(Parte II) - EXCLUSIVO: Entrevista a Rui Gomes da Silva
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 28 de maio de 2012

(Parte II) - EXCLUSIVO: Entrevista a Rui Gomes da Silva

 ●  + 80 comentários  ● 
Parte II da Entrevista

Tema: FPF, LIGA DE CLUBES e POSICIONAMENTO GLOBAL DO BENFICA
Está por explicar o motivo de o SLBenfica ter apoiado, primeiro para a Liga e depois para a FPF, um ex-dirigente do FCPorto e intimamente ligado ao processo Apito Dourado, tendo sido ouvido a sua intervenção nas escutas. Quer comentar e justificar de uma vez por todas este apoio? Não nos contentamos com a frase do Presidente dizendo "confiem em mim"...

RGS: "Não se tratou de uma posição de alguém, de forma especifica.
Na Direcção e na SAD as questões são colocadas de forma franca, aberta, transparente, democrática.
E, independentemente da posição de onde cada um parte - Cosme Damião ensinou-nos a viver em liberdade, mesmo quando não eram livres os caminhos que Portugal, então, trilhava - o que vincula o Benfica são os consensos, o resultado a que se chega.
Por isso, que ninguém se exclua de qualquer responsabilidade.
Havia um projecto, onde mais do que ideias avulsas, existia uma ideia para o futebol português!
Mas esse apoio, de principio, não cerceia a liberdade de critica, a que, alias, eu próprio dei voz, num dos programas recentes da SIC, onde questionei o actual Presidente da FPF sobre a sua capacidade para ter mão no estado em que vão andando os diferentes órgãos da Federação.
O SLB não trocou apoio por lugares.
Batemo-nos por princípios, valores, causas, "bandeiras".
Não queremos lugares, como outros.
Mas não perdoamos a quem, tendo prometido independência, verdade, equidistância, imparcialidade, ... apoie ou assista, faça ou permita, actue ou colabore, mesmo que por omissão, em escândalos que prejudicam o Benfica, beneficiam o nosso adversário do costume, enfim ...., não dão passos no sentido de afastar o futebol português de uma das páginas mais negras - senão a mais negra - de toda a sua história: o caso "Apito Dourado".
Pela verdade desportiva, doa a quem doer!"

Qual a perspectiva do SLBenfica perante a intervenção directa na Liga e FPF? O SLBenfica não tem tido voz activa nestes orgãos (com representações não interventivas e discretas), seja ao nível da sua composição, seja ao nível da intervenção nos temas estruturantes, apresentação de propostas concretas para mudar o que está mal, etc.. Porque motivo?

RGS: "Como disse, na resposta anterior ...
"Batemo-nos por princípios, valores, causas, bandeiras.
Não queremos lugares, como outros."
Tudo isto sem prejuízo de termos um projecto bem concreto para o futuro do futebol em Portugal, sem corrupção, sem fruta, sem "quinhentinhos"(para usar uma expressão bem infeliz de um dos seus dirigentes, numa entrevista muito recente sobre o estado da arbitragem em Portugal).
Batendo-nos e defendendo os nossos valores e as nossas ideia na Liga e na FP, ao contrario do que se afirma, de forma fácil, superficial e não fundada ..."

- Não faria sentido demarcarmo-nos do apoio, que penso ser óbvio que foi um erro, ao actual Presidente da FPF perante a sua (falta de) atitude e perante os prejuizos gritantes impostos pelas arbitragens ao SLBenfica?

RGS: "As minhas criticas publicas, na SIC, há duas semanas, respondem de forma bem clara a essa questão, e dão uma resposta cabal aos que julgavam o SLB hipotecado a qualquer estratégia alheia.
Como se isso - cercear a liberdade do Benfica - fosse possível!
Se - quem foi eleito com o voto do Benfica - não tem vontade, capacidade, querer, desejo ou, no limite, interesse, em que não se repitam "Apitos Dourados", então, que se demita!"

O que justifica o SLBenfica ter passado um ano inteiro calado sobre as arbitragens e agora, depois do título perdido, virmos reclamar sobre essa vertente?

RGS: "Não houve, com toda a certeza, nem descuido nem ingenuidade!
Mas, talvez tenhamos de começar a dizer, em público, o que sempre dissemos em privado; talvez tenhamos de anunciar previamente o que nos dizem que pode vir a acontecer.
Como diria D. João II, "há tempos de usar o olhar de coruja e tempos de voar como o falcão"
Voemos, então - nos tempos que aí vêm - como .... Águias!!!!

O que justifica que, quando vencemos um campeonato, assumimos uma postura de “afinal está tudo bem”, "vamos conquistar o Mundo"... e simplesmente descuramos as movimentações obscuras que se passam no futebol nacional? Qual o seu comentário à percepção que temos de que o Sistema permite as vitórias do Benfica para nos calar a contestação?

RGS: "Não penso que essa afirmação seja verdadeira.
Sou testemunha privilegiada de quanto o Presidente se esforçou, avisou e tentou inverter o rumo dos acontecimentos .....
Uma discordância, apenas, sobre a vossa pergunta: o sistema não deixa, nunca, o Benfica ganhar.
Para vencermos, sempre, temos de o fazer lutando contra tudo e contra todos, porque, como nos dizia Bella Gúttmann "Contra o Benfica todos valem ou fazem por valer o dobro daquilo que efectivamente valem. É uma guerra santa"
Temos de o fazer, com a dimensão do Benfica, sem vacilar um momento, ..... com a legitimidade e a força dos que pensaram, logo desde o início, um Benfica com a grandeza que hoje nós conhecemos e outros lhe reconhecem.

Entende a Direção ser benéfico denunciar as entidades de cariz político e económico que integram os órgãos portistas, como cúmplices nesta tremenda burla que é o futebol e o desporto em Portugal?

RGS: "Conheço muitos dos que são os destinatários desta questão e não me revejo nela, com todo o respeito.
Sei bem quais as análises que circulam no universo dos blogues sobre essa hipótese,
Se algum contacto existe, quando passa da mera formalidade, fica muito aquém do que desejariam os mais interessados no estreitamento dessas relações.
Mas reconheço que, alertar para essa promiscuidade, pode servir para condicionar os menos incautos que, sentindo-se usados e não tendo com que ser objecto de qualquer chantagem, podem afastar-se de soluções onde a transparência se aproxima mais das roupas do "Calor da Noite" do que de princípios e de valores da ética ou da moral!"

Entende a Direção que a supremacia desportiva portista corresponde a um dos objetivos políticos dos três partidos do poder; PS, PSD e CDS, aliados a poderosas forças económicas, Amorim, Belmiro, Ludgero, etc?

RGS: "Não sei o que pensa cada um dos meus colegas sobre esse assunto, porque nunca tal foi objecto de debate ou de troca de opiniões.
Mas, por mim, respondo: claro que não!"

Como encara a criação de um Conselho consultivo do Benfica constituído por entidades Benfiquistas de grande relevo social, político ou económico?

RGS: "Há, nos novos Estatutos, uma órgão que corresponde a essa ideia (não sei se com idênticos objectivos aos indiciados na pergunta).
Sem nunca confundir interesses, princípios e valores - uns próprios do futebol, outros de política, outros, ainda, da economia ...."

Entende a Direção que a integração no seu quadro acionista de entidades acionistas de referência de clubes rivais é benéfica para o Benfica?

RGS: "Compreendo o desconforto, numa óptica de mera relação de sócio com o Clube.
Mas - desejando que isso seja evitado tanto quanto possível - não posso deixar de reconhecer que numa sociedade livre, a limitação não se faz pela vontade de um grupo, mas pelo estrito cumprimento das normas legais.
No nosso caso, o SLB detém, por força dos seus Estatutos, a obrigação de possuir, pelo menos, mais de metade do capital social de quaisquer sociedades que se venham a constituir, no seu âmbito.
Conheço, hoje, muito bem o funcionamento quer da SAD, quer da Direcção do SLB.
E garanto- lhe, que em nenhum deles, ninguém, nem Administradores, nem membros da Direcção, estão preocupados com o interesse específico de qualquer accionista.
Move-nos, exclusivamente, a grandeza e o engrandecimento do Benfica, em todas as suas vertentes.
O Benfica é o principio e o fim de todas as minhas preocupações, quando no exercício desses cargos.
Só assim, poderemos deixar à geração dos nossos filhos um Benfica maior - se possível - daquele que a geração dos nossos Pai nos deixou.
Num pais latino, como somos, reconheçamos a pouca importância das SAD na relação emotiva dos sócios, dos adeptos e dos simpatizantes com essas estruturas accionistas, mais próprias de outras terras e de outras paragens!!!"

Estaria a Direção disponível para encontrar uma solução que permita afastar dos órgãos e estrutura acionista da Benfica SAD as entidades com ligações a outros clubes (Sportinvest, por exemplo)?

RGS: "Não conheço ninguém, nos órgãos, que represente qualquer outra entidade que não o SLB.
Quanto à estrutura accionista, .... desde que haja alguém que compre, seria sempre bem vindo esse objectivo.
O que não deve ser confundido com "opção pela força".
Num Pais com uma economia de mercado, será difícil (diria, mesmo, indesejável) restringir o investimento, não por razões ideológicas, nem por razões de interesse nacional, mas de mero interesse clubistico.
Ser do Benfica não pode levar-nos a situações em que "o feitiço se viraria contra o feiticeiro"!"
Está a Direção disposta a denunciar e neutralizar a influência do portismo na UEFA? De que forma?

RGS: "Por mim, não só estou disposto, como acho que, no estrito cumprimento da legislação aplicável, nomeadamente da própria UEFA, será um caminho a seguir, se o desmando continuar, na próxima época!!!

Está a Direção disposta a elaborar um conjunto de medidas “drásticas” para abalar o status quo de forma a restaurar-se a verdade desportiva? De que forma?

RGS: " Tudo o que a Direcção tem feito, tem-no feito nesse sentido.
Essa é, a par do equilíbrio das contas e do sucesso desportivo, a principal preocupação do Presidente.
E todos nós o apoiamos nessa "cruzada"."

Tema: DIRECÇÃO DO SLBENFICA
Ao contrário do que parece nos discursos do Sr. Presidente, continuamos a ter uma Direcção apoiada pelos sócios. No entanto, os sócios fazem-no sem sequer saber que projecto está a apoiar. Ou seja, falta apresentar um projecto para o SLBenfica que não seja suportado em factores genéricos temos ouvido falar da credibilização, profissionalização, etc. Mas chega de generalismos: Qual é o projecto desta Direcção para o SLBenfica?

RGS: "O projecto sufragado, por cerca do 90% dos votos, nas eleições de 3 de Julho de 2009.
Há pouco, perguntavam-me - e passo a citar "... o que justifica o SLBenfica ter passado um ano inteiro calado sobre as arbitragens e agora, depois do título perdido, virmos reclamar sobre essa vertente?"
Devolvo a questão, reformulada e adaptada à pergunta que agora me dirigem.
Ou seja, alguém estaria interessado em questionar e saber qual o projecto da Direcção se tivéssemos ganho, esta época, o Campeonato e a Liga dos Campeões?
Relativizemos, então, por respeito para com a inteligência de todos, essas questões, que só ganham dimensão quando se perde.
Como na política, nunca vi ninguém ser questionado sobre cumprimento de programas, quando sai vencedor de eleições, embora saiba que o inverso acontece muitas vezes.
O Programa continua a ser o mesmo que nos levou a ganhar o Campeonato Nacional, em 2009/2010 ....
E nessa altura não ouvi uma única voz a perguntar por ele."

A conquista de títulos como pilar principal? O que é aceitável ter num mandato de 4 anos? dois titulos, três, quatro...

RGS: "Não acho que, no Benfica, alguém ache razoável perder alguma vez.
Não gosto, por isso, de ouvir que cumprimos os nossos objectivos porque .... chegamos aos 1/4 de final da Liga dos Campeões.
Nada mais errado.
Eu, vocês, ... queremos ganhar sempre.
Na minha escala de valores não aceito que perder, no Benfica, possa ser um objectivo.
Poderemos cumprir um objectivo financeiro do exercício com o apuramento para uma determinada fase de uma qualquer competição.
Mas não me digam que tivemos um ano bom.
O Benfica quer sempre ganhar.
No Benfica não podemos querer outras coisas que não vitórias."

A quebra da hegemonia desportiva do FCPorto? De que forma? Desmontando o Sistema corrupto? Como? Que compromisso? Como se mede o cumprimento deste objectivo?

RGS: "Em todas os sentidos, em todas as direcções, com todas as armas.
Um único reparo: não quero acabar com a hegemonia de ninguém; quero ganhar sempre (acabar com o domínio dos outros só poderá advir das minhas vitórias e não ser transformado num objectivo).
Não me preocupam os outros.
Ganhando, sei que serei superior, porque as nossa vitórias são conquistadas com a legitimidade acrescida da verdade.
E isso faz toda a diferença.
E, se o Benfica ganhar, um ano, dois anos, seguidos, três anos, com frequência, com assiduidade, daremos o golpe final num poder caduco, em fim de ciclo, sem capacidade de se regenerar, porque assente em princípios e valores que não se coadunam com regras democráticas, de transparência, liberdade, honestidade, verdade..."

Quais são as consequências aceitáveis para a direcção de não cumprir objectivos no plano desportivo?

RGS: "A pergunta indicia uma questão prévia: só haverá contabilização se o compromisso tiver sido, também ele, um objectivo concreto.
Ora, se alguém se comprometer a ganhar 4 campeonatos em 4 e ... só ganhar 3, não cumpriu os objectivos a que se terá proposto.
Mas, poderemos considerar isso um incumprimento de uma promessa eleitoral", numa futura disputa?
Cada um que julgue, de acordo com o respectivo quadro de valores, que, presumo, seja rigorosíssimo!"

Sem menosprezo pelas qualidades humanas e até profissionais, o que justifica ter o SLBenfica em cargos relevantes elementos sem qualquer identificação com o passado e o futuro do SLBenfica? Alguns exemplos: Jorge Gomes na prospecção ex-funcionário do FCPorto, Paulo Gonçalves ex funcionário do Boavista e na génese da SAD do FCPorto, António Carraça sportinguista assumido, Domingos Soares Oliveira, Manuel Sérgio sem qualquer relação emocional com o SLBenfica. Não há benfiquistas de paixão competentes?

RGS: "Não sou nem tenho de ser advogado de defesa de cada um os nomes citados ....
Ao contrário de mim - que não recebo qualquer salário, nem quaisquer ajudas de custo pelo exercício de cargos na SAD, na Benfica Estádio e na Benfica Multimédia e, muito menos, por ser VP da Direcção, no cumprimento rigoroso dos Estatutos do Clube - as pessoas em causa são funcionários do Clube!
Mas - privando com alguns deles de muito perto - considero de uma injustiça tremenda acusações a, por exemplo, Domingos Soares de Oliveira e a Paulo Gonçalves.
E refiro estes dois nomes porque - conhecendo a forma como chegaram ao Benfica e o seu desempenho em termos profissionais - não posso calar o meu "desconforto" (para ser "politicamente correcto") por esse arrazoado de acusações, sem fundamento, que não seja a perseguição primária, sempre que as coisas não correm bem...
Tive a sorte de, tendo nascido no Porto, o meu Pai me ter feito sócio do Benfica, desde o meu primeiro dia vida.
Tal como aconteceu ao meu irmão.
Tal como eu e ele fizemos aos nossos filhos, e como espero que cada um dos meus filhos faça a cada um e a todos os filhos que tiverem.
Mas sei o que eles, profissionais que hoje trabalham connosco, sofrem e lutam pelo Benfica.
Haverá, porventura, benfiquistas desde que nasceram que muito prejudicaram o Benfica.
Pelo menos um deles chegou a Presidente e ia acabando com o Clube!
Repetindo, em relação a Domingos Soares de Oliveira e a Paulo Gonçalves, o que disse de João Gabriel, numa das primeiras respostas desta nossa "conversa", assumo, também, que, hoje, os considero - aos dois - como amigos.
E, em cada projecto em que possa vir a estar envolvido, pensarei sempre neles, em termos profissionais, para ajudar no que, cada um, sabe fazer muito, mas muito bem!
Uma palavra especial para o Professor Manuel Sérgio, de quem uma vida de cultura e de "filosofia do desporto" fala por si."

Quais as reais funções de Rui Costa, em tempos apresentado como o futuro timoneiro do futebol e assumindo o Presidente na altura a sua inabilidade para a gestão desportiva? A realidade é que o Presidente volta sempre à tentação do futebol, que já reconheceu não ter aptidão, Sim, sabemos que está perto do presidente e tudo mais, mas se é tudo tratado pelo Presidente como o próprio assume e se a operacionalidade é de Carraça, então o que "sobra" para Rui Costa?

RGS: "Rui Costa é, por natureza e por definição, uma referência, uma mais valia do SLB.
Muitos têm tentado trazê-lo para o meio do furacão, ao que ele tem resistido e respondido com a classe com que criava espaços onde eles não existiam, enquanto jogava.
Só os que se querem servir de Rui Costa estão preocupados com aquilo que ele, por certo, não estará.
Até porque sabe que o tempo corre sempre para ele.
Nada que eu ache que ele não saiba, nem que eu não lhe tenha lembrado ...."

Está a Direção disposta a promover ações de reconciliação de todos os Benfiquistas de forma a promover a sua União e mobilização contra os “inimigos” externos? Quais? Isto porque parece haver um constante ataque aos que têm opiniões divergentes, conotando imediatamente como oposicionistas, quando na verdade somos todos Benfica e deveriamos integrar a diversidade e aproveitá-la.

RGS: "A Direcção e o Presidente tudo tem feito para unir o Benfica.
Mas não podemos evitar que quem, tendo transformado em obsessão voltar ao Benfica, tudo faça para convencer alguns de "factos" que apenas servem essas lutas eleitorais.
Apesar de ter discordado com a Direcção que esteve em funções entre 1997 e 2000, sempre quis que o Benfica ganhasse, nunca deixei de pagar quotas.
Somos todos precisos, mesmo aqueles que em momentos em que todos deveríamos a estar a apoiar a nossa equipa, estão mais preocupados em dar espectáculos que enchem de gáudio e de alegria os nossos adversários.
A esses, quero convencer da importância do seu apoio, do seu empenho,
da sua força, da sua presença.
Eu sou um desses adeptos, sou um dos vossos.
Não sou Vice-Presidente nem Administrador; estou, temporariamente, enquanto Luís Filipe Vieiraquiser, a desempenhar essas funções.
Mas não podemos confundir os inimigos.
Devemos e podemos continuar a comemorar as vitórias em conjunto."

Sente-se a Direção condicionada nas suas ações de gestão pelos investidores de referência, nomeadamente BES e Sportinvest?

RGS: "Não, nunca. Nem ninguém aceitaria tal limitação."

Está a Direção disposta a exigir o afastamento das provas de clubes sem condições financeiras adequadas?

RGS: "Não é uma questão de disposição; é uma questão de rigor e, também, de respeito pela verdade desportiva.
E essa sempre foi a nossa posição"

Com o surgimento das equipas B, abre-se o espaço para novas medidas de verdade desportiva. Está a Direção disposta a exigir o fim das cedências de atletas a clubes na mesma prova?

RGS: "Não posso assegurar que essa seja uma medida que possa vir a obter vencimento num curto espaço de tempo, pois conheço algumas das "dificuldades" da sua concretização.
Mas reconheço a sua validade e o facto de ser uma das vias possíveis para a consecução da verdade desportiva"

Qual a posição da Direcção do SLBenfica perante a união evidente do rival do SLBenfica com vários clubes que “facilitam” nas transferências, na cedência de informações, nas decisões nas AG da AFL, Liga e FPF (exemplos Braga, Nacional, Setubal, Académica, etc.), num claro desvio da verdade desportiva?

RGS: " Numa sociedade democrática, a força da razão obtém sempre vencimento.
Nunca o Benfica imporá nada a ninguém, mas sabemos que "... há caminhos ainda não percorridos que esperam por alguém".
Desde que não nos enganemos a nos próprios, nem esperemos o que outros não têm para dar ..."
A verdade acaba sempre por se impor e os sucessivos atropelos, por outros, a esses supostos "acordos para além da eternidade", trazem para o campo da "verdade desportiva" alguns dos que ainda há pouco tempo faziam parte desse ... "lado escuro da lua".
A esses, aos que estão a descobrir que só andaram protegidos enquanto disseram que sim a tudo, enquanto não tinham opinião, aos que descobriram que não lhes respeitavam nem a vontade, nem a identidade, nem a história, mas que se queriam servir deles para tudo e por tudo, ... esses serão os nossos aliados, no futuro, como o foram num passado mais longínquo!"

Porque motivo SLBenfica e SportingCP continuam sem entender que só quando liderarem o futebol nacional, ao nível dos orgãos de controlo das competições (FPF, AFL e Liga), é que terão capacidade para limitar a acção e até nomeação de elementos alinhados com o FCPorto para esses orgãos?

RGS: "Respeito essa "fixação", mas não penso ser esse o problema do futebol português.
Se o fosse, teria sido ultrapassado nos momentos em que isso já se verificou.
E não foi o caso.
Pode ajudar, mas terão que ser muitos mais os que teremos que envolver na luta pela tão espezinhada quão importante e decisiva verdade desportiva."

Há, entre muitos sócios, a percepção que “o SLBenfica é L.F.Vieira”, a julgar pelas decisões tomadas pela Direcção, na qual os sócios não se reveem, como seja a ligação extra-Benfica do Presidente com elementos que, no futebol, têm alinhamentos que prejudicam o SLBenfica: António Salvador e Joaquim Oliveira são exemplos. Está a Direção disposta a democratizar efetivamente, a sua gestão e ouvir mais os desejos dos sócios nesta matéria? De que forma?

RGS: "Se não devemos confundir amizades com interesses institucionais, tão pouco devemos confundir boatos com factos, "histórias" com dados concretos....
Sou testemunha privilegiada da intransigente preocupação de Luís Filipe Vieira em defender o Benfica "contra tudo e contra todos".
Sem curar de amizades ou incompreensões, de ligações pessoais ou de indisponibilidades sociais."

Qual o motivo pelo qual a Direcção não promove debates a favor do SLBenfica na BenficaTV, com benfiquistas que sabem ter opiniões distintas e, talvez até, poderem ter ideias e projectos que possam ser postos em prática pela Direcção actual? Porquê optar pela Fracção em vez da União? A BenficaTV não deverá ser um espaço de pluralidade em torno do SLBenfica ao invés da apologia do statu quo existente?

RGS: "Acho injusto essa qualificação da Benfica TV.
Desde logo, pela natureza da nossa estação de televisão; depois pela capacidade dos profissionais envolvidos no projecto; por ultimo pela ideia que possa haver que as discordâncias, sobre o que quer que seja, devam passar na TV do clube.
Não acredito, nem penso que ninguém de boa fé, depois de passado o natural entusiasmo inicial, julgue, sequer, que isso poderá ser possivel no Benfica."

A blogsfera benfiquista tem feito, 99% de nós por carolice e benfiquismo apenas (apesar das suas palavras noutro sentido, das quais discordamos integralmente) um trabalho fabuloso. Porque não criar no SLBenfica um departamento, uma equipa, que tenha como unica função a comunicação com a blogsfera benfiquista, a interacção, desafiar alguns que apresentam ideias a formalizarem-no junto da Direcção, promover a apresentação de ideias, fomentar a divulgação de factores que prejudicam o SLBenfica, promover o “Blog Certificado” através da identificação dos autores, identificação da condição de sócio, etc. (dessa forma formar-se-ia uma verdadeira “rede”, sem alterar o conceito de escrita de opinião, e sem deixar duvidas da honestidade dos autores, mas também do Clube, reservando-se obviamente o direito ao anomimato a todos aqueles que o pretendam)?

RGS: "Darei conhecimento da ideia a quem, no SLB, tem essa responsabilidade!"

Qual a sua opinião sobre a realização de uma Assembleia, ou se quiser, Congresso à porta fechada durante dois dias, no Pavilhão Atlântico para que os sócios possam dirigir-se à Direcção do Clube e aos demais sócios, seja permitida a apresentações de moções/projectos à consideração da Direcção e votação dos sócios - no enquadramento, obviamente, dos estatutos do Clube. As propostas passariam depois à prática através de um Comité de Supervisão a constituir que efectuaria o controlo da implementação pela Direcção das medidas/iniciativas propostas e aprovadas?

RGS: "Eu próprio, em 1996, presidi ao II Congresso das Casas do Benfica.
Não posso, por isso, deixar de considerar movimentos de agregação de vontades, de contribuição de ideias, de reforço de identidade, de passos no caminho de uma maior identidade de valores e de vivências que façam um Benfica cada vez maior,
Se for esse o desafio, se forem esses os objectivos, será uma ideia para fazer o seu caminho.
Desde que isso não sirva para alimentar vaidades, para dar voz a alguns em detrimento de todos, de privilegiar "notáveis" desvalorizando todos e cada um dos sócios, porque não?
Sei, por experiência própria, no que se transformaram os Congressos dos Partidos.
Trazer para o Desporto o que de pior tem a política, pode ser uma opção; não sei é se será a melhor."

Porque não estender a regra de anos de filiação superior a 15 anos ininterruptos para todos os orgãos elegíveis da Direcção do Clube e/ou cargos de Administração ou Direcção de empresas com capital detido directa ou indirectamente pelo Sport Lisboa e Benfica?

RGS: "Por mim, com 53 anos de vida e de sócio, será fácil defender uma medida dessas.
Mas não sejamos "populistas em demasia", sob pena de uma regra de excepção, com evidentes razões para existir - a de 25 anos para Presidente - passar a ser a regra para tudo."

Porque não limitar a acção do treinador do SLBenfica, seja quem for, aos aspectos técnico-tacticos? O treinador não deveria ter toda a sua atenção focada nos aspectos de treino e preparação da equipa apenas? Políticas de gestão de activos, comunicação com os mesmos, gestão do caracter e grau emocional de cada um etc, nao deveria ser da responsabilidade individual, mas sim integrada numa política do Clube na qual o treinador deveria estar vinculado. Concorda?

RGS: "É uma questão que não chega a sê-lo. De facto, tudo o que se passa, na estrutura do futebol de formação e profissional do SLB está definido ao mínimo pormenor!
Há essa ideia - tão repetida quanto falsa - de um certo improviso, ao contrário de outros onde imperaria o profissionalismo da dita .... estrutura.
Nada mais incorrecto!
No Benfica, todos e cada um sabe o que tem que fazer e quando tem de o fazer.
A preocupação de querer sempre o melhor para o Benfica não deve levar a esquecer que as competências também existem no Clube."

Considera inviável criar dois polos desportivos de formação em Portugal, juntamente com mais um no Brasil e outro na Europa de Leste?
Não se trata de replicar o Caixa Futebol Campus, mas sim ter uma estrutura de treino, coordenada pela equipa de formação do SLBenfica, para manter os jovens até aos 14 anos no seu ecossistema social e educativo e ao mesmo liga-los desde cedo ao clube? Talvez nem fosse necessário construir nada, bastaria passar por parcerias com entidades que disponibilizassem a infra-estrutura para implementação dos treinos de formação (como temos nos Pupilos em Lisboa, mas que é manifestamente insuficiente). Nesse sentido criariamos um em Lisboa que nos permitisse expandir e sair dos pupilos, pois muitos jovens não podem ir treinar para o Seixal até terem mais de 15 ou 16 anos. Esse mesmo modelo seria replicado a Norte para captarmos talentos que integariam uma equipa a criar inscrita na zona Norte, mantendo lá os jovens e estando a poucos minutos ou horas de toda a zona norte de Portugal. E o mesmo modelo para um país da Europa de Leste (com um mercado imenso de potenciais jogadores) e Brasil.


RGS: "Os CFT são o exemplo concreto do que aqui se propõe.
E não se pense que o SLB tem descurado a sua presença noutros continentes.
O projecto do Benfica aí esta para o provar.
Com títulos, com chamadas à selecção nacional, com paixão.


FIM

Entrevista Parte I


80 comentários blogger

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O teu arroto vai de vela dentro de pouco tempo.
      É para rir??? Em que te baseias??? A entrevista só te merece aquelas 5 curtas palavras?
      E porque não expões os motivos das tuas risadas ???

      Porque nada acrescentas ao debate, dispensamos os teus risos...é já a seguir....

      Eliminar
    2. Caro Bandido, compreendo a frustração pelas respostas do entrevistado mas já foi um grande passo ter alguém do Benfica a responder ás perguntas feitas pela blogosfera e fizemos só perguntas difíceis.
      O seu outro comentário não foi aprovado porque um mínimo de educação é devido a quem ao menos respondeu ás perguntas e como tal não admitimos insultos.

      Eliminar
  2. E, novamente, uma não resposta à questão do apoio a Fernando Gomes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ;)
      Mas não nos podem acusar de não ter perguntado TUDO, mesmo o mais incómodo.

      Por outro lado, RGS tem o mérito de que respondeu a tudo... em algumas questões convenhamos que não poderia assumir outras respostas...

      Eliminar
    2. Se não podia assumir, é porque estava como você e não como sócio...

      Eliminar
  3. Excelente iniciativa por parte deste blog mas, o conteudo dasrespostas é so palha...

    ResponderEliminar
  4. "o Sistema permite as vitórias do Benfica para nos calar a contestação"

    concordo com o RGS. até porque me lembro perfeitamente como ganhámos o último campeonato. com uma equipa fantástica, futebol fabuloso e só ganhamos na última jornada porque alguns levaram o Braga ao colo até ao fim à espera de um jogo mau do glorioso...

    ResponderEliminar
  5. Desculpem-me, mais demagogia e fuga para frente! Não consigo descortinar mais do que isso na entrevista. Exemplos: A maneira como falou de Rui Costa! Mais: RGS apresentou-se como sócio, mas na verdade faz a defesa de LFV, mesmo nas ligações a António Salvador. Mais ainda: alguém percebeu o "projecto"? Ou que se pensa para o futebol profissional e de formação??
    Mais uma vez, parabéns NGB. Mas mais uma vez, ficamos a saber o mesmo... E é pena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O RGS respondeu aquilo que pensa e temos de respeitar a opinião dele!!! Podia ter partido a louça toda? Não, não podia!!! O homem tem responsabilidades e tem direito a apoiar quem ele acha que é o melhor para o Benfica, seja o Vieira, ou zé da esquina ou o Jedi... :D

      O homem respondeu segundo a sua opinião e a sua maneira de ver as coisas, não respondeu como eu ou tu pensas ou queres agora que o homem responda como eu e tu queremos? :D

      Ele deu algumas pistas da forma como se pensa dentro do Benfica, agora cada um acredita ou não...

      Eliminar
    2. Caro pjsimões, concordo 100%

      Eliminar
  6. BENFIQUISTA DO CORAÇÃO28 maio, 2012 15:23

    ANÁLISE CURTA:

    -PERGUNTAS BEM FEITAS
    TOCANDO PRÁTICAMENTE EM TUDO

    -RESPOSTAS POLITICAS,
    PARA NÃO DEIXAREM MAL
    O ENTREVISTADO, SEJA
    QUAL FOR O OBSERVADOR

    PS1-COMPREENDO AS RESPOSTAS DO ENTREVISTADO
    E LENDO NAS ENTRELINHAS
    ACHO QUE A DIREÇÃO DO GLORIOSO
    DEVE TER INTERNAMENTE RECONHECIDO ERROS
    E PREPARA-SE PARA MUDAR CONDUTAS.
    PARA JÁ E SE BEM PERCEBI
    FICO TRANQUILO

    PS2-NINGUEM ESTEJA ESPERANDO
    QUE UM ENTREVISTADO ABRA O JOGO
    TODO NUMA ENTREVISTA

    NINGUEM ESPERE QUE UM COMANDANTE
    DA POLICIA DIGA COM DETALHE
    COMO VAI AGARRAR O LADRÃO
    MAIS PROCURADO.

    APENAS PODE DIZER QUE ESTÁ ATENTO
    AO LADRÃO
    PORQUE HÁ LADRÕES MUITO TARIMBADOS
    QUE AO MÍNIMO DETALHE FOGEM

    OS DETALHES SÃO SIGILOSOS

    VIVA O BENFICA
    ABAIXO O LADRÃO

    ResponderEliminar
  7. Ora ae está a resposta a muitas criticas k esta direção do Glorioso tem vindo a ser "varrida",por esta entrevista percebesse bem como o nosso clube está a ser gerido.

    Obg Rui Gomes da Silva

    Lino Oliveira socio 51702

    ResponderEliminar
  8. BENFIQUISTA DO CORAÇÃO28 maio, 2012 15:26

    JOÃO BONZINHO
    NA “BOLHA”
    ”…Para conseguir vencer, o presidente do FC Porto e os seus principais seguidores foram sempre capazes de quase tudo. De ameaças, pressões, insultos, agressões, de trinta por uma linha; depois, com as vitórias e os títulos, os nervos foram dando lugar a uma euforia cada vez mais tranquila e o presidente portista quase chegou a parecer uma estrela da diplomacia.
    Para trás, ficavam anos de agitação quase permanente, instabilidade sucessiva, pressão constante, agressividade latente. Impossível não recordar jogos como o FC Porto-Benfica que ditou o título de 1991 para os encarnados, ou como se tornaram relativamente célebres partidas dos portistas em campos como os do Estrela da Amadora, do Tirsense, do Farense ou do Belenenses, para citar apenas casos em que o ambiente (em especial nalguns daqueles jogos) chegou a tornar-se verdadeiramente explosivo.
    Bem me recordo deles…”
    ISTO É PARA QUEM
    TEM MEMÓRIA.
    30 ANOS SEMPRE EM FRENTE
    NAQUELA CASA ILUMINADA

    AGORA LEONOR PINHÃO
    NO CABREIRO MANHOSO
    “…Da entrevista de Vítor Pereira há a relevar duas afirmações: a primeira é de índole cómica. Pereira disse temer que, em Portugal, os árbitros se tornem "uma classe em vias de extinção". É impossível não lhe dar razão vendo as dificuldades com que Paulo Baptista subiu à tribuna do Jamor. Incrível como o árbitro não se "extinguiu" logo ali nas escadarias com tanta palmada nas costas.
    A segunda é de índole criminal. Vítor Pereira disse a "A Bola" que o grupo de árbitros que comanda "não é a geração dos quinhentinhos". Ficámos assim a saber, pela voz autorizada de Vítor Pereira, que afinal houve mesmo uma "geração dos quinhentinhos" a operar em prol da verdade desportiva. E, pelos vistos, safaram-se todos lindamente, sem mácula. A dita mácula tombou apenas sobre as tabelas classificativas de década e meia do futebol português…”
    SEMPRE HOUVE QUINHENTINHOS ???
    E QUEM GANHOU ESSES CAMPEONATOS ???
    ALGUEM NOS LEMBRE
    30 ANOS SEMPRE EM FRENTE
    NAQUELA CASA ILUMINADA

    E O QUE O MUNDO PENSA
    «Há clubes que fazem tudo para vencer, para se autoproclamarem vencedores, e que transgridem as regras de forma obscena. Uma das coisas mais surpreendentes de tudo isto é a repetição nos nomes das equipas. São quase sempre as mesmas: Juventus, FC Porto...» - Santiago Segurola, director-adjunto do jornal A Marca

    ResponderEliminar
  9. Sim, o trabalho do blogue é louvável. Tentando ser o mais cordial possível, foi a questões importantes! Porém, de RGS obtivemos o elogio presidencial (dando-me razão) e por respostas vagas, para as quais RGS não tem autoridade ou não sabe explicar... Ou não tem lógica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quer querias que o homem dissessem se faz parte da administração da SAD? Se o homem acha que o Vieira é bom presidente querias que ele dissesse que Vieira não presta só para te fazer a vontade? :D

      Eliminar
  10. Grande entrevista da NGB. Parabens pelo feito!

    ResponderEliminar
  11. Gosto da linha que a direcção leva. Ter de salientar que não gostei da abordagem do VP ao tema das amizades do LFV com os nomes mencionados! Imagine que meu amigo faz mal ao meu filho... desculpe mas há coisas que têm de mudar!

    No cerne a entrevista a mim esclareceu alguns pontos. Obrigado

    ResponderEliminar
  12. Boa tentativa.... mas a entrevista não vale nada de nada....
    mais valia terem-no apertado até responder a uma pergunta, do que bombardear com 50 às quais não responde a nenhuma...

    mesmo assim, parabéns pela iniciativa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que o podíamos apertar? Só por telepatia.

      Este sócio do Benfica, que o é desde há 53 anos, respondeu a uma série de perguntas que lhe enviámos para o seu endereço de email...tás a ver?

      Não respondeu a nenhuma? Minha Nossa...vai imediatamente às urgências.

      Eliminar
  13. Gostei da Entevista, embora acho que em nenhuma delas fiquei esclarecido, mas tambem se sabia que o nosso VP não iria passar toda a informação cá para fora.

    Gostaria que a Direção do SLB,tivesse a grande coragem de, fazer 2 reunioes com os seus associados, uma no Norte e outra no Sul para debater muitos assuntos que digam respeito ao nosso Benfica!

    A minha grande preocupação neste momento passa alem de todos os bufos que temos dentro do Sport Lisboa e Benfica, á distância da direção com a equipa tecnica de futebol na ultima parte do campeonato e o elevado aumento do nosso passivo!!! Quero uma explicação para isto tudo que não me convenceu nesta entrevista !!! Tambem quero uma explicação para os milhões que andam á deriva com o Sdnei, Enzo Perez, Franco Jara ?? Todos eles investimentos acima dos 5 Milhões de Euros que nesta altura não se vê retorno igual ou superior ???

    Muito Obrigado pela Entrevista, futuramente gostaria de ver uma entrevista de Rui Costa, ou António Carraça ou Raul Jose !!!

    Força Benfica

    ResponderEliminar
  14. Gostei. Subiu alguns pontos, e como disse o poeta ali atrás, deixou-me um pouco mais sossegado ao dar a entender que se irá mudar alguns aspectos que não mais foram do que erros. Parabéns equipa do NGB :D

    ResponderEliminar
  15. Demagogia feita à maneira é como um queijo numa ratoeira! Uma Benfiquista cantou este refrão... Lena D'àgua lembram-se! Procurem no youtube :))

    ResponderEliminar
  16. Este é um primeiro passo(assim o espero) na aproximação entre os dirigentes do Benfica e os adeptos e sócios do clube.
    Não é apenas nas Casas do Benfica que se encontram bons benfiquistas.
    A blogoesfera é neste momento mais que um local de opiniões diversas, é um parceiro credível na luta pela limpeza do futebol português.

    Não sei o que esperavam desta entrevista, mas penso que foi esclarecedora e dá boas indicações para o futuro, mesmo que tais sejam apenas eleitoralistas. Para cativar os benfiquistas, vai ser preciso muito mais que intenções.
    Volto a dizer que goste-se ou não das respostas de RGS, é de louvar a sua disponibilidade para uma entrevista tão extensa, e aguardar que outros membros do Benfica se disponibilizem para idênticas 'conversas'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria bom, mas só não fugissem às questões importantes! E seria bom que a blogosfera usasse dessa iniciativa! Em vez das entrevistas por encomenda da BTV!

      Eliminar
  17. Excelente iniciativa. Parabéns!
    Pena ele não poder falar pela direcção, mas nalgumas respostas vê-se que falou como tal.
    Gostei de saber o que pensa de DSO e PG.

    ResponderEliminar
  18. Iniciativa muito louvável, ambas as partes fizeram o seu papel na perfeição, mas não foi o sócio de 53 anos que acabou por ser entrevistado, ao contrário do que foi referido no início.

    As perguntas do NGB são boas, as respostas do VP do Benfica adequadas à posição mas pouco ou nada esclarecedoras, todas politicamente correctas.

    Sugiro, se identificarem pertinência, que o NGB responda a estas mesmas perguntas, suportando-as com factos, para no fim se fazer a comparação entre o que alguém conhecedor mas constrangido no que pode comunicar diz e o que um blog sem qualquer inibição e relativamente bem informado convictamente defende.

    Outro exercício interessante seria escreverem agora um post entitulado "O que pensamos que RGS realmente pensa..."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enorme Luis Rosário,

      Essas tuas palavras é que enriquecem o debate.
      Obrigado pelas dicas que não irão, podes ter a certeza, para nenhum saco roto.

      Eliminar
  19. gostei mais da 2ªparte, nomeadamente da abertura para alguma das iniciativas apresentadas pelo NGB! abraço

    ResponderEliminar
  20. Lembrar ainda que estamos a preparar as eleições e que depois do que disse no mês passado sobre a blogosfera benfiquista, RGS e a direcção necessitavam de se reaproximar e cativar esta audiência através de respostas que indiciam futuramente "mudança de rumo" (o que pelos comentários já deu para perceber que em alguns casos foi conseguido).

    Resumindo, e não tirando nenhum mérito à iniciativa do NGB, parece-me que esta entrevista é benéfica para a Direcção actual, podendo "adormecer" alguma da contestação visível neste último mês na blogosfera.

    ResponderEliminar
  21. Olhe Sr.Rui gomes da silva,faça me um favor, pelo menos no programa logo á noite veja se arranja 2 ou 3 minutinhos pra dizer o seguinte porque de certeza vai ser tema: Diga,que o Porto apesar de ser um clube que ganhou muitos titulos,nao deixou de ser um clube que tem como lema Insultar os portugueses em os chamar de "mouros" e diga tambem que esse clube festeja TODAS TODAS as suas vitorias com dirigentes jogadores treinadores e adeptos a insultar as maes dos benfiquistas e nunca viu ninguem na praça publica entre jornalistas,telejornais etc condenar e criticar isso!Acho que nao é pedir muito,faça isso por favor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Totalmente de acordo.Gostaria de ver esse assunto abordado esta noite.

      Eliminar
  22. O Benfica apenas está em condições de continuar a investir em infrastruturas, em grandes jogadores, na formação(dos tais portugueses e não só), nas modalidades, na renegociação dos direitos televisivos sem ter de ceder ao que não deseja ou tolera, porque tem há muito uma gestão que o permite(mesmo no contexto da crise de capitais).
    Sob o comando de L.F.V., vários profissionais contribuiram e continuam a fazê-lo para que o Clube possa tomar as melhores decisões e sobretudo no tempo que é o dos decisores, que é o mais importante. Muitos parecem não querer perceber que o segredo hoje como sempre é a alma do negocio, convenientemente muitos gostam de ignorar que um dos nossos maiores males foi sermos demasiado permeáveis às pressões exteriores nas tomadas de decisão. As reais funções de Rui Costa? Então mas anda tudo maluco ou quê!
    A direcção foi eleita com um projecto(ainda em exercicio), as alterações aos estatutos foram votadas por nós, as assembleias gerais continuam a ser o local para discutir, o que alguns pelos vistos apenas entendem se lhes fizerem um desenho.
    Gostei da iniciativa do blogue e da diponibilidade do nosso V.P. mas não tenho ilusões. Quem critica por criticar não se satisfaz com nenhuma resposta, continuará a emprenhar pelos ouvidos e a encontrar especial realização pessoal na má lingua e cuspo na propria sopa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo.

      Eliminar
    2. Estou totalmente em desacordo.

      Eliminar
    3. Talvez o José Ramalhete fosse capaz de concretizar. Comentários como "discordo" ou "respostas para encher chouriços" dizem muito pouco.

      Eliminar
  23. Pois eu peço desculpa, mas não consegui passar da primeira resposta, porque, por não o ser, me retirou toda a vontade do resto,.. A uma pergunta concreta, fala, fala, fala e não diz nada que realmente responda. Eu, continuo sem saber porque "apoiamos" corruptos para nos dirigirem o futebol,... Será assim tão difícil ser concreto,...??? Que raios escondem,...???

    ResponderEliminar
  24. Os meus parabéns ao Blog pela entrevista, pela qualidade das perguntas e pela frontalidade e cordialidade com que Rui Gomes da Silva se dignou a responder às perguntas.
    Falou em nome pessoal, só podia, e deixo a nota que nem nutro por RGS uma grande simpatia
    Tenho de concordar com o RGS sobre os CFT´s que existem 4 em Braga, Viseu, Aveiro e Faro.
    Não conheço pessoalmente o João Gabriel nem o Domingos Soares Oliveira, mas conheço o Paulo Gonçalves.
    Sei as horas que se dedica ao Benfica. Há mais pessoas, profissionais, que eu também conheço pessoalmente e até com quem colaboro directamente, que não são benfiquistas, mas que desempenham funções no nosso clube com elevada estima e dedicação. Não estão em lugares tão visíveis digamos assim. E que antes eram lugares onde estavam benfiquistas, excelentes pessoas, mas que não fizeram um bom trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No que diz respeito ao Paulo Gonçalves, estou de acordo. Sei por familiares comuns, ( e não só, porque não sou cego) que dá imensas horas ao Benfica.

      Mas sobre os outros dois, também há pouco a apontar no que diz respeito aos seus deveres profissionais para com o clube.. O que eu me rio, quando vejo alguns Benfiquistas a dizerem que o Gabriel é lagarto. eheheheh....o homem é sócio do GLORIOSO, daqueles de 50 votos. Já o DSO é (ou era?) adepto do Ceportém, mas teve a honestidade de o fazer saber, antes de entrar em funções.

      Eliminar
    2. Eu conheço o Paulo e sou amigo dele. Fomos vizinhos até ele se "transferir" para Lisboa.
      E até digo mais...Do que conheço do Paulo Gonçalves, não me admirava nada, que muito daquele texto que o LFV leu aquando da homenagem à equipa de basquetebol, tivesse o seu dedo.

      Eliminar
  25. As perguntas certas foram feitas, mas nenhuma resposta foi dada.

    Vergonhoso o comportamento.

    Tanto palavreado gasto a fugir das perguntas.

    Nem uma resposta, nem um facto concreto, nem uma acção efectiva.

    Tenho vergonha destes "representantes".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente,... começa logo na primeira, porquê o "fernãodinho" das facturas,... nada de concreto,... nada,...Parece que responde a criancinhas do infantário,...

      Eliminar
  26. Concluida a entrevista Parte 1,parte 2,felicito O NGB pela excelente entrevista que fez ele nao tem culpa do esquivar-se das perguntas formuladas por ele ao dr RGS este pessoa inteligente que e respondeu da forma que mais lhe convinha deixando em todos nos um certo vazio pelo menos nao era o que estavamos a espera,uma vez mais elogiou Paulo Goncalves este afecto ao FCP corrigem-me se estou errado,como pode ele defende-lo com tanta veemencia se no caso Falcao tudo praticamente acertado houve uma fuga de informacao a ultima hora o desviaram da Luz,como James,como Alvaro Pereira,nao podemos dizer foi o Paulo,foi o Ze ou foi Antonio,mas pessoalmente recuso-me acreditar que essa fuga de informacao proviesse dum Benfiquista,ele diz que Benfiquistas de berco tanto dano causaram ja ao Benfica por exemplo VA que quase destruia o clube.Tambem quanto ao Rui Costa nao me convenceu a resposta toda a gente o ve triste amorfo pouco aparece na comunicao social todo nos sabmeos que O Rui Costa e uma pessoa extremente simpatica alegre comunicativa e quase nem fala.NGB parabens pelo teu excelente trabalho gostei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre a fuga de informação, nomeadamente do Falcao para o Porto, sugiro que vejam, com olhos de ver, o Trio D'Ataque em que lá vai o Jesus, imediatamente a seguir a termos sido campeões em 2010, e depois digam se foi o Paulo Gonçalves, que tão pouco conheço, o bufo do Falcao... O próprio Jesus admite. Se alguém, como Master Groove, que sei que vê o programa com regularidade, conseguir saber pelo menos qual foi, o site da RTP deverá dar para aceder ao mesmo, e aí podemos discutir se há bufos ou não no clube e se sim em que posição estão lá dentro. Basicamente foi isto... O Jesus estava para ir para o Porto, aquando de ter vindo para o Benfica, para substituir o Jesualdo. Sabia que no Benfica poderia ter Falcao, deu a dica ao Porto aquando de ter sido assediado a ir para lá. Como não quero parecer «maldizente» por si só, sugiro então o visionamento desse episódio do Trio D'Ataque. Depois tirem vocês as conclusões. Sugiro até que pesquisem se está no YouTube essa parte, para evitarem ver tudo só por causa disso. Jesus foi o bufo no caso Falcao. Não ponho as mãos no fogo por ninguém, mas isso ele fez e não Paulo Gonçalves.

      Abraço

      Márcio Guerra

      Eliminar
  27. Ando atarefadissimo, ainda não li com a atenção devida mas quero desde já parabenizar (palavra tão esquisita) o blogue pela entrevista!

    ResponderEliminar
  28. Olá de novo, e à semelhança da parte um, também aqui irei comentar conforme for lendo o que é dito.

    -Sobre Cosme Damião... Creio que não o conheceu. Eu não sou seu contemporâneo, mas, por questões da vida, parece-me que o conheço. E do que conheço dele, nunca, mas nunca, deixou de dar a palavra aos sócios do clube. NUNCA! Confiavam nele cegamente, mas ele, também por isso ou simplesmente pela sua postura, nunca deixou de levar aos sócios as suas ideias. e, um dia, em eleições, optaram por outro caminho. O Benfica não morreu, que engraçado... Sobre o apoio a FG, à data, mais por aquilo que o próprio havia dito e não o que LFV dizia, dei o benefício da dúvida no apoio para a sua ida para a Liga. FG dizia que queria estar presente na negociação dos direitos televisivos, em massa, um pouco à semelhança do que se faz noutros lados, como em Inglaterra, por exemplo, e ninguém melhor que LFV saberia a peça que ali se encontrava, pois, para muitos, FG só é conhecido de LFV do Apito Dourado, mas a história entre eles é mais longa, e já se davam mal ainda FG estava na SAD corrupta. Por isso, se este lhe dava o apoio, é porque poderia haver uma razão objectiva muito válida para isso. Assim que FG quis ir para a FPF percebi que o benefício da dúvida havia sido mal dado a LFV, ou melhor, ao apoio a FG, pois este não estava a querer efectivamente, o que dizia querer, tanto mais que não houve avanço nenhum nessa questão, os direitos televisivos, para todos os clubes. E só o dei pois sabia-se já que LFV andava a negociar os mesmos, ou em conversações para isso... Não consigo entender o que vai acontecer, mas assinarmos com a Oliverdesportos não me vai chocar, se bem que, podendo, preferia outra opção. Só que acho que não se pode, em Portugal, neste momento, fazer de outra maneira, mesmo que o prazo já tenha passado, como dizia LFV, era final de Fevereiro ou Março, creio.

    -Quanto ao «não queremos lugares» podemos agradecer ao Seara e ao ter «fugido com cu à seringa»...

    -Não vi a sua intervenção de há duas semanas (??), mas se assim foi, estou de acordo com a conclusão retirada, sabendo naturalmente que não vai acontecer...

    -Será que não foi ingenuidade mesmo? É que se vamos andar sempre a dizer que «dizem que nos vão fazer isto, cuidado, estamos atentos»... Ao fim de algum tempo ninguém nos vai levar a sério, e depois aí será pior, pois é tipo «Pedro e o Lobo»... Se for esta a estratégia cheira-me a mais tempo perdido. Mudem, recusem-se a ir a prova se houver indícios graves de alguma coisa, convoque-se a polícia judiciária, tudo. Mexa-se o que se tem de mexer. Estamos num Estado de Direito, que nos defendamos do que sabemos, pois boatos se calhar não serão a melhor forma de defesa, até porque com coisas efectivas já vimos que é difícil de haver justiça, quanto mais com boatos. O Basket há uns anos recusou-se a participar na primeira divisão e fomos para a outra, e este ano somos campeões... Quem perde são os que gravitam à volta do Benfica. Uma ameaça de não participação no campeonato nacional por causa de corrupção e mentira desportiva do «polvo» e isto causava um terramoto dos grandes!

    Parte um da minha resposta

    Márcio Guerra

    ResponderEliminar
  29. Parte dois

    -Sobre as denúncias a crítica é verdadeira e torna a não querer ver o problema.

    -Os poderes protegem-se uns aos outros, naturalmente que discorda da afirmação, pois no levar da conversa ainda alguém podia dizer algum dia que por ser do PSD e político podia também estar relacionado com qualquer sucesso do Benfica, mas já vimos que não é com malta do PSD que lá vamos, ehehhe!

    -Apesar de Comunista, com muito orgulho, duvido também que algo tenha a ver nesse sentido. Espero que não, também.

    -Não me cabe a mim concordar ou discordar, mas discordo. Notáveis, no Benfica, são todos, já o disse na parte um.

    -O problema, a meu ver, não é o x ou y querer bem ao clube, que isso, acredito, todos querem. O problema é a moral de cada um, a educação, etc., para não retirar dividendos do bem que o clube seja, grande ou pequeno. É tipo encontrar uma nota de 10 euros num corredor do estádio. Hoje em dia, se calhar ninguém, vai perguntar se a nota é do clube, fica com ela e ainda vai ver se caíram mais lá ao pé. E isto é uma nota de 10 euros. Que fará o caso de construções de estádios, negociatas de jogadores, alavancagens políticas, etc., etc...

    -Nem seria de esperar outra postura de alguém que defende o actual estado das coisas. Criticam os comunistas por quererem nacionalizar empresas PARA BEM DE TODO O PAÍS, mas depois querem fazer igual na direcção do Benfica... Haja coerência! (Esta entrevista, ou é de mim, ou está muito política!)

    -Alguém me explique, se faz favor, o que é que se tem passado, além do Proença apitar a final da Champions, para isto ter virado questão, o «portismo» na UEFA. Obrigado.

    -Sim, mas e que tal explicarem-nos essas medidas, nem que seja para dizermos se concordarmos ou não, e se concordarmos estarmos ao vosso lado?

    Direcção:
    -UAAHAHAHAH! Exactamente, até parece verdade a facilidade com que se mente. Quando o seu partido ganha as eleições, e desata a aumentar impostos, não acha que quando a oposição pergunta sobre onde está o seguimento do programa é uma pergunta? É que é, efectivamente, uma pergunta. Agora, se calhar temos que lhe explicar o que é uma pergunta. E devolvo o que disse imediatamente antes, mostrem-nos o programa de 2009, que acho que ainda ninguém o viu... Só o cabeça de lista!

    -Sim, isso é verdade, mas a nível prático e real, temos que contabilizar. O Sporting tem no seu triénio, ou tinha, a necessidade de pelo menos uma vitória no campeonato nacional. Nós na prática estamos com um título de campeão em 5 anos, um nosso, 4 dos corruptos... Queremos todos ganhar, mas o que é o objectivo plausível e quantificável para os orçamentos, por exemplo? É que não jogamos sozinhos, e sabemos que há concorrência, o que leva a uma estimativa. Quantos são, afinal? Obrigado. Ah! E Taças da Liga são troféus, não títulos. Em Portugal só há 2, Campeonato e Taça de Portugal. O resto são troféus, não títulos!

    -Certo, certo... Se se vender meia equipa campeã, ou se transformar a mesma de forma radical, como em 2010, GR, dois alas, mudança no ataque, defesa, como é que se mantém uma equipa campeã para ser novamente campeã?

    -Sem campanha eleitoral no meio das suas respostas, agradecia uma resposta objectiva. É o mandato desportivo. Em que ficamos, foi cumprido? O presidente e direcção acharão que cumpriram o que estabeleceram? Padecem de capacidade de auto-crítica? Ou apenas auto-crítica conquanto que sejam reeleitos?

    -Voltamos ao Vale Azevedismo... Sem campanha, se faz favor. Há ou não Benfiquistas competentes para desempenhar os cargos dessas pessoas? Custa muito pedir que nesses lugares as pessoas sejam Benfiquistas? E quanto a Manuel Sérgio, «fala por si, por ele, pelo Jesus, fala por uma série deles, está visto!»

    Márcio Guerra

    ResponderEliminar
  30. Parte três da resposta

    -Certo, Rui Costa faz...? Os sócios e adeptos querem saber o que faz, sim, pois por ele também esta direcção foi eleita. Sem respostas «políticas» e demagógicas, se faz favor. Não somos parvos! Já muitas direcções, esta incluída, usaram Eusébio, agora é Rui Costa... Mas efeitos práticos? Se não o querem responder aqui, que seja numa AG, mas que se faça uma AG, claro...

    -«Voltar ao Benfica»? Eu sou contra esta direcção, quero voltar ao Benfica? Deixemo-nos de parvoíces de lado! Está visto que não há respeito pela opinião contrário, é o que é, por isso tudo feito «às escondidas» dos sócios e adeptos. Pelo menos às escondidas dos sócios!

    -Isso é bom sinal. Sinal que se outra direcção entrar não haverá problemas com eles para poderem continuar a dirigir o Benfica sem essa pressão. Se LFV ficasse agora 100% incapacitado por qualquer motivo, físico, saúde, outra coisa qualquer, de dirigir o Benfica, é bom saber que há boa-vontade dos bancos em continuar a receber o dinheiro, esteja quem estiver à frente do clube...

    -Ai sim? Quando? Quando emprestou ou deixou jogar os seus atletas do Leiria, por exemplo, e estes, querendo ser solidários com os colegas, não se puderam juntar a eles na falta ao jogo?

    -É uma boa questão, à qual, para evitar as chatices, o Porto já fez questão de saber que não terá equipa B, e sim apenas uma satélite, Trofense, creio, e a eles emprestará jogadores... Está resolvida a questão para eles!

    -Ad Eternum? Leiria, por exemplo, e mesmo com o barco a afundar-se rapidamente, onde já nem mulheres e crianças se salvarão, o senhor Bartolomeu abre a boca toda. Se abrisse se calhar, hoje, não era só em Itália que havia prisões... ou se calhar só...

    -Também concordo, só que faz falta ao Sporting abrir os olhos para perceber o que é o verdadeiro adversário. Sei que gostam de marrar com o vermelho, eles, mas não somos nós o seu verdadeiro problema desportivo. Sim, porque problemas além do desporto há para lá que baste, pois consta até que João Pereira foi vendido para pagar a inscrição na Liga, que já nem para isso há papel! Uahuahahah!

    -Correcto, mas como se consegue separar as águas entre uma amizade privada e uma relação institucional? Como é que ambos «não se misturam» na construção, por exemplo, de um centro de Estágios do Seixal?

    -Já agora, achou justa alguma pergunta ou afirmação? Discorda de tudo sempre... Mas ok! Na televisão nacional, é justo passar-se um debate a defesa da direcção do país, Esquerda ou Direita, mas na tv dos interessados, não faz sentido passar-se um debate sobre o caminho a seguir, Vieirimso ou outro Ismo qualquer... O que faz falta, seja como for, na BenficaTV, numa AG, seja onde for, é discutir o Benfica com vontade, sem ser só nos blogs, onde aí sim, é livre e toda a gente vê, e quem manda ou se opõe não dá uma resposta efectiva. Aceito que não queiram mostrar aos rivais o que se passa internamente, mas que se discuta em algum lado, se faz favor, a direcção que o clube leva!

    -Discordo da pergunta, e por conseguinte, da resposta. Mais tachos? Portanto, queixam-se de serem conotados com direcções, mas depois é isso mesmo que querem, «favorzecos» por terem um blog? Por amor à santa...

    -É uma boa ideia, bem anunciada, com tempo, para todos darem a sua voz. Quanto ao pior que tem a política no desporto, seria boa ideia deixar logo de parte políticos fora dele...

    Márcio Guerra

    ResponderEliminar
  31. Última parte da minha resposta

    -Porquê, antes, a mudança dos estatutos para o actual? Isso sim... Tudo bem que o Benfica quando nasceu não era como agora, mas Cosme tinha 19 anos, salvo erro, e foi um dos fundadores. Não sejamos mais «papistas que o Papa»...

    -Mas foi o próprio treinador, logo no primeiro ano, que «despediu» o psicólogo da equipa... O «Jasus» agora é psicólogo? Quer estar no Benfica com uma estrutura definida, está, não quer, adiante, que vá para os azuis às riscas. Se a estrutura estivesse definida ele não «levantava cabelo». Lá porque ele, no alto da sua arrogância, entende que não deve haver um psicólogo, se calhar ele mesmo é que precisa de ir a um...

    -Apesar de eu também não estar 100% dentro do tema, creio que o autor da pergunta também não está, sobre os centros dos jovens e das parcerias que o clube tem, até porque, lá está, há uma dificuldade da direcção EM COMUNICAR com a massa adepta o que faz e como faz...

    No global, a entrevista é oca. Lamento, mas perguntar a um político sobre política é o que dá, uma resposta oca, pois nem diz o que sabe, nem sabe o que diz. Há respostas, várias, que ficaram por dar, por explicar. É de louvar o à-vontade, a atenção, em dar a entrevista, mas o conteúdo, em si, é fraco. É zero, lamento. A vocês, obrigado pelo trabalho que tiveram em fazê-la, pela disponibilidade, tudo. Ao entrevistado, da minha parte, um obrigado pela disponibilidade, mas não me respondeu a nada essencial.

    Como há bocado, vou ler os comentários agora e, se achar por bem, responder também algum!

    Abraço a todos

    Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

    ResponderEliminar
  32. Se a intenção que levou a esta entrevista era dar força à candidatura de Luís Filipe Vieira, penso que os objectivos foram conseguidos!
    Se era antes pelo contrário, não.
    Se foi com o propósito de dar voz a todas as opiniões e que todas as opiniões são bem bem vindas, então está bem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que uma entrevista em que as respostas são para encher chouriços dá força à candidatura de LFV? Tudo o que era pertinente ficou sem resposta.

      Eliminar
    2. Existe algum «lambe-botismo» nalgumas palavras, mas é tempo disso, de pré-campanha...

      Abraço

      Márcio Guerra

      Eliminar
  33. Parabéns pela iniciativa e pelas boas perguntas, é natural que RGS responda de uma forma, digamos, politicamente correcta. Também achei algumas respostas com pouco sumo e a desviarem-se um pouco do que se pretendia saber.

    Esta entrevista está em destaque no record on-line e como tal julgo que deve aparecer impressa amanhã. Parabéns mais uma vez.

    Aqui: http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=759051

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por coerência, deviam pedir ao Record para retirar menção ao blogue...

      Eliminar
  34. Parabéns, muitos parabéns.
    Pelo trabalho, pelo furo. E por terem tido grande destaque na imprensa.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  35. Citados pelo Record!!! ENA!!

    Bravo companheiros!! ☺☺

    ResponderEliminar
  36. Parabéns pela iniciativa. A referencia no Record é excelente para a blogosfera benfiquista!
    acho estranho (para não dizer estúpido), os outros bloggers não aproveitarem esta entrevista para promover o mais possível a blogosfera benfiquista!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  37. Enviei a entrevista para o Eugénio durante a tarde. Agora espero que percebam que ele não é tão mau como todos na gloriosoesfera dizem. Abraço e mais uma vez, parabéns :)

    ResponderEliminar
  38. Águia Preocupada28 maio, 2012 22:56

    Li dez ou quinze linhas e vi tudo o que não queria ver. RGS às perguntas, respondeu NIM!
    Não diz nada de nada. PALHA! PALHA! PALHA! BLA! BLA! BLA! Só que enfeitou bem melhor o ramalhete, que Vieira! Um tem a quarta classe e o outros é formado em direito... A diferença só reside aí!
    Começa por dizer que vai responder como sócio... e passa a entrevista toda a responder como vice... Afinal, pretende enganar quem?

    Como se diz na minha terra: "CANTAS BEM MAS NÃO ME ALEGRAS"

    Contudo, NGB, parabéns e obrigado pelo esforço.

    ResponderEliminar
  39. benfiquista marado28 maio, 2012 23:19

    O resumo desta entrevista para mim é simples:
    Ponto 1- discordou de todas as perguntas e nunca em momento algum detetou falhanços nestes ultimos anos!
    Ponto 2- respostas eleitoralistas, demagogicas e por momentos dá a entender que é o próprio presidente a falar...
    Ponto 3- faltou explicar o porquê de um projeto que demora 10 anos a ser implementado e com tão poucos resultados...
    Ponto 4- e de futebol, a direção quer saber?!?
    Ponto 5- a mudança de estatutos é para ele um exemplo de democracia e lieberdade...

    Um paleio cheio de nada uma entrevista oca sem ideias e onde imperou o contraditório...
    O "projecto" que ele tanto fala já nos deu varios titulos estes ultimos anos...

    ResponderEliminar
  40. sinceramente acho que fala muito mas nao diz nada ou pelo menos nada de realmente relevante .

    qualquer tipo como eu que v~e futebol á uns 15 anos pelo menos sabe o que esta mal e sabe que o presidente do benfica devia ter vindo a terreiro defender o benfica no preciso momento que o miseravel do vitó pereira disse " entreguem as faixas" e coemçaram a fazer passar a ideia que o benfica era levado ao colo a partir do jogo , feirense vs benfica , num jogo que o benfica ate tem mais razoes de queixa que o feirense , mas os dirigentes do benfica continuaram caladinhos , nao sabem o que a " casa gasta" ? nao sabiam que a porta para os ladroes entrarem abriu se ai ? fodase dirigentes pateticos e fico me por aqui porque nao posso adjectivar os dirigentes do benfica como eles merecem , andam no futebol a fazer o que ? tantos anos de bola e a ver a bola e nao sabem como funciona este futebol onde os badalhoscos " dao cartas" ? se nao sabem ja deviam ter aprendido e quem nao aprendeu nada ate agora duvido que venha a aprender .

    jose luis cruz

    ResponderEliminar
  41. Os meus parabéns ao GB pela entrevista feita, com perguntas bem estruturadas e que possivelmente também seriam as que eu faria. Se por vezes, as respostas de RGS não foram "directas e objectivas", essa situação é explicável pela sua posição de Vice-Presidente. No entanto, é de elogiar e agradecer a sua disponibilidade para com o Blog. Abraço e mais uma vez parabéns ao GB pelo pioneirismo.

    ResponderEliminar
  42. ENTÃO FOI PRECISOS TANTOS ANOS PARA PASSAR A SEREM PRÓ-ACTIVOS EM VEZ DE REACTIVOS????

    Cuidado porque o ladrão costuma ser mais esperto que o policia e o nosso policia teve a má fortuna de não ter sido dotado de grande inteligência pela providência e o pior é que por muito dinheiro que se tenha ´coisa que não se compra.

    Como alguém dizia: TÊM-SE OU NÃO.

    Só agora pude ler de estopada toda entrevista e quero dizer-vos que fiquei estupefacto com este paradoxo.
    O entrevistador anda enganado na vida ou talvez não porque se na sua actividade profissional primar pela excelência que aqui demonstrou entõa quero dizer-Lhe que se perdeu um GRANDE JORNALISTA.

    Foi das melhores entrevista que li na minha vida....MUITOS PARABÉNS.

    A outra figura do paradoxo é a confirmação, que para mim não foi surpresa pois há muito estava convencido que RGS não tem inteligência, não passa de um falso corajosos e de um xico- esperto que trouxe para esta entrevista os seus truques de fraco politiqueiro de onde foi corrido e por isso é obrigado a dizer que não misturas asa duas funções. Esperem para ver se quando for corrido do benfica não se abrigará novamente sobre o chapeu dos incompetentes que têm governado este país, que quais saltibancos aparecem e desaparecem sendo nós obrigados a ter de suportar estes caras mumificadas onde só muda o discurso da palhaçada para o lazer desportivo e tóxico que impera no País.

    Comecei a tomar algumas notas na primeira parte da entrevista e aí pousei a caneta.

    Que porbreza pois nada há para cometar tanta é a vacuidade.

    Convenceram-se agora que com esta gente não vamos a lado nenhum???????

    Adorei foram as citações. Ou decora bem ou então fora horas largas e consulta.

    Por mim não repetiria a experiência, é pura perca de tempo, pois nada esperava como escrevi ontem algures.

    Reitero só o meu apreço ao ou autores das perguntas.

    PS. RGS foi hoje risivel e ridículo no programa Dia Seguinte. A submissão, diria quase covardia como se dirigia ao verme: Ele não me deixa falar, ele não me deixa falar e outras expressões do genero, sendo até o mais grave a falta de preparação e essencialmente a limitada inteligência não lhe permitem o rápido raciocinio indespensável a alguém que proponha a um debate. Foi deprimente e até os seus dichotes são constrangedores.

    PS1-Em tempos, em conversa com um destacado elemento deste blogue pedei ao meu amigo que fizesse um desafio ao RGS.

    Que me deixasse substituí-lo só num programa, nem queria cachet que pleo meu Benfica sempre trabalhei gratuítamente mesmo sendo a SIC a pagar e só pedi que pagassem a viagem porque moro muito longe da capital mas jurei-lhe que se num só programa eu não arrumasse com o verme desapareceria e taparia a minha cara com a vergonha.

    Porque sei que acompanha este blogue deixo-lhe aqui o desafio a si Sr. Rui Gomes da Silva.

    Sabe, para quem já foi ameaçado de morte por tlm e conseguiu por esse meio matar o mandado e enviar a missiva ao mandante a dizer que lhe aranvaca o coração e o enterrava num circulo redondo não pode ter medo de um verme corrupto que não passa de um chico esperto mestre na arruaça que qualquer ser medianamente inteligente atirarira da Ponte da Arrábida abaixo.

    PS2-Caro Bimbosfera. Dizer-lhe que li os seus evangelhos de forma atravessada, porque são realmente evangelhos mas apareça sempre porque gosto de aprender com quem sabe e com quem tem um raciocinio linear e personalisado.

    QUO VADIS BENFICA....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "ENTÃO FOI PRECISOS"....Gralha. Lógicamente, ENTÃO FORAM PRESCIDOS.....

      As minhas desculpas pela eventualidade de outras que possam aparecer mas, num releio.

      Defeito meu que aqui confesso e por isso as minhas desculpas, por hoje e pelo futuro.

      Eliminar
    2. Cansaço produto da acumulação pela frustração que este e outros senhores que dirigem o meu clube me têm causado.

      Agora é de vez.


      """""""ENTÂO FORAM PRECISOS TANTOS ANOS PARA PASSAR A SEREM PRÓ-ACTIVOS EM VEZ DE REACTIVOS""""""

      Eliminar
    3. Caro Conde, tenho plena consciência que são grandes testamentos, não é só evangelhos... É o novo e o velho testamento juntos, ehehhe! Mas, apesar de ser chato ler tudo, dei-me a esse trabalho pois as pessoas deram-se ao trabalho de fazer a entrevista, melhor ou pior, o entrevistado deu-se ao trabalho de responder, melhor ou pior, e da minha parte, sobretudo pelo esforço de todos, pois sei que é carolice e à pala disso é que tenho posto os meus blogs de lado, pois é difícil manter a lida (dou os parabéns a quem consegue, realmente!) diária, achei por bem, a quem interessasse a minha opinião o melhor fundamentada que sabia, escrevê-la.

      Grande abraço para si também!

      Márcio Guerra

      Eliminar
  43. Pela leitura dos comentários, que é quase unissona, penso que ninguèm teria grandes expectativas já que as respotas á entrevista são demolidoras para alguém que pouco mais têm que pingos de inteligência e coragem. è outro Viera mais polidinho.

    Claro que não poderia faltar o recorrente lembrete áquele que passada uma eternidade continuará a servir de desculpa para justificar carradas de imcompetência.

    Há quase 15 anos sei os motivos do seu ódio de estimação e inveja, já na arte de bem defender, o VP cabia no bolso mais pequenino do foragido.

    Acabe com a ladaínha que já cheira mal.

    QUO VADIS MEU BENFICA.

    ResponderEliminar
  44. Parabéns ao NGB.
    Quanto ao RGS, parabéns pela disponibilidade em responder.
    O conteúdo foi quase zero, mas não é coisa que me surpreenda.
    Só lhe pedia era o mínimo de honestidade, pois respondeu à maioria das perguntas como VP/Administrador e não como sócio com 53 anos.
    Palavras leva-as o vento e estas nem precisam de grande brisa

    ResponderEliminar
  45. Para variar,mais uma pessima prestacão no programa desta noite,eu tinha escrito um comentario aqui a pedirlhe uma unica coisa,tinha hoje uma bela opurtunidade para pelo menos uma vez na vida entalar o Guilherme aguiar de tal maneira que ele ia andar sem comer durante uns dias,e NAO O FEZ!! Ele estava a dizer o carlos lisboa isto..aquilo,e o sr.RGS nao foi capaz de lhe atirar á cara que nas festas deles,os jogadores treinadores adeptos e ate dirigentes sao unanimes nos canticos?? È desta forma que estao a pensar ser mais reactivos?Fica a questão!

    ResponderEliminar
  46. Os meu agradecimento ao novoGeraçaoBenfica. Afinal parece que a blogosfera ganha espaço na discussão do Sport Lisboa e Benfica.
    Extensa entrevista ao Benfuiquista Rui Gomes da Silva, pouco acrescentou ao que o comentador televisivo vem dizendo, desde algum tempo.
    Este luis não concorda com o discurso meramente politico de alguém que praticou desporto, e principalmente, nota-lhe alguma falta de paixão pela Cultura Desportiva do Sport Lisboa e Benfica, ao acreditar como um "anjinho" que os inimigos ao fim de 30 anos vão mudar o "sistema"-

    Normalmente 10 anos é muito tempo.

    ResponderEliminar
  47. Rui Sérgio Guerra29 maio, 2012 09:33

    Parabéns GB, pela iniciativa e pelo esforço em colocar perguntas pertinentes!

    Quanto a RGS,... era expectável o discurso "estudado e aveludado", politicamente correcto e "vaselinado"...
    ... para melhor "passar pelos pingos da chuva"!
    Agora,... não me parece que... fosse necessário e estrategicamente previdente... "tanto discurso vazio"!!!...
    Os benfiquistas tinham dúvidas,... MUITAS,... E AGORA... APENAS SE TERÃO ESCLARECIDO EM ALGO...
    ... O TEMPO PASSA... E NINGUÉM NOS RESPONDE C/ OBJECTIVIDADE!

    Como a BTV está CLARAMENTE a perder credibilidade e atractividade nos benfiquistas, por ser tão pouco crítica, (responsável e construtiva, sublinhe-se), subsistindo quase e só... "serviçais" tipo Pedro Guerra,...
    ... com o RGS a veicular reiteradamente este tipo de comunicação oca e muito pouco assertiva,
    (pelos vistos, terá hoje voltado a "brilhar" na SIC, ao longo daquela miserável "diarreia televisiva").
    ... ONDE ESTÁ, AFINAL, A TAL REORIENTAçÃO ESTRATÉGICA DA COMUNICAçÃO DO SLB???

    Espero estar enganado, e muito, mas... "talvez se mudem algumas moscas,... mas a m*** vai continuar"!
    Ou não,... hope so!!!

    SUGESTÃO AO GB:
    FAçAM, RAPIDAMENTE, UMA ENTREVISTA DO GÉNERO AO RUI COSTA,... agora no início da "silly season"!
    Nesse pressuposto, e face às respostas obtidas, ENTÃO SIM, será plausível sustentar 1 entrevista a LFV!
    Seria FUNDAMENTAL o timing actual,... sob risco de... férias,... depois "vitórias a brincar",... e ELEIçÕES!

    Abraço,
    RSG

    ResponderEliminar
  48. Parabéns ao GB pela entrevista e pela pertinência de algumas perguntas colocadas. Por vezes, respondidas de forma mais indirecta do que seria desejável, mas já se sabe como são os políticos... Abraço benfiquista.

    ResponderEliminar
  49. Em relação ao “timing” das queixas sobre as arbitragens –“Não houve, com toda a certeza, nem descuido nem ingenuidade!” – Penso que o Filipe Vieira atacou quando tinha de atacar, a dirigido às pessoas certas e com as armas certas!
    Como podem ver, a pergunta é mesmo para tentar manchar esta direcção:
    O que justifica que, quando vencemos um campeonato, assumimos uma postura de “afinal está tudo bem”, "vamos conquistar o Mundo"... e simplesmente descuramos as movimentações obscuras que se passam no futebol nacional? Qual o seu comentário à percepção que temos de que o Sistema permite as vitórias do Benfica para nos calar a contestação?

    RGS: "Não penso que essa afirmação seja verdadeira.”
    Mas chega de generalismos: Qual é o projecto desta Direcção para o SLBenfica?

    RGS: "O projecto sufragado, por cerca do 90% dos votos, nas eleições de 3 de Julho de 2009.”… “por respeito para com a inteligência de todos, essas questões, que só ganham dimensão quando se perde.”… “O Programa continua a ser o mesmo que nos levou a ganhar o Campeonato Nacional, em 2009/2010 ...E nessa altura não ouvi uma única voz a perguntar por ele." – Pois…quando o Benfica ganha, não vejo nenhuma contestação…em 2009, o Filipe Vieira obteve 90% dos votos. Qual contestação? Quem querem por na presidência do Sport Lisboa e Benfica? Criticar é fácil, sugerir ideias melhores é já é pior…
    "A Direcção e o Presidente tudo tem feito para unir o Benfica.” … “E Devemos e podemos continuar a comemorar as vitórias em conjunto” – O que não se pode dizer do mesmo em relação a alguns adeptos/sócios. Estes sim, agem não como benfiquistas, mais parecem ser de um clube rival.
    Porquê optar pela Fracção em vez da União?
    RGS: "Acho injusto essa qualificação da Benfica TV.” – Vocês não estão nada a tentar dividir a união dos benfiquistas, nada mesmo…(ironia)

    ResponderEliminar
  50. Em relação ao apoio a Fernando Gomes (FPF)- “Batemo-nos por princípios, valores, causas, "bandeiras".Não queremos lugares, como outros.” O João Pinto é o director do futebol profissional. A direcção só tem é de ser imparcial.
    Em relação aos funcionários do Benfica que não são benfiquistas e tem havido algumas polémicas em volta deste assunto: como refere o RGS, tanto Domingos Soares de Oliveira e Paulo Gonçalves são bons profissionais, e as acusações que estão a fazer é uma injustiça.

    ResponderEliminar
  51. Entrevistas sim mas ao vivo.

    Cá por escritoo é muito moroso, confuso, escapatório, opunhos de renda, sem contraditório.

    Este tipo de entrevista s´sa~feitas a cadastrados que exercem cargos públicos para os poupar a sujar o cu das calças nos bancos dos tribunais.

    Em tempo de nete o ideal é postar aqui a entrevsiata em videoa e feita como disse ao vivo.

    Vivamos no nosso tempo que os dinossauros já são poeira.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares