O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

14 de fevereiro de 2011

Mansinhos como bezerros...

| 3 comentários
Tal como eu tinha previsto ontem no tópico Vai Domingos abrir as perninhas ao dono? o Braga estendeu a passadeira (azul) para o rei passar. O jogo foi tão pobre por parte do Porto, que criou as oportunidades que no jogo de ontem o Benfica criou em 10 minutos ou menos, mas ao contrário do Benfica, eles não precisam disso, não precisam ser demolidores para ganhar, pois não têm ou poucas são as equipas que comem a relva contra eles como o fazem quando jogam com o Benfica.

Tão fraco foi o rendimento dos corruptos que teve de ser um defesa central por duas vezes, uma de bola parada e as duas de ressalto a fazer os golos. Então no 1º golo foi hilariante ver a inércia dos defensores do Braga enquanto Otamendi em câmara lenta teve tempo para ajeitar a bola para o pé e ainda rematar em jeito, ficando a ideia que teria sido um grande golo de um defesa...

O Braga perante um Porto tão fraquinho só fez o que devia, não jogou nada, foi constrangedor ver aquela equipa a fingir que jogava, a fingir que impedia o Porto de chegar aos inevitáveis golos. De tal forma não jogaram nada, que perante o ímpeto "demolidor" dos dragões, só remataram a 1º vez a baliza do Porto ao minuto 73! já com o resultado final fixado e de bola parada...

Contra este Braga o Benfica enfiava 7 naquela baliza.

Mais uma vez fica provado...o campeonato está entregue, pois 2/3 das equipas da 1º liga fazem tal e qual o Braga ontem fez...a diferença é que sendo a equipa do Braga uma equipa de qualidade, fica difícil não notar a abissal diferença para outros jogos. Até parecia que os jogadores do Braga tinham tomado Xanax.

Com estas equipazinhas deste campeonatozinho, o Porto já pode encomendar as faixas.
Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL).

3 comentários

  1. Vi só um pedaço desse espectáculo circense a que alguns apelidaram de jogo de futebol!
    Deixei de ver o jogo no momento em que vi o Escarreta (coisa verde) parado com a bola no pé e o Miguel Garcia sem atacar a bola!!
    Já joguei à bola e posso dizer que há situações em que se atacar-mos a bola somos "papados". Aquela situação era semelhante. Mas houve um (longo) momento em que se percebeu que o Escarreta não estava pronto ainda para fazer a finta. E nessa altura qualquer jogador dos escolinhas atacava a bola! Mas Miguel Garcia não. Ficou quietinho!
    E num jogo daquela (suposta) intensidade um lance deste é para cortar! Só passa um!! Ou a bola ou o jogador!!

    ResponderEliminar
  2. Extraordinário, foi também a displicência com que foi encarada a primeira substituição forçada daquilo que já foi um clube independente, o SCB.
    A rapazinho demorou ... demorou e demorou, só para despir uma única perna das calças de treino.
    Talvez chamem aquilo aquecimento lá para os lados da pedreira, especialmente quando defrontam os amos.
    Foi nesse momento que deixei de ver a vergonha.

    Viva o Benfica!!

    ResponderEliminar
  3. nada de novo....

    N. Quaresma

    ResponderEliminar

O NGB mantém registo dos comentários. Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL). Seja moderado na linguagem, senão será rejeitado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no contexto do blog.

ranking