O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Filipe Augusto:

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Exclusivo: "Benfica no Coração", por Rui Gomes da Silva. 04/09/17

Avatar
 ●  + 55 comentários  ● 


FUTEBOL? NÃO! BENFICA!!!

Em tempo de "intervalo" no campeonato, dei por mim a ver o Espanha - Itália, de sábado à noite.

E, independentemente da qualidade dos intervenientes e do "jogo jogado", concluí - como sempre - que, de facto, eu tenho para com o futebol uma relação de interesse tão significativo como com qualquer outro espectáculo.

Desenganem-se, pois, os que me acusam de trocar tudo por um bom jogo de futebol. Nada mais falso.

Troco tanto qualquer coisa por um jogo de futebol, como por um bom livro, um bom filme, uma boa sessão de teatro, uma boa conversa com amigos!

A minha relação com o futebol insere-se nessa categoria (que não kantiana): a de gostar!

O que é absoluto, o que é "uma paixão", nessa relação de troca, não é, assim, o futebol, mas, antes, o Benfica! Ou seja, gosto de futebol ... mas só lá "fico" ... se for jogado pelo Benfica.

Como em todas as modalidades, desde que lá esteja a camisola do Glorioso.

Sou do Benfica e, por isso, gosto de futebol (e não o contrário)!

ASSIM COMO EU... MILHÕES!

Mas, o que - digamos - menos me surpreende, é que, como eu, ... somos todos.
Todos!

Quem gosta do Benfica, só depois gosta de futebol.
Desconfio, por isso, sempre, dos que me dizem que gostam de futebol.

Seja na versão intelectualizada (o que é uma verdadeira contradição nos seus próprios termos), seja na versão mais feminina, mas, de vez em quando muito em voga do ... "eu gosto da seleção nacional".

Guardando as devidas distâncias ... "ponho logo a pistola em cima da mesa" (citando sem citar por razões de princípio).

Porque não há colaboração possível sem cedências a uma questão de princípio.
Sou do Benfica e, por isso, gosto de futebol (e não o contrário)!

SEI O QUE QUEREM PORQUE SOU UM DE VÓS 

Li, há alguns anos, no "Testemunho", o livro que Nicolas Sarkozy lançara na preparação da sua corrida ao Eliseu, uma frase que sempre tive presente na relação com os sócios do Benfica, nos anos em que andei pelos "corredores" da Direção e da Administração da SAD: "Sei o que querem porque sou um dos vossos"!

Sou porque sou, porque sempre fui e porque nunca deixarei de o ser!

E percebo isso quando me identifico, em absoluto, senão por cada dúvida, pelo menos com as preocupações, de todos esses sócios muito pouco anónimos porque com muita paixão e muita informação no debate do que querem para o Benfica.

Tenho, hoje, mais tempo para saber o que "dizem" as redes sociais, como veículo importante de expressão de opinião, de debate, de troca de informação.

Como o NGB, há outros espaços na blogosfera que dão a medida dessas preocupações.
Tanto quanto a opinião curta, trocada por mensagem, em grupos criados em "aplicações".
Como, por exemplo, o RUMO AO PENTA 37.

Nesse, como em todos os outros, assumimos, todos, que este é um ano decisivo.
Quereremos, mesmo, fazer coincidir o 37 com o penta! Desde logo porque nunca mais teremos esta oportunidade.

É, por isso, enorme a exigência, a par da grande, gigantesca mesmo, preocupação (em forma de crítica, tantas vezes) para que esse objectivo seja conseguido.

OLHO POR OLHO, DENTE POR DENTE 

Por isso, nunca como agora foi tão necessário seguir a estratégia que sempre defendi ... contra os nossos adversários que, hoje por hoje, se comportam como nossos verdadeiros inimigos.

Que se desenganem os que, desde que o defendi, dentro da Direcção, discordaram ... por discordar (e, também, por ser mais cómodo não ter inimigos lá fora ... o que sempre dá jeito nas deslocações aos campos dos adversários).

Nunca foi tão necessário assumir essa postura ... apesar de, na altura, haver quem quisesse a minha demissão por entenderem que o conteúdo desse texto não servia os interesses do Benfica.

É com essa mesma passividade "colaboracionista" que contam os nossos inimigos!

Mas agora vão ter que ser eles a reagir, porque a responsabilidade do penta passa pela maneira como reagirem a estes sucessivos ataques de que o Benfica está a ser alvo!

Ser membro de qualquer coisa não é apenas equivalente a ter direito de viajar ...
Obriga, pelo menos, a defender de viva voz a estratégia definida pelos órgãos em que participam.

Porque o silêncio de todos faz do Presidente um homem só (e ele não merece estar sozinho a lutar contra tudo e contra todos)!

Dando a cara contra uma mentira que têm a obrigação de combater: "isto" tudo não é igual, nem parecido, ao Apito Dourado.

Por muito que uns tentem fazer crer e que outros sirvam de capacho para criar a ideia de ser essa a realidade!

Longe vão os tempos do filme português "Leão da Estrela"!
Hoje o "Barata do Estádio do Lima" é outro e o ridículo só não mata porque os "piquenos" já estão quase "mortos"!

Mas isso não deve gerar o nosso silêncio! Antes o erguer da nossa voz, em defesa do Benfica!

MILHÕES OU CAMPEÕES?

Isso não cerceia a liberdade de cada um dos sócios em dizer o que pensa.

Não digo o que tem a ver com gostos pessoais, como os "pro" ou os contra Salvio, os "pro" ou os contra André Almeida, os "pro" ou os contra Bruno Varela, os "pro" ou os contra Filipe Augusto, os "pro" ou os contra Eliseu, os "pro" ou os contra Jardel, os "pro" ou os contra Raúl, os "pro" ou os contra Rafa, os pro ou os contra tudo, numa lista infindável - própria de um clube democrático - que tem como limite o próprio plantel!

Ou com os "pro" venda ou não de Mitroglou, os "pro" compra ou não de Douglas, os "pro" compra ou não de mais um defesa central ou de mais um guarda redes ...

Eu não quero saber (embora ... queira saber ... claro) se compramos 20 jogadores (Thabo Cele, Haris Seferovic, Patrick Vieira, Alex Pinto, Alan Junior, Filip Krovinovic, Cristian Arango, Martin Chrien, Salvador Agra, Chris Willock, Bruno Varela, Matheus Leal, Fali Candé, Daniel dos Anjos, Dmytro Lytvyn, Keaton Parks, Mato Milos, Mile Svilar, Douglas e Gabriel Barbosa) para 2017/2018

Ou se saíram 25 jogadores do Benfica, nesta temporada. 
(Ederson para o Manchester City, Victor Lindelof para o Manchester United, Daniel Candeias para o Glasgow Rangers, Marçal para o Olympique Lyon, Nuno Santos para o Rio Ave, Pelé para o Rio Ave, Kevin Friesenbichler para o Austria Wien, João Lima para o Leixões, Alfa Esteves para o Moreirense, Hildeberto Pereira para o Legia Warsaw, Nelson Semedo para o Barcelona, Ricardo Mangas para o D. Aves, Guillermo Celis para o V. Guimarães, Alexandre Alfaiate para o Tubize, Derley para o D. Aves, Zidane Banjaqui para o D. Aves, Gilson Costa para o Boavista, João Escoval para o NK Istra, Filipe Ferreira para o NK Istra, Tiago Dias para o AC Milan, Romário Baldé para o Lechia Gdansk, Luquinhas para o D. Aves, Victor Andrade para o Estoril, Igor Rocha para o FC Pune City ou o André Ribeiro para o Maia Lidador).

Nem se tenho neste momento um total de 97 jogadores (entre plantel principal, equipa B, emprestados e até ... indefinidos).

Isso podemos deixar para outro tempo.

Tanto isso como se vendemos muito, conseguindo estar no top 20 das vendas mundiais e o que aplicaremos do montante líquido dessas vendas (outro ponto importante) na redução do passivo ou na construção de um plantel para vencer a 3ª Liga dos Campeões!!

Porque sendo toda essa discussão muito importante (tão importante que um dia destes, se confundirá com a discussão sobre o futuro do Benfica) hoje temos que estar todos do mesmo lado para conquistar o penta!

Todos!

Sem omitir verdades, pois claro, porque somos do Benfica.

Tendo - até - pena que os jornais anunciem vendas, em vez de anunciarem equipas para ganhar fácil cá dentro e tentarmos ganhar lá fora!

Muita pena (apesar disso ter a ver com o modelo que um dia, quando for tempo disso, acabaremos por ter de escolher) ... mas todos a dar a cara, a lutar, a falar contra quem, esta época, mais do que em todas as outras ... "está para nos matar"!
Matar ... "mesmo" ... como gosta de frisar um grande amigo meu!

Contra isso ... e como eu dizia ... já lá vão 4 anos (os do tetra ...), só nos resta seguir por um caminho: o do "olho por olho, dente por dente"!

Pelo penta!

EU PRECISO DO BENFICA

Por isso, pela paixão ao Benfica, eu quero voltar a ganhar ... já este ano, outra vez!

E como diz o meu amigo Sílvio Cervan, quando lhe atiram à cara " eu não preciso do Benfica para nada" ... eu repito, como ele:

"Pois eu preciso."

Preciso muito do Benfica.

Preciso de cada vitória, de cada título, de cada golo, em todas e em cada uma das modalidades em que o Benfica compete (e não só no futebol) ... para ser feliz.

Preciso muito do Benfica.

Como eu, 6 milhões em Portugal, 14 milhões no Mundo ... talvez mais.

Em vez de milhões, campeões! Porque gostando de futebol ... gosto mesmo é do Benfica!

Vamos a isto, Benfica?

Rumo ao penta 37!!!

--------------------

Rui Gomes da Silva escreve às segundas no NGB.

55 comentários blogger

  1. BENFIQUISTA DO CORAÇÃO04 setembro, 2017 09:35

    Muitos recados com os quais me identifico
    E já somos dois a gostar do benfica da mesma forma

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E não somos todos um pouco assim? Quando não há jogos do Benfica, mesmo com outros campeonatos ou selecções, não andamos todos um pouco "orfãos"...? :)

      Eliminar
  2. Depois de alguns textos diplomáticos e de alisar terreno heis que surge finalmente o primeiro que começa a moldar a verdadeira razão para que veio ao NGB. O começo de uma oposiçãoa Vieira e o preparar duma candidatura à Presidência do Benfica.

    Não me revejo num projecto que tenho como base a crítica ligeira e subentendida. Se quer criticar que o faça abertamente.

    Cumprimentos e boa sorte para isso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava de saber onde é que depreendes isso. Curioso que ninguém pode "desalinhar" o discurso que é logo acusado de querer isto ou aquilo ou então aconselhado a candidadar-se.

      RGS já disse várias vezes em que condições nem sequer pensaria nisso. E não vejo qualquer alteração ao que ele próprio afirmou inúmeras vezes.

      Além do mais, neste texto e mais uma vez RGS apela à união em torno do clube de forma a fazer frente aos inimigos. Quem pode não gostar deste apelo são aqueles que gostam de aparecer nas "boas" alturas mas são invisíveis quando é preciso dar a cara e defender o clube.

      Quanto a isso, RGS dá lições a qualquer um.

      Eliminar
  3. Caro Rui Gomes da Silva,

    Eu tenho discordado da táctica do "Olho por Olho, Dente por Dente" e já o escrevi várias vezes.

    Sinceramente, na altura em que esse seu famoso texto foi escrito eu entendi essa frase como um "estamos prontos para a guerra, avisamos que quem nos atacar, terá uma resposta de defesa intransigente dos nossos interesses e atacaremos de volta."

    Aliás depois dessa frase ainda houve outra frase tão ou mais forte, que teve a ver com o "aburguesamento da estrutura" que eu usei também num texto recente, mas num contexto diferente.

    Para mim isso são momentos e situações diferentes do que se está a viver este ano.

    Esta época os ataques serão outros - como já se viu desde Julho - e as nossas armas terão de ser apenas "armas legais" porque não temos como responder a ataques tão baixos, não temos os emails do FCPorto para por a nu os seus esquemas e responder na mesma moeda, como tambem não temos a "má formação" de transformar uma conversa normal de Facebook enviada para um email do Benfica num terrível acto de corrupção como eles o fizeram na ultima quarta feira.

    Eu defendo exactamente o contrário nesta época.

    Muito trabalho, foco no essencial, preservar o grupo com maior tranquilidade possível e ir defendendo o que tem que ser defendido com a elegância e elevação que o Benfica e o futebol merecem porque o "Olho por Olho, Dente por Dente" terá de ser aplicado nos tribunais daqui a 10 meses ou daqui a 10 anos.

    Aí não pode haver misericórdia, mas enquanto os tribunais não começarem a fazer o seu trabalho o nosso foco terá de ser muito claro - acalmar um mar que os outros querem ver sempre conturbado e para isso temos comunicados, textos, várias intervenções que defendam o Benfica, reponham a verdade quando for determinante, mas que tambem possam apaziguar... Tudo o que for linguagem e comportamento bélico nesta época, pode ser um erro grave!

    Bem vindo á blogosfera e que vamos estando por aqui a discutir com elevação o que tem que ser discutido!

    Força Benfica

    ResponderEliminar
  4. Tão raro encontra um BENFIQUISTA assim hoje em dia!

    Tantos recados...pena que ninguém no actual Benfica esteja interessado no Benfica!Que um dia voltemos a ter benfiqusitas na Direcção do Benfica, e então na cadeira de Presidente ainda mais..

    ResponderEliminar
  5. Ora aqui está aquilo que eu chamo " um rico naco de prosa". Parabéns RGS!
    Rumo ao penta, pois então.
    SLB Sempre!

    ResponderEliminar
  6. Caríssimo, Rui Gomes

    Texto fantástico de exaltação de Sermos Benfiquistas, que seja um Ano / Época de excelência do Sport Lisboa e Benfica. Grande Abraço.

    ResponderEliminar
  7. O meu entendimento nisto da equipa vs finanças fica a meio termo.
    Entendo a ideia de fazer uma aposta continuada na formação, apostar forte no centro de estágio e ter uma formação de luxo e orgulho-me muito de ver o Benfica a seguir esse caminho. É o caminho do futuro.
    Agora, acho que é possível ser mais inteligente no reforço da qualidade do plantel principal. Não acho que esteja tudo errado, como muitos por aí pintam, até acho que há mais coisas certas que erradas, mas sim, podia-se fazer mais.

    Exemplos :
    Samaris é um cepo. Com bola e sem bola. Com bola erra imensos passes e sem bola não entende timings de sair ou ficar. Para suplente do sempre lesionado Fejsa, até serve, para Portugal, não mais que isso. Na champions, já sabemos como é - centrais a serem pressionados, procuram solução curta, vêm Samaris, bola na frente.
    Lisandro - Não entende o que é zona. Seja bola do seu lado ou do lado contrário. É sempre atraído pela marcação individual. Mau na saída da bola.
    Eliseu - Não vale a pena estar a comentar as suas limitações.
    André Almeida - Eterno suplente. Todos sabemos que não tem a qualidade necessária para ser titular permanente. Vende-se o titular. Ao contrário do que seria a lógica normal, não se pode subir o suplente a titular pois o suplente não tem qualquer margem de progressão. Logo tem de se ir buscar alguém para titular. O problema não está em vender, está em que um suplente tem de ser um miúdo com margem de progressão, capaz de ir aprendendo para quando o titular sair ele entrar. Não é o caso.
    Júlio César - não vale a pena falar muito da sua condição física.

    É capaz de haver mais um ou outro, mas o post já vai longo.
    São casos simples que, com o dinheiro que entra das vendas, se podia facilmente com meia dúzia de milhões reforçar cada uma destas posições, melhorando substancialmente a equipa para o curto prazo. O futuro desportivo e financeiro está assegurado pelo centro de estágio, mas não podemos deixar os rivais respirarem no curto prazo.

    Brito L.

    ResponderEliminar
  8. Olha o Rui Gomes da Silva a pensar exactamente o mesmo que eu... também é bullyfiquista.

    Como eu disse agora o mercado fechou , só nos resta apoiar os que lá estão e que consigamos o penta campeonato.
    Ass: Benfica live

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apoiar mas sempre com o espírito do antigo Terceiro Anel, direi eu. Quem não se aguentar...pode ir embora!

      Eliminar
  9. Eu vou partir do principio que o caro RGS dá um vista de olhos ao que dizem dos comentários dele XD...

    Da proxima vez que o Guilherme Aguiar disser com cara de gozo q apito dourado n é nada pq ninguem foi condenado, pergunte-lhe quando é que o Jacito Paixão vai ser reintegrado no quadro de arbitros da primeira categoria.


    Olho por olho dente por dente era baixar ao nível mais baixo possivel... há dias vi um clip do otávio e aquilo dá pena. Há é q saber defender o Benfica. Nem é preciso atacar ninguem.

    COmo é possivel dizer-se que o JVP é que agrediu o Paulinho santos e o Ventura nada?
    Como é possivel dizer-se que o Luisão empurrou o GR do Sporting pela baliza a dentro e o Joao Alves ficar calado?
    Por falar em Calado, outro que dá pena vê-lo deixar passar em claro as diarreias mentais do carocho do Mendes.

    SE não sabem pedem ajuda. Não é uma vergonha, é um dever. Se não conseguiram corrigir na altura, corrigem no progama seguinte, não há que ter vergonha, que vos chamem de cartilhados, qual é o mal?

    OS lagartos e os provincanos querem que os Benfiquistas tenham vergonha de ser Benfiquistas e de defender o Benfica.

    Vão badamerda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. RGS lê todos os comentários, sim. Escusavas era de ter terminado o teu texto com uma tirada ao estilo daqueles que criticamos.

      Eliminar
  10. benfiquista de gaia04 setembro, 2017 11:05

    BOAS...nao temos BENFIQUISTAS no poder.....NOTA..mais um negocio esquesito....mitroglo.....se nao for verdade espero que vieira venha a publico desmentir e processar o empresario ..e os verdadeiros BENFIQUISTAS merecem ser imformados......ESSA DE QUERER METER A FORÇA o jorge mendes NO NEGOCIO E MUITO GRAVE...NAO E ..DR.RGda SILVA..????'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tema Mitroglou tem imensos posts em que podes comentar.

      Eliminar
    2. Shadows quando RGS comenta passas aki a vida a responder a todos os comentarios SEMPRE em sua defesa...gostava de te ver a fazer isso quando é outra pessoa... somos todos iguais neste forum..ou o RGS é mais benfiquista que o resto da malta???

      Eliminar
  11. Caríssimo consócio Rui Gomes da Silva, grande texto este! Pessoalmente, prefiro estes em que chama os bois pelos nomes àqueles em que os bois estão escondidos atrás das reticências...;)

    Subscrevo quase 'violentamente' a primeira parte do seu texto! Um jogo de futebol em que o Benfica não esteja envolvido directamente ou indirectamente interessado interessa-me até bem menos que um bom livro, um bom espectáculo, uma boa conversa ou uns bons 90 minutos a fazer o amor com a minha mulher. E isto inclui, perdoem-me a falta de patrioteirismo bacoco, os jogos da selecção nacional. É que para mim, como digo há muitos anos, o Nico Gaitán é bem mais português que o Bruno Alves ;)

    No fundo é assim: o Benfica não é só 'maior que Portugal', também é maior que o futebol!

    Só discordo da defesa da estratégia olho por olho, dente por dente perante o lamaçal da aliança anti-penta. Copio aqui o que comentei há dias sobre isso, no post do Benfica Sempre que o Shadows publicou:

    Perdoem-me o atrevimento, mas recomendo ao Benfica Sempre a leitura do livro 'a realidade é real?'.

    O que a Aliança dragarta esperava com esta estratégia era precisamente que respondêssemos à letra...queriam enervar, desestabilizar, retirar foco ao clube e à equipa. Quanto mais silêncio, mais desprezo e mais indiferença da nossa parte, mais furiosos e frustrados vão ficar, e mais se vão entalar.

    Mas atenção: isto em termos públicos e mediáticos; a par disto, Ministério Público com eles, a torto e a direito, porque é a torto e a direito que infringem. Quem diz Ministério Público, diz também (ou deveria dizer...) Autoridades da Justiça Desportiva. Mas aí, sinceramente, com Fernando Facturas Gomes, Tiago Cachecol do Porto Craveiro, Costas, Fontelas e Proenças, duvido muito que valha a pena...

    PS. Atenção que gostei MUITO do post na forma como descreve e concretiza a estratégia da Aliança anti-penta, talvez a mais certeira e precisa que já li. Do que discordo é da defesa de outra estratégia de resposta por parte do Benfica. Afinal, como alguém já disse, olho por olho, dente por dente só acaba quando todos estiverem cegos e desdentados! ;)

    Só descanso com o hexa de 2019.

    Carregaaaaaa!

    ResponderEliminar
  12. A "Aliança anti-penta" foi criada por quem não reforçou a equipa convenientemente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não perdes uma oportunidade para seres ridículo. Parabéns!

      Eliminar
    2. O JotaPê disse exactamente o mesmo no ano passado, há dois anos, há três, etc etc...
      heheh

      Eliminar
    3. Errado... foi criada por aqueles que não ganhandondentro de campo o tentam fazer fora deste.

      Eliminar
  13. Grande grande grande gigante!!!
    Eu tambem não quero ser campeão dos milhões, quero ganhar fácil ca dentro e lutar com bravura la fora....pra que possamos ser milhoes de benfiquistas campeoes...
    Se algum dia pensar em candidatar-se a presidente saiba que o meu voto é seu...

    Castro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quero é continuar a ver o Benfica ganhar e dominar o panorama desportivo em Portugal como o tem feito nestes últimos anos. Só no futebol profissional são só 16 títulos conquistados em 20 possíveis.

      Não quero ser o campeão dos milhões; mas quero ganhar sem ter que ver o Benfica hipotecar o seu futuro por décadas; sem ter que recorrer a VMOMC´s ou mesmo não cumprir com o fairplay da UEFA como acontece com outros que mesmo sem nada ganhar, há muito que estão em situação de pré-falência.

      LR

      Eliminar
    2. O Benfica também devia transformar em vmocs a divida que tem á banca. Deixava de ter divida e transformava-a em capital próprio.

      Eliminar
    3. Lol A lógica dos sapos é de morrer a rir. Se o Benfica não pagaswse juros tu e os acéfalos como tu até morriam engasgados. Não pagar juros é para caloteiros fascistas. É que nem a academia do BCP é vossa já. O pavilhão está por pagar.

      Engraçado alguém defender um esquema corrupto de transformar dívida em capitais próprios. Vou-te gamar dinheiro e depois transformo o que te roubei em vmocs e passa a ser meu. É isso palhaçote?

      Eliminar
    4. Não seja idiota. Os vmocs são pratica corrente de engenharia financeira noutro tipo de negócios. Nada se faz sem o acordo das duas partes.

      Eliminar
  14. Rui Gomes da Silva a começar a chegar-se (e bem) à frente para uma futura discussão que acredito que chegará mais cedo daquilo que muita gente pensa.

    Tony Montana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deus te ouça! Chega de ladrões, comissionistas e demagogos dentro do clube!

      Eliminar
    2. J... o teu clube tá cheio de ladrões (a começar no Pinto da Costa) e não te vejo a pedir eleições por lá.

      Eliminar
  15. Primeiro dar-lhe os parabéns por conseguir explicar porque é que nos os benfiquistas, somos primeiro Benfica e só depois é que somos adeptos de futebol ou da seleção nacional.
    Segundo dizer-lhe que não concordo com a política de olho por olho, dente por dente. Temos que ser muito mais pragmáticos. Temos que combater as batalhas que queremos combater e no tempo que nos for mais favorável. Não podemos gastar energias em assuntos que serão melhor tratados junto das instâncias judiciais.
    Uma das batalhas que temos que combater, e tem que ser agora, é a batalha da Comunicação Social, internet e blogues. Tem que ser já.
    Neste contexto, gostava de lhe perguntar porque é que saiu do jornal A Bola. Era relevante sabermos. Acredito que tenha que ver com a tentativa de silenciamento do Benfica. Mas gostávamos de saber pormenores.
    Por último, queria pedir -lhe para deixar de usar o registo de ir deixando mensagens para mais tarde serem usadas noutros contextos. Já todos percebemos onde quer chegar e como quer chegar. Não o crítico por querer chegar. Acho legítimo e a sua contribuição é e será positiva. O que critico é a forma como o faz. Deixando aqui e ali mensagens, quase subliminares, para depois serem usadas.
    Juntos,
    Rumo ao Penta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta questão levantada do porquê de RGS ter "abandonado" a ABola também a mim me inquieta(ou). Por um lado, se a prosa era demasiado contundente para a sensibilidade editorial do jornal, (não nos esqueçamos que talvez pelo mesmo motivo, Eduardo Barroso foi convidado a levantar ferro), por outro e paradoxalmente, dão a vez a um lagarto ainda pior, no que a verbe diz respeito, Dias Ferreira, sendo que do lado benfiquista entra Bagão Félix aquele SENHOR que toda a gente conhece e reconhece, que lá vai defendendo a nossa dama, dentro do politicamente correcto. Entretanto, brasão abençoado a par do já mencionado DF, são autênticos elefantes em loja de porcelanas, com claro desequilíbrio para o Glorioso na defesa das cores dos nossos interesses. E não esqueço e aqui contabilizo a presença do grande benfiquista que é o Dr. Fernando Seara, mas cuja escrita demasiado rebuscada e intelectualizada, não me parece cumprir o serviço mínimo obrigatório. Pelo menos, aquele que eu gostaria. Daí pensar que a saída de RGS obedeceu a um plano editorial de enfraquecimento opinativo, ou, a cedência a algum lobby ainda por mim desconhecido.

      Saudações gloriosas

      Rodrigues Dias

      Eliminar
    2. "Neste contexto, gostava de lhe perguntar porque é que saiu do jornal A Bola"

      Era muito mais importante saber porque é que RGS saiu do Benfica...

      Eliminar
    3. A escrita de Fernando Seara não é intelectualizada - é tecnocratizada (ou burocratizada, se se preferir)...uma lástima suburbano-deprimente. E com erros de português, no meio de tanta palha.

      Bagão Felix, sim, é um verdadeiro regalo lê-lo! Como era Leonor Pinhão, aliás. Estarão em polos opostos, em termos ideológicos e sociológicos, mas aproxima-os a elevação ética, a inteligência quase voluptuosa, a distinção pura e dura dos espíritos livres...

      Eliminar
    4. Totalmente do acordo
      É um orgulho ser consócio do Bagão e da Leonor.

      Eliminar
    5. Tambem concordo totalmente : cada um no seu estilo , são de longe os melhores comentadores do SLB
      na imprensa - ainda por cima num Português que é um prazer ler . E sem reticências ! ( apenas q.b. )só no post supra , do Dr. Gomes da Silva , contabilizei salvo erro 24 ( ! ) . Quanto a F.S. será
      generoso nem comentar ...

      S.A.

      Eliminar
  16. EXCELENTE!
    Quando era pequenino gostava do Benfica porque era do Eusébio e aprendi quase ao mesmo tempo a gostar da bola de jogar à bola.
    Hoje gosto do Benfica, mas amo a arte no Futebol tanto ou mais que o Benfica. Aliás como sou um apaixonado em geral de qualquer tipo de arte.

    Texto Super, Super Interessante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo visto nem todos o conseguem compreender na sua total amplitude.

      abraço

      Eliminar
  17. Tanta gente a ler e a tão pouco entender o que RGS disse... Muitos até chegaram ao cúmulo de dizer que RGS está a fazer o começo de propaganda eleitoral....nada disso....leiam as entrelinhas..
    RGS tal como o LFV falou em tempos apelou à defesa do clube, e não ao ataque dos outros, essa defesa e Feita aqui na NET pelos blogs, no estádio pelos que apoiam na rua pelos que seguem....é deixar os outros carpir entre eles nos benfiquistas sabemos bem o que é cair no erro de ir no jogo deles....isso custou-nos quase 2 décadas de prestígio.... Algo que só começamos a recuperar já em finais de 2008.
    Hoje o Benfica está estável, é isso assusta os adversários logo tentam minar a opinião dos que ainda tem dúvidas, o Benfica cresceu hoje está mais perto daquilo que foi no passado.. ..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro guerra? És tu?

      Eliminar
    2. Parece-me que tu é que não entendeste patavina do que foi escrito...!

      Eliminar
    3. O Pedro Guerra nunca foi processado por um clube por ser um aldrabão mentecapto.

      jotaParvo, até a tua mºae tem vergonha de ti.

      Eliminar
  18. Divulgar a pouca vergonha a que isto chegou;

    https://www.youtube.com/watch?time_continue=189&v=KpoGHa-L3lY

    ResponderEliminar
  19. Ó Stôr,essa da corrida ao ELISEU,é um desporto que se pratica já,mais em Portugal do que em França.Cá, qualquer "Sarkozy", perdia de goleada com os cumentadeiros das nossas tv rascas!

    ResponderEliminar
  20. Caro RGS, ilustre benfiquista de gema.
    É fundamental defender o clube da aliança dragarta, dos constantes e alinhados ataques sujos diários. No entanto, acho importante não baixar ao nível deles.

    É realmente um ano muito importante, como são todos, mas neste poderemos ser Penta e atirar um dos dragartos para a Liga Europa (menos 20M de orçamento). Daí não entender muito bem a estratégia de desinvestimento na equipa principal. Tinha a ideia que a Direção apostasse forte no plantel deste ano. Por outro lado, percebo a importância de baixar o passivo para preparar terreno a um eventual super plantel. Até lá, teremos um possível Penta discutido taco a taco com os dragartos, pelo que acho que não será nada, mesmo nada, ser campeão este ano. No entanto, cabe a todos nós acreditar e apoiar nos estádio...por este sonho chamado Penta37.

    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  21. Só mais uma achega,sou pró-Benfica nada contra ninguém, mas se obviamente vir coisas que no meu entender são erros graves de lesão, aponto, como é dever de qualquer benfiquista.
    Somos pessoas inteligentes,(o pessoal gosta muito da dinheiro e de poder - enfim, na boa!), existem decisões que são de contestar fortemente!
    1ª Endividamento "desregulado" do Benfica. Precisamos de um passivo menos de metade disto que somos. Para mim qualquer coisa na ordem dos 200 milhões e mesmo assim!
    Obviamente que temos que dar a ganhar a empresários, outros ários e outros improváveis. 10% a dividir por essa gente toda de cada transacção - é até demasiado. Os indivíduos que fazem negócio com o Benfica têm a sua "mercadoria valorizada", interessa-lhes até mais a eles, entenda-se!

    2º Entradas e saídas, (suspiro), de bons jogadores, (sim) mas a um ritmo de 5 ou 6 por ano. Demasiados negócios, perca de foco, perca de energia sobre o essencial: TER BONS PLANTEIS E VENCER!!! SÓ DE BONS JOGADORES CARAMBA, AGORA VERAS e Arangos e outras Fariñas desse saco, caramba pah!
    É quase impossível errar-se a contratação de um jogador - temos os vídeos dos jogos, visualização ao vivo, investigação séria sobre os hábitos dos jogadores (Remember Taarabt and Bilal e outros tais Jonathans) entre outros aspectos. Ter uma short list actualizada, 4 a 6 jogadores para cada posição com valor real de mercado, para quando sair um entrar logo outro - objectivo acabar com esse tipo de ruído em volta do plantel. Casos como os de Grimaldo, Hermes e Pedro Pereira são bons exemplos, apesar dos últimos afinal não renderem o que se pensava ser possível render.
    Temos que ter uma equipa grande de scouting para fazer este trabalho, nem que seja necessário uma dezena de pessoas a visionarem vídeos, a darem dicas, que seja um departamento cheio de vida, de nomes, de novas realidades todos os dias. Se temos muito menos dinheiro temos que ser muito mais trabalhadores, investigarmos, onde ninguém investiga.

    Acho pouco inteligente (vá lá) ter mais que 26 jogadores na A, 18 de valor na B e outros 11 (um por posição) emprestados, jogadores a ganharem experiência que irão sem a mínima dúvida servir a equipa A - ESTRATÉGIA INEQUÍVOCA! Dá mais de 50 jogadores, cada um destes atletas deve ser acompanhado individualmente com feed-backs do seu trabalho, de áreas que tem de trabalhar para evoluir mais rapidamente. TEMOS QUE SER SUPER PROFISSIONAIS, porque os outros têm o dinheiro - nós teremos a paixão, a 1nteligência, o rigor e a competência.
    Se calhar já é assim, mas se é, esse número de atletas indica outra coisa. Já li em jornais que jogadores emprestados não receberam mais que um telefonema durante o ano do clube, em casos de empréstimo, isso é SURREAL. Os jogadores têm todos que ser monitorizados e acompanhados, independentemente das orientações dos clubes onde estão, o Benfica deveria ter um dossier de cada atleta com as suas virtudes e lacunas e esses dados serem trabalhados regularmente com os atletas para os ajudar efectivamente a queimar etapas na sua evolução - está muito dinheiro em jogo.

    Gosto mais de pensar que andar a falar deste e daquele. escrevo isto sabe porquê, devido a se ouvir dizer que existe aburguesamento aqui ou ali.
    O poder que temos é tão grande que merece decisores cheios de paixão, profissionalismo, desejo contínuo de melhorar, inovação permanente.
    Nós merecemos, só nestes termos voltaremos a ser como os maiores, com inteligência e profissionalismo extremos.

    Um abraço, nada contra ninguém, tudo pelo Benfica, tudo a favor da inteligência e do profissionalismo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leitor assíduo a algum tempo, mas é o meu primeiro comentário. Acho o teu post pertinente no entanto é preciso ver um bocadinho mais longe.
      Acerca do teu primeiro ponto estou de acordo, reduzir o passivo para metade era (e espero que seja) a estratégia que vem a seguir, aguardo pelo relatório de contas para ver qual a utilidade que o clube deu aos montantes encaixados desde Janeiro. É importantíssimo não estarmos expostos a banca e pagar juros que nos deveriam permitir comprar jogadores ou investir em infraestruturas. No entanto nunca será a estratégia de nenhum clube ou empresa estar a zeros (de passivo), mas tem que estar controlado. Em relação aos empresários. concordo eles existem, vivem disto e também ajudam a inflacionar os jogadores (tem tudo a ganhar com isso).

      No teu segundo ponto, podemos ver isso de tantos lados..
      Se era fácil descobrir jogadores/talentos achas que os tubarões da Europa não os iam directamente buscar? Claro que sim! Mas então porque é que não o fazem? Porque há riscos! Mas porquê é que o Benfica corre esses riscos? Porque não conseguimos competir com os tais tubarões, resta ao Benfica seguir a estratégia de descobrir a truta que ira desportivamente ajudar o clube a atingir os seus objectivos assim como encaixes financeiros significativos.
      "Em 10 há um que se aproveita!" não há como negar, em tudo na vida como no futebol tem que se errar para acertar.
      Voltando ao risco, e sobretudo a tua opinião sobre o acompanhamento dos jogadores, sinceramente espero que o Benfica tenho de facto um departamento não só para descobrir/documentar potenciais talentos mas que consigam definir os seus perfis psicológicos, rotinas e hábitos (pode não ser fácil). No entanto, o que hoje é, amanha pode não ser, tantos jogadores que se viram com meia dúzia de tostões nas mãos, as tais grandes promessas e talentos e depois acabam a jogar na 2º distrital. Podem ser feitos "N" investimentos garanto-te nem todos vão correr bem ou como o esperado.

      Se sou contra ou a favor dos tais 100 jogadores que o Benfica tem? Sinceramente não sou contra.
      Fazendo o trabalho de casa, esses tais 100 jogadores irão render o seu custo ou até ter lucros (por ex: Marçal) OU irão dar um prejuízo mínimo, alguns infelizmente irão dar prejuízos de milhões (Tarabt e afins). No entanto haverá mais probabilidade de encontrar o tal jogador que irá ser vendido por 30,35,40 Milhões sem contar os benefícios desportivos. O Benfica, e olhando cá para o burgo é o único que se pode dar a esse luxo, ter 100 jogadores, comprar 25 numa época e despachar outros 25 e assim aumentar as probabilidades de encontrar talentos.
      E no final isto faz/ou espero que faça parte da estrutura. Tem que se ter os olheiros para descobrir jogadores, tem que se ter profissionais que consigam definir perfis dos jogadores (psicológico e hábitos de vida). Profissionais que consigam fazer a gestão dos activos (jogadores), po-los a competir, emprestar/rodar noutros clubes e concordo contigo: o seu acompanhamento esteja o jogador onde estiver.
      Esta parte da estrutura é de uma importância imensa para reduzir riscos e poder ser rentável/saudável.

      O Benfica, aos olhos dos benfiquistas é paixão, amor, alegrias e ate as vezes tristezas. Na realidade é uma empresa como qualquer outra, tem que ter activos/passivos para dai tirar lucros e seguir uma estratégia bem delineada de maneira a conseguir os seus objectivos (títulos e ter um passivo controlado). Resta-nos a nos adeptos, apoiar, discutir, criticar porque só assim se poderá melhorar.

      Um abraço, nada contra ti nem ninguém, como tu próprio dizes tudo pelo Benfica! a favor da inteligência e do profissionalismo.

      Ass: Socio do Benfica

      Eliminar
    2. O teu contra ponto é razoável, provavelmente quanto ao acertar-se é mais o que dizes do que o que digo, pois existem imensas varáveis.

      Eliminar
  22. Ataques contra o Benfica só há dentro de campo. Fora das quatro linhas é só barulho e só ouve quem quer ouvir.
    Não é olho por olho, dente por dente. É deixá-los falar e que se enterrem cada vez mais. Vai demorar tempo, mas eles enterram-se e o Benfica passa.

    ResponderEliminar
  23. Aos mais desatentos RGS ja se fartou de dizer no dia seguinte que nunca sera uma oposicao ao LFV,pronto porque escreveu uma cronica um pouco diferente das primeira ja se esta a preparar para uma candidatura agora digo eu e porque nao,e homem para governar o s destinos do nosso clube da forma que se estao comportando os nossos inimigos digo inimigos porque de adversarios nao tem nada olho por olho dente por dente olhem pro sem pescoço e para o traques aquilo se sao adversarios vou ali e ja volto.

    Sou mais um dos que nao posso viver sem o Benfica a vida e o mundo estao dificeis e todos temos problemas na vida mas quando joga o Benfica e ganha nao existem probelmas que resistem o Benfica apaga tudo viva o melhor clube do mundo.

    ResponderEliminar
  24. Parabéns Dr Gomes da Silva. Grande texto. Todos à luta pelo Penta. Que seja uma realidade. Benfica Sempre!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dr porque? e' medico? irra pra esta mania dos portugueses dass

      Eliminar
  25. Muito bem! É isso mesmo a descrição da alma BENFIQUISTA!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica