O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Entrevista muito importante para os entendidos...

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
Muitos são os que têm a mania que são entendidos do futebol e da avaliação de jogadores. Para os que diziam que o rapazinho pouco joga no Gil Vicente e que é fraco, a resposta vem em forma de constatação de factos na entrevista do Luis Martins ao jornal O Jogo. Tomei a liberdade de destacar algumas informações uteis para alguns iluminados...



Como quem não quer a coisa o SLBenfica pode ter, na minha opinião, os futuros laterais da Seleção Nacional dentro de alguns anos: João Cancelo e Luis Martins.

Estes jovens virem a ser jogadores de qualidade no SLBenfica depende acima de tudo do Clube ter capacidade, vontade e recursos humanos para tirar deles o imenso potencial que dispõem. Tal como refere o Luis Martins, não pode ser com "fogachos" de aparições só para adepto ver, estes miudos precisam de ser apostas regulares e entrar num plano estruturado e num projecto que tenha como objectivo claro desenvolver as suas capacidades em proveito do SLBenfica.

Vou voltar a referir:

Com um trabalho bem feito, possivelmente terá que ser com outro treinador (com pena minha), o SLBenfica poderá ter dentro de três/quatro anos integrados no seu plantel jogadores como: Oblak, Luis Martins, João Cancelo, João Nunes, Lindelof, Bernardo Silva, Ivan Cavaleiro, Nelson Oliveira, Miguel Rosa, Gonçalo Guedes, Ruben Pinto, Bruno Varela, Rochinha...

Se num processo gradual dois destes jogadores forem aparecendo ano após ano no plantel principal, dentro de cinco anos teremos um plantel de 21/22 jogadores na equipa principal, com mais de metade (ou perto disso) portugueses e/ou formados no SLBenfica.

HAJA CORAGEM! Haja competência... Haja apoio dos benfiquistas a estes miúdos...

13 comentários blogger

  1. Apostar em jovens de valor nacionais não se coaduna com a estratégia desportiva/financeira do actual Benfica. Hoje em dia, somos uma montra de futebolistas para vários empresários/fundos que colocam cá os seus jogadores para num espaço de 1 (Witsel, Ramires,...), 2 ou 3 (David Luiz,...) anos serem vendidos para outros mercados que tenham maior capacidade financeira.

    É um negócio que agrada a todos os envolvidos:
    - o clube actual: porque tem o garantir de receitas e normalmente acaba por ter o "fillet mignon" dos jovens talentos para poderem trabalhar.
    - o clube futuro: porque quando esse jovem talento vai para o seu clube já vem com uma formatação/formação mais europeia, diminuindo tempos de adaptação e possuindo já experiência suficiente para manter o nível que se exige nesses clubes, ao mesmo tempo que ainda podem dar muitos anos de casa para pagar os avultados investimentos.
    - os empresários: pelas comissões, prémios de transferências e prestígio, em caso de sucesso das operações (sucesso desportivo e financeiro).
    - os jogadores: forma célere e organizada de chegar ao topo, carreiras desportivas e financeiras de topo.

    Contudo, este tipo de negócio quando em exagero podem ocorrer coisas muito nefastas:
    - no caso do Benfica, a aposta na prata da casa, mesmo com qualidade é só para inglês ver.
    - sem apostar no jovem português de qualidade (que basicamente existe nos 3 grandes que têm o mesmo comportamento), os jovens não têm espaço nem tempo para evoluirem a nível futebolístico.
    - sem evolução, as nossas selecções acabam por ter muito menos qualidade.
    - sem qualidade, Portugal não consegue melhores resultados nas competições e com isso menos dinheiro para financiar as actividades da federação, logo, menos dinheiro para o futebol nacional.
    - sem dinheiro para o futebol nacional, maiores serão as dificuldades e as diferenças entre clubes, o que fará descer a competitividade e a qualidade do meio de formação/competição.
    - efeito bola de neve...

    Soluções:
    Cenário A - o Benfica mudar de paradigma de política desportiva/financeira e apostar na qualidade do jogador formado na academia.
    Cenário B - a Federação apostar numa formação de qualidade menos centralizada nos grandes, um pouco como a Alemanha está a fazer ao colocar treinadores com formação nos clubes mais amadores e pagos a tempo inteiro.

    Este cenário B ajudaria a melhorar a competitividade geral do futebol nacional e acabaria por fazer com que os clubes grandes apostassem no cenário A, visto que o nível do jogador nacional seria muito mais atrativo para outros agentes desportivos...

    ResponderEliminar
  2. É jovem mas não teve valor para o Benfica. Se lhe acontecer o mesmo que ao Sìlvio fico contente.

    O Benfica foi competente em colocá-lo onde está, o resto da competência depende dele.


    ResponderEliminar
  3. E os actuais laterais não eram os 2 do Benfica,??? Se calhar até o (s) suplente(s) no brasil é do Benfica...
    O mendes sendo parceiro de todos, julgo que todos já perceberam o alcance da coisa...
    Meus caros o mendes não apanha o sabonete nos balneários , mas consegue aquecer a agua dos banhos. Joga as forças para privilegiar o sistema com a antecipação das receitas das sad´s. E a cabecinha dos jogadores passam a trabalhar pela ambição por aquele caminho que abre as portas sem bater... dos novos ricos com dinheiro para meter no carrossel do futebol.

    João Pereira Com Fábio nas laterais ainda é para durar uns aninhos, pelo menos mais um mundial ...

    Boas festas para todos

    Benfica Todos Tempos

    ResponderEliminar
  4. Não é compatível com o negócio entre Jesus e Vieira ou seja investir aliás investir na formação no Benfica é uma treta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao anonimo das 13: 43 sinto-me na obrigacao de criticar a sua cobardia ate poque e muito facil atirar a pedra e esconder a mao.
      Contudo nao posso deixar de criticar algumascontratacoes dos ultimos anos,nao quero enumeralas pois sao por demasiado evidentes.
      P. S.
      Acusacoes tao graves exigen que o seu emissor saia do anonimato.

      Eliminar
  5. O facto de jogar muito não o torna bom. Quanto a ser a surpresa do campeonato creio que o jornalista se refere ao clube e não ao jogador.

    Quando jogava na equipa B era dos mais criticados. Continuo a achar que actualmente não tem qualidade para o Benfica.

    A forma como foi para o Gil Vicente mostra que houve competência no Benfica. Garantindo um direito de preferência protegeu-se os direitos do Benfica.

    Todo e qualquer jogador sonha com a selecção A. Não é por ser capitão dos sub-21 que tem mais qualidade.

    ResponderEliminar
  6. Com todo o respeito, este jogador é de uma banalidade confrangedora. É um miúdo, é certo, mas não é nada de de especial. Não vejo potencial para ser um jogador de top. Agora, na verdade, o Benfica não tem jogado nas laterais com jogadores de top, portanto, este como é português e jovem podíamos dar uma oportunidade.
    As opiniões valem o que valem e espero estar enganado. Neste momento, só vejo um miúdo com potencial: Ivan Cavaleiro.
    Cumprimentos,
    Pedro

    ResponderEliminar
  7. Queremos sol na eira e chuva no nabeiro! Temos que ser Campeões, senão é a catástrofe (e é mesmo) mas depois queremos miúdos vulgares na primeira equipa! Já viram com olhos de ver um jogo completo do Luís? Penso que não...
    Para ficarmos à frente do F. Corruptos do Porto temos que ser muito melhores que eles, não basta sermos iguais! O Luís chega aos calcanhares do Alexsandro? Infelizmente nem nos meus melhores sonhos!
    Se me disserem que o Cortez não é melhor que o Luís e que não faz sentido gastar dinheiro com atrasados destes eu concordo, mas erros de casting destes não fazem jogadores vulgares ... jogadores para o Benfica.
    Na minha modesta opinião deveriam ter oportunidade o Cancelo (apesar das 'casas' que em quase todos jogos dá e que iriam derreter os nervos de muitos dos defensores incondicionais da formação), o Ivan que pode fazer na A muito melhor do que tem feito se tiver mais calma, o Bernardo classe pura que muito gostava que triunfasse, o Helder Costa que ninguém liga muito mas que é mais rápido que a maioria e se movimenta com muita inteligência em campo e ainda o nosso capitão da B, o Rubem Pinto que faz lembrar (só para os mais velhos) o nosso Shéu, um 8 à antiga! penso que todos estes são já muito melhores jogadores que o Luís!

    Cumprimentos Gloriosos!

    SLB forever!

    ResponderEliminar
  8. Por lapsso critiquei un comentario anonimo sem ter-me apresentado.
    Pesso imensa desculpa.
    Carlos palma.

    ResponderEliminar
  9. ... " Muitos são os que têm a mania que são entendidos do futebol e da avaliação de jogadores" ...

    Começaste mal e acabaste pior !

    Como hoje é o "Boxing Day " vens tentar vender de novo a ideia que o Luís Martins é que é o tal ...O Luís ainda está verdinho ...verdinho, quando aprender a defender, pode vir a tornar-se um bom defesa-esquerdo, mas nunca virá a ser um fora de série.
    Esta é a MINHA opinião que vale exatamente o mesmo que a tua ! ! !

    ResponderEliminar
  10. Sigo a carreira dos jovens jogadores do Benfica, e este Luís Martins nunca será jogador para o Benfica. É capitão dos sub-21, mas isso não faz dele melhor jogador.
    É bom jogador, mas na linha de um David Simão, Hélio Pinto, etc.
    JOgadores de segunda linha, para equipas de segunda linha.
    abraço

    Tiago s.

    ResponderEliminar
  11. com que então o Luís Martins é a surpresa do campeonato até ao momento??? e o Montero? lol só mesmo no jornal o nojo que não para de mandar bicadas sobre o suposto desaproveitamento da formação do Benfica mas que nada diz sobre o Porto que há anos que só aproveita a formação do Sporting...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah pronto...então o FCPorto também não aproveita, por isso está tudo bem!!!!!!!

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking