O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 25 de fevereiro de 2012

Clube submisso de Coimbra - SPORT LISBOA E BENFICA

Avatar
 ●  36 comentários  ● 
E lá está...Gaitán tem lugar cativo. Já o Nolito tem sempre garantido o banco.
Pelo menos desta vez o Witsel é titular.

Força Benfica!!! Esta vitória é fundamental!

A verdadeira crónica das Antas | Leonor Pinhão | 24-10-2002

 ●  3 comentários  ● 
Arsenal, Benfica e Real Madrid perderam os seus jogos no último fim-de-semana. Coisas que acontecem nas melhores famílias. 

Como os adeptos do Arsenal e do Real Madrid suportaram as derrotas dos seus clubes é coisa que não interessa nada. Sobre a reacção dos adeptos do Benfica orgulhamo-nos de vos apresentar um documento único. Nem mais nem menos que uma gravação áudio dos comentários dum grupo de prosélitos do maior clube português enquanto assistiam, através da RTP, à transmissão em directo do jogo das Antas. 

A gravação reporta-se ao espaço medido entre o primeiro e o derradeiro apito do árbitro do encontro, o senhor Paulo Costa, do Porto. A transcrição dos comentários é fidedigna e não foi alvo de censura. A vossa atenção, portanto! 

— Quem é este tipo?
— É o Paulo Costa.
— Mas não é do Porto?
— Do Porto ou do F. C. Porto?
— Do Porto?
— É mas isso agora não tem importância nenhuma. Os melhores árbitros para os melhores jogos, é o que deve ser.
— Quem é este rapaz?
— É o Éder.
— Que ideia do Jesualdo de meter o Éder, que nunca jogou num jogo destes.
— Estamos em cima deles.
— Se o Éder ao menos soubesse centrar...
Ouvem-se aplausos.
— ...Golo, golo, mas que grande centro do Éder. O Tiago só teve mesmo de pentear a bola.
— Pentear a bola?
— É uma expressão que se usa.
— Mas que grande ideia do Jesualdo de lançar o Éder num jogo destes. É assim mesmo!
— O Porto andou atrás do Tiago mas o Veiga trouxe-o para a gente.
— Grande Veiga!
— Olhem-me só esta entrada do Costinha sobre o Simão.
— Nem falta nem amarelo.
— Está bem assim. É o critério do árbitro. Vai deixar jogar à bola com o mínimo de interrupções.
— O Jesualdo percebe imenso disto.
— Ena, que grande pantufada do Jorge Costa no Fehér.
— Nem falta nem amarelo.
— É uma arbitragem como no estrangeiro, em que os árbitros nem se vêem nem se ouvem.
— Eh pá, até parece o Colina.
— Chiça, mas o que é que o Petit fez agora para levar cartão amarelo?!
— O Costinha há bocado fez muito pior e nem sequer foi falta.
— Os árbitros também erram.
— Ah pois.
— Coitado do Fehér, está farto de levar.
— O Ricardo Rocha é o máximo.
— Mas não é defesa-esquerdo.
— Está bem, mas não se lembram do Marco Caneira na época passada?
— Não, não, não deixem esse tipo centrar...
— Olha-me só o Éder... Foi mesmo ao ângulo. 1-1, que chatice.
— Mas que ideia do Jesualdo de meter este tipo.
— Olha outra falta do Jorge Costa.
— Agora vai mesmo levar amarelo.
Ouvem-se aplausos.
— Um a um no marcador e um a um em cartões amarelos.
— Ah Petit que ias marcando...
— Ah Fehér que ias marcando.
— Só não marcou porque está politraumatizado da pancada que tem levado.
— Já podíamos ter isto resolvido.
— Isto sem o Zahovic é outra louça.
— Vai Simão, vai!
— Com um árbitro a sério o Jorge Costa ia já para a rua.
— Olhem, e vai mesmo.
Ouvem-se aplausos.
— O Simão está deitado no chão e a levar pontapés.
O Paulo Costa não vê nada.
— Estamos desgraçados!
— O quê? Desgraçados a jogar com mais um?!
— Sim, desgraçados.
— Nunca estamos satisfeitos.
— Não sejam naïves, o árbitro agora enquanto não expulsar dois jogadores do Benfica não descansa.
— Isso é mania da perseguição.
— O que é naïves?
— É totós.
— Olha a tribuna presidencial tão bem composta.
— Olha o Bibi atrás do Pinto da Costa. E ao lado está o professor Paulo Barbosa.
— É professor de quê?
— Afinal quem é o Bibi?
— É aquele senhor que interrompeu um treino da nossa equipa de futebol para dar um recado ao Roger.
— Agora está zangado com o Vilarinho e com o Vieira...
— Por causa do Pedro Miguel?
— Que disparate! Por causa dos empresários.
— O que é que aconteceu ao Pedro Miguel?
— Foi despedido pelo filho do Bibi que é vice-presidente do Benfica.
— O Pedro Miguel é do Veiga ou do Paulo Barbosa?
— É do basquetebol.
— Porque é que estão a falar de basquetebol numa altura destas? Vais ser livre contra o Benfica e falta um minuto para o intervalo.
— Olha, foi à trave.
— De qualquer maneira, o Moreira estava lá.
— Tudo para as cabinas!
— Como é que acham que vamos jogar na segunda parte?
— Eu tirava o Éder, que deve estar abananado, e o Petit, que já tem um amarelo.
— E metias quem?
— Como é central metia o Hélder a defesa-direito e punha o Ednilson no meio.
— Isso é mariquice. Só temos um amarelo, o Benfica está a jogar bem e a controlar o jogo, temos um a mais. Eu só tirava o Drulovic e metia o Mantorras.
— O que é que está ali a fazer o Miguel?
— Qual Miguel?
— O nosso Miguel.
— Quem?
O Miguel, caramba!
— É porque defende bem. Contra o Moreirense entrou e defendeu muito bem.
— Mas vamos jogar à defesa?
— Vamos jogar em contenção a ver o que dá.
— Quem é que terá dado o apito ao Paulo Costa? O homem não pára de apitar.
— O Deco parece o João Pinto a atirar-se para o chão.
— Olha o Tiago a passar por eles todos...
Ouvem-se aplausos.
— ...como é que me falhou um golo destes?!
— O Porto não joga nada. Se não fosse o proteccionismo do árbitro...
— Disseste «proteccionismo»?
— Sim. Parece-te exagerado?
— Não sei o que me parece.
— Pronto, lá vai o Éder levar um amarelo.
— Agora é que era de o tirar e adaptar o Hélder a defesa-direito.
— Estamos com um a mais e parece que estamos com um a menos.
— Nós temos um a mais mas eles têm o Paulo Costa. As coisas até estão desequilibradas.
— Isso é facciosismo.
— Mas que grande defesa do Moreira.
— É como eu digo, não é por causa do guarda-redes que o Benfica não chegou aqui com 18 pontinhos.
— Mas que desarme limpinho do Petit!
— Limpinho na tua opinião, o Paulo Costa marcou falta contra o Benfica.
— Isto está a ser científico.
— Olha, o Deco tropeçou sozinho, está mesmo em má forma.
— Sozinho na tua opinião. Acaba de ser marcada a 79.ª falta contra o Benfica.
— Três cartões amarelos para jogadores do Benfica em dois minutos.
— Olha, lá se atirou o Deco outra vez para o chão.
— E lá vai o Éder para a rua!
— Pronto, o árbitro já pode descansar.
— Isso é o que tu julgas.
O Moreira está mal colocado.
— Um autogolo, uma frangalhada, um Paulo Costa, é de mais.
O Moreira não é guarda-redes para o Benfica.
— Mas com o Moreirense safou-nos.
— Sofremos o segundo golo duma falta que não existiu e ficámos sem um jogador.
— Eu sempre disse que esse Durão Barroso não mandava nada.
— A culpa é do Roger.
— Quando o Roger saiu estava 1-1.
— Agora foi o João Manuel Pinto que levou um amarelo.
— Não há amarelos para os jogadores do Porto?
— Só depois de mais um jogador do Benfica ser expulso.
O Miguel levou amarelo.
— Mas está a jogar?
— Não, está a falar.
— E agora levou vermelho.
— Eu não disse?
— Nem contra nove o Porto joga alguma coisa.
— Amarelo para o Simão.
— Isto não acaba?
— Pelas minhas contas o Paulo Costa vai dar um cartão amarelo a um jogador do Porto nos próximos dois minutos.
— Vamos todos contar em coro os segundos?
— 1, 2, 3, 4 ... 117, 118, 119, 120 segundos...
— ... e amarelo para o Costinha! Bestial!
Ouvem-se aplausos.
— Isto é mais do que científico! Só falta mesmo o fogo-de-artifício na Ribeira!
— O Mantorras devia ter entrado mais cedo.
— Se tivesse entrado mais cedo a esta hora já estava na rua.
— Antigamente podia-se vetar árbitros.
— Mas temos de viver do presente. E ainda hoje ganhámos por 11-0 em futsal a uma equipa de que não me consigo lembrar do nome.
Ouvem-se aplausos.
— A falta que faz o Zahovic!
— Lá se atirou outra vez o Deco para o chão.
— Mas agora o Paulo Costa não foi na fita. Ah, grande Colina!
— Também só faltam dois minutos para o fim do jogo.
— Quanto tempo de compensação é que acham que vai haver?
— Se o jogo estivesse empatado para aí uns 9 minutos, estando o Porto a ganhar para aí uns 3 minutos.
— Não, o Paulo Costa não tem lata de dar 3 minutos. Vai dar 5 minutos!
— Vai dar 4 minutos. Quatro minutos é que é fino!
— Quem é que vota em 4 minutos?
Ouvem-se muitas vozes: «Eu!», «eu!», «eu!»
— Lá está a placa com o tempo...
— Quatro minutos!
Ouvem-se aplausos.
— Acho uma grande injustiça se os jornais amanhã disserem que foi o Deco que levou o Porto ao colo.
— Acabou.
— Vamos mas é dar uma grande salva de palmas à nossa equipa de futsal e ao seu treinador, senhor Alípio Matos, que deu 11-0 hoje à tarde. E marcámos 7 golos em 11 minutos!
Ouvem-se aplausos e barulho de cadeiras a arrastar no chão.
Fim da gravação.

Leonor Pinhão in "A Bola" 24.10.2002 

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Memórias de um benfiquista: Final de 1988 PSV-Benfica

Avatar
 ●  12 comentários  ● 

Eu assisti à final de 25 de maio de 1988 com o PSV no recentemente demolido Cinema Europa, no melhor bairro do mundo, Campo de Ourique, em Lisboa.

Tinha assistido à gravação de um programa de televisão chamado ‘Par ou Ímpar’, apresentado pelo benfiquista Fialho Gouveia.

E qual não foi a surpresa quando ao início da tarde e das gravações, o Fialho Gouveia anuncia que iriam transmitir em écran gigante o jogo e que todos o poderíamos acompanhar. A excitação foi enorme. Um mini-estádio para acompanhar a final da Taça dos Campeões em que o Benfica estava presente!

Assistir às gravações de um programa de televisão naquela altura era um acontecimento. Só com cunhas ou conhecimentos se podiam arranjar entradas para as gravações. E por vezes entrava-se perto das 15h, e as gravações duravam até à 01h, 02h da madrugada. Mas o tempo passava num instante. E os apresentadores e os convidados ajudavam a que mesmo nos intervalos das gravações o público estivesse entretido. Carlos Cruz, Carlos Miguel, Carlos Cunha, Herman José, Fialho Gouveia, Raúl Solnado e tantos outros cantavam, contavam anedotas, brincavam com o público tornando quase 10h de gravações num quase convívio entre amigos.

Mas aquela tarde custava a passar. O relógio não andava. E o frio na barriga cada vez era maior. Ora bolas!! Era a primeira Final da Taça dos Campeões com o Benfica que eu assistia. A da Taça UEFA de 1983 não foi a mesma coisa. Afinal esta era o topo da competição!

Finalmente chegava a hora. O Cinema Europa estava quase cheio. Poucas pessoas não ficaram para ver o jogo em écran gigante. E de repente, lá vinham eles. Os jogadores do Benfica. Era uma excelente equipa. A perda do Diamantino era grande, mas tinha muita esperança nas explosões do Pacheco, na arte do Elzo, na solidez defensiva e no ataque de luxo com Mats Magnusson e Rui Águas.

Mas do outro lado estava uma equipa fortíssima. 6 ou 7 eram titulares da selecção holandesa que seria campeã da Europa semanas depois, incluindo o Koeman que mais tarde nos fez sonhar na Europa. E tinha um jogador que gostava imenso de ver jogar: o Lerby.

O jogo foi duro, renhido, e mesmo as botas que saltavam dos pés do Pacheco nunca me deixaram desanimar. A Taça seria nossa. Mas o tempo foi passando. Até que chegamos aos penalties. E aí, tudo correu bem. Até os defesas Mozer e Dito marcaram. Até chegar o Veloso. Confesso que sempre o achei um jogador competente, concentrado e focado, um líder.

Vi os olhos dele ao caminhar para a baliza. E depois vi o ar do Van Breukelen. O Veloso tinha um olhar, não temeroso, mas de quem sabia que aquilo não era a sua especialidade. E de pouca convicção de que poderia marcar. Por outro lado, o Van Breukelen tinha um ar de adrenalina, de motivação, tipo ‘eu consigo defender’...infelizmente, confirmou-se. Veloso chutou e perdemos essa final. A frustração foi enorme. Ao sair para a rua, eram dezenas as caras de desilusão nessa noite.

E no dia a seguir, na escola, foi só distribuir canelada no futebol e maus fígados para toda a gente. E nem me falassem no Veloso. Nesse ano, o PSV venceu o campeonato holandês, a taça da Holanda e a Taça dos Campeões, culminado pela vitória da selecção laranja no Europeu de 1988.

Passaram quase 24 anos, e ainda me dá azia falar nesse jogo.

A minha memória de Benfica faz-se por episódios gloriosos como este. O Benfica, mesmo com uma diferença abissal no orçamento, ombreava de igual para igual com os melhores. Sim, o Benfica estava entre os melhores. Era um deles.

Temos amanhã um jogo que estou convencido vai marcar pela positiva o resto da época.

Sonho em voltar a ver o Benfica numa final dos Campeões. Tenho muita confiança que vamos vencer a Liga e a Taça da Liga.

Mesmo discordando do nosso pastilhas, o JJ, deposito nele e nos jogadores uma fé enorme de que me vão fazer engolir as minhas críticas e dar-me grandes alegrias ainda esta temporada.
  

Entrevista a Marinho Neves - LEITURA OBRIGATÓRIA

 ●  2 comentários  ● 
O blogue Cabelo do Aimar fez uma excelente entrevista a Marinho Neves que, como é óbvio, dispensa apresentações.

Aconselho vivamente que dêem um pulinho ao blogue e leiam a entrevista.

ENTREVISTA A MARINHO NEVES NO BLOGUE CABELO DE AIMAR

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

A verdade sobre os cânticos em Manchester

Avatar
 ●  Sem comentários  ● 

O City merece...

 ●  9 comentários  ● 
Os biscondes falidos e botafoguenses do Ceportém, acabam mesmo agora de passar à fase seguinte da Liga Europa.

O City, a quem uma vez mais agradecemos aquela cabazada de ontem, bem merece a benesse de, em 2 jogos/treinos em Alvalixo e em Manchester em que por certo presenteará  o FRANGUÍCIO  com uma catrefada de golos,  seguirá em frente na sua cavalgada, até à vitória final.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O album de Pinto da Costa

 ●  2 comentários  ● 

Basileia - essa equipa fraquinha e acessível

Avatar
 ●  8 comentários  ● 
Aquando do Benfica 1  - Basileia 1:
"O Benfica deixou passar em claro grande oportunidade para se qualificar já para os oitavos da Liga dos Campeões. Os encarnados tiveram demasiado receio de um adversário acessível e não foram capazes de crescer depois do majestoso golo de Rodrigo. Sim, houve o tal penalty e o empate não compromete, mas a Luz merecia a festa. E, agora, segue-se Old Trafford." - in Maisfutebol

Os fraquinhos e acessíveis depois eliminaram o Man United.

Hoje venceram o Bayern Munique. Que equipa tão acessível. Realmente, os tubarões estão todos na Liga EUROPA. Esta CHAMPIONS  LEAGUE é só clubes de segunda.



4 batatas.

 ●  2 comentários  ● 
"Kun, Kun, Kun!"

Os adeptos do Porto devem ter gritado pelo Kun durante o jogo todo. Ou pelo o Kun ou pelo Hulk, que fez um belo de um pedaço de excremento de um jogo.

Uma palavra de apreço: não foi um resultado humilhante. Não posso deixar de elogiar a agremiação pela boa resposta que deram em Manchester. Foi uma boa partida, onde tiveram mais posse de bola e uma atitude mais ofensiva. Contudo, esqueceram-se que o árbitro era Alemão e não era adepto de mariscos nem fruta. Eles gostam mais de enchidos (fica aqui a dica para futura referência).

Um abraço especial ao jogador de andebol Rolando, por mais uma belíssima exibição.

Porto Canal na posição 4-0

Avatar
 ●  13 comentários  ● 
Mais uma noite a reforçar esse grande prestígio de que os corruptos gozam lá fora.

Querem ver que não há marisqueiras em Manchester?

Ah!! O árbitro era alemão...esses tipos só gostam de salsichas! Fruta e marisco não é com eles.

Rolando, mais uma grande exibição desse central, tão correcto.

Será que hoje os adeptos também gritaram por Kun? Ele bem puxou por eles!!

Como eu jogaria

 ●  8 comentários  ● 
É nos erros que se aprende, ou deveríamos aprender!!!

Acontece é que JJ não aprende com os erros, aos poucos foi introduzindo o 4x4x2 ou 4x2x4 Kamikase do ano passado. A coisa até foi resultando em casa com equipas mais fracas e então o homem pensou, erradamente, que agora era sempre a abrir e que ninguém parava o Benfica, pelo menos por cá. ERRADO!!!! Este sistema já deu mostras que com equipas um pouquinho mais fortes simplesmente não funciona, ou seja, ou marcamos um golo nos primeiros 10 minutos e depois é sempre a abrir, ou se a outra equipa for matreira e bem organizada, tipo Guimarães, temos dissabores. Este táctica não funciona com equipas mais fortes!!! JJ teve várias más experiências disso mas bastam 3 ou 4 bons resultados com esta táctica e o homem fica louco e possuído e não vê mais ninguém á frente.

JJ que fazer do Benfica uma equipa demolidora e pensa que é por ter 5 jogadores de tendência atacante que o vai fazer, mas está errado. Basta olhar para o Barça e o Real que se fartam de golear e jogam sempre com três médios no meio campo e não é por isso que deixam de marcar tantos golos. Eu até acho que os actuais jogadores do Benfica daria para jogarmos como o Barça, temos uma equipa que sabe jogar ao primeiro toque e em tabelas como o Barça.

A equipa jogaria e seria esta:

 Sei que está um pouco confuso mas é assim que joga o Barça, mais ou menos.

Gaitan a fazer de Messi, ou seja, o chamado "vagabundo" em campo, pois nem precisa de defender muito porque tem nas suas costas Witsel, Javi e Máxi que desce em perda de bola.

Emerson seria o defesa que menos subia, mais posicional como faz Abidal, enquanto Máxi dava profundidade ao lado direito com as suas subidas.

Javi faria a função que faz agora com a diferença de não recuar para junto dos centrais, seria a âncora para Witsel e Aimar para quando necessitassem de fazer rodar a bola mais atrás.

Witsel e Aimar fariam as vezes de Xavi e Iniesta, dando apoio a Gaitan e fariam a bola rolar entre eles os dois e Gaitan.

Nolito fazia de Pedro, sempre mais encostado á linha mas com movimentos interiores e andava sempre no lado onde não tivesse Gaitan. 

Quando coloquei Aimar na meia esquerda não foi por acaso, foi porque ali estaria mais coberto nas costas por Emerson e Javi, assim como coloquei Witsel do lado de Máxi e Gaitan. Sabendo que Gaitan pouco ou nada defende, coloquei Witsel que recupera bem no terreno juntamente com Máxi.

Neste sistema o ideal seria jogar com Rodrigo na frente em vez de Cardozo porque o avançado aqui tem de ser mais móvel e tem de saber tabelar bem com os médios para criar roturas. Mas Cardozo é Cardozo e já mostrou que também pode ser capaz de fazer essas funções e porque mete as bolas lá dentro que também é importante.

Há mais movimentações mas penso que dá para ficarem com a ideia. 
  
O que acham?

Não confundam 'Apoiar a equipa' com 'Branquear erros'

Avatar
 ●  6 comentários  ● 
A derrota em Guimarães foi um percalço no caminho da 'Estrada 33'.

Não há equipas invencíveis, nem o Barcelona que tem dominado o futebol europeu nos últimos anos o foi ou é.
Como tantos outros já mencionaram, é um bom sinal tanta insatisfação perante a primeira derrota no campeonato português. Mostra que algo que foi conseguido nos últimos anos foi a devolução da exigência de resultados ao povo benfiquista.

Não vejo da parte de ninguém qualquer vontade de poupar esforços no apoio ao Benfica no que resta da época. Pelo contrário, vejo muita crença nas capacidades e qualidades da equipa de futebol. 

Por isso, vejo com estranheza algumas intervenções na blogoesfera benfiquista defendendo os erros cometidos por JJ, erros esses em que reincide.

Uma das maiores virtudes de um líder é aprender rapidamente com os erros, conhecer os seus colaboradores e saber potenciar as suas capacidades, usando-as no interesse do conjunto e dando oportunidade de valorização individual.

JJ na esmagadora maioria das vezes mostrou ter essa capacidade. Mas por vezes, como o foi em Guimarães, não o faz. E sempre que não o fez, isso teve um custo elevado para o Benfica.

Na época 2009/2010 isso aconteceu em Liverpool. Perdemos aí uma oportunidade de ouro de vencer a Liga Europa.

Na época passada, sofremos a humilhação dos 5-0 no Dragay devido a mais um erro desses. 
Fomos no espaço de 15 dias enxovalhados em casa pela corrupção por JJ insistir num esquema que não resultava. 
Perdemos na meia final da Liga Europa por JJ não ter sido capaz de montar a equipa de forma adequada. E se ele conhecia bem a equipa adversária! Ninguém melhor que ele conhecia aqueles jogadores, muitos por si indicados!

Na época que agora decorre, inventou na Taça de Portugal e fomos eliminados.
E inventou no Zenit e em Guimarães, com mais 2 derrotas averbadas.

Para quem só tem idade para se lembrar do Benfica dos últimos 10 anos, achará que a prestação dos últimos 3 anos é fantástica. Para quem já vê Benfica e bola há mais uns aninhos, já não é assim. É apenas um regresso à normalidade que é lutar SEMPRE pela vitória.
Era eu um rapazinho quando vi o Benfica na final da UEFA em 1983. Era eu um teenager a caminho da maioridade quando vi o Benfica em 2 finais da Taça dos Campeões em 3 anos. Vi jogar Valdo, Mozer, Rui Costa, Jonas Thern, Elzo, Vítor Paneira, Magnusson, Shéu, Chalana, Rui Águas, Humberto Coelho, Diamantino, Stromberg, Nené entre outros.

Vi o Benfica entrar de igual para igual com o Milan de Van Basten, Gullit e Rijkaard.
Vi o Benfica jogar de igual para igual o PSV que tinha quase na totalidade a equipa base da selecção holandesa que se sagraria campeã europeia um mês e tal mais tarde.
Vi o Benfica jogar de igual para igual com o poderoso Anderlecht de Munaron, Morten Olsen, Vercauteren e Vandenbergh.

Vi um futebol em que os treinadores falavam de bola e não nos aborreciam com palavras como 'transições', 'pressão alta', 'zonas defensivas' e outros vocábulos chatos. 

Disse a certa altura o treinador da Laranja Mecânica de 1988, Rinus Michels, considerado o melhor treinador da história do futebol:
"It is an art in itself to compose a starting team, finding the balance between creative players and those with destructive powers, and between defence, construction and attack – never forgetting the quality of the opposition and the specific pressures of each match."

É isto que espero de JJ. Que em cada jogo olhe para ele como algo específico e não como mais um oportunidade para impor a sua vontade.

Continuarei SEMPRE a apoiar o SPORT LISBOA E BENFICA!

Não me peçam é para assobiar para o lado quando se dão tiros nos pés.

Isto sim ... é uma notícia a sério !!!

 ●  14 comentários  ● 

O futuro é português

"O Benfica pode ter um plantel só com portugueses daqui a uma década." A convicção é de Armando Jorge Carneiro, diretor-geral da formação encarnada, e reflete a estratégia planificada pelas águias "de há dois anos para cá", altura em que inverteram a política de recrutamento nas camadas jovens, passando a privilegiar o produto nacional. Num clube cuja equipa sénior entra quase sempre em campo com 11 estrangeiros, a mudança sente-se por baixo.

Hoje, o Benfica é o clube mais representado em praticamente todos os escalões jovens da Seleção: nas últimas convocatórias, só nos sub-16 as águias não tiveram a maioria. Nos sub-15 e sub-17, por exemplo, são nove os jogadores encarnados chamados. Dados que levam os responsáveis a considerar o Benfica a "equipa do futebol português com mais promessas" na sua formação. "Nas últimas duas épocas conseguimos ser a equipa com mais jogadores nas Seleções Nacionais pela primeira vez em 20 anos", salienta Armando Jorge Carneiro, lembrando que "11 jogadores do plantel de juniores já assinaram contrato profissional".
------------
retirado do O NOJO

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Não compreendo esta depressão profunda

 ●  24 comentários  ● 
Há pessoas que têm a capacidade de escrever em poucas frase tudo aquilo que sinto neste momento, como é o exemplo que se segue.

"Percebo algum desânimo, percebo a frustração, percebo a irritação. Percebo-as e partilho-as.
Não percebo o medo.

Quem tem medo, compra um cão… ou um árbitro. Lá para os lados da Madalena, vai dar ao mesmo."

 Texto de Anátema Device na Tertulia Benfiquista

Uma derrota depois de 22 jogos sem perder no campeonato, uma equipa que tem feito uma época muito boa com boas exibições, que vai em primeiro no campeonato e vemos os seus adeptos em puro pânico. Será que a confiança na equipa não era assim tanta? Vamos lá a ter calma porque não ganhamos, nem perdemos nada. Não me digam que o nível de exigência dos adeptos é de tal modo elevado que agora temos de ser campeões sem derrotas senão o treinador, jogadores e direcção não prestam?

Tenham lá calma porque as contas fazem-se em Maio e acredito que seremos campeões. Daqui a 15 dias voltará a normalidade e teremos novamente 5 pontos de vantagem. Desculpem mas uma equipa que faz o trajecto que está a fazer neste campeonato só me pode dar confiança no futuro, só me pode fazer pensar que foi um dia mau como qualquer equipa do Mundo tem.

Desabafos e meditações...

 ●  21 comentários  ● 
 Recebemos de um leitor assíduo deste blogue um DESABAFO, que o vamos vender ao nosso vasto auditório pelo preço que o compramos
---------------------------------------------

ESTAMOS EM RECATO? Então vou desabafar.

Não me interpretem mal porque não foi por ter perdido este jogo que vou dizer o que ando para dizer há muito. Poderão dizer que a oportunidade não é a melhor mas se o tivesse feito noutra altura possivelmente não o compreenderiam e diriam que seria destabilizador.

Possivelmente em algumas coisas vou repetir-me mas como sou coerente, nem optimista nem pessimista mas sim realista e contra o desperdício digo-vos só que alguém com quem troco impressões quase diariamente atestará o que direi de seguida.

TEMOS UM PLANTEL AO NÍVEL DOS MELHORES 10 CLUBES EUROPEUS:

Não esqueço no entanto que olhando para o passado desta época constato, que salvo raras excepções, o rendimento desta época não passa de satisfatório a nível interno pois é bom não esquecer que ao contrário do diz o JJ o nosso campeonato é medíocre.

O Benfica tem plantel para não perder nenhum jogo deste campeonato já que os submissos estão de rastos e o clube corrupto tem possivelmente um dos planteis mais fracos das últimas décadas.
Todos sabemos o bluff  que é o verme e que, a jogar desta forma em qualquer campeonato dificilmente acabaria um jogo porque, ou são as simulações, as faltas de indisciplina e o respeito aos apitadeiros a que eles, cá, vão fechando os olhos, pois nos jogos internacionais já pia mais fino.

Quando analisava alguns jogos, com equipas menores, que ganhamos com dificuldade, quando fomos eliminados da Taça pelo Marítimo, quando devíamos ter ganho aqui ao Manchester e ao Basileia, quando fizemos um mau jogo com o Otelul, lá e cá, eu interrogava-me porquê? Fizemos um bom jogo e feliz contra um sub-Manaite lá e o melhor jogo que fizemos foi efectivamente em Basileia.

Porquê? perguntava eu  se temos um plantel de top?

Pois é, porque o nosso treinador é medíocre. É mau sobre o ponto de vista da psico de grupo, uma das qualidades fundamentais de um bom líder e por isso a equipa tremer em momentos chave. Treme ele primeiro porque inventa sempre e geralmente mal nesses momentos.

Porque falha na comunicação, outra das vertentes essenciais a um líder.

Porque ao contrário do que apregoa, também falha muitas vezes tacticamente nos jogos de maior responsabilidade.

Depois a nota artística, a jactância e o narcisismo só corroboram a falha de qualidades, daqueles que não têm os predicados que a acima enumerei.

Poderão dizer: Então se ele é tão normal como justificar que ele tenha um grande plantel? Pois, pelo que se sabe JJ nem dorme, vê futebol 24 horas por dia nos mais diversos cantos do mundo e aí eu direi que é um bom scouting, embora mesmo neste campo é bom não esquecer, que em três anos já entraram no Benfica dezenas e dezenas de jogadores.

Mas ele valorizou David Luiz e todos nós amaldiçoávamos o Fernando Santos, por ele o ter no banco e só o ter metido numa emergência em Paris num jogo internacional,. David já era um grande jogador que foi evoluindo com naturalidade e a quem JJ mesmo assim, não conseguiu melhorar nalguns aspectos.

Di Maria, Mas Di Maria tinha sido campeão do mundo em sub 20. Melhorou à medida que foi jogando, que foi ganhando experiência e mais poder físico.

Ramires veio feito, da selecção do Brasil.

Coentrão. Fui contra a sua dispensa ao fim do primeiro ano na Luz. Fez dele um grande defesa esquerdo? Fez, embora também tenha ouvido outro reclamar a paternidade desse lugar para Coentrão. Mas Coentrão já tinha tudo.

Faço uma pergunta que já faço há muito. Porquê a dispensa de Carlos Martins que nunca percebi, ele que era a melhor alternativa a Aimar e anda às costas com uma equipa que subiu de divisão e está em 14º ente 20.

Também poderíamos questionar porque não valorizou jogadores com potencial como: Airton, Kardec, Eder Luís, Filipe Menezes, Fernandez, Jara, Roderikc, e muitos outros que passaram pelo clube.

Poderão dizer-me que não se acerta sempre, mas o rácio é demasiado baixo para os proveitos e penso não ser politica para o Benfica andar nesta azafama louca que contrata tudo o que mexe.

Temos um quadro de 70 jogadores, muitos deles emprestados a expensas do clube e para mim esta politica é perversa e demasiado dispendiosa.

Depois não será estranho que JJ só tenha chegado a um clube de top aos 50 anos. Num País onde só nos últimos anos e mercê da componente académica tenham surgido alguns bons treinadores, por onde andou JJ nos últimos 20 anos?

Nem de propósito, enquanto vos escrevo lembrei-me que está a jogar o Real e liguei a televisão, acabou a primeira parte e o Real ganha na Rússia num sintético que embora ele dissesse que nada era igual às condições que o Benfica jogou, foram bem piores.

Mas porquê o Real? Enquanto ia sintonizar a BTV passei pela TV do Real, o canal anterior, e fixei-me porque estava lá a dar uma entrevista um ex-jogador do Real que sempre admirei muito, esse campeonato do mundo de sub 20 que Portugal ganhou. Roberto Carlos.

Perguntaram ao Roberto quem era para ele o melhor treinador e ele enumerou os grandes treinadores que teve, como Vicente del Bosque e Capelo mas respondeu dizendo Mourinho.

Eu sei que muitos Benfiquistas e não só, gostam pouco de Mourinho mas eu sempre gostei e poderei até falar dele mais pormenor, mas agora quero relatar o que Roberto Carlos respondeu quando lhe perguntaram porque é que para ele é o melhor.

Porque todos o clubes do mundo gostariam de o ter como treinador, porque todos os jogadores gostariam de ser treinados por ele e porque......

É um profissional completo, porque assume todas as responsabilidades e os jogadores jogam libertos e porque defende os seus até à morte e isso muitos não gostam.

Roberto referiu exactamente aquilo que penso de Mourinho à muito, que não provoca mas devolve em dobro e frontalmente as provocações e o jogo rasteiro que vão fazendo contra ele.

Mourinho treinou os corruptos e serviu-se muito disso. É verdade. Mourinho nem sempre sabe perder? E´verdade mas também é verdade que Mourinho começou a ganhar muito novo e não tenho dúvidas que é a escola da vida que nos amadurece.

Os jogadores do Benfica são muitas vezes injustiçados, expulsos, criticados pelos merdias e cumentadeiros e que os defende?

NINGUÉM. Como se sentirão em muitas vezes? Possivelmente desprotegidos. JJ ´so se defende e vangloria a ele

Os Adeptos do Benfica vêem o seu clube ser alvo de ataques sórdidos, roubos, vexames, humilhado e acabando na maior parte das vezes como algoz.

Quem o defende? NINGUÉM.Mas aqui será a Vieira que cabe fazer respeitar a MAIOR INSTITUIÇÃO DO PAÍS, na maior parte das vezes de ataques de corruptos e de que inexplicável e incompreensivelmente se demite

 Ando a dizer há meio ano, que temos um plantel de top e que estamos sujeitos, a andar sempre de coração na mão com o rendimento da equipa nos altos e baixos, sem uma estabilização  que nos tranquilize.

Quando me é difícil compreender certas coisas, põem-se  sempre duas questões:

Incompetência ou outros interesses e geralmente, a razão é uma destas.

Por falar em BTV. Esteve a dar um jogo de Basket com o Fonte Bastardo que ganhamos com a alguma dificuldade e agora está a dar uma jogo do campeonato grego que nem directo é mas requentado e....

O QUE É QUE EU TENHO A VER COM ISTO? Vou ver a 2ª. parte do real.

Abraço

Não inventes, pah!!!

Avatar
 ●  16 comentários  ● 
Ninguém ficou satisfeito com a derrota frente ao Guimarães. A começar pelo grupo de trabalho que compõe o futebol profissional do Benfica.

Isso não significa que se ignore o que se passou ontem.

Pontos prévios: 
- Xistra é bom árbitro? É um lixo. Mas foi por ele que perdemos ontem? Não.
- O calendário nesta altura é difícil? Talvez. O plantel não tinha que estar preparado para esta fase? Tinha.
- Foi surpresa o Guimarães jogar focado, concentrado e com garra? Qual a diferença para qualquer outra equipa que defronte o Benfica? Não jogam todos sempre assim?

A derrota explica-se por outras coisas.
A começar pela equipa inicial. Um meio campo sem poder de choque, apenas com Matic como elemento de combate. Tínhamos muitos artistas, mas apenas um carregador de piano. Muito pouco.

Outra surpresa foi a titularidade de Rodrigo, depois da cacetada que levou em S.Petersburgo. Fez um dos piores jogos desde que está no Benfica.

Já a titularidade de Gaitán continua a não ter explicação. Não defende, é displicente e a sua concentração no jogo é demasiado irregular. Quero lá saber que de vez em quando faça uma boa jogada. Eu não sou um cota, mas tenho idade suficiente para me lembrar de que os grandes jogadores faziam 80/90% de bons jogos. Gaitán faz um bom jogo quando o rei faz anos. Não me chega.

Quanto a Emerson, já todos perceberam(excepto JJ) que uma das fraquezas do Benfica está aí. E os ataques incidem pelo seu lado, o que desequilibra a defesa pois Garay anda sempre como bombeiro a acudir a Emerson. Esse tem sido um dos problemas da nossa defesa nos últimos jogos. Todos percebem isso. 

Cardozo passou completamente ao lado do jogo. Mas em abono da verdade, bolas de jeito para os seus pés quase não existiram.

Matic fez o que pode. Se Javi sozinho no ano passado não dava conta do recado, querem ver que era agora o Matic que faria o milagre da multiplicação de pernas?

Que treino fazemos das bolas paradas? Nem livres, nem cantos. Nada se aproveita. E não é de agora. Ou são balões que acabam logo nas mãos dos guarda-redes ou são pontapés fracos que não passam da primeira barreira de jogadores.

A equipa não reagia, não tínhamos uma oportunidade de golo. Com o nosso banco, que fez JJ? Esperou até aos últimos 10 minutos para mudar alguma coisa. Estás a gozar, JJ?

A abordagem ao jogo da parte de JJ falhou. Afirmou que seria um jogo muito difícil e não o refletiu na equipa. O esquema que funcionou na sua primeira época não serve mais. Depois de tudo o que se viu na época passada, pensava eu que JJ tinha aprendido. Não aprende nada.

'A equipa merece respeito!' - dirão muitos. 
'JJ colocou-nos a jogar o melhor futebol dos últimos anos!' - acrescentarão alguns.

Tudo isso é verdade. Mas tanto respeito ou mais que eles mereço eu que pago quotas, 2 redpass, gasto dinheiro em material na loja do Benfica, e acompanho a equipa sempre que posso. 

JJ não está no lugar de treinador para satisfazer o seu ego nem para provar que é o mestre. Está lá a ganhar um bom vencimento e prémios para servir os melhores interesses do seu empregador. O Benfica.

Nunca me importei que JJ mastigue a pastilha de boca aberta ou que tenha um vocabulário tão rico quanto as finanças da Grécia.
Dou valor a outras coisas. Humildade, por exemplo.

Descubram as diferenças...

 ●  12 comentários  ● 
Benfica 2010/2011




Este era o Benfica do ano passado mas a ideia não é comparar os jogadores mas sim a disposição táctica que levou a uma época desastrada por parte do Benfica.

O ano passado jogámos num sistema completamente suicida, com um único médio defensivo, e com cinco jogadores ofensivos, dois extremos, um médio ofensivo e dois avançados, era o que eu chamava de 4x4x2 Kamikase. Este sistema era um suicídio e foi o responsável pela má época que fizemos, era um esquema completamente desequilibrado, era um Benfica que defendia com poucos homens e mal.







Guimarães 1 vs. Benfica 0


Este sistema foi o utilizado no jogo com o Guimarães que perdemos por um a zero. Mais uma vez não olhem aos jogadores mas á disposição da equipa e tentem descobrir as diferenças com o esquema mais acima. Eu não encontro e tenho pena que JJ, na sua soberba e á sombra dos últimos resultados, aos poucos vá introduzindo este esquema nesta época. Em termos defensivos o Benfica continua com muitos problemas, principalmente posicionais, é inadmissível que uma equipa como o Benfica sofra um contra-ataque que ia dando golo do Guimarães num canto a nosso favor. Isto é amadorismo puro!!!

Todos nós escrevemos e escrevemos que este jogo era vital na luta pelo titulo, pela dificuldade que o Guimarães sempre apresenta, juntando a sua subida de forma e aos factores externos já conhecidos por todos.

Então que faz JJ? Coloca uma equipa em campo a pensar que iria jogar com o Cascalhense. Jogar contra uma boa equipa como o Guimarães com um meio campo com Matic e Aimar só na cabecinha do JJ. Quem quer jogar com dois extremos como Gaitan e Nolito não pode jogar com dois avançados, ou então terá de jogar com dois médios diferentes, tipo Matic e Witsel mas em linha e não em losango. Foi este o erro de JJ o ano passado e repetiu-o no jogo com o Guimarães com os resultados que conhecemos. JJ partiu a equipa a meio, defesa-ataque, o Benfica não teve meio campo, contem o numero de vezes que Aimar construiu jogo na primeira parte.

Continuamos a defender muito mal e não é admiração nenhuma termos praticamente um golo sofrido por jogo o que para mim é um absurdo face á qualidade dos jogadores do Benfica.

Alguma vez teríamos de perder ou perder pontos, foi hoje e espero que tenha sido uma boa lição, que tenham soado as campainhas de alerta na cabeça dos jogadores e do treinador e que volte a colocar em campo uma equipa mais equilibrada. Não vou embarcar em delírios próprios de uma derrota em que passamos do 80 para o 8, foi um percalço e nada mais que isso.

Não vamos agora cair em cima dos jogadores, treinador e dirigentes porque tivemos a nossa primeira derrota. Temos sim de apontar os erros cometidos e tentar corrigi-los já no próximo jogo. Acredito que esta equipa vai dar uma excelente resposta já no próximo jogo com uma boa exibição e consequente vitória, ou seja, um regresso á normalidade neste Benfica.

Quanto ao Xistra, lá ficou um penalti por marcar e um enxurrada de amarelos aos jogadores do Benfica, sem falar nas faltas e faltitas que foi marcando nas imediações da nossa área. Andei a alertar durante toda a semana, para não nos pormos a jeito do Xistra e fomo-nos mesmo pôr a jeito...

Que sirva de lição!!!

CARREGA BENFICA!!!!

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Uma criança de seis anos...

 ●  31 comentários  ● 
... pergunta assim ao pai durante a transmissão televisiva: "oh pai, porque é que o árbitro marca faltas do Benfica que não são e só dá cartões aos do Benfica?". Tudo dito... até as crianças inocentes reparam!!!

PS- Juntar apenas o peso evidente do cansaço do jogo em São Petersburgo.

Guimarães - SPORT LISBOA E BENFICA

Avatar
 ●  8 comentários  ● 
Na equipa inicial, a surpresa de Witsel no banco, a confirmação da recuperação de Rodrigo e a lesão de última hora de Eduardo no aquecimento.

Os mete-nojo da Antena 1 em 15 segundos lançam logo 2 atoardas engraçadas:
'Rodrigo a titular, recuperando da lesão no jogo com o Zenit, em especial devido à queda aparatosa depois da entrada de Bruno Alves'. - A razão da lesão foi mesmo a queda...
'Surpresa a ausência de Urreta, que à última hora saiu da convocatória sem razão aparente.'
'Dizem que pode ser um síndroma gripal'.
'Esta ausência estranha de Urreta...'
Comece o jogo e que o meio-campo menos combativo a nível físico que apresentamos tenha a arte que lhe reconhecemos sempre.

Força Benfica!!

Chito, Xistro, Xistra, Xistrados?

 ●  4 comentários  ● 

Portugal, 20 de Fevereiro de 2012

Nos últimos tempos temos lido diversas coisas bastante favoráveis ao nosso Glorioso clube. Ora são os mais de 230 mil sócios que constitui recorde mundial de afecto clubístico, ora são os mais de 1 milhão de adeptos ligados no Facebook ao clube, ora são as receitas que nos colocam no 21º lugar mundial (e melhor clube português), ora é o Sr.º Vieira que tem excelente capacidade negocial, ora é a nossa equipa que pratica o melhor futebol da Liga, enfim, são tantas coisas boas que não sei bem porque estou com medo à arbitragem de Carlos Xistra no jogo de mais logo.

Este medo, compartilhado com tantos e tantos benfiquistas, é bem o sinal que a “bota” da grandeza não bate com a “perdigota” do respeito que nos é devido por toda a máquina que organiza as competições futebolísticas. Como é que um só homem pode por tudo isto em causa, como já pôs noutros jogos?

Uma equipa de arbitragem pode de facto dar pontos (e títulos), como os pode tirar, dependendo da habilidade para aplicar o manual de arbitragem em conjugação com a valia do adversário do Benfica. Eu diria que há uma equação matemática em cada jogo do Benfica, de expressão simples: Benfica> (Adversário + Árbitro).

Infelizmente nem sempre o Benfica consegue ser superior a estes dois adversários, o que é lógico, pois todas as equipas do Mundo têm os seus momentos menos bons (veja-se o Barcelona) e nesses jogos menos bons, se o árbitro der um “empurrão” ao adversário, este pode tirar-nos pontos. Dependendo da valia do adversário, nem será preciso um momento menos bom do Benfica para perdermos pontos, porque o árbitro poderá empurrar o adversário para cima do Benfica, e conseguir ter “sorte”.

Em matéria de interpretação das leis de jogo, Xistra tal como Benquerença, está ao nível dos famigerados, António Costa, Francisco Silva, José Guímaro e mais recentemente Paulo Costa, Jorge Sousa, Soares Dias, etc. Ou seja, a um péssimo nível no que respeita ao Benfica.

Como é que um árbitro, neste caso Carlos Xistra, pode alterar a verdade desportiva de um jogo? Socorro-me do Benfica 
3 – Estrela da Amadora 1, época 2006/2007. Num lance em que é mal assinalado fora de jogo a Nuno Gomes, este dá para Miccoli que acto contínuo remata para o golo. O árbitro mostra-lhe amarelo por conduta anti desportiva (2 benefícios para o adversário, numa só jogada). Depois, quando Miccoli é “atropelado” por um adversário, o simples facto de Miccoli ter “crescido” para o adversário, pela brutalidade da entrada, foi o suficiente para lhe mostrar o 2º amarelo e expulsão, o que permitiu que não jogasse contra o FCP na jornada seguinte (derrota por 3-2 aos 92 mn).

Se atentarmos no Braga 2 – Benfica 1 da época passada, que interrompeu um conjunto de 18 vitórias consecutivas (entre as quais na Alemanha e em casa do FCP na 1ª mão das meias finais da Taça de Portugal), Xistra conseguiu expulsar Javi Garcia num lance em que ele é que sofre falta de Alan (cotovelo à frente) e que Xistra pela posição dos 2 jogadores, não viu (nem ele nem o árbitro assistente que assinalou a falta). Teve tanta “sorte” com esta decisão, que do livre inexistente resultou o empate do Braga, que a comunicação social preferiu atribuir a erro do Roberto (que sofreu golo igual a Quim no ano anterior). Durante o jogo não teve igual critério disciplinar igual com as duas equipas com prejuízo para o Benfica, que estava a jogar com 10. Mais tarde não viu Airton ser carregado pelas costas, projectado para fora das 4 linhas, e deu lançamento de linha lateral ao Braga (percebendo o adiantamento da nossa equipa)). Desse lançamento nasce o 2º golo do Braga, um golão por acaso. Mas que resulta de mais um erro de Xistra contra nós.

Como o Benfica tem um Presidente que preferiu acusar a Câmara de Braga de sermos mal recebidos, apesar do estádio do Braga ter gestão da SAD do Braga, e preferiu fazer de conta que o árbitro não teve influência no resultado (tal como não falara para proteger Miccoli anos antes), o sistema fez o habitual cozinhado de nomeações de modo a que só estivessem disponíveis Benquerença e Xistra para o jogo da 2ª mão da Taça com o FCP.

Mais uma vez, a inépcia da Direcção não conseguiu perceber o que se estava a preparar. E o Benfica foi eliminado da Taça, com tantos erros de decisão sempre em desfavor do Benfica (excepto o penalty duvidoso quando perdíamos 3-0 e faltavam 5 mn para terminar o jogo), dos quais saliento o primeiro: Sapunaru agarra Saviola que estava isolado, fora da área, mas enquadrado com a baliza: livre directo e expulsão. Pois Xistra nada assinalou e com 0-0 foi o momento de viragem do jogo. Os jogadores do FCP perceberam até onde podiam ir ...

É neste contexto que uma vez mais, num campo difícil, temos Xistra a “arbitrar”. A nossa equipa tem 89% de pontos conquistados e é normal que um dia venha a perder pontos. Se o árbitro quiser, pode ser já hoje ...


Não vai ser fácil contra o Zénit...

 ●  9 comentários  ● 
O Benfica perdeu contra o Zénit e algumas das altas expectativas que os adeptos do Glorioso tinham ficaram algo resfriadas. Eu apenas tenho estado moderadamente optimista quando ao desfecho da eliminatória contra o Zénit. E digo-vos porquê: 1) quando o Zénit jogou contra o Porto andava apenas pelo 4º 0u 5º lugar do campeonato russo, numa demonstração inequívoca de má forma física; 2) agora, contra o Benfica, o Zénit surgiu em todo o seu potencial de equipa cimeira. 3) A favor do Zénit: 3.1. orçamento de exploração corrente superior ao Benfica em mais de 30%; 3.2. orçamento para aquisições cerca de 200% do do Benfica; 3.3. na equipa base todos os jogadores são internacionais AA pelos seus países, com oito deles da selecção russa, um potentado tradicional do futebol europeu; 3.4. uma capacidade física e atlética invulgar, algo já habitual nas equipas de Leste europeu, mas agora temperada com a classe e o virtuosismo de execução em velocidade de 4 ou 5 jogadores. 3.5. um clima inclemente, em que o jogo foi sempre jogado entre os -11º e os -13º graus, com um público adepto fanático, que numa demonstração de confiança e arrogância, após o 2-1, se despe da cintura para cima... Haviam de ver os meus caros leitores: primeiro um punhado no topo Norte, depois mais alguns e depressa, em poucos minutos, centenas de adeptos, quiçá um milhar deles (num estádio pequeno...), gozando com o frio que tolhia os movimentos dos jogadores do Benfica e as gargantas dos quase 200 adeptos do Benfica. 3.6. um treinador italiano muito sabedor que colocou ao Zénit a jogar à italiana, recuando e pressionando em bloco, jogando no contra-ataque rápido: 3.7. um campo cuja relva estava queimada pelo gelo e imprópria para um jogo de alta competição; 3.8. um estádio pequeno, sujo, sem casas de banho, bares, comida, zonas de resguardo do frio e do vento, sem zonas de separação entre adeptos do Zénit e da equipa forasteira...enfim...a fazer lembrar alguns campos dos campeonatos distritais/regionais... 4) Por isso estamos apenas moderadamente optimistas. Perdemos por um golo mas o resultado foi algo lisonjeiro. E achamos possível que o Zénit marque na Luz e teremos dificuldades em marcar muitos golos, mais a mais porque Aimar não jogará... 5) Claro que os adeptos do Zénit estavam extasiados com o resultado...num fundo, eles nunca pensaram que poderiam ganhar ao mítico e poderoso Benfica...eles sabem que o Porto não é mesma coisa (tipo Coca-cola versus Pepsi....)...e vários nos confidenciaram que em Lisboa o Benfica iria passar com 1-0 ou 2-1... O treinador italiano, mais sagaz, despede-se de nós apenas dizendo: " em Lisboa teremos hipóteses de passar..." 6) Em suma, lá estaremos para apoiar o Benfica mas sabendo que não serão favas contadas...


Qual a surpresa? Há algum portista que se comporte como gente?

Avatar
 ●  31 comentários  ● 

Young children also accused in Man City race row with Porto


Last updated at 10:47 PM on 19th February 2012

Porto fans making racist gestures at Manchester City fans in last week’s Europa League tie in Portugal allegedly included young children in executive boxes at Estadio do Drago.
UEFA are examining a complaint made by City minutes after last Thursday’s 2-1 win. They allege sections of the crowd were making racist sounds and gestures at City’s black players, Mario Balotelli and Yaya Toure.
Porto have denied the claims, suggesting their supporters were merely shouting ‘Kun, Kun, Kun’ in reference to City striker Sergio Aguero’s commonly used nickname.

Row: Mario Balotelli was allegedly racially abused by Porto fans


Row: Mario Balotelli was allegedly racially abused by Porto fans
Mobile phone video footage available on the internet on Sunday appeared to blow a hole in these claims and it is understood City have sent that footage to UEFA to support their complaint.
City have not yet heard back from UEFA but it can be revealed that the governing body had contacted City, but only to inform them they have opened disciplinary proceedings against them after a section of City’s fans let off fireworks at kick-off.
Meanwhile, it emerged that members of City’s support seated in VIP areas saw children of ‘below teenage age’ making racist gestures from behind glass in the executive boxes.

Another: Yaya Toure (right) is also an alleged victim


Another: Yaya Toure (right) is also an alleged victim
One City fan told Sportsmail: ‘As soon as it started in the stadium we noticed kids in the executive areas starting to copy it.
‘It was disgusting. How Porto can claim there was no racist abuse of the City players is an absolute joke.’
City officials refused to comment on Sunday night when asked about the contents of their submission to UEFA and it is not clear whether allegations regarding children are in it.

Read more: MailOnline 

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Vencemos na pedreira!!!

 ●  Sem comentários  ● 
Não, não estou a falar do Estádio AXA mas sim em alcoshit, a famosa pedreira que nos fez perder um campeonato de juniores de forma absolutamente injusta e suja.

Este fim-de-semana os nossos juniores foram àquela academia da treta vencer por 3-2 no primeiro jogo da segunda fase. Parece que a direcção do bota-fogo, que será o mesmo que dizer juve leo, criou problemas aos adeptos do maior e melhor clube do Mundo porque não queriam que assistisse-mos a mais uma lição de futebol da verdadeira melhor academia do país.


Palhaçada.

 ●  5 comentários  ● 
Hoje, no jogo de treino contra o satélite Setúbal, os adeptos da agremiação dos azuis continuaram aquilo que o seu Director de Comunicação diz sempre fazerem, TODOS os jogos: passaram o jogo todo a gritar "Hulk, Hulk, Hulk". Tentativa de atirar areia para os olhos (felizmente temos vídeos que provam o crime)? Tentativa de atenuação do castigo? Puro gozo e diversão daqueles pseudo-humanos racistas?

Eu não sei o que mais dizer a respeito deste tema. E depois de hoje... Baixo... Muito baixo...



Os anos passam e mantém a vergonha

 ●  6 comentários  ● 
Ano após ano é confrangedor ver os jogos entre Setúbal e o FCPorto. Inacreditável como aquele jogo parece sempre um treino de conjunto dos jogadores da equipa corrupta, jogado a um ritmo baixíssimo (até porque 3a-feira à jogo em Manchester e os "chocos" não querem cansar os amigos).

Que clube de merda, o Setúbal. Submissos!

Lima iguala Cardozo...

 ●  5 comentários  ● 
Vamos lá ver então...
... O Lima apanhou o Cardozo, mas o SCBraga não apanhou o FCPorto?

Realmente temos um jornalismo de merda!

Já agora, reparem como Janko ao terceiro jogo nos corruptos já... persegue o Jardel e o Falcão. Deve ser na rapidez com que calça as chuteiras.

Que palhaçada!!!!!!

ranking