O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual vai ser o resultado do Derby?

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Avatar

Os nossos impostos ao serviço do Futebol Clube do Porto.

 ●  + 38 comentários  ● 
“A concelhia do PSD de Vila Nova de Gaia acusou o presidente da câmara, o socialista Eduardo Vítor Rodrigues, de "conflito de interesses e promiscuidade" ao aceitar um cargo na SAD do FC Porto. "Onde está o interesse público não cabe qualquer componente de cariz pessoal. Isto só tem um nome. Chama-se conflito de interesses e promiscuidade, com as todas as letras", refere o presidente da concelhia do PSD de Gaia, Cancela Moura, em comunicado hoje divulgado.

A SAD do FC Porto divulgou na quarta-feira os pontos de trabalho da próxima assembleia geral de acionistas convocada para 17 de novembro, um dos quais a eleição do presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, para administrador não executivo.
Já para o PSD, "ainda que a lei o permita", a situação é "ética e absolutamente reprovável" e "enferma de uma grosseira inversão da hierarquia de valores e até das convicções de quem exerce um cargo público em nome de uma comunidade".

Os sociais-democratas recordam que "o FC Porto tem sediado em Gaia o Centro de Estágio e Formação Desportiva Olival/Crestuma (...) sem nada pagar em troca" e que "foi também cedida à equipa B de futebol do FC Porto, em regime de exclusividade, (...) a utilização do Estádio Jorge Sampaio, em Pedroso (...) contra o pagamento, muito recente, de uma renda simbólica e manutenção do relvado".

Ainda sobre a presença do FC Porto em Vila Nova de Gaia, assinalam que a secção de andebol "tem ainda o uso regular do Pavilhão Municipal da Lavandeira" sem pagar "quaisquer contrapartidas financeiras".

"O presidente da Câmara de Gaia deveria ser intransigente com os interesses dos gaienses, como, do mesmo modo, quem seja administrador da SAD, defende o F.C. Porto" sublinham os sociais-democratas.

Os sociais-democratas rematam o comunicado com duas questões ao presidente da Câmara de Gaia que querem que explique "qual o modelo de gestão, a quem será adjudicado e em que condições irá ser utilizado o Pavilhão das Pedras" e ainda "a que reporta o ajuste direto para a aquisição de serviços de venda de vouchers com viagem e estadia para ofertas institucional, no valor de 9.300 euros, de 29.12.2015, adjudicada à empresa Dragon Tour".

Contactado pela Lusa, Eduardo Vítor Rodrigues destaca ser "surpreendente que o PSD" faça estes "ataques lastimáveis, cheios de fanatismo e preconceito" uma vez que "enquanto esteve na Câmara construiu um Centro de Estágio para o FCP, dizendo tratar-se de uma parceira estratégica para o Município, ao mesmo tempo que cedeu gratuitamente o Estádio Jorge Sampaio para o FCP (equipa B)".” – O Jogo.
----------------------------

Já tínhamos revelado que a CM Porto e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte andavam de mãos dadas a ajudar o FC Porto. Já só faltava que a Câmara mais endividada do país, a de Gaia, regressasse como muleta do FC Porto.

Isto ficou claro no post “Pinto da Costa anuncia “novo FCP” no “Teatro para Totós” que é o Porto Canal.” e no post “FC Porto procura financiamento nos nossos impostos?” onde revelamos o financiamento público que deu ao FC Porto o complexo da Piscina da Campanhã e que o então presidente da CCDR-N tinha aceite ser vice-presidente do FC Porto com o pelouro de “Planeamento de Novos Empreendimentos”.

(Aliás num destes posts até revelamos com antecedência o que seria a composição do Conselho de Arbitragem...)

O Futebol Clube do Porto ocupa instalações e serviços na zona do Grande Porto que custaram aos contribuintes portugueses mais de 20 milhões de euros.

O Futebol Clube do Porto usufrui de equipamentos públicos sem pagar ou a custos simbólicos.

Parece que estamos a regressar aos tempos de Nuno Cardoso ou de Fernando “Capachinho” Gomes em que a CM Porto estava ao serviço do FC Porto.

Hoje temos a CM Porto, a CM Gaia e a CCDR-N ao serviço do FC Porto usando para isso os dinheiros públicos.

O que leva o autarca de Gaia a querer estar tão envolvido com o FC Porto?

Porque estão a obrigar os contribuintes portugueses a resgatar financeiramente o FC Porto?


Será que se estas benesses dadas ao FC Porto fossem referendadas directamente pelos munícipes de Gaia e do Porto seriam aprovadas?

38 comentários via blogger

  1. caros, o seixal foi caro? Segundo se constou a CMS deu um valente "empurrão" para o centro ser no seixal.
    haja moral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CM Gaia deu o Olival ao Porto,o Estádio Jorge Sampaio e pavilhões municipais para a equipa de andebol.

      Eliminar
    2. E as piscinas que pertencem à Câmara do Porto estão ao serviço do FCP.

      O Seixal foi pago com o dinheiro que o Benfica angaria da venda de publicidade e marketing aos seus clientes.
      Que eu saiba as Câmaras de Gaia e do Porto não são clientes do FCP.

      Eliminar
    3. Anonimo das 16:40, estás a comparar o incomparável. Tem juízo.

      Eliminar
  2. Ninguém duvide, que havendo mais um ano de zero conquistas, o fcp desaparece!
    Este é o último ano, a última tentativa de vir à tona de água, para tentar respirar!
    Dai, todos estes "movimentos" em desespero!

    Em breve, será: F.C.P. 2016

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nessa altura é que poderão finalmente usar o 1893...

      Eliminar
  3. O que sabe o "Anónimo 31/10/16, das 16:40" sobre a C.M.Seixal? o SLB gerou emprego no concelho, o porto sugou recursos de Gaia e dos contribuintes portugueses, qual a parte que lhe custou a entender?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica cria riqueza. O Porto cria pobreza.

      Confissão de um adepto (O Centro de Gaia)
      "SOU PORTUGUÊS, PORTUENSE e EX. SÓCIO PORTISTA. 

Para melhor compreenderem o que é clubite aguda, não há melhor que a minha própria história.

 Como sócio Portista e Portuense, sinceramente nunca me importei que a Câmara de Gaia tenha gasto o que gastou do érario público para construir o centro de estágio do Olival e que de forma quase gratuita o tenha disponibilizado para uso fruto exclusivo do clube do qual era sócio há mais de 30 anos. 

Até fiquei como é de calcular, muito contente com a efectivização deste grande negócio da China, por tudo de bom que este deu a ganhar ao FCP. 

Para mim e como sócio do FCP de forma natural só vi vantagens. Como por exemplo de o FCP não ter que investir milhões de euros na construção e manutenção do seu centro de estágios como aconteceu com os seus rivais de Lisboa e assim poder investir esse dinheiro no reforço da equipa principal de futebol do clube. E continuei assim todo contente e feliz durante muito tempo; a minha vida desde há muito que sempre se resumiu de forma simples á fórmula de tantos outros Portugueses: casa (família)-trabalho-casa (família); os poucos tempos livres que eu tinha eram ocupados pela minha grande paixão... FUTEBOL CLUBE DO PORTO... clube do qual era sócio e que raramente faltava a um jogo.



      Esta minha rotina de mais de 30 anos foi bruscamente interrompida há mais de uma ano atrás quando pela primeira vez na vida fiquei desempregado e sem o rendimento necessário para sustentar adequadamente a minha família, mas também o meu vicio... o FCP. Desde dessa altura tive que deixar de ser sócio do clube que tanto amo, como igualmente deixei de ir assistir aos jogos no Dragão. 

Infelizmente a minha actual situação de DESEMPREGADO, teve em grande parte origem da irresponsabilidade económica e social do poder politico do ex Presidente da Camara de Gaia e nos seus ruinosos projectos camarários, onde o centro de estágios do Olival é um dos mais visiveis. 

È que eu há mais de 20 anos que era funcionário de uma PME com sede em Vila Nova de Gaia; eu e os meus ex colegas sempre fomos bem tratados pela entidade patronal e pagos a tempo e a horas; infelizmente e com a conjugação da crise e o aumento de impostos a empresa começou a ter dificuldades como tantas outras.... há dois anos atrás começou a sufocar, não porque não gerasse dinheiro suficiente para fazer frente aos seus compromissos estritamente ligados ao negócio em si... mas devido ao aumento da carga fiscal municipal que foi entretanto incrementada pela a autarquia mais endividada do país, para esta poder continuar a pagar os ruinosos projectos e negócios camarários entretanto realizados e em vigor, como é o caso do referido centro de estágios do Olival. 

Hoje e infelizmente acordei para a dura realidade da vida.
      O meu FCP paga ordenados milionários aos seus dirigentes e jogadores, enquanto paga uma migalha de 500 euros mês (um terço do meu anterior ordenado) para utilizar um estrutura que foi e continua a ser paga com o dinheiro de todos os contribuintes de Gaia, inclusive empresas que dão ou davam emprego a cidadãos Portuenses e Portistas. Pessoalmente hoje, posso afirmar que este FABULOSO NEGÓCIO DO MEU FCP... FOI A MINHA RUINA.

 Anónimo Desempregado".


      Eliminar
    2. Lamento a sua situação e é asqueroso que o porto tenha tantas isenções. Lamento também que ache que a sua empresa faliu motivado pelo aumento da carga fiscal.

      Eliminar
    3. Caro Anónimo, é nestas situações que nos apercebemos que o futebol é uma merda quando mexe com a vida e a dignidade das pessoas. Para si, toda a minha solidariedade e que estas situações não se repitam ou sejam revistas as que estão em vigor, seja em favor do SLB, FCP ou SCP.

      Eliminar
    4. benfiquista de gaia01/11/16, 13:37

      INFESLIMENTE...estes casos como este anonimo desempregado ...e aos MONTES....tinha esperança com este novo presidente mas falhei...estamos fodidos GAIENSES...eu so escapei porque ja previa...

      Eliminar
    5. benfiquista de gaia01/11/16, 14:24

      INFESLIMENTE...estes casos como este anonimo desempregado ...e aos MONTES....tinha esperança com este novo presidente mas falhei...estamos fodidos GAIENSES...eu so escapei porque ja previa...

      Eliminar
  4. Ha males que vêem por bem, por isso o mal do Sporting estar agora em 4 trás a "alegria" de vocês agora chatearem o fcp.

    Isto para fazer apenas uma pergunta:

    O Braga estando em 3 não merecia um(ou vários) post's a criticarem qualquer coisa? A mandar a baixo uma coisita qualquer? A falar mal de alguém lá de dentro?

    Ou sao tão amigos, tão amigos(amizade de betão)que não os vêem minimamente como uma ameaça?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca gostei dos fatos académicos de Braga, parecem uma adaptação manhosa das fatiotas - também ridículas - dos estudantes de Coimbra.

      Serve?

      Eliminar
    2. Anónimo das 17:44, odeio corruptos. Obrigado.

      Eliminar
  5. o tuga só tem aquilo que merece.

    ResponderEliminar
  6. Onde está o espanto?A 11 km do Lumiar, no Pavilhão José Gouveia em São João da Talha, o SCP utiliza o mesmo como se sua casa fosse para o Hóquei em Patins, tirando horas de utilização pública, sem qualquer contrapartida financeira.Tudo engendrado por intermédio do anterior presidente de Câmara, Carlos Teixeira, que é dirigente leonino e adepto daquele clube.A vergonha que se passa na promiscuidade entre poder local e agremiações desportivas é corrente e aparentemente, tolerada.Bloqueiar este post mais uma vez sff, como é apanágio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o Benfica usa o Casal Vistoso, por vezes. O que isso tem a ver com obras de 20 milhões de euros de dinheiro dos contribuintes feitas propositadamente para serem usados pelo FCP?

      Eliminar
    2. Não uses o meu post para projectar uma imagem de sapiente, sff.Se aprecias coerência, também censuras essa utilização por parte do nosso clube.Utilizar um espaço público a pretexto de que se promove o desporto, alienando outros da ocupação desse espaço é a mesma coisa que usar dinheiro público para obras do clube.É a mesma coisa que financiar com os impostos de todos, o clube de alguns.Os clubes são os maiores promotores de desporto mas não são nem devem ser monopolistas da organização desportiva.

      Eliminar
    3. Joca, o Benfica paga para utilizar o pavilhão ocasionalmente como eu ou outros que o alugam para jogar.
      Além disso quer o Casal Vistoso quer o outro pavilhão que mencionas foram construídos não para servir os clubes mas sim as populações. Ocasionalmente são utilizados(e pagos) pelos clubes.

      Estás a baralhar com que intenção? Queres comparar essas situações com a construção de raiz de um complexo de quase 20 milhões de euros para beneficiar unicamente o FCP? Queres comentar os assuntos com honestidade ou para inquinar a conversa?

      Eliminar
    4. Não estou a inquinar conversa nenhuma.Apenas a salientar que o SLB também utiliza equipamentos públicos sem pagar.Ninguém devia pagar em equipamentos publicos mas isso é outra seara.O caso do FCP é vergonhoso, tal como tem sido a prostituição da CMP nos últimos 30 anos com a excepção do Rui Rio aka fã dos pópós que não se prestou a ganhar votos prostituindo o erário público.O pau mandado que lá está agora voltou a acenar com o centralismo numa conversa que enjoa a toda a gente menos a que mora nos subúrbios a Norte e precisa de outros para justificar a sua infelicidade.O SCP não paga pelos pavilhões que utiliza, estabelece «protocolos» que envolvem invariavelmente crianças.Desconheço se o nosso clube faz o mesmo.Se o fizer não temos moral para falar.

      Eliminar
  7. Quanto ao FCP, estamos falados!.
    Relembrar o sr. Pedro Santos da tvi, que Gonçalo guedes tem mais assistências e golos na LC que o teu Gelson e é mais novo!
    Vai ver o Florentino para veres o que é um grande jogador.
    Querem vender jogadores ao bayern mas acabam no .....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que isso tem a ver com este assunto...?

      Eliminar
  8. O novo centro de Estágios do FC Porto devidamente anunciado nas últimas eleições do FC Porto vai ter o carimbo da Câmara Municipal de Gaia, é exactamente por isso que estas movimentações começam a ser feitas, até ao fim deste mandato de Pinto da Costa iremos ter novidades, o Olival começa a ser muito curto e depois da aposta séria do Benfica na formação o FC Porto não quer ficar para trás... o Olival é agora muito pequeno para as pretensões portistas e está nos planos construir um novo centro de formação e estágios de nível mundial, um 'topo de gama' construído com dinheiros públicos para o FC Porto... isto na cidade do Porto já se sabe faz tempo, aliás a pergunta do momento é para quando é que avançam as obras.
    Saudações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que estar atentos para denunciar essa pouca vergonha.

      Eliminar
    2. Vês Shadows fizeste bem em fazer um post sobre este assunto.

      Eu vi logo que havia aqui truque.

      Não é normal uma situação destas.

      Eliminar
  9. “A concelhia do PSD de Vila Nova de Gaia acusou o presidente da câmara, o socialista Eduardo Vítor Rodrigues, de "conflito de interesses e promiscuidade" ao aceitar um cargo na SAD do FC Porto. "Onde está o interesse público não cabe qualquer componente de cariz pessoal. Isto só tem um nome. Chama-se conflito de interesses e promiscuidade, com as todas as letras", refere o presidente da concelhia do PSD de Gaia, Cancela Moura, em comunicado hoje divulgado.
    Falta referir que foi com o apoio e a aprovação TOTAL do PSD (Luís Filipe Menezes)que os acordos foram feitos. Ser o PSD a denunciar isto tem a sua piada. Cara e coroa da mesma moeda, não façamos distinções partidárias. Não há os bons dum lado e os maus do outro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém falou em partidos nem em política. O post aborda o uso indevido de dinheiros públicos em benefício do FCP.

      Eliminar
  10. Ó Shadows, andas muito preocupado com o Porto, só foste ver agora o calendário?

    Isto dos dinheiros públicos, tem muito por onde se lhe diga, ninguém pode apontar o dedo a ninguém:

    http://apodrecetuga.blogspot.pt/2011/10/65-milhoes-para-o-benfica-golo-mal.html#.WBeZz_mLTIU

    65 Milhões, coisa pouca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não inventes...nem leio esse link. Queres contabilizar os benefícios dados ao FCP desde os tempos de Fernando Gomes ou Nuno Cardoso? Não brinques com coisas sérias.

      Eliminar
  11. É verdade, "ninguém falou". Apenas citou. Não sou PS, não sou PSD, mas sou Gaiense e sócio do Sport Lisboa e Benfica (nº 15051, sem interrupções). Para falar sobre o Olival não preciso de citar ninguém, basta conhecer a realidade. Citar PS ou PSD é perfeitamente dispensável. Desculpe, mas é o que penso. Quanto a "ninguém falou de política", é muito difícil falar de decisões políticas sem falar de política, parece-me a mim. Obrigado pela resposta, na mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Jorge, o que quis dizer é que não vale a pena querer pegar no post para falar de cores políticas pois são todos iguais. O que tem sido feito em Gaia como em tantas outras câmaras municipais é um atentado ao bolso de todos nós contribuintes.

      O dinheiro público não é do Estado, das CM ou de outros organismos. É dinheiro dos contribuintes.

      Eliminar
  12. Não querendo criar jogos florais, desculpe se peguei no lado errado da posta. Só entrei por aí, porque o tema foi introduzido, de facto, a partir de uma citação de um dirigente desse partido. Como já foi tratado anteriormente, não estava à espera que o mesmo fosse introduzido a partir de uma citação político-partidária. Não sou contra partidos, respeito-os mas, no caso, os dois (PS e PSD), quando ao Olival,estiveram iguais, nenhum pode atirar terra ao outro. Para o bem e para o mal, o dinheiro do Estado é nosso, porque é público e o Estado somos nós todos. Ser mal gerido, desviado, sonegado, roubado, etc. é outro assunto. Nós, todos, ainda não conseguimos ser mais fortes como povo do que aqueles que nos têm governado. Apenas somos chamados de 4 em 4 anos. Duas hipóteses: deixar andar, vociferando; intervir como cidadão. Acho que ambos preferimos a segunda. Abraço pelo Benfica.

    ResponderEliminar
  13. Deves ter uma grande moral depois dos 65 milhoes da Epul

    ResponderEliminar
  14. O Rui Rio é que os topou. Neste período de 8 anos em que fechou a torneira ao FCP, as contas da Câmara do Porto ficaram muito mais equilibradas e a cidade evoluiu.
    Hoje em dia estamos a regressar ao passado, não com tanta influência como em gestões anteriores mas vai-se fazendo de forma mais encapotada. Acredito que se não estivéssemos nesta situação de austeridade, os apoios ainda seriam maiores.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

artigos recentes