Exclusivo: Um Benfica perdido na insignificância do futebol português ou um Benfica para a Europa
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 25 de julho de 2018

Exclusivo: Um Benfica perdido na insignificância do futebol português ou um Benfica para a Europa

 ●  + 128 comentários  ● 

Errar uma vez é humano (embora caro). Errar duas vezes é incompetência. Errar mais vezes já é intencional.

Vem esta reflexão a propósito da forma como a atual liderança do Benfica (clube e SAD) antecipou e preparou a época de 2018/19 no que diz respeito ao futebol profissional. É óbvia (agora até para os mais distraídos) a importância da presença do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA. 

Arrisco a dizer que duas épocas fora desta fase da competição afastam em definitivo o Benfica do comboio dos grandes. Não só o Benfica não se afirma na Europa e as suas receitas não crescem (fator essencial para potenciar o salto competitivo que se exige), como (e sobretudo) aumenta o fosso entre o Benfica e os colossos do futebol mundial (onde o Benfica deveria estar). Adicionalmente, perde-se a hegemonia do futebol Português para aquele (ou aqueles) que conseguirem estar na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Sendo assim, o que se espera que o futebol profissional do Benfica faça na presente época? Que esteja na fase de grupos da Liga dos Campeões e também que seja campeão nacional (como única forma de garantir a presença nesta fase da Liga dos Campeões na época seguinte). Qualquer desfecho para esta época que não contemple a concretização destes dois objetivos traduz-se numa época fracassada que irá comprometer as legítimas aspirações dos benfiquistas de verem o Benfica afirmar-se como um dos grandes do futebol mundial. 

Perante tal fracasso (que sinceramente espero não se verificar), a liderança terá de assumir as suas responsabilidades. Deverá ser assim em qualquer organização gerida de forma profissional. É aquilo que a literatura das áreas da ética e governação empresarial designa de accountability. É uma palavra inglesa que não tem tradução direta para a língua Portuguesa (responsabilização é a palavra em Português cujo significado mais se aproxima do pretendido, sem, contudo, ser sinónimo). Talvez por este motivo não seja um conceito verdadeiramente presente na liderança do Benfica.

Ainda estamos à espera de uma explicação para a displicência com que a época anterior foi preparada e abordada, quando nos apercebemos que a abordagem está a ser a mesma para a época recentemente iniciada. Constata-se que esta tem sido a receita seguida nas últimas épocas com resultados catastróficos para a competitividade internacional do Benfica e sabemos a importância dos dois objetivos referidos atrás no contexto da presente época. 

Então, retomando a reflexão com que se iniciou o presente texto, questiona-se sobre qual o propósito desta abordagem intencionalmente seguida pela atual liderança. Esta explicação ainda não foi dada aos benfiquistas e o argumento do equilíbrio financeiro com sucesso desportivo, apregoado no último relatório e contas anual, não tem aderência à realidade (sucesso desportivo é coisa que não se tem visto quando competimos com os melhores e a redução do passivo é um objetivo que apenas tem sido alcançado de forma modesta – substituir empréstimos bancários por outra forma de passivo não conta para este efeito).

É consensual que o plantel do Benfica na época passada era curto (em qualidade) para competir na Liga dos Campeões. Exigia-se, assim, o reforço do plantel com a contratação de alguns atletas que tivessem condições para entrar no onze titular. No mínimo (e na minha opinião sempre discutível), exigia-se a contratação de um guarda-redes, de um lateral direito, de um central, de um “8” e de um avançado com qualidade que pudessem entrar no onze. Nesta fase da época (mais uma vez na minha opinião) continuamos sem reforçar o plantel com soluções que resultem numa melhoria substancial de qualidade nos setores atrás referidos.

Já sei que não vamos aumentar o passivo para contratar atletas. Mas se assim é e se a consequência lógica desta restrição é o fracasso desportivo, então a estratégia que estamos a seguir só tem um nome: downsizing (sou novamente forçado a usar a terminologia inglesa na medida em que não existe palavra em Português que capture na totalidade o que se pretende dizer). 

Passo a explicar:

· Não reforçamos o plantel para não aumentar o endividamento.

· Como consequência, somos menos competitivos e isso leva a insucesso nas competições onde participamos (diretamente ou indiretamente vai refletir-se na Liga dos Campeões da UEFA).

· O insucesso desportivo leva a menores receitas, o que se traduz em menor capacidade de autofinanciamento.

· Sem autofinanciamento e sem endividamento não podemos investir em qualidade no plantel, pelo que o insucesso desportivo se acentua.

· Esta espiral negativa irá convergir para um ponto onde estaremos irremediavelmente afastados dos grandes palcos do futebol mundial, perdidos na insignificância do futebol Português, sem receitas, sem prestígio e SEM FUTURO.

Ainda estamos à espera da loucura que há uns tempos atrás foi anunciada… ou então a loucura é precisamente esta. Abdicar de um Benfica poderoso no futebol mundial e desfazer o sonho europeu de muitos benfiquistas.

Não teria sido possível alienar os passes de atletas com mercado como o Talisca e o Jimenez, assim como de uma ou duas dezenas de atletas emprestados e, com isso, libertar 50 ou 60 milhões de euros que poderiam ter sido investidos na contratação de atletas com as caraterísticas atrás referidas? 

Como é possível que o Benfica tenha perdido a oportunidade de se reforçar com atletas de qualidade que estavam livres, inclusivamente de adversários nacionais? 

Ao não o ter feito, não só perdeu a oportunidade de se reforçar verdadeiramente, como ainda permitiu que o rival reúna condições para agora, livre de uma liderança lunática, poder conquistar o título nacional. Os benfiquistas agradeciam uma explicação por parte da atual liderança para estas questões (a tal accountability já referida).

Acredito verdadeiramente que o Benfica reúne as condições (sobretudo base de adeptos) para dar o salto para o patamar competitivo dos grandes clubes europeus. Com algum investimento em qualidade é possível dar o passo no sentido da criação de uma espiral positiva. Essa espiral irá certamente convergir num ponto em que o Benfica estará no patamar competitivo mais elevado, terá capacidade para gerar maiores volumes de receitas, para contratar e reter estrelas, para reduzir o passivo e aumentar a sua liquidez, à semelhança dos grandes do futebol mundial. 

Em suma, irá convergir para um patamar competitivo sustentado e sustentável que permita ao Benfica tornar-se O MAIOR E O MELHOR CLUBE DO MUNDO.

128 comentários blogger

  1. //Não teria sido possível alienar os passes de atletas com mercado como o Talisca e o Jimenez, assim como de uma ou duas dezenas de atletas emprestados//...ainda foram renovar com luisao e so ai estao 2,5, ke dava pr pagar o ordenado de um bom jogador!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso foi mais uma opçao do Vieira. Pagar reformas a jogadores aposentados. Mas os resultados desportivos nao enganam. Se depois de 6 derrotas as coisas continuarem a correr mal na LC, Vieira tem de assumir a responsabilidade das suas opçoes.

      Eliminar
  2. O Benfica desde que Vieira chegou simplesmente não constrói equipas para a Europa

    Infelizmente a nossa guerra é outra

    Uma guerra interna e desigual onde o Benfica lentamente tem ganho muitas batalhas

    Mas até que o Apito Dourado seja eliminado de vez em Portugal nunca conseguiremos almejar um título europeu.

    Hoje sao os emails amanha será outra coisa qq

    Ha que confiar nos agentes da justiça que são imparciais e a seu tempo caçarão alguns dos seus pares corruptos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não será tanto desde que Vieira chegou. será mais desde que Manuel Damásio chegou.

      De qualquer modo, Jesus teve duas finais da Liga Europa, que não é a Champions, mas é ganhável e não deixa de ser um troféu internacional.

      E com Rui Vitória até disputou uns quartos de final com o Bayern.

      Como é óbvio pelos timings, os e-mails visam apenas desestabilizar. Começaram na pré-época passada, depois de um encontro num hotel para se combinarem cenas do andebol, e recomeçaram já esta pré-epoca, pelo sim, pelo não.

      Eliminar
    2. Sim, há que confiar na justiça do tipo Cabanelas...

      Eliminar
    3. Disputar quartos de final é o mínimo dos mínimos para um clube como o Benfica.

      Eliminar
    4. 4os é o mínimo? 8equipas com mais responsabilidade que atingir os 4os que o Benfica. Real, Barça, PSG, Juventus, ManUtd, Man City, Bayern, Chelsea. Deixo de fora equipas como atlético, Milan, Inter, Arsenal, Borussia… 4os é o minimio baseado em que? achismo!

      Eliminar
  3. Viva,

    Concordo que a época passada foi negativa e mal planeada e foi algo devidamente explorado neste blog, mas atenção o SLB falha a conquista de algo inédito o PENTA, isto quer dizer que o SLB vinha numa sequência de títulos nacionais, tendo tido igualmente razoáveis participações na Champions que permitiu inclusivamente bons encaixes financeiros.


    Penso que vínhamos igualmente de uma boa estratégia de aposta nas camadas jovens é ver que com a contratação da atual equipa técnica já lançamos no plantel principal Renato, Ederson, Guedes, Lindelof, Nelson Semedo e atualmente temos Ruben Dias como mais valia no plantel principal, com isso alcançamos títulos e fez-se bons encaixes financeiros.


    Se formos a ver então eu preferia que tivesses referido que mal fez o SLB em vender estes jogadores (Mitroglou incluído) isso sim teria sido uma boa estratégia e até algo prometido por LFV, não era melhor pagar bem a Renato e mante-lo mais uns tempos no clube ? ;)


    E já agora as verbas da Champions vieram mudar um pouco as estratégias de investimento no plantel, mas isso foi algo que aconteceu a época passada já em curso (julgo), este ano o SLB já fez alguns investimentos interessantes, Conti e Ferreyra pe e mantem a meu ver e muito bem a aposta em jovens da casa, Yuri Ribeiro, Alfa Semedo, Ruben Dias, Brno Varela, Gedson, Félix e até Parks, parece-me bem.


    Abraço


    Targarien

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o futebol cada vez mais é oportunidade, senão vejamos e se o Renato tivesse ficado no Benfica e tivesse desaparecido como veio a acontecer, teria sido um jogador a menos e 25 milhões a menos...

      Eliminar
    2. Em primeiro lugar vem a realidade!!!
      Quantos países com um PIB igual ou inferior a Portugal tem clubes com melhor ranking na Europa?
      Quantas empresas (o capital/€ é que conta) tem Portugal de dimensão?
      O que fazer quando o valor pago ao ultimo classificado de Inglaterra pelos direitos televisivos é superior ao melhor de Portugal?
      Muito bem trabalham os clubes Portugueses para tentarem competir a nível da Europa.

      Eliminar
    3. Viva Júlio,

      Eu não disse que não compreendia as vendas do clube, mas se pagamos por exemplo a Zivkovic o que se paga, porque não pagar aos nossos meninos por exemplo fazer já igual a Ruben Dias? E seguramente que estariam recetivos a ficar mais um tempinho


      Targarien

      Eliminar
    4. O desinvestimento começou com a venda de Gonçalo Guedes, que nos custou uma dolorosa derrota na Liga frente a um treinador ranhoso que merecia perder. Daí para a frente parece tudo premeditado para falhar o penta, o enterro dos dois rivais e a ida à Champions. Vieira tem de ser chamado a prestar contas.

      Eliminar
    5. É uma ideia com a qual concordo. Pagar melhor aos melhores e retê-los por mais tempo.

      Eliminar
    6. Alerta Vermelho25 julho, 2018 17:42

      " Concordo que a época passada foi negativa e mal planeada e foi algo devidamente explorado neste blog,..."
      Foi algo devidamente explorado?! Foi intensamente avisado durante o defeso pelos legitímos BENFIQUISTAS, (não por aqueles que estão lá para lamber as botas a LFV), para os lacaios de LFV, as coisas estavam muito bem. Agora depois dos mais que previsíveis resultados, outra coisa não lhes resta do que reconhecerem, é algo como acertar no totoloto depois do sorteio. Enquanto lá estiver gente,cujo principal objectivo seja defender os seus interesses pessoais, não se vai sair desta mediocridade!

      Eliminar
  4. meu caro, ou jogas demasiado FM ou es demasiado romantico na tua analise.
    nem slb, nem fcp nem scp terao a curto, medio e longo prazo qq hipotese de competir com os "grandes" europeus, isto a nivel de champions, liga europa ainda vai.

    tens Fulhams a pagar 40M por jogadores pouco conhecidos, o Liverpool a estoirar 70M (mais do que oos 3 grandes portugueses juntos), gajos que preferem ir pra China ou Medio Oriente ganhar dinheiro do que vir para Portugal e por ai fora...

    os 3 grandes estao enterrados ate ao pescoco, adiantam receitas de anos futuros, comprar e vendem a prestacoes...

    aguenta mo nos (liga portuguesa) ainda muito bem qdo comparando com a liga holandesa e belga (as mais ou menos parecidas) mas nao falta para estarmos ao mesmo nivel, e isto pq Russia, Ucrania e a espcaos Turquia, teem milionarios que investem a bruta e vemos essas ligas a passarem nos.

    portanto, terao os 3 grandes que se "venderem" a estes "sheiks" e "chineses"? parece me que ja faltou mais

    mas uma coisa e certa, o ambiente de lixo do nosso tugalinho, nao ajuda...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou de acordo com muitos coisa, mas quando escreveu que os 3 grandes estão enterrados até ao pescoço, deve ter sido quando algo entrou alguma coisa nos olhos. O Benfica está enterrado em quê? Em dívidas? Se se refere aos outros 2 concordo inteiramente, mas o Benfica não está atolado em nada.
      Irrita-me esta constante propaganda dragarta sempre a malhar na mesma tecla. A tecla já está desafinada.

      Eliminar
    2. O Benfica tem uma capacidade de originar receitas bem superior à dos rivais. Já li neste blog e estou de acordo que o Benfica tem que ter como bitola os melhores clubes e não os outros portugueses que não estão ao seu nível.

      Eliminar
    3. "O Benfica tem uma capacidade de originar receitas bem superior à dos rivais." e na europa há 25 equipas com mais capacidade de originar mais receitas que o Benfica… qualquer equipa inglesa ganha mais por participar na PL do que o Benfica ganharia a vencer a Champions! Noçao!

      Eliminar
    4. és repetitivo sem dares alternativa. lfv não só fez o Bwenfica perder o penta como fez o foculporto ter já garantido 46 milhões da champions e mesmo assim estão aflitos para comprar jogadores. se tivessem que disputar a 3ª eliminatória e o acesso a acabar a dias do fecho do mercado, aos dias de hoje nem tinham o que pagar aos que lá estão, tinham a pré-época em estado lastimável. quem lhes deu oxigénio?

      Eliminar
  5. Resumo realista da história do futebol do Benfica na Europa:

    Anos 00 a 40 : nada a assinalar de especial
    Anos 50 : conquista de uma Taça Latina em 1950 e depois pouco mais a assinalar
    Anos 60 : conquista de duas Taças dos Campeões Europeus e várias finais. A melhor equipa da Europa.
    Anos 70 : nada a assinalar
    Anos 80 : nada a assinalar
    Anos 90 : presença em duas finais da Taça dos Campeões na viragem da década e pouco mais
    Anos 00 S XXI: nada a assinalar
    Anos 10 : presença em duas finais da Liga Europa e pouco mais a assinalar

    Conclusão: tirando a gloriosa e inesquecível década de 60, a nossa presença na europa é esporádica, mesmo com o esforço de grandes presidentes.

    Claro que na minha cabeça de Benfiquista o clube parece mais importante do que a história indica.

    É a vida. :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em 1982/1983 perdeu uma final da taça UEFA com o Anderlecht.

      Eliminar
    2. Exato, ando à anos aqui a bater na mesma tecla quando se fala do passado glorioso do SLB. Mesmo dentro de casa vemos esta tabela https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_S.L._Benfica_managers para perceber que desde o Cosme Damião que não há treinadores com mais campeonatos conquistados que Jesus e que é preciso recuar aos anos 70 para apanhar um treinador Jimmy Hagan com mais um campeonato conquistado que RV.

      Para um mau treinador, um presidente que quer destruir o clube, com maus jogadores e o Pizzi, é preciso ter imenso azar e as estrelas todas desalinhadas para mesmo assim conquistar 17 troféus em 10 anos e chegar 2 vezes a uma final da liga europa.

      Depois há o delírio de achar que um clube em Portugal em 2018 pode almejar ser um grande no mundo, este ponto acho que são resquícios dos descobrimentos, alguém no seu perfeito juízo acha que podemos competir com clubes que pagam 220M por um jogador? (e mesmo assim não passou os 8vos da champions)

      Podemos ter a sorte, sendo o futebol um jogo com milhões de variáveis, ganhar um jogo com o Borussia por 1-0, mas foi uma anomalia estatística, em 10 jogos perderíamos 9.

      Vejo neste delírio um BdC que diz que vai ser campeão ou que agora tem projecto para vencer um título europeu. E não interessa quanto jargão técnico e chavões se utilizam no texto, não é por aqui que se muda a realidade.

      Eliminar
    3. Paulo Duarte. Nem mais!!

      Eliminar
    4. AO anónimo 25 Julho, 2018 11:06:

      Eu até podia por aqui uma data de LOL's mas não valia a pena. Não percebes nada do que estás a dizer, e só dizes generalidades:

      Este é que é o verdadeiro resumo realista da história do Benfica na Europa:

      * Nos anos 1940 o Benfica derrota o grande Torino
      * Nos anos 1950 o Benfica conquista uma Taça Latina e perde mais uma final contra o bicampeão europeu Real Madrid em pleno Santiago Bernabéu por 0-1. E faz mais um 3º lugar; O Benfica em termos de top-3 é a 2ª equipa na história no ranking da Taça Latina.
      * Nos anos 1960 o Benfica é a equipa que mais pontos acumulados faz nas competições da UEFA.
      * Nos anos 1970 o Benfica chega a umas meias-finais da Taça dos Campeões com acumulado de 0-1 frente ao Ajax, e mantém presenças no mínimo top-8 europeu (72-75-76-78).
      * Nos anos 1980 o Benfica chega a 3 finais das provas da UEFA, umas meias-finais da Taça das Taças com resultado final 1-2 frente ao vencedor da Taça da Alemanha de Leste e 3º classificado da época transacta do campeonato local.
      * Nos anos 1990, o Benfica continua a acumular top-8 e top-4 em várias competições da UEFA. O Benfica do odiado Artur Jorge faz um 0-2 contra um Milan!

      Conclusão:
      * Os jovens de hoje não fazem ideia do que é o Sport Lisboa e Benfica.
      * Os jovens de hoje confundem ganhar provas europeias como única forma de prestígio europeu.
      * As competições europeias sempre foram mais difíceis do que imaginamos. Chegar "lá" não é para todos.
      * O Benfica na viragem para o século XXI era ainda o 2º clube europeu no ranking da Taça dos Campeões/Liga dos Campeões.
      * O Benfica foi duas vezes campeão europeu consecutivamente, e podia ter feito um tri.
      * O Benfica está no top-8 de finais da UEFA.
      * O Benfica é o 2º clube da europa com mais finais da UEFA perdidas.
      * O Benfica é o QUINTO clube europeu com mais presenças nos quartos-de-final
      * O Benfica faz parte da elite europeia de clubes com 50% de rendimento total de presenças no mínimo nos quartos-de-final (top-8).
      * O Benfica é o DÉCIMO clube europeu com mais presenças nas meias-finais. Está a 2 do Manchester United, a 3 do Inter, a 4 do Milan e do Liverpool. Só 4 equipas europeias ultrapassam as vinte presenças, e só 12 ultrapassam as 10 presenças (O SLB é uma delas).
      * O Benfica é o PRIMEIRO clube europeu a cair mais vezes NO MÍNIMO nos quartos-de-final.
      * O Benfica caiu tantas vezes nas meias-finais como o Milan, menos 1 que o Liverpool, menos 3 do que a Juventus.
      * O Benfica é o 8º clube do ranking europeu da UEFA em pontos, à frente do Manchester United.
      * Só há 6 clubes na europa com mais de 400 jogos disputados na UEFA: O SLB é um deles.
      * O Benfica luta neste momento com o Milan, o Inter e o Manchester United para ser o 6º clube europeu a ultrapassar as 200 vitórias na UEFA.
      * O Benfica é o 7º clube europeu com mais golos marcados na UEFA. São menos 5 golos do que o Liverpool.


      CONCLUSÃO:

      Por tudo o acima indicado, o Benfica FAZ PARTE da elite europeia.

      O Benfica tem uma história ÚNICA na Europa, vindo de um país periférico, e sempre lutou com e entre os melhores. Em suma, o Benfica é um anti-Paulo Duarte.

      Muitos clubes italianos, espanhóis, ingleses e alemães não têm grande património na UEFA, ao contrário do Benfica. O Benfica tem O DOBRO das presenças do Arsenal e do Borussia de Dortmund nas meias-finais da UEFA!

      Não queira JAMAIS um Benfiquista pôr em causa o prestígio europeu do Benfica nas provas da UEFA!

      Honrai agora os ases do passado.

      Eliminar
    5. O pá manda cagar estes cromos eles não sabem o que dizem são pagos para falar bem do patrão e digo te mais nem põe os pés no estádio mas enfim
      O BENFICA É UM GRANDE DA EUROPA É DO MUNDO ANDA É DORMECIDO

      Eliminar
    6. Eu sou um jovem com quase 60 anos e não comemoro vitórias individuais.

      Ganhar ao GRan Torino pode ser um troféu para o Sporting não para o Benfica.

      Bem como 3 os lugares e afins.

      Anónimo das 11:06

      Eliminar
    7. Anónimo25 Julho, 2018 15:47

      Esqueces-te que houve anos em que podíamos ir buscar jogadores da seleção brasileira por um saco de tremoços e caixotes de argentinos, faz-me lá a história épica do glorioso após a lei Bosman, da transferência do Figo para o Real, e da entrada da metodologia do treino nos clubes. Não perceber a complexidade do mundo actual e em particular do futebol não tem mal, mas mandar postas de pescada com bases num mundo que já não existe é demagogia ao nível do mais rasteiro político, ou até do Rui Santos.

      Eliminar
    8. Muito boa resposta Anónimo das 15:47. Obviamente que no quadro actual todos os nossos feitos do passado mais e/ou menos recente têm perdido o peso que já tiveram, mas jamais serão apagados da história.

      Eliminar
    9. Alertta Vermlho25 julho, 2018 17:49

      Afinal, estamos no estado nirvana, e nem sequer temos consciência! Somos uns ingratos! Com esta direcção, até nem precisamos de ganhar nada, para sermos melhores do que nunca! BENFIQUISTAS, parem de ser chatos, e deixem que LFV, permaneça ad eterno no BENFICA, a tratar dos seus interesses pessoais!

      Eliminar
    10. O que eu assina-lo é que te partia essa boca toda seu desonesto de merda. De Benfica es como o Vieira...n tens nada!!!

      Respeita o Benfica cbr.

      Daniel

      Eliminar
  6. O português é uma dificuldade, como se nota com o uso de termos do management (gestão não tem a exactidão do termo gringo).

    E nota-se também na "aderência à realidade", quando o correcto é "adesão à realidade".

    No mais, de acordo. Ou quase: falta contratar, para pegar de raiz, um guarda-redes, um defesa direito, um defesa esquerdo, um 6 e um 8. Pelo menos 5 jogadores, para evitar lesões e para ter os lugares garantidos. E eu comprava também um extremo direito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem não tem dinheiro nem nunca fez um negócio é muito fácil falar em contratações.
      Estamos há 2 semanas a tentar contratar um jogador, bom jogador mas não é fora de série, de um clube de 2ª linha espanhola e vejam as dificuldades que existem. A realidade não é o FM!!

      Não acho que precisemos de mais reforços. Por agora. Temos de ver o que os novos fazem depois dos próximos 3 jogos contra equipas fortes. Não acho que precisemos de defesas esquerdo e direito. Os que estão chegam até porque são jovens e têm uma grande margem de progressão.

      Eliminar
    2. Mas não tivémos dificuldade em contratar por 22 milhões um jogador de 2a linha que agora já nem serve.

      Eliminar
  7. Onde está a "loucura" com que Vieira calou os sócios numa Assembleia geral marcada para uma segunda-feira à noite?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem ainda não percebeu, a loucura foi feita mas não foi aceite. Neste momento, estamos noutro momento de loucura, a tentar contratar um médio de uma equipa espanhola que subiu da 2ª divisão por mais de 10M.

      Eliminar
    2. Foi a renovação do Luisão.

      Eliminar
    3. A loucura foi feita no ano anterior quando abdicámos do penta e demos vidas aos corruptos de consumi-lo...

      Eliminar
    4. Aguardamos por essa loucura.

      Eliminar
    5. LFV agora só compra se, como o FCP, puder devolver os jogadores, no caso de ficar fora da Champions.

      Eliminar
    6. Águia Preocupada25 julho, 2018 23:29

      A loucura? Foi a contratação do Luisão!!! Não foi loucura! Foi demência patológica adiantada...

      Eliminar
  8. Acho que se pode traduzir o accountability pela expressão , caída em desuso, "prestar contas". O facto da expressão ter caído no "caixote do lixo" da História, diz muito sobre a nossa Sociedade.

    ResponderEliminar

  9. Caro Scaramanga pode esperar sentado para a conclusão desta narrativa se quizer preservar às suas pernas o cansaço da desilusão.
    primeiro,a massa salarial dos funcionàrios do SLB explodiu,essa gestão made in DSO,com a benção de LFV é aquela que permite dàr salàrios chorudos a gente que vive do BENFICA é a unica razão pela quàl o passivo não baixa de maneira significativa,finalmente quando LFV diz que pode ficar presidente vitae eternum é a unica razão da sua estratégia, como,casas do benfica com direito a 50 vozes o proximo candidato a presidencia do BENFICA vai para uma batalha titanesca o LFV blindou o clube de profissionais anti-benfica que recebem ordens de LFV,DSO,e o resto é paisagem, às vezes questiono-me sincéramente se o LFV não é a verdadeira a toupeira dentro do BENFICA as razões são mais que muitas, exemplos das decisões duvidosas fazem montanhas,a ultima do seu interesse pelo BENFICA é a nomeação dum vice para a restruturação da divida da PROMOVALOR se isto não interpela os verdadeiros BENFIQUISTAS então o nosso destino vai continuar a sêr simples pagantes de cotas e compràr camisolas e bonés para alimentarmos a esperança que um dia as coisas vão mudar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E soube-se agora com a última pedincha de 45 milhões que esse Vice, empregado do Vieira na Promovalor, é neste momento elemento da SAD,onde embolsará por certo mais uns quantos...cêntimos. Ou não?

      Blindado? Blindado e à prova de bala!

      Eliminar
    2. Os únicos remunerados da SAD são o Rui Costa e o Domingos Oliveira. Os outros nenhum ganha um cêntimo incluído o LFV!!
      É inútil continuar a mentir!

      Eliminar
    3. São muitos pontos que legitimamente mereceriam respostas claras.

      Eliminar
  10. Partilho do essencial do que escreveu no seu post. Explicacoes da parte de quem dirige penso que nao as iremos ter. Isto em si mesmo cria legitima desconfianca e espaco para todas as especulacoes.
    Parece-me que o futuro de LFV no Benfica, e como consequencia o futuro do clube, se vai comecar a jogar a serio neste mes de Agosto. Sejam quais forem os resultados (e espero que sejam bons)e cada vez mais claro para mim que o ciclo LFV esta esgotado e que o SLB precisa de ser pensado doutra forma. Mais a Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Champions vai marcar o futuro de qualquer clube que queira ser grande lá fora. Ao contrário, quem não estiver na Champions vai regredir e limitar-se a ser um clube regional.

      Eliminar
  11. Bom artigo de reflexão, no geral. No entanto, não deixo de reparar que há uma coisa que não está correta, nomeadamente a crítica às contratações (ou falta delas):

    "continuamos sem reforçar o plantel com soluções que resultem numa melhoria substancial de qualidade nos sectores atrás referidos." - isto, em parte, não é verdade.
    O Benfica contratou Ferreyra e Castillo para avançados, sendo que até ao momento apenas Jimenez saiu. Tanto um como outro são uma melhoria substancial da qualidade do lote de avançados da época passada.
    O Benfica contratou não 1, mas 2 centrais. Estes 2 centrais foram considerados os melhores centrais do campeonato argentino, por alguma razão. Ainda não estão "no ponto", precisam de tempo de adaptação, mas, mais uma vez, penso que seja uma melhoria relativamente à época passada, a qualidade está lá. O Benfica terminou a época com 3 centrais: Luisao, Ruben e Jardel. Contando que Lisandro sairá, ficamos com 5 centrais. Na minha opinião, são demasiados e Luisao teria obrigatoriamente de por o seu lugar à disposição. Apenas admito este lote de 5 centrais se o Luisao praticamente não jogar durante a época.

    Quanto ao resto das posições, tens toda a razão. 3 posições carenciadas, 3 posições que não foram bem reforçadas:
    - GR: Odysseas já tem alguma experiência, é certo... mas não me parece ser o GR que o Benfica precisa e muito menos é uma escolha de grande valor. Do pouco tempo de jogo que teve até agora na pré-época, nota-se a sua dificuldade no jogo de pés e a sua dificuldade em sair da baliza, expondo demasiado o espaço entre ele e os defesas. Entre os postes, pouco deu para avaliar. Mais uma vez, perante o Varela da época passada e tendo o Svilar (enorme potencial, GR com futuro), seria crucial contratar um GR de créditos firmados que desse segurança à equipa e que permitisse ao Svilar aprender com ele.

    - DD: Ebuehi é uma incógnita e precisa ainda de aprender MUITO, especialmente a nível defensivo. Se André Almeida é jogador consistente, mas apenas um bom suplente, deveria ter sido contratado um jogador que entrasse de caras no onze.

    - MC "8": lacuna existente desde a saída do Renato... Pizzi não é 8, nem o são Zivkovic, Krovinovic, Samaris, nem ninguém no plantel. Surgiu agora (já devia ter sido incluído na equipa na épcoa passada) o Gedson - menino também com muito potencial e que acredito que ganhará o lugar facilmente (se lhe derem oportunidade.....). No entanto, não podemos estar dependentes do Gedson para a época toda! É muito jovem, tem pouca experiência a nível sénior e o nível de exigência é muito superior, com jogos nacionais e internacionais. Seria muito importante ter outro jogador, mais experiente, capaz de fazer a posição.

    Para concluir: está mais que na hora da Direção do Benfica acordar para a vida e colmatar as deficiências da equipa. Depois de uma época cheia de erros de planeamento e fracassos, seria ridículo se caíssem no mesmo erro... Faltam menos de 2 semanas para o primeiro jogo oficial, de uma importância extrema, e não se vêem contrataçoes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fejsa nunca dura a época completa e Grimaldo anda sempre lesionado e farta-se de fazer disparates e cometer erros. Nem Yuri Ribeiro, nem Gedson têm experiência que lhes permita serem asa primeiras soluções.

      Eliminar
    2. Corretíssimo no facto que SIM, foram feitas contratações esta época, pelo que essa insinuação/acusação/opinião do Scaramanga está errada.

      Ferreyra, Castillo, Ebuehi, Conti, Lema, Odysseas, Alfa Semedo. Mais as promoções de juniores e regressos de Yuri.
      Se são ou não “suficientes”? Opiniões.

      Discordo totalmente quanto a não termos “8”. Krovinovic é um 8, de elevadíssimo valor. Pizzi, igualmente - apenas um mal amado.

      Se vai chegar para atingir a fase de grupos? Veremos. Com Witsel, Oblak, Nelson Semedo, Garay e Matic seria mais fácil, certamente... :P

      Eliminar
    3. Anónimo, o Benfica não é o Real Madrid ou o Bayern. Não é possível ter 2 jogadores de alto nível por posição.
      Para suplente do Fejsa veio o Alfa Semedo que, do pouco que deu para ver, se percebe facilmente que tem potencial. E já tem experiência de primeira liga.
      Quanto ao Grimaldo... sim, tem vários problemas a nível defensivo que deveria melhorar. Mas dá um aporte ofensivo que o Almeida, do outro lado, nem sonha conseguir fazer. O Yuri é um bom jogador para suplente, acho justo que tenha vindo.

      Nuno Figo: deve ter percebido mal o meu comentário... passo a explicar novamente:
      As contratações não são suficientes e nem se trata de “opiniões”, é um facto. Tal como na época passada toda a gente via que a equipa precisava de reforços e não vieram.
      A falta de planeamento a nível de GR e DD é gritante. Para essas duas posições, que são as duas falhas mais evidentes do plantel, deviam ter vindo jogadores capazes de entrar directos no onze, de fazer a diferença. Nem Odysseas nem Ebuehi são capazes disso, neste momento. E o Benfica precisa PARA ONTEM que estas posições sejam reforçadas.
      E volto a repetir, agora sim, em forma de “opinião”: Krovinovic não é um 8, nem jogou a 8 no Benfica. Faltam-lhe capacidades a nível defensivo, nomeadamente de pressionar e recuperar bolas e outras coisas que o Gedson tem de sobra.

      Eliminar
    4. André: não ficou com a ideia(que poderemos confirmar ou não esta noite) de que o nosso treinador prefere apostar na equipa do ano passado que tão maus resultados apresentou?

      Eliminar
    5. Então os dois melhores centrais da Argentina, contratados pelo Benfica, não foram ao mundial.
      Talvez por isso foram cedo para casa

      Eliminar
    6. Scaramanga: infelizmente sim, fiquei com essa ideia. E também fiquei com a ideia de que, dos novos jogadores, apenas contam, para o onze, Gedson e Ferreyra/Castillo (dependendo da tática adoptada). Portanto, voltamos a bater na mesma tecla e concordo em absoluto consigo: mau planeamento. As posições que referi, nomeadamente GR, DD e MC ("8") estão, desde há 1 ano, deficitárias.
      Mas também lhe digo uma coisa, Scaramanga. A equipa do ano passado podia e devia ter rendido muito mais do que efetivamente rendeu, ainda para mais com a fraca concorrência, quando comparando com os últimos anos. E, apesar disso, não foi por causa de termos o Varela na baliza que perdemos pontos atrás de pontos. Foi porque a equipa não jogava futebol, porque as movimentações dentro de campo não existiam, porque haviam momentos de anarquia tática no processo defensivo...


      José Ramalhete: foram considerados os melhores centrais a atuar no CAMPEONATO ARGENTINO, é diferente. Se os melhores jogadores argentinos atuassem na Argentina, era muito mau sinal, nem ao Mundial iam (e, mesmo assim, quase que isso aconteceu). Convém saber do que se fala, para não cair no ridículo, senhor José.

      O Benfica tem uma dupla de centrais forte e consistente, com Jardel e Ruben Dias. Foram contratados mais 2 centrais e muito bem, porque Jardel e Ruben Dias não aguentam a época toda e podem também lesionar-se. No entanto, Conti e Lema precisam de se adaptar ao futebol português e europeu, mas tenho a certeza que poderão ser muito úteis ao longo da época. Apresentam características interessantes.
      O meu único medo, relativamente aos centrais, é a possível venda (já planeada ou não) de Ruben Dias, porque não faz sentido nenhum ter 5 centrais na equipa. Ou isso ou, como disse no post inicial, Luisao não contar. Se não contar, espero bem que não seja incluído na lista para as comeptições europeias.


      P.S.: Scaramanga, continue com o bom trabalho que tem vindo a desenvolver nestes seus primeiros artigos. É uma lufada de ar fresco a este blog, obrigado.

      Eliminar
    7. Como é que um dos jogadores com maior vencimento pode "não contar" como vaticinas?

      Eliminar
    8. André S.

      O aporte ofensivo de Grimaldo nas duas últimas épocas reflecte-se em 3 golos e 7 assistências. A falta ofensiva do melhor defesa, mas pouco atacante, André Almeida, reflecte-se em 3 golos e 7 assistências. Quanto a mim estamos mais bem servidos à direita do que à esquerda. E não só serve vários lugares (DD, DE, central, trinco), como não está sempre a querer sair não tendo provado grande coisa. E quando Fejsa se lesionar? Quem fica lá? Alfa terá traquejo?

      Eliminar
    9. Mas o Krovinovic não é um 8 porquê? Porque não tem 1,90m? Porque é um jogador criativo? Porque tem técnica? Porque sabe que mais importante que correr muito é correr bem?

      O Krovinovic pode ser um 8 ou um 10. Mas no Rio Ave jogou a 8 - e jogou muito bem - e no Benfica jogou a 8 - e jogou ainda melhor! Não sei se já repararam que o 10 puro quase desapareceu do futebol, de há muitos anos para cá. Têm sido recuados no campo, precisamente para a posição 8, ou derivados para a ala do pé contrário (ex. Bernardo Silva), como falsos extremos, para avançados interiores ou segundos avançados. Vocês é que pararam no tempo e continuam agarrados a clichés de há 30 e 40 anos - 'carregadores de piano', fortes, rápidos e burros, para as posições 6 e 8, 'artistas' que não precisam de defender (lol) para a posição 10. No futebol de hoje, todos atacam e todos defendem...

      Alguém já viu o Modric jogar, como segundo médio (8)??? É baixo e franzino, criativo com muita técnica, mas joga a 8 e farta-se de recuperar bolas...foi só o melhor jogador do Mundial!...devia deixar-vos a pensar, mas não...Antes dele o melhor 8 do mundo foi...Xavi!! Outro baixinho, muito criativo e com muita técnica - só para vos irritar lol

      By the way, o que disse de Krovinovic aplica-se tal e qual a Pizzi - embora o Krovinovic seja muito melhor, quanto a mim...

      Actualizem-se: os U2 já não são os maiores...

      Eliminar
    10. Anónimo:
      Tanto Grimaldo como Almeida têm imensas falhas defensivas, jogo após jogo. E aí não acho que seja só culpa deles. O treinador está lá para alguma coisa... o Benfica, ao jogar com uma defesa alta, corre riscos que são muitas vezes aproveitados pelos adversários. Aliás, nestes jogos de pre-época, observou-se em alguns. Então contra o Dortmund... tantas bolas a entrarem pelas alas.
      O Grimaldo tem velocidade e técnica que lhe permitem acelerar o jogo facilmente, coisa que o André Almeida não tem. É apenas por essa razão que penso que estamos melhor servidos à esquerda, porque defensivamente... são ambos medianos (para não dizer pior). André Almeida fez, de facto, uma época superior ao esperado, esteve bastante bem. Mas continua a ser curto para titular.

      Benfiquista Primário:
      Se quer que lhe diga, também o "8" vai perdendo alguma da sua antiga definição, como é natural e muito bem justificado por si relativamente ao "10".
      No entanto, falando no caso concreto do Benfica, falta claramente um jogador no meio-campo que consiga subir e descer com facilidade, transportar a bola, qualidade de passe e visão de jogo. O Krovinovic tem algumas destas características, mas não tem uma, muito importante, que referiu acerca do Modric: recuperar bolas.
      Por isso, na minha modesta opinião, é preciso alguém para a posição, com o Krovinovic mais adiantado, num esquema de 3 médios.

      Pizzi devia jogar onde pode render mais, médio interior direito. Mas seria muito mais benéfico se o lateral direito tivesse maior capacidade de chegar à frente (e qualidade).

      Eliminar
  12. Quantas vezes alguns de nós já escreveram aqui exatamente isso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho procurado ler artigos passados e fico com a ideia que sim.

      Eliminar
  13. LFV é incompetente!25 julho, 2018 12:28

    Não parece porquê?
    Porque no nosso campeonato os adversários são de um modo geral fraquíssimos e os principais rivais estão super-debilitados há meia década. Antes de Jorge Jesus foi um deserto e agora coiso.
    Profundamente incompetente na forma como gere a parte desportiva e financeira, mas como geramos receitas muito consideráveis, mesmo fazendo bosta da grossa consegue ganhar, ESSA É TODA A VERDADE.
    DIGAM O QUE QUISEREM, venham os nulos martins os doutores ou o trabalho.

    ResponderEliminar
  14. Acho que muitos benfiquistas são os primeiros a não acreditar que o clube pode ter uma dimensão europeia mais forte. Quando afirmam que se o clube ficar de fora da champions um ano como se fosse algo catastrófico é de alguém que vive iludido. Acho que ainda não perceberam a grandeza do clube. Estas tentativas de criarem uma pressão parva de tudo ou nada são muito infantis.

    Também muito infantil é a ideia que basta vender os dispensados e emprestados por muitos milhões e logo se torra o dinheiro em jogadores e somos logo campeões. Não é fácil vender bem os dispensados e emprestados porque todos sabem da sua condição que em nada os valoriza. E muito menos é contratar jogadores que sejam titulares de caras. Basta ter memória e ver o que acontece nos melhores clubes da Europa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mais um vieirista que BENFIQUISTA,és tu PG,JNM,etc,etc.

      Eliminar
    2. lá vem a mesma conversa da treta quando faltam os argumentos...

      Eliminar
    3. Não leve como ofensa o meu comentário, mas as suas palavras são adequadas a um adepto do Braga ou do Guimarães. O discurso conformista e que reduz o Benfica a um nível nacional não é compatível com a grandeza do clube.

      Eliminar
    4. Mas então porque existem tantos dispensados e emprestados para vender?
      E por quê o Mendes que mama tantas comissões, colocando no Benfica todo esse "lixo" não ajuda a vendê-los?

      Eliminar
    5. Alerta Vermelho25 julho, 2018 18:20

      Tem vergonha do teu comentário! O que escreveste, revela duas coisas: 1- estás a pôr as barbas de molho! 2- Queres continuar aí para sempre, e é bestante chato os adeptos estarem constantemente a exigir qualidade e resultados!
      Esta pressão constante, impede-te de tratares da tua vida pessoal, aí dentro do BENFICA, em paz e com tranquilidade!
      Ao que o BENFICA chegou!

      Eliminar
    6. Scaramanga,

      Eu simplesmente não aceito que exista algo que possa impedir o Benfica de voltar a ser grande na Europa. Os adeptos do Braga é que podem ver uma ida à Champions como life changer...

      Eu não sou conformista. Tenho é a noção da realidade do que é o desporto. Só pode prometer vitórias quem é louco ou quem tem os árbitros ou adversários comprados. Por isso eu também não exijo vitórias mas sim empenho máximo.

      Eliminar
  15. A questão que coloco novamente, porque no outro post não levou resposta é: o que é um jogador de top? E como é que podemos garantir que estará interessado em jogar no SLB, a não se que seja de passagem? O nosso campeonato não é um atractivo para nomes grandes. É preciso admitir-se isso. Aimar, Saviola, Casillas ou Schmeichel vieram em fases descendentes da carreira e conseguiram ir brilhando face ao medianismo que por cá grassa. Por outro lado, jogadores como o Seri a custarem 30M€ são coisas irreais. Há quem queira jogadores de topo, muito bem, sugiram nomes e vejam preços e depois pensem se os jogadores querem vir jogar em Portugal. Acredito muito mais no que o Mourinho fez no FCP, ao construir um plantel com os jogadores que queria e não com os que lhe foram impingidos, não porque fossem ou não de topo, mas porque tinham o que era preciso para se aguentarem com ele e lhe darem retorno em campo. E gostemos ou não, o resultado foi UEFA num ano e a Champions no outro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ricardo,

      Aimar, Saviola, Casillas ou Schmeichel vieram em fases descendentes da carreira e arriscava dizer que hoje, a maioria não vinha.
      O nosso futebol não é atrativo e dificilmente alguma vez será. Os campeonatos para serem atrativos, tem que ser saudáveis em fair play, nas entidades que regulam, entre clubes, na forma como as adeptos respiram futebol, nos apoios, na regulação, etc... Não é preciso aprofundar nenhum dos temas referidos, para sabermos, que não somos em nada!

      Chumbando nos vários pressupostos anteriores, passamos para outro campeonato... O campeonato dos que pode atrair, por ter poder financeiro e pagar grandes ordenados. Mais uma vez chumbamos e estamos a kms da Chinas, Arábias etc...

      Somos os que somos e urge medidas, união e pensar mais aprofundadamente no que se quer para o futuro do futebol português.
      Arrisco dizer, que o futuro passará pela formação de elite.

      Abraço

      Eliminar
    2. Competencia e competencias, muita competencia para fazer muito com menos. No Benfica actual parece-me que a competencia nao abunda (to say the least). Entao quando, como em entrevistas que lhe tenho ouvido, LFV tambem "ja sabe de futebol" e manda bitaites sobre a constituicao do plantel, estamos conversados.
      O exemplo mais recente, bem recente, e por muito que me custe reconhece-lo (e claro tambem com outro tipo de "ajudas")- o fcp do ano pssado.
      E ainda estou para ver se nao se ira repetir o mesmo com o zportem na proxima epoca.

      Eliminar
    3. Fernando, o único futebol de que o LFV percebe é aquele da tasca e com uns manípulos e bonecos presos. De resto, percebe tanto de futebol como eu de farsi. Bem falta nos fazia um Monchi como director desportivo, porque não há director desportivo no Benfica. Se o treinador deixa o presidente mandar no plantel, então que faça as malas ou se assuma como pau mandado. Não podemos é viver com isto. E note-se, não gostando do modo como RV coloca o SLB a jogar, dou-lhe margem de manobra e espero que aposte mais nos jovens e em quem merece, do que nas vacas sagradas.

      GG, eu continuo a deixar as perguntas no ar. Eu sei que ambos concordamos e há mais gente que concordará connosco. Se é viável que o SLB contrate um Thomas Lemar (custou 70M€) despachando Talisca, Jimenez, Salvio e outros, porque é que é raro ver um jogador de topo vir para Portugal? E quando digo de topo, digo alguém que não esteja na curva descendente ou a passar um período de seca. Dos poucos que vieram, o Garay e o Witsel, foram em condições muito anómalas e um deles foi vendido no ano seguinte. O outro foi aquele negócio de saída que ninguém entende e que levou o Real a praticamente cortar laços connosco.

      Eliminar
    4. Os jogadores de top que conseguimos são na sua maioria os jovens que acabamos de formar e que cada vez mais temos de aguentar durante mais tempo e vende-los por mais dinheiro.

      Eliminar
    5. Ricardo,

      Rui Vitória não é nenhum boneco. Não precisa de vir cá para fora com ar de mau, para saber comunicar lá dentro, onde realmente interessa comunicar.
      Se estou contigo, que o presidente não percebe de futebol (embora possa ter um jogador qualquer fetiche), tenho a certeza de que Rui Vitória não se deixa levar nas suas ideias. Outra coisa é a solidariedade a alinhamento com as ideias do clube, que tem que ser discutida e consensual nas suas estratégias. Acho isso perfeitamente normal, pois afinal de contas, um treinador é funcionário do clube.

      Estou confiante de que este ano, Rui Vitória enviará algumas chapadas de luva branca. ;)

      Não contratamos nenhum Lemar por 70M€, porque era incomportável e os riscos enormes.
      Imaginemos que o jogador até queria vir, e não se impunha. ou que se lesionava com gravidade, ou que não se adaptava ao país, ou que do nada se mostra problemático no balneário... Além disso, ninguém consegue garantir, que Lemar teria mais rendimento que Talisca, Sálvio ou Jimenéz... muito menos, mais rendimento que os três juntos... São enormes os riscos e não queria ver o Benfica a corre-los, seja por estratégia global ou por jogadas de MKT.

      Todos os jogadores que passam pelo futebol português, veem-no como trampolim para outros campeonatos. Quando passam por cá, ou estão na curva descendente, ou pretendem ascender. Nenhum jogador de classe mundial, viria para o Benfica no auge da sua carreira.
      Por isso o Benfica ter como estratégia, comprar miúdos com potencial de crescimento que despontam nos vários campeonatos, ou comprar jogadores com potencial em segundos mercados com idades até 27 anos.

      Eliminar
    6. 71460_5/8, mas é bom então que se opte por uma das duas estratégias: formar de modo (quase) perfeito e rentabilizar ou gastar dinheiro (muito) em jogadores de top. As duas juntas não colam. Portugal não é a Espanha, Inglaterra, Itália, Alemanha ou França. Os nossos direitos televisivos são uma anedota comparado com qualquer equipa mediana desses países, sobretudo Inglaterra. Eu sou a favor de uma gestão equilibrada e (por exemplo) não gostei do modo como foi gerido o processo Luisão. Mas já sou contra despachar-se o Jonas, com o carimbo de velho lesionado, argumentando-se que não marca na Europa, nem aos grandes portugueses, quando é gajo capaz de marcar a todas as outras equipas e com isso dar-nos vitórias. No SLB nem todos os actos de gestão são irresponsáveis ou mal calculados. Temos casos como os do Ola John ou do Taarabt que se revelaram fiascos, temos outros como o Javi Garcia ou o Witsel que foram bem contratados. Enfim... O que me faz confusão é ver gente a ensacar tudo na mesma saca e vender cenouras, cebolas e couves a dizer que são batatas, só porque o saco é de serrapilheira e pesa 25kg.

      No fundo, com isto tudo, o que quero dizer é que concordo contigo e que não vejo viabilidade em atrair jogadores caros, que querem é ir brilhar em campeonatos mais atractivos, mesmo que em clubes menores. Isso ou ir ganhar rios de dinheiro a Oriente. Só prova que o futebol actual é um negócio, como tantos outros.

      Eliminar
    7. Ricardo Rosa: o conceito sobre um jogador nunca é unânime. Um jogador de topo europeu será um jogador com experiência regular de Champions, internacional, e que tenha um historial de constância nas suas prestações desportivas. Se o Ricardo consultar os salários dos jogadores em Inglaterra, verá que apenas uma relativa pequena fatia auferirá valores muito acima do que podemos. O mercado europeu, o mais apetecível, não consegue absorver todos. Nessa percentagem, o Benfica torna-se apetecível para esses jogadores se estiver sempre na Champions e com prestações de bom nível. Não temos capacidade, hoje, para reter jogadores desses por 5 anos mas por 2/3 anos e com incentivos extra por resultados, temos condições para os ter cá. Gastar 50 milhões em 20 jogadores medianos ou gastar 50 milhões em 5 muito bons não é gastar 50 milhões na mesma?

      Eliminar
    8. De facto é gastar 50 milhões na mesma. Isso é indiscutível. O que é discutível é que consigamos suportar os valores da Prermiership, onde o salário médio semanal são 50k£, o que se traduz em cerca de 65k€. Multiplicando por 4 semanas, temos 260k/mês e ao fim do ano temos 3M€ limpos. O que dá cerca de 6M€ em salário anual no nosso campeonato. Basta dar um olho aos links abaixo e percebemos que anualmente, não gastamos em salários aquilo que o Stoke City gastou em 2016/2017. Até o Leicester tem médias que nos batem. Nem vou a Espanha, onde só o Real, o Barça e o Atlético gastam verbas pornográficas. E mais uma vez, não falo sequer em transferências. O Mohamed Elyounoussi custou para cima de 18M€ ao Southampton, por exemplo. O mesmo clube que torrou 25M€ num defesa que não é muito melhor que o Jardel.

      Outra coisa: é preciso o jogador querer. Não basta ir à Champions, é preciso o campeonato ser atractivo. Jogar com paus mandados, em esquemas como o Estorilgate e Desconto em Cartão à Portimonense tira a vontade a qualquer fulano, por muito sérios que sejamos.

      https://www.bbc.com/sport/football/42130297
      https://www.totalsportek.com/money/english-premier-league-wage-bills-club-by-club/
      https://www.sportskeeda.com/football/la-liga-2017-barcelona-player-salaries

      All in all, eu percebo onde queres chegar e acredita que te bato palmas. Ao menos tens a audácia e a clareza de levar o pessoal a discutir assuntos sérios. Não quer dizer é que as soluções sejam todas exequíveis.

      Eliminar
    9. "Todos os jogadores que passam pelo futebol português, veem-no como trampolim para outros campeonatos. Quando passam por cá, ou estão na curva descendente, ou pretendem ascender. Nenhum jogador de classe mundial, viria para o Benfica no auge da sua carreira.
      Por isso o Benfica ter como estratégia, comprar miúdos com potencial de crescimento que despontam nos vários campeonatos, ou comprar jogadores com potencial em segundos mercados com idades até 27 anos."

      GG, o que eu disse é que se por ventura o Vieira já manda no balneário, então (e só nesse caso) o treinador era uma de duas coisas. Gosto mais do modo como ele gere as relações entre jogadores, do que dos últimos 10 fulanos que sentaram o rabiosque na cadeira de treinador. Em relação à citação e ao resto, concordo em pleno. Creio é que temos que rentabilizar melhor fulanos como o Kalaica e o Willock, para serem atrações para outros. E neste momento estamos a falhar um bocado nessa área.

      Eliminar
    10. Scaramanga na Inglaterra pratica-se valores baixos de vencimentos porque existem demasiados bônus que aumentam e muito o valor final logo ordenado baixo mas altos valores em patrocínios e depois é uma liga super atrativa....em França é a mesma coisa tirando o futebol não ser tão atrativo mas tem mais montra....o futebol português só tem montra para putos, para um gajo que queira fazer carreira não dá porque nunca irá chegar a patamares mais elevados, porque isso é que por exemplo um adrien prefere ir para um Leicester do que ficar em Portugal, desportivamente e muito mais aliciante e financeiramente muito mais gratificante

      Eliminar
    11. Dos dez jogadores mais caros de sempre do futebol português, 6 não foram titulares no primeiro ano, e alguns nem no segundo. E isto acontece em todos os grandes clubes e em todos os grandes campeonatos! Mas alguns insistem que com contratações cirúrgicas de muitos milhões tudo mudava...

      Eliminar
  16. Depois de ler o texto com alguma atenção, concluo que estou de acordo em várias partes do mesmo, mas em outra estou em desacordo, nomeadamente a parte em que se faz a comparação das contratações da época passada (que foram poucas ou nenhumas) com a actual época. Nota-se e vê-se que o Benfica está a dar outras garantias e outra qualidade a Rui Vitória, algumas contratações que já foram realizadas eu aprovo e estou satisfeito, mas é necessário mais alguem para o meio-campo. Esta temporada a direcção está a contratar com alguma qualidade, algo que não fez nem de perto nem de longe a época passada, dai termos ganho BOLA, e para cúmulo, a tal equipa ou clube que estava sob a alçada da Uefa acaba por ganhar o titulo nacional. Competência da equipa do norte!? não, incompetência sim da direcção do Benfica que em época de Penta devia de ter apostado tudo, acabando por perder tudo, somando ainda a pior prestação que há memória na Liga dos Campeões. Espero e faço votos que se tenham tirado as devidas lições da época anterior, porque se nada se aprendeu..então que se mude a estrutura.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Santos Paulo: o treinador Rui Vitória está a demonstrar acreditar no valor dos reforços? Vamos observar isso ou não esta madrugada.

      Eliminar
    2. Pelo que tenho visto dos jogos inclusive o de ontem frente ao Dortmund, RV tem apostado nos reforços mas se de futuro vai acreditar nos mesmos, isso é outra questão. Do jogo de ontem frente ao Dortmund gostei mais da segunda parte do que da primeira. A primeira valeu apenas e no meu ponto de vista os primeiros 15 a 20 minutos. RV anda ainda á procura de um onze base. Quanto a Svilar e Gedson, ambos não me parecem em condições de jogar para já na equipa principal. Mas atenção, a culpa dos golos sofridos não cabe apenas a Svilar, houve falha defensiva.

      Eliminar
  17. Caro Scaramanga,

    Quer dizer que um dia que tenhamos uma nova direção... com dois campeonatos perdidos e duas falhas de acesso à liga dos campeões, e temos eleições antecipadas... é bom registar, para memória futura.

    O futebol é uma actividade peculiar, onde do ponto de vista empresarial, podes fazer "tudo bem" como vem nos livros, e não ganhar... fazer tudo "errado" e ganhar.
    A maioria dos títulos e jogos, ganham-se nos/em pormenores. Podemos jogar em casa de catedral cheia, com tudo a nosso favor e perder, e fora com ambiente hostil, contra uma equipa forte e ganhar... É isto que motiva adeptos e nos prende a este desporto, pois, pese embora exista mais fortes e mais fracos, ainda existe grau de imprevisibilidade.

    A época passada foi completamente falhada. Já foi assumido por quem de direito, ao contrário da ideia que continuam a tentar passar.

    Lembro também, que receita aplicada na época passada (perdida), foi mais ou menos a mesma que nos deu o 36 (ganha).
    O 36 foi ganho, com saídas colmatadas internamente. Guedes, Renato Sanches, Lindelof e Ederson são exemplo disso, e só aparecem, porque foram aposta e não houve investimento nos seus sectores. Os arautos do futebol, hoje dizem que estava na cara que todos eles iriam dar jogadores... enfim, malta engraçada.
    Faça-se justiça a Rui Vitória, que foi campeão duas vezes, com um investimento muitíssimo inferior ao efectuado com Jorge Jesus.

    Em jeito de conclusão, o que pretendo dizer com tudo isto, é que por vezes a mesma receita de sucesso, não resulta...

    Desenganem-se, os que acham que basta haver investimento anualmente para se ser campeão.

    Abraço,
    GG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu é que andas enganado, com mais qualidade no plantel serias campeao na época passada! Consequência disso o FCP iria "morrer" o sporting igualmente...cconsequêcia de um Benfica campeão iria para a Champions sem ter que disputar uma pré iliminatoria, o plantel sairia valorizado...queres que te aponte onde andas errado??
      Já não falo do silêncio comprometedor que Vieira tem sobre os ataques ao Benfica e á constante perseguição que o Benfica tem por parte do conselho de disciplina e aos erros das arbitragens que beneficiaram o FCP, Chaves foi uma vergonha, Guimarães e Belenenses...para não falar do caso do Estoril! O Benfica não reage...

      Eliminar
    2. és tu pedro guerra?

      Eliminar
    3. A última época não foi totalmente falhada. Um 2º lugar com possibilidade de entrada na Champions não é falhanço. Mas concordo que não foi grande espingarda!
      Estamos é mal-habituados. Aqui há uns anos um 3º lugar era quase como uma vitória!

      Eliminar
    4. @Pedro,

      Eu acho que, nem eu, nem tu, nem ninguém, poderá garantir que com investimento teríamos sido campeões o ano passado.
      Mas se de alguma forma tens esse certeza e pela mesma ordem de ideias, garantes ao mundo benfiquista, que este ano vamos ser campeões ;). Ou também achas (como alguns), que este ano não esta a haver investimento?

      Quanto ao silêncio nos emails.
      Achas que era plausível, o Benfica com 10 anos de informações internas na rua, estar a fazer a sua defesa diariamente na praça pública? Dizer hoje, "este é falso", amanhã, "este é verdadeiro", na sexta, "este está truncado", na próxima semana, "este está fora do contexto". Achas sinceramente, que isso era fazer a defesa do Benfica? Não era embarcar naquilo que quem divulga pretende?
      O Benfica tem dezenas de funcionários, se eu hoje não sei o que comi ontem, achas que Luis Filipe Vieira sabe o que cada funcionário do clube, envia para outros destinatários? Além do mais, está patente a promiscuidade que existe e não deveria existir. Desenganem-se os que pensam que é único no Benfica, pois talvez um dia, todos fiquem a nú e se veja o que por lá se passa também.

      Nas arbitragens, acho sinceramente que Porto o ano passado foi o mais prejudicado dos três. O Sporting de longe o mais beneficiado.
      Agora, situações como as do Estoril, centro da Maia, Portimonense e afins, estou contigo, o Benfica tem que endurecer na comunicação.
      Se as entidades reguladoras do futebol português, nada regulam e ainda são coniventes no silencio e nas acções... aí, temos que agir e partir para uma "guerra" sem ter medo.

      Abraço

      Eliminar
    5. GG: não me recordo desse assumir de responsabilidades sobre a temporada passada. Pode indicar-me quando tal sucedeu? No que respeita ao investimento no plantel, acho que nem o GG acredita no que escreve. O investimento limitou-se a Douglas e Gabigol(emprestados). Talvez Krovinovic seja o único que se possa destacar. Não entendo como afirma que o FCP foi o mais prejudicado quando aponta casos como os do Estoril e de Portimão. Esses pontos e em particular os do Estoril foram fundamentais para o FCP. Não entendo como algum benfiquista, e não leve pessoalmente esta observação, pode com honestidade dizer que o FCP foi o mais prejudicado pelos árbitros.

      Eliminar
    6. Scaramanga a questão fundamental do comentário do GG está no 1º paragrafo: aceitamos no Benfica que a partir de agora o nível é um campeonato no mínimo ano sim ano não (a média histórica é inferior a 50%, logo ano sim ano não é melhor do que historicamente foi feito)? Senão há eleições?

      Eliminar
    7. Caro Scaramanga,

      "acho que nem o GG acredita no que escreve."
      Não só acredito, como constato.
      Os investimentos de que falo, em termos comparativos, são os efectuados no campeonato ganho 36 e os efectuados para ganhar o penta 37. Tanto num campeonato, como noutro, as saídas foram colmatadas com jogadores internamente. Se estiver errado, corrija-me.
      ---------------------------------------
      "Não entendo como algum benfiquista, e não leve pessoalmente esta observação, pode com honestidade dizer que o FCP foi o mais prejudicado pelos árbitros."
      De maneira nenhuma levo a mal, é a sua opinião.
      Uma coisa são investigações e comunicação por parte do Benfica, que não deve dar descanso às entidades que devem retirar conclusões rápidas do caso Estoril e Portimonense, outra coisa é no campo, onde reafirmo honestamente e de plena consciência das minhas faculdades mentais e clubísticas, que para mim, o mais prejudicado do campeonato passado foi o Porto.

      Estoril e Portimonense, estamos num estado de direito. Serve para nós, e para todos os restantes em território nacional. Quando houver conclusões, cá estaremos...
      ---------------------------------------
      Luís Filipe Vieira após época de insucesso desportivo: «Dói-me tanto a mim como a qualquer um de vós»

      «No plano desportivo, assumo que esta época falhámos os principais objetivos no futebol e nas modalidades. Sou o único responsável por isso. Sempre dei a cara e não é agora que seria diferente. Lutámos até ao fim, mas falhámos»
      «Falhámos o penta, fizemos zero pontos na Liga dos Campeões e sofremos derrotas na maioria das modalidades masculinas de pavilhão, exceto no futsal. Apesar de termos estado na luta até ao fim, é verdade que perdemos. Dói-me tanto a mim como a qualquer um de vós e a qualquer um dos nossos jogadores e treinadores»

      Abraço,
      GG

      Eliminar
    8. Pedro Soares, vou-me repetir, o ano passado tínhamos equipa e treinador para, em ano de desinvestimento sermos campeões, houvesse árbitros sérios, jogos com menos de 30 dias e menos ofertas dos defesas e guarda redes, bastaria até um NÃO ASD na Luz contra o FCP, o SCP por exemplo nem daria luta ao Braga, e nem vou falar daquele primeiro terço de campeonato vergonhoso na época dos 86 pontos e do troféu Rui santos.

      Na balança entre isso e fazer um investimento brutal para ter uma equipa que não percise lutar contra jogos de bastidores não sei qual seria a melhor estratégia, acho que sendo sócio votaria numa, apenas adepto se calhar apostava forte se depois não acabasse nos bolsos do contribuinte como aquela agremiação desportiva do campo grande com os perdões dos bancos. Mas em relação a dinheiro deixo para o Eagle que sabe mais das contas do clube, jogadores já sabemos, Portugal é apenas rampa de lançamento, para vir curtir uns anos antes da reforma ou para recuperar jogadores que ou estão em baixo de forma ou tapados nos clubes, achar que estrelas mundiais vem para cá para darmos luta na champions nem nos meus sonhos mais húmidos.

      Eliminar
  18. Bom post, mais um para reflexão. Quero acreditar que os novos elementos possam pegar de estaca. Se as vitórias surgirem vamos ganhando alento, caso contrário vamos por tudo em causa novamente! Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos dois ou três será o mínimo aceitável para o investimento realizado.

      Eliminar
  19. Não terás explicações, justificações ou respostas porque quem dirige o clube acha-se um ser supremo, que não precisa de esclarecer o que quer que seja.
    Só espero que, caso apareça alguém com credibilidade para tal, e caso esta época não termine com esses dois objetivos alcançados, os sócios saibam decidir nas próximas eleições.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica está acima de qualquer sócio ou adepto. Quem pensar o contrário será confrontado com essa realidade mais cedo ou mais tarde.

      Eliminar
  20. Scaramanga, nao sei se vale a pena pregar muito mais no deserto. Concordo que nos dois ultimos anos houve downsizing, mas prefiro muito mais isso do que overshooting (outro termo em ingles e sem traducao direta), porque essa abordagem foi a do Porto durante varios anos e no passado recente do Sporting, com resultados desportivos precarios e financeiros desastrosos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunes: não pode comparar nem FCP nem Sporting com o Benfica pois o nosso clube tem uma massa adepta imensamente superior, impacto comercial superior, imagem no mundo superior, e capacidade de originar receitas também superior. O que defendo é que o investimento tem que ser em qualidade e não em quantidade.

      Eliminar
    2. Então porquê o nosso iluminado presidente não quis dar o golpe final nesses dois clubes tão mal governados?
      Seria a conclusão lógica...

      Eliminar
    3. Qualidade. E qualidade jovem com provas dadas. E barato, ja agora...

      Verdadde. Nao se pode comparar. Mas comparamos entao com quem? Esta resposta tem de ser dada. So daqui se pode construir o raciocinio.

      Mas a outra questao mantem se. Onde se define o valor limite de investimento disponivel?

      Eliminar
    4. Dar o golpe final nesses dois clubes. Mas o que é isto? Ainda há quem acredite que os dragartos vão acabar?
      Eles nunca irão acabar, impossível com a quantidade de adeptos que ainda têm. Só alguém vivendo numa realidade paralela, ou um demagogo encartado, pode acreditar nisso.
      Eles continuarão a definhar, isso é certo, mas são eles próprios a cavar o buraco onde se continuam a enterrar.

      Eliminar
  21. E como somos pioneiros e andamos 10 anos à frente de toda a gente conseguimos o enorme feito de emprestar um jogador a um clube chinês, quando todos os outros clubes, coitados, só vendendo por muitos milhões é que conseguem enviar para lá jogadores...
    A.Magalhães

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A valia da venda daria muito jeito para reforçar o plantel.

      Eliminar
  22. Entretanto contrataram um basquetebololista portista com posts muito engracados no seu Facebook sobre o Benfica!!! Não há vergonha no Benfica não há vergonha!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desconheço a quem se refere. Não acompanho de perto o basquetebol.

      Eliminar
    2. adoro a governança do nosso clube

      Eliminar
  23. O Benfica está refém de Vieira e DSO. Retirá-lo do Benfica por via de eleições não manipuladas é uma fantasia. Vieira transformou o clube no seu cartel. Aliás, à semelhança do cartel Porto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fernando, se como suspeito a situacao e como descreve, entao tera que ser alterada. Era o que faltava o SLB ficar para sempre refem de LFV.
      Nao poderemos deixar que isso aconteca.

      Eliminar
    2. Não posso nem quero acreditar que não seja possível ao Benfica renovar-se de forma democrática e transparente.

      Eliminar
    3. Alerta Vermelho25 julho, 2018 18:34

      Não pense assim, que é exactamente nisso que LFV, e os seus lacaios, querem que você acredite! É possível saírem, e muito mais facilmente do que você imagina. Não vê o pavor deles aqui no blog?

      Eliminar
    4. O LFV vai viver tanto como o Matusalém, irá perpetuar-se no governo do SLB por mais 50 anos deixando os antis carecas, depois de tantos anos a arrancar os cabelos. Entretanto, o Benfica continuando o seu crescimento, irá conquistar a Champions por 2 vezes, deixando-os ainda mais desesperados e a pensar mudar de clube.

      Eliminar
  24. Um post sem o mínimo de interesse,parece que os milhões de euros vêm do céu, ou não conquistamos nada nos últimos anos.
    A estratégia seguida tem sido a melhor,compreende-se a compra de jogadores para rentabilizar ou empréstimos para crescimento dos jogadores sem termos encargos.
    Só falta entrar no capital de um clube inglês, por onde passaram alguns ativos com objectivo de realizar mais valias.
    O mercado económico e financeiro não nos permite mais meios e o crescimento de mais sócios e a adeptos é limitado ,SOMOS 20 milhões.
    Grande Presidente e órgãos sociais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poderá acontecer com a entrada no capital do Wolverhampton. Os outros morrem de inveja e tentarão copiar entrando em alguns clubes do Congo ou da Etiópia.

      Eliminar
    2. Quem quiser fazer do Benfica um entreposto pode criar o seu próprio clube e fazer isso com os seus próprios capitais.

      Eliminar
    3. Alerta Vermelho25 julho, 2018 18:38

      Concordo! De facto, este post, não tem interese nenhum, para quem quer ficar a governar-se à conta do BENFICA, para sempre. Aliás, este post vai é contra os interesses pessoais de quem escreve o comentário! Quem escreve o comentário, dá as cambalhotas que for necessário para lá continuar!

      Eliminar
    4. Entrar no capital de um clube inglês não é fazer do clube um entreposto. É tão entreposto como emprestar, vender ou comprar jogadores a clubes portugueses.
      Aumentar a base social de adeptos é uma medida com visão, especialmente quando estamos tão limitados na geografia e na demografia e quando já somos o clube que mais "market share" (base social) tem dentro de um país europeu.

      É o que fazem e fizeram muitas empresas de países pequenos, limitadas pelo tamanho do mercado, que compraram empresas de outros países maiores para assim ganharem "market share" e entrarem em mercados maiores.

      Uma estratégia empresarial que existe desde o principio do século XX. Eu podia dar o exemplo de uma dúzia de empresas que fizeram isso com grande sucesso, criando grandes gigantes mundiais. Sei do que falo.
      Sem noção e sem visão!

      Eliminar
  25. Este meu comentario vem na sequencia do post de ontem sobre o Pacheco e Benfica actual.
    Estou neste momento a ouvir o treinador do futebol feminino do Benfica a falar na BTV e lembrei-me de quando ha meses este morcao apareceu, salvo erro, com um cachecol dos porcos. Talvez por me ter lembrado disso achei o homem altamente suspeito de ser mais um dragarto, a juntar aos que ja la estao.
    Mais um exemplo de como vai o nosso Benfica.

    ResponderEliminar
  26. Mais umartigo a dizer o mesmo.

    Começa por uma pseudo-arrogância intelectual: "É óbvia (agora até para os mais distraídos) a importância da presença do Benfica na fase de grupos da Liga dos Campeões da UEFA. " UAU… quem é esse distraído que alguma vez disse o contrário?

    Depois assume facto algo que a realidade mostra o oposto… "sucesso desportivo é coisa que não se tem visto" (só fomos tetra… inédito… se isso não é sucesso desportivo…) "quando competimos com os melhores" (por esta medida só uma equipa é que tem tido sucesso desportivo… o Real)

    "Exigia-se, assim, o reforço do plantel com a contratação de alguns atletas que tivessem condições para entrar no onze titular. " ok. Posições… GR contratado, LD contratado, DC 2 contratados, 8 retorna krovi e sobe gedson, AV 2 contratados! Aqui se nota que criticas haveriam sempre… só se fosse contratado o CR… e mesmo aí poderia ter sido o Messi. Para este post ia existir sempre um manel que seria melhor opção… mas se a opção fosse o manel afinal era o jaquim.

    Das poucas coisas que concordo é o paragrafo da acountability… sempre o disse… só tenho pena que quem exige a responsabilização não assuma que essa mesma responsabilização tem como consequência a elevação dom patamar de exigência para futuros dirigentes. Se agora sai um por não ganhar 1 ano… um futuro dirigente se não ganhar tem de por o lugar à disposição… afinal foi isso que exigiu! Simples.

    Concluindo.. todos estes posts enfermam de dois erros principais.. não reconhecer as mudanças existentes após a lei bosman e não reconhecer que o mercado tuga não tem dimensão. Não reconhecendo isto… a conclusão nunca poderá estar correta! Ou acham que a CL é ganha e disputada sempre pelo mesmo grupo de 5 equipas porque? Os outros são todos tapadinhos que não percebem o que um iluminado da net percebe?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alerta Vermelho25 julho, 2018 19:30

      Mas porque é que será que dizem sempre o mesmo? Não será porque a merda é sempre a mesma? Tu também dizes sempre o mesmo, que é "branquear" a todo o custo, os disparates, e os desfazamentos da direcção! Bem sei que tens esse software instalado, mas por vezes se te calasses, ao invés de quereres calar os outros, serias mais coerente! Ou será que quanto mais disseres e responderes, te dão mais hamburguers?

      Eliminar
  27. Como faria eu! - Uma hipótese!!! Desconheço, não sei se é isto...

    5 jogadores de excepção - ordenados 4 milhões brutos = 20 [Jonas, Ferreyra, Castilho, ----, ----]
    10 muito bons - 2 milhões brutos = 20 [Jardel, Lema, Conti, Grimaldo, Fejsa, Rafa, Krovinovic, Pizzi, Zivkovic, ---]
    10 jogadores médios - 1 milhão bruto = 10 [Almeida, Ebuehi, Dias, Alfa, Cervi, ---,---,---,---]
    = 50 milhões para vencimentos.
    Alguns em ascensão - (...)

    Dispensaria: Luisão, Samaris, Salvio e Seferovic.

    Equipa B = 5 milhões ; sub23 - 2 milhões

    57 milhões para ordenados

    Serviço da divida 10 milhões - 67 milhões

    Isto seria a base de trabalho.

    É possível fazer-se uma equipa poderosa numa gestão super rigorosa.
    É possível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. UAU... e os gajos vinham de graça dos outros clubes? E os dispensados iam de graça todos satisfeitos sem receber o que têm no contrato? Etc... Enfim... Viver num mundo de unicórnios não custa.

      Eliminar
    2. O que não custa é ser idiota.
      Ó minha anta então as compras e vendas não dão lucro????
      Os dispensados? Deixa de comprar paletes bronco! Sai um entra um.
      Unicórnio o caralho, bestas e idiotas são os gajos que estão a tomar conta do clube, da-seeee
      Irresponsáveis, broncos, incompetentes!

      Eliminar
    3. Mas tu incluiste alguma venda?
      E já agora... Queres vender dispensados (ali dizias dispensar), contratar pelo menos mais 2 jogadores que enquadras como "jogadores de excepção" e no entanto ainda tens lucro?
      Tu és um caso de estudo. Tão inteligente não sei como a nasa ainda não te veio buscar! Ah... Pois... Ser idiota não custa... Dizes por experiência própria!

      Eliminar
    4. Nulo Martins Repara!26 julho, 2018 09:38

      Falamos aqui em custas ordinárias com o plantel, mais despesas da divida e se acrescentarmos 20 milhões para despesas diversas daria 90 milhões anuais de custos ordinários. Deve então o gestor ser super cauteloso no negócio de compras e vendas, comprar pela certa e evitar perdas de dinheiro em negócios duvidosos. Termos um elenco impossível de gerir na ordem da centena de jogadores implica perdas reais no negócio de compra e venda desviando fluxos financeiros dos ordenados para mãos de terceiros, a chamada gestão danosa porque o benificiário não é o clube, neste caso a SAD.
      Haja noção e respeito pela inteligência dos adeptos. Não somos otários. O pessoal diferenciado já entendeu o esquema da SAD, respeitem a nossa inteligência meu caro, sabemos muito bem o que anda a ser feito. Duvido que LFV volte a s er reeleito a oposição apresentará factos comprováveis de gestão INCOMPETENTE

      Eliminar
  28. QUEM PENSA PEQUENO, NÃO PENSA BENFICA!

    Não nos podemos esquecer, que a tal super-estrutura, que está 10 anos à frente dos medíocres, mesmo assim perdeu o campeonato para os intervencionados, e só mesmo por milagre alheio, lá conseguiu obter o segundo lugar, depois de uma época mal preparada, que tudo apontava, até pelos sinais evidentes de desinvestimento, para o fatalismo que acabou por redundar numa péssima prestação desportiva, perante o olhar de uma direcção autista e desleixada, que nunca mexeu uma palha para inverter o rumo das coisas que estavam a acontecer, de forma tão dramática e visível aos olhos de toda a gente.
    Perante esta maneira tão amadora e negligente como se perdeu o campeonato do penta, sem um qualquer esbracejar de inconformismo ou revolta, quase me apetece afirmar que o perdemos propositadamente, vá-se lá saber por alma e em nome de quem.
    LFV, já claramente percebeu, que a simpatia que tinha junto dos sócios e adeptos, está a perder chama e força, e depressa se transformará em repúdio e oposição, bastará para isso surgir no horizonte outro insucesso, ou formas de actuar condizentes e favoráveis para que ele se materialize. Por isso, o próximo acto eleitoral poderá ser o princípio do fim do vieirismo e o virar de página e de rumo, na construção de um Benfica grande como os grandes da Europa, porque reúne em si as condições únicas e necessárias para tornar esta vontade viável e este desejo concretizável, porque a razão de existir deste símbolo e desta mística, assim o exigem e merecem, de cada um de todos nós, que nos identificamos e revemos nos seus feitos de glória e de vitória.
    Não desprestigiemos o prestígio que o Benfica alcançou com tanto trabalho, amor, suor e abnegação, ao longo de mais de um século de vida, transmitido de geração em geração, quase como um laço de sangue, por uma qualquer estratégia directiva de circunstância, mais preocupada em parecer do que ser, julgando ou pensando, erradamente, que mais importante que o clube, que é eterno, é a vaidade e o convencimento, que apenas sustentam a efemeridade dos incompetentes que nunca farão obra ou história.
    Por ti e sempre por ti BENFICA!

    José Reis

    ResponderEliminar
  29. Boas Scaramanga, mais um bom texto que porém, quanto a mim peca por alguma megalomania no que se refere ao Benfica, mas muito sobretudo relativamente ao campeonato português.

    Sinceramente concordo que devemos pelo menos mostrar maior ambição na construção dos plantéis, não tanto pelo que isso representa para a esmagadora maioria dos jogos das competições internas, mas essencialmente para a pequena minoria de jogos nacionais que já sabemos, e naturalmente para as competições europeias.

    Mas tão ou ainda mais importante que reforçarmo-nos para "atropelarmos" os nossos adversários cá e não sermos presa fácil na Europa, é a mensagem que se passa quer para dentro do balneário, quer para o exterior, nomeadamente clubes rivais, clubes estrangeiros, mas também jogadores estrangeiros.

    Se os jogadores estrangeiros virem que o Benfica está no Top 10 da actualidade, muito mais facilmente quererão vir para cá, e consequentemente mais fácil será mantermo-nos nesse Top 10, mas isto é uma daquelas verdades de La Palisse.

    Quero acreditar que também da parte de quem comanda o Benfica há vontade de estarmos numa situação como a que escrevi anteriormente, o pior é que existem também outros interesses mais relacionados com a parte financeira, nomeadamente o controle das contas, (não confundir com eliminação do passivo ou a sua redução drástica), e que colidem com os interesses desportivos.

    Julgo que assim que as nossas contas apresentem uma maior saúde, mais simples será para a facção que privilegia a parte desportiva consiga ser mais preponderante na estratégia do clube.

    Claro que para que a tal facção mais virada para o clube do que para a SAD ganhe mais força, seria também importante não termos um presidente que como sabemos tem problemas pessoais com a Banca.

    A actual situação financeira de LFV tem sido prejudicial para a nossa posição como empresa e para ajudar à festa, LFV parece-me excessivamente comprometido com alguns elementos fora do clube, falo mais em concreto de Fernando Gomes como é óbvio.

    Toda esta "lufa-lufa" de LFV em fazer negócios de saídas seja por cedência definitiva seja temporária, e o não querer levantar muitas ondas com os órgãos da FPF ou da LPFP, são a prova do que acabei de escrever.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares