Direitos Televisivos: O que nos afasta do Euromilhões?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 27 de junho de 2010

Direitos Televisivos: O que nos afasta do Euromilhões?

 ●  + 15 comentários  ● 
No seguimento do tópico 40M€ e lá vai a carneirada, olhando para os mercados internacionais e para a exposição que o futebol tem Portugal, um facto é óbvio: O SLBenfica recebe (talvez todos recebem) muito menos do que deveriam receber por estes direitos.

Vamos começar pelo início. O que está em causa? São 15 jogos do clube na Liga Sagres no seu estádio, assim como a primeira linha de publicidade estática em torno do relvado. Contudo, face ao estado miserável das contas dos clubes no final da década de 90, os clubes entregaram também todo o restante conteúdo multimédia (como os sites oficiais) ao intermediário Olivedesportos.

Durante anos, este comprava os direitos aos clubes e ia a procura de retornar isso com a venda de publicidade estática e com a venda integral de alguns jogos às estações de televisão, na altura a RTP. Com o aparecimento da Sporttv, passaram a ser transmitidos todos os jogos dos três grandes, assim como uma média de dois a três jogos por jornada os clubes do topo da tabela. Depois, há ainda a revenda dos conteúdos a operadores internacionais que retransmitiam os jogos ou resumos.

No total, Oliveira deverá receber por este "bolo" mais de 200M€/ano, pagando apenas cerca de 50M€ e não acrescentando qualquer valor ao processo, dado que a inovação e a diferenciação é algo que há muitos anos está vedada às transmissões de futebol em Portugal, tipicamente a cargo da Sporttv, salvo um jogo por semana.

Posto isto, é óbvio que há dois factores fundamentais a ter em conta no processo: 1. A falta de concorrência proactiva e com capital reinante nesta vertente; 2. A posição dominante de Oliveira junto dos centros de decisão do futebol português;

Em tempos, João Vale e Azevedo, talvez na única medida perto de acertada que teve enquanto se entretinha a roubar o SLBenfica, decidiu rescindir unilateralmente o contrato com a Olivedesportos e optou por vender os respectivos direitos do SLBenfica, em contratos anuais com a SIC. O advogado alegava, e parece que a justiça se preparava para lhe dar razão, que os contratos eram ilegais e que como tal deveriam ser considerados nulos.

Bom, nem tanto ao mar, nem tanto à terra! Ainda assim, essa nulidade contratual é algo que estranhamente parece estar a ser juridicamente pouco explorada, quando o SLBenfica conseguiu ganhar em primeira instância, salvo erro, e se preparava para ganhar no recurso para o Tribunal da Relação.

Por outro lado, a duração dos contratos carece de um quadro de revisão também. Contratos a mais de cinco (no máximo seis) anos de duração serão necessariamente penalizadores para os clubes mais dinâmicos e com efectivas estratégias empresariais, como é o caso dos três grandes.

Contudo, é preciso lembrar com quem estamos a negociar e não acreditar apenas na "história da carochinha" que a PT vem cheia de dinheiro e resolve tudo. Joaquim Oliveira montou ao longo dos anos uma teia de domínio de vários factores, constituindo para os clubes mais cada vez mais pobres uma tábua de salvação.

Assim, na minha opinião, se há entidade que deveria "romper" relacionalmente com Joaquim Oliveira, o verdadeiro patrão do futebol nacional, é o SLBenfica. Somos, talvez, a única instituição com capacidade para desafiar o império criado por Oliveira, pois a marca e o "conteúdo Benfica" vale também bastante mais que os demais concorrentes.

Infelizmente, ao longo do tempo, em vez de incentivarmos a esse rompimento, temos dado passos no sentido de uma coabitação pacífica com Joaquim Oliveira, que é inclusivamente accionista da Benfica Multimédia, tendo a seu cargo todos os conteúdos multimédia do SLBenfica. Experimentem, por exemplo, fazer o pagamento do cativo através do site e verão a que entidade estão a pagar: Sportinvest Multimédia, pois claro.

Ou seja, isto de andarmos a ler notícias no Jornal I e no Record de que as coisas são da forma A ou B, pouco relevo têm quando depois fazemos juras de amizade e preferência a alguém que tem no SLBenfica o interesse exclusivamente de se aproveitar financeiramente e não contribuir activamente para o crescimento do Clube na proporção que nos é devida.

O GB já escreveu várias vezes sobre este assunto. A meu ver, a solução passaria por um concurso público internacional que colocasse em pé de igualdade todos os potenciais interessados e que permitisse analisar diferentes vectores de criação de valor para o SLBenfica - e não falo apenas de factores financeiros, mas também de inovação nas transmissões, utilização de novas tecnologias, interacção com os espectadores, etc.

Há oferta internacional e nacional. Só em Portugal, desde a Ongoing até à PT/MEO, as opções estão aí. Podem até não conseguir vencer na recta final a Olivedesportos, mas seguramente que obrigariam a "subir a fasquia" qualitativa e a "subir a parada" financeira.

O Joaquim Oliveira tem montada, é preciso não esquecer, uma teia de poder fortíssima que vai desde a banca até à política, passando pelos media nacionais. Ou seja, tem argumentos para "por em sentido" qualquer entidade que não pretenda ver-se exposta na imprensa ou ver movimentações bloqueadas na banca. E porque ele tem isso? Entre outras coisas porque tem na mão, como diz Zeinal, um produto "killer" que é talvez dos poucos ou únicos que captam mais de 50% do mercado nacional e tem aí um meio para dar visibilidade a essa gente toda que o apoia e ajuda.

Depois, há ainda o factor "clube pequeno". Ou seja, os clubes pequenos têm que existir nesta equação, mas em termos de share, tirando quando recebem os grandes, nada representam. Caso o Oliveira perca o SLBenfica, não só fica em maus lençóis, como perde capacidade para ter o que dar a esses pequenos, que assim se constituem também uma força de poder favorável ao Oliveira.

Em conclusão, na minha opinião o que nos afasta do tal Euromilhões que representa uma receita justa de 40M€ ao ano durante 5 anos (200M€ no total) é acima de tudo o facto de não nos desligarmos efectivamente da ligação ao Joaquim Oliveira, permitindo-lhe sentir-se sempre com alguma posição negocial favorável.

O que a justiça dos números revela é que a Benfica Multimédia deveria ficar totalmente imune ao Joaquim Oliveira, ao mesmo tempo que a fasquia dos números se colocaria na ordem dos 40M€.

Contudo, face a todo um conjunto de circunstâncias que tardam em ser estrategicamente definidas e outras que Oliveira trata de garantir, admito que o negócio poderá fazer-se por pouco mais de metade desse valor - 20 a 25M€.

Como mostra a foto, e em bom português, é "cagar no Oliveira" e colocar em PRIMEIRO O BENFICA. Vão ver como ele aparece com o "rabinho entre as pernas" a pedir-nos que evitemos a falência dele. Enquanto não quebrarmos a teia dele, precisaremos tanto dele (porque domina) como ele de nós (porque lhe damos receitas). Se quebrarmos essa teia, e temos poder para isso, será ele a precisar de nós.

15 comentários blogger

  1. Questão delicada! Sabe-se lá quem dentro do Benfica tem o rabo entalado e não consegue libertar-se do Oliveirinha. E provavelmente também deve haver medo que o "sistema" se vire contra nós. Será?

    ResponderEliminar
  2. Ora bem...ora bem...assim é que é falar.
    Pôr o MAMAO de joelhos é o que se deseja mas, se nos der o valor justo (40 milhões/5 anos) até eu lhe compro uma almofada para se não magoar nos ditos, como também adiro à SPORKO-TV e contribuo com os meus 24 euros mensais.

    ResponderEliminar
  3. Mais um texto brilhante Geração Benfica, os meus parabens.
    Este era um texto que devia ser lido pelo Presidente, pelo Domingos Soares Oliveira e por toda a direcção de como se deve portar perante o "amiguinho" Oliveirinha.
    Mais uma vez o Amigo Geração faz com este post mais um grande serviço para o nosso Benfica.

    P.S- Esta questão dos direitos televisivos pelo sua importancia até no futuro do clube devia ser debatida em Assembleia Geral não acha?

    ResponderEliminar
  4. Caro GB: gostei e tem a minha total concordância.
    saudações benfiquistas
    paulo antunes
    o tal do nº218219.

    ResponderEliminar
  5. Henrique Manuel27 junho, 2010 23:09

    Falando do diabo, li hoje num jornal semanário que o Sr. Olibeira carregou um avião com AMIGOS directamente à África de baixo para o Portugal-Coreia da Morte.
    Entre eles, o AMIGO Laurentino, os AMIGOS Seara e Esposa, o AMIGO director da lusa etc.
    Os próximos deverão ser o Cervan e o realizador.
    Tudo numa boa!

    ResponderEliminar
  6. Do muito que tens escrito e relativamente ao post de hoje, ressalta-me este período:

    "Contudo, face a todo um conjunto de circunstâncias que tardam em ser estrategicamente definidas e outras que Oliveira trata de garantir, admito que o negócio poderá fazer-se por pouco mais de metade desse valor - 20 a 25M€."

    O que te leva a concluir que o Benfica não tem perfeitamente definida a sua estratégia sobre os direitos televisivos?

    Terão sido as noticias da pasquinada que começam a falar em x e depois é x+2?

    É a "grande amizade" que une LFV a JO?

    São os protectores (credores) de JO que limitam a vontade do Benfica em fazer valer os seus direitos?

    São eventuais alineas do contrato que dão a JO o direito de preferência?

    É a nossa proverbial bondade e espirito solidário(Fundação Benfica) que nos vai fazer "baixar a cueca"
    e evitar a falência de JO?

    Como deves saber, em negócios não há amigos.

    A ambição, passada a fase de construção e consolidação, que norteia a Direcção do clube, precisa de "pilares" que a sustentem e que não passem
    pelo velho cliché da "bola que bate na trave".

    Os direitos televisivos, são, exactamente um desses
    mais fortes pilares, logo, de certeza absoluta que não acreditas que o Benfica AINDA não tenha estratégia, que não tenha esse dossier estudado e reestudado (com planos B e C), que não saiba o que vai encontrar do "outro lado", quais as alternativas,
    qual a exequibilidade das suas "exigências", no tempo e no modo e quais as vantagens que irá retirar
    duma renegociação antecipada.

    Quando terminou a época e foram lançados os objectivos desportivos para a que começa amanhã, o
    Presidente anunciou que o clube, agora, iria tratar
    dos direitos televisivos.

    Achas que o disse por estar eufórico?

    Achas que foi demagogia ou eleitoralismo?

    Achas que só agora iriam olhar para os contratos e "ver o que é que se pode fazer"?

    Sabes perfeitamente e melhor do que eu, que LFV e a sua equipa, têm, neste momento, para lá de condições
    negociais poderosas(inexistentes aquando da assinatura dos contatos vigentes) um conhecimento técnico fundamentado (ao contrário dos nossos adversários)que "obrigará" a outra parte a "dividir o bolo", sob risco de não comer nenhuma "fatia".

    De certeza que das tuas "teclas" sairiam raios e coriscos, se soubessemos diariamente em que pé estavam as negociações.

    Confia na Direcção e deixa-a trabalhar.

    ResponderEliminar
  7. Caro Arquivo Vivo, penso que até tu percebes o que afasta a minha linha de pensamento da tua bajulice a tudo o que a direcção faz. Como nao vale a pena seguir o caminho dessa discordia tão evidente e que a propria direcção faz questão de TE CONTRARIAR, ficamos por aqui.

    ResponderEliminar
  8. "...penso que até tu percebes o que afasta a minha linha de pensamento da tua BAJULICE..."

    Quem tem uma opinião diferente da tua é tratado por carneiro e bajulador.

    Face ao pode da tua razão presumo que serás um empresário de enorme sucesso e desgraçado do gajo que negociar contigo.

    A única pessoa neste assunto que está absolutamente preparada e com estratégia é o GB, na direcção do Benfica são todos uns amadores e sem qualquer estratégia.

    Com isto não quero dizer que no futuro não venhas a ter razão sobre o que dizes, nomeadamente em relação aos valores mas até lá penses que devemos manter a serenidade e não criticar algo que não aocnteceu e que at+e nem pode acontecer,

    Abraço!!!

    ResponderEliminar
  9. SUBESCREVO TUDINHO E GOSTARIA DE SUBLINAHR A PARTE DE VALE AZEVEDO. SERIA UMA JOGADA DE MESTRE O CONFRONTO COM OLIVEIRINHA.
    DEPOIS, FOI O LAMENTÁVEL ACORDO QUE LFV FEZ.
    FACTO QUE NÃO LHE PERDOAREI NUNCA.
    É POR ISTO QUE NÃO CONSIGO CONFIAR 100% EM LFV.
    MEU CARO GB,
    FINALMENTE ALGUÉM PENSA COMO EU. UFFF!!

    ResponderEliminar
  10. Se há tema sobre o qual NUNCA saberemos exactamente como as coisas se vão passar em termos negociais, ou mesmo em resultado final é a questão dos direitos televisivos. Saberemos o valor final acertado, mas JAMAIS saberemos as clausulas e isso é natural…

    Nós puros adeptos não devemos saber, pela mesma razão que isso significaria que os nossos adversários também saberiam.

    O Oliveirinha tem os defeitos que todos reconhecemos, mas nos tempos de hoje, que nem vos passe pela cabeça que ele pode andar por aí a fazer favores a este ou a outro (Sporting e Porto). Ele com o Benfica terá que ter a mesma postura que se exige a um negociante, que não é nem mais nem menos aquilo que ele é. Ele defende os interesses dele e nós temos que defender os nossos e é o meio termo disso que vai dar o possível futuro contrato.

    Pode falar-se na forma como ele chegou ao patamar que chegou, mas a realidade é que só ele o conseguiu. Hoje todos apregoam que era fácil, que foi ajudado, etc etc etc…então porque raio é ele que tem o poder que tem e não outro?

    Todos temos a consciência que o Benfica está a receber pouquíssimo, mas quem estava na situação que estava não tinha condições para negociar, como o Benfica ainda hoje não as tem da forma que desejamos, pois caso estivéssemos a viver numa imensidão financeira, não tínhamos tido a necessidade de criar a Benfica Stars Fund para nos ajudar a adquirir algumas das jóias do nosso plantel.

    Ora, nós não estamos em posição de exigência total, pelo que a negociação terá que ser feita de forma cuidada e defendendo sempre os interesses do clube.

    Vamos deixar as coisas correrem, porque o que se anda a fazer é falar de “jornalices” e nós TODOS já devíamos ter percebido que não se “dar mais nada para esse peditório”…

    ResponderEliminar
  11. GB

    Se há coisa que não sou, é bajulador.

    Tenho dado várias provas disso, até nas incompatibilidades que tive, em vários blogs da nossa cor, durante o período eleitoral.

    Também não sou ingrato e sei reconhecer méritos a quem os tem, o que é o caso da actual Direcção, independentemente da famosa "pedra" que ainda tenho no sapato.

    Só que o período eleitoral passou, o "trabalho" no campo desportivo está à vista, a dinamica imprimida
    na galvanização e valorização do universo benfiquista, é algo de inédito na nossa História, logo a actuação da Direcção terá de ser, até prova em contrário, credora da nossa confiança.

    O facto de, em certos temas, discordar de ti, não me leva a concluir que sejas bajulador de uma "oposição"
    que julgo inexistente,nem te vejo como um "inimigo" do Benfica ou sequer de mim, pelo que tomo o teu "desabafo" apenas como falta de argumento para contrariar a lógica do que escrevi.

    A Direcção, seja ela qual for, tem apenas de defender os superiores interesses do Benfica e enquanto não concluir os dossieres relativos a cada
    um dos interesses em causa, não tem de vir para a Praça Pública, dar conta dos passos efectuados.

    Portanto, sempre que voltares ao tema, concordando ou não contigo, voltarei a comentar, a menos que me
    negues isso.

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  12. Caro GB por alguma razão tu (e muitos outros) continuam a achar que Vale e Azevedo roubou o SLB. Ele de facto de um golpe de morte ao Sistema, aliás foi ele o único q lutou, efectivamente, contra o sistema, pq o atacou onde realmente doi: nos dinheiros. E claro que o Oliveirinha e amigos não podiam deixar a coisa ficar então atacaram com tudo o q tinham o então presidente do SLB. Por alguma razão o fcp ficou três anos sem vencer o campeonato...todas as baterias foram apontadas contra VA.

    Só que a lição foi aprendida, e com a eleição de Vilarinho a Olivedesportos tratou de meter o seu tentaculo dentro do clube e o novo contrato está blindado e a situação da "nulidade" resolvida. Agora, infelizmente, o SLB está preso a um contrato vergonhoso.

    Duvido como sempre duvidei que Vieira abandonasse a Olivedesportos e tudo isto nada mais é do areia para os nossos olhos. Sim vamos ter um contrato melhor, sim provavelmente teremos um contrato melhor q os nossos adversários mas ficará muito aquem do q o SLB pode alcançar.

    Com BenficaTV a bombar em grande não consigo perceber pq raios não ficamos nós com os nossos jogos...não consigo.

    ResponderEliminar
  13. Em aditamento ao post em que fui apodado de "bajulador", quero chamar a tua atenção para a entrevista concedida, hoje, por LFV, à BTV, na qual ele confirmou tudo aquilo que eu escrevi.

    Como nem eu nem ele nos conhecemos de parte nenhuma e como não acredito em coincidências, só posso pensar
    que a confiança começa a gerar uma lógica simbiose
    entre a Direcção e os sócios (tal como acontece entre o treinador e os jogadores)o que pressupoe que
    o clube está no caminho certo.

    Acredito que a parte empresarial virá a ter o mesmo sucesso que a desportiva, porque são indissociáveis.

    ResponderEliminar
  14. Oh meu caro Arquivo Vivo.

    O meu amigo é um habitué nos comentários do GB e tem e terá sempre a porta aberta para tal porque enriquece a discussão.

    Mas não tenhas "atitude de gaja" e leves a peito pequenas provocações que te faço quando discordamos. Obviamente que essa do "bajulador" não é para levares assim tão a sério...

    Sim, acho que em 80% das vezes que escreves tem uma exagerada crença nas palavras de algumas pessoas... mas isso são opiniões.

    ResponderEliminar
  15. Ó GB, já imaginaste os jogos do GLORIOSO a serem transmitidos na BENFICATV, em canal fechado a 10 euros/mês, com 250 mil assinantes, só por ano seriam 30 milhões em assinaturas, a somar ainda publicidade estática e no canal e ainda os direitos internacionais dos jogos.Vá lá, é só fazer as contas, era um verdadeiro tsunami nas contas dos nossos "inimigos" de estimação.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares