O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 28 de dezembro de 2013

São Silvestre de Lisboa

Avatar
 ●  10 comentários  ● 

«Dei o litro» - Dulce Félix
Por Redação

Dulce Félix, vencedora da Guerra dos Sexos da São Silvestre de Lisboa, diz que deu o litro e considera 2013 um ano marcante na sua carreira.

«Dei o litro. Não podia abrandar e consegui vencer. Esta foi a minha última corrida do ano. Foi um ano marcante, um ano de alegrias e de tristezas. A quem dedico a vitória? Ao meu pai (falecido em outubro passado)», afirmou a atleta do Benfica aos jornalistas no final da prova.












Após também eu ter participado nesta prova, para a qual fui com tudo menos espírito competitivo, no final fui ter ao ponto de encontro combinado com o meu grupo de amigos, e foi nessa altura que ouvi o speaker anunciar: "Este ano, quem ganhou.... foram as meninas!" E eu lembro-me de pensar: "Boa! Será que foi a Dulce Félix ou a Jéssica Augusto que ganhou??"

(Para quem não sabe, há nesta prova uma espécie de guerra dos sexos entre atletas profissionais. Este ano as meninas adiantaram-se e passaram para a frente 3-2 em vitórias na São Silvestre de Lisboa)

Cheguei a casa e depois de um bom banho de água quente liguei o computador e vi nas notícias o artigo que transcrevi no início do post. Sorri.

Sorri, porque foi a Dulce que ganhou. Sei que não se trata propriamente de uma grande competição, mas sorri também porque uma excelente atleta do Glorioso ganhou ao lagarto Rui Silva. Mas o que verdadeiramente me fez sorrir foram as palavras da Dulce Félix: "Dei o litro!".

Ler isto de uma atleta do Benfica é... ótimo. É a mentalidade e a atitude que quero ver em todos os atletas do meu clube. Resume na perfeição o que eu gostaria de ver em cada um dos atletas que têm o prazer e o privilégio de vestir a camisola mais linda do Mundo, jogo atrás de jogo, seja qual for a modalidade.

Parabéns Dulce! Pela vitória. Pelas palavras. Pela atitude.


PS: Parabéns também aos segundos e terceiros classificados masculinos, também eles atletas do Glorioso: Ricardo Ribas e João Pereira

PPS: 2014 vai ser renhido no atletismo. Os lagartos reforçaram-se bem, e vai ser difícil voltar a ter o pleno como o Benfica conseguiu no ano que passou. Mas com esta atitude... tudo é possível!

Mentalidade que nos orgulha

 ●  18 comentários  ● 

Ou então não...

Felizmente ainda há quem pense nos outros.

Avatar
 ●  8 comentários  ● 

Há uns dias coloquei um link para uma acção solidária em que participou o Ruben Amorim.
Recordo-me dos comentários que criticavam não só a acção em si, como a publicidade do acto e a questão do aproveitamento de imagem, ignorando acima de tudo as necessidades dos principais alvos de tal acção:
os necessitados a quem a vida tem corrido pior que a muitos outros.

O que dirão esses da acção promovida por um blogue de adeptos do Sporting, 'A Tasca do Cherba'(Comando C), que não só promoveu uma angariação de fundos como se deu ao trabalho de entregar em mãos o produto dessa mesma acção? Pior, tiveram a 'ousadia' de a publicitar!

O que produziu essa iniciativa?
Tinha como objectivo angariar 200€ e no final angariaram...2400€!
Poderão ler no link acima como tudo aconteceu e o que realmente foi entregue a esta família de sportinguistas.

Não queria deixar de frisar 2 pontos:

- Ruben Amorim como benfiquista representou o clube numa missão de solidariedade, não com o objectivo de promoção pessoal mas de ser ferramenta de ajuda a alguém necessitado, algo que ultrapassa qualquer clubismo ou sentimento egoísta. Mais, exactamente por ser atleta do Benfica é que esta sua acção tem mais notoriedade e poderá levar outros a se voluntariarem para fazerem algo idêntico.

Se nos orgulhamos de ser benfiquistas, mais nos devíamos orgulhar por termos atletas que abraçam estas causas e nunca atacá-los questionando motivações que sabemos não existirem.

- Aqueles que vão agora criticar o facto de mais uma vez se dar destaque a uma iniciativa que não tem origem no Benfica, mas sim nos adeptos dos nossos principais adversários, digo-vos que lamento profundamente que o vosso primeiro impulso ou preocupação seja isso.

Os bons exemplos devem ser copiados ou imitados e não motivo de escárnio ou maldizer. 

Dou os parabéns aos seres humanos que promoveram esta acção. Dou os meus parabéns ao Ruben Amorim pelo seu exemplo e postura quer no Benfica, quer na vida.

Dou os meus parabéns a todos os que gastam do seu tempo pessoal para dar alguma felicidade/alegria a outros menos favorecidos.

A sério, Jorge Jesus?

Avatar
 ●  27 comentários  ● 

"Mesmo tendo sido relegado para a Liga Europa, Jorge Jesus fez um balanço positivo da participação do Benfica na Liga dos Campeões.

«Tenho uma ideia positiva, o Benfica está na frente do campeonato, em Portugal continua em todas as competições e saiu da Liga dos Campeões. Saímos da Champions com 10 pontos, não é normal, fomos nós e o Nápoles que até saiu com 12», recordou o treinador, que lamenta a ineficácia dos seus jogadores na partida em Atenas, que o Olympiakos venceu por 1-0.

«Fizemos uma boa Liga dos Campeões, com bons jogos, mas fomos infelizes na Grécia. Na prática estivemos bem, em Portugal continua tudo em aberto. No ano passado também estávamos em primeiro, empatados, não com duas equipas, mas com os mesmos pontos do FC Porto, por isso está tudo igual», rebobinou Jesus, durante a conferência de Imprensa que serviu para perspetivar o duelo de segunda-feira diante o Nacional para a Taça da Liga." - A Bola.

----------------------------------------------------

Para quem gosta dessas estatísticas de percentagens de vitórias, eliminações com 10 pontos são muito boas de facto. Não me recordo é de ter (ainda) visto vitrines com troféus de eliminações ou segundos lugares.

Para quem sabe ver bola, viu o futebol fraco e insuficiente que o Benfica tem praticado toda esta temporada, e que fomos eliminados por um Olympiakos sem os mesmos recursos e qualidade que o Benfica, isto cheira a mais uma desculpa vergonhosa de um treinador que ganha demais para o que produz.

Pena que Jorge Jesus fale no jogo da Grécia mas curiosamente esqueça o empate concedido em casa perante os gregos, esse sim um mau resultado e que comprometeu as aspirações do clube.

Pena é que Jorge Jesus esqueça que foi eliminado na fase de grupos pela 3ª vez em 4. Que o investimento brutal em contratações do Benfica está a alimentar a preferência de Jorge Jesus em jogar na Liga Europa onde não encontra clubes tão fortes e pode parecer aquilo que não é.

Pena é que lhe seja ainda permitido continuar com estas apreciações quando não passa de um empregado de um clube centenário, que tem no seu passado glorioso o seu maior orgulho, e no seu presente a frustração de que 2 incapazes, Vieira e Jesus, conduzam o clube no caminho que mais convém à sua vaidade pessoal.

Pedir tempo para os sérvios...

 ●  12 comentários  ● 
Jokanovic numa entrevista atesta a qualidade dos jogadores sérvios do Benfica e diz que os adeptos devem ter calma e paciência, dando o exemplo de Matic, para demonstrar que vale a pena ser paciente e esperar por um processo evolutivo jogo a jogo.

Eu diria que concordo com isso... SE ESTIVÉSSEMOS A FALAR DE JOGADORES DA FORMAÇÃO DO BENFICA!

Então é suposto pagar-se 10M€ ou 6M€ ou 2,5M€ por jogadores que precisam de tempo, paciência e adaptação? 

Só por curiosidade, quanto custam os que não precisam? É que se os jogadores só são craques na hora de pagar por eles.......

Na verdade, se é para esperar então continuo na minha, prefiro esperar pelos nossos. Gasto menos dinheiro e ganhamos o mesmo (ou se calhar até ganhamos mais, como provei com a comparação com o Ajax).

Obviamente que deveremos sempre completar essa base nacional e de formação com contratações, mas nesse caso ja sobra mais dinheiro (contratamos menos) para comprar aqueles que chegam para fazer a diferença (tipo Salvio, sabem!) e sem necessidade de esperas, paciencias ou outras coisas que tais.

Ou seja, gastaremos o mesmo, mas investimos em menos jogadores de fora e de maior qualidade e facilidade de adaptação ou rendimento alto. Em paralelo também mantemos os apelos à paciência mas canalizamo-la para os nossos jovens de qualidade.

Pense nisto durante o regresso de ferias Sr Presidente...

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Quem é quem no Conselho de Arbitragem. Mais ou menos.

Avatar
 ●  7 comentários  ● 


O blogue 'A Norte de Alvalade' publicou uma análise baseada num artigo do jornal do Sporting sobre a arbitragem.
Bem sabemos como o Sporting apenas se preocupa em falar dos árbitros quando sente na pele a 'mão do sistema'. Com a diferença que agora parece que finalmente acordaram da vassalagem com que brindaram o FC Porto durante mais de 10 anos.

Com a excepção das conotações que dão a nomes 'supostamente' ligados ao Benfica, que só me dão vontade de rir pois sabemos o que o Benfica tem sido 'beneficiado', acima de tudo quero destacar o que parecem alguns ainda querer ignorar.

A arbitragem continua na mão do FCP e Luis Filipe Vieira, o antigo sócio do clube de Pinto da Costa, e infelizmente presidente do SLB, apoiou esta corja inequivocamente.

Reza o referido blogue:

"O Jornal Sporting publica um artigo muito interessante sobre a composição do Conselho de Arbitragem. Fazendo uma espécie de "who's who", são abordadas as preferências clubisticas e as respectivas ligações e dependências pessoais.

A sua composição é a prova que, na formação das listas para a FPF, o Sporting não fez os trabalhos de casa. Ficou com os ossos para os dois rivais se refastelarem com o filet-mignon.

Vítor Pereira - Presidente do Conselho, instrutor FIFA, observador da UEFA. Adepto do Sporting.

Domingos Gomes - Vogal, provém da AF. Braga. Ligações ao FCP, tendo como amigo chegado Reinaldo Telles.

António Rodrigues da Silva - Responsável pelas nomeações, estando conotado com fortes ligações ao FCP.

Luís Guilherme - Responsável pelo pelouro Administrativo e Financeiro. Como árbitro passou despercebido - o que não é necessariamente bom... - tenho ganho notoriedade como dirigente da APAF. Actualmente é presidente da CAJAP, Confederação de Juízes e Árbitros de Futebol - o que esta gente arranja para aparecer e se encostar... - e é, como bem sabemos, um grande amigo do Sporting e já de longa data.

Relacionado com Adelino Caldeira e apoiante de Paulo Costa, seu colega de comissão e de outras andanças. Foi ele, Paulo Costa, o autor da primeira greve em 1998/99 e, coincidências das coincidências, logo contra o Sporting. Foi ele também o mentor da greve de há dois anos deJoão Pode Ser Ferreira e Paulo Baptista.

Lucílio Baptista - Vogal responsável pelo pelouro da formação. Um caso paradigmático de que Roma paga aos traidores. A sua passagem pela arbitragem é um compêndio de como cavalgar a toda a sela e fugir entre os pingos da chuva, agradando aqui e ali aos dois lados da margem do sistema. As suas actuações insidiosas proporcionaram-lhe, com inteiro mérito, uma competição oficial, a Taça Lucílio.

Estes são os 5 elementos que compõem a secção profissional, responsável pela nomeação de juízes, árbitros assistente e quartos árbitros para as competições nacionais e internacionais a pedido dos respectivos organismos. tem ainda obrigação de participar ocorrências que possam consubstanciar infracções disciplinares.

O artigo é muito mais detalhado - uma boa razão para assinar o jornal do clube - e aborda também o papel dos observadores, decisivo na classificação dos árbitros, composto por eminências pardas, grande parte das quais não passariam num vulgar teste psicotécnico. Conheço pessoalmente um par deles e bastam 5 minutos a falar de futebol para perceber o seu condicionamento e fidelidade canina ao seu clube, que pede meças aos mais fervoroso adepto.

Quem julga que o sistema morreu tem aqui um par de ideias para reflectir. O descaramento é tal que, na actual composição deste C.A. está pelo menos um elemento, Carlos Manuel Carvalho, que até constou no rol de acusados do Apito Dourado. É dono do conhecido Lima 5, conhecido por o Novo Canal Caveira. Juntamente com o restaurante Antunes, do irmão de Reinaldo Telles, onde foram gravadas muitas escutas do caso Guímaro, faz parte do roteiro obrigatório a quem quiser conhecer os primórdios dos esgotos do futebol português. É seguro que hoje muitos dos intervenientes se movimentam em ambiente mais requintados..." - fim de citação.


As (tristes) palavras de Nelson Oliveira... ou não!

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Ontem saiu na imprensa que o Nelson Oliveira teria tido que se sente mais valorizado no Rennes e que o Sporting tem sido um exemplo na aposta em jovens da formação.

Ora, numa primeira analise o rapaz disse duas verdades fáceis de explicar com factos:

No Rennes, uma equipa de meio da tabela da Liga Francesa, efectivamente é muito valorizado e é um dos principais activos da equipa, levando já 7 golos em 17 jogos, apenas menos dois que nomes consagrados como Falcão ou Lacazette (do Lyon). De notar que o Rennes tem apenas 22 golos marcados, ou seja, o Nelson marca cerca de 1/3 dos golos do clube que ocupa o 15º lugar.

Como diz o Norton de Matos, o tal que o Jesus fez questão de afastar porque lhe "fazia sombra", o Nelson Oliveira está finalmente a mostrar serviço. Convenhamos que este registo é muitíssimo bom, portanto o rapaz não disse nenhuma mentira.

Quanto aos elogios ao Sporting, obviamente que não diz mentira nenhuma se olharmos para a confiança que Leonardo Jardim deposita em jogadores como Cedric, William Carvalho, André Martins ou Adrien Silva.

... Porém, não devia ter dito nenhuma das duas!!!

Mas vamos lá entender o que faz então aquela cabeça funcionar desta maneira tão absurda:


No não muito distante dia 10 de Fevereiro de 2012, Jorge Jesus dizia sobre Nelson Oliveira o seguinte: «É um produto com muito potencial que vamos saber valorizar, mas tem os seus momentos. Todos os jogadores têm as suas fases de evolução, e o Nélson também vai ter, até à afirmação», diz ainda Jesus, que depois responde assim quando lhe perguntam sobre um cenário de o jovem sub-21 estar já no Euro 2012: «Não há muitos pontas-de-lança. Temos o Postiga e o Hugo Almeida, e depois começa a ser difícil escolher outro. Vai ser o futuro da selecção. Isso não tenho dúvida. Pode ser já ou não, mas não tenho dúvida que vai ser ele»

Cerca de um mês mais tarde dizia sobre o jogador e sobre Rodrigo: «Tanto o Nélson como o Rodrigo jogam ainda muito na emotividade e na ansiedade. É com estes pormenores que se vai crescendo. Mas em termos de futuro do Benfica, são eles».

Contudo depois apareceu aquele lance em Stamford Bridge em que o Nelson que vinha sendo aposta... decidiu mal e rematou em vez de dar a bola ao Djaló. O SLBenfica acabaria eliminado e Jorge Jesus, vingativo como foi com Melgarejo no lance com o Fenerbachce... simplesmente encostou o Nelson Oliveira, como mais tarde encostaria o Melga, também ele sua aposta pessoal, e que quase lhe valeria um "tabefe" do Cardozo.

Se eu acho que o Nelson Oliveira deveria ser mais comedido nas palavras? Como benfiquista, obviamente que sim que concordo que o jogador está a ser mal aconselhado (ou será que está a ser bem, Jorge Mendes?) e que tem cometido estes erros várias vezes.

Mas como ser humano e desportista percebo perfeitamente o sentimento do Nelson que viu o Rodrigo simplesmente "eclipsar-se" depois de o Bruno Alves o ter lesionado, mas ainda assim foi sempre sendo aposta até que agora volta a justificar com a sua qualidade... mas o Nelson foi rapidamente "despachado".

Num contexto destes, quem de vós gostaria de voltar ao SLBenfica com Jorge Jesus? Ou será que prefeririam criar um ambiente que potenciasse ser transferido, muito possivelmente aconselhados por Jorge Mendes?

Voltando às palavras de Jorge Jesus, não tenho dúvidas que, como Melgarejo (e há mais casos e não são dois nem três...), o Nelson Oliveira foi "vitima" de Jorge Jesus e da ganância e sobranceria do treinador. Foi ele, mas poderia ser outro se tivesse falhado aquele golo... como o Rodrigo também "desapareceu" depois daquele falhanço com o Barça. 

Porque Jorge Jesus é vingativo e como condutor de homens e formador é inversamente proporcional à sua competência técnica como orientador táctico: Péssimo, muitíssimo mau, do pior que já vimos.

A pergunta que se coloca é: 
Quantos mais jogadores ser irão perder e queimar por teimosia, vingança e embirração de Jorge Jesus?

As Conquistas do Presidente...

Avatar
 ●  25 comentários  ● 

Foi eleito Presidente do Sport Lisboa e Benfica a 31.10.2003, depois de cerca de dois anos e desde então conquistou os seguinte Títulos pelo Benfica (principais modalidades colectivas masculinas): 

Futebol: 
2 Campeonatos Nacionais (2004/05), (2009/10) 
1 Taça de Portugal (2003/04) 
4 Taças da Liga (2008/2009), (2009/10), (2010/11), (2011/12) 
1 Supertaça de Portugal (2004/05) 

No futebol a palavra certa para mais de 10 anos de Presidência com apenas dois títulos de campeão é: Palmarés MISERÁVEL e nada condizente com a dimensão e perfil do SLBenfica. Inclusivamente, o SLBenfica vai já com 3 anos sem vencer, o que atira por terra a teoria da recuperação do Clube. Ou seja, o Benfica de Vieira vence de 5 em 5 anos, sendo tal verdade quando chegou... e hoje em dia.

Contudo, nas modalidades, especialmente a partir de 2009 ou 2010, notou-se uma evolução muito significativa, facto ao qual não é alheio o brutal aumento de orçamento das mesmas a partir dessa altura. Ainda assim, em SÓ NUMA modalidade Luis Filipe Vieira consegue uma percentagem de vitórias em campeonatos igual ou superior a 50%, ou seja, em mais de 10 anos de Presidência teve UMA modalidade em que tenha conquistado 5 ou mais títulos de campeão num rácio de um título a cada dois anos (Futsal).

Modalidades como o Futsal, por exemplo, ao contrário do que se possa pensar ganham muito menos titulos desde que a modalidade deixou de ser autonoma e passou a integrar o Clube, apesar de já depois disso ter ganho o maior titulo de todos: a UEFA Futsal Cup.

Depois há casos inexplicáveis onde apesar do aumento de orçamento nos últimos anos, continua um deserto de títulos como são os casos do Andebol e do Volei.

Basquetebol: 
4 Campeonatos Nacionais (2008/2009), (2009/10), (2011/12), (2012/13) 
3 Supertaças de Portugal (2009/10), (2011/12) e (2012/13)
2 Taça Hugo dos Santos (2010/11), (2012/13) 
3 Troféu António Pratas (2007/2008), (2008/2009), (2011/12) 

Futsal: 
1 UEFA Futsal Cup (2009/10) 
5 Campeonatos Nacionais (2004/05), (2006/07), (2007/08), (2008/09), (2011/12) 
4 Taças de Portugal (2004/05), (2006/07), (2008/09), (2011/12) 
5 Supertaças de Portugal (2004/05), (2006/07), (2007/08), (2011/12), (2012/13) 

Andebol: 
1 Campeonato Nacional (2007/08) 
1 Taça de Portugal (2010/11) 
2 Taça da Liga (2006/2007), (2008/09) 
2 Supertaças de Portugal (2010/11, 2012/13) 

Voleibol: 
2 Campeonatos Nacional (2004/05), (2012/13) 
5 Taças de Portugal (2004/05), (2005/06), (2006/07), (2010/11), (2011/12) 
2 Supertaça de Portugal (2011/12), (2012/2013) 

Hóquei em Patins: 
1 Liga Europeia (2012/13) 
1 Taça CERS (2010/2011) 
2 Taça Continental (2011/12), (2012/2013) 
1 Campeonato Nacional (2011/12) 
1 Taça de Portugal (2009/10) 
2 Supertaças de Portugal (2010/11), (2012/13) 
1 Taça Intercontinental (2012/2013) 

Atletismo: 
3 Campeonatos Nacionais (2010/11), (2011/12), (2012/2013) 
2 Campeonatos Nacionais de Pista coberta (2011/12), (2012/13) 
1 Campeonato Nacional de corta-mato (2012/13)

Perante estes dados, tendo em conta que estamos a falar de um clube DESPORTIVO, a questão que se coloca quando estamos perto da viragem de ano e quase a meio do quarto mandato do nosso Presidente:

Qual a sua opinião sobre a avaliação desportiva dos três mandatos e meio de Luis Filipe Vieira?

Eu sei que doi... Mas voltemos ao Ajax!

Avatar
 ●  23 comentários  ● 
Como ficou claro no tópico Descubra as diferenças: Ajax e Benfica, a cagança que temos leva benfiquistas a ter pensamentos de sobranceria absolutamente ridicula. Vários os que achavam que o Ajax andava pelas ruas da amargura... e vistas bem as coisas, continuam a dar 10-0 ao SLBenfica em títulos e capacidade de gestão. Mas o prémio de creatividade dei ao cromo que disse que o Ajax faz isso e o Benfica não pode fazer... porque existe Sistema em Portugal. LOL!

Importa, por isso, perceber então a história por trás dessa famosa Academia de Formação e perceber se será realmente algo assim tão complicado de implementar ou que precise de 50 anos...

Com o sucesso da "laranja mecânica" os grandes clubes italianos, espanhois e alemães eram uma ameaça à retenção de talentos. Talvez com uns 20 anos de atraso, o que percebemos agora em Portugal, os Holandeses perceberam há muito tempo. Era impossível "segurar" os jogadores de maior qualidade, fossem de que nacionalidade fosse e comprar jogadores é sempre um "jogo" arriscado onde se perde muito dinheiro para poder ganhar algum.

O Ajax "meteu mãos à obra" e foram pioneiros na criação de uma escola de futebol de dimensão/qualidade Mundial. Começou pelo topo da pirâmide, por uma liderança que fosse capaz de montar e liderar todo o projecto e trazer inovação e diferenciação. Foi nomeado Leo Bennaker para Director Geral da Escola de Formação do Ajax. Sim... não foi o Presidente que assumiu a liderança nem andou à procura de um amigo da sua confiança, mas sim alguém competente, com conhecimentos e vontade de montar um projecto empreendedor.

O primeiro passo desta estratégia foi a "Prospecção". Sim, algo que o SLBenfica terá descoberto verdadeiramente em meados de do Sec XXI com Bruno Maruta, actual Team Manager da equipa B do SLBenfica. A par de Aurélio Pereira e Bento Valente (os dois no SportingCP), Bruno Maruta começou a a partir do papel de olheiro a crescer até ser um elemento fundamental na criação da estrutura de prospecção do SLBenfica, por ocasião de 2004/2005 (não tenho bem a certeza do ano)...

Portanto, com menção honrosa para o nosso comentador de serviço Gandaia, eis o grande motivo pelo qual o SLBenfica começa, uns anos depois, a ter jogadores oriundos da formação, talvez o primeiro tenha sido realmente o Nelson Oliveira. Quero com isto dizer que se antes disso não havia jogadores de efectiva qualidade é, precisamente, pelo mesmo motivo que o Ajax começou a estruturar a formação por aqui: Faltava capacidade de identificar talentos a nível nacional.

Depois do Leo Bennaker, seguiu-se como director geral Aro de Mos e este engrandeceu ainda mais o trabalho de Leo ao alargar a prospecção para fora de Amsterdão... num raio de 30 a 40Kms da cidade. Lembrem-se que estamos a falar na época que foram descobertos nomes como Rijkaard ou Van Basten.

Estavam lançadas as bases que iriam servir de suporte à obra de Johan Cruyff e Tony Bruins Slot (sim, esse mesmo que foi adjunto do Benfica com Koeman!).

Continunando a alargar o modelo de prospecção, Johan Cruyff começou a "caçar" jovens a partir dos 8 anos, defendendo que a partir dessa ideia já era evidenciadas as características relevantes para trabalhar no futebol. Seguiram-se as estratificações etárias, sustentadas na concepção que os jogadores deveriam ser agrupados em função da idade e que um ou dois anos fariam toda a diferença e apareceram as equipas de formação A e B.

Mas nada disto teria sentido se depois os modelos de treino na se adaptassem os métodos de treino e Johan Cruyff definiu um modelo de formador em função dos escalões ou seja, até aos sub-14 os treinadores deveriam assumir uma relação com os jogadores quase de pai para filho, pois estes ainda se estariam a formar enquanto indivíduos, e os seus níveis psicológicos ainda não seriam os mais desejáveis. Dos sub 15 aos sub 16, os treinadores deveriam enveredar por uma postura disciplinadora, pois os miúdos estariam no auge da adolescência que é sinonimo de alguma rebeldia. Nos juniores, os treinadores deveriam dominar a estratégia e planificação, assim como dominar a nível táctico, para facilitar a transição da formação para o Alto Rendimento.

Fácil, não?

Mais inovações se seguiram na especialização de treinadores (defensivo, ofensivo, médios, preparador físico, guarda-redes, etc.), ah sim... foi com Johan Cruyff que começou.

Por fim o modelo táctico único desde os escalões de formação até às equipas seniores, que tanto gostam de apelidar (mas não aplicar) hoje clubes como o SLBenfica e que foi criada a partir da base. Ou seja, de que serviria implementar um modelo que fosse bom para os séniores, se depois os mais novos não o conseguissem interpretar e implementar e tivessem que esperar até aos juvenis ou mesmo juniores para o usar? Foi então que nasceu o modelo que o Jesus tanto gostou e que inspirou tanto "futebol total" na decada de 80 e 90 com os "triangulos imaginarios" do 3-4-3 que Johan Cruyff fez vingar no Barcelona anos mais tarde.

A esta base de inovação seguiu Louis Van Gaal, que juntou ao trabalho de Johan Cruyff a formação académica que distingue valores como ele próprio e José Mourinho. Van Gaal adaptou e melhorou os modelos de treino iniciados por Johan Cruyff. A este seguiu-se o ex-FCPorto Co Adriaanse, depois mais dois antes de Danny Blind que focou toda a sua atenção no aspecto puramente futebolístico.

Como podemos constatar, a evolução da escola do Ajax para chegar á “quase perfeição” que é hoje, foi feita por ciclos, e através de cunhos pessoais e ideologias próprias dos directores que foram passando pelo Clube. O Ajax ,hoje em dia, pode-se orgulhar de ser a maior escola de Formação do Mundo, e mesmo esta filosofia de aposta em jovens, não os arreda dos títulos internacionais, como provaram com a geração de Seedorf,Davids,Overmars..etc, que se sagrou campeã Europeia. É obvio que montar uma escola desta envergadura tem custos elevados, mas o retorno em venda de jogadores de qualidade é bastante superior, o que permite ao Ajax ser um clube auto suficiente e sempre com o futuro garantido

Interessante perceber como o Director Geral teve tanta autonomia para inovar redimensionar e permanentemente reestruturar e reinventar a formação do Ajax... O sucesso da melhor escolha de formação do Mundo não é alheio a este facto.

Obviamente que além disto, houve ainda outras questões como a Ideologia e a Visão do Ajax, que diziam o seguinte:


Ideologia: Jogar futebol organizado e colectivo, atractico e de ataque para ganhar sempre. 

Visão/objectivos: Propiciar condições óptimas de aprendizagem aos atletas para estes, mais tarde, atingirem os objectivos Nacionais e Internacionais do Clube, na alta competição.


Toda a organização interna do modelo de formação respeitava então esta doutrina. Deste o topo da pirâmide, o Director Geral - que já aqui mostrei o seu papel fundamental- passando pelos Sub-Directores e departamentos-chave: Prospecção (com olheiros, treinadores e responsáveis de ligação com seleccionadores das camadas jovens); Formação (coordenadores, treinadores, delegados...); Organização (Infra-estruturas), Treino, Staff Técnico e Coordenação.


A organização é um factor chave para o sucesso do Ajax, e é a grande lacuna na maioria dos clubes como o SLBenfica que vão colocando nestes cargos "amigos" ou "homens de confiança" do Presidente ou de Administradores da SAD como são os casos de Manuel Ribeiro e Armando Jorge Carneiro que, com o devido respeito por todo o seu trabalho e competência, estão longe de ter os conhecimentos e a visão que marque a diferença na formação.

Se compararmos o modelo do Ajax, começado a construir nos anos 70 e 80, há mais de 30 anos, vemos que só agora o SLBenfica começa a chegar perto de algo parecido, mas com recursos muitíssimo mal preparados e com poucas competências (ou "mal arrumados"). A ausência de estrutura de base é total e o que tem marcado efectivamente a diferença é um orçamento para a prospecção muitíssimo grande que faz com que o SLBenfica conheça hoje todos os valores existentes em Portugal e tenha nos seus quadros grande partes deles, em todas as idades.

Contudo, onde depois a organização faz a diferença, que é no desenvolvimento das competências desses jovens identificados, é onde tudo começa a cair e onde vemos os jovens a "perderem-se" e o SLBenfica a perder.

Desenganem-se todos os que consideram que depende apenas dos miúdos ter uma carreira de sucesso. Eles precisam de ter muita sorte em estar no clube certo, no momento certo e ter ao seu lado as pessoas certas. Ou acham mesmo que o Cristiano seria o que é hoje se tivesse estado engripado naquele jogo de apresentação aos sócios com o Manchester United ou se o Boloni tivesse tido que ele ainda estava "muito verdinho" o tivesse posto a jogar no Farense durante um ano e depois o emprestasse ao Leiria e para um ano de transição fizesse uma época no Brugge ou no Corunha? Claro que não...

O futuro do SLBenfica e do futebol português em geral só tem um caminho se quiserem evitar o colapso geral a médio prazo e nos tornarmos numa liga ao nível do Chipre ou da Belgica: Apostar na revolução e reinvenção do modelo de formação.

Poucos são os clubes em Portugal com capacidade de o fazer à data de hoje e o SLBenfica é um deles, pois tal como disse acima, implica recursos financeiros, mas que obviamente (e como já provei antes) tem muitíssimo mais retorno que o modelo actual.

Próximo Passo? Reestruturar! Reestruturar! Reestruturar! É preciso "limpar", contratar um líder com conhecimento e capacidade de aportar valor (sim, terá que ser estrangeiro, em Portugal, infelizmente, a não ser que consigam ir buscar o Aurélio Pereira... o melhor é esquecer, porque ainda há muito trabalho pela frente antes de ir buscar académicos). França e Holanda são os locais certos para ir buscar um líder que possa fazer uma "missão" de três anos a reestruturar e reajustar o modelo, bem como abrir espaço para um sucessor "da casa" e português, claro.

Mas... haverá vontade de acabar com a "feira de vaidades"? Não creio, mas desejo estar enganado!

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Equipa B e o fantoche.

Avatar
 ●  20 comentários  ● 

Quem escolhe a convocatória e equipa inicial para o Benfica B? Quem decide até as substituições de forma antecipada?

Quem se esforça por queimar o bom trabalho dos 'proscritos' do plantel principal?

Quem procura tirar o brilho às exibições de quem faz sombra às opções do mestre da táctica?

Quem se presta ao trabalho de ser um verbo de encher em vez de fazer honra a alguma história que já teve no passado do clube?

Fantoches na mão do 'puppeteer' que continua a servir-se do clube para objectivos obscuros e sem proveito real para o Sport Lisboa e Benfica.

Apoiar isto? Nem pensar.

Descubra as diferenças: Ajax e Benfica

Avatar
 ●  18 comentários  ● 
Há uns anos atrás, todos queriam ser como o Ajax.

Clube famoso já na decada de 70 por nomes como Johan Cruijff, Piet Keizer, Sjaak Swart e Johan Neeskens e mais tarde na decada de 80 com os fabulosos Frank Rijkaard e Marco van Basten.

 No final da decada de 90, apareceram vários jovens saídos da formação do Ajax liderados um treinador a quem todos viam um perfil de treinador que apostava tudo na formação, (Louis van Gaal). Nomes como Edgar Davids, Edwin van der Sar, Clarence Seedorf, Marc Overmars e Patrick Kluivert e os mais experientes Frank Rijkaard Danny Blind e Jari Litmanen faziam uma equipa de sonho que rapidamente catapultou todos estes jovens para clubes de topo europeu e o Ajax... voltou a recomeçar tudo de novo no contexto de formar nova equipa de talentos onde apareceu, entre outros Zlatan Ibrahimovic.

Além dos acima referidos, da lista de jogadores famosos que actuaram pelo Ajax, 60% são holandeses onde se contam nomes como Sneijder, Bergkamp, Bosman, de Jong, van der Meyde, Koeman, os irmãos de Boer, Stam, Van der Vaart, e muitos outros......

Refiro-me hoje ao Ajax porque há uns anos atrás todos queriam "ser o Ajax".

O Sporting queria ser o "novo Ajax" quando fez a Academia... o SLBenfica, obviamente com a cagança que nos caracteriza, queriamos ser maiores e melhores que o Ajax.

E muitos por esta altura se riem e dizem "que ridículo comparar o grande Benfica e o que temos feito com o Ajax". Ai sim? Vejamos:

- Desde 1993/1994 (há 20 anos, portanto), o SLBenfica venceu três titulos de campeão... O Ajax venceu "apenas" nove!

- Ainda internamente, desde 1993/1994 (há 20 anos, portanto, o SLBenfica tem duas Taças de Portugal e uma Supertaça. O Ajax tem seis às quais ainda junta mais sete supertaças da Holanda.

- Desde 1993/1994 (há 20 anos, portanto), quanto a conquistas europeias, o SLBenfica tem uma presença na final Liga Europa e o Ajax tem uma Taça UEFA, uma Supertaça Europeia, uma Liga dos Campeões e uma Taça Intercontinental.

Portanto, desportivamente parece-me que estamos conversados, não?

Nada disso! Não estamos nada conversados!
Conquistas europeias depois de 1995? Ahhhhhh....!!! Ok, não têm, mas... o Benfica também não, certo?

Espera, espera... então já viram a Liga onde eles jogam? Aquilo é o Ajax, o PSV e pouco mais.
Ai sim? Ora, nos últimos 20 anos a Eredivisie teve 5 clubes a vencer o campeonato! Portugal teve... quatro. Nos últimos 10 anos, a Liga Holandesa teve quatro vencedores diferentes. Portugal teve... dois.

Ah mas nós vendemos o David Luiz, o Coentrão e o DiMaria por muitos milhões! Certo... querem falar de Sneijder, De Jong, Van der Meyde, Van der Vaart, Chivu ou Suarez?

Ah mas nós temos a Catedral!!! Pumba...! Ceeeeerto, querem falar do Amsterdam Arena?
Ah mas nós temos o Caixa Futebol Campus!!! E agora...? Ok... querem falar da Academia De Toekomst???

Então e nas receitas?! Ah pois é amigos... aquela cena da Deloitte!? Não fomos no ano passado o 21º clube com mais receitas no mundo com 102M€?? Já buscar Ajax... Oh espera... o Ajax veio logo no 27º lugar com apenas menos 3M€ de receitas que o Benfica!

Oh então e o número de sócios!? Ah... fala agora GB! Pronto... fui apanhado! Afinal a comparação não faz sentido porque o Benfica mesmo muito mais sócios do que o Ajax!

Na verdade a comparação então não faz sentido, pois um clube de um país com 16M de habitantes que não tem mais sócios que o SLBenfica... é fraquinho!

Tão fraquinho, tão fraquinho que os anos passam e o Ajax continua a ganhar titulos e a fazer destas:

Sabem que mais? Arrisco dizer, sem sequer o conhecer, que este Jairo Riedewald é INFERIOR ao Bernardo Silva, por exemplo. A grande diferença é que tem a sorte de ter nascido para o futebol num país e num clube onde a prioridade dos clubes, dirigentes e treinadores é formar jogadores e vencer com eles. Não com outros... com eles sempre que possível.

O Ajax não faz contratações? Claro que sim! A "cantera" não alimenta tudo! E não contrata estrangeiros?! Sim, poucos mas sim... e poucos porquê? Precisamente porque foi no momento em que decidiram aventurar-se pelas compras e vendas de jogadores que o clube "parou no tempo" nas conquistas desportivas e abanou por todo o lado financeiramente.

Mas é como vimos acima, o exemplo é pouco comparável... Somos o Benfica porra! Eles são "só" o Ajax.

Aliás, segundo o Club World Ranking (LOL), somos o 7º melhor clube de 2013 e o Ajax nem vê-los... são só o 57º ainda que tenham ganho o titulo de campeões da Holanda, mas nós ganhámos quase tudo! Quase a Taça, quase a Liga Europa e quase o campeonato... Por isso mesmo temos o 7º melhor treinador de 2013 e eles têm o 49º. Bem vistas as coisas, o 7º melhor de 2013 deveria ser o 7º mais bem pago e não o 11º. Haja justiça, porra!

Entrevista muito importante para os entendidos...

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
Muitos são os que têm a mania que são entendidos do futebol e da avaliação de jogadores. Para os que diziam que o rapazinho pouco joga no Gil Vicente e que é fraco, a resposta vem em forma de constatação de factos na entrevista do Luis Martins ao jornal O Jogo. Tomei a liberdade de destacar algumas informações uteis para alguns iluminados...



Como quem não quer a coisa o SLBenfica pode ter, na minha opinião, os futuros laterais da Seleção Nacional dentro de alguns anos: João Cancelo e Luis Martins.

Estes jovens virem a ser jogadores de qualidade no SLBenfica depende acima de tudo do Clube ter capacidade, vontade e recursos humanos para tirar deles o imenso potencial que dispõem. Tal como refere o Luis Martins, não pode ser com "fogachos" de aparições só para adepto ver, estes miudos precisam de ser apostas regulares e entrar num plano estruturado e num projecto que tenha como objectivo claro desenvolver as suas capacidades em proveito do SLBenfica.

Vou voltar a referir:

Com um trabalho bem feito, possivelmente terá que ser com outro treinador (com pena minha), o SLBenfica poderá ter dentro de três/quatro anos integrados no seu plantel jogadores como: Oblak, Luis Martins, João Cancelo, João Nunes, Lindelof, Bernardo Silva, Ivan Cavaleiro, Nelson Oliveira, Miguel Rosa, Gonçalo Guedes, Ruben Pinto, Bruno Varela, Rochinha...

Se num processo gradual dois destes jogadores forem aparecendo ano após ano no plantel principal, dentro de cinco anos teremos um plantel de 21/22 jogadores na equipa principal, com mais de metade (ou perto disso) portugueses e/ou formados no SLBenfica.

HAJA CORAGEM! Haja competência... Haja apoio dos benfiquistas a estes miúdos...

Semelhanças entre uma ditadura e o Benfica.

 ●  19 comentários  ● 

Artigo de opinião enviado para o NGB pelo benfiquista 'David El Rumbero'.

"A realidade da minha vida prende-se com que, duas das minhas maiores paixões são das coisas mais apetecíveis para as pessoas e lideres mal intencionados, isto porque são uma fonte inesgotável de fazer dinheiro devido à sua riqueza e por contradições da vida o maior problema e a causa principal da tragédia que vivem estas duas paixões é serem riquíssimas sendo a sua principal virtude o seu maior defeito. Falo do país que me viu nascer, a Venezuela e o clube do meu coração, o Glorioso Sport Lisboa e Benfica.

As minhas maiores paixões (para alem da minha família) estão a ser sugadas até à exaustão por Ditadores que se aproveitam da sua boa gente, uma delas está já no ponto de inflexão e a “perfurar” o fundo, depois da morte de Chávez, mas a outra paixão que se encontra debaixo de uma ditadura ainda lhe vejo longe o fim do regime que a esta a consumir a pouco e pouco, o nosso Benfica. As semelhanças entre a ditadura comunista Venezuelana y a Ditadura que oprime os Benfiquistas são muitas e cada vez que acontece um atropelo no Benfica tenho uma sensação de deja vu.

A continuação deixo alguns exemplos de medidas totalitárias tomadas tanto na Venezuela como no Benfica.

Hugo Chavez desde que tomou conta do poder da Venezuela no ano 1999 tomou uma serie de medidas de caráter ditatorial retirando aos Venezuelanos a pouco e pouco os seus direitos, ao mesmo tempo que encontrou um dos melhores períodos econômicos da historia do País que não soube aproveitar em termos nacionais mas que em termos pessoais se beneficiou como nenhum.

LFV desde que tomou conta do poder no Benfica tomou uma serie de medidas de caráter ditatorial retirando aos Benfiquistas a pouco e pouco os seus direitos ao mesmo tempo que encontrou um dos melhores períodos econômicos (no caso do Benfica seria um período de liquidez depois de uma longa recuperação, é certo e também há que dizê-lo) que não soube aproveitar em termos tanto financeiros (vide o passivo) nem em termos desportivos.

Hugo Chavez a partir da sua 2º ou 3º reeleição (perdoem-me a imprecisão mas la há eleições quase todos os anos e já perdi a conta), estabeleceu Eleições com votação por meios eletrônicos (a coisa mais fácil de manipular a través de software), nacionalizou cubanos e chineses que só aparecem na Venezuela quando há eleições para votarem por ele.

Lfv estabeleceu votações por meios eletrônicos (que por acaso não sei quem as supervisa) inaugurou quantas casas do Benfica pode dando aos presidentes dessas casas 50 votos independentemente dos anos de sócio que tivessem.

Hugo Chavez nunca aceitou debates televisivos contra o candidato da oposição limitando-se a insultá-los e denegri-los e falar nos presidentes anteriores (mesmo depois de 14 anos no poder) utilizando-os como desculpa para todos os males que o pais atravessa e instaurar a idéia de “ou Eu o Caos”

LFV nunca aceitou debates televisivos contra o candidato da oposição limitando-se a insulta-los e denegri-los e falar no Vale e Azevedo (mesmo depois de 12 anos no poder) utilizando-o como desculpa para todos os problemas que o clube possa ter e instaurar a idéia de “ou Eu o Caos”

Hugo Chavez executou uma Mudança da constituição do país com diversas leis com o intuito final de se fazer perpetuar no poder (as eleições passaram de ser de 4 em 4 anos para serem de 6 em 6) e debilitar a oposição acrescentando dificuldades para o derrotar.

LFV promoveu uma mudança nos estatutos do Benfica com o intuito de se fazer perpetuar no poder (as eleições passaram de ser de 3 em 3 anos para serem de 4 em 4) e debilitar a oposição acrescentando dificuldades para o derrotar. Isto para não falar da passagem do Estádio para a SAD, sim amigos Benfiquistas o Sport Lisboa e Benfica já há uns anos que não tem estádio!!

Hugo Chavez com os seus discursos populistas conseguiu uma divisão efectiva do país criando ódios inexistentes até então (divisões entre pobre e ricos, brancos e pretos, etc).

LFV com os seus discursos populistas conseguiu uma divisão efectiva da nação Benfiquista criando ódios entre Benfiquistas e entre quem o apóia e quem não.

Hugo Chavez apropiou-se dos 2 canais de televisão do estado e criou 2 ou 3 canais mais (para alem das rádios) utilizando-os para bombardear de propaganda populista todos os Venezuelanos destacando repetidas vezes e de diferentes formas todos os dias o que de “bom” se faz pelo país ao mesmo tempo que se esconde a verdade sobre os erros cometidos.

LFV criou um canal de televisão utilizando-o para bombardear de propaganda populista todos os Benfiquistas, destacando repetidas vezes e de diferentes formas todos os dias o que de “bom” se faz pelo clube ao mesmo tempo que se esconde a verdade sobre os erros cometidos.

Hugo Chavez traiu a Patria ao deixar temas fundamentais da nação na mão de cubanos e hoje em dia quem manda no exercito Venezuelano são os Generais Cubanos, para cumulo nomeou seu sucessor Nicolas Maduro que ainda não conseguiu mostrar provas de que é Venezuelano e vários jornalistas já mostraram publicamente a certidão de nascimento que comprova que nasceu na Colômbia, isto para não mencionar que a sua formação foi feita em Cuba.

LFV traiu o Benfica e todos os Benfiquistas ao deixar temas fundamentais nas mãos de adeptos de clubes rivais que nunca quiseram o bem do Benfica (finanças, departamento jurídico, prospecção, comunicação). E não podemos esquecer que a sua formação como dirigente desportivo foi feita no Porto com o mestre Pinto da Costa e não falemos dos seus 24 anos como sócio Porto e alguns outros como sócio do Sporting.

Hugo Chavez mudou os símbolos do pais, o nome, o escudo, o nome dos ministérios, da policia, das escolas, etc etc.

LFV esteve por trás da decisão de deitar abaixo o maior símbolo do Benfiquismo, o grandioso estádio da Luz para construir aquilo que temos hoje que só quem não conheceu o antigo estádio pode dizer que aquilo é grandioso e que para mim é um estádio igual aos outros. (Ainda agora o Santiago Bernabeu vai ser remodelado, ninguém é capaz de dizer que está velho e que tem de ser deitado abaixo..)

Na Venezuela destruiu-se toda a produção local para que todos os produtos sejam importados e assim os ministros e o próprio presidente façam negócios de importações com países estrangeiros e podendo assim ficar com as respectivas comissões.

No Benfica os jogadores da formação têm poucas ou nenhumas oportunidades para que se façam as respectivas negociatas com as suas respectivas comissões e deve ser por isso que temos perto de 100 jogadores sob contrato.

Na Venezuela os seguidores incondicionais da Ditadura nada têm, vivem de esmolas, vivem em favelas e fazem culto ao Rei porque antes dele comiam só três dias por semana e agora comem 4, antes viviam debaixo de uma ponte e agora têm uma favela e o Ditador vai mandando perante a mediocridade e falta de exigência do seu Povo.

No Benfica os 83% vivem orgulhosos e são incondicionais de Luis Filipe Vieira porque antes dele ficavam em 3º y 4º lugares mas agora ficam em 2º, antes tinham Pringles, Jorge Suares y Thares e agora têm Emersons, Cortezes e Farinas... e o Ditador vai mandando perante a mediocridade y falta de exigência do seu povo.

Hugo Chávez soube comprar com o dinheiro de todos os Venezuelanos a moral de grandes personalidades da Venezuela, actores de televisão, jornalista e intelectuais e fazer destes seus lambebotas oficiais defendendo Hugo Chavez antes que o seu pais e o seu povo.

LFV soube comprar com o dinheiro do Benfica a moral de grandes personalidades do Benfica e de Portugal, ex jogadores, dirigentes, políticos, jornalistas, etc (que enfie a carapuça quem quiser) e fazer destes, seus lambebotas oficiais defendendo LFV antes que o seu Clube.

Hugo Chavez todas as semanas falava mal dos Estados Unidos, dizia que o maior mal da humanidade é os Estados Unidos e que a culpa de todos os problemas da Venezuela é dos Estados Unidos ao mesmo tempo que a sua família vai todas as semanas de compras y de férias aos Estados Unidos, utilizam dólares todos os dias e consomem produtos americanos todos os dias e continua a vender petróleo aos Estados Unidos.

LFV leva 12 anos a falar mal do FCP y do sistema, diz que a culpa de todos os problemas do Benfica são do FCP e do sistema e ao mesmo tempo apóia o Fernando Gomes para a Liga e para a Federaçao (2 vezes sim!) é amigo e tem negócios com o Salvador isto para alem de dizer que Valentim Loureiro é um homem serio e outras tantas bofetadas nos valores do Benfica e benfiqistas.

Hugo Chavez era um “expert” em manobras de diversão para distrair o povo enquanto enchia os bolsos, expropriava empresas inteiras para que fossem do povo e não de um capitalista (depois de 2 meses a empresa fechava) começava a construir casas aos pobres mas depois não as acabava, criava supermercados a preços socialistas mas passados uns meses a comida era vendida pela porta de trás a preços capitalistas e o povo continua igual de pobre que há 14 anos.

LFV fez um novo estádio que não fazia falta, fez um centro de estagio que ainda so deu 2 jogadores que se aproveitaram na equipa principal, (estas duas obras ainda estão por pagar), criou um fundo de jogadores, fez grandes acordos com clubes (como o Varzim y países árabes) que ainda ninguém sabe para que servem, fez uma fundação y um museu carregado de troféus do século passado, mas o povo Benfiquista continua na mesma sem títulos como há 21 anos...

Como podem apreciar estes são alguns dos exemplos (outros tantos ficam por mencionar) das políticas ditatórias comuns a um país que vive uma ditadura que casualmente (ou não) são muito, mas muito parecidas às tomadas pelo presidente do Benfica.

É inadmissível que um clube historicamente democrático como o Benfica esteja nesta situação, a ser gerido por um Ditador a seu bel prazer e que tenha o apoio que tem. Temos que recuperar o Benfica, recuperar a identidade Democrática e de vitoria e exigência e que volte a ser um clube ganhador que defenda os valores do Benfiquismo e deixe de estar tomado por Caciques unicamente preocupados pelos seus interesses pessoais às custas da maior instituição de Portugal e dos Benfiquistas.

Devolvam-nos o nosso BENFICA!"

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Um atleta à Benfica.

Avatar
 ●  7 comentários  ● 


"Primeiro a recusa. Um assunto demasiado delicado, que podia levar as pessoas a pensarem num aproveitamento de imagem.Depois, a vontade de viver, aos 28 anos, esta experiência, de ajudar, de esquecer por algumas horas o futebol.Foi assim que Ruben Amorim reagiu ao convite para, juntamente com os jornalistas de Record, e com o consentimento do Benfica, ser voluntário por uma noite na Comunidade Vida e Paz. Encheu o coração e foi esvaziando a alma ao ser confrontado com a realidade daqueles que não têm casa ou comida." - Record.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Possibilidade de regresso deste? Naaaahhhh...

Avatar
 ●  31 comentários  ● 

Esperem lá! Mas não andavam aqui no blog a dizer que o rapazinho não tinha qualidade quando eu defendi imensas vezes que não só não deveria ter saído, como recentemente até defendi o seu regresso??? (podem confirmar aqui: Até quando Jorge Jesus os vai aguentar...)

É impressão minha ou li vários comentários ao longo do tempo a dizer que o Luis não tinha qualidade? Ou será que esses agora vão dizer "ah e tal, mas entretanto, já que, devido a..." BULLSHIT!

Será uma prenda de Natal fantástica ver o nosso Luis Martins regressar ao seu clube para ser alternativa ao Sílvio e mandar o lesionado crónico do Siqueira, de volta ao amigo do Pinto da Costa, e que diga-se de passagem nunca fez no Benfica melhor do que o Luis faz no Gil.

A ala esquerda do SLBenfica não tem nada que saber e foi formada na Luz e com qualidade: Sílvio e Luis Martins.

Já agora, aqueles que vão começando a ter coragem de apostar nestes míudos mesmo contra o Jorge Jesus, leiam o tal tópico acima  porque há mais de onde foi formado este...

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Mensagem de Natal by GB

Avatar
 ●  10 comentários  ● 
Caríssimos,


Manda a tradição que haja uma "Mensagem de Natal", ora eu poderia andar aqui com grandes apelos à união e à unificação... mas sabemos todos que a paixão clubista que nos une tornou-se pequena neste novo mundo empresarial em que um bando de oportunistas transformaram o nosso desporto.

O desporto em geral, mas o futebol em particular pela sua dimensão e expressão de milhões de euros e pessoas, tornou-se um negócio de pessoas e a paixão clubista tornou-se na paixão por pessoas. Hoje em dia admiram-se homens e não clubes, jogadores e não golos, relatórios e contas e não títulos. Não é bom nem mau... é o sinal dos tempos.

Muitos de nós continuamos a não compreender este fenómeno e andamos para aqui a discutir futebol e desporto em geral, quando isso se tornou apenas na fase visível do mundo de negócios em que tudo se transformou, infelizmente muitas vezes obscuros e à margem da lei.



Nem precisamos de olhar para norte onde vemos uma autentica máfia a funcionar com empresários, política, justiça, polícia, marginais... todos envolvidos numa operação gigantesca de distribuição de dinheiro. Basta olharmos aqui para o nosso SLBenfica, onde que saibamos essa máfia siciliana não existe, mas onde vemos um conjunto de decisões incompreensíveis, gente que não percebemos como fazem parte do clube, dirigentes que crescem enquanto o clube decresce, discursos dignos de um qualquer clube novo-rico, enfim... sem identidade.

Mas se pensarmos bem, se calhar não pode ser diferente... ou se calhar pode, não sei nem creio que seja possível sabermos, pois na verdade os clubes transformaram-se em empresas, os presidentes em donos interinos e, esta é a parte que mais doi, os sócios e adeptos transformaram-se em clientes que servem apenas para "alimentar a máquina" de fazer dinheiro.

A conduta, a história e  os valores dos clubes passaram para segundo plano. Hoje em dia os sócios velhotes mantêm o habito de ir às AG mas votam sem perceber absolutamente nada de uma realidade já tão complexa que merecia ser tratada de outra forma. Os Presidentes acreditam que lhes passaram um cheque em branco para serem dirigentes de uma empresa, da qual se um dia se cansarem, sairão como outros sairam e quem vier atrás que feche a porta.

O adepto português, infelizmente, aceita tudo isto. Os mais velhos agarrados ás vivências passadas e os mais novos acreditando que o futuro lhes trará o que o em tempos os mais velhos viveram. Pobres coitados, andam ambos ao engano, o que foi não voltará a ser e o que aí vem, neste rumo, será cada vez pior.

Se os clubes se transformaram nisso, então se calhar sim, temos que ser gratos e orgulhosos não por vencer um campeonato, mas por ter descoberto uma conta de factoring com o BES que paga todos os ordenados a tempo e horas a troco da cativação de receitas de bilheteira, patrocínios e direitos televisivos. Se calhar temos que ser gratos e orgulhosos de termos um centro de estágio ao invés de querer vencer com pomba e relevância um qualquer Arouca ou Olhanense. Se calhar teremos que perceber a complexidade de um R&C ao invés de discutir o 4-3-3, ou teremos que perceber que determinado treinador ou dirigente pode não vencer, mas vende jogadores por milhões que continuam a "alimentar a máquina" e a tornar que tudo se reinvente dia-após-dia.

Portanto a mensagem que vos trago é de "Reality Check"! Se calhar é hora de pararmos de reclamar com aquilo em que diariamente permitimos que o Desporto em geral e o futebol português em particular se tornaram no SLBenfica (um meio para atingir outros fins!) e aceitar e adaptarmo-nos a esta situação. Congratularmo-nos e desejarmos outras coisas que não títulos, glória e o nome do SLBenfica além fronteiras pela dimensão da qualidade e conquistas desportivas...

... Ou se queremos essas conquistas, se calhar é hora de percebermos que não poderemos continuar neste caminho, se calhar com muitos destes interlocutores que tudo fazem para perpetuar esta situação que lhes convém e definitivamente, não poderemos continuar com esta atitude.

FELIZ NATAL PARA TODOS (mesmo todos...)

E VIVA O BENFICA!

Benfica e Sporting: um deles será para abater.

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Não restam dúvidas disso.

Uma das virtudes de Pinto da Costa, do ponto de vista dos portistas, foi cedo ter percebido que dificilmente conseguiria combater os 2 clubes de Lisboa e maiores clubes nacionais: Benfica e Sporting.

Quer por alianças com os 'otários' que foram passando pelas cadeiras presidenciais da Luz e Alvalade, bem como por um ataque claro ao que primeiro fraquejou.
E esse foi o Sporting, nos idos anos de Jorge Gonçalves. Apesar de o clube de Alvalade ter esboçada uma recuperação nos anos 90, por altura da equipa 'maravilha' com um meio campo de luxo com Balakov, Figo e Paulo Sousa, nunca mais conseguiu voltar a ser o 'rival de sempre'. 
  
Os primeiros anos do projecto 'Roquette' trouxeram novamente a esperança ao Sporting com 2 campeonatos ganhos em 3 anos. Mas o sportinguismo da 'geração Roquette' era inferior ao seu amor pelo dinheiro e pelo seu ódio ao Benfica. O Sporting foi caindo até bater no fundo com um herdeiro directo de Roquette: Godinho Lopes.

Hoje, o clube de Alvalade é liderado por alguém fora desse grupo dos ajoelhados. Fala demais, tem desbaratado o capital de alguma esperança de mudança de ares no futebol português por exagerar no seu discurso bélico, mas tem algo vital: uniu os sportinguistas em torno do seu clube. E com um orçamento pequeno face aos outros, tem aproveitado a conjuntura para fazer frente aos 2 do costume.

Na minha opinião, será o Sporting o alvo a abater. Pinto da Costa sabe que dificilmente terá sucesso face a um Benfica minimamente competitivo e a um Sporting insurrecto, irreverente e que dentro do campo seja um real adversário.

De uma vez, Pinto da Costa e os seus apaniguados tentarão desmoralizar e prejudicar o Sporting, para manterem a soro o Benfica, de forma a prepararem mais uma festa na última jornada do campeonato.

Tentarão também minar qualquer entendimento ou clima de paz entre os 2 grandes de Lisboa, pois isso seria catastrófico.

O inimigo predilecto de PC tem sido o Benfica. E não me parece que mudará agora.

Cabe a Benfica e Sporting não permitirem que pela 'enésima' vez PC e o FCP lhes façam a cama.

Terão os clubes de Lisboa dirigentes à altura para não irem em cantigas?

Nota: BdC tem que ser mais inteligente se quer manter-se como um dirigente de nova geração no desporto português. Não é a imitar o pior que por cá tem existido que vai conseguir seja o que for. Assim só conseguirá ser mais um péssimo exemplo do que não deve ser um presidente de um clube.

Obrigado Vieira!

Avatar
 ●  20 comentários  ● 




Se o preço dos bilhetes no jogo com o FCP  está claramente inflacionado face à carteira dos portugueses e face à (falta)qualidade do futebol praticado pelo Benfica, o que dizer deste super-pack, que não passa de uma máscara para os preços do costume?

Será que é para evitar que muitos se desloquem à Luz? Com medo que o resultado habitual de Jorge Jesus frente ao FCP aconteça de novo? Medo dos lenços brancos?

É esta a forma de cumprir a promessa da baixa de preço dos bilhetes?
Olhando para a média do preço mais barato para o público, 33,75€, cada jogo fica a 16,875€. É esta uma verdadeira baixa?

Não me parece. Se calhar o novo empréstimo obrigacionista de 50M€ não permite baixar mais que isto.
Devemos agradecer?



Vamos inundar a RTP de emails até este senhor sair.

Avatar
 ●  21 comentários  ● 


Na sua primeira aparição na RTP, mencionamos no NGB a vergonha que era para o jornalismo e para o canal público pago com os nossos impostos ter alguém como Tavares Teles a ser pago para dizer seja o que for.

Para os mais desatentos, uma das escutas do Apito Dourado revela que este senhor aceita fabricar uma notícia sobre o Deco a fim de favorecer o FC Porto. Isto está gravado e é público.

Pois parece que este senhor continua a estar no programa 'Zona Mista' na RTP Informação.

Enviei hoje um email para os endereços abaixo e convido-vos a fazer o mesmo. São os endereços disponíveis na página da RTP e que serão consecutivamente bombardeados até a RTP ter vergonha na cara e afastar este senhor.

"Exmos.Senhores,

No programa 'Zona Mista' da RTP Informação figura no painel um 'pseudo' jornalista de nome António Tavares Teles. 
Este senhor consta nas escutas do 'Apito Dourado' publicadas no Youtube como alguém que não respeitou o seu código deontológico e inventou notícias a mando de alguém. A conversa está lá e os factos são indesmentíveis.

Assim sendo, considero ser um insulto que um canal pago pelos meus/nossos impostos sirva para albergar tal personagem.

Como contribuinte português, exijo que a RTP tenha respeito por quem a financia e afaste alguém sem escrúpulos como este senhor.

Respeitem os portugueses que fartos de mentirosos já estamos todos nós!"

Os endereços são estes:
conselho.opiniao@rtp.pt

agenda.informacao@rtp.pt

dir.comercial@rtp.pt

Podem também em alternativa publicar no FB do provedor do telespectador:
http://www.facebook.com/#!/provedor.rtp

Convido-vos a fazer o mesmo. Podem copiar o texto bem como os endereços.
Só com pressão é que algo se conseguirá!

E se todos nos comportassemos como Luis Filipe Vieira?

Avatar
 ●  35 comentários  ● 

E se os adeptos e sócios do Benfica fossem como o presidente do clube? Faltassem em momentos chave? Ou assistir aos jogos fosse apenas para quando não houvesse mais nada para fazer?

E se os adeptos/sócios fossem assistir aos jogos das modalidades tantas vezes quanto o presidente do Benfica?

E se no próximo jogo todos os adeptos/sócios não fossem ao estádio? Como fez Luis Filipe Vieira no jogo com o Estoril na temporada passada ou no jogo da passada sexta-feira?

A diferença? É que os adeptos/sócios fazem tudo por amor ao clube. Por paixão pelo Sport Lisboa e Benfica.

O presidente do Benfica? Fá-lo por muitas razões...menos as certas.

ranking