O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Avatar

A hora de pegar nas armas?

 ●  + 54 comentários  ● 
A história da Irlanda do Norte é uma história que conheço um pouco. É um pais pequenino com menos de 1.8 milhões de habitantes, que faz parte do Reino Unido, e que viveu no passado uma das mais sangrentas guerras civis de que há memória, a conhecida guerra entre os protestantes e os católicos.

Aquilo que para muitos é uma guerra religiosa, de facto não é, e garanto que são muito poucos aqueles que pegam em armas que vão à missa. Os protestantes são pois os que defendem a integração da Irlanda do Norte no Reino Unido e "parceira" da Inglaterra (como acontece nos dias de hoje), os católicos são os que defendem uma Irlanda unida, entre o Norte e o Sul – a República da Irlanda.

Os católicos, apesar de viverem num pais britânico, continuam a achar-se irlandeses, e colocam mesmo bandeiras da República da Irlanda nas suas ruas como forma de identificação.

E em nome desta guerra civil muita gente morreu, e para trás ficaram marcas que nem o tempo ajudou a sarar. Há ódio mesmo, e temas proibidos, e alturas também – sobretudo no mês de Julho - , em que celebrações de batalhas antigas põe em confronto nas ruas alguns elementos das duas fações, e há sempre gente a “apanhar à séria”.

Mas o mais irónico nessa guerra surda que continua a existir na Irlanda do Norte entre os que querem ser britânicos e os que querem ser irlandeses, é que se formos à República da Irlanda ou à Inglaterra falar desta “guerra”, eles estão-se completamente marimbando para aquele pedacinho de terra. Mal comparado é imaginar dois “amigos” que disputam a mesma mulher e andam à porrada a vida toda, e a mulher há muito que é casada com outro e nunca quis saber de nenhum dos dois.

Os celeumas são tantos que por exemplo, no futebol existem duas seleções, a Irlanda do Norte e a República da Irlanda, e quando a Irlanda do Norte joga, o hino que se canta é o God Save the Queen dos Ingleses. Já no rugby existe apenas uma seleção, a Irlanda unida que engloba jogadores das duas Irlandas, e quando a Irlanda do rugby joga, o hino que toca é uma música inventada para a ocasião, uma música neutra, já que nem o hino oficial irlandês nem o God Save the Queen se podem ouvir para não levantar celeuma.

Mas apesar das feridas abertas do passado, algumas delas bem profundas, a Irlanda do Norte é um país que conseguiu um acordo de paz no ano 2000, e desde essa altura a vida tem sido muito mais bela e pacífica para todos. As pessoas podem andar na rua livremente, ir às compras ou ao teatro, sem medo que uma bomba lhes rebente no carro ou que um cocktail molotof lhes entre pela janela e lhes destrua a família.

Claro que, mesmo que 99% da população da Irlanda do Norte defenda a paz, há sempre o outro 1% que não esquece o passado e que faz tudo para que o terror regresse às ruas e tudo volte a ser o que um dia foi. Volta e meia alguém provoca um incidente que visa provocar um rastilho e incendiar a população, mas a maioria da população ignora, deixa passar, está vacinada, sentiu na pele o preço a pagar por esse ódio, porque de facto é a paz que querem e é nela que querem desfrutar as suas vidas.

E isto leva-me para a tão falada aliança Benfica – FCPorto, que tem enchido páginas e mais páginas neste blogue. Eu vou lendo o que se escreve, sempre à procura de algo novo, mais sério, mais concreto, mas constato que quase tudo o que se tem escrito é especulativo. São bitaites que se lançam ao ar tentando adivinhar os contornos daquilo a que chamam aliança, que se podem ou não concretizar no futuro.

O que eu tenho visto no meio desta especulação toda, e obviamente sem certezas quanto ao resultado que este aparente  baixar de armas originará no futuro, é uma postura exemplar de Luís Filipe Vieira que pouco ou nada fala do assunto. E se LFV tiver achado que este caminho de guerrilha que dura há anos não beneficia ninguém, que esse não é o caminho que interessa ao futebol, e que não pode ser esse ódio visceral e histórico  a afastar Benfica e FCPorto do acordo em relação a medidas estratégicas do futebol português que beneficiem os interesses de ambos os clubes, eu tiro-lhe o meu chapéu por isso.

Este último Porto vs Benfica foi porventura o clássico mais pacífico dos últimos anos, sem apedrejamentos aos autocarros, sem apedrejamentos aos adeptos, onde quem foi ao futebol foi apenas assistir a um jogo do seu clube, torcer pela sua equipa, e nem por um momento a rivalidade com o clube adversário foi menor, apesar dos presidentes estarem ou não desavindos. Se este é o resultado imediato da tal "Santa Aliança", seja ela bem vinda.

Que o presidente do Benfica tenha assistido à partida na tribuna do Dragão, onde nem sequer se sentou ao lado do presidente adversário, onde nem sequer apareceu em nenhum beberete a comer croquetes e a beber champagne, eu pergunto se isto é hora de criticar um comportamento que promove a paz e que foi discreto, ou se devemos estar aqui a criticar a atitude de LFV, por causa de uma escassa minoria que nunca será capaz de perdoar nem esquecer o passado, e que só saberá viver em guerra até ao fim dos seus dias, porque acham que nós fomos sempre os bons e eles os maus, e tudo o que de mau aconteceu nunca foi culpa nossa mas sempre deles.

O engraçado (ou o mais triste) destas guerras, é que as vítimas nunca são aqueles 10 ou 15 energúmenos que as fomentam. São os outros milhões de cidadãos anónimos, gente boa e pacífica e que apenas gosta da “bola”, e que tem grandes amigos, familiares, até mulheres e maridos, nos clubes todos, incluindo até nos dos maiores rivais.

A essa maioria, de certeza absoluta que o que interessa é a paz, cansados de serem eles as vítimas de guerras sem sentido, joguetes nas mãos de meia dúzia de malabaristas que se riem do alto do pedestal em que habitam enquanto os que verdadeiramente amam o futebol são os que sucumbem lá fora.


E no meio disto tudo, claro, se o bom exemplo tiver vindo de cima, se o bom senso tiver chegado às cabeças daqueles que são os grandes responsáveis por tudo o que de bom e mau tem acontecido, tanto melhor. O futebol agradece.

54 comentários via blogger

  1. Respostas
    1. São palavras tuas. No meu texto não as encontras de certeza absoluta.

      Eliminar
    2. Então a ver se nos entendemos...

      estamos a falar de duas pessoas que resolveram manter as suas divergências sem acicatar a violência e os comportamentos extremos?

      NÃO! Não foi nada disso que aconteceu....

      O que se passou foi duas pessoas que se entenderam a titulo de contexto ECONÒMICO, de interesses ECONÓMICOS.

      Não houvesse interesses económicos e o que tu terias era mais disto:

      http://geracaobenfica.blogspot.pt/2014/12/domingo-havera-respeito-ou-fantasia.html

      palavras bonitas as tuas e que todo MUNDO concorda... a origem de tudo isso é que é bullshit tua.

      Gosto de ver este tipo de tópicos romanticos. Estás de volta...

      Eliminar
    3. A serio GB, nao leves a mal mas desta vez nao vou andar aqui como faz o Benfica Eagle, que te diz as coisas uma e outra vez, e tu continuas a comentar os comentarios dele mas sem ligar nenhuma ao que ele escreveu.

      Tu nao entendeste nada do post. Ponto final. E como nao entendeste pegas na palavra "perdoar", inventas que "Agora o Pinto da Costa é Santo", pegas-lhe em suma, por onde és capaz.

      Mas como nao foi nada disso que eu escrevi, e nao é de nada disso que o post fala, fica lá tu com o teu entendimento, que eu não vou perder mais tempo a tentar explicar.

      Quem souber ver para alem da arvore, entenderá o que quis dizer, e atençao que entender nao é sinonimo de concordar. Não foi o teu caso, e nenhum mal vira ao mundo por causa disso.



      P.S. E se se tiverem entendido em relação a assuntos económicos (como também acho que foi), no que é que isso te melindra assim tanto? É errado? Se nao falares com um primo há 10 anos porque ele te "comeu" a mulher (LOL), e tiveres de te juntar com ele para receber uma herança que a tua tia avó te deixou, nao voltas a falar com ele civilizadamente, sem que isso te obrigue a partilhar croquetes?

      E isso é uma santa aliança?

      O que se tem feito, texto após texto sobre o mesmo assunto, é especular, end of story. O que nao quer dizer obviamente que certos receios que tens nao se venham a confirmar.

      Eliminar
    4. Caso não tenhas percebido não se trata do primo que te comeu a mulher...

      trata-se do amigo que roubou uma loja e te chamou para la ires busca-lo, quando chegaste ele disse à policia que foste tu, foste preso, passaste anos a tentar recuperar a tua vida.

      O que queres agora é perdoar quem te fez isso para que possam ir os dois à festa de aniversário de um amigo comum

      Eliminar
  2. Perante um texto magnífico, mesmo que não concorde com certos aspetos, o teu colega de blog apenas tem a dizer uma parvoíce. Que tristeza...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E por isso mesmo, e sem surpresas, é o tipo de comentário que não merece comentário ao comentário :))

      Eliminar
  3. Redmoon... queres ver que sonhei tudo o que se passou nos últimos 30 anos?
    Queres ver que a viciação de resultados exposta pelo Apito Dourado não existiu?

    Queres ver que o homem que destilou e destila um ódio enorme ao Benfica agora é um homem sério?

    Queres ver que agora é uma virtude negociar com corruptos porque os vamos purificar ou limpar da corrupção que lhes corre nas veias?

    Fico a saber que quando um ladrão te roubar a casa repetidas vezes tu vais defender que deves chegar a acordo com ele sobre o sistema de segurança que vais utilizar nos próximos anos.

    Se reparaste, até os defensores deste presidente recusam acordos com o Porto.

    És o sonho de qualquer ladrão Red!

    Acreditas mesmo que se podem fazer entendimentos com quem passou 30 anos a corromper?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O post responde a todas as tuas perguntas.

      Fazes parte daquele 1% que tambem existe na Irlanda e que nunca sera capaz de perdoar e seguir em frente.

      Continuas a especular em relação à Santa Aliança, que no fundo, até ver, mais não é do que um acordo em relação a uma serie de assuntos que nem sequer foram tornados publicos.

      Se os presidentes tiverem apertado a mao e sido capaz de se sentarem à mesma mesa, para resolverem problemas comuns, vejo o como sinal de grandeza e nao de pequenez.

      Nao vi os dois presidentes a comer croquetes juntos. A "santa aliança", para ja ainda nao mostrou isso.

      Em suma, e atenção que eu nao nego que essa tal santa aliança (que é um termo teu, não é nenhum termo real e assumido pelas partes), nao possa vir a ter contornos que me desgostem. Mas ate ao momento, tudo o que se tem escrito é especulativo, é a tua opiniao, que vale tanto como a minha ou de outra pessoa qualquer.

      Vi um classico disputado ha dois dias sem nenhum incidente. E esse é o unico aspeto que tiro de positivo desde ja deste novo paradigma, e para ja tambem, o unico que é real.

      O resto, como disse, é especulação, e falar das pedradas, e do autocarro queimado, e dos santos e dos viloes, enfim, a conversa do costume e que a mim, pessoalmente, nao interessa rigorosamente nada.

      Eliminar
    2. PERDOAR????
      aquele tipo VIVE para a destruição do clube que dizes que adoras... não lhe chegava vencer, mas era preciso fazê-lo humilhando, roubando e achincalhando o Benfica.

      PERDOAR?

      Eliminar
    3. A serio GB, nao leves a mal mas desta vez nao vou andar aqui como faz o Benfica Eagle, que te diz as coisas uma e outra vez, e tu continuas a comentar os comentarios dele mas sem ligar nenhuma ao que ele escreveu.

      Tu nao entendeste nada do post. Ponto final. E como nao entendeste pegas na palavra "perdoar", inventas que "Agora o Pinto da Costa é Santo", pegas-lhe em suma, por onde és capaz.

      Mas como nao foi nada disso que eu escrevi, e nao é de nada disso que o post fala, fica lá tu com o teu entendimento, que eu não vou perder mais tempo a tentar explicar.

      Quem souber ver para alem da arvore, entenderá o que quis dizer, e atençao que entender nao é sinonimo de concordar. Não foi o teu caso, e nenhum mal vira ao mundo por causa disso.

      Eliminar
  4. Clap cclap clap ao post.

    O que eu agora gostaria de apontar é que mesmo após este texto do Redmoon BenficaGb e Shadows não perceberam nada. Estes 2 artistas vão continuar a marrar com a Aliança. Assim como marraram com o BES, com a renovação com a olivedesportos, com a saída do Enzo em Agosto passado. No fundo eles falam de tudo e depois quando acertam uma são os maiores.

    Fazem lembrar uma pessoa que eu conhecia que quando via um jogo de futebol em cada jogada de perigo dizia que ia ser golo, quando aconteceia golo dizia sempre: Já sabia, eu disse que ia ser golo...


    Ass. AnoNNymous

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu nao sei se o problema é nao terem percebido, ou nao terem querido entender.

      É que podiam ter entendido mas terem discordado... Mas é sempre mais facil discordar antes de tentar entender

      Eliminar
  5. E o Benfica como grande clube mundial que é, aparece por breves segundos num dos melhores filmes que se fizeram sobre a guerra civil irlandesa... Em o "Nome do Pai", aparece um galhardete pendurado na parede de uma prisão onde estão presos dois supostos bombistas do IRA...

    Quanto ao post em si, 99% dos desportistas querem ir a um estádio e ver um jogo de futebol tranquilos, da mesma forma que 99% dos irlandeses do norte querem ir a um bar ou igreja (protestantes ou catolicos) em paz. Mas todos sabemos, onde estão os restantes 1% que têm espalhado o terror no futebol português... Enquanto o presidente e alguns dirigentes que o têm acompanhado, não apenas no clube, mas noutros organismos continuarem ligados ao futebol, o que poderá existir é uma paz podre, porque nem eles vão deixar de tentar destruir o Benfica, nem os restantes 99% vão esquecer o que foi feito nos ultimos 30 anos...

    VR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De acordo com o teu post. Mas haver um clima de paz nao obriga ninguem a ser amigo.

      E sim, o galhardete do Benfica aparece no "Em nome do Pai", grande filme! :))

      Eliminar
    2. Claro que não precisam de ser amigos, nem acredito que sejam... Não é isso que vejo, ou interpreto do teu post... E por isso, é que a comparação com o fenómeno irlandês é deliciosa... Até podes ver o futebol português como a Irlanda do Norte, e o Benfica e o porto, como as duas forças religiosas... Nem sempre o que é melhor para o futebol portugues ou para a Irlanda do Norte, será necessariamente o que querem e desejam os 2 clubes ou as 2 facções religiosas...

      Mas apesar do sucesso a que se tem assistido na Irlanda do Norte, não deixa de ser um clima de paz podre, porque as memórias de seculos de luta continuam presentes, e já não é a primeira vez que se assistem a periodos de paz que mais tarde são violados (esperemos que este seja para manter), e o mesmo se passa no futebol português. Alias sempre será assim, porque a rivalidade e a existencia de uma luta por um mesmo objectivo, irá provocar tensões e conflitos... Mas esses conflitos não deviam impedir uma familia de ir em sossego ver um jogo de futebol...

      Mas a historia é um excelente professor... Os Balcãs foram sempre um barril de polvora, onde se viveu essa tal paz podre, e por causa de nunca se ter esquecido o passado, é apontada essa região, como o rastilho que desencadeou a I Guerra Mundial, e depois de decadas de paz, mais tarde assistiu-se a mais uma guerra e a limpezas etnicas, e recentemente uma bandeira num jogo de futebol ia provocando um incidente diplomatico .

      Seja como for, parabens pelo post...

      VR

      Eliminar
    3. " Alias sempre será assim, porque a rivalidade e a existencia de uma luta por um mesmo objectivo, irá provocar tensões e conflitos... Mas esses conflitos não deviam impedir uma familia de ir em sossego ver um jogo de futebol... "

      No essencial pois, acho q estamos de acordo :))

      Eliminar
  6. Joseph Conrad16/12/14, 21:43

    Grande post, talvez o melhor alguma vez escrito aqui. Concordo com tudo. Chama-se "realpolitik", colocar os interesses do Benfica acima de tudo o resto, o ódio incluído.
    Mas há aqui gente sem qualquer nível, humano ou intelectual, que escreve disparates todos os dias porque que coloca os seus ódios, tenham eles razão ou não para existir (os ódios têm razão para existir?), acima do clube que dizem defender.
    Como lhes chamava há alguns anos um grande presidente do Benfica, benfiqueiros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :))

      No meu texto nao me lembro de falar em retomar amizades, e partilhar champagne e croquetes, como parece ser o que o Gb e o Shadows entenderam.

      Mas que é possivel haver pacificidade sem amizade, lá isso é. E ambiente sereno nos estadios de futebol, que é o que em suma interessa à maioria. Fora do estadio, todos nos continuaremos a manter amizades com pessoas de todos os clubes e a ter por vezes como maiores inimigos elementos do nosso clube.

      Apesar de haver um acordo de paz na Irlanda, os catolicos e os protestantes continuam sem se poder ver. mas aprenderam a viver com as suas diferentes, num ambiente pacifico. O que nao significa que sejam amigos.




      Eliminar
  7. isto não é uma questão política, porra!

    ResponderEliminar
  8. Redmoon,

    Tens razão em tudo o que dizes, mas de certo compreendes as preocupações do Shadows e do GB...

    É difícil acreditar que este presidente da Liga e todo este bajular do LFV e do Benfica, feito por terceiros, não tem interesses por trás...

    O imediato, como dizes, parece positivo. Mas enquanto o Benfica perdia (talvez de 98 até 02 ou 03) e estava controlado também não havia stresses... Não me lembro de Vale e Azevedo ter sofrido na pele o que LFV já sofreu...
    Agora que a BTV tem um sucesso fenomenal e as torneiras estavam a fechar, já precisam novamente do Benfica (já q o Sporting se demarcou..,).

    Acho que é importante o diálogo e concordo contigo qdo dizes que o caminho a seguir é esse.
    Mas então porque é que o LFV não segurou o Mário Figueiredo? Porque preferiu seguir o caminho de outros?

    Apesar do discurso mais bélico dos teus colegas daqui do blog. Eles também têm razão:gato escaldado de água fria tem medo!

    De qualquer forma, continuem a dar-lhe forte nesta tasca Benfiquista!!
    Um gajo sente-se em casa!!

    Abraço,
    Rui

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui,

      mas eu nunca disse que os receios do Shadows e do GB nao sejam justificados, e ate reais.

      O que eu disse, entre outras coisas que disse, é que tudo o que teem escritos sao especulações. A Santa ALiança (como eles lhe chamam), até ver é algo que existe na cabeça deles. nao foi assumido por ninguem.

      Se a Santa Aliança é haver entendimento em relaçao a algumas materias do futebol portugues que interessem a ambos, se isso servir para pacificar um pouco o futebol sem obrigar ninguem a passar a ser amigo de alguem, vira mal ao mundo por causa disso?

      Se tu nao falares com um primo ha 10 anos porque te "papou" a mulher, mas se tiveres de te entender com ele por causa de uma herança, não vais ter com ele e tentar resolver a coisa?

      Eu nao estou a dizer que foi isso que aconteceu, mas se é para especular, eu tamnbem posso lançar o meu bitaite que vale tanto como qualquer outro.

      Eliminar
    2. O problema aqui neste blog é precisamente esse. Especulação pura e dura! Como exercício intelectual, a especulação pode ser interessante, mesmo necessária em algumas situações, como por exemplo projetar cenários numa crise económica, numa guerra, num surto epidémico, etc.. Basear a defesa (?) do Benfica em 3 a 4 posts diários onde só se especula acho doentio. O pior ainda é quando a realidade vem desmentir os cenários criados pela especulação, os obreiros da dita mudam de assunto como se não fosse nada com eles. A minha opinião é de que quando não se sabe nada e nada se tem para dizer, o melhor mesmo é ficar calado.

      Eliminar
  9. KéKsPassa.16/12/14, 22:05

    Nunca pensei assistir a isto! Um indivíduo que sabe escrever, sabe argumentar e sabe o que diz... neste Blog?

    Mas que raio se passa, os ETs apossaram-se do corpo de algum dos escribas habituais ou é mesmo alguém superiormente dotado em termos morais e intelectuais e... que felizmente está totalmente desenquadrado da visão inquinada deste Blog?

    Parabéns ao autor! Registo o dia: 16 de Dezembro, ano da Graça de Nosso Senhor... o primeiro artigo de sempre, com valor aqui registado. Aleluia!!!

    ResponderEliminar
  10. RedMoon,

    Parabéns, não pensei que alguma vez fosse capaz de ler um texto com tanta racionalidade neste blog (descontando os textos do Eagle sobre finanças).
    È mais um passo na desconstrução das personalidades que vivem de fantasmas neste blog, e que, se chove, reclamam sol, se está sol, reclamam que falta água. As respostas esfarrapadas demonstram isso e eles sabem que nós sabemos que eles sabem isso.

    ResponderEliminar
  11. Que sorte que tive. Passei 6 meses sem ler este blog, por não ter paciência para ler tanto disparate, mas agora, depois deste resultado tive curiosidade... E li este grande post. Parabéns RedMoon, assim talvez venha cá com mais frequência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre bem vindo, mas garantidamente se voltares amanha ou depois, acabaras por ler algo com que nao concordaras minimamente, já que muita merda continua a ser escrita, e tambem da minha parte :))

      Eliminar
  12. Há coisas na vida imperdoáveis e que nunca serão esquecidas!! Enquanto o Presidente dos corruptos for vivo, nenhum Presidente do SLB devia sequer falar com ele!!!
    Alguns factos que consubstanciam a minha opinião:
    - O Processo apitou dourado provou o que passou no Futebol português durante cerca de 30 anos.
    -Se as pessoas envolvidas estiveram presentes no Futebol Port. durante anos e anos, Valentim, Pinto de Sousa, PC, etc etc ningúem acredita que só durante o ano de 2003/04 é que se passou o que é audivel nas escutas!!! E OS OUTROS ANOS?????
    - Também nunca esquecer que o Presidente do CA era sempre nomeado pela AF Porto e pelo seu antigo Presidente, Adriano Pinto, prsença assidua na tribua das Antas!!! Como facilemente se percebe os citados Presidentes eram sempre afectos aos clubes da região!!!
    -Se por acaso algum arbitro não fosse favorável ao FCP faculmente caia no esquecimento!!! ISTO É MAIS DO QUE ÓBVIO!!
    -Também nunca esquecer que os jogos não eram transmitidos, o Domingo desportivo apenas dava resumos de 2-3 minutos, não havia as repetições e as imagens que hoje há, raramente havia debates sobre os lances, não havia os programas televisivos que hoje há....ou seja, QUALQUER ARBITRO PODIA ERRAR GROSSEIRAMENTE QUE MAL SE FALAVA DISSO e assim os arbitros faziam o que queriam e não eram punidos, pelo contrário, eram recompensados pelo seu Presidente nomeado pela AF Porto.
    - Assim foram perdidos inumeros campeonatos pelo Glorioso!
    -Também nunca esquer o ódio destilado pela personagem em questão sempre que se pronuciava em publico!! foram dezenas e dezenas de vezes!!!
    Por estes e outros factos, enquanto houver memória nunca,mas nunca deveria haver qualquer tipo de aproximação, quem vive o clube como nós, desde sempre ( ao contrario do nosso presidente) deverá permitir que isso aconteça!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu vou respeitar a tua opiniao. E entendo-a.

      Voltando à irlanda, sabes que tambem ha alguns que, apesar dos acordos de paz, também dizem que nunca vao esquecer isto e aquilo, a noite em que lhe mataram a mulher e o marido, e a sede de vingança vai estar presente sempre ate ao fim dos seus dias.

      Mas a verdade porém, é que embora eu entenda as duas realidades, haver pacificidade no futebol, tal como haver pacificidade na Irlanda, nao significa obrigaotriamente que Pinto da Costa e Luis Filipe Vieira, ou um catolico e um protestante, se juntem numa tasca a comer croquetes.

      ha uma distancia consideravel que vai de um estado ao outro, e cada um colocar-se-á, no espaço em que se sentir mais confortavel.

      Eu garanto-te que sei qual é o meu. Respeitar 99% dos portistas, que sei que a grande maioria é gente de bem e pensa o futebol da mesma forma que eu.

      Uns quantos nao pensarao, tenho a certeza disso. Mas desses, até ha no meu clube.

      Eliminar
  13. Jorge Vieira17/12/14, 00:54

    O que eu acho interessante é que o ódio àquele "senhor" lá do Norte é tão grande que há pessoas que preferem acabar com o futebol em Portugal ao invés de colocar diferenças de lado e trabalhar em conjunto para um bem maior.

    É triste que pessoas adultas em (quase) 2015 não percebam a importância de uma pseudo aliança em prol de algo e prefiram a destruição de tudo aquilo em que se trabalhou arduamente durante anos para conseguir.


    Isto lembra-me bastante o início da crise em Portugal e quando a Troika entrou no país.
    Não se falava noutra coisa nas últimas eleições senão na necessidade de formar um Governo de Salvação Nacional. Estamos a falar de um conjunto de tópicos em que os Partidos Políticos colocariam de lado as suas diferenças e trabalhariam em prol de um bem mais importante, a sobrevivência do país e a saída da crise.
    Todos sabemos que tal não aconteceu e a oposição continua a *merda* do costume a ver quem tinha a maior pilinha. Não venho defender ou atacar nenhum partido, apenas quero demonstrar que a mesquinhez de algumas pessoas é tão grande que são incapazes de colocar de lado as suas diferenças por um segundo para lutarem por algo que é de importância enorme para todos.


    Parece-me que o texto do RedMoon vem um pouco nesse sentido, ou pelo menos é assim que eu compreendo o texto (julgo que ficou aberto a interpretação, certo?). O que me parece com esta historieta da Aliança é que duas pessoas que se odeiam, colocaram de lado as suas diferenças para lutar por uma solução de sobrevivência para todos. Significa isso que são amigos? NÃO! Significa isso que agora o FCP e SLB terão relações institucionais normais? NÃO! Significa apenas que o campeonato nacional não parou porque dois indivíduos resolveram ser adultos e encontraram uma solução que não foi terrível para nenhuma das partes.
    Virá algo mais daí? Sei tanto como vocês e ao contrário de alguns, não perco tempo do meu dia a inventar e a fazer filmes na minha cabeça.

    Acredito em factos concretos, não em teorias da conspiração. Mete-me impressão ver artigos aqui com uma foto do Presidente no camarote e por baixo um chorrilho de insinuações. Quando se vai a ler os comentários o autor nem sabe esclarecer a sua posição. É mau porque é mau, olha, porque não pode ser bom porque não dá jeito e é preciso manter o clima de guerra de que tantos gostam!


    Aproveito para lançar um repto aos amigos bloggers deste espaço. Larguem a aliança por um pouco e escrevam um artigo sobre o que vocês acham que acontecia se não fosse resolvido o problema da Liga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A guerra, queira se ou nao, sempre foi entre instituicoes, os seus lideres e meia duzia de energumenos ao seu servico.

      A guerra nunca foi entre adeptos de futebol ou cidadaos normais. Todos nos temos amigos nos clubes rivais, e desde sempre soubemos separar a rivalidade no campo da amizade fora dele.

      Somos marionetes nas maos de uns poucos ilusionistas, do desporto, da politica, de tudo o mais.

      E ha quem leve a peito esta guerra e pegue nas armas, mesmo que esta guerra nao seja sua, mas da tal meia duzia que nunca sujam as maos.

      Eu estou me marimbando para essa guerra, porque ela nao é minha. Eu quero é ir ao futebol em clima de paz, e que as direcoes dos clubes contribuam para um clima mais pacifico, mesmo que continuem a esgrimir no campo e fora dele as suas rivalidades e diferencas, sem que para isso tenham de se encontrar numa tasca a comer croquetes.

      Eliminar
  14. Como e que tu sabes assim tanto da Irlanda do Norte?Eu conheco bem Ballymena e Portadown.Quanto ao post em si,e obvio que nunca vamos esquecer o que se passou nos ultimos 30 anos,mas para mim este clima beneficia mais o SLBenfica que o Porto.Eles la em cima so estao bem e com guerras por isso temo que isto nao dure muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha mulher é da Irlanda do Norte. Obrigou me a aprender um pouco de historia :)

      Eliminar
  15. E finalmente parece que posso voltar a ler alguma coisa neste blog. Parabéns.
    Já foi referida a Realpolitik mas aproximo o comportamento mais do Esprit d'Etat. E apenas assim poderemos levar novamente o Benfica ao topo. Com calma somos a única equipa que só depende de si para ganhar o campeonato. Fazendo isso, era conveniente ficar com o JJ por mais uns anos, mas isso é outra história.
    Mais importante do que a aproximação política estratégica aos corruptos por motivos económicos foi o afastamento do Sporting de Bruno de Carvalho. O tipo é tóxico.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sejas bem vindo, e se todas as espculacoes q se teem feito, essa se calhar é a mais proxima da realidade: o bolo so da para dois, e ha que chutar o sporting para canto.

      Ainda assim, nao é disso que o post fala :)

      Eliminar
  16. RedMoon,

    Muito obrigado! Foi um dos posts que mais prazer me deu ler por aqui e que mais me identifiquei.

    Eu tenho memória e não me esqueço do passado, mas orgulho-me de fazer parte dos 99%. E isso é muito diferente de perdoar (e até de esquecer), mas para mim é muito melhor olhar para o futuro. Se este clima, permite criar clássicos onde só se fala de futebol, sem bolas de golfe, pedradas, cadeiras a voar, então que seja para continuar.

    Um abraço

    Tico

    ResponderEliminar
  17. sportinguista de gaia17/12/14, 10:22

    esta tudo muito bem ...mas....comparar a estrutura do fcp a uma ou a outra irlanda???????e impossivel isto e estrategica....O BOLO DO BENFICA E MUITO GRANDE parecem RATOS a comerem.......

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A história da Irlanda é apenas para demonstrar que é possivel viver em clima de paz, sem que os antigos inimigos voltem a ser amigos.

      É possivel. nao quer dizer que todos o consigam. Mas é possivel.

      Eliminar
  18. Totalmente de acordo!!!
    Só quem ainda não fugiu a 7 pés, para não ser brutalmente espancado pelo bando do macaco, é que prefere um espirito de guerra entre presidentes.
    Só quem nunca levou um filho a assistir a um jogo FCP vs SLB e no final era incapaz de conseguir explicar ao filho porque razão toda a gente andava à porrada, e quando chega a casa o filho que até era fanático, simplesmente deixa de gostar de futebol face a toda a violência, é que prefere guerra entre presidentes.
    Só os benfiquistas que nunca foram assistir a um FCP vs SLB com a esposa adepta do porto, e viram-na insultada de tudo e mais alguma coisa apenas porque o marido é do SLB é que prefere presidentes em guerra.
    Mas lanço um desafio a todos esses...
    Próxima vez vão ao estádio e provoquem como se durante toda a semana os presidentes tivessem em guerra, mas não se esqueçam de levar filhos, esposas, e perante 10 ou 15 inimigos apenas contra voces, não fujam, façam frente!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com tudo o que escreveste.

      Até porque a tal "guerra", não é nossa seguramente, minha nao é de certeza nem de 99% dos adeptos dos dois clubes.

      Nós temos amigos, mulheres e filhos em todos os clubes, e damo-nos bem com todos eles. nunca andei à porrada com um amigo meu portista por causa de futebol.

      A guerra faz-se no dirigismo, e nuns quantos "piratas" que sao essenciais para que a causa tenha perdas para andar.

      E depois claro, há os outros milhoes que embarcam na catiga sem perceberem que foram manipulados, e vitimas maiores de uma guerra que nao é deles.

      A maior parte da malta gosta é de futebol. O resto passa-nos completamente ao lado, e o mal que existe deve-se tentar que seja erradicado em vez de alimentado.

      Eliminar
  19. jedivermelho17/12/14, 11:14

    Este texto só mesmo para rir, pode ser entendido como irónico se calhar. Gostaria era de ter visto o autor a escrevê-lo há um ano atrás... pois parece que, de repente, PdC É um santo que nunca nos quis mal. Ou por outra, lfv é um otário que ao fim de 10 anos viu a luz. Hipocrisia é o nome que dou a este e outros parecidos... pois ninguém defendia posturas assim dantes. Hoje que ganhámos é o paraíso. Mas e se perdessemos?! demagogia, pura simplesmente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Companheiro, o que tu defendes sei eu bem. As asneiras que escreveste ao longo dos anos neste blogue também as conheço bem. Que um virou Santo e o outro descobriu a Luz são palavras tuas. E mais nao digo porque tambem nao entendeste patavina do que leste.

      Eliminar
  20. Redmoon, percebo a tua intenção e aplaudo-a. As guerras e o ódio não levam a lado nenhum. E esta paz só beneficia o Benfica porque os portistas só vivem bem em permanente conflito e em guerras. Por isso estou totalmente de acordo contigo.
    Mas, estou de "pé atrás". Não confio naquela gente. Esta paz só existirá enquanto servir para salvar a Olivedespostos (também é disso que se trata). E se o Benfica, finalmente, retomar no futebol nacional o lugar que lhe pertence, que é o de liderança? Quando isto acontecer vamos esperar que os portistas fiquem quietos? ou que não apunhalarão os acordos existentes? Até porque eles vão perceber que esta paz só beneficia o Benfica.
    Bom, mas como diz o povo, enquanto o pau vai e vem folgam as costas. Aproveitemos esta paz e façamos votos para que seja duradoura.
    Finalmente uma pergunta para ti, Redmoon: se o Benfica em vez de 6 pontos de avanço sobre os rivais, tivesse 6 de atraso escreverias o mesmo?
    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por amor da Santa!!:)) Que têm os 6 pontos a ver com o assunto? Estou muito, muito longe de sentir título já ao virar da esquina... O Benfica ganhou no Dragão como o Porto pode ganhar na Luz, e a nível de plantel, o do Porto é mais forte na minha opinião.

      Eu sei do que falei no meu post.

      Mas aqueles que andam a ESPECULAR sobre Santas Alianças há uma carrada de tempo sabem de que falam? Falam de quÊ concretamente? Dos seus prognósticos para o futuro que se podem ou não concretizar? Falam da foto do Vieira na tribuna do Dragão? É esse o celeuma? Têm algo de mais concreto para falar para alem disso?

      Eles partem do pressuposto que a relação entre as direções do Benfica e Porto foi retomada. Será que foi? Já viste alguem a assumi-lo?

      Eliminar
    2. NÃO! Falam de alinhar estratégias comuns com quem agrediu, insultou e prejudicou dirigentes e a própria instituição SLBenfica.

      NÃO! Falam de acordos para facilitar a vida ao Joaquim Oliveira que sempre financiou os esquemas que, visando o Benfica, potenciavam os titulos de terceiros

      NAO! Falam de quem usava o braço armado das claques para agredir adeptos e dirigentes do Benfica

      NÃO! Falam de ofensas fisicas e verbais que impediam os dirigentes sequer de se sentar na tribuna

      NÃO! Falam da hipocrisia de apertar a mao a troco da "salvacao do futebol portugues" quando na verdade não foi mais que o selar um pacto de interesses comuns que nada tem que ver com o futebol portugues, mas sim o facilitar dos interesses de quem sempre prejudicou o futebol portugues e quer prometer agora que se preocupa.

      Eliminar
    3. GB

      Toma um calmante por favor. Nao vale a pena morrer de ataque cardiaco por causa do blogue :)

      Eliminar
  21. Diplomacia. Contemporização. Estratégia. Ceder 1 para ganhar 2. Dar um passo atrás para depois dar 2 em frente. Ser superior e deixar de lado ódios (mesmo que justificadíssimos, ou melhor, precisamente porque são justificadíssimos) para alcançar um bem maior que permita erradicar o mal de vez. Vês?

    ResponderEliminar
  22. uma pequena correcção: quando joga a selecção de rugby na República da Irlanda toca-se tanto o hino da república, Amhrán na bhFiann, como o Ireland´s Call. Em jogos fora do país é que apenas este último.

    ResponderEliminar
  23. esta tua analogia não faz muito sentido não só porque do nosso lado nunca existiu guerra, ao contrario deles que sempre a fomentaram mas no entanto é curioso que os que agora se sentem confortáveis com comunhão de objectivos são os mesmo que sempre advogaram que se devia fazer a eles aquilo que eles nos fazem a nós quando nos deslocamos ao seu estádio, mesmo se existisse guerra entre a guerra e aliança existe a neutralidade não precisas de apoiar os mesmos candidatos que eles sobretudo quando eles preconizam o sistema corrupto e quando o fazes, e já não é a primeira vez, estas a pactuar com a corrupção.
    quanto ao facto de este clima de não agressão nos ter beneficiado, muito provavelmente sim, neste jogo a verdade é que na anterior vitoria existiu um clima de conflito, pelo menos entre os treinadores, e no anterior a vitoria foi feita sobre um dos climas mais hostis que lá vivemos isto para não ir mais longe.

    ResponderEliminar
  24. O nosso puto é mais castiço!

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes