O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Quem prefere ver na liderança da Comunicação do SL Benfica?

quinta-feira, 31 de março de 2016

Voucher "Champions"

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 


O blogue Geração Benfica lança hoje o passatempo que visa recompensar os (adeptos sportinguistas?!) lagartos da maior potência desportiva nacional da zona do Campo Grande.

Ganhe um jantar na Churrasqueira do Campo Grande e 2 bilhetes para um jogo dos quartos de final da Champions League com o Sporting Clube de Portugal.

Escreva a sua frase neste post, incluindo as palavras/expressões:

- Já lá vão 14 em jejum

- Pesadelos

- Vermelho

- Nunca ouvi o hino da Champions em Alvalade

- Xixi na cama

A melhor frase será remetida à administração da Sporting SAD para que assim no próximo mandato possível possam oferecer os bilhetes.

Certamente que os nosso netos conseguirão assistir a esse dia memorável.

Fernando Santos revela o primeiro selecionado para o Europeu.

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 

Quando questionado sobre a questão de levar ou não pontas de lança, Fernando Santos disse que "talvez meta o Bruno Alves como avançado".

O que quer dizer que uma das dúvidas sobre as escolhas para o Europeu está esclarecida.

É uma escolha que revela a tendência conservadora e pouco corajosa de Fernando Santos. Bruno Alves não faz um bom jogo pela seleção já nem sei desde quando.

A nível de clubes também não se destaca há anos.

Isto não augura nada de bom quanto à convocatória para o Europeu.

quarta-feira, 30 de março de 2016

"Tolinho das Aldrabices" é o maior mas só no Facebook!

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 
A cerimónia de apresentação do Programa de Educação e Formação do Sindicato dos Jogadores começou sem a presença de Pedro Proença, o presidente da Liga, e Bruno de Carvalho, líder da direção do Sporting. Ambos, apesar de terem sido anunciados na véspera, acabaram por não poder marcar presença. Assim, fica sem efeito um esperado reencontro com Luís Filipe Vieira, que está presente
in Record

Este borra-botas é o maior... mas é atrás do computador. No Facebook chama tudo a toda a gente, mas depois foge do cara a cara com medo de ser chamado ao confronto.

É MERDAS!

Lamentável: Caiu a máscara ao pseudo-jornalista Paulo Baldaia.

Avatar
 ●  + 37 comentários  ● 

(Obrigado ao João por nos ter alertado para este artigo)

Este senhor escreveu o seguinte artigo no jornal "O Jogo":

" Muita atenção ao Sport Lisboa Calabote e Benfica

Mais de meio século depois de Inocêncio Calabote (foi a 22 de março de 1959), é preciso recordá-lo para que a memória se avive e não se esqueça que a arbitragem já fez muitas vezes o Benfica ser campeão. Não há coincidências, esta época ainda não foi marcado um único penálti contra o Benfica, nem nenhum dos seus jogadores recebeu ordem de expulsão e mesmo em matéria de cartões amarelos são os menos castigados.

Devo dizer que esta época já vi os três grandes serem beneficiados com erros dos árbitros, mas o que nunca vi foi o Benfica ser prejudicado por uma arbitragem. Uma só vez que fosse. Já não é preciso recuar muito para lembrar arbitragens que prejudicaram claramente o Futebol Clube do Porto. No Dragão, contra o Arouca, o árbitro anulou um golo limpo ao Porto, minutos antes de eles fazerem o 1-2. Em Braga, o árbitro passou o jogo a apitar contra o FC do Porto, marcando faltas contra nós quando eram a nosso favor.

Não estando a jogar bem, não podemos fazer de conta que não vemos o que se está a passar e que não percebemos por que é que só o Benfica queria manter Vítor Pereira na presidência do Conselho de Arbitragem. O que melhorou na estrutura do Benfica não foi a criação de uma direção que trata em exclusivo do fair play dos jogadores, reduzindo o número de cartões amarelos e evitando vermelhos e penáltis. O que houve foi uma redução da distância entre o Benfica e os organismos da Federação, com o Conselho de Arbitragem à cabeça. Os edifícios destas instituições não mudaram de sítio, os dirigentes é que se cruzam com mais facilidade.

Poucos significa muito

Com a paragem do campeonato, para que as seleções joguem, o treinador do Futebol Clube do Porto ficou com uma equipa de futebol de cinco. Se tanta gente partiu para as seleções dos seus países, isso só pode querer dizer que o plantel vale mais individualmente do que o que os jogadores têm sido capazes de demonstrar coletivamente. E os cinco que ficaram também têm currículo. Helton, Martins Indi, José Ángel e Sérgio Oliveira já jogaram na seleção dos seus países, sendo Chidozie uma grande promessa com provas dadas. Ainda assim, é preciso assumir que a equipa tem de ser reconstruída para ter um plantel mais equilibrado e com raízes no clube.

Sentir e jogar à Porto

Numa lição de humildade, Peseiro pôs o dedo na ferida e deu o seu próprio exemplo, assumindo ter um défice sobre o que é ser Futebol Clube do Porto. Há uma cultura que não pode ter sido assimilada por nenhum dos onze jogadores que iniciaram o jogo contra o Setúbal, porque "ninguém ganhou nada no clube com mais títulos nos últimos 30 anos", lembrou o treinador.

É claro que importa saber qual é a história do clube, mas coisa diferente é ensinar a quem joga como é que se chega às vitórias. É preciso jogar com garra, só parar de correr quando o jogo acaba, não ter medo de nenhum adversário, mas não é preciso ter nascido ali para se ser portista o resto da vida. Deco jogou em vários clubes, até no Barcelona, e é portista porque percebeu que quem ganha os jogos é quem está em campo. Esforcem-se." - O Jogo.

A quem interessa ter Renato Sanches fora do Europeu?

Avatar
 ●  + 61 comentários  ● 


Ponto prévio: Renato Sanches, na minha opinião, só deverá ser convocado se mantiver a forma física e a mesma preponderância no plantel do Benfica. Tem sido fundamental e assim espero que continue.

Não deixo de achar curiosa esta campanha contra uma possível convocatória de Renato Sanches para o Europeu de França.

Hoje foi Manuel José a falar contra a convocatória do miúdo do Benfica. Aparentemente fez 2 exibições mais fracas nos 2 jogos de preparação e por isso deve ficar de fora, segundo o treinador português que só triunfou no futebol do Terceiro Mundo.

Curioso que nunca vi estas vozes levantarem-se contra as exibições miseráveis de Bruno Alves ao serviço da selecção. Ou sobre o facto de Danny nunca ter feito um jogo de jeito ao serviço da selecção nacional e ainda assim ser convocado.

Também nunca me apercebi do incómodo com as convocatórias do maior cepo da história recente do futebol português de seu nome Hélder Postiga.   

Mas afinal a quem interessa a não convocatória de Renato Sanches?

Bem, olhando aos nomes dos possíveis convocados, eu diria que a convocatória de Renato coloca fora de hipótese 2 nomes do FC Porto: André André e Ruben Neves. Especialmente o primeiro.

E isso significa que o FC Porto teria apenas um jogador convocado, partindo do princípio que Danilo não falha a chamada ao Europeu. E isto porque Vieira o entregou de bandeja ao clube de que foi sócio durante 24 anos, senão nem um teriam no Europeu.

Pena é que o mesmo critério moral de Vieira não sirva para barrar a entrada no clube ao Pepa, ao Pacheco e a outros parasitas que viraram as costas ao clube e agora não saem da bancada presidencial ou da BTV.

Daí que a não convocatória de Renato Sanches seja do grande interesse do FC Porto.   

Claro que os lagartos(não os sportinguistas) anti-Benfica que só servem de muleta a interesses de terceiros fazem de porta-vozes deste movimento.

Tem Fernando Santos capacidade para resistir a pressões? Não tem. Por isso espera-se uma convocatória à medida dos interesses instalados no futebol português.

Vivam as modalidades

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 
Na sequência do post do Shadows sobre a morte do futebol, lembrei-me de vir aqui partilhar o que vivi há umas semanas atrás:

O meu puto mais novo estava há algum tempo a pedir-me: “Pai, quero ir ao estádio do Benfica!”. Nesse fim de semana o Benfica não jogava na Luz, mas perante a insistência do miúdo pensei que seria uma boa oportunidade para fazer algo que eu já queria fazer há bastante tempo: ver um jogo das modalidades. Consultei a agenda no site do Glorioso e havia 3 jogos de seguida: Basquetebol às 15h, Voleibol às 17h e Hóquei às 19h. “Pimba! Tá feito!”, pensei eu…

n.d.r. antes que me insultem, uma nota só para esclarecer que eu, como bom pai, já levei os meus miúdos à Catedral algumas vezes, para ver futebol, e com um registo 100% vitorioso! Aliás, já está na altura de me subsidiarem os lugares para a família, tendo em conta que sempre que levo os miúdos à bola, o Benfica ganha…

Como os meus putos ainda são pequenos, apontei para assistir apenas a um dos jogos e perguntei-lhes qual queriam ver. Escolheram o voleibol e lá fomos nós assistir ao segundo jogo da meia-final dos play-offs do campeonato nacional, contra o Castelo da Maia.



O primeiro impacto positivo foi o preço dos bilhetes. Chega a ser ridículo os preços praticados, quando comparado com o que se vê no futebol. “São 4 bilhetes para o voleibol, se faz favor. Dois adultos e duas crianças.” E lá fomos nós.

Antes de entrar no pavilhão, reparei numa espécie de movimento migratório. Vinham famílias inteiras do jogo de Basquetebol, se bem me lembro vinham satisfeitos com mais uma vitória, e entraram no outro pavilhão para ver o voleibol, ao mesmo tempo que eu e a minha família. Achei isto espetacular…

3-0. Sem espinhas. Os miúdos fartaram-se de perguntar sobre as regras, sobre os jogadores, sobre o adversário. Enfim, o meu receio (justificado pela idade deles) de que se poderiam aborrecer desvaneceu-se rapidamente.

Mas o pavilhão estava meio despido de público, e sinceramente impressionou-me pela negativa ter que ser o Roberto Reis a bater palmas para que o público acordasse e incentivasse a equipa numa meia-final do campeonato nacional.

O ambiente é bem diferente do que se vive no Estádio. Tudo muito mais calmo, com poucos palavrões, mas com uma coisa em comum: aqueles velhos resmungões que não aceitam uma bola perdida e refilam com tudo e todos também lá estão. Desconfio que papam os jogos todos, e calhou-me um desses ao meu lado. Ainda tive para lhe dizer para se acalmar, mas pensei que não ia servir de nada. Aquilo está-lhes no sangue. Já não muda…

Quando o jogo acabou, o meu puto lá disse: “Pai, agora vamos ao hóquei!” e eu ri-me, mas as meninas não quiseram. Mas mais uma vez, houve muita gente que saiu do voleibol e seguiu para ir ver o hóquei.

Valeu pela experiência, pela vitória e principalmente por mais um ótimo momento em família.

Mas isto tudo para dizer o quê? Se o futebol está morto, o mesmo não se pode dizer das modalidades. Depois da época mais bem sucedida na História do Benfica, a época passada, as modalidades voltaram esta época em grande forma. O facto dos jogos serem programados para permitir aos benfiquistas assistirem a vários jogos e passar uma excelente tarde de sábado em família, ou com amigos, revela a boa organização do Clube. Tudo isto e o preço acessível dos bilhetes deveriam ser um chamariz para que os pavilhões estivessem cheios. Mas não estão. Só nos jogos ditos "grandes", contra o Sporting ou FCP é que se nota a diferença.

Se o futebol está morto no campo e nos bastidores, de acordo com o tal artigo do Expresso, apesar de estar bem vivo nas bancadas, nas modalidades acontece exatamente o inverso. O SLB respira saúde nas modalidades, mas infelizmente sem o apoio desejado pelos atletas…

Eu admito que fiquei fã. E faço um mea culpa por também só ter ido apenas uma vez apoiar o Benfica num dos Pavilhões da Luz. Nunca tinha ido e com as condições que temos, é mesmo uma pena não apoiarmos mais as nossas equipas. É certo que só me baseei na minha única experiência, e no que vejo através da BTV, para tirar estas conclusões. Mas penso que não ando muito longe da verdade.

Espero que este post possa abrir o vosso apetite pelas modalidades. Eles merecem!

terça-feira, 29 de março de 2016

Aquele momento...

Avatar
 ●  + 37 comentários  ● 
... Em que olhas para a seleção e pensas na dimensão de um meio campo do Benfica formado por Renato Sanches e Bernardo Silva com Danilo nas costas... E te lembras que foram os três formados no Benfica.

Que craques...!

Hugo Vieira, Renato Sanches e os critérios de Fernando Santos.

Avatar
 ●  + 13 comentários  ● 


“A poucos meses do Euro2016, a seleção nacional de Portugal precisa de marcar mais golos, e Hugo Vieira tem-nos marcado na Sérvia, ao serviço do Estrela Vermelha. No entanto, o avançado português de 27 anos não tem sido sequer convocado por Fernando Santos para os jogos amigáveis de Portugal.

Em declarações à Rádio Renascença, Hugo Vieira foi questionado sobre a sua ausência entre os convocados de Fernando Santos, uma vez que esta época já conta com um total de 19 golos ao serviço do Estrela Vermelha, e é o melhor marcador português na Europa atrás de Cristiano Ronaldo. O antigo jogador do Gil Vicente começou por contornar essa questão, mas acabou por admitir que não entendo porque não é convocado.

"Gostava de estar, mas não estou. Por isso, concentro-me naquilo que posso controlar, que é ajudar o meu clube a vencer todos os jogos. Nesta época só tenho vitórias, muitas assistências e muitos golos. Isso conta muito, não vale a pena falar", começou por dizer Hugo Vieira.

"Não fui chamado, as pessoas lá sabem os motivos. A maioria não entende e eu também não. Vou estar no Europeu, se não for a jogar vai ser a torcer pela nossa Seleção. Desejo o melhor para todos. Quero continuar bem no meu clube e conquistar o tão desejado título», vincou quem diz viver o «melhor momento da carreira", acrescentou Hugo Vieira que tem sido preterido na Seleção nacional por outras 'opções'.” – SAPO.

Que critérios usa Fernando Santos para selecionar os jogadores?

Mérito, forma actual ou necessidades da selecção? Duvido que assim seja.

Aliás, não é de agora que a Selecção Nacional é um feudo de empresários e interesses. No entanto, Fernando Santos quando assumiu o cargo de seleccionador disse que não haviam lugares cativos nem a selecção estava fechada para ninguém.

Então, perante a necessidade enorme de quem marque golos, porque Hugo Vieira não é chamado sequer para mostrar o que vale?

No exercício de ontem sobre a convocatória para França, verificamos que os nomes sugeridos normalmente pelos jornalistas (e pela fonte utilizada no post, o MaisFutebol) são os que os clubes querem apostar em termos de vendas e promoção e não os que estiverem em melhor forma para ajudar a selecção.

Por isso é que um Miguel Veloso ou um Bruno Alves, por exemplo, andam a pastar na equipa nacional há anos sem darem um contributo minimamente aceitável em termos de qualidade futebolística.

Nos últimos anos essencialmente devido às fracas lideranças na Selecção, os treinadores passaram a tratar a selecção como um “plantel” em vez de promoverem o mérito e a boa forma.

Achar que, por exemplo, Renato Sanches não pode ir ao Europeu porque “não há quem possa sair” para lhe dar o lugar, é achar que há lugares cativos. E se os há é grave.

No caso do “nosso puto” ele merece a escolha pois é dos meio campistas nacionais em melhor forma neste momento.  

Será que Fernando Santos vai ceder à pressão ou será capaz de escolher os 23 melhores?

segunda-feira, 28 de março de 2016

Mataram o futebol.

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Partilho aqui um excelente artigo que li no Expresso escrito pela jornalista Mariana Cabral.

De leitura obrigatória.

Que 23 para França?

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 

A seguinte lista de “selecionáveis” foi compilada pelo MaisFutebol.

Que 23 escolheriam? Incluiriam algum jogador que não foi mencionado pelo MaisFutebol?  

Escolha 3 Guarda Redes: Rui Patrício; Anthony Lopes; Beto; Marafona; Eduardo; Hugo Ventura

Escolha 4 Laterais: Fábio Coentrão; André Almeida; Antunes; Cédric; Eliseu; R.Guerreiro; João Pereira; Nélson Semedo; Vieirinha

Escolha 4 Centrais: José Fonte; Daniel Carriço; Ricardo Carvalho; Bruno Alves; Neto; Paulo Oliveira; Pepe; Rolando

Escolha 6 Médios: Adrien Silva; André André; André Gomes; William Carvalho; Danilo Pereira; João Mário; João Moutinho; Josué; Miguel Veloso; Ruben Neves; Pizzi; Renato Sanches; Tiago

Escolha 6 Extremos/Avançados: Hugo Almeida; Bernardo Silva; Bruno Moreira; Cristiano Ronaldo; Danny; Éder; Rui Fonte; Postiga; Hugo Vieira; Lucas João; Nani; Quaresma; Rafa; Varela.

Destes escolheria os seguintes 23:

Guarda Redes: Patrício, Beto e Lopes.

Laterais: Coentrão, Eliseu, Cédric e André Almeida.

Centrais: José Fonte, Ricardo Carvalho; Pepe e Paulo Oliveira.

Médios: Moutinho, Sanches, Adrien, William, Mário e Danilo.

Extremos/Avançados: Bernardo, Ronaldo, Nani, Quaresma, Vieira e Fonte.

(Aposto que Fernando Santos vai fazer uma lista com quotas dos 3 grandes e incluir pelo menos um ou outro zero como Miguel Veloso e Bruno Alves).

sábado, 26 de março de 2016

Acham que já dá para perceber...

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

Porque nunca serei fan de um jogador com as características do Cardozo? Simplesmente porque com há jogadores que, com as condições que o Tacuara teve, fazem muito melhor que ele...

Sim, ok! Ter Rui Vitória também ajuda muito, eu sei...


Benfica sem Jonas jogaria com 10

Avatar
 ●  + 28 comentários  ● 

O que dizer desta deriva do Record? A brilhante conclusão do Miguel Belo e do Nuno Martins é que sem Jonas, o Benfica jogava com 10... porque simplesmente não teria ninguém que marcasse os golos que o brasileiro tem marcado e, por consequência, teríamos menos pontos.

Espetacular! Andam estes rapazinhos na escola de comunicação social para isto...

Reparem no grau de detalhe de tanta parvoíce:


Jonas tem sido decisivo para a liderança do Benfica no campeonato. Aliás, se olharmos para o percurso das águias é fácil perceber que sem os golos do camisola 17, o emblema da Luz teria menos 10 pontos e estaria na terceira posição, atrás de Sporting e FC Porto

Mas vai mais longe... Oh sim, vai vai... só não descemos de divisão por acaso:
Como é óbvio a importância de Jonas é muito maior, já que abriu por várias vezes o caminho para vitórias dilatadas, ou, em outras ocasiões, ajudou a tranquilizar a equipa com remates certeiros

Que grandes patetas! Curiosamente há uma equipa que tem um avançado que marcou 20 dos 56 golos da equipa, ou seja, mais de 35% dos golos totais marcados e nesse caso não há nada a destacar, é muito melhor referir... enfim!

sexta-feira, 25 de março de 2016

O futuro é hoje...

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
Quem não gostaria de ver Renato Sanches e Nico Gaitan para sempre no SLBenfica? Todos, pois claro... mas também todos sabemos que isso será, porventura, uma missão impossível.

Renato Sanches, na minha perspetiva, será anunciado no final da temporada como a mais cara transferência do futebol português e que, dificilmente, será batida nos próximos dois/três anos. Já Nico Gaitan, tal como Enzo Perez, aos 28 anos será agora ou nunca e face à idade a saída renderá dificilmente mais que 20 a 25M€... e dependendo da forma como se conseguir finalmente debelar a lesão que o tem apoquentado no joelho esta temporada.

No radar de uma possível saída podem ainda estar Lindelof e Nelson Semedo que, sendo jogadores imensamente jovens se tornam especialmente atrativos para os clubes com maior poder financeiro.

Depois há dois jogadores cuja idade e opções disponíveis colocam igualmente a questão da transição um fator fundamental: Julio Cesar (36) e Luisão (35). Se Lindefof não sair já este ano, com Ederson, Rui Vitória já tem esta transição mais que resolvida e pode fazê-la ao longo de um/dois anos.

Outros nomes que poderão sair por oportunidade de fazer receitas são Lisandro Lopez, Sílvio (está emprestado), Paulo Lopes (fim de carreira), Taraabt (nunca justificou), Talisca ou mesmo Jimenez. Também Pizzi, depois de uma grande temporada que está a fazer, aos 26 anos pode querer aproveitar se lhe surgir uma boa oportunidade.

Comecemos por olhar ao futuro a partir de dentro de casa. Entre a equipa B e os juniores, depois de uma temporada em que subiram cinco jogadores da equipa B, eu diria que se conseguirmos fazer subir mais um ou dois será sinal de uma fabulosa base de trabalho. Entre os candidatos eu colocaria Miguel Santos, Lystcov, João Nunes ou João Carvalho. Tenho alguma dificuldade em olhar a mais jogadores, nesta fase, sendo que obviamente que para mim Nuno Santos já faz parte do plantel principal. Nos juniores, Azemovic, Guga, Diogo Gonçalves e José Gomes são sérios candidatos a um papel ativo entre a equipa B e a subida pontual à equipa principal.

Agora, olhando para fora já chegaram para a próxima época Luka Jovic, Saponjic e Grimaldo a quem se juntará Franco Cervi e obviamente que não ficará por aqui e entre os jogadores emprestados eu gostaria de ver Nelson Oliveira ocupar uma eventual vaga de Jimenez se este saísse, mas se não sair não fará sentido.
No mercado nacional, Rafa do SCBraga é um nome incontornável - caro, mas incontornável e a eventual saída de Nico Gaitan teria em Rafa um sólido sucessor de qualidade. Claro que gostava de ver regressar Bernardo Silva (nem que fosse por empréstimo) ou a integração de Helder Costa, mas se o primeiro é uma miragem face ao assédio dos grandes clubes europeus, já o segundo pode ser uma boa opção que, não sendo um jogador de top, é um jogador que será seguramente de grande utilidade.

De resto, claro que não me vou por aqui a arriscar nomes, mas obviamente que se aproximam (mais uma vez) vários desafios, sendo certo que só sendo mesmo muito tolinho, como o outro, é possível algum adepto do Benfica acreditar que será possível ao Benfica recusar propostas de mais de 50M por Renato ou de mais de 20M por Nico. 

"Tolinho das Aldrabices" dá o título como certo!

Avatar
 ●  + 20 comentários  ● 
"No Sporting conseguimos fazer renovações que ninguém esperaria. Mais importante do isso é o facto de o Sporting não querer voltar à fase de ganhar uma vez e esperar 14 anos. Não quero deixar esse legado em termos de mandato para o futuro. Estamos a garantir que na próxima época a base é mantida e isso é determinante para cumprirmos essa promessa que fizemos. Pelo menos deixar o Sporting preparado para vencer regularmente no futebol. Alguns tinham contratos até 2018 mas houve um reconhecimento do seu valor"

NÃO APRENDEM!

quinta-feira, 24 de março de 2016

É tudo mentira...

Avatar
 ●  + 35 comentários  ● 
"O novo treinador foi muito importante para mim, pois deu-me a oportunidade de jogar na primeira equipa" Lindelof

"Sim, é uma sorte trabalhar com Rui Vitória porque aposta na juventude. Não só em mim, que tive uma oportunidade que consegui agarrar com a lesão de Júlio César, mas também em Lindelof e Renato Sanches" Ederson
 
"É um bom treinador a todos os níveis. Ajuda-nos muito a evoluir em todos os aspetos. Temos conversas individuais com ele, passa-nos algumas ideias com as quais ele acredita que podemos melhorar" Nelson Semedo

Raios parta os miúdos... estão sempre a inventar coisas e depois pegam isto aos mais velhos. Então o Jonas vai p Brasil elogiar o trabalho que o Rui Vitória está a fazer com ele de forma específica e que tem tido evidentes resultados?

Aquilo no Benfica está uma palhaçada... é tudo mentira

Uma lenda do futebol.

Avatar
 ●  + 21 comentários  ● 

"Johan Cruyff, grande estrela do futebol holandês, morreu esta quinta-feira, com 68 anos. Vencedor da Bola de Ouro em três ocasiões (1971, 1973 e 1974), o antigo jogador e treinador tinha revelado em outubro passado que lutava contra cancro do pulmão.

O óbito foi agora anunciado através de comunicado: « Johan Cruyff morreu em paz em Barcelona, rodeado pela sua família, após grande luta contra o cancro. É com grande tristeza que se pede para respeitar a privacidade da família durante este tempo de luto.»

Cruyff nasceu em Amesterdão a 25 de abril de 1947, destacando-se ao serviço do Ajax, clube que representou entre 1964 e 1973. Foi transferido para o Barcelona, clube do qual também foi treinador e onde chegou a receber o título de presidente honorário em 2010.

Representou a seleção holandesa em 48 ocasiões, tendo marcado 33 golos."

A EMOÇÃO DE SER DO BENFICA!!

Avatar
 ●  + 7 comentários  ● 

JONAS!!  JONAS PISTOLAS!



Não resisti a esta preciosidade! Tive de partilhar convosco! hahahahha



Quanto ao resto já sabem, SINTAM A MÍSTICA, CARREGA BENFICA!!

quarta-feira, 23 de março de 2016

Tem tudo para correr mal...

Avatar
 ●  + 30 comentários  ● 
Semana de seleções, dois candidatos ao titulo com muitos jogadores fora e com viagens... Um joga 48h depois do último jogo de alguns dos seus jogadores ausentes e outros jogam tres dias depois do jogo do Benfica.

Tem tudo para correr mal ao Benfica, pouco ou nada justifica que o Benfica tenha preferido jogar na sexta ao invés de no sábado, pouco sentido faz que um clube tenha mais tempo de descanso dos jogadores que o outro, estando a lutar pelos mesmos objetivos.

Tal como eu disse... Tem tudo para correr mal!

terça-feira, 22 de março de 2016

Novo escândalo?

Avatar
 ●  + 13 comentários  ● 

Houve compra de votos no processo de atribuição do Euro 2004?
Carlos Cruz diz que sim.

Com Sócrates e Madaíl ao barulho.

Jonas, o melhor de sempre...?!

Avatar
 ●  + 88 comentários  ● 


Gosto pouco de vedetismos ou desta moda recente no Benfica de endeusar jogadores. A sério? Jogadores?!

Capacitem-se que eles são profissionais e não adeptos. Não sentem o mesmo que nós. Serão raros esses casos em que sentem a camisola. Até parece que não há inumeros casos recentes de que o que conta é quem lhes paga.

E como o exagero de alguns leva logo a comparações parvas, como aquela que citei sobre considerar o Jonas melhor que o Aimar, aqui vão mais alguns nomes que, no mínimo, terão sido pouco melhores que Jonas. No mínimo.

Chalana, Nené, José Augusto, Simões, Torres, Águas (pai e filho), Diamantino, Elzo, Jordão, Manniche, Filipovic, Isaías, João Pinto, Futre ou Saviola.   

Podia ter mencionado muitos mais, mas fico-me por estes. Olhem para o que estes fizeram, conseguiram e ganharam no Benfica. Mas há alguma comparação?

Oh Inácio... que classe! Aprende...

Avatar
 ●  + 27 comentários  ● 
"Inácio não pensa aquilo que diz. Obrigam-no a dizer aquilo que alguém quer. Muitas vezes está contrariado e nem sabe o que está a dizer. Ontem, induziram-lhe mais uma vez em erro. Eu disse que ele era cobarde por fazer uma insinuação ao dizer que Júlio César foi encostado e ontem voltou a dizer que Mitroglou tirou a camisola de propósito. Disse que ele é cobarde, e repito, porque não diz de onde vêm as fontes. Já fui ministro mas nunca convidaria Augusto Inácio para meu secretário de Estado. Ele foi tão deselegante com Júlio César que só se lembra dos 7-1 que ele levou no Mundial e o que tenho a dizer é que o que me lembro de Augusto Inácio é do mesmo a ganhar um campeonato como treinador e sem que tivesse um penálti contra. É bom que ele se lembre disso. Mas sabe o é que também me lembro de Inácio? Das vezes em que ele foi despedido e das vezes em que foi irrelevante como treinador do futebol nacional, tirando o ano em que foi campeão nacional", disse em tom corrosivo, passando por recordar aquilo que Octávio Machado disse sobre o atual colega de estrutura no Sporting.
 
"Tenho alguma simpatia por Inácio, desculpo mas não lhe dou a outra face porque ele não merece. Concedo-lhe o perdão porque ele vem aqui repetir aqui e nem lhe lembro o que Octávio Machado disse dele, referindo-se a Inácio dizendo que um burro é sempre um burro mesmo quando usa óculos. Não repetiria isso. Octávio Machado foi deselegante tal como Inácio o foi e agora estão lá todos [no Sporting]. É o que fazem os vencimentos. Eu não recebo nada no Benfica e não é por isso que luto pelo Benfica. Não me vão ver responder ao nível a que obrigam Inácio a dizer"

Meu Deus! O RGS parecia um rolo compressor....

Caixa Futebol Campus: 10 Épocas e 102 Jogadores promovidos a nível Mundial

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 
Na sua 10ª Época de Caixa Futebol Campus, o Benfica já promoveu 102 jogadores que estão a jogar em clubes de 1ª Divisão, a nível nacional e a nível internacional.


Para este bom desempenho muito tem contribuído a equipa B e a sua presença no 2º escalão do futebol português.
Seria uma "ironia" que na época em que se muda a política desportiva (para uma maior rentabilização da formação do Benfica), que nessa mesma época a equipa B acabasse por descer de divisão. Esperemos que tal não aconteça!
Quanto à equipa A, faltam 7 finais para vencer o campeonato, e todas as "finais" são para GANHAR!

Não é por acaso...

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 

...que Rui Gomes da Silva é benfiquista de gema e está em nome próprio a dar a cara na televisão, para desagrado regular dos mercenários que circulam pelos corredores da Luz.

Ao contrário de outros, não se fez sócio quando entrou para os corpos sociais do clube, pois já o é desde que nasceu, nem é benfiquista por conveniência feito sócio quando lhe arranjaram um tacho na BTV.

Não é por acaso que "O Dia Seguinte" é semana após semana o programa mais visto do cabo.

A qualidade do debate, da moderação do programa na pessoa do jornalista Paulo Garcia, e do nível que os convidados emprestam ao programa não tem paralelo nos outros programas de formato idêntico.

Certamente que não estou sempre de acordo com as posições de Rui Gomes da Silva, como nem sempre as declarações de Rogério Alves ou Guilherme Aguiar conseguem estar livres de um facciosismo doentio.

Mas todos eles debatem com respeito, não entram pelas ofensas pessoais nem descem ao nível tipo latrina que se vê noutros lados.

Isto para dizer que fiquei muito satisfeito com a resposta dada por RGS a Inácio esta noite.

Revelou nível, postura à Benfica mas respondendo à letra a Inácio.

Rui Gomes da Silva ontem expôs a verdadeira natureza de Inácio.

Penso que a polémica ficou arrumada. A bem do futebol.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Registado, oh Abrantes

Avatar
 ●  + 17 comentários  ● 
«O Benfica está a começar a sentir a pressão, está a fraquejar», avaliou o antigo dirigente do clube de Alvalade, em declarações à Renascença, convicto de que a equipa leonina é a «mais forte» entre os candidatos ao título
in A Bola

O 35 não vai ser fácil!

Avatar
 ●  + 52 comentários  ● 


Se era preciso um jogo para refrear alguma euforia ou amenizar o “cheiro a título” ontem foi mesmo o momento certo.

Não há campeões antecipados num campeonato disputado como este, e o título 35 só aparecerá com uma dose grande de sofrimento, empenho e inteligência.

O jogo de ontem não correu bem porque, perante as lesões e castigos, Rui Vitória foi obrigado a baralhar e dar novamente. Não lhe correu bem a escolhas das cartas mas também provavelmente não poderia fazer muito diferente.

É nestes momentos que fica patente a forma deficiente como o plantel para esta temporada foi construído. Se Rui Vitória não olhasse com atenção para os miúdos da B, o que seria desta equipa? TiremRenato Sanches, tirem Lindelof e quem jogaria dando as mesmas garantias de qualidade?

Não se compreende também a insistência em Salvio. Não está em forma, continua com muitos problemas físicos e foi quase um elemento a menos em campo. Aliás, Salvio é neste momento um peso para as finanças do Benfica, pois não foi barato, passa mais de metade das temporadas lesionado, e é dos jogadores mais bem pagos do plantel. O Benfica não é a Santa Casa.

Notou-se muito a ausência de Mitroglou. O grego é essencial na manobra do ataque e dá algo que Jimenez não tem: poder de choque e finalização.

Nota-se a preocupação dos adversários em provocar Renato Sanches. O nosso puto terá que ter muito sangue frio para não se deixar cair nas armadilhas. Evitar entradas demasiado violentas para também não ficar à mercê da boa disposição dos árbitros.

Quanto a Jonas, teve nos pés a resolução do jogo e não falhou. Como raramente falha frente a adversários de suposta menos valia. Não retiro mérito ao brasileiro, mas continuo a ter a mesma opinião sobre ele. Preferia que estivesse sempre ao mesmo nível, não importa o adversário.

Por mais que o tentem colocar no mesmo nível de um Aimar, está muito longe desse grande astro do futebol. 

A diferença no rendimento do brasileiro é…estar no Benfica. Como sempre, estar no nosso clube é que faz a diferença e não o contrário.

Já se perguntaram onde anda o Enzo Perez? OWitsel? O Rodrigo? O que aconteceu ao Simão Sabrosa quando saiu? São apenas alguns exemplos. Dentro do Benfica estavam em alta e eram objecto de grande interesse. Saíram do Benfica e desapareceram.

É graças ao Benfica que Jonas pode regressar à selecção brasileira. Mais uma vez, é o nosso clube que dá destaque e brilho aos seus jogadores.

Discordo da ideia de “gestão” por parte do companheiro de blogue Ricardo.

Passar a ideia de que nem tudo é para ganhar é formatar na cabeça dos jogadores que a ambição tem limites. Isso não é “ser Benfica”. Compreendo o que o Ricardo quer dizer, mas há algo fundamental:

É tão importante vencer este campeonato como o foi vencer os restantes 34 em que fomos campeões. Como era importante ter vencido todos os outros que perdemos.

Nunca ser Benfiquista foi vencer algo para os outros não vencerem!

Ganhar no Benfica sempre foi a bitola. Ganhar pelo clube, pela qualidade, ganhar por sermos mais competentes, melhores.

Entrar nesse raciocínio de que temos de vencer para o “clube tal” não ganhar é descer à pequenez dos outros.   

Fazer o melhor em todos os jogos é o mínimo que se pede. No final cá estaremos para analisar os méritos e deméritos.

Nota final: a lavagem de roupa suja na TV continuou ontem com Inácio novamente. É uma vergonha que pessoas ligadas a Sporting e Benfica continuem impunemente a trazerem o futebol para o nível mais rasteiro possível.

Se de Bruno de Carvalho não se espera qualquer travão quer nele próprio quer nos seus colaboradores, já de Luis Filipe Vieira espera-se muito mais. Chega de conversa fiada sobre “silêncios” e “ruídos”. Discursos vazios escritos pelos próprios fomentadores desta guerra desde que Jorge Jesus assinou pelo Sporting.

Ponha um travão nas pessoas que dentro do Benfica alimentam esta guerra nojenta. Não sejam hipócritas!

(Não incluo neste grupo Rui Gomes da Silva, que não se metendo nestas guerrinhas mesquinhas, manifesta com coragem a sua opinião e não receia enfrentar seja quem for.)

Pedido a Rui Vitória

Avatar
 ●  + 44 comentários  ● 

Já toda a gente sabe qual o ambiente que se vive atualmente no futebol português.

Já toda a gente sabe que faltam 7 finais para vencer, uma meia-final e uns quartos de final para disputar.

Já toda a gente sabe e discutiu tudo e mais alguma coisa sobre tudo, e também, toda a gente sabe que os benfiquistas esperam apenas uma e única coisa do seu clube: vitórias!

E aqui é que eu penso que tenho uma opinião diferente do habitual (meu e dos benfiquistas). Eu, tal como todos os benfiquistas, quero ganhar a liga e a taça da liga, e também mantenho um sonho secreto acerca da Liga dos Campeões. Está-nos no sangue ter estas expectativas e sonhos. Mas este ano é diferente… É atípico. Pelos motivos que todos sabem, e que não vale a pena estar a repetir, esta temporada ficará para sempre marcada pelo clima hostil e rasteiro. Inicialmente, culpei exclusivamente o sporting, mais precisamente o seu pseudo-presidente e a sua hipotética estrutura, mas infelizmente nós, Benfica, também temos culpa no cartório. Já aqui se falou deste tema, pelo que não me vou alongar, nem é esse o motivo do post.

Eu, em 99% das vezes concordaria com todos os benfiquistas que esperam a vitória em todas as competições. Em 99% das vezes, exigiria, como sócio do clube, que a equipa de futebol lutasse até ao fim em todas as frentes, mas como disse: este ano é atípico. Se me perguntassem no início da época, já com Rui Vitória ao leme (treinador que sempre defendi, aqui no blog e desde 2013, ser a melhor opção para substituir JJ), e num exercício puramente académico: “se o Benfica não for campeão quem é que preferes que seja, entre corruptos e lagartos?” Eu certamente diria, sem qualquer hesitação “os lagartos”.

Ora dada a guerra aberta que existe hoje em dia entre sporting e Benfica, hoje mudaria a minha resposta. Instantaneamente. Algo impensável há alguns meses atrás. Hoje, tenho a forte convicção que é muito, mas mesmo muito importante vencer este campeonato. Daí eu, e perdoem-me a fraqueza, assumir aqui, por escrito, que prefiro que RV faça a sua gestão do plantel nos jogos com o Bayern e Braga, para as taças, e concentre as suas energias em ganhar o campeonato. Não confundam isto com desistência. Eu sei que isto até parece a atitude dos lagartos em declaradamente desistirem de todas as provas em detrimento do campeonato, mas não é a mesma coisa. Não me interpretem mal. Eu não quero desistir de nada. Mantenho todos os sonhos e todas as expectativas intactas. Mas faço apenas uma exigência: o campeonato. Espero obviamente que o Benfica dispute as eliminatórias, mas o que eu quero mesmo é ter a certeza de que o campeonato não foge. É fulcral. É essencial. Quase que arrisco a dizer que valeria por 3 a vitória neste campeonato.

Se em outros anos, perder contra a corrupção e o ódio doía, este ano perder contra a corrupção, o ódio e a estupidez dói ainda mais. Se o Benfica realmente conseguir o campeonato, dá uma machadada importantíssima em dois rivais, num só golpe. O porto dá sinais de fraqueza interna, e o sporting ao perder o all-in que fez este ano é bem capaz de ruir. Daí eu, excepcionalmente, não elevar a minha exigência ao nível habitual.

Esta minha posição sai ainda mais reforçada, depois do jogo de ontem. Bem sei que jogámos sem muitos titulares, e com o mérito de todos conseguimos a vitória. Mas a exibição foi muito má… Sem garra e sem atitude. Poder-se-á especular sobre os aspetos físicos, sobre a tática, sobre tudo. Mas isto para mim é como correr a maratona. Tendo tido essa experiência pessoal, uso muito esta metáfora: os primeiros 30/35 Kms são de preparação física. Os últimos Kms são de força mental e de querer. São de atitude e de coração. Foi o que, para além das ausências, faltou ontem durante o jogo. Têm o mérito de nunca terem desistido, mas os primeiros 91 minutos foram… assustadores.

Os primeiros 30/35 Kms da maratona já foram percorridos. Falta a parte em que a resistência mental e o coração têm que ser fortes. E é por isso, também, que a minha exigência não é tão grande este ano. Em ano de mudança, Rui Vitória já provou muita coisa. Excedeu as minhas expectativas pessoais. Mas agora:

Rui Vitória estás aí? Se segues aqui o blog, e leres este post só te peço uma coisa: QUERO O 35! O que vier a mais, a malta agradece…

domingo, 20 de março de 2016

Oh pah, estiveram quase a celebrar... Só que não!

Avatar
 ●  + 72 comentários  ● 

Não temos Gaitan, Luisão, Jardel, Mitro, Lisandro, Julio Cesar? Não faz mal...
Jogam Ederson, Lindelof, Semedo, Renato... Jogue quem jogar, o pedido é o mesmo...

BENFICA DÁ-ME O 35


"Já me sinto líder".

Foguetes antes da festa.

Publicado por Master Groove em Domingo, 20 de Março de 2016

Boavista - Benfica: 3 pontos a ferros.

Avatar
 ●  + 35 comentários  ● 

Foi o sinal de que nada está ganho.

Mas também de que até ao fim é possível acreditar.

O Benfica fez um jogo fraco, não há como disfarçar.

Mas os 3 pontos já cá estão.

Mais uma tentativa da saga: "a pressão e a manipulação resultam"

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 
... desta vez foi o 4ª escolha que parece que nem o susto que apanhou com o coração lhe fez parar para pensar na vida e perceber que se calhar é demasiado curta para se ser tão imbecil como ele é.

No fim de uma vitória, das mais gorda da época, por sinal, e contrária às vitórias habituais "à mingua", o 4ª escolha não resistiu calado e teve que vir falar. Para se congratular pela vitória? Não...

... o gordo veio tentar criar uma forma de a falta de respeito (mais um) do seu treinador pelo abono de família da equipa não ser hoje capa de jornais, aproveitando para meter pressão sobre o árbitro do SLBnfica hoje. Lá está, como diz o "tolinho das aldrabices", "a pressão e a manipulação resultam" e aqui podem ver as duas: PRESSÃO sobre o árbitro do Benfica e MANIPULAÇÃO da comunicação social para não falarem do Jesus e Slimani.

Diz então o estarola que:
"Aproxima-se a hora da decisão. Faltam 7 jornadas e há situações que começam a ficar claras. Factos que são estranhos, que não acontecem. Estou a referir-me às estatísticas dos 3 grandes. Há uma das equipas que não teve penáltis contra, que não teve duplos amarelos nem viu nenhum jogador ser expulso. Mas tudo isto existiu. Mas não aconteceu. Na Taça de Portugal, na Taça da Liga e nas competições europeias, essa equipa tem mais cartões do que FC Porto ou Sporting... Seria bom que todos refletissem sobre isto. Nesta fase final, todos temos de ser responsáveis, para que a verdade desportiva seja respeitada. O Sporting tem feito isso".

Portanto, no entender deste anormal os árbitro deviam marcar penaltis e expulsar jogadores do Benfica... para equilibrar a estatística. Não interessa se os jogadores são inteligentes e não fazem faltas merecedoras dessas sansões (o João Mario e o Adrien sabem bem o que é serem constantemente perdoados, aliás).

Eles querem condicionar tudo... mas pobres coitados, não é assim que faz isto. Não é com vinagre que se apanham moscas.

sábado, 19 de março de 2016

Tolinho das Aldrabices tenta plantar notícia FALSA sobre Renato Sanches

Avatar
 ●  + 43 comentários  ● 

Os dois estarolas que escreveram esta notícia a pedido do "tolinho das aldrabices" nem ajudar o gordo conseguem. Olhem bem para o título... agora vejam o texto:
 
A falha temporal, contudo, de acordo com dados investigados e confirmados pelo nosso jornal, não colocará em causa a idade do "Bulo da Musgueira": 18 anos. E os documentos asseguram que o jovem nasceu às 15.25 horas do dia 18 de agosto de 1997, no hospital Amadora-Sintra, e foi registado no dia 22 de agosto de 2002, na Conservatória do Registo Civil da Amadora
in JN

Então expliquem-me lá porque raio essa merda acaba sendo uma notícia de primeira página?

Eu explico: é que só assim foi possível outros enviados da asneirada pegarem no tema e fazerem esta obra de arte:

Esta obra prima do jornalismo foi publicada pelo site online Noticias ao Minuto, neste link que curiosamente já desapareceu do portal.

Escreveram esses "jornalistas" Carlos Pereira Fernandes e Sérgio Abrantes que "receberam informações" e falam numa "fonte próxima do processo clínico do jogador" que teria feito testes... há seis meses, ainda que o Renato esteja no Benfica há 9 anos.

Tenta outra Bruno, esta já foi desmascarada. És um triste... Mas já sabemos a intenção, na verdade tu és aquele que admite que:
 

... como quem não quer a coisa, os menos informados e os estarolas da SportingTV, como o asqueroso do Dolberth e o tachista do Inácio, já têm assunto para mais três semanas. Assim ninguém repara que estas a levar um clube histórico para a bancarrota.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Afinal é mesmo verdade. Os ex do Sporting vão começar a juntar dinheiro?

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 

Globo de Ouro para esta produção do Hugo Gil

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 
Ah ganda "Tolinho das Aldrabices" és o maior.

TOP

ESCANDALEIRA NO SORTEIO? Já corre o Mundo...

Avatar
 ●  + 47 comentários  ● 
Que raio de sorteio foi este que a orientação prévia de oito equipas corresponde EXATAMENTE ao emparelhamento que sai do sorteio?

Que sorte para o negócio que com este sorteio existe uma grande possibilidade de as equipas com menos adeptos mundialmente ou com menos potencial de dinheiro árabe serem já eliminadas. Vejam esta foto do jornal AS:

Um pouco por todo o mundo há jornais desportivos online a questionar a veracidade do sorteio, como faz aliás o AS, quando questiona "Bolas quentes ou casualidade?"

Parece quem nem os processos com a justiça que engavetaram uma data de gajos da FIFE e alguns da UEFA meteram estes rapazes na ordem...

O que conta é o dinheiro e a UEFA lá tratou de que aqueles que não contribuem com tanto para a revenda dos direitos televisivos, patrocínios e afins... ficarem pelo caminho e não estragarem o negócio das meias finais.

Não estou minimamente preocupado com isto numa ótica do SLBenfica. No meu entender já fizemos o que tínhamos a fazer na Europa do futebol este ano, agora é só mostrar que para passar o Bayern não vai poder simplesmente vir passear.

Considero sim lamentável este gang de mafiosos brincar com a paixão de milhares de pessoas e adulterar a verdade desportiva ainda antes de os jogos ocorrerem.


Qualquer um seria difícil. Venha o Bayern!

Avatar
 ●  + 54 comentários  ● 

Wolfsburgo - Real Madrid

Bayern Munique - SL Benfica

Barcelona - Atlético Madrid

Paris St. Germain - Manchester City

quinta-feira, 17 de março de 2016

Champions League.

Avatar
 ●  + 68 comentários  ● 

PSG, Barcelona, Bayern Munique, Wolfsburgo, Real Madrid, Manchester City e Atlético Madrid.

Eu prefiro o Manchester City. O Benfica dá-se bem com o futebol inglês.

Venha o diabo e escolha! :)

Pela voz de quem muito nos prejudicou...

Avatar
 ●  + 18 comentários  ● 
"É verdade que o Benfica terá oferecido os vouchers aos árbitros e a camisola do Eusébio e isso tudo. Era bom que todos os clubes, os que atacam essa oferta, essa prenda, começassem por fazer um registo de interesses e dizer aquilo que oferecem também, porque, lá voltamos ao mesmo, estar a criminalizar essa oferta é estar a ofender a honra e a dignidade de muita gente, porque significa que as pessoas alteram e adulteram a sua seriedade em função de receberem um vale-refeição. Essa é apenas mais uma daquelas proezas em que a comunicação social portuguesa é pródiga, alimentar em vez de extinguir a polémica, porque é evidente que querem viver com a polémica", referiu o antigo árbitro, numa entrevista ao site Bola na Rede.

O 'juíz' que deixou a atividade no final da época passada garante que não recebeu nenhuma oferta por parte do clube 'encarnado'. "Se mo tivessem oferecido tê-lo-ia recebido embora não o usasse, como é óbvio. Porque felizmente o dinheiro que ganho no futebol, que ganhei, e que ganho na minha vida profissional ainda chegam para eu comer. Não usaria o voucher como, aliás, nenhum árbitro usou, e a notícia é a oferta quando a notícia devia ser sobre os árbitros que a usaram, mas isso extinguia o problema porque nunca nenhum árbitro utilizou esse voucher, portanto nunca nenhum árbitro comeu à conta do Benfica nesse pressuposto”

Olegário Benquerença in Noticias ao Minuto

quarta-feira, 16 de março de 2016

Esta guerra não tem lado inocente

Avatar
 ●  + 63 comentários  ● 
Parece que faz confusão a algumas cabecinhas o facto de alguém não alinhar com esta guerra ridícula na imprensa escrita e na TV envolvendo elementos da estrutura do Benfica e do Sporting.

Também a ingenuidade(ou deliberada opinião tendenciosa) revelada por alguns comentários nos posts sobre o tema demonstram o desconhecimento(ou total conhecimento!) do que se está a passar.
Isto está a passar todos os limites e revela que não se olham a meios para denegrir o outro lado.

Por exemplo, a minha opinião sobre Inácio já foi mais que revelada no NGB. É um portista doente, anti-Benfica, e que apenas tem como objectivo garantir o tacho no Sporting fazendo aquela figura triste aos domingos na SIC. Desprezível.

No entanto nada justifica que hoje no CM surja uma notícia a revelar que o mesmo terá uma dívida de 100.000 euros ao fisco. Que motivação terá essa notícia? Inácio ocupa algum cargo público para que seja escrutinada a sua vida pessoal? Como obteve o CM essa informação? É a vida pessoal de Inácio “de interesse público” como a de Sócrates? O CM tem interesse em angariar fundos para saldar essa dívida?

É este tipo de guerra miserável que critico. E que, por muito que custe admitir a alguns, não faz distinção entre Benfica e Sporting. Ambos os lados recorrem a situações destas.
Ou acham que se é assessor de Portas mais de 10 anos para quê?
Não esqueço que tudo aquilo que disse nos últimos anos sobre Jorge Jesus aqui no NGB foi sempre criticado e atacado em especial por quem vinha para a TV “comentar” a atualidade.

Foi preciso JJ sair do Benfica e recusar o destino que lhe queriam impingir para passar a ser, afinal, o tal gajo que sempre disse que ele era. Inclusive aquele episódio lamentável dos SMS, nunca provado.

Isto é de gente que defende o Benfica ou defende o tacho? A resposta é clara.

Quando foi preciso defender realmente o Benfica sobre o assunto dos Vouchers, que fizeram Pedro “o execrável” Guerra, João Gabriel ou outros mercenários? Caladinhos. Permitiram que tudo fosse insinuado sem qualquer contraditório por parte do Benfica.

Defender o Benfica faziam Alberto Miguéns e António Melo na BTV. Foram silenciados. Saneados. Por quem? Por quem diz agora que “defende o Benfica.”

Defender o Benfica foi combater a escumalha que queria adulterar vários factos da história do Benfica como por exemplo a sua data de fundação.

Defender o Benfica não é descer ao nível de um Manuel Serrão ou de um Pôncio Monteiro(RIP).

O Presidente João Santos nunca precisou de recorrer a brejeirices ou de descer ao nível de Pinto da Costa para defender o clube. Quem quiser encontra no Youtube até uma intervenção do mesmo no Domingo Desportivo elucidativa da sua postura.

Defender o Benfica é lutar publicamente por estruturas do futebol livres de gente corrompida, de gente com passado duvidoso, de facciosos e de vendidos que servem os interesses de terceiros mas não os do futebol. Pode o Benfica afirmar que está a fazer isso? Quem apoia Fernando Gomes ou Tiago “O Cachecol do Porto” Craveiro não pode afirmar que defende o Benfica.

Quero lá saber que BdC passe o dia no Facebook, que o Inácio regurgite seja o que for sobre o nosso clube, que o Zé Eduardo rebole entre o catering de raiva por o Sporting ter perdido em casa com o Glorioso! Até é cómico ler e ver essas figuras tristes.

Defender o Benfica é assegurar que terá arbitragens isentas e por isso promover gente séria para as estruturas do futebol, é dar os melhores jogadores possíveis ao treinador, é ter boas contas e sempre que necessário responder a quem ataque o Benfica mas com elevação e sem descer ao seu nível. 
Quisesse quem dá a cara pela Comunicação do Benfica defender o clube e é isto que faria.

A lata não tem limites.

Avatar
 ●  + 5 comentários  ● 

"O FC Porto estranha que o Sindicato dos Jornalistas se substitua a qualquer investigação das autoridades e identifique os autores do incidente como adeptos do nosso clube. Com que factos se suporta o Sindicato dos Jornalistas para assegurar que se tratam de adeptos do FC Porto?

Já não seria a primeira vez que incidentes nas imediações do nosso estádio foram protagonizadas por adeptos de outros clubes, como aconteceu, por exemplo, antes de um FC Porto-Sporting em que um numeroso grupo de adeptos, que se veio posteriormente a averiguar serem do Sporting, protagonizou vários episódios de violência», refere a mensagem dos dragões.

O FC Porto nota, ainda, que condena todos os géneros de violência», defendendo que o caso «deve ser tratado na esfera das autoridades policiais, as únicas com competência para averiguar o que realmente aconteceu." - A Bola.

--------------------

Como canta o grande Sérgio Godinho, "só neste país!"

Queres ver que fui eu que imaginei o Pidá a escoltar Pinto da Costa?

Que lata!!

terça-feira, 15 de março de 2016

Fica Mitro"golo".

Avatar
 ●  + 74 comentários  ● 

Mitro”golo” é talvez o melhor ponta de lança que passou pelo Benfica nos últimos anos.

Não se intimida com ninguém, tem sentido posicional e de oportunidade, tem poder de choque e resistência física e acima de tudo…marca golos a toda a gente. Com o pé e de cabeça, o grego não se atemoriza. Tem mentalidade à Benfica.

Todos falam no Jonas, que é isto e aquilo, mas a verdade é que o Jonas(com a excepção do último jogo com o Sporting na primeira parte) desaparece nos jogos com adversários de grau de dificuldade mais elevado.

É fácil brilhar contra equipas mais fracas quando se tem alguma qualidade. O mais difícil é manter o nível quando se joga contra os tubarões. Jonas falha quanto a isso. Não será por acaso que só agora chega a um clube como o Benfica e foi dispensado de um campeonato como o espanhol.

Lembrava o benfiquista Zé o Mats Magnusson, que foi de facto um grande avançado mas que desaparecia na esmagadora maioria dos confrontos com equipas de grande valia na Europa.

Hoje já circulam notícias de que o Benfica poderá não exercer a opção sobre Mitroglou pelo preço de 6M de euros.

Não quero acreditar que seja verdade.

Quem paga 14M por um Pizzi, 9M por meio Jimenez, que não hesitou em ir buscar um Taraabt por valores ainda por esclarecer, certamente não deixará de pagar 6M por um ponta de lança inteligente e de qualidade superior como Mitroglou.

Contra estes os valentões não se insurgem.

Avatar
 ●  + 30 comentários  ● 

"A assembleia geral também foi feita de algumas revelações, com Pinto da Costa a anunciar, na sua intervenção final, um acordo celebrado, ontem, "de vários milhões de euros com a UNICER", para mais três épocas. O presidente ainda evocou Lopetegui para justificar o fiasco que foi a contratação de Imbula, na resposta ao associado que quis saber quais os planos para inverter a tendência dos maus resultados da equipa de futebol nos últimos anos. 

Numa sessão inflamada, os ânimos exaltaram-se ainda mais no final, com alguns repórteres de imagem a serem intimidados por um grupo de adeptos de caras tapadas, à saída do Dragão. Um deles foi agredido. " - Record.

"O final da Assembleia Geral do FC Porto acabou por ficar marcado por agressão a um operador de imagem da Sport TV, por um grupo de pessoas de rosto tapado, que se insurgiu contra a presença dos profissionais da Comunicação Social." - A Bola.

-------------------------------

Nem jornalistas, nem adeptos, nem os especialistas em contra informação que até os vencimentos dos jogadores alheios sabem se atrevem a denunciar os capangas que vivem do ar.

Lideranças rascas alimentam a guerra SLB/SCP.

Avatar
 ●  + 45 comentários  ● 


O clima de guerrilha que se vive entre Benfica/Sporting é inaceitável e alguém terá obrigatoriamente que obrigar ambos os clubes a colocar um ponto final nisto.

Começando pelos próprios associados, adeptos e gente com visibilidade pública.

Eu cresci com a educação de que, antes de exigir aos outros, tinha que dar o exemplo.  

Por isso, não partilho da opinião daqueles que só são capazes de apontar o dedo aos outros sem ter uma capacidade de olhar primeiro para “a nossa casa”.

Tanto Benfica como Sporting são igualmente responsáveis pela “diarreia verbal” vergonhosa que todos os dias invade jornais e redes sociais. Aquilo a que temos assistido não é uma rivalidade saudável mas sim algo doentio e perigoso.

O Benfica tem responsabilidade nesta guerrilha.

Bem pode Luis Filipe Vieira vir ler os discursos de João Gabriel a dizer que o Benfica não responde, repetindo os mesmos lugares comuns que o renegado da SIC lhe diz para ler, que isso não tem qualquer valor quando é o próprio Luis Filipe Vieira que valida as posturas inaceitáveis de João Gabriel, de Pedro “O execrável” Guerra, e de outros paus mandados que fazem o trabalhinho sujo nos bastidores.

Aliás, o próprio Guerra admitia este fim de semana ao DN que Vieira aprova o seu comportamento nojento na televisão.

Eu sou do tempo em que os benfiquistas desprezavam Manuel Serrão, Pôncio Monteiro e outros facciosos paineleiros mesmo por serem…facciosos.

Hoje vejo uma franja de benfiquistas barulhenta (mas diminuta felizmente) a louvarem o comportamento desprezível de quem imita esses paineleiros.

Curioso é que esses “benfiquistas” são muitos rápidos a vislumbrar os defeitos dos adversários mas incapazes de olhar para dentro do clube. Como fazem os portistas que tanto foram criticados por fazerem o mesmo, lembram-se?

Quer dar o exemplo, caro Luis Filipe Vieira? Então coloque um freio nos seus moços de recados. Nessa altura terá a superioridade moral de apelar à paz no futebol.

Já no Sporting, é clara a responsabilidade de Bruno de Carvalho na atuação do clube de Alvalade, e em segundo lugar de Jorge Jesus, que juntando ao seu carácter de lixo trouxe a sua experiência do que viu fazer no Benfica estes últimos anos.

Para quem foi eleito com o lema de “devolver o Sporting aos sportinguistas” o que BdC tem feito é imitar não João Rocha, um Sportinguista, mas sim Pinto da Costa com uma linguagem bélica, completamente inaceitável em instituições que movimentam milhões de euros anualmente.

Tinha a obrigação de, mesmo quando se considerou traído, seguir por um caminho de elevação. Preferiu ser pior que os piores.

BdC tem depois na sua “entourage” também o seu JG e PG. São ele Zé Eduardo e Inácio.

Se Zé Eduardo tem interesse em apajar BdC pois os seus negócios são alimentados pelo universo Sporting, já Inácio tem tanto de Sportinguista quanto Reinaldo Teles.

Inácio é um anti-Benfica, como portista faccioso que é. Por isso tudo o que faz não é para defender o Sporting mas sim para despejar o seu ódio pelo nosso clube. 

Inácio devia morder a lingua antes de apontar o dedo seja a quem for.

Por os presidentes de Benfica e Sporting não calarem os seus colaboradores directos nesta guerra, quem poderia vir acima deles chamar todos à razão?

O presidente da FPF, Fernando Gomes.

O que tem feito Fernando Gomes? Nada. Foge das câmaras, do assunto e da sua responsabilidade como líder máximo do futebol em Portugal. Uma demonstração de que não é líder de nada mas sim um serviçal que visa acima de tudo garantir a manutenção dos privilégios de alguns grupos de interesse no universo do futebol.

Têm a palavra os sócios e os adeptos de ambos os clubes, e em última análise o poder político. Vamos continuar a apontar o dedo aos outros ou vamos exigir primeiro dentro de casa antes de olharmos para a casa alheia?

(Já agora Presidente Marcelo, traga os ”afectos” também para este assunto!)

Estatística impressionante do SLBenfica de Rui Vitória

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
70 golos marcados em 26 jogos, no claríssimo melhor ataque da prova.
26 golos de Jonas (segue na perseguição do máximo de 1989 de Mats Magnusson)
26 golos colocam Jonas, por agora, no topo dos marcadores na Europa à frente p ex de Ronaldo
15 golos de Mitroglou num ataque demolidor que, com Jonas, vale 41 golos a 8 jornadas do fim
18 golos sofridos, apenas mais dois golos que a melhor defesa - a tal defesa
5 jogos apenas com pontos perdidos, três deles com FCPorto (2x) e Sporting
5 jogadores da formação consolidados no plantel (Ederson, Semedo, Lindelof, Renato e Guedes)
3 meses com o capitão de equipa ausente
28,5M€ de record de receita na Champions, com presença nos 1/4 final já garantidos
... várias semanas com ausências de Gaitan, Fejsa, Semedo, Luisão, Julio Cesar, Lindelof...


IMPRESSIONANTE! Digam o que disserem... outros antes, com mais, muito mais condições não fizeram o mesmo. Com a diferença que agora não sentimos vergonha nem somos gozados pelo que faz ou diz o treinador.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Imperador... fora da Baliza. Desculpa Inácio

Avatar
 ●  + 15 comentários  ● 

TOP! Inácio humilhado...
O Julio antes do jogo em entrevista "Inácio? Quem...?"
hihihi...


A homenagem a Nicolau Breyner.

Avatar
 ●  + 25 comentários  ● 

Faleceu Nicolau Breyner.

Benfiquista, mas muito mais que isso.

Foi alguém que marcou a cultura portuguesa nos últimos 40 anos quer na TV, quer no teatro, quer no cinema, quer na sua intervenção cívica.

Era um ator ímpar.

Era alguém maior que a sua profissão, sendo mentor e tutor de tantos profissionais da comunicação social.

Nicolau Breyner leva consigo uma certa vivência do mundo artístico português.
Com ele morre parte do nosso imaginário que agora será uma recordação feliz mas sem podermos rever de viva voz com ele.

Até sempre Nicolau. O 35 será para ti.

Ser ou não ser pequenino... eis a questão

Avatar
 ●  + 2 comentários  ● 


Qual destes terá marcado o golo em Alvalade?

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 
Diz o Inácio que o Benfica joga com Pedro Guerra, Carlos Janela, Rui Pedro Braz, Diamantino Miranda, João Pedro Vaz, João Gobern, Camilo Lourenço, Nuno Farinha, Fernando Guerra, Rui Gomes da Silva, António Figueiredo, Octávio Lopes, Octávio Ribeiro, João Gabriel e a revista ‘Sábado’”. (...) São tantos quanto uma equipa de futebol: 11 titulares e três prontos a saltar do banco para o campo.
in Expresso

Isto preocupa-me! Aliás deixa-me chocado que alguém que já foi treinador de futebol entenda que Gaitan, Jonas ou mesmo Mitroglou não têm lugar no 11 do Benfica.

E considero absolutamente degradante para a dignidade do Sporting ter um treinador de mais de 5M€/ano e muito dinheiro gasto em reforços para... perder em casa com estes jogadores por 1-0, e consta que estes nem tiveram que se cansar.


Reparem que o Augusto Tacho teve o cuidado de não incluir aqui o João Alves e porquê? Senão teria que incluir-se a ele próprio do outro lado, do lado dos que jogam por fora contra o Benfica. Isso infelizmente, para ele, colocaria também o Augusto Tacho entre os que perdem este jogo, ou seja, faz dele o que sempre tem acontecido, um perdedor.

O Augusto Tacho perdoa também aqui o Pedro Sousa (ex-funcionário do Sporting), o José Pina (o tipo da figura ridícula na TVI), o Tomás Morais, o Pedro Barbosa, o Carlos Severino, o Rui Santos, Eugénio Queiroz, o próprio Sr. Facebook, o 4ª Escolha e o Rui Oliveira e Costa. Curiosamente é fácil também fazer um 11 do Sporting.

Será que aquilo que faz a diferença fora do campo é o passado de jogador do Pedro Guerra no Damaiense?

Pequenos para Sempre

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 

Ora aqui está um dos mais evidentes sinais de pequenez de um clube. Inacreditável sentido de menoridade intelectual não de uma instituição, que desejavelmente será sempre superior a estes trauliteiros, mas sim de uma liderança menor feita por gente pequena. 

Ele sabe como se destabiliza... e contou ao Inácio!

Avatar
 ●  + 9 comentários  ● 
"O que sei, o que me disseram, é que antes do Sporting-Benfica ele tinha acordo para assinar... Ele queria que se pagasse uma parte nas suas empresas do Brasil e o Benfica não aceitou. E ficou encostado. Estou a dizer o que ouvi. Se estava tudo pronto, por que razão não assinou o contrato?", questionou o diretor de relações internacionais do Sporting, no programa Play-Off, da SIC Notícias.

Jorge Jesus mais uma vez mostra o quão trapalhão é!

Num dia diz que o Benfica está a desestabilizar o Sporting e no dia seguinte o emissão do "Tolinho das Aldrabices" vai para a televisão com esta pérola.

Pois a resposta do Julio César ao "homem do tacho" é só uma:

 
Mas ainda antes disso já tinha feito outra coisa, porventura mais importante, um video que o jornal oficioso do Sporting fez capa no dia seguinte à vitória. Se calhar o Jesus tem ser mais cuidadoso e inteligente nas parvoíces que manda dizer...



domingo, 13 de março de 2016

O beco sem saída do "Tolinho das Aldrabices"

Avatar
 ●  + 3 comentários  ● 
Ontem terminou o jogo com o Estoril e lá fui eu atrás do "tolinho das aldrabices"... encontrei-o no Facebook, pois claro. Foi engraçado ver que, nas vitórias, o Sr. Facebook tem acesso mais rápido à internet que quando não ganha... Mas depois tive que interromper a leitura da provocação que o líder anafado fez no Facebook ao seu treinador, precisamente porque o catedrático da Reboleira estava a falar.

Sim, eu durmo e como a pensar neles... não faço mais nada, como devem calcular.

O labrego que começou por dizer que ia ganhar tudo, lá acabou eliminado de todas as competições que podia ser eliminado, então mudou e lá se desculpou dizendo que afinal queria ganhar era o campeonato, porém agora que passou para segundo, afinal já só quer estar na luta.

Pelo caminho, alguém decidiu hipotecar o clube para ganhar tudo, para depois ganhar só uma coisa e no final para lutar por ganhar alguma coisinha que sobre.

Está bom de ver que a guerra que se previa está ao rubro! Só falhei em pensar que Octávio Machado ia estar mais envolvido, mas parece que JJ e o "Tolinho das Aldrabices" fazem as despesas sozinhos...

Quem semeia ventos, colhe tempestades... e nesta tensão já indisfarçável, quero agora ver quem vão ser as primeiras vítimas, a última vítima está à vista, será infelizmente o Sporting Clube de Portugal.

Há dias um amigo meu, muito ligado à estrutura diretiva do Sporting dizia-me a propósito do seu presidente: "aqui ninguém pode discordar de nada. Eles já pouco se aturam e quem perde é o Sporting, mesmo que ganhemos o campeonato, o rei vai nú. Com este tipo no clube, arriscamo-nos a ficar iguais ao Belenenses em menos de dois anos".

Cá estaremos para ver durante quantos anos mais haverá derbies.

Eles nem dormem...

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 
Agora a culpa da desarrumação que têm lá em casa... É do Benfica.

Quer dizer, eles sabem bem que não é, mas dessa forma tentam por os nossos dirigentes a falar e criar ruído, precisamente o contrario do que faremos.

Vais ter que ficar a falar sozinho oh Labrego, enquanto pensas em como te livrares do buraco em que te meteste por alinhares ao lado desse tolinho das aldrabices.

Mas não vai ser difícil, como dizias ha uns dias "nao foi a minha grande oportunidade, por isso aqui impus as minhas regras para vir". Tudo dito... Por ti.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Os paladinos da verdade.

Avatar
 ●  + 101 comentários  ● 

Vivemos um tempo de lobos em pele de cordeiro no futebol português, recheados de hipocrisia.

Não me recordo de ver um presidente de um clube agir de forma tão irresponsável como o presidente do Sporting.

A figura presidencial de qualquer instituição quer-se incisiva, afirmativa mas recatada q.b., sendo sempre o último reduto de defesa da honra e da integridade da instituição.

O presidente do Sporting tem agido como um rapaz que pega pela primeira vez numa pistola. Dispara sem controlo, para todo lado, e é incapaz de reconhecer o caminho errado que está a seguir.

Ao contrário de outros, eu não dou mais que um ano para que BdC tenha a sua sentença lida no Sporting, e com consequências muito graves para si e para o clube de Alvalade. Melhor que ninguém, o próprio BdC sabe disso daí o desespero que evidencia.

Só que isso é um problema…dos sportinguistas e do Sporting.

As figuras de índio e de atrasadinho mental do presidente do Sporting é o menos dos problemas do futebol português.

O que acho muito curioso neste momento do futebol português é que parece que todos no Benfica estão obcecados com o presidente do Sporting e com o próprio clube de Alvalade.

O Benfica venceu os últimos 2 campeonatos, supostamente está pujante e cheio de saúde financeira portanto capaz de pensar só em si, mas parece que a obsessão é o Sporting. Tudo porque o tiro de Vieira lhe saiu pela culatra. Jorge Jesus não foi para fora do país mas ficou por cá e foi para o Sporting.

As figuras miseráveis do inenarrável Guerra na TVI24, de José Nuno Martins e de outras vozes do dono tornam incompreensível esse “terror” com a figura de BdC e com o Sporting.

Aliás, gostava que perguntassem ao João Gabriel, ao Pedro Guerra (e ao seu cão de estimação), a outros no Benfica E AO SPORTINGUISTAS o porquê denunca terem feito uma campanha tão grande contra o principal inimigo do clube e a quem REALMENTE PREJUDICOU o Benfica, o Sporting e o futebol português DURANTE 30 ANOS!!

Porque estão tão preocupados com um clube que não é campeão desde 2002?

ONDE ANDARAM OS PANFLETOS, OS CARTAZES, AS CAMPANHAS contra quem roubou campeonatos, quem corrompeu árbitros, quem manipulou as estruturas do futebol português, quem mandou agredir e violentar, quem conseguiu ter na sua mão todos os principais atores do futebol português?

Os valentões de hoje, cheios de força e coragem para enfrentar um badameco como o presidente do Sporting, andaram escondidos e AINDA SE ESCONDEM quando toca a falar do FC Porto e de Jorge Nuno Pinto da Costa.

Onde andaram estes paladinos da verdade quando Vieira apoiou o director financeiro do FC Porto no Apito Dourado, com mais gente implicada no mesmo processo nas suas listas?

Onde andaram os paladinos da verdade quando Godinho Lopes e outros vermes andavam a lamber as botas ao FC Porto e a fazer negócios brilhantes como o de Moutinho ou o de Miguel Lopes?

Onde andavam os paladinos da verdade quando Vieira e Pinto da Costa escolheram Luis Duque para a Liga? Quando Pedro Proença sai directamente de árbitro para dirigente?

Qual a razão pela qual todos se calaram quando Pinto da Costa revela o sentido de voto de Lucílio Batista e de José Guilherme no Conselho de Arbitragem?    

Onde estão as vozes corajosas contra a entrada no Conselho de Arbitragem de um instrumento do FC Porto chamado Paulo Costa?

Onde anda a coragem para denunciar a composição que está a ser cozinhada nas listas de Fernando Gomes para os órgãos disciplinares da FPF?

Não há. Anda tudo preocupado com um cabeça de vento obcecado com textos no Facebook.

[Manuel Sérgio] Carta Aberta ao Rui Vitória

Avatar
 ●  + 31 comentários  ● 
Meu caro Rui Vitória: Como venho dizendo, sempre que me refiro aos meus antigos alunos: o meu Amigo nada me deve, no que ao futebol diz respeito. Nas minhas aulas, nunca falei de microciclos de treino, nem nunca realcei qualquer modelo de jogo ou o modo de treiná-lo. Nestes assuntos, o Rui Vitória é o Mestre e eu o discípulo. Não passo de um velho espectador do futebol e um estudioso insaciável do desporto e sua circunstância.

E porque sou um espectador e um estudioso (estou velho, mas procuro não envelhecer, nem na prática, nem na teoria) não escondo que o Rui, para além de conhecedor dos mínimos segredos do seu ofício, como o revela no livro de que é autor, A Arte da Guerra para Treinadores (Topbooks, Lisboa, 2014) tem um comportamento que não posso deixar de aplaudir. E não o faço tão-só pelos impulsos das “razões do coração” (servindo-me das palavras de Pascal) mas porque a ética é “conditio sine qua non” de liderança. Aliás, o seu livro assim o confirma: “Os valores mais importantes que devem reger a carreira de qualquer treinador são, acima de tudo, valores humanos.

Qualquer treinador que comande uma equipa deve pensar que, ao tratar os seus jogadores, está a lidar, antes de mais, com seres humanos. Pessoas únicas, com características diferentes uma das outras. Esta noção de respeito pelo próximo, de educação e de humildade deve estar sempre presente. Não estou a dizer que um treinador tenha de ser um santo, mas acredito que devemos ser bem formados, acima de tudo, para sermos bons formadores” (p. 19). Palavras estas que, repetidas aos jogadores, se transformam em palavras de confiança, de exortação, de coragem, de estímulo à transcendência.

Volto ao que o meu Amigo escreveu: “os valores mais importantes que devem reger a carreira de qualquer treinador são, acima de tudo, valores humanos”. E “vemos, ouvimos e lemos” nós tanta gente a comentar o futebol, com o pensamento circular da tática e dos pretensos erros dos árbitros, mostrando desconhecer que o mais importante, na preparação de uma equipa de futebol, são... os valores humanos!

Sim, eu também sei que o futebol é essencialmente tático. Só que a tática não é tudo, nem no meu modesto entender (e não estou só) o mais importante. O mais importante, diz o Rui Vitória que destas coisas sabe mais do que eu – o mais importante são os valores humanos! E porquê? Por esta razão muito simples: não há jogos, há pessoas que jogam! Ou seja, o ser humano é anterior aos jogos e o seu fundamento! Quem joga o jogo no jogo é uma pessoa. Quem não treina a pessoa não treina a tática. Como há 40 anos bem medidos, que venho adiantando uma determinada tese, por aqui me fico.

Se me permite, relembro o que Vítor Serpa escreveu, com o talento que faz dele um grande jornalista: “O Benfica garantiu ontem em S. Petersburgo, muito mais do que uma importante presença nos quartos de final da Champions. Conquistou, para o futuro próximo do futebol português, a manutenção de dois lugares de acesso direto, na época de 2017/2018; conquistou um renovado respeito internacional pelo nome do clube histórico; conquistou ainda um recorde de receitas na prova, já muito perto dos 30 milhões de euros; e, por fim, e não menos significativo, conquistou o legítimo orgulho em si próprio e nesta equipa que Vitória transformou em ganhadora” (A Bola, 2016/3/10).

Por seu turno, o Dr. Rui Gomes da Silva, com a sua galhardia sentimental de um ardente benfiquismo, escreveu no mesmo jornal: “São Petersburgo mostou a dimensão europeia do Benfica. Ao sucesso na Champions iremos por certo buscar forças, para todas as provas em que continuamos envolvidos. Sem nos deslumbrarmos, sempre de pés bem assentes no chão, com humildade. À Benfica”. A propósito do Dr. Rui Gomes da Silva, sempre aquecido ao fogo de um franco e genuíno polemista, está a nascer um estudioso do futebol, com um rigor e uma seriedade que me apraz registar...

No célebre Verdade e Método, Hans-Georg Gadamer esclarece: ”o jogar só cumpre a finalidade que lhe é própria, quando aquele que joga entra no jogo”. E, porque aquele que joga é o mais complexo de todos os seres que se conhecem, tudo é sistema no treino. “Tudo está interligado, mesmo nos momentos teoricamente mais simples, como o aquecimento, que tende a ser visto como uma mera preparação para o treino. Já não faz sentido ver as coisas assim. Desde o momento do aquecimento que os jogadores estão a treinar de forma estrutural.

Depois, vamos intensificando ou introduzindo complexidade no treino, à medida que avançamos. Há sempre uma interligação, seguindo um sentido lógico, de progressão, não são fases estanques, que se sucedem abruptamente. O treino deve ser uma transição sistémica, mais do que uma sucessão de etapas, sem relação entre si” (Rui Vitória, A Arte da Guerra para Treinadores, p.72). O livro que mais me ocupa atualmente intitula-se A Biologia da Crença (Sinais de Fogo, Lisboa, 2015). É da autoria de Bruce H. Lipton, professor de biologia celular em várias universidades norte-americanas. Foi-me oferecido por um amigo querido: o Prof. José Neto. Neste livro, colhi o seguinte: “A ciência da epigenética, que significa literalmente “controle sobre os genes”, altera profundamente o nosso entendimento de como a vida é controlada (…). Na última década, a investigação nesta área estabeleceu que os diagramas de ADN, passados através dos genes, não eram definidos em concreto à nascença. Os genes não são o destino! As influências ambientais, incluindo a natrição, o estresse, e as emoções podem modificar esses genes, sem alterar o seu diagrama básico”.

Se assim é, como negar, meu caro Rui Vitória, que o seu humanismo (e o seu saber especializado do futebol, como é lógico) têm um contributo inapagável, no desempenho da equipa de futebol do Benfica? O Lindelof, o Renato Sanches, o Gonçalo Guedes(e cito só os mais jovens, os mais inexperientes) praticam a altíssima competição desportiva agarrados a princípios e ideais que os fazem integralmente atletas, porque antes os fizeram integralmente humanos!

Em todo o atleta, como em todo o ser humano, há o inato e o adquirido. Segundo a epigenética, o adquirido pode transformar, e muito, o inato. Portanto, o inato dos jogadores do Benfica, em contacto com o Rui Vitória e a sua equipa técnica e os dirigentes do Clube e o BenficaLab, etc., etc., ou seja, o adquirido, que lhes é dado fruir, transforma-os na equipa que vimos em S. Petersburgo. Está a fazer-se história, hoje, no S.L.Benfica. Um abraço fraterno do seu Manuel Sérgio
in A Bola

quinta-feira, 10 de março de 2016

"Cheira a poder! "

Avatar
 ●  + 39 comentários  ● 

Cheira a “poder”. É o que se costuma dizer nos meios políticos quando as clientelas partidárias se excitam com a proximidade de eleições.

Vive-se o mesmo no Benfica.

Até à semana passada, um bom resultado em Alvalade era “não perder por muitos” ou empatar“porque os lagartos acabarão por perder pontos”.

Também “aquilo na Rússia vai ser mau porque eles têm o Vilas Boas e o Hulk”.

Como afinal as coisas não correram assim, todos querem demonstrar solidariedade e proximidade com o trabalho de Rui Vitória.

Já não se lê o termo “chouriço” ou “derrota” associado ao treinador do Benfica, mesmo que ainda não tenhamos vencido nenhuma competição.

Claro que a euforia dos últimos dias que invadiu a cabeça dos que ainda ontem chamavam de “chouriço” ou “derrota” o treinador do SL Benfica faz com que de repente achem que tudo está bem e que os milhões espatifados em jogadores inúteis, sem valor para vestirem a camisola do clube ou claramente inflacionados foram muito bem empregues.

Ler que o Pizzi vale 14M, que o Jimenez já justificou a contratação e o valor absurdo pago pelo seu passe, que o Talisca é o maior e que até o Eliseu agora é um defesa esquerdo de topo é o mais recente discurso da propaganda oriunda dos gabinetes de João Gabriel e de Pedro Guerra.

Curiosamente são os mesmos que defendiam Jorge Jesus quando este humilhava os nossos jovens no Seixal e que insultavam quem colocava em causa o caracter do azeiteiro.

Enquanto Rui Vitória andou a “levar porrada” na imprensa e de alguns adeptos, ninguém deu a cara na sua defesa. Tudo a fugir das câmaras e das declarações públicas.

Não me lembro de  ninguém defender oportunidades para os nossos miúdos fora do universo deste blogue. Ninguém.

Curiosamente, esta semana lá se inventou à pressão uma inauguração de uma Casa do Benfica para que os “colas” apareçam todos a associar-se ao Rui Vitória com Luis Filipe Vieira à cabeça do pelotão dos colas.

E a malta que é especialista em cheirar o “poder” (ou neste caso títulos) lá se vai querer colar ao momento positivo da equipa e em especial do treinador Rui Vitória.

Não faltará o discurso a lembrar Vale e Azevedo, de como o clube estava falido com 86M€ de passivo e hoje está pujante com mais de 400M€ do mesmo item, em como isto estava tudo previsto e delineado ao pormenor e que o grande timoneiro que adora futebol já sabia que ía dar certo.

Isto cada vez faz lembrar mais um certo clube do norte.

Está tudo dito!

Avatar
 ●  + 29 comentários  ● 
"Porque temos de estar sempre a falar, escrever e a informar: porque a pressão e a manipulação resultam."

E não fui eu que o disse. Foi alguém, no seu 93.513.213-ésimo post de Facebook.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica