso imediato de 50%). Daqui a 10 anos acontece o mesmo...

      Eliminar
  12. Interessante verificar que o Sporting tem 23 milhões € de descoberto bancário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que não paga juros nem comissões sobre isso. Tentem fazer o mesmo com as vossas contas bancárias e irão ver o que acontece.

      Eliminar
  13. Muito bom post.

    Como Sportinguista sabia que as contas andavam a ser maquiadas, e você expôs precisamente isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bom post

      Como benfiquista sabia que estávamos a ser mal geridos.

      PS: fácil

      Eliminar
  14. Obrigado pelo trabalho realizado.

    De referir também que o prémio referente ao apuramento para os 1/4 final da champions ainda não está contabilizado, e a venda de Renato Sanches, apesar de considerar sempre venda de jogadores como um extra. O caminho é claramente reduzir o passivo, sobretudo o de curto prazo, onde o juro é o mais elevado. Liquidar o máximo possivel contas-correntes e utilizá-las só em situações pontuais.

    De resto já estamos habituados à concorrência desleal. Mas quem vê jogadores castigados depois das competições acabarem acha natural entidades apoiadas por fundos públicos renegociarem dividas com perdões de juros. Mas nem assim lá vão.

    Saudem o Glorioso Tricampeão!

    ResponderEliminar
  15. Benfica Eagle

    Como habitual, grande trabalho, obrigado pelo post esclarecedor

    Podes-me esclarecer por favor uma dúvida que tenho, verifico no relatório que na rubrica "Patrocínios e publicidade" o Benfica até agora ganhou 14.303 Milhões tendo no período homologo do ano passado auferido 13.529 Milhões Eur (portanto houve apenas um aumento de 800 mil eur)

    Ora ao fim de 9 meses já se pode concluir que afinal o contrato que o Benfica fez com a Emirates foi de valor similar ao do que tinha com a PT...e que a renovação de contrato com a Adidas foi pelo mesmo valor que já tinha anteriormente? visto que apenas 800 mil eur em 3 trimestres, acabará pela lógica por dar pouco mais de 1 milhão de Eur no fim do exercício

    Ou por outro lado, ainda é cedo para tirar esta conclusão e só mesmo daqui a 3 meses poderemos ter a certeza disso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Contratos de patrocínio têm objectivos por conquistas desportivas.

      No final da época analisaremos.

      Eliminar
  16. Excelente trabalho, pessoalmente sou grato pela forma clara com que apresentas os números. Aparentemente as vendas de Gaitan e Renato permitem um grande equilíbrio nas contas, se lhe juntarmos uma eventual venda de Talisca temos esse equilíbrio assegurado por duas épocas, nem que sejam 70 milhões líquidos, da para dividir por dois exercícios anuais.
    Olhando o Plantel, o Benfica tem jogadores que lhe permite olhar para o futuro sem necessidade de aquisição de atletas por bastante tempo. Estive a pensar melhor, e contrataria um atleta de valor indiscutível para o meio campo, venderia o Lisandro e comprava o resto do passe do Jardel. Jardel parece-me ser determinante neste Benfica.
    Peço à Direcção calma, respirar fundo e projectar o clube numa lógica 2020/2022

    Ederson, Júlio César, Salin (?)
    Nelson Semedo, Almeida, Benitez (gosto do jogador) e Buta
    Luisão, Jardel, Lindelof, Fábio, Lystcov, César, Kalaica, Ruben Dias, João Lima
    Eliseu, Grimaldo, Marçal, Yuri e Rebocho
    Salvio, Guedes, Pizzi, Carrillo, João Filipe, Nuno Santos, Berto (?)
    Fejsa, Samaris, Pawel, Pedro Rodrigues, Gilson, Florentino
    Guzzo, Teixeira, Gedson, João Carvalho, Mukhtar
    Cervi, Carcela, Horta, Diogo Gonçalves, Vitor Andrade, Bilal
    Jonas, Mitro, Jimenez, Nelson Oliveira, Jovic, José Gomes, Sarkic

    E ainda faltam aqui 4 ou 3 jogadores.

    Dos jogadores mencionados todos eles estarão prontos num prazo máximo de 3 anos! Permitindo ao clube ir vendendo jogadores sem que isso implique perca de competitividade.

    Observo que a posição de guarda-redes precisa de ser "reforçada", acredito que com paciência se encontre um atleta capaz, de personalidade forte em campeonatos menores ou divisões secundárias ou cenas assim... em Portugal ou no estrangeiro. Não percebo porque é que estamos tão debilitados na posição de guarda-redes na equipa B. Vamos ver o que o Fábio Duarte vai dar, quanto ao russo não sei a minima o que ele vale.

    ResponderEliminar
  17. E a apregoada «saúde financeira», Brunalgas?

    ResponderEliminar
  18. Excelente análise Benfica Eagle. Mais uma.

    Apesar de termos um resultado negativo no 3º trimestre, as contas parecem estar controladas.
    Um bom sinal é que, não obtante termo feito refletir as vendas do Lima e Cavaleiros no relatório do 3º trimestre, a verdade é que este ano não vendemos ninguém da equipa principal em Janeiro. Por outro lado ainda não estão aí contabilizadas todas as receitas da Champions (que os nossos rivais não têm).
    A grande diferença para os nossos rivais, como salientas num doscomentários é que, enquanto o nosso pensamento já está focado no próximo exercício económico, os nossos rivais ainda têm de tapar o "buraco" do actual exercício financeiro.
    Vai ser bonito para eles em termos de fair play financeiro.
    No entanto, o que me espanta é ouvir que o Porto pretende
    investir €150M na próxima época, antecipando as receitas televisivas. Isto é possível?
    Quanto ao Sporting, com o mal deles posso eu bem.
    No entanto, as situações descritas pelo Benfica Eagle, configuram uma verdeira situção de concorrência desleal.
    E isto não pode passar sem consequências. As autoridades têm de agir,

    Benfica Eaagle - achas que o Benfica, como pretende o Domingos Soares Oliveira, está em condições de começar a reduzir sustentadamente o passivo? Qual a tua expetativa a este respeito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo que percebi Domingos Soares Oliveira quer reduzir o passivo BANCÁRIO!

      E isso pode ser feito com outros mecanismos de financiamento. Factoring dos contratos com a NOS, além dos empréstimos obrigacionistas + papel comercial + project finance.

      Reduzir o passivo total implicava ter de reduzir os activos!! A não ser que o clube pague à SAD os 45M€ que deve e também que a SAD vá tendo lucros consideráveis.

      Eliminar
    2. Eagle, ao fazeres factoring sobre receitas não estás a reduzir passivo bancário, apenas a trocá-lo. Como Empréstimos Obrigacionistas, Papel Comercial e Project Finance também correspondem a passivo bancário como bem sabes.

      O que se pretende é acabar com instrumentos cujo preço é demasiado elevado e suavemente ir reduzindo outros cujas datas estão contratualizadas a médio/longo prazo e cujo preço é interessante.

      A redução do passivo bancário só faz sentido na medida em que não retira capacidade de investimento e dá para ir libertando recursos através da diminuição gradual da factura bancária.

      Que não haja ilusões quanto a grandes cortes no passivo bancário. Isso não é possível a curto prazo sem alterações significativas do paradigma.

      Eliminar
    3. B Cool... passivo financeiro é uma coisa... passivo bancário é algo distinto ;)
      Nem todo o passivo financeiro é fornecido pelos "bancos".

      O Benfica tenderá a depender menos da "BANCA" tradicional, porque agora são obrigados a rácios mais exigentes e pretendem expor-se menos a sectores como o futebol.

      Eliminar
    4. PS: passivos financeiros (empréstimos bancários ou obrigacionistas, emissão de ações preferenciais, contas a pagar a fornecedores, etc).

      factoring e papel comercial é considerado passivo financeiro, mas não se tratam de empréstimos bancários.

      Eliminar
    5. Factoring é o adiantamento sobre facturas, podes não lhe chamar empréstimo, mas não deixa de ser passivo bancário. Não faz sentido meteres no mesmo saco, contas a pagar a fornecedores, com factoring ou papel comercial, a menos que as dívidas a fornecedores sejam tituladas, excepto se o saco for o do passivo, sem qualquer qualificativo.

      Eliminar
    6. passivo financeiro engloba as várias vertentes de financiamento, e por norma tem juros. Só o Sporting é que tem situações de excepção.

      O Benfica está a fugir dos empréstimos bancários tradicionais e a optar por outros mecanismos de financiamento, devido a vários motivos.

      Lê a entrevista que DSO deu nos últimos meses onde explica a estratégia de diversificação.

      Eliminar
  19. Exelente exercício, contudo o Benfica ficou aquém dos objectivos nomeadamente ao nível do rendimento operacional, neste momento deveria estar nos 105 M€, mas não estou a dizer que o resultado foi mau. As restantes rubricas estão em conformidade com a realidade do clube, surpreendente o gasto total que evoluiu positivamente pois a expectativa seriam 85 M € e situou - se nos 83,2 M €.
    O FCP tenho a certeza que ninguém está indiferente aquilo está um pântano! A minha surpresa é SCP, não sei se há milagre mas .....não estou habituado a ver e medir informação financeira tão linear, acho estranho como tudo encaixa, o problema é que tem de acordo com a sua provisão!

    Ass: estranho caso Mateus verde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde é que leu que os objetivos do Benfica ao nível do rendimento operacional ao fim de 9 meses deviam ser 105M?

      Eliminar
  20. Atenção que as VMOC´s não são necessariamente passivo, eu sou detentor de alguns Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis, e para mim já estão convertidos, ou seja já são acções do Sporting na sua maturidade. E posso garantir-lhe que não sou o único.

    O Sporting tinha uma situação de falência e os bancos de uma forma inteligente tomaram o restante das VMOC´s porque sabiam que não conseguiam receber nada. e mais vale ter num futuro uma % de alguma coisa do que no presente ter nada.

    Digamos que foi uma jogada de chantagem do Sporting.

    Quanto aos activos dos clubes, sobretudo a valorização dos planteis é muito relativa, porque o valor que conta é o da compra de um jogador. Por exemplo jogadores que custaram valores baixos ou da formação valem muito pouco. Enquanto jogadores mais caros valem o valor da sua compra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aposto que as VMOC vão ser convertidas em ações. A questão é essa: cada VMOC transforma-se num ação pelo valor de 1 euro, ou seja 3 ou 4 vezes o valor que cada ação passará a valer depois do número total triplicar.
      Como é que os bancos aceitam comprar por um euro, algo que sabem que custa menos de 25 cêntimos? numa negociação honesta não deveria ser esse o valor estipulado para a conversão das VMOC em ações?
      2ª pergunta: para que é que os bancos querem ações do Sporting?

      Em minha opinião houve algo muito escuro, nessas negociações e não foi só chantagem do Sporting pois qualquer pedido de insolvencia teria menos prejuízo aos bancos do que as VMOC.
      Aceito outras explicações...

      António

      Eliminar
    2. Não posso esclarecer essa situação sou um mero sócio/accionista/detentor de VMOCs/Detentor de Obrigações como deve calcular apenas ganho com as ultimas.

      Quanto a primeira pergunta concordo consigo, hoje por exemplo a cotação é de 0,61€, não faço a minima ideia qual será quando chegar o dia da transformação em acções.
      http://www.pcinvestidor.com/Cota%C3%A7%C3%A3o.aspx?Cota%C3%A7%C3%A3o=Sporting&ISIN=PTSCP0AM0001&Plaza=25

      Agora pelo que sei a SAD não tinha património imobiliário algum, era da pertença do clube, mas neste momento penso que os direitos de superficie do estádio passaram para a SAD. Ou seja é diferente alguém lhe dever 100M€ e nada ter para dar em troca (excepto passes de jogadores e na altura nem isso porque a maioria estava em fundos), do que ter uma % de uma empresa que tem os direitos de superficie de um estadio que gera em bilheteira, e publicidade umas dezenas de milhões de euros por ano.

      Mais que isto não sei dizer.

      Eliminar
  21. Olá bom dia,

    Estes relatórios são das SAD´s, significa que não incluem as contas das modalidades nos clubes? E não mostram o passivo dos clubes?

    Em relação ao Benfica, penso que um maior critério nas contratações poderia ser suficiente para não haver necessidade sistemática da venda de jogadores.
    O problema é o modelo de formação que o Benfica adoptou. Muitos jogadores jovens que o Benfica compra para a equipa B. Não sei se a equipa B se justifica e se constitui uma mais valia e constitui o melhor contexto para a transição dos jogadores jovens para o futebol profissional.


    Em relação ao Sporting. Os VMOCs tÊm um período de pagamento coincidente com o contrato com a NOS (embora este tenha sido contratado posteriormente). Não haverá uma parcela destes direitos televisivos penhorada pela Banca no acordo com os VMOCs?
    Em relação à venda de jogadores parece-me claro que, por um lado, as propostas para jogadores só Sporting não abundam e as que existem são por valores condizentes com facto de o Sporting não competir na Europa (o campeonato da Europa pode dar uma ajuda se algum dos jogadores do Sporting brilhar). Por outro lado ao Sporting só lhe interessa vender por valores altos porque uma parte substancial tem de ser entregue à Banca.

    Ficam aqui algumas questões se alguém quiser esclarecer.

    Obrigado,
    CP

    ResponderEliminar
  22. Benfica Eagle, excelente trabalho

    Tenho uma pergunta, sabes quanto é o passivo remunerado da SCP SAD e do Grupo Sporting?

    ResponderEliminar
  23. Mais uma cátedra do Benfica Eagle. Com as suas explicações fico mais descansado. (por enquanto)

    ResponderEliminar
  24. A qualidade dos economistas que para aqui escrevem é tanta que quase não me atrevo a abrir a boca.

    Entre uns que acham que a gestão financeira do ceporte é um exemplo, e outros que acham que o Benfica deve reduzir custos ao ponto de não ter que vender jogadores, entenda-se que a redução de custos não implica precisamente a venda de jogadores, porque os bons pagam-se com um salário mínimo e como prémios comem umas sandes de couratos, não sobra muito espaço para dizer o que quer que seja.

    O que os números agora conhecidos nos dizem, se não me enganei nas contas, é que mesmo já considerando aquisições para a próxima época, nomeadamente o Cervi, o Mitroglou, e (há que honrar compromissos, mesmo quando custa) 50% do Ola John, com as receitas ainda por contabilizar da Champions e a venda do Renato, já está garantida a apresentação de lucro neste ano fiscal.
    Ou seja, quaisquer vendas futuras ou já efectuadas, só serão divulgadas a partir de 1 de Julho de 2016. (o ano fiscal ou exercício, acaba a 30 de Junho)

    Isto quer dizer que o Benfica é o único clube que não precisa de vender mais activos durante este exercício, e mais, muito provavelmente já estará a passar receitas para o exercício seguinte. Nomeadamente a venda do Nico Gaitan.

    E esta realidade é o que os jornaleiros tentaram vender como o Apocalipse ao virar da esquina. Só dá mesmo para rir.

    Já o Porto, é inacreditável o que os sócios estão a permitir que se faça. O Vale e Azevedo cora de vergonha ao ver o que se passa lá por cima. Em comparação, o que ele fez é digno de um menino de coro.

    O ceporte... o que dizer do ceporte... A verdade é que já eram um projecto falhado, e com este "salvador" continuam a ser um projecto falhado. Só que falham mais depressa.
    Muitos perguntam como é possível esta negociata das VMOC. É simples.
    Depois de banqueiros terem cometido actos de gestão criminosa, nomeadamente o amigo Ricciardi, e de terem emprestado centenas de milhões de euros a uma agremiação desportiva de baixo nível, que nunca pagou nem teve intenções de pagar, ouve alguém já com o rabo muito entalado que quis por travão à brincadeira.

    Ao chamarem o Bruninho para resolver o caso, o rapaz, que até é especialista na coisa, terá levado as chaves do clube. Quando lhe pediram dinheirinho, atirou com as chaves para cima da mesa de reuniões e disse para ficarem com ela, desejando muito boa sorte.
    Os senhores banqueiros disseram em coro, "leve lá essa merda daqui, antes beber a água toda de uma ETAR".

    E foi assim que inventaram uma maneira de manter mais de 130 milhões de euros nos activos bancários, quando toda a gente sabe que nunca vão ver nenhum. Nem daqui a 10 anos, nem daqui a vinte, nem nunca. Porque mesmo que fiquem com a totalidade da SAD, aquilo tudo não vale mais do que a vida de um bom cristão nas mãos de um guerrilheiro do estado islâmico.

    Depois à quem chame a isto uma brilhante estratégia do ceporte. Só que esquece-se que isto também tem consequências. É que não há banco algum que empreste um tostão furado a esta agremiação de caloteiros. E se o fizer, estamos perante um crime. Quem o fizer neste momento, não é despedido. É preso, e muito bem preso. A não ser que brincar com o dinheiro dos outros seja permitido neste país.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma dica: O project finance assinado com os Bancos proibe que o Sporting se financie noutra instituição financeira, além do BCP e NovoBanco/BES.

      Isso ficou conhecido publicamente nas alegações do Sporting por causa da tentativa de adiar o pagamento relativo à condenação da Doyen.

      Eliminar
    2. Oh Benfica Eagle, chamar instituição financeira ao BCP e Novobanco/BES nem parece seu...

      :)

      Eliminar
    3. O Benfica já vendeu Ivan, Lima e Renato....Normal que já não precise de vender mais.

      os custos de amortizacao e resultado financeiro são enormes.

      A verdade é que se tivessemos uma época europeia como a do ano passado, teriamos a necessidade de realizar 11 ou 12 Milhoes a mais em mais-valias. (somei bilhetica, premios de passagem, etc...e diminiui os bonus salariais)

      Portanto o mais provavel é que além desses 3 teriamos que vender mais outro jogador.

      Os custos operacionais são justos à nossa realidade...o problema é que gastamos demasiado para pagar a nossa dívida ( e nao vai baixar dum ano para o outro) e tb em amortizações, pois gastamos quanto a mim demasiado cerca de 40 a 50M dependendo da época....

      É demasiado...se querem realmente apostar em Guedes, Renato, Semedo, Lindelof, qual a necessidade de gastar mais de 40M em contratações ?

      Vivemos tempos complicados....O investimento em pernas tem que ser mais contido. A altura de pagar o passivo é agora, quando somos tricampeões e não quando passamos um deserto de títulos...Senão corremos o risco de nos transformarmos num porto...

      Todos os anos são "deitados à rua" mais de 20 Milhões em juros. Isto tem que descer urgentemente. É altura de vender os tais emprestados pelos 30 a 40M que tanto se fala e de vender os jogadores que estão atualmente sobrevalorizados devido à nossa excelente campanha na LC.

      é a minha opinião

      Eliminar
    4. Glorioso, está a misturar alhos com bugalhos.
      Eu não falei de méritos ou deméritos da gestão actual.
      Falei da situação financeira actual. E a nossa situação financeira actual não é catastrófica, como muitos a querem pintar, e nem sequer é má. Ainda estamos em zona de risco, mas com a situação perfeitamente controlada.

      Sobre os tais méritos e deméritos, cada um olha para o que quer.
      O que eu sei é que não há retorno sem investimento, e que pagar 20 milhões de juros só é um problema se o capital correspondente não gerar lucros líquidos superiores a esse montante. Diria que pelo menos em 20%, mas isto já é passível de ser opinado.

      Posto isto, gostar muito ou pouco do presidente do clube é assunto que não interessa para o caso, e muito menos interessam análises destinadas apenas a justificar esse gosto ou a falta dele, sem nenhum fundamento ou conhecimento do que deve ser a gestão de uma empresa.

      Eliminar
    5. Em relação aos alhos e bugalhos deixo isso para o fim do meu comentário.

      Agora queria dizer que aproveitei o seu excelente comentário para dar a minha opinião.

      Já agora Nós temos no computo geral desde 2010 ganhos..(contabilizando já com 2015/2016) Acho que somente o Benfica podem dar ao luxo de dizer isso...e temos 4 títulos desde 2010, poranto nunca disse que temos uma situacao financeira castrófica. O que se passa é que nós queremos que seja excelente e para isso há ainda muito trabalho pela frente.

      Andámos uns 6ou7 anos a investir imenso em pernas.(desde 2008) agora há que pagar aquilo que pedimos emprestado para pagar esse investimnento.


      Gostar muito ou pouco do presidente do clube ?? Mas afinal quem é que está a misturar alhos com bugalhos ???

      Sabe lá o que penso eu do Presidente do Sport Lisboa e Benfica ?

      Mas se quer saber, acho que é graças a ele de nunca se tiver desviado da sua estratégia que somos actualmente tricampeões e vencedores numa data de modalidades. O investimento e esforço financeiro que fez, foram claramente recompensados.


      Da próxima vez escusa de vir com hipocrisia acusando-me de misturar alhos com bugalhos quando o Senhor é que o faz! Espero que estejamos esclarecidos.
      E sim.. para terminar, misturar alhos e bugalhos foi o que o Senhor fez precisamente no primeiro comentário ao comparar o Sporting com o Glorioso!

      Eliminar
    6. AHAHAH

      O que eu me ri com o comentário do Afonso, muito bom kkkkkk

      (Faço um interregno só mesmo para ler o Eagle, sempre a considerar... Estes artigos são um mimo. Já tinha vindo aqui 30 vezes em 28 horas.

      Até tinhas razão no Vitórias e pronto, um gajo dá o braço a torcer e neste caso nem custa nada. Pelo contrário. O outro é melhor treinador mas este sabe mais da vida - e há sempre várias formas de chegar ao sucesso. Viva! Um abraço e mais 35. Acabou por ser uma temporada com o seu quê de épico.

      Quanto às contas sou apenas um curioso, acho que gastamos demasiado em juros e essas coisas mas enfim, o barco está mais ou menos orientado. Há que manter a calma. E manter também, entre outras coisas, o scouting a funcionar - é bom mas ainda pode melhorar - convenientemente porque é essencial, tanto par a vertente desportiva como financeira.

      O Benfica tem uma série de malta jovem e com muito potencial, em todos os escalões, praticamente. E também tem alguns maus negócios que convém desfazer.

      O Renato foi muito bem vendido, o menino entrou no Estádio um dia destes e disse "vou ganhar seis vezes mais, tchau, entendam-se com estes, neste número de telefone". É a vida. Se os chineses estiverem com muita vontade de estoirar uns valentes euros temos mais para embarcar.)

      Eliminar
    7. Glorioso, obrigado pelo elogio ao meu comentário.
      Quanto ao resto

      Eliminar
  25. Não me lembrava disso. Mas convenhamos que nem seria preciso. Só se andassem todos a brincar ao monopólio.

    ResponderEliminar
  26. Eagle,

    Tens algum gráfico/dados com a evolução do nosso passivo exigivel? (últimos 3-5 anos)

    E tendo em conta as palavras do DSO, qual achas que seria o valor a alcançar para este mesmo passivo?

    Obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Benfica SAD em 2009 / 2010, em 12 meses facturava o equivalente a 25,7% do seu passivo total. (96,3M€ / 373,8M€)

      Agora irá facturar em 2015/2016, em 12 meses, cerca de 45% do seu passivo total.
      (190M€ / 430M€)

      Ou seja, há 6 anos eram necessários 4 anos de actividade para "cobrir" o passivo.
      Neste momento são necessários cerca de 2 anos de actividade para "cobrir" o passivo.

      DSO refere que +- 1 ano de actividade devesse cobrir o passivo, embora afirmasse também que existem diferentes opiniões na SAD.

      Na minha opinião se no espaço de alguns anos a Benfica SAD tiver 250M€/Ano de proveitos e 375M€ de passivo será bom, representando 1,5 ano de actividade para cobrir o "passivo". Essa redução de passivo espero que seja obtida com LUCROS, sem necessidade de baixar o Activo da SAD.

      Eliminar
  27. Belíssimo trabalho, (uma vez mais). Vi isto meio na diagonal por isso não tenho grande opinião a emitir, mas pelo que vi e mesmo por alguns comentários anteriores parece-me indiscutível que estamos melhor que os nossos rivais, e mais que tudo estamos com contas positivas ao contrário deles. Ainda assim parece-me que tal como outros já o disseram podiamos e talvez devêssemos estar um pouco melhor nesta era de vacas gordas.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  28. Boa tarde Eagle

    Os custos com vencimentos aumentarem relativamente ao período homólogo do ano passado (pouco mas aumentaram), pelo que refere o comunicado do Benfica foi por causa dos prémios pagos, pergunto se fazes ideia se estes prémios são relativos à liga dos campeões, ou se já foram considerados prémios devido ao campeonato e à taça da liga? Ou seja será possível que para efeitos de R&C o Benfica tenha optado por antecipar custos que só surgiram em Maio.

    Um abraço
    Luís

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. dot, essa informação não está discriminada nos R&C.

      Os custos de pessoal estão abaixo dos do Porto, e é natural que várias renovações e contratações tenham contemplado objectivos a alcançar, de forma a manter os melhores jogadores no Benfica.

      Eliminar
    2. O campeonato só se decidiu no 4.º trimestre bem como a taça da liga, logo quaisquer prémios de desempenho apenas têm origem na campanha europeia

      Eliminar
    3. Ainda bem que vão pagando alguns prémios durante o ano, assim não deixam tudo para o 4º trimestre como aconteceu o ano passado. Os prémios pagos deverão ter sido à volta de 4M.

      Eliminar
  29. Boa Tarde Eagle.
    Obrigado pela análise e pelos esclarecimentos posteriores.
    Deixando de parte as inflamadas opiniões clubísticas, penso que as análises não devem ser feitas como se os clubes fossem empresas normais. Se a empresa que produz o sabonete Lux for à falência, isso seriam boas notícias para as outras empresas que concorrem no mercado com ela. Seria de esperar um aumento de vendas, por exemplo, de sabonetes Nívea. Mas no negócio de futebol, a situação é mais complexa. Se o Sporting for à falência, isso produz efeitos financeiros negativos nas outras equipas que concorrem desportivamente com o Sporting. Há menos receitas, não só porque os adeptos do Sporting deixam na sua maioria de se interessar pelas várias competições nacionais, mas também porque haverá uma perda horizontal de adeptos motivada pela perda de competividade do futebol nacional. Existe algum estudo nesse sentido?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o Sporting fechasse, exceptuando os "Die Hard" fanáticos lagartos, todos os outros mudavam para o Benfica. Por isso são tão calimeros, é a dor que sentem por não serem do Benfica! Lol.

      Eliminar
  30. Caro Benfica Eagle,

    Mais uma excelente análise. Parabéns.
    Como já tinha reflectido contido e todos os frequentadores do blogue em anteriores períodos, o rumo do Benfica desde à 2/3 anos deixa-me extremamente satisfeito porque de forma voluntária ou por imposição tem-se finalmente uma estratégia, uma política desportiva e uma política financeira.
    Basta ver os R&C mais recentes para perceber que no clube foi percebida uma coisa muito básica: não se deve gastar mais do que aquilo que se tem, e, como os recursos são limitados temos que potenciar todas as fontes de receitas e tendencialmente diminuir os gastos.
    Mas se não é fácil reduzir custos, muito menos o é sem haver uma estratégia coerente e acções concordantes com a estratégia e é isso que para mim é evidente existir agora no Benfica com os resultados que são visíveis.
    Desde a entrada de Rui Costa que o Benfica passou a ter uma política desportiva, mas ainda não tinham uma política financeira e uma estratégia coerente, por isso o tempo está a trazer melhorias significativas.
    Quanto ao Porto, aquilo que está acontecer é o resultado de uma fuga para a frente que penso será continuada nesta próxima época ( hão-se integrar a restante percentagem do estádio) e depois disso a parede vai aparecer muito, mas mesmo muito depressa!
    O Sporting é de facto um caso especial e se por um lado aumentou enormemente os custos por outro em vários jogadores que poderá vender ao invés do Porto que além de Danilo, Brahimi, Herrera e Ruben Neves e uma vista sobre o Douro poucos terá para vender

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também têm uma bela vista sobre a ETAR de Contumil! Lol!

      Eliminar
  31. Benfica Eagle: análise lúcida e objectiva! Muito bem! Deves ser auditor!...

    ResponderEliminar
  32. não percebo. "fernando santos" comenta. "fernando santos" comenta o comentário. "fernando santos" apoia. "fernando santos" critítica, mas pede desculpa por ser ignorante. enfim, falta o "fernando santos" partilhar que a sua obesidade é devida á falta de flatulência do "fernando santos". haja pachorra!

    ResponderEliminar
  33. Bom dia, caro Benfica Eagle,

    Gostava que me esclarecesse, se possível, duas questões:

    1- Como é que foi possível, ao Sporting, reduzir o passivo em 9,5 milhões de euros em apenas 3 meses...?

    2- Em relação aos juros que o Sporting não paga gostava que comentasse a veracidade da seguinte informação:

    "Fala que tem o passivo mais baixo, mas se não fossem as VMOCs hoje teriam o passivo bem mais alto que o do Benfica. As VMOCs não são passivo e é por isso que o Sporting não paga juros como o Sport Lisboa e Benfica. Mas com o seu prolongamento, o clube de Alvalade perde receitas para a banca. As VMOCs tiraram mais de 120 milhões do passivo. Se ainda lá estivessem, teriam capitais próprios negativos bem acima dos 100 milhões. Porque é que Bruno de Carvalho não explicou estas alíneas quando disse que não estava a vender jogadores?

    clausula 5ª
    alinea 1-a) : 30% sobre as vendas (depois passa para 20%)
    alinea 1-c) : 5 milhões do prémio da champions (depois passa para 7 milhões)

    Imaginem que vendem 50 milhões… são 15 milhões para os bancos. Mais 5 milhões do prémio da
    Champions. São 20 milhões.
    Isso é mais ou menos o que o Sport Lisboa e Benfica paga em juros. Obviamente que o Sporting
    está com a corda na garganta, mas o seu presidente insiste em falar em saúde financeira. É
    preferível o Sport Lisboa e Benfica pagar juros e gerir o seu próprio dinheiro do que ter parte das receitas “penhoradas” pela UEFA e pela Banca.
    Estão na muito perto do fim mas ele preocupa-se é meter os Sportinguistas focados no Benfica."

    E nos comentários vem isto:

    "António Pereira
    Que clausula 5ª é essa?
    Ainda não percebi se o valor que os bancos vão buscar sobre as vendas do jogadores é para abater ao passivo ou substituem os juros. Sabes adiantar alguma coisa?

    Hugo Gil e Benfica
    Sustitui os juros

    António Pereira
    Hugo Gil e Benfica Obrigado.
    Podes enviar o documento, colocar um link ou indicar onde está? gostava de o ler.
    Se substitui os juros, então percebe-se os juros a 0% dos VMOC, ainda não percebo a tranformação dos VMOC em ações a 1 euro, que é 4 ou 5 vezes o valor das ações"

    Agradecendo desde já o tempo despendido,

    Um abraço
    Tiago

    ResponderEliminar
  34. Bom trabalho Eagle! Uma questão: onde é que foi parar o jogador Bruno Paulista do Sporting? No R&C está como contratado e ao mesmo tempo cedido durante este exercício.

    ResponderEliminar
  35. Bom dia, caro @Benfica Eagle,

    Gostava que me esclarecesse, se possível, duas questões:

    1- Como é que foi possível, ao Sporting, reduzir o passivo em 9,5 milhões de euros em apenas 3 meses...?

    2- Em relação aos juros que o Sporting não paga gostava que comentasse a veracidade da seguinte informação:

    "Fala que tem o passivo mais baixo, mas se não fossem as VMOCs hoje teriam o passivo bem mais alto que o do Benfica. As VMOCs não são passivo e é por isso que o Sporting não paga juros como o Sport Lisboa e Benfica. Mas com o seu prolongamento, o clube de Alvalade perde receitas para a banca. As VMOCs tiraram mais de 120 milhões do passivo. Se ainda lá estivessem, teriam capitais próprios negativos bem acima dos 100 milhões. Porque é que Bruno de Carvalho não explicou estas alíneas quando disse que não estava a vender jogadores?

    clausula 5ª
    alinea 1-a) : 30% sobre as vendas (depois passa para 20%)
    alinea 1-c) : 5 milhões do prémio da champions (depois passa para 7 milhões)

    Imaginem que vendem 50 milhões… são 15 milhões para os bancos. Mais 5 milhões do prémio da
    Champions. São 20 milhões.
    Isso é mais ou menos o que o Sport Lisboa e Benfica paga em juros. Obviamente que o Sporting
    está com a corda na garganta, mas o seu presidente insiste em falar em saúde financeira. É
    preferível o Sport Lisboa e Benfica pagar juros e gerir o seu próprio dinheiro do que ter parte das receitas “penhoradas” pela UEFA e pela Banca.
    Estão na muito perto do fim mas ele preocupa-se é meter os Sportinguistas focados no Benfica."

    E nos comentários vem isto:

    "António Pereira
    Que clausula 5ª é essa?
    Ainda não percebi se o valor que os bancos vão buscar sobre as vendas do jogadores é para abater ao passivo ou substituem os juros. Sabes adiantar alguma coisa?

    Hugo Gil e Benfica
    Sustitui os juros

    António Pereira
    Hugo Gil e Benfica Obrigado.
    Podes enviar o documento, colocar um link ou indicar onde está? gostava de o ler.
    Se substitui os juros, então percebe-se os juros a 0% dos VMOC, ainda não percebo a tranformação dos VMOC em ações a 1 euro, que é 4 ou 5 vezes o valor das ações"

    Agradecendo desde já o tempo despendido,

    Um abraço
    Tiago

    ResponderEliminar
  36. se calhar (e é só uma ideia) podia-se começar a olhar também para as contas o sc braga (http://scbraga.pt/wp-content/uploads/2015/11/relatoriocontas20142015.pdf)... neste relatório de 30 junho 2015, o capital próprio do braga era de 9.855.925€, e o mesmo em 2014 era de 11.174.962€

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes