O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

domingo, 31 de outubro de 2010

Juju e o factor corrupção...

 ●  + 3 comentários  ● 
Eis o magnífico treinador, aquele que é o único treinador português tricampeão...a afundar o Málaga nos lugares de despromoção.

É que tirando a sua passagem pelo clube da corrupção, eu o vejo literalmente como toda a gente vê o Carlos Queirós, um treinador que nunca provou ter essas infindáveis qualidades que comentadores ditos "de referência" dizem ter, um treinador que nunca ganhou nada a não ser como adjunto, nunca deu provas de ser mais que mediano (Benfica, Braga, Boavista) e que ganhou 3 campeonatos ao serviço do Porto como os ganharia Queirós, o Luís Campos ou o Emplastro.

Sempre foi uma pessoa sisuda, sem garra e um táctico demagogo. Nesse aspecto Toni, com quem trabalhou muito tempo como adjunto, embora seja alguém em que a garra não é um ponto forte, tem a alma que lhe falta para tornar uma equipa não corrupta mais do que vulgar. Nada que eu não tivesse perspectivado no seu futuro no Málaga, que em breve será passado.

Desejo-lhe a mesma sorte que ele desejou ao Benfica depois de ter sido posto na rua por realmente não ter qualidade (bem me lembro, estive presente nesse jogo da taça de portugal, Benfica - Gondomar, em finais de 2002, que vergonhosamente perdemos por 1-0 e da posterior ira das claques junto da porta de entrada da equipa técnica) e aquando da sua passagem pelas Antas, onde foi injectado com doses industriais de anti-benfiquismo(ou melhor, a chamada "porcalhice"). Irá desaparecer tão rápido do panorama futebolístico que o melhor que poderá acontecer-lhe é voltar para Marrocos onde até teve o seu êxito, à mesma imagem de Manuel José que como nunca conseguiu ganhar nada em Portugal teve de fugir para África para se afirmar como um treinador fora de série e ter posição para poder dizer que os portugueses é que são uns mal-agradecidos.

Só espero que Jesualdo Ferreira, em tempos de necessidade, não venha a bater a porta onde cuspiu a pedir esmola, pois não tem honra para isso depois de se ter vendido aos corruptos em troca de títulos.

Arrivederci Juju...

sábado, 30 de outubro de 2010

Informação aos Leitores

 ●  + 28 comentários  ● 
A ideia do (novo) Blog GeraçãoBenfica era menos GB e mais GB Friends mas o meu entusiasmo e gosto pela escrita, como das outras vezes que tentei afastar-me, foi mais forte e fez-me participar se calhar ainda de forma mais activa.

O tópico da visita a Angola do SLBenfica no entanto foi a gota de água, se calhar a pedra de toque que faltava para eu conseguir cumprir de vez com o que me deixara desmotivado e sem interesse antes do Verão. Foram muitos os insultos e provocações que apaguei nos comentários, foram alguns os emails que recebi a, imaginem, dizer que eu escrevia isto porque queria um lugar no Benfica e mais um sem fim de anormalidades.

A culpa não é dessa gentinha sem espinha dorsal e que não tem capacidade para mais! A culpa é minha! Eu é que acho um hobby giro escrever sobre o SLBenfica, dar a conhecer as minhas opiniões. Mas o que era um hobby tornou-se, aparentemente, num dos blogs mais lidos da blogsfera benfiquista e com isso apareceram responsabilidades que não quero ter. Com isso apareceram também obrigações que não quero ter, como sejam a de ter que aceitar que as minhas opiniões sejam confundidas com agendas pessoais no clube ou tentativas de movimentos políticos.

Tudo isto atingiu proporções que não estou disposto a lidar com elas, não porque o SLBenfica não valha pena ou porque não sinta o Clube o suficiente para tal, mas porque o futebol (e em especial o SLBenfica) se tornou num "fruto (demasiado) apetecido" para joguetes económicos e de promoção pessoal... mas a mim o que me move é o Amor ao Benfica.

Não me revejo nesta postura divisionista que reina entre os benfiquistas! Perdeu-se o meio termo, o bom senso, o respeito e a dignidade! Defendem-se pessoais e ideiais e esqueceu-se o Clube. Olha-se para os Passivos, Balanços, TVs, Seguros e Marketing e esqueceu-se o futebol, os bolos e os títulos. Enfim, olha-se para a SAD, a empresa e esqueceu-se o Clube.

Os benfiquistas atacam-se entre si. Insultam-se. Acusam-se... tudo em nome da defesa de pessoas ou interesses que enriquecem à custa disto!

Agora só há duas posturas entre os benfiquistas: Para uns, ou se apoia o que o Presidente faz ou se é do contra, um antibenfiquista; Para outros, ou se critica o Presidente ou se é carneiro, tapado, vendido, enfim...

Perdeu-se o sentido de pluralidade, o respeito pelos benfiquistas e entre benfiquistas! Recuso continuar ou contribuir para esta senda de estar com o Presidente ou contra ele.

Posto isto, informo-vos que convidei os GB Friends para entre si escolherem um (ou mais) Administradores para o (novo) Blog GeraçãoBenfica, retirando-me por completo dessa responsabilidade e deixar de assumir qualquer responsabilidade na continuidade deste espaço.

O que falhou das outras vezes que tentei parar, foi não ocupar o tempo que o blog me "consome", ficando sempre uma sensação estranha. Desta vez foi diferente e já arranquei com outro projecto que nada tem a ver com o SLBenfica.

Acredito que saio a bem e com o prazer de ter construído um projecto que chegou ao topo dos blogs benfiquistas, algo que não sendo importante me deixou orgulhoso, claro!!

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ver futebol pelo olho do c...

 ●  + 8 comentários  ● 
"Já escrevi que, depois das saídas de Di María e Ramires, a equipa ficou sem nenhum grande jogador do meio-campo para a frente. A prova disso é que o único jogador capaz de desequilibrar nessa zona é Fábio Coentrão. Ou seja, o melhor avançado do Benfica é um defesa! Ora, numa equipa de ataque, a falta de avançados só pode conduzir ao descalabro.

Arrisco-me mesmo a dizer que, neste momento, o Sporting (para não falar do FC Porto) é superior ao Benfica do meio-campo para a frente. Onde é que o Benfica tem extremos como Vukcevic ou Salomão? Onde é que tem um avançado como Liedson ou mesmo Postiga? 

Os avançados do Benfica, Cardozo e Kardec, têm características de “postes”, vivendo de centros para a área – só que os jogadores que centravam as bolas, Di María e Ramires, já lá não estão. Aliás, é por isso que o Benfica já quase só marca golos em bolas paradas.

E depois, falta ao meio-campo e ao ataque poder de choque. São todos frágeis e pequenos: Aimar, Saviola, Gaitán, Salvio"

Autor: José António Saraiva - Record
Colocar Salomão a um nível superior ao de Gaitan que simplesmente é um internacional argentino, enquanto Salomão é um ilustre desconhecido com meia dúzia de jogos disputados pelos submissos é de uma imbecilidade sem limites. Quem temos melhor que Liedson e Postiga? Será que o homem se esqueceu que Cardozo foi o melhor marcador da época passada? Será que já se esqueceu que Postiga deve ter menos golos marcados em toda a carreira que Saviola só na época passada? Postiga goleador? Meu Deus!!!

"...Cardozo e Kardec, têm características de “postes”, vivendo de centros para a área..." - Em relação e Cardozo até posso concordar mas em relação ao Kardec só demonstra que não tem visto os jogos do Benfica. Nestes últimos jogos vimos Kardec em zona de finalizar, a vir buscar jogo e arrancar com a bola, vimo-lo a rematar, a fazer fintas e desmarcações em velocidade mas este iluminado só viu um poste e nada mais, poste esse que até faria muita falta aos submissos, segundo Paulo Sérgio.


"E depois, falta ao meio-campo e ao ataque poder de choque. São todos frágeis e pequenos: Aimar, Saviola, Gaitán, Salvio" - Pois está claro!! Todos nós sabemos que Maniche, Pedro Mendes, Salomão, Postiga, André Santos, Matias, Liedson e Djaló são todos jogadores de grande poder de choque, ou não...

"Já escrevi que, depois das saídas de Di María e Ramires, a equipa ficou sem nenhum grande jogador do meio-campo para a frente" - Portanto, para esta besta, jogadores como Aimar, Saviola, Carlos Martins e Cardozosão tudo jogadores do mais vulgar que existe. Simplesmente genial!!!

Esta é a qualidade, ou falta dela, do jornalismo em Portugal!!!


Coincidências do Sistema (na corrida para a FPF)

 ●  + 12 comentários  ● 
Há umas semanas apareceram as notícias de que Fernando Seara, Presidente da CMSintra, iria avançar para a FPF e ter um dos seus vereadores no município como Vice Presidente para as selecções, Luis Duque. Esta candidatura seria apoiada pelo SLBenfica e fomentada pelo Presidente Luis Filipe Vieira.

Hoje aconteceram dois factos curiosos:

A imprensa deu a conhecer as buscas que a PJ fez a: Luis Duque e Luis Filipe Vieira. Curiosamente, ambas tiveram como denominadores uma alegada ligação a um processo de burla no BPN.

Não deixa, contudo, de ser engraçado ver que a notícia da Sabado, diz que o Luis Filipe Vieira foi alvo de buscas nas suas duas casas e nas empresas. Já a notícia do Público, diz que Luis Duque foi alvo de buscas, imagine-se na autarquia de Sintra.

Não deixa de ser curioso isto acontecer pouco mais de uma semana depois das primeiras notícias sobre o possível avanço de Seara e Luis Duque para a FPF apoiado por Luis Filipe Vieira. Luis Duque é investigado, Vieira também e Seara vê o seu Município envolvido e exposto a situações de burla.

Há coincidências levadas da breca não é? Quando as pessoas começam a incomodar o Sistema, este trata de usar os seus braços mais promíscuos para tratar de os "silenciar". Assim de repente faz-me lembrar a TVI à porta de casa do Veiga à espera da PJ, num ano em que Pinto da Costa aparecia nessa estação a dar entrevistas com frequência e, curiosamente, tinha em Veiga um oponente de respeito no que toca a denunciar, conhecer e anular as suas "jogadas" e "movimentações".

PS- Mas não é só de fora que vêm essas situações. Alguém me explica porque esta notícia do Jornal de Negócios diz "Primo de Rui Costa tem agência de jogadores na falência"???? Que relevância jornalística poderá ter ligar Rui Costa a esta situação?

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Se estivermos a falar de Amor ao Clube, sim!

 ●  + 11 comentários  ● 
Estou com certeza entre os cinco melhores presidentes da história do Benfica, juntamente com nomes como Joaquim Ferreira Bogalho, Fernando Martins, Ferreira Queimado. A partir de Fernando Martins, melhor só eu. Manuel Vilarinho dixit

Tenho grandes dúvidas que alguma vez Vitor Santos, Luis Filipe Vieira ou Mário Dias o tenham deixado realmente ser Presidente do SLBenfica. Contudo, e mais uma vez recordando os tópicos Gestores Profissionais VS Presidentes de Clube e Amor ao Benfica, Manuel Vilarinho foi seguramente o último grande Presidente de Clube.

Deste então tem-se assistido a muitos valores empresariais a dominarem a agenda do SLBenfica, o que caracteriza pelos mais dois campeonatos conquistados em dez anos, quando deveríamos ter dois... em cada três.

Pode "ter sido empurrado" para Presidente por uma "equipa" que viu no momento do SLBenfica uma oportunidade para ficarem ligados à história do Clube e com isso fazerem crescer os seus recursos pessoais e profissionais... Mas nunca ninguém lhe poderá negar o mérito e a paixão de ter dado a cara, de ter querido fazer algo, enfim... de ter sido o último Presidente de Clube e com Amor ao Clube.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Temos o que merecemos!

 ●  + 40 comentários  ● 
SÓ PODEM ESTAR A GOZAR COM ESTA MERDA!

Dois anos depois de ter vencido na Cidadela a selecção nacional de Angola, por 3-2, o Sport Lisboa e Benfica volta ao país para defrontar novamente os “Palancas Negras” dia 10 de Novembro, nas comemorações da independência nacional, no máximo da sua força, de acordo com o presidente do clube, Luís Filipe Vieira. in AngolaPress

No âmbito das comemorações dos 35 anos de independência de Angola, o Benfica vai defrontar a selecção daquele país africano no dia 10 de Novembro.
Em conferência de imprensa, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, destacou esta segunda-feira que o Clube da Luz “tem uma história que o liga a Angola” e que, por isso, os “encarnados” não podiam deixar de marcar presença nessa celebração.
Vieira garantiu ainda que os “encarnados” vão se apresentar “na máxima força” no encontro frente à selecção de Angola. in Site Oficial do Sport Lisboa e Benfica

O SLBenfica vai passear ao país do Sr. Presidente, a meio do campeonato - a cerca de um mês de uma paragem para (i)merecidas férias do futebol português - porque o Presidente entende que três dias depois do jogo com o FCPorto e quatro dias antes da Naval o SLBenfica "não podiam deixar de marcar presença nessa celebração".

SÃO UNS AMADORES! Nem sequer me vou dar ao trabalho de explicar porque é totalmente insensato ir passear ao país dos negócios do Presidente a meio do campeonato ou depois de uma, desejada, vitória sobre o FCPorto.

Quando jogamos a meio da semana para as competições europeias é o cansaço e tudo mais que serve de desculpa... mas para ir defender os negócios do Presidente já está tudo bem!

TEMOS O QUE MERECEMOS! E eles lá em cima devem rir-se a bom rir desta merda toda... e sabem que mais? COM RAZÃO! Porque depois contra equipas A, B, C ou X do Leiria comem a puta da relva toda e jogam à bola... E GANHAM! GANHAM BEM OU MAL... MAS AQUILO É PARA GANHAR!

Não gostam? Mudem de blog! E é bom que os GB Friends fiquem interventivos porque eu estou farto deste amadorismo no SLBenfica! Quem vier atrás que feche a porta...

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Corruptos 5 - Leiria B 1

 ●  + 16 comentários  ● 
E os corruptos la conseguiram espetar 5 ao Leiria B.
Sim, Leiria B porque jogou sem uns titulares essenciais na sua equipa (!):

O União de Leiria fez esta manhã, na Bidoeira de Cima, o derradeiro treino antes da partida para o Norte do país, ao qual se seguiu a divulgação da lista de 18 convocados para o jogo de amanhã, frente ao FC Porto e que apresenta grandes novidades.

A principal novidade é mesmo a ausência de Silas. O médio internacional português, habitual titular, falha pela primeira vez uma convocatória... por opção técnica. Pelo mesmo motivo ficaram de fora Paulo Vinícius, habitual dono da lateral direita, e ainda Hugo Gomes, Diego Gaúcho, Ruben Brígido, Renato Saldanha, Mika e Arthuro. O médio Obradovic falha também o jogo do Dragão, mas por lesão.

in A Bola

Destes jogadores 2 sao indiscutiveis titulares que foram misteriosamente preteridos enquanto outro costuma entrar varias vezes (O Brigido afinal jogou contra os Corruptos). Este e o campeonato que temos, sem verdade desportiva. Os pequenos preferem prostituir-se a soldo de quem percebe do assunto em vez de defenderem um desporto limpo.
Por isso aos benfiquistas que nao alinham no boicote so digo isto: este e o tipo de gente que andam a sustentar!!!

A Direccao e o JJ tem que exigir explicacoes e investigacoes sobre estes comportamentos! Isto e um ESCANDALO.
Lembram-se do que o Mourinho disse sobre as equipas que quando iam jogar contra o Barcelona facilitavam?? Entao o mesmo acontece em Portugal? Sigam o exemplo de quem sabe. Nao se pode fechar os olhos a estas situacoes e ha que pressionar tudo e todos.

Aviso a navegacao

 ●  + 5 comentários  ● 
Acho que e necessario um aviso aos dirigentes e equipa tecnica do Benfica.
E por demais evidente que os jogadores estao por arames a nivel psicologico e/ou fisico e que existe um clima de apreensao que obviamente foi causado por varios factores:

1 - O pobre planeamento do plantel na pre-epoca com a ausencia de contratacao de substitutos imediatos (e nao jovens promessas que nao suprem lacunas no imediato) para Ramires e Di Maria (Gaitan NAO e substituto deste ultimo);
2 - A instabilidade no comeco do campeonato em termos exibicionais e de resultados que parecendo que nao fragilizou muito os jogadores;
3 - As lesoes de jogadores importantes na manobra da equipa como Coentrao, Cardozo e em menor nivel Ruben Amorim.
4 - Os resultados decepcionantes na Liga dos Campeoes. Estes ultimos dao completamente cabo dos jogadores. A equipa dominante do ano passado foi vulgarizada contra o Schalke e o Lyon que estao em pessimo nivel nos respectivos campeonatos.

Ontem deu-me a impressao que muitos jogadores estao animicamente em baixo como David Luiz, Maxi Pereira, Gaitan, Saviola... Quem anda a segurar as pontas sao o Javi, Luisao e Roberto.
Esta epoca faz-me lembrar a epoca em que o Camacho veio como bombeiro de servico depois do LFV ter deitado fora o campeonato ao despedir o Fernando Santos logo no inicio do campeonato, depois de lhe tirar os jogadores que davam forca a equipa (Simao e Manuel Fernandes). Nessa altura chegamos ao jogo com o Porto com menos um ponto que eles, perdemos e a equipa desabou psicologicamente.

Como tal e necessario fazer um trabalho aturado para nao so espicacar o orgulho dos jogadores, como mante-los motivados caso nao consigam vencer no antro da corrupcao (o que as estatisticas dos ultimos 20 anos demonstram que e muito improvavel com 2 vitorias nesse periodo temporal) para cumprirem outros objectivos (Tacas de Portugal e da Liga, competicoes europeias e o resto do campeonato - o 2o lugar tambem da Liga dos Campeoes para o ano).

Uma sugestao: antes do jogo com o Porto renovem contrato com David Luiz, Luisao e Maxi Pereira. A demora nestes processos so contribui para desgastar a imagem publica dos jogadores e faze-los passar por mercenarios quando o mais provavel e que haja uma pessima conjugacao de timings destes processos de renovacao com maus momentos de forma de jogadores que sempre demonstraram profissionalismo e um brio na defesa da camisola do Benfica (o benfiquismo e profissionalismo de David Luiz nao pode ser posto em causa e muito menos o de alguem tao trabalhador como Maxi).

E necessario que o Benfica chegue "vivo" ate ao defeso de Janeiro para a Direccao ter hipotese de corrigir as burrices desta pre-temporada. E isso so acontecera se nao dormirem em servico.

Update: Nao e com burrices como marcar um jogo com a Seleccao de Angola 3 dias depois do jogo com os Corruptos e outros 3 antes do jogo com a Naval que se vai dar tranquilidade a equipa!! Nada contra Angola, mas isto bem podia ser marcado para outra altura como a paragem de Inverno do campeonato.

Vencer sem brilhar

 ●  + 18 comentários  ● 

Exibição nada vibrante, mas “qb” para conquistar mais três pontos. Sem ter sido brilhante, o Benfica até acabou por perder uma boa oportunidade para golear (em minha opinião) uma das equipas mais mal orientadas da primeira liga.

Destaque positivo para Luisão, Javi Garcia e Saviola. O “patrão” da defesa continua a ser o único a manter alguma segurança, já o Javi regressou aos golos e mostra que está a subir. El Conejo está também a subir e mesmo sem marcar continua a ser o mais perigoso dos avançados do Benfica.

Confesso que tenho pouco a dizer sobre o jogo. Franco Jara não quis(?!?) que o Benfica goleasse, mas há um factor que poucos falam, mas que já era esperado em vésperas da ida á casa do Gang da Ribeira...é que o Benfica tem Maxi, Luisão, Javi Garcia e Carlos Martins em risco para esse jogo...mas é claro, isso é apenas coincidência!

p.s Ainda a propósito do jogo deste domingo, leia Adeptos e Direcção - Orquestra desafinada by GB

Adeptos e Direcção: Orquestra Desafinada

 ●  + 7 comentários  ● 
A blogsfera inundou-se de sugestões para dar dimensão e verdade ao "Boicote aos jogos fora". Era unânime entre os benfiquistas que os adeptos não devem "pagar" a condição de submissos dos dirigentes do SLBenfica perante as jogadas do Sistema.

Assim, desde o convívio com os adeptos no exterior dos estádios, até organização das transmissões em casas do SLBenfica com visita de médico do plantel no pós jogo, passando por transmitir os jogos em ecrãns gigantes num espaço na Luz, enfim... houve de tudo, umas melhores que outras, umas mais simples e "faziveis" que outras.

Da direcção, depois do Comunicado, apenas uma ténue carta aos sócios e nada mais que isso. Ou melhor, até houve mais que isso, tal como o SouBenfica escreveu ontem, o Presidente resolveu acompanhar uma visita particular de Mantorras a Angola (informação do jornal A Bola) e não foi ao jogo. Surreal!

No Algarve, o grupo de sócios auto intitulado Diabos Vermelhos (LOL) apresentou uma tarja que dizia ao Nuno Gomes - O (verdadeiro) Capitão - que na Luz terá sempre lugar, algo que aparentemente parece ser algo que nem todos concordam dentro do SLBenfica e mesmo dentro do plantel do SLBenfica.

Já Jorge Jesus, que nos habituou à sede de golos e vitórias, anda agora mais cauteloso e menos atrevido como sem viu em Faro e vem dizer sobre a presença dos adeptos que «É impossível parar os adeptos», algo que pode bem ser visto como uma verdade de "La Palice" e que parece que só a direcção não compreendeu quando delegou nestes a responsabilidade de fazer algo pelo SLBenfica que a Direcção não se mostra com vontade e capacidade de fazer.

Ontem lá nos lixaram mais uma vez com aquela arbitragem habilidosa.

Pelo caminho a dois meses da abertura do mercado já se vai compreendendo que Gaitan afinal é substituto de coisa nenhuma, mesmo sendo um jogador com qualidade... Mas qualidade para jogar numa posição onde já temos... Aimar e Carlos Martins. Se a ideia foi preparar a substituição de Aimar, parece-me uma excelente aposta.

Além de nos faltarem acções concretas para combater o Sistema, parece que, passados vários milhões, nos falta o que já todos sabíamos: MÉDIOS ALA! Aqueles jogadores que dão velocidade, criatividade e repentismo ao jogo e, de preferência, põe fim naquele jogo directo que aqui e acolá está a aparecer na equipa.

Sobre o jogo de ontem, David Luiz continua uma pálida imagem de si próprio (o padrinho do jogador falou sobre isso), tal como Maxi Pereira (terá a ver com a renovação que tarda em aparecer?). Na frente Kardec tem qualidade e mobilidade (factores que aprecio), mas ainda lhe faltam as rotinas que Cardozo já tem (faltando a este a mobilidade). Gaitan e C.Martins, sendo jogadores de qualidade, estão a léguas de serem os extremos que deram dimensão ao futebol do SLBenfica.

Com o Sistema em velocidade cruzeiro, com um plantel mal planeado e com algumas questões de gestão que influenciam directamente o rendimento dos jogadores, vamos ter dificuldades este ano. MAS EU ACREDITO... VAMOS CONSEGUIR! TEMOS QUE CONSEGUIR, PORRA!

PS- Sobre os amarelos, não consigo entender porque o novo Jorge Jesus (o pensativo crónico) não forçou o amarelo ao Luisão e/ou ao Javi para o deixar de fora com o Paços. Medo do Paços ou uma oportunidade para desculpas? Quem anda à chuva... o Sistema molha!!!

domingo, 24 de outubro de 2010

TRANSMISSÃO LIVE - Benfica x Portimonense

 ●  + 7 comentários  ● 
STREAM ENCERRADO!
Vitória incontestável. A única coisa poderá estar por explicar é porque é que se defendeu o resultado e se queimou tempo contra um adversário que nem sequer chegou perto de Roberto!?

PS- Arbitragem habilidosa, não para hoje... mas a amarelar jogadores para ficarem em Paços à beira da suspenção para não jogarem contra o FCPorto. Habilidosos!

LFVieira dá o Exemplo e Balda-se

 ●  + 13 comentários  ● 
O DartheVader dizia no texto anterior Benfiquistas...à francesa ou à portuguesa? que o jogo de hoje era um teste aos benfiquistas sobre a patética história do boicote. Patético não porque não faça sentido, mas porque foi um "fait-diver" da direcção.

Pelo menos era isto que eu pensava até que vi que o Presidente levou o assunto à letra e mesmo sabendo da importância, pós derrota em Lyon, de estar junto da equipa a liderar o que deveria ser realmente um boicote aos clubes submissos que o Portimonense leva tão bem à letra...

... Baldou-se para Angola, com esse exemplo de profissionalismo que tem sido o Mantorras, para trocar um jogo importante do Benfica pela última jornada do Girabola.

Benfiquistas...à francesa ou à portuguesa?

 ●  + 12 comentários  ● 
Este jogo vai ser o verdadeiro teste a este tão falado boicote à comparência dos benfiquistas nos estádios dos nossos adversários, li agora n'A Bola que os benfiquistas estão a furar o boicote e a compra de bilhetes segue a bom ritmo...

É claro que sempre apareçam benfiquistas, querer-se que 0 benfiquistas comparecessem seria utópico, agora, veremos o verdadeiro alcance que a reunião dos Orgãos Sociais teve nesta matéria.

Na minha opinião, se o estádio tiver mais logo a noite mais de 5000 pessoas, então poderei dizer que o Benfica não ganhou esta jogada de risco, mais do que 10000 seria então uma desautorização e atestado de burrice a quem teve a ideia desta iniciativa, e comprovaria aos corruptos do norte, que se alguma vez se preocuparam minimamente com este boicote, então essa preocupação foi infundada.

Porquê estes números? Sabendo que o Benfica não está a jogar um futebol espectacular, vem de uma derrota na Europa que tanto se deveu à cabeça dura de JJ como ao desleixo por parte dos jogadores e tem 7 pontos de desvantagem em relação ao Porto, seja porque culpas, internas ou externas se deveu, mesmo que não houvesse boicote este estádio nunca encheria. Isso é ponto assente. Sem boicote no máximo dos máximos poderia ter 20000 pessoas. E isto já numa perspectiva bem optimista. Por isso, com o boicote lançado, este jogo ter mais de 5000 pessoas, na minha visão, será um fracasso.

E aqui entra a mentalidade...à francesa ou à portuguesa? Acho que isto diz tudo. Tal como se tem visto nas TV's, os franceses reagiram brutalmente às medidas de austeridades impostas pelo governo, isto para medidas que nós veríamos até como "softs", mas têm iniciativa, têm vontade em defender a sua qualidade de vida, em defender os seus direitos adquiridos, e que não devem ser eles a pagar uma crise pela qual não contribuíram directamente. Podem não ter 100% de razão, mas estão a fazer pela vida.

Ora à portuguesa é completamente ao contrário, é o ouvir e calar, mandar uma boca ou duas mas pactuar com o sistema, romperem as greves porque não se pode faltar ao trabalho, votar sempre nos mesmos apesar da "merda" que têm feito em todos estes anos de democracia.

Esta noite veremos que adeptos do Benfica temos, se à francesa e que irão lutar pelo melhor pro seu clube, ou se à portuguesa e pactuando com o sistema darão mais importância a um capricho que ao bem maior de ajudar o seu clube.

ps: um aparte sobre a situação económica do país aproveitando a metáfora dos franceses e portugueses sobre os adeptos do benfica... Se chegamos à situação económica actual, bem nos podemos culpar a nós próprios, e muitos perguntarão, porquê?

Votamos sempre nos mesmos, deixando-os sempre confiantes na cadeira do poder. E acima de tudo, muitos agora vêm dizer que estas medidas deviam ter sido postas em pratica desde a mais tempo e faseadamente... Isso sería o correcto, mas quem as pusesse em prática seria corrido nas eleições seguintes. Metam-se no lugar dos governantes...sacrificariam o seu lugar e a sua carreira política para por estas medidas em prática? Eles pensam logo que não...Embora os grandes políticos seja mesmo isso que fariam, sacrificar-se a si próprios pelo bem maior do país. O povo é ingrato mas só quando está cego...

Agora pensem no país como se fosse o Benfica...que medidas seriam as mais correctas?

sábado, 23 de outubro de 2010

Os Parolos Benfiquistas...

 ●  + 7 comentários  ● 
Isto da escrita tem altos e baixos! Ora acreditamos piamente que devemos dar a nossa opinião, ora nos achamos aqueles tipos que, aparentemente, são os malvados que andam ao contrário de tudo e todos.

Eu não vou voltar a explicar os motivos pelos quais entendo que o caminho é perigoso, até porque os "Illuminatti" são demasiado superiores para sequer o lerem quanto mais o perceberem.

Dou por mim a considerar-me rever-me como um dos tais "parolos benfiquistas" que os "iluminados" (AKA verdadeiros benfiquistas) tanto gostam de culpar de tudo quando algo vai mal.

Será seguramente por causa do que escrevo e por não tratar os dirigentes e os jogadores como pedaços de cristal que o SLBenfica está como está... Ah espera! Ao que parece para esses verdadeiros benfiquistas está tudo bem... e o que não está... é culpa da corrupção!

Propositadamente concentrei no tópico O SLBenfica by GB os links dos principais tópicos que considero identificarem os principais problemas actuais do SLBenfica! Ah espera! O SLBenfica não tem problemas... e os que tem a culpa é da corrupção!

Tenho que chegar a conclusão que os que são realmente benfiquistas, são aqueles que quando algo está mal... calam-se para não desestabilizar; E quando algo está bem... elevam isso à maior conquista do Mundo.

Os outros, os que se preocupam é com o que está realmente mal, com o que está insistentemente mal (e por culpa própria), rejubilando com as vitórias mas considerando-as "apenas" como a consequência natural da dimensão e capacidade do SLBenfica, o Clube Mundial... esses são os tais "parolos" que o Vilarinho afirma não serem benfiquistas.

Os mais velhos, os que viveram os tempos dos "5 violinos" do SportingCP estarão se calhar a perceber onde quero chegar. Os mais novos se calhar só vão perceber quando virem o SLBenfica na mesma situação em que está agora o SportingCP, o que ao contrário do que nos querem convencer... nunca aconteceu, mas está cada vez mais perto.

Eu não dou para esse peditório! Não contem comigo para me calar perante a falta de Amor ao Clube, a falta de competência, o amadorismo gritante, a prioridade aos interesses pessoais em detrimento do Clube, a feira de vaidades e de projecções pessoais e a conivência com os "patrões" corruptos do futebol nacional.

Queira Deus que eu não esteja certo e que muito brevemente sejamos capazes de nos superiorizarmos em campo e fora de campo (na organização e estabilidade interna), mas se eu estiver certo, quero depois ver o que dirão os "Illuminati", os tais verdadeiros benfiquistas. Terão nessa altura a humildade de se unir aos "parolos" para voltar a reconstruir o SLBenfica que aprendemos a amar?

PS- Estou a ver o Real x Racing e continuo sem entender como o jogador que mais dinâmica cria num dos clubes mais ricos do Mundo havia de ter sido negociado e não vendido intransigentemente pela clausula! Depois vejo o custo de outros que representam bem menos e...

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Copiar Mal é Estúpido!

 ●  + 12 comentários  ● 
Entre a malta do marketing, quando se "copiam" conceitos e ideias costuma dizer-se que "é sinal de inteligência saber copiar o que está bem" e o desafio é melhorar e e criar valor nisso. Estúpido, estúpido é copiar o que está mal e... ainda copiar mal!

No excelente blog do Bola7, hoje aparece (mais uma vez) a campanha do Vitor Baia à FPF. Piscando o olho ao SLBenfica, o Vitor Baia faz o seu "teatrinho" reles à moda do Fernando Gomes soltando, contudo, um grande verdade:

"O FC Porto é um clube muito fechado em si próprio. Creio que não valoriza tanto como devia os antigos jogadores, aqueles que tanto lhe deram".

Grande verdade! O sacana do corrupto não olha à história (tanto que até a altera para o clube ser centenário uns 10 anos anos do que devia), não olha ao mérito, não olha a pessoas... não olha a nada! Todos os meios são válidos para atingir um fim: GANHAR! Não apenas pelo prazer da vitória (porque aí não optava pela corrupção), mas também pelo enorme encaixe financeiro adicional que as vitórias permitem, para distribuir pela corja que sustenta este Sistema.

Na Luz tenta-se algo parecido, mas sem a parte da corrupção e... das vitórias! Ou seja, Luis Filipe Vieira não o esconde (nem quer): A ideia dele foi tornar-se "dono e senhor das decisões do Clube" e liderar o Clube com a altivez (e autismo) próprias de um líder incontestado e incontestável. Não poucas foram as vezes que ouvimos o "quem manda aqui sou eu" sem qualquer pudor.

Isto habitualmente dá merda... os últimos 10 anos do SLBenfica demonstram-no muito bem. Se a Norte os tipos não se importam que os campeonatos sejam conquistados utilizando meios sujos e criminosos, já cá em baixo a malta tem um bocadinho de decência e não vai nisso (mesmo que fosse quem está no poder não sabe fazê-lo -e ainda bem, digo eu).

Ora, o que sobra?
» Ou dominamos muito bem todas as variáveis do futebol português
» Ou temos realmente um líder no poder na Luz que ame o Clube e seja reconhecido como tal

Na verdade... nenhum destes vectores se verifica, infelizmente, e para mal dos nossos pecados!!!

Isto vem a propósito do que escrevi no tópico Coentrão + Roberto e os Lordes de que no SLBenfica há um gravíssimo problema de gestão (e planeamento) de recursos humanos, assente numa liderança autista que vive encerrada no seu Mundo e acredita que é "à força" que se domina os jogadores. Resultado? Asneira!

Há uns tempos, um grande jornalista (e grande benfiquista não assumido) contava-me uma história do regresso da comitiva do FCPorto (juntamente com os jornalistas) no avião de regresso de uma derrota europeia. No avião imperava um ambiente de consternação pois, à moda do FCPorto, já todos sabiam que ia ter que se encontrar um culpado! Alguém teria que "arcar com as consequências" da derrota e ninguém queria ser o alvo que, na surdia, ia sendo apontado a Derlei pelos golos falhados!

Nisto, o jornalista em conversa com um colega soltou uma gargalhada! Em menos de nada uma das "patentes" do FCPorto aproximou-se e disse: "Estás contente com a derrota é? Deixa-te satisfeito?". Nesse mesmo instante o jornalista pediu desculpa e a viagem continuo em quase absoluto silêncio com os dirigentes entre si e com os jornalistas a criticarem... Derlei pela deficiente e perdulária exibição.

Este exemplo demonstra o respeito por uma "cultura de exigência" que não é o rosto de uma pessoa, mas de uma organização. Onde os jogadores aprendem que os interesses do Clube estão acima dos seus objectivos individuais, mas também sabem que são elementos a prazo de um projecto desportivo que, assim que findado, serão "despachados" para outras paragens rendendo uns valentes euros.

Em sentido inverso, na Luz opta-se por uma total ausência de planeamento, deixando os jogadores entregues à fortuna do que forem capazes de atingir. Quando o atingem... se interessa saem, se não interessa é-lhes imposta a permanência no clube a troco do "porque sim".

Talvez por isso jogadores como o David Luiz ficam tão diferentes de época para época, depois de serem expostos a ficar privados de 3M€/ano (o triplo do que aufere na Luz) a troco de... nada, absolutamente nada!

Como sabem, eu próprio sou grande partidário da permanência dos jogadores no Clube por períodos mais alargados (3 anos), mas directamente ligados a um projecto desportivo: Um bi-campeonato; um Tri; uma Liga Europa... uma Champions. Atingidos os objectivos, é hora de iniciar novo ciclo, preferencialmente começado a trabalhar e preparar um ano e meio antes, deixando esses jogadores - já com experiência de conquistas - sairem para "novos voos".

Se os jogadores forem inseridos num projecto desportivo, sabem que a sua saída está directamente ligada à sua capacidade de conquista no mais curto espaço de tempo. Antes disso, não será possível, mas isso não invalida que o Clube não esteja disponível para rever algumas situações (quando os jogadores justificam em campo) para atenuar o processo.

Este processo tem também que ser levado a cabo junto dos empresários para evitar encham os ouvidos aos jogadores... a troco do sucesso na operação futura.

Nada disto acontece na Luz!!! NADA! O Presidente acredita que quer, pode e manda e todos têm que saber "vergar-se" à sua liderança autista e encerrada em si mesmo, numa clara liderança imposta que, com o avançar do tempo, os jogadores fazem questão de ver... pelas costas!

Voltando ao início da conversa, tentar copiar a liderança do velho (e espero que passado) amigo do Norte, mas ao mesmo tempo querer excluir a parte da corrupção e não saber manter uma liderança natural, conquistada pela percepção de conhecimento e domínio das diferentes variáveis do futebol nacional... dá asneira!

Se juntarmos a isto tudo uma ausência de Amor ao Clube... é uma mistura explosiva que arrasta o SLBenfica para dois títulos de campeão em 10 anos!

Ou paramos de copiar mal o que se faz lá em cima, ou arranjamos um lider que comande o SLBenfica às vitórias do Clube e não apenas às suas vitórias pessoais. A continuarmos assim, continuaremos também a destruir planteis de grandes jogadores de dois em dois anos.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

À procura do tempo perdido

Avatar
 ●  + 3 comentários  ● 
Começar por dizer que sou fã de Jorge Jesus há muito tempo, não é de agora, não é por causa da grande época passada que fez, é já desde os tempos do Estrela da Amadora, até dos tempos em que andava desempregado e aparecia lá por Massamá com alguma frequência à hora do almoço, para comer um Frango da Guia com os amigos.

Só alguém que realmente não perceba nada de bola poderá dizer que ali não está um grande treinador. Vê-se nas pequenas coisas, nos arranjos das suas equipas, na forma como lida com os jogadores, na disciplina que reina nos seus balneários, nas suas movimentações no banco de suplentes de alguém que seguramente não é como muitos pseudo-treinadores que fingem ver nas 4 linhas coisas que mais ninguém vê.

O problema de Jorge Jesus, e isto reportando-me agora àquilo que tem sido a participação do Benfica na presente Liga dos Campeões, é que é um treinador que chegou tarde a um grande clube, e que parece correr agora com urgência atrás do tempo perdido, atrás de um lugar de destaque no futebol mundial, tentando colocar o seu nome no restrito grupo dos "eleitos".

Jorge Jesus pôs o Benfica a jogar futebol como não me lembro de ver há muito tempo pelas bandas da Luz. Mesmo na Europa passeou classe por muitos campos no ano passado, sem esquecer porém que a competição era a Taça Europa, prova de uma segunda divisão europeia, e não exactamente com o nível de uma Liga dos Campeões. Jorge Jesus virou Messias, trouxe confiança e optimismo mas, ao mesmo tempo trouxe também alguma (muita) sobranceria, que por vezes nos sai cara.

Sobranceria no discurso do treinador, que colocou em diversas intervenções por si feitas, a fasquia demasiado alta, fazendo do Benfica aquilo que de facto ainda não é, comparando o Benfica ao Barcelona, e assumindo o Benfica como um candidato sério à conquista da Liga dos Campeões deste ano. Sobranceria no discurso da direcção que, depois de vários anos à deriva, foram salvos, por assim dizer, pela chegada de um treinador que foi capaz, temporariamente pelo menos, de mostrar fogachos da tal equipa maravilha anunciada há muitos anos; e sobranceria nos adeptos que foram atrás disto tudo e que, depois de vinte anos de desilusões, anunciaram em alto e bom som que a sua hora tinha chegado. Acredito sinceramente que toda a gente tem falado de mais, e que era tempo de se perceber que nestas coisas do mundo da bola, o ideal é mesmo falar pouco e deixar os resultados falar por nós.

Mas dito isto, e tendo em conta aquilo que tem sido a participação do Benfica na Liga dos Campeões deste ano, permito-me a tirar duas conclusões:

- a primeira, é que me recuso a alinhar pelo discurso simplista da falta de ambição. Qual é o jogador de futebol que não tem como ambição máxima mostrar-se ao mundo em grande nível numa prova como a Liga dos Campeões?

- a segunda, é que à parte os resultados e o discurso, Jorge Jesus não cometeu grandes pecados, nem em Lyon nem na Alemanha. O Benfica foi uma equipa fiel aos seus princípios, que mostrou superioridade aos seus adversários em muitos momentos do jogo... até as tácticas ruírem frutos de erros individuais infantis dos quais não tem culpa.

O problema de Jorge Jesus no meio disto tudo, será talvez não ter ainda sido capaz de rectificar o seu discurso para tentar travar uma euforia que me parece exagerada num clube que tem quatro (julgo) participações na Liga dos Campeões! E Jorge Jesus tem a sua primeira presença e, eventualmente, parece não ter ainda percebido a competição em que está inserido.

O que penso é que para Jorge Jesus esta parece ser uma cruzada pessoal, e que não lhe basta chegar a Franca, jogar feio e pontuar (como o DarthVader defendia), mas quer chegar a França e jogar à Barcelona, vencer o jogo com classe e provar ao Mundo que o SEU Benfica não só vence, como dá espectáculo e dizima os adversários. Isso, infelizmente tem-nos custado caro, em primeiro lugar porque o Benfica não é o Barcelona, e em segundo porque para jogar à Barcelona é preciso estaleca e experiência de grandes jogos, e o que o Benfica tem revelado é uma constrangedora imaturidade que se revela em erros primários e num número ridículo de passes falhados. Para jogar à Barcelona é preciso, antes de mais, a maturidade que advém das vitórias e do estatuto conquistado, estatuto esse que o Benfica não tem.

Poder-me-ão dizer "pois, e se o Benfica tivesse ganho, se o Kardec marcasse aquele golo, o discurso seria completamente diferente". Evidentemente que sim e, compreendo até o discurso de Jorge Jesus a querer fazer com que os seus jogadores acreditem que são os melhores do mundo. Mourinho fá-lo sempre com enorme sucesso mas, aqui há duas diferenças gritantes:

- a primeira é que Mourinho tem de facto alguns dos melhores do mundo, e o Jorge Jesus não. Jorge Jesus esperava até ter abordado esta competição com outras armas que nunca chegaram;

- a segunda, é que as equipas do Mourinho são, para além de equipas capazes de dominar jogos contra grandes equipas, são também as melhores do mundo na capacidade de sofrimento. E este Benfica não sabe sofrer.

O problema deste Benfica é que os jogadores já perceberam que o Benfica sem Di Maria nem Ramirez não é igual ao Benfica do ano passado. Também já perceberam que a sua ausência colocou a nu insuficiências em outros jogadores, e perceberam já todos também que os reforços tardam em afirmar-se. Ou seja, os jogadores já sentiram que vencer a Liga dos Campeões é uma utopia gigantesca, e tudo isto tem criado um problema mental nos jogadores que depois alguns confundem com falta de ambição. O pior que pode acontecer a uma equipa é não perceber a sua identidade.

Dito isto, continuo evidentemente um apoiante incondicional de Jorge Jesus mas, seria importante um resfriamento no seu discurso (como o GB também já defendeu), a abordagem aos jogos de uma forma mais pragmática e menos artística (especialmente na Europa), porque se calhar, um Benfica mais pragmático, mesmo tendo em conta insuficiências que são evidentes (uma equipa sem extremos e sem profundidade que precisava de um grande Saviola que não tem), teria nesta altura mais um ou dois pontos nesta Liga dos Campeões e a passagem à fase seguinte praticamente assegurada. Nem o Lyon é nenhum papão, nem o Schalke é equipa de topo, o Benfica é que não pode ser tão tenrinho.

De resto, da minha parte, total confiança nestes jogadores e neste treinador, para o presente e para o futuro, quer nas provas nacionais quer na Europa. Nem deixámos de ser uma boa equipa por ter perdido o jogo de ontem, como também nunca fomos os melhores do mundo como às vezes nos pintaram.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Onde esta a raca, o querer e a ambicao??

 ●  + 7 comentários  ● 
E a pergunta que faco aos jogadores do Benfica. Porque e que se aburguesaram?

So nao levamos 5 do Lyon porque mandaram 3 bolas aos ferros e o Roberto mostrou o que vale num jogo em que realmente o Benfica parecia um clube como o Saragoca a lutar para nao descer de divisao. Estiveram todos mal demais menos o Roberto e o Coentrao. Apesar de tudo, com as substituicoes o Benfica espevitou ligeiramente, o que e incrivel considerando que quem entrou primeiro foi o Peixoto (!).

Nem vale a pena fazer cronica deste jogo, o Benfica nao fez nada e o Lyon dominou a seu bel-prazer.
Esta na hora de deixar cair algumas "vacas sagradas" que se andam a passear pelos relvados a comecar na defesa e a acabar no ataque.

Subscrevo inteiramente o post do GB, mas acho que com a atitude demonstrada pelos jogadores hoje nao ha tacticas que valham.
Ainda nada esta perdido mas temos que ganhar os 3 jogos que faltam. E com raca, querer e ambicao que tem que caracterizar quem veste aquela camisola.

Coentrão + Roberto e os Lordes

 ●  + 10 comentários  ● 
Os outros nove jogadores que ali andaram a fazer o favor aos sócios de ir a Lyon jogar um jogo de futebol, quando se calhar preferiam estar em casa ou numas jantaradas com os amigos, deviam sinceramente tomar um banho de humildade no balneário.

Se quiserem podem pedir ao Roberto e ao Coentrão ajuda, pois ambos dão fartas provas de como isso se faz. Sim... o Roberto, aqui escrevo e assumo que está cada vez melhor, cada vez mais forte e cada vez mais perto de me deixar sem uma gota de razão nas criticas que lhe fiz.

Quanto aos outros, pensem apenas quem são os mais "culpados": David Luiz, Maxi Pereira e Luisão (os que foram impedidos de sair, sem lhe tivesse havido um mínimo de competência na gestão desses processos para não dar esta asneira) e Gaitan (com dois erros infantis num jogador que insitem colocar a jogar fora da sua posição, onde não tem rotinas nem hábitos que o "protejam" destes erros. É culpado porque errou, mas injustamente porque a culpa é quem o põe naquela posição).

Há um claríssimo e gravíssimo problema de gestão (e planeamento) de recursos humanos no SLBenfica. A liderança não se impõe à força... a liderança conquista-se com gestos e atitudes que façam os "seguidores" compreender e rever-se nas decisões do líder. Enquanto falharmos nisto e tratarmos assuntos delicados "à chapada"... dá nisto!

Eu podia ter metido a cabeça na areia e deixar o destaque do blog no importantíssimo tópico Sistema COMPRA o Sporting de novo, mas há muito que defendo neste espaço que para mim, enquanto cometermos estes erros de palmatória, o Sistema pode fazer o que quiser... pois são o menor dos nossos problemas!!!

Sistema COMPRA o Sporting de novo

 ●  + 4 comentários  ● 
Segundo o Record, possivelmente o jornal desportivo que melhor trabalho de investigação faz, FILIPE SOARES FRANCO VAI AVANÇAR PARA A PRESIDÊNCIA DA FPF com Madaíl na sua lista, na qualidade de Presidente da mesa da Assembleia Geral.

Ora, dois cargos que, à luz do Novo RJFD, ganham poderes reforçados e para onde o Sistema corrupto quer discretamente posicionar dois "peões".

Porque em boa hora os blogues benfiquistas descredibilizaram a opção Vitor Baia e denúnciaram a manobra de saída "à Fernando Gomes", o hábil e ágil Sistema virou-se para uma opção mais dissimulada (teoricamente) e que na prática funciona como "três coelhos de uma cajadada só":

1. Avança um rosto afastado do FCPorto
2. Mantém-se Madaíl na cadeia de Poder
3. Dá-se mais um "brinde" ao Sporting

Neste quadro, até porque Seara tem "medo" de Madaíl como já deixou entender, a candidatura de Fernando Seara estará condenada ao fracasso quer as eleições sejam antes ou depois do Novo RJFD, vejamos:

a) Se avançar antes, as Associações (dominadas pela AFPorto) promovem Jamenson's porque querem manter Madaíl e porque Seara está muitíssimo longe de ser do agrado das AF.

b) Se avançar depois, a Liga de Futebol não-Profissional (Dias Ferreira - SCP) e a Liga de Futebol Profissional (Fernando Gomes - FCP) votam ao lado de Soares Franco e Madaíl (35% garantidos). Depois bastam mais 20% para a eleição, mas só as Associações têm 35%, por isso Lourenço Pinto encarrega-se de resolver o que falta.

Soluções? Fazer o mesmo que fizemos com Vitor Baía - DESCREDIBILIZAÇÃO do homem, com passado familiar benfiquista, que funcionou como peão de Pinto da Costa e do Sistema para fazer cair Dias da Cunha quando este ousou denunciar o Sistema.

Batotas que temos como evidentes

Avatar
 ●  + 5 comentários  ● 
A Constituição americana – até hoje considerada como um dos melhores textos jurídicos jamais escritos - enumera o que os Founding Fathers chamaram de «verdades que temos como evidentes». “
Miguel Sousa Tavares, A Bola, 12 de outubro de 2010

Aparentemente, há juristas que lêem a Constituição americana sem o cuidado que é devido a um dos melhores textos jurídicos jamais escritos. Na verdade, não é a Constituição americana que enumera aquilo a que os Founding Fathers chamaram verdades que temos como evidentes. Essas são enumeradas na Declaração de Independência, que foi escrita uma boa década antes da Constituição. É, então, na Declaração de Independência que os chamados países fundadores dos Estados Unidos expõem as verdades que consideram evidentes: que todos os homens são criados iguais, que são dotados pelo Criador de certos direitos inalienáveis, e que entre esses direitos se contam o direito à vida, à liberdade e à busca da felicidade. Uma das verdades que não é evidente, quer para a Constituição, quer para a Declaração de Independência, é que os cidadãos tenham o direito inalienável de não serem escutados. Como é evidente, todos os cidadãos têm o direito à privacidade - mas esse direito não é absoluto. E a magnífica lei americana permite o uso das escutas como meio de investigação, assim como a lei portuguesa. Que horror! Mas não era a PIDE que também escutava? Era. Se bem me lembro, a PIDE também prendia e, apesar disso, no regime democrático há quem continue a ir preso. A diferença é simples, mas parece que é difícil de entender: a PIDE escutava e prendia arbitrária e ilegitimamente, como é próprio das polícias políticas das ditaduras; a polícia das democracias escuta e prende justificada e legitimamente, como é próprio do Estado de direito democrático. O mais intrigante, no caso das escutas do Apito Dourado, é o facto de haver discussão quando, afinal, estamos todos de acordo. Por exemplo, estou de acordo com Miguel Sousa Tavares quando, depois de José Sócrates lhe ter dito que não devíamos conhecer o conteúdo das escutas do processo Face Oculta, respondeu: “Mas conhecemos. Eu também acho que não devíamos conhecer, mas conhecemos. E, uma vez que as conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos. Eu, pelo menos, não posso”. (http://www.youtube.com/watch?v=RlWI8t7JY6Y&t=08m07s).

E estou de acordo com Rui Moreira, quando ontem confessou aqui a razão pela qual comentou as escutas que envolviam o nome de José Sócrates: «(...) limitei-me a não ignorar o que era público, ainda que resultasse de uma ilegalidade. Ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências». A única diferença é que eu tenho essa opinião relativamente a todas as escutas, e não em relação a todas menos as do Apito Dourado. Também acho que não devíamos conhecer a escuta em que Pinto da Costa combina com António Araújo oferecer fruta para dormir ao JP, mas conhecemos. E, uma vez que a conhecemos, não podemos fingir que não conhecemos.

Eu, pelo menos, não posso. Quando comento a escuta em que Pinto da Costa dá indicações a um árbitro para que vá a sua casa nas vésperas de um jogo, limito-me a não ignorar o que é público, ainda que resulte de urna ilegalidade. Até porque ninguém se pode alhear do que é público e das suas consequências. Além disso, note-se, até concordo com MST quando diz que as escutas vieram a público nesta altura por causa do Porto-Benfica. O objectivo é prejudicar o Benfica: os jogadores que tiverem conhecimento das escutas ficam a saber que, por mais que se esforcem, se o árbitro estiver trabalhado não têm hipóteses de ganhar. Desmoraliza qualquer um.

Rui Moreira desfez-se em explicações para justificar que comentar umas escutas é um acto legítimo e comentar outras é uma vileza sem nome. Agora que foi despedido, talvez Rui Moreira tenha mais tempo livre para entrar num negócio que gostaria de lhe propor: formarmos um circo. Como ele já aqui tem sugerido várias vezes, eu seria, evidentemente, o palhaço. Ele seria o contorcionista. Não são muitos os artistas que se podem gabar de ter um número tão bom como o dele. A única maneira de Rui Moreira e MST comentarem uma escuta de Pinto da Costa é o presidente do Porto ser apanhado numa conversa telefónica com José Sócrates. Mesmo assim, suponho que fizessem um comentário misto, debruçando-se apenas sobre intervenções de Sócrates: “Esta intervenção de Sócrates reforça a nossa desconfiança nele. Agora temos uma parte do telefonema que não devíamos conhecer e temos nojo de quem a comenta. Agora está Sócrates novamente a fragilizar a sua credibilidade. E agora temos mais uma parte da conversa que é indigno estarmos a ouvir”.

Umas coisas são picardias maliciosas, típicas do mundo do futebol; outra, bem diferente, são ofensas. E Villas Boas ofendeu-me gravemente numa conferência de imprensa que deu esta semana. Disse que as minhas crónicas eram as únicas que gostava de ler porque eu o fazia rir. Sinceramente, creio que não merecia o insulto. Todas as semanas faço aqui o melhor que posso para provocar Villas Boas. Já recorri a tudo: sarcasmo, ironia, escárnio, simples sacanice. E Villas Boas tem a repugnante nobreza de carácter, o asqueroso desportivismo de achar graça. Para ele, se bem percebo, isto do futebol é a coisa mais importante do mundo para todos, mas no fim acaba por ser um jogo de que nos podemos rir juntos, seja qual for o nosso clube. Simplesmente infame. Exijo que passe a ter o fair-play de um Rui Moreira, que gosta muito de piadas desde que não sejam sobre ele. Obrigado.

Por Ricardo Araújo Pereira, 16 de Outubro in jornal A Bola

E nao deixar de ler a tactica do DarthVader para o grande jogo de logo 'a noite:
Pensar mais com a cabeça que com o coração!

Pensar mais com a cabeça que com o coração (corrigido)

 ●  + 26 comentários  ● 
O nosso treinador ontem na conferência de imprensa disse que vencer o Lyon seria normal, ambição nunca matou ninguém e até é saudável para manter todos focalizados no objectivo, ganhar em frança seria magnífico.

Agora, espero eu que o treinador tenha feito este discurso mais para os adeptos e para o ânimo dos jogadores, e que em contrapartida, tenha uma táctica pensada mais com a cabeça que com o coração. Ganhar todos queremos mas temos de meter à frente disso as nossas prioridades, e quais são essas prioridades? Passar a fase de grupos da champions.

Então, pragmaticamente, ao metermos essa meta à frente de tudo o resto, a lógica manda que temos de fazer tudo para ganhar os nossos jogos em casa e tentar NÃO PERDER FORA. Numa etapa com esta é preciso muita cautela e respeito pelos adversários, e pensar que mesmo que não ganhemos, estamos a roubar 2 pontos ao oponente.

Uma táctica atacante como a que usá-mos contra o Schalke é muito bonita, mas pode ter efeitos adversos como se viu nesse jogo, e aqui o que conta são os pontos, não as intenções, e pontos são dinheiro, muito dinheiro. Em Gelsenkirshen (acho que se escreve assim) tivemos mais oportunidades, dominá-mos mais o jogo a meio campo, e acabamos por perder 2-0, espero que o nosso JJ tenha refletido nisso e que adapte a táctica ao jogo com o Lyon, antes de mais para não perder.

É claro que temos o caso contrário do jogo do ano passado contra o Marselha, onde tivemos uma táctica desinibida e acabamos por ganhar a eliminatória, mas as excepções são muito mais raras, e desta vez é a Liga dos Campeões, onde há muito mais dinheiro em jogo.

Penso que se usar-mos essa táctica mais de contenção poderemos dominar um Lyon nervoso com a sua campanha caseira e, quem sabe, meter um golo numa rápida jogada de contra-ataque com o Lyon balanceado no ataque.

Por isso acho que devemos jogar com 2 trincos para dar mais solidez no meio campo e impedir que os franceses entrem no último terço do terreno, eu mais logo a noite se fosse treinador meteria esta equipa:

Roberto
Maxi, Luisão, David Luiz, Coentrão
Airton, Javi Garcia
Carlos Martins, Aimar
Saviola, Kardec

Está tudo nas mãos do nosso treinador e eu confio nele, só peço que a lógica supere a vontade de massacrar em casa do adversário quando ele estará sempre mais do que motivado para ganhar em casa perante os seus adeptos, não seria isso mesmo que faríamos se tivesse-mos no lugar deles?

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Capitão Nuno Gomes: Que futuro!?

 ●  + 8 comentários  ● 
Nuno Gomes, o CAPITÃO do SLBenfica, anunciou hoje que não renovará o contrato que termina no final da época, colocando assim um ponto final ao seu percurso de jogador... no SLBenfica.

Deixou também entender que ainda se sente com condições e capacidade para realizar mais uma temporada - eu concordo inteiramente com ele - contudo saberá que a sua idade, ou talvez apenas as características não fazem dele opção para Jorge Jesus, pelo que não pretende terminar a carreira como "mais um" no SLBenfica.

Um Homem até nos momentos menos bons, um daqueles que nunca reclamou com os que o assobiaram durante anos, um daqueles que nunca mandou calar os sócios e que desde que chegou em todas as renovações de contrato aceitou sempre baixar o salário.

Nuno Gomes não quer ser parte do problema, não quer ser outro Mantorras que ali ande só porque sim e estou certo que não precisaria de, como Mantorras, ter em Filipe Vieira o maior defensor para se perdurar no SLBenfica...

Por tudo isto, quando se pergunta "Que Futuro?", o meu desejo é que Nuno Gomes opte por continuar a jogar futebol mais um ano fora de Portugal numa daquelas Ligas dos milhões como USA, Dubai, Qatar, etc.

Depois, um ano de "intervalo" para perceber bem o que quer para si e para o seu futuro e apostar na sua formação pessoal, com um curso de gestão desportiva, por exemplo. Só depois disso, estar disponível para integrar a estrutura do futebol do SLBenfica, com um cargo na SAD que lhe permita começar em funções operacionais e ir crescendo à medida que as suas capacidades e experiência o permitem.

Eu sei que Nuno Gomes é um Homem com H muito grande e tem um grande Amor ao SLBenfica, pelo que será seguramente um recurso muito importante e útil para o nosso futuro. Mas também estou certo que ele não quererá sair da relva para o escritório da SAD e ser confundido nas funções ou ser usado pelas "raposas velhas" como o foi Rui Costa.

Fica o meu desejo e (muito) antecipado agradecimento ao Nuno Gomes, não pela entrega no campo - porque essa é tudo o que se exige a um jogador do SLBenfica - mas sim pela sua conduta como Jogador e como Homem em todos estes anos que serviu o SLBenfica.

PS- Quando todos achávamos que o Dpt de Comunicação do SLBenfica estava a melhorar, eis que aparece mais uma Comunicado na 1a pessoa assinado pelo Director de Comunicação. Quando vai parar tanto amadorismo???

Di María enche cofres da Luz

Avatar
 ●  + 12 comentários  ● 
O Real Madrid vai pagar mais cinco milhões de euros ao Benfica pela transferência de Angel Di María, uma vez que o argentino foi inscrito em todas as provas que os ‘merengues’ estão a disputar.

Na altura da transferência, no início da época, ficou acordado um valor inicial de 25 milhões de euros, que seria reforçado com mais cinco milhões “indexados” à utilização de ‘Angelito’ nas provas espanholas, bem como nas da UEFA.

Desta quantia o Benfica fica apenas com 3,5 milhões, uma vez que terá de entregar um milhão ao Benfica Stars Fund, que detinha 20 por cento do passe do argentino aquando da transacção para o clube espanhol , e 500 mil à Gestifute, do empresário Jorge Mendes, que era proprietária dos restantes 10 por cento dos direitos financeiros.

Segundo fontes do clube da Luz, a indexação tinha apenas a ver com a inscrição nas diferentes competições, o que acabou por suceder, após uma pré-época em que o jogador deu nas vistas. Assim que se tornou oficial essa inscrição, o Real disponibilizou os cinco milhões.

No final da presente temporada_as_águias poderão vir a receber mais seis milhões de euros_do_Real_Madrid, conforme ficou estipulado na informação enviada para a CMVM, no dia 29 de Junho de_2010. Para que isso suceda o jogador terá de efectuar um determinado número de jogos (2 milhões) e ajudar os ‘merengues’ a vencer a Liga espanhola (2 milhões) e a Champions (2 milhões).

Em 2007, o Benfica pagou oito milhões de euros ao Rosário pelo passe de Di María. Em Novembro de 2008 anunciou a alienação de 10% do passe do argentino, por um milhão de euros, a favor da Gestifute. Um ano depois foi criado um Fundo de Jogadores – Benfica Stars Fund – que adquiriu 20 por cento do passe do extremo por 4,4 milhões de euros.

De lucro com Di María, o clube da Luz soma, até ao momento, 18, 4 milhões de euros, assim decompostos: 4,4 milhões, da alienação de 20% do passe ao Fundo, um milhão, da alienação de 10 % à empresa Gestifute, e 21 milhões, da venda ao Real Madrid, num total de 26,4 milhões de euros, a que se subtraem os 8 milhões que o jogador custou.


Fonte: Correio da Manha

O conhecido mau gosto do Reco-Reco

 ●  + 24 comentários  ● 
Este jornalinho teima em tentar deitar gasolina para a fogueira da luz, depois de ter vindo com a notícia que Sálvio estaria de saída pela sua parca utilização na Luz (isto tudo dava para ver em 1 mês de competição em que metade desse tempo esteve diminuído fisicamente e num jogo saiu prematuramente devido ao azar de um colega) sem ter sequer em conta que o Benfica pagou 2 milhões de euros (só uns trocos para esta gente) pelo seu empréstimo de 1 ano e 20% do passe. Como se viu de seguida, completamente irracional.

Pois eles voltaram a carga...desta vez o alvo é Franco Jara. Que com 3 meses de Benfica, para este jornalinho, já se viu que não serve e está na altura de o pôr a andar e ir a buscar mais um autocarro de jogadores. Se fossemos na conversa desta gente, a nossa equipa de futebol já estaria pior que a secção agora extinta de atletismo do Fóculporto, contratos semanais para toda a gente.

A razão apontada pelo jornal para avançar com esta notícia, é que no jogo contra o Arouca para a Taça de Portugal, Jara ao não ser utilizado contra uma equipa inferior e com Cardozo lesionado, foi uma mostra cabal de que não contam com ele e que o seu destino inevitável será a saída e o empréstimo.

Jara embora seja um jogador que ainda se nota a sua imaturidade competitiva, sem falar na sua falta de adaptação ao futebol europeu, tem sem dúvida grande qualidade. Nunca tive dúvidas sobre a capacidade deste jogador, que tem muita velocidade, grande capacidade de luta e uma vontade quase equiparável à do Carlos Martins.

O que ele precisa é estar com a equipa, aprender as rotinas de jogo e as manhas necessárias para jogar num campeonato europeu. São 5,5 milhões de euros que temos de lapidar e valorizar, não mandar para o esquecimento.

Embora o James Rodriguez tenha sido utilizado (finalmente) no jogo contra os Limianos, nunca (pelo menos eu) se viu alguém na imprensa a por em causa o investimento do Fóculporto nos mais de 2 meses em que ele andou desaparecido.

Mais uma vez tentam vender jornais aos mais desapercebidos benfiquistas para fazerem dinheiro à custa do glorioso...

Agora sou eu que digo...ACORDEM!

(In)Sucesso de Empréstimos - Actualização

 ●  + 3 comentários  ● 
No tópico Muito Preocupante (Emprestados) sobre os emprestados concluí na altura o seguinte: "Cerca de 27 jogadores emprestados e apenas 12 utilizados regularmente nas respectivas equipas, ou seja, menos de metade dos empréstimos do Benfica resultam realmente em utilização dos jogadores. A estes casos poderemos ainda juntar Helio Vaz, Balboa e Zoro que não são utilizados no SLBenfica".

Passado sensivelmente um mês, actualizando essa informação, chegamos à conclusão que... nada mudou!

O caso mais dramático e chocante é Rodrigo, que continua sem contar um minuto que seja, representando 6M€ parados em Inglaterra. Se já era mau pensar que se mandou para a Premier League um jogador com o objectivo de o preparar um jogador... para uma liga modesta como a portuguesa, pior se tornou agora quando concluímos que gastámos 6M€ e o jogador está parado! Não se adapta a Portugal, não se adapta ao SLBenfica e não evolui.

Entre os demais estrangeiros, Urreta "pegou de estaca" no Deportivo da Corunha, mas está parado devido a lesão, mas estava a destacar-se e a mostrar que poderia ter sido opção na Luz na falta de alas que temos este ano. Já no Vasco da Gama, Eder Luiz e Fillipe Bastos fazem-nos recordar Roger, o brasileiro que quando regressava o Brasil era só grandes jogos, mas quando chegava ao futebol europeu (mais rápido e pressionante)... desaparecia.

De resto Marcel, Shaffer, Patric e Adu continuam a não justificar qualquer regresso à Luz ou sequer alguma vez terem sido contratados. Yebda também continua ausente dos titulares ou sequer das opções no Nápoles.

Entre os mais jovens Nelson Oliveira, David Simão, Miguel Rosa e Yartey estão a confirmar e afirmar-se no Paços de Ferreira, Belenenses e Fátima mostrando que poderiam estar na Luz a ocupar o lugar de outros menos qualificados. No "pack" do Fátima, além do Yartey apenas André Carvalhas, João Pereira e Mário Rui são apostas regulares, sendo depois Leandro Pimenta, Rafael Costa e Evandro Brandão escolhas complementares.

Ruben Lima continua sem jogar no Beira-Mar, tal como Jan Oblak (ainda que hoje este esteve em excelente plano para a Taça da Liga). O mesmo destino têm tido Jorge Ribeiro, Romeu Ribeiro, Miguel Victor, Lassana Camará e André Soares.

A avaliação que continuo a fazer é de que a política de empréstimos do SLBenfica foi muitíssimo mal preparada, senão vejamos:

- Rodrigo custou 6M€, não foram 6mil€ nem 600mil€... foram 6M€. Acabou depois emprestado à solução mais fácil: O clube que concorria com o SLBenfica por ele! Em teoria era fácil... se o querem é porque ele vai jogar. Como se não bastasse optou-se por isso com um clube de uma das melhores ligas da Europa. Quem vai para lá jogar e quer regressar cá para o burgo?

- Marcel (3,5M€), Shaffer (2M€), Patric (2M€), Adu (1,5M€), Eder Luiz (3,6M€), Yebda (custo zero) e Filipe Bastos (custo zero) demonstram ser jogadores sem qualidade para o Sport Lisboa e Benfica. Regressaram aos países de origem com menos de um ano no SLBenfica e 12,6M€ (+ Salários) gastos!

- Um dos melhores produtos da formação do SLBenfica, em vez de evoluir em Portugal perto da nossa observação, está "a passar férias" na Suiça - Lassana Camará. Como ele, também Miguel Victor poderia estar a evoluir em Portugal e está parado na segunda liga inglesa.

- A colocação tardia, em cima do fecho das inscrições, de Oblak e Ruben Lima tem-se traduzido na sua ausência das opções do Beira-Mar que, aparentemente, tinha já as escolhas definidas com jogadores a quem paga ordenados, pelo que não privilegia outros que nem lhes custam dinheiro.

- Com quase de 10 jogadores do SLBenfica, o Fátima apresentou-se como a solução para "despejar" sem critério os jogadores da nossa formação. Que vantagens tem juntar tantos jogadores na mesma equipa, com um treinador que falhou na formação?


Nelson Oliveira e David Simão, que contam com um treinador benfiquista e "formador" são possivelmente a única demonstração de perspicácia na colocação dos jogadores, pois Miguel Rosa no ano passado justificou integrar um plantel da Liga Sagres este ano, tal como Yartey que é claramente um jogador evoluído para a sua idade, mas que precisa de um treinador com "pulso". Por fim Urreta justifica claramente que poderia (e deveria) ter ficado no plantel numa temporada em que não temos nem um sequer jogador de raiz para as alas.

Em resumo são 27 jogadores (+3 que estão parados no Seixal são... 30), cujo aproveitamento e desenvolvimento efectivos se resume a cinco deles. Ou seja, 82% dos jogadores emprestados não representam apostas nos clubes de destino, com potencial para regresso à Luz em condições de garantir retorno desportivo. Se excluirmos os seis estrangeiros que custaram 12,6M, a taxa de desaproveitamento reduz para 75%, ainda assim muito elevada.

SOLUÇÕES? Repensar e antecipar a política de empréstimos com base em:
» Seleccionar criteriosamente o leque de clubes em função dos objectivos a atingir para cada jogador
» Colocar os jogadores a custo zero nos clubes e com prémios de incentivo financeiros pela utilização e performance dos jogadores
» Colocação dos jogadores no início da definição dos planteis na pré-temporada e privilegiar o futebol português
» Lutar na Liga de Clubes pelo regresso das equipas B com capacidade para chegarem à Liga Orangina

domingo, 17 de outubro de 2010

O enchimento do copo - Mais um acto

 ●  + 22 comentários  ● 
Depois de ontem ter falado no copo meio cheio ou meio vazio a propósito das expectativas dos sócios sobre o negócio DiMaria, mais uma vez aplica-se a mesma teoria sobre Fernando Gomes e a entrevista que deu a DN.

Copo meio vazio:
- Não assume qualquer ruptura com Pinto da Costa
- Fala com orgulho e saudade dos anos no FCPorto
- Não nega o interesse na sucessão de Pinto da Costa
- Considera as escutas ilegais no Apito Dourado
- Deixa entender um apoio à recandidatura de Madaíl
- Nega que a FPF esteja ilegal, apenas não está de acordo com RJFD

Copo meio cheio:
- Não revela conversas e acordos tácitos, mesmo os reveláveis
- Tem um projecto de gestão para a Liga assente nas receitas
- Apresenta ideias de dinamização da Liga e do Futebol (equipas B, patrocínios, etc)
- Assume um modelo de apoio/solidariedade aos clubes sem receitas
- Sustenta a atitude de Vitor Pereira na análise das arbitragens
- Relativiza a centralização dos direitos televisivos, dando a batalha como inútil

Escolham a opinião que querem ter (LINK). Eu mantenho que se trata de um "político" com agenda própria em defesa do Sistema que pretende controlar o futebol português durante a próxima década.

recentes

ranking