O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


9 de janeiro de 2011

Alerta aos Benfiquistas (sobre 1º e 2º Lugares)

 ●  4 comentários  ● 
Não sei se apenas por estupidez ou mesmo por falta de inteligência, mas o que é certo é que eu nunca tinha pensado no alerta agora lançado pelo Inespugnabile.

Quem não se lembra da transferência do pequeno Noddy para o Dragay. 11M€ por 70% do passe do capitão e "carregador de piano" do Zbording? Um negócio em saldos, para os lados da Cedofeita.

E se atrás deste acordo estivesse o habitual "colinho" que caracteriza as relações entre os Corruptos e os Submissos?

Com vitória IRREGULAR de ontem, o Zbording ficou a apenas dois pontos do SLBenfica, numa semana em que vamos ao campo do Leiria, clube que retira os titulares para ver passar os Corruptos. Coincidências? Há muito que me habituei a não acreditar nelas no futebol português...

O segundo lugar deixa os Submissos à porta da Champions com a respectiva entrada de dinheiro fresco, o título dos Corruptos deixa o pequeno Noddy no radar dos clubes ingleses e a respectiva entrada de dinheiro para os Corruputos e Submissos - curiosamente têm agora cada cerca 30% do passe do Noddy.

É preciso não esquecer nesta equação a entrada de dinheiro que permitiu isto. A presença do Queiroz na FPF cumpriu o que foi preciso para valorizar estupidamente o Burro Alves junto dos amigos russos do Jorge Mendes e desvalorizar, pela ausência, o Noddy. Isto facilitou a transferência, à qual só faltou juntar o "circo" inventado pelo JEB sobre a falta de profissionalismo do Noddy. E o Queiroz, aguardem, que ainda vai ter o devido reconhecimento pelo Sistema...

Vamos a contas para veremos como saem todos a ganhar:

Venda do Burro Alves: 22M€
Aquisição do Noddy: 11M€ por 70% ("curiosamente" metade do recebido pelo Burro Alves)
Venda do Noddy ao fundo Mamers B.V: 4,125M€ por 37,5%
Entrada directa na Champions pelo primeiro lugar para os Corruptos: 10M€
Entrada na Champions pelo segundo lugar para os Submissos: 12 milhões - 7,1 milhões pelo acesso à fase de grupos, 2,1 milhões pela simples participação no play-off e cerca de 2,25 milhões pelos direitos televisivos, fora bilheteira e futuros resultados (cada vitória rende 800 mil euros).


Feitas as contas, a "operação FPF/Zbording" vale aos Corruptos:
Corruptos: 22M + 4,125M + 32% da futura venda do Noddy + 10M da Champions
Subsmissos: 11M + 30% da futura venda do Noddy + Milhões da entrada indirecta (12M)

Saem todos a ganhar e os Submissos, contando com esta "ajuda", ganham bastante mais do que ganhariam com a venda do Noddy para o estrangeiro.

Um exemplo do futebol corrupto português ou apenas uma coincidências? Veremos, pois se for um exemplo da porcaria onde vivemos, não tardarão a regressar as arbitragens que acalmaram durante uns tempos e que nos tirarão alguns pontos!

4 comentários blogger

  1. a vitória hoje torna-se, portanto, fundamental na destruição deste esquema.

    ResponderEliminar
  2. teoria demasiado rebuscada dirão alguns, visão objectiva dos bastidores do futebol português digo eu.

    ResponderEliminar
  3. Completamente de acordo, conforme corroborei no blogue. E a explicação do GeraçãoBenfica é liminar!

    Ou quem não se lembra da última época do Rui Costa em que aquele sporting já deprimente de paulo bento que levou 7 do bayern conseguiu passar-nos no sprint final.

    Tudo porque aproveitam para além das benesses corruptas a fragilidade psicológica dos adeptos benfiquistas que facilmente são envenenados por toda a comunicação abandonando cedo de mais a equipa.

    ResponderEliminar
  4. Nao me admira nada estas manobras de bastidores.
    O Beenfica tem que ser muito forte em campo durante o resto do campeonato.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking