O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 15 de agosto de 2010

Não foi merecido... mas não é o "Benfica de JJ"

 ●  11 comentários  ● 
Eu podia começar o texto por um caminho de dizer que não foi justo, que jogámos a segunda parte quase na área da Académica, que rematámos 35 vezes, que eles marcaram em dois remates dois golos, que nos roubaram dois penaltys (e "ofereceram" um ao FCPorto, ontem), enfim... Seria a já conhecida e tão apreciada "apologia do coitadinho", que o José Peseiro tanto gostava de fazer quando estava no Zbording e vejam onde isso o levou...

Também podia começar por dizer que independentemente do resultado, continuarei sempre a apoiar a nossa equipa, os nossos jogadores, dirigentes, treinador e até o roupeiro. Mas sabem, acho que este tipo de coisas não precisam ser apregoadas. Um benfiquista não precisa mostrar que o é... sente-o. Não preciso vir dizer que apoio o SLBenfica... são anos a mais de sócio e de Estádio da Luz para dever responsabilidades a quem quer que seja sobre o meu apoio e dedicação à causa.

O que realmente gostava de destacar é que... ao fim das contas feitas esta época, o SLBenfica investiu cerca de 30M€ no reforço do plantel e teve que se desfazer de Ramires e DiMaria, abaixo das clausulas de rescisão por motivos que só a direcção saberá responder mas que admito que seja pela necessidade de realizar dinheiro (25 + 11+6 = 42M€).

Feitas as contas, chegamos a 15 de Agosto com os jogadores que entraram a precisar de muito mais tempo para trazer algo à equipa e os que saíram ainda por substituir. Pelo caminho, trazemos ainda a indefinição sobre o lado esquerdo da defesa. Afinal que lugar terá Fábio Coentrão? Afinal terá ou não que também haver aí reforço?

Há algum tempo atrás eu disse que deveríamos ter chegado a 1 de Agosto com 90% do plantel fechado em entradas e saídas e prontos para finalizar a pré-época e avançar para o início do campeonato a todo o gás. Não aconteceu, longe disso!

Este SLBenfica que vimos hoje foi superior ao que vimos na Supertaça, mas é certo que o adversário também foi muito inferior - Roberto foi um espectador, ainda que não tenha sido carrasco nos golos, especialmente no primeiro voltou a hesitar e tarda em mostrar créditos. Mas ambos os jogos demonstram uma equipa longe de praticar o futebol ligado e apoiado da época passada.

Olhamos para a equipa titular e contamos 10 jogadores que faziam parte do plantel da época passada e que, portanto, têm já mais de um ano de trabalho com Jorge Jesus. Diferente da época passada apenas a introdução de Roberto e as saídas de Ramires e DiMaria, o que demonstra bem a importancia - aparentemente incalculada - destes dois jogadores.

Voltamos à questão inicial: Se são assim tão importantes, porque sairam? Não tinhamos condições para os segurar? OK... nesse caso porque aceitámos facilitar as transferências abaixo das clausulas? Se foi porque precisavamos realizar o dinheiro... então por "sobra" apenas 12M€?! O que nos trouxeram os 24M€ que investimos?

» Olhando para trás vejo um SLBenfica com um guarda-redes que tarda em mostrar que "vale pontos" como acusara Jorge Jesus de não ter nenhum.
» Olho para Gaitan e vejo-o totalmente diferente de DiMaria, ainda que bom jogador.
» Olho para Jara e vejo muito potencial, porém a precisar de crescer no clube, com tempo e sem a necessidade e pressão de constituir uma solução imediata.
» Olho para o lado direito e vejo a ausência de soluções para o lugar de Ramires.
» Olho para Coentrão e vejo o "futuro melhor lateral do Mundo" a jogar a... médio.
» Olho para Jorge Jesus e, contrariamente ao que acontecia o ano passado, a mudar de ideias ao longo dos jogos vezes sem conta, claramente na busca de soluções que tarda em encontrar.

Jorge Jesus não desaprendeu, nem é agora pior treinador, nem sequer teve sorte o ano passado. Mas como dizem os benfiquistas que votaram na sondagem ao lado, cerca de 75% acreditam que a preparação da época foi mediana (25%) ou insatisfatória (50%).

Nada disto pode, contudo, esconder que poderíamos claramente ver vencido o jogo. Mas para mim, que sou dos tais benfiquistas que vale a pena insultar por ter coragem de ter opinião própria, muito mais importante do que chorar a derrota é perceber porque com 90% da equipa do ano passado, estamos tão distantes da qualidade evidenciada e, principalmente, com muitos assuntos por resolver.

Este SLBenfica não é o Benfica Jorge Jesus, ele demonstra-o ao longo dos 90 minutos que orienta a equipa e mostra-o também na forma cabisbaixa com que chega às conversas com os jornalistas.

Eu continuo a ser da opinião que somos claramente os mais favoritos para a conquista do titulo e não será esta derrota que vai alterar essa minha convicção, mas admito que será necessário muito trabalho e algum investimento para repor as questões pendentes, depois de se terem perdido as primeiras opções (como Eduardo ou James Rodriguez).

Para terminar, continuo a temer que estas indefinições e a elevada instabilidade vivida na defesa fruto da pouca segurança transmitida por Roberto, poderá levar a uma diferente postura por parte de jogadores que mais oportunidades possam vir a ter para sair... Caso os meus receios se confirmem, poderemos ainda perder, pelo menos, David Luiz se aparecer alguém a dar os 40M€ - o que seria uma perda complicadíssima de solucionar.

PS- Apesar de também Rui Costa ter muito a melhorar nesse aspecto, a verdade é que o seu tempo na frente do futebol de forma deliberada, correspondeu a um envolvimento integral na política de planeamento, gestão e contratação de jogadores, algo que está a perder-se.

11 comentários blogger

  1. Águia Preocupada15 agosto, 2010 23:59

    Concordo em pleno com o esplanado!
    Apenas uma pequena discordância, sobre a função e posição de Rui Costa.
    Afinal ele é o director desportivo e tem envolvimento na escolha do plantel ou é mero verbo de encher, muleta de LFV ou figura decorativa?
    Se já se sabia que Di Maria e Ramires iriam sair, porquê a cedência de Urreta?
    Tudo isto evidencia incompetência e puro amadorismo. E se Rui Costa não exerce a sua função porque não o deixam, só tem um caminho: O da demissão, se quiser ser HOMENZINHO!

    ResponderEliminar
  2. Falar no Roberto neste jogo é absolutamente injusto!!!

    Esteve seguro em todos os lances e fez a defesa da noite!!!

    Podemos criticar quando há motivos para tal mas hoje não houve!!

    De resto concordo basicamente contigo.

    Eu continuo a achar que Coentrão poderia ser o substituto de Di Maria.

    Para mim deveríamos ir buscar um defesa direito e esquerdo, um médio esquerdo para concorrer com Fábio, um médio direito com as caracteristicas de Ramires(Manuel Fernandes não era mau).

    Portanto, 4 jogadores a entrar.

    ResponderEliminar
  3. Eu tambem nao tou nada preocupado, tirando o facto de ter-mos perdido com uma equipazinha de merda que vai andar a epoca inteira a tentar nao descer de divisao, de o termos feito na nossa catedral e logo na primeira jornada e depois dos cabroes CORRUPTOS terem ganho o primeiro jogo, de resto nao estou mesmo nada preocupado.3 pontos de avanço os Corruptos Unidos ja nos levam, ja sei e muito cedo primeira jornada, bla, bla, bla, fomos gamados (o que e´ verdade) bla, bla, bla, mas com todo um sistema corrupto por traz? 3 pontos de avanço ja começa a ser preocupante.

    ResponderEliminar
  4. pjsimoes, Fabio pegou de estaca como lateral e ponto final... e como diz JJ, dos melhores do Mundo. Na frente é apenas muito bom. Nem pensar no contrário.

    Manuel Fernandes para a direita? LOL! Manel é concorrente do Javi, nunca do Ramires.

    O Roberto transpira insegurança. Nao precisa frangar para ser problema.

    ResponderEliminar
  5. Neste jogo não vi essa transpiração mas tudo bem...

    Quanto ao Manuel Fernandes, está muito enganado. O Manuel Fernandes sempre foi um box-to-box, com um grande remate... Pode e faz muito bem a posição do Ramires...

    ResponderEliminar
  6. Depois da derrota (1-2) hoje com a Académica de Coimbra, esperemos que todo o Benfica (jogadores, treinador e adeptos) saiba inspirar fundo, levantar a cabeça e caminhar em frente rumo a um título de campeão que pode ser histórico no Benfica, sem o nervosismo hoje demonstrado. A isso chama-se resiliência . Saber superar rapidamente os obstáculos que nos aparecem no caminho. Uma das qualidades mais procuradas pelas grandes empresas.


    Duas observações:


    - Primeira, reconhecer o erro da contratação do Roberto;


    - Segunda e esta mais dirigida à direcção do Benfica: não deixar passar em claro as três grandes penalidades que ficaram por marcar a favor do Benfica e que poderiam conduzir a um resultado bem diferente. A direcção não pode pactuar, não pode deixar passar em claro o que se passou nesta jornada em termos de arbitagem, expressando publicamente o seu repúdio, de modo a que não se volte a repetir.

    ResponderEliminar
  7. este jesus ja nao parece o mesmo.
    onde está akela motivaçao ke ele enfrentava os jornalistas?
    alguma coisa li nao parece bem.

    o presidente ke nao venha dizer como á 4 anos em ke disse ke termos sido campoes com trapatgoni foi um erro.
    será ke nao sabemos ganhar??
    ke benfica é este?
    gasta-se tanto dinheiro e afinal nao tavamos preparados para as vendas de di maria e ramires.
    assim entramos em crise e voltamos ao mesmo.

    por favor , acordem enkuanto é tempo.
    á jogadores fora de forma. será ke ter o escudo de campeao fez mal a muitos deles??

    abraço

    hugo

    ResponderEliminar
  8. Grande Geração, ainda bem que não és treinador ou dirigente, do BENFICA, porque senão provavelmente todos os anos seríamos campeões europeus, o que deixaria a concorrência com certas dúvidas se haveria de continuar.
    Ramirez e DiMaria não fazem falta, não estão cá, o ano passado também ganhámos e perdémos com eles e sem eles, o problema do Benfica, neste momento é chama-se Aimar, está em má forma esconde-se do jogo, raramente faz um bom passe, pressiona pouco, logo a equipa perde a referência de construção, basta olharmos para o ano passado para ver quem é que dava ritmo e velocidade à equipa!!!!
    Se olhares para o jogo de hoje, vês um Aimar distante, obrigando tanto o xavi, como o david, ou o sidney a serem responsáveis pela 1ª fase de construção o que contra uma equipa organizada não é a melhor solução.
    Saudações e continua!!!

    ResponderEliminar
  9. Revejo-me inteiramente no seu post. Algo está por explicar. Se as saídas do Di Maria e do Ramires já eram mais do que esperadas por todos, inclusivamente, pela Direcção e pelo Treinador, por que razão não foram contratados até pelos menos 1 de Agosto os jogadores certos para os substituir? Incompreensível.

    ResponderEliminar
  10. Começamos a perder este campeonato no fim do outro, com as tristes declarações embriagadas de sucesso da altura e continuàmos, cegos de vaidade por esta pré época fora numa gabarolice e delírio auntênticos.

    Se era assim tão líquido que o Ramires ia sair, porque é que já não estava acautelada essa saída?

    Saíu o Di Maria, porque não fomos buscar alguém de características semelhantes?
    O Gaitan?
    Se dizem que é substituto do Di andam loucos e até parece que não andaram 3 meses em observações e não vêm que o miúdo não é extremo puro. E pior ainda que deram 8.5 milhões por um jogador que não se sabe muito bem se explode hoje se daqui a 3 anos, ora se isto aqui fosse Inglaterra e nós fossemos o Arsenal até fazia sentido, mas somos o Benfica, e quando damos 8.5 milhões por um jogador, é para este desilar classe, sangue, suor, lágrimas em campo e não andar a fazer cara de chorão sempre que leva uma tronchada, que se habitue..

    Gastaram 8.5M num guarda redes com muita coisa por provar, mandando embora outro, com muita coisa provada, bem sei que não era o melhor do mundo, mas tinha os seus bons dias, bons dias que do actual tardam em chegar..
    Aquilo não se faz a um campeão!!

    Dispensaram Miguel Vítor e Urreta, Fábio Faria não é melhor e o Urreta poderia estar a dar jeito neste momento.

    Tardam em colocar jogadores como Yebda, Makukula, Balboa, Adu, Zoro, processos que deveriam ser a todo o custo abreviados!

    E o nosso treinador, que dizer? Um homem que do alto dos seus cabelos brancos não vê que tar a tentar fazer do César Peixoto um Di Maria é coisa de muito boa vontade, não vê que um 433 rende melhor que um 4132 neste momento, anda ali pelo meio, sem aparentemente saber muito bem por onde andar e a equipa ressente-se.

    No fundo era tudo simples, tinhamos a fórmula tinhamos a dinâmica, era só portanto insistir, aprofundar, aperfeiçoar, trabalhar com seriedade e em colectivo, sem vaidades, em silêncio, sem devaneios nem prepotências. Mas isto é o Benfica, e as coisas são, infelizmente assim, é bom e difícil chegar ao topo, mas melhor e mais difícil é se manter por lá, não acho que tenhamos a arte. Para o ano há mais se Deus quiser.

    E não há ninguém que dê um murro na mesa?

    ResponderEliminar
  11. Tenho de admitir que não concordo inteiramente com a opinião aqui escrita.

    1- Roberto.
    Já muito foi escrito sobre ele, concordo que neste momento mais valia por o Júlio César ou o Moreira tal como o GB já tinha dito aqui há uns meses, contudo acho injusto responsabiliza-lo tanto pelos golos como pela segurança na equipa. No jogo de ontem, essa encontrava-se na defesa e mais concretamente no Sidney que teve a falha perfeitamente idiota do primeiro golo ao deixar que o outro marmelo entrasse como quiz na área sem qualquer oposição.

    2- Preencher as falhas das posições de Di Maria e Ramires.
    Aqui já é mais complicado. Gaitan está lesionado e Jara ainda não pegou de estaca numa posição. E como tal somos forçados a jogar com a segunda linha do ano passado, que apesar de ser excelente quando há um hábito de vitória, não serve para o criar. Veja-se o caso César Peixoto, que é um excelente substituto, mas nunca na vida é titular indiscutível no Benfica.

    3- Atitude.
    Precisa-se explosão, garra, querer, alguém que corra! Até o Jorge Jesus, que no ano passado no banco presenteava-nos com um espectáculo de ambição ao dar as indicações, este ano parece uma sombra do que foi no ano passado. Não sei o que se passa mas é preciso resolver isto rapidamente.

    4- Esperança.
    Não queria acabar este comentário sem dizer que apesar tudo, ontem na segunda parte jogámos muito bem, e que o golo da vitória da Académica, foi completamente inesperado, contra a corrente e foi sem dúvida nenhuma um grande golo. Portanto vamos ter calma, apenas foi o primeiro jogo e o campeonato só acaba lá para Maio.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking