O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

domingo, 31 de agosto de 2014

Não chega.

Avatar
 ●  + 41 comentários  ● 

Como escrevi ao intervalo a culpa não é do Artur mas sim de quem o meteu a jogar.  De quem dá instruções para os constantes atrasos para ele.  E nem é um erro de agora. 

De resto uma boa primeira parte mas ainda assim insuficiente para ganhar. 

Como me dizia um amigo à pouco, algo preocupante é a incapacidade do treinador do Benfica em resolver com mexidas no jogo. Mas como ele também acrescentou,  com craques é fácil fazer bem não é Jorge Jesus?  Com Derleys já não é a mesma coisa.  O toque do mestre é uma treta.

O Porto já descolou e nestes jogos entre concorrentes não se ganham campeonatos a meio,  mas dão importante motivação. 

E finalmente : desvalorizar a capacidade dos suplentes de poderem resolver ou ajudar é mais uma afirmação inacreditável de JJ.  Um jogador cansado é melhor que um fresco?  Então o que faz esse suplente no clube se não serve para entrar?

O resultado sabe a pouco.  É a realidade.

Espero que o dia de amanhã não traga o que se comenta nos bastidores...

Benfica vs Sporting: O mais e o menos

Avatar
 ●  + 28 comentários  ● 
O MAIS:
Boas exibições a nível individual, incluindo Talisca, Jardel, André Almeida e Eliseu, talvez as pedras que suscitam mais dúvidas junto dos adeptos.

A matriz do jogo mantém-se, com futebol ofensivo, por vezes bonito, na busca do golo do primeiro ao último minuto.

Gaitan e Sálvio em grande: difícil imaginar o Benfica sem estes dois jogadores.

Apesar das pedras que nos faltam, o Benfica não está morto, está na luta, e já se vê neste “novo” Benfica dedo do treinador.

O MENOS:
Falta de talento individual no banco para alterar o rumo do jogo (daí as substituições tardias)

Falta ao Benfica a qualidade de jogadores como Rodrigo ou Markovic, jogadores capazes de resolver um jogo atado numa jogada individual.

Falta um avançado de qualidade que chegue e faça golos. Cardozo hoje tinha dado jeito.

Enzo: Não foi o motor de outros jogos.

Artur: Não chega ser capaz do melhor e do pior no mesmo jogo. Cada vez que a bola lhe chega, os adeptos suspiram e a defesa leva as mãos à cabeça.


Jogo na BenficaTV em definição normal, estando a Premiership na BTV2 em alta definição. Não percebo a lógica desta política. É pelo Benfica que pago o canal. 

Ao intervalo...

Avatar
 ●  + 23 comentários  ● 

Artur não pode ser o responsável.  Aquele que o vê nos treinos e que saberá melhor que ninguém que Artur não tem condições para estar na baliza é que é o responsável pelos erros dele. Veremos o que trará a segunda parte.

O Proença saberá esperar pelo "MasterPlan"?

Avatar
 ●  + 6 comentários  ● 
Onde terminará a ambição do Sistema que domina o futebol português? Esta questão poderá ditar a dança de cadeiras que vamos assistir em 2015 no futebol nacional e internacional.

A FPF sempre esteve para a UEFA como Portugal para a União Europeia: o bom aluno, cumpridor, sempre a apoiar que saberá, quando nos cargos mais importantes, defender os interesses de quem mais os beneficiou. Tal como na UE, também na UEFA vamos tendo cargos de "sombra", que passam abaixo do radar da opinião pública, até que um dia chegue o nosso dia... Madaíl ainda achou que poderia ser ele, mas não foi... Teve que se contentar com uma daquelas prateleiras douradas, mas que são importantes para "minar" o caminho para quem atrás de si vier...

Quando li o texto anterior do Shadows sobre o Proença lembrei-me que nem o árbitro, nem Fernando Gomes, nem os restantes "patrões" do futebol português querem mais do mesmo. Não é por acaso que Proença fez uma "campanha de notoriedade" na UEFA, suportado pela FPF e não é por acaso que Fernando Gomes tem desde 2004 sucessivos cargos-sombra na UEFA que lhe permitem criar uma teia de relações com as confederações que o podem um dia apoiar ao lugar de Presidente da UEFA.

Então e o Platitni? Obviamente que o francês corrupto quer a FIFA! Estas duas organizações são, possivelmente, as organizações legais corruptas menos fiscalizadas do mundo. O sítio certo para gente como Platini e como o testa de ferro da corrupção do futebol português.

Não subestimem o futebol português como plataforma giratória de dinheiro dos grandes clubes do mundo, dos grandes proprietários, das grandes negociatas de jogadores com fundos, passando assim longe dos olhares mais atentos dos reguladores dos grandes países europeus.

É apetecível para todos ter portugueses bem posicionados na UEFA. Fernando Gomes sabe disso, ou melhor, o Sistema sabe disso... E Platini saberá disso.

Ora, é aqui que as eleições da Liga têm um papel fundamental. A acontecer em 2015 uma possível mudança de Fernando Gomes para a UEFA, é importante ter na Liga alguém de consenso que poss ou seguir os passos de Fernando Gomes e transitar para a FPF, ou apoiar a ascensão de outro testa de ferro para a FPF, criando assim o "arco do poder" dominado integralmente pelos "patrões" de sempre, com Benfica e Sporting a servirem de "lorpas" da já antiga estratégia do "cavalo de Tróia".

Reparem bem: Fernando Gomes, próximo de Platini, a assegurar na UEFA a defesa dos interesses do extinto G14 (onde sempre "barraram" o Benfica), o francês a dominar o futebol mundial e os interesses corruptos dos muitos milhões de patrocínios e interesses que circulam na FIFA por ocasião das organizações de competições mundiais... E por cá o poder de organização, arbitragem, regulação e disciplina totalmente controlado pelos peões que venham a assumir o papel nacional de defesa deste desígnio, sendo que poderá até ser um boa oportunidade para voltar a fundir a Liga com a FPF - um plano que avançará seguramente se o Platini não avançar para a FIFA e Fernando Gomes tiver que aguardar mais tempo pela sua vaga.

Obviamente que Pedro Proença, a quem Vitor Pereira passou a perna no Mundial "esquecendo-se" de fazer campanha por ele para a final como fizeram os italianos, terá em Fernando Gomes um importante aliado para ser o futuro líder da "evolução fictícia" da arbitragem e com isso uns anos mais tarde subir também ele para a UEFA. Ora, Pedro Proença pode ser muito benfiquista, até acredito que o seja, mas sabe bem que o benfiquismo e honestidade dele não o levam a lado nenhum neste "MasterPlan". Proença sabe bem que terá que estar do lado dos que o podem levar até onde quer estar em Portugal e depois na UEFA.

Saberá Proenca esperar pelo MasterPlan, continuando a alinhar com os interesses de quem o pode levar a fazer parte desse plano?

Escolhe o teu 11 para mais logo...

Avatar
 ●  + 20 comentários  ● 
Quem são os teus 11 magníficos para vencer (não tenho duvidas) o Sporting?

Eis a minha escolha: Oblak, Maxi, Luisão- Garay e Siqueira; Matic e Enzo, Gaitan, Salvio, Markovic e Rodrigo.

Ops! Not possible...

Agora a serio: Artur, Maxi, Luisão, Jardel e Eliseu; André Almeida, Enzo e Gaitan (a 10); Salvio e Ola John; Lima.

Não lançaria o Julio Cesar logo num derby, sob risco de poder correr mal e ficar marcado por ainda não estar alinhado com a defesa. O Samaris poderei ser opção mas no decorrer da partida.

E vocês?

sábado, 30 de agosto de 2014

NES: Ou entra mosca...

Avatar
 ●  + 5 comentários  ● 
"Queria aproveitar esta conferência de imprensa para falar de um nome concreto que é Enzo. Disse que se todas as partes que estavam a negociar mantivessem a sua posição, o negócio poderia concretizar-se. Queria voltar a lembrar: eu não falei do Benfica. Conheço pessoalmente o presidente do Benfica, que é uma pessoa admirável e que respeito muito, mas não falei dele. As negociações têm três partes envolvidas. Existem os dois clubes que têm de fazer o negócio e depois há pessoas que estão envolvidas em toda a negociação. Posso dizer que para este negócio se concretizar, não é por não haver entendimento entre Valencia e Benfica nem por não haver entendimento entre o presidente do Valencia e do Benfica. Existem outras coisas mas vocês irão saber em breve. Queria esclarecer isto porque não gostei de ler na comunicação social que estava a apontar o dedo ao Benfica", explicou na sexta-feira o treinador na sala de imprensa do Estádio Mestalla, após o triunfo ante o Málaga (3-0). Nuno acredita que terá reforços até ao fecho do mercado.

Enzo e Gaitán: Há coisas que não podemos proibir. Se pagarem a cláusula deles não podemo fazer nada. Só saem pela cláusula. O Enzo renovou e tem mais 4 anos. Quando renovou estava feliz. Brevemente falaremos com o Gaitán para renovar. Até hoje não houve propostas por eles. Não há acordos nenhuns por jogadores do Benfica. Contamos com todos e domingo temos jogo. Há alturas em que compreendo os jogadores. Compreendi o Garay face ao dinheiro que ele foi ganhar.

Esse tipo está propositadamente a fazer "negociação pública" para fragilizar o Benfica na negociação.

Está a mando do "todo poderoso", o tal a quem ele deve tudo, segundo ele! Duvidas houvesse das intenções do empresário... Agora até vale mentir nas conferências de imprensa. Quer dizer, espero que seja ele que esteja a mentir senão seria muito mau para o Benfica.


Eu SHOW Gonçalo Guedes!

Avatar
 ●  + 37 comentários  ● 

Os "três minutos" que teve bola (LOL) foram um show autêntico!
Como o treinador não sou eu... não vi os 87 minutos sem bola, mas não devem ter sido grande coisa!

Pedro Proença estará aziado?

Avatar
 ●  + 16 comentários  ● 

A ilusão de Pedro Proença era estar neste momento na cadeira de Vítor Pereira no Conselho de Arbitragem da FPF. Foi para isso que ele e os seus apoiantes fizeram "campanha" entre os árbitros. 

Mas o experiente Vítor Pereira parece ter aguentado os vários embates e mantém-se ao leme embora sempre condicionado pelos que o rodeiam e que não foi ele que escolheu.

Daí que ver a sua nomeação para este jogo é um presente "envenenado" para o "querido". Isto porque se mais uma vez "errar" e prejudicar o Benfica perderá todas as condições para alguma vez assumir esse lugar, pelo menos com o apoio do SL Benfica, embora mesmo assim já o tenhamos visto entrar no Seixal para dar formação. Neste futebol português tudo é possível.

Por outro lado, há a outra teoria que circula nos bastidores do futebol português que revelam o incómodo do FC Porto perante o aparente ressurgimento do Sporting. Daí que também apostem nos "erros" contra o Sporting sabendo do efeito que uma derrota com o SL Benfica tem em Alvalade. O FC Porto dá-se bem a lutar contra um clube de Lisboa. A lutar com os dois correu sempre mal.

Sinceramente, aposto que desta vez Pedro Proença fará tudo para ser discreto e fazer uma excelente arbitragem, principalmente porque quererá limpar essa imagem e subir rapidamente(com o beneplácito de Fernando Gomes) ao controlo da arbitragem.  

Da parte de todos os que vamos estar na Luz, espero que façamos o nosso papel que é apoiar a nossa equipa, fazer "pressão" quando o Sporting tiver a bola e muito barulho perante as faltas do adversário. 

Pedro Proença anda aziado com o adiar dos seus planos, mas nem ele nem quem o quer no Conselho de Arbitragem desistiram.

Pode é o "querido" preferir aproveitar o que aí vem para apitar mais uns anos e depois ir é para a UEFA à boleia. Iremos ter árbitros sexagenários?

O Garay voltou a falar do nosso Benfica

Avatar
 ●  + 15 comentários  ● 

Fiquei um bocado confundido com aquela frase do Garay:
«Graças a Deus houve vários clubes que se mostraram muito interessados na minha contratação. Só posso dizer que ponderei e optei pelo Zenit»

Mau! O argentino vai-se embora e desata a mentir? Vejamos:

«Ele não queria sair e nós nunca recebemos uma oferta concreta. Ela só apareceu em janeiro - era de 15 ou 16 milhões -, falámos com ele e dissemos que era impossível sair naquela altura, combinando falar no final da época. Sabendo do vencimento que ia ter, era impensável competir com isso, não havia hipótese de renovar... até teríamos que baixar o ordenado. Nem Benfica e muitos clubes da Europa poderiam pagar aquele salário. Era delicado, se ficasse mais uns meses perdíamos seis milhões e o ordenado", disse à BTV, acrescentando que o negócio tinha de ficar fechado... antes de 12 de junho. "Havia acordo para que 48 horas antes do mundial tivéssemos a situação resolvida. Paulo Gonçalves foi a Belo Horizonte resolver a situação antes do Mundial.» Luis Filipe Vieira

Afinal, havia vários interessados como diz o Garay ou só houve uma proposta de 6 milhões como disse o Presidente e que chegou a hora acordada para decidir e só tinham essa para aceitar??

O Garay pelos vistos impôs a saída para onde ele e só ele quis e no timing que ele quis. Primadona!

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Uma questão de sobrevivência!

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 

O Ghilas foi avaliado em 7,6M€ e parece estar dispensado. Pelo Kleber até na FIFA lutaram para avaliar o jogador em mais de 4,5M€ e ja vai para a segunda época dispensado. O Quiñones chegou por 2M€ e nunca o vi com aquela camisola vestida... E por aí adiante.

Esta época chegaram jogadores que foram vendidos logo que chegaram (Brahimi)... mas depois do Benfica é que usa o dinheiro dos outros.

Esta época chegaram jogadores ao por 30% do passe... mas depois do Benfica é que não tem dinheiro.

Esta época chegaram vários jogadores emprestados... mas depois o Benfica é que não tem argumentos para contratar jogadores.

Eles apostaram tudo o que tinham, o que os outros tinham e os amigos que sempre têm (de apito). Tudo para não permitir o bi-campeonato... Ninguém vai lucrar com esta temporada (as mais valias obtidas nas vendas ser diminutas), o único objectivo é que o Benfica não vença dois campeonatos para que não tenham que fechar a porta do clube do norte. 

É uma questão de sobrevivência!

Uma lição de futebol e formação pelo Jesus!

Avatar
 ●  + 55 comentários  ● 
Quando o homem fala do alto de toda a sua sapiência... é calar e comer, «Por isso é que sou treinador e vocês jornalistas» diz ele a quem lhe coloca as questões.

No Benfica, não se aposta na formação... porque «Isso é nas casas de apostas. Aqui não há apostas». E ele explica tudo, ora vejam se não está percebido o mistério!

«Os jogadores são formados e desenvolvidos em função daquilo que têm produzido, rentabilizado e demonstrado relativamente ao valor de cada um. Há jogadores que têm as suas etapas, outros que queimam etapas».

No Benfica os jogadores formam-se sozinhos, porra! Quem queima as etapas são os jogadores e estes são avaliados pelo que fazem e não pelo que podem fazer. Isso do potencial é para meninos...

O problema não é o Benfica ficar a espera que eles queimem as etapas, façam as etapas e nasçam 10x pelo caminho... NÃO! O Benfica só não aproveita esses jogadores porque enquanto está à espera, vêm os empresários e dizem que eles já são bons e levam-nos porque «Hoje o mercado está diferente, há empresários, valoriza-se o produto que por vezes não é assim tão bom».

Digam lá que o homem não tem razão! Está tudo explicado, não dão tempo aos miúdos para ter etapas... no tempo do mister esperava-se três anos! O Chalana, por exemplo... apareceu aos 17, mas estava a passar etapas desde os 14! Ah pois eh... tal como o Futre ou o Cristiano Ronaldo, o Simão Sabrosa... isso é tudo putos que estava já ali a ser "formados e desenvolvidos em função daquilo que têm produzido, rentabilizado e demonstrado relativamente ao valor de cada um"!

Acham que já perceberam? Nada disso... A lição do mestre não acaba aqui oh seus pacóvios que defendem a formação: 

«O jogo tem 90 minutos. Sabem quanto tempo um jogador interfere no jogo? Tem a bola cerca de três minutos e meio. Quer isto dizer que em 87 minutos, aproximadamente, não tem bola. Valorizar um jogador não é só olhar para o que ele faz com a bola»

Por isso... não podem jogar os miúdos que não dominam bem esses 87 minutos oh seus jornalistas de meia tijela. O que faz todo o sentido, senão reparem:

Atentem no que disse o mestre sobre Bebé, ou se preferirem sobre o Tiago:
«É um jogador rápido e que cruza muito bem. É forte no um contra um, mas não sabe o que são os momentos do jogo. A relação dele [com o jogo] é ele e a bola»

E sobre o Talisca (no mesmo link):
Jesus acrescentou que o caso de Bebé é semelhante ao de Anderson Talisca, que chegou ao clube neste defeso e que, defende, também não interpreta na perfeição os vários momentos do jogo.

Mais? Sobre o Eliseu:
«Há momentos em que ainda não sabe o que é pressionar no lado dele, mas é o treino que o faz evoluir»

Já percebem? NÃO????

Então... o Bebé, o Talisca e o Eliseu, tal como os jogadores da formação, não podem ser apostas, perdão, no Benfica não se fazem apostas, eles não podem (usando as palavras do mestre) ser formados e desenvolvidos em função daquilo que têm produz, rentabilizado e demonstrado relativamente ao valor de cada um porque há que olhar para o que fazem sem bola e nesses 87 minutos porque "Valorizar um jogador não é só olhar para o que ele faz com a bola". 

Obviamente que os miudos e esses jogadores que custaram juntos 8M€, são um «produto que por vezes não é assim tão bom» porque não jogam sem bola...

Ah espera lá... então mas o Bebé (o Tiago), o Eliseu e o Talisca jogam! 
Mau... então mas o Bebé não joga só com bola, segundo o mestre? Que raio, querem ver que demos 3M€ por 3 minutos por jogo? Bem vistas as coisas o "Iunaite" fez um grande negócio... 

E o Eliseu? Quantos minutos será que o jogo tem que é preciso pressionar? Serão menos de 3 minutos? Eu não sei, porque o treinador é ele. Devem ser poucos porque o Eliseu não pressiona... mas jogou assim que chegou! 

Voltemos à apreciação do Eliseu: «é o treino que o faz evoluir»!!! 

O treino??? Mau.... então não eram as etapas e uns que queimavam as etapas?!? Já estou confuso... deve ser por isso é que ele é o treinador e eu o blogger! 

Talvez eu perceba se voltemos à análise que faz do Talisca: «Ele ainda não sabe jogar de costas, o que é difícil e demora tempo. Mas vamos tentar que o Talisca possa evoluir como segundo avançado, aprendendo a jogar de costas para o adversário» 

Já sei... «é o treino que o faz evoluir» mas só se vieres do Brasil, de Espanha ou fores o maior flop de Inglaterra, é isso? Senão... 

... Tens as etapas, és «formado e desenvolvido em função daquilo que têm produz, rentabilizado e demonstrado relativamente ao valor de cada um» isto se os empresários não aparecerem e aí «valoriza-se o produto que por vezes não é assim tão bom» porque os 87 minutos ainda não passaram pelas etapas todas, é isso? Só pode ser...

Bem... sinto-me totalmente esclarecido sobre os motivos porque os jogadores da formação não jogam... É que vêm os empresários, esses gajos que não são treinadores e não percebem nada disto e por isso, os miúdos, como o Bernardo Silva, não querem ficar na bancada a aprender com o mestre que lhes quer ensinar tudo como ao Eliseu, ao Bebé e ao Talisca... e vai daí querem sair para jogar, tal como o Bernardo sempre afirmou

«Quero ficar no Benfica. Vou fazer a pré-época, trabalhar para ficar no plantel, que é o meu principal objetivo, mas se não ficar logo se vê»


Ops! Esperem.... não era esta a frase, deve ser antes esta: 

"Espero ainda poder concretizar um dos meus sonhos de criança: jogar no ESTADIO DA LUZ com a camisola do BENFICA" mensagem de despedida

CONCLUSÃO: As frases não são minhas... eu apenas não percebo porque há dois pesos e duas medidas, quando toca aos motivos pelos quais os miudos não estão preparados para jogar ou dos motivos pelos quais (com as mesmas dificuldades apontadas aos miudos) os jogadores contratados podem jogar.

Aqui fica o video da conferência de imprensa para quem quiser me ajudar a perceber melhor o que o mister quis explicar sobre os jogadores da formação e a comparação com o que ele dissera dos outros que contratou. É isso isso que eu peço a vossa ajuda.

Os Princípios segundo Espírito Santo

Avatar
 ●  + 34 comentários  ● 
O Nuno Espírito Santo veio ontem dizer implicitamente que o Presidente do Benfica deveria ter princípios e vender o Enzo ao Valência abaixo dos 30M€, deixando entender que, alegadamente, haverá um pré-acordo de 25M€ "alinhavado" há algum tempo.


Bem sei que o actual treinador do Valência está habituado a viver num ambiente de favorecimento. Foi assim que chegou ao FCPorto, foi assim que lá permaneceu, foi assim que pouco lá jogou... Foi assim que chegou a treinador, foi assim que o transformaram numa qualidade que não tem e foi assim, favorecido, que chegou a Valência.

Portanto não deixa de ser curioso ver uma pessoa com este percurso a falar de princípios...

Para este, cujos princípios duvidosos, o Benfica deveria subjugar-se aos favorecimentos, neste caso das pretenções do Valência. Se houve um pré-acordo, houvesse do Peter Lim dinheiro para cumprir com esse acordo... Se a compra do clube se atrasou, o problema não é do Benfica e muito menos uma questão de princípios, uma vertente em que o Benfica não aceita lições de ninguém e menos ainda do Nuno Espírito Santo.

O princípio está claro e definido pelo Presidente do Sport Lisboa e Benfica perante os sócios: 30M€ pagos a pronto!

Quem quer, paga! Foi assim que Nuno Espírito Santo se habituou a conquistar títulos no seu clube de referência: pagou por eles. É um princípio com o qual deve estar familiarizado e que deveria sim estar a pedir ao proprietário do seu clube.

Do lado do Benfica, a única questão que gostaria era de ter visto, aqui sim, um Comunicado a por esta escória no lugar. De resto, são 30M a pronto e mais nada!

Tic tac tic tac: eis o fecho do mercado

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 
Três dias, três nomes "na berlinda": Enzo Perez, Nico Gaitan e Luisão.

Quem sai, quem fica... Que mais nomes se juntam para sair (dispensas), que outros nomes vão chegar, aparecem as "trutas" ou jogadores possíveis?

Três dias, ainda muitas incertezas, mais (muito mais) do que desejaríamos no fecho de três meses após uma grande temporada, pois a saída de um (qualquer um) dos três nomes em causa terá my grande impacto desportivo - impossível de quantificar.

A chegada, ou saída, de jogadores importantes no fecho do mercado nunca pode ser vista como positiva, só se aceita fruto de condicionalismos que não tivemos (chegada tardia de novo treinador, falta de recursos financeiros, etc).

A missão do treinador, caso ocorra uma saída importante, mesmo que colmatada por uma entrada relevante também, será sempre dificultada pela necessidade de fazer uma pré-época... Durante a época.

Bem sei que benfiquista é aquele que não pensa, confia. Mas eu tenho este defeito de não ser benfiquista... desses. Por isso na minha opinião, nesta fase, penso que deveríamos fazer tudo por tudo para manter qualquer um desses jogadores em questão. Quanto às entradas só se fosse uma "truta daquelas" para o ataque, senão deveríamos potenciar ao máximo a qualidade inegável que temos no plantel. Mais do mesmo, não Obrigado.

Vamos a prognósticos:

Nico Gaitan: só uma loucura o poderá fazer sair. O Atlético Madrid e o Monaco acredito que ainda alimentarão a esperança mas não me parecem dispostos a fazer essa loucura. FICA!

Enzo Perez: a saída interessa, acredito, aos três (financeiramente). Acredito num acordo bom para as três partes e que o jogador acabará por sair (veremos se agora ou em Janeiro). Gostaria muito que ficasse. SAI!

Luisão: "the last big chance". A vontade do jogador será determinante para que fique ou saia. Não me choca se quiser sair para fazer um grande contrato da vida ao fim quase 34 anos e tantos deles no Benfica. Não tenho a ilusão do amor à camisola nos tempos que correm. No entanto, se forem outras as insatisfações do jogador, penso que deveríamos fazer o possível para o manter. FICA!

Ninguém sabe o que vai acontecer, acho que nem mesmo as partes envolvidas. Na vossa opinião o que acontecerá?

PS- e nas dispensas? Quem falta sair?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Eu gosto mesmo é do Benfica. E tu?

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 
Fico emocionado! A serio em ao fim de mais de 6 anos de blogsfera ainda me emociono quando vejo a paixão com que se mede o benfiquismo.

Ao fim de tantos anos ainda me causa arrepios saber que "não há ninguém mais benfiquista que o Rui Costa" (sem nada contra o Rui Costa, claro, o exemplo é mesmo pela emoção de saber que há ícones da paixão) ou que se só se é do Benfica quando se apoia e pronto!

Só somos do Benfica quando apoiamos tudo, mesmo que não saibamos perceber porquê ou talvez melhor ainda... somos do Benfica quando não temos que perceber porquê, temos é que acreditar em alguém.

Somos do Benfica quando ouvimos alguém dizer "confiem em mim" e nós confiamos. Somos então do Benfica quando confiamos e apoiamos pessoas. Temos que gostar do que o treinador faz porque sim, não se cobra dos jogadores... eles são do Benfica, bolas!

Somos do Benfica quando apoiamos o que quer que seja feito, não quando apoiamos o que nos faz sentir bem. Já não temos que ser do Benfica porque gostamos de ganhar, não agora temos que ser do Benfica porque temos os melhores homens do Mundo, que só há Benfica por causa de duas ou três pessoas em quem temos que confiar e que temos que aceitar até que um dia o Benfica jogue de "azul à Benfica" (como aconteceu com Vale Azevedo). Ora bolas, confiem! "Apoiem caralho!" - esta frase não sai da cabeça.

Quem não é assim não gosta de ganhar! Quem não é assim não gostou do triplete ao qual se somo o "poker" de títulos já este ano... Ah mas esses são os que gastam, muitas vezes o que não têm para seguir o Benfica ao fim do Mundo? Ah isso é para criticar, só pode, porque benfiquista que é benfiquista apoia!

De que clube é afinal aquele que se diz benfiquista e que quer o Benfica de vermelho e branco? Ui... sabemos bem quem são esses! Alguém que não percebe de markting, porra! 

De que clube é aquele que insiste em ter opinião? Essa gente topamo-los distância! Não apoiam... querem é ter razão e quando a têm... é porque os tais homens sem os quais não há Benfica decidiram quando é que eles deveriam ter razão, na verdade... eles não têm razão, têm é sorte.

Uma sorte que quem "apoia caralho" não tem! Sabem porquê? Porque não precisam... não têm que ter ideias, não têm que lutar por nada, não têm que ajudar o clube, não têm que estar lá, não têm que ficar tristes... esses não precisam de sorte porque "apoiam caralho!"

Sabemos bem quem vocês são, essa malta que pensa, que tem opinião, que sabem que o Benfica não é de hoje, nem de ontem é de há 110 anos, sabem que o Benfica não nasceu nem renasceu em 2001, o Benfica é o Benfica e será sempre o Benfica e o Benfica é mais do que pessoas, do que qualquer pessoa!

Sabemos quem vocês são os que ousaram ser exigentes e criar o maior clube do Mundo, aquele clube cuja camisola pesava porque ali ganhava-se e não era qualquer um que podia vesti-la nem fazer parte do clube...

Sabemos bem quem são! São vocês que insistem em não distinguir os benfiquistas... para quem o Benfica não tem outro nome que não seja Benfica. Bandeiras? O Benfica só tem uma... e em nenhuma deles aparece nenhum homem, nem sequer o Cosme Damião, quanto mais o Rui Costa, o Luis Filipe Vieira. Nem o "king" Eusébio está na bandeira do Benfica... "limitou-se" a fazer parte da história gloriosa preenchendo das mais belas páginas, mas para as quais talvez com menos beleza, outros contribuíram também. O Benfica não são só eles... o Benfica são eles, nós e vocês.

Sabemos bem quem são voces que só elogiam o presidente quando ele faz bem e o criticam quando ele erra! 
Sabemos bem quem são vocês que só elogiam o treinador quando ele faz bem e o criticam quando ele erra! 
Sabemos bem quem são voces que exigem deles o melhor para o Benfica como se o Benfica fosse um filho de cada um vós. 

Sim, vocês que tratam o Benfica como se fosse um filho, que não limitam a que sejam apenas os outros o eduquem e sabem que vocês têm uma palavra a dizer na educação do filho que tanto amam e que seguem para todo o lado.

Sim, vocês para quem o Benfica é mais um filho, a quem não deixam de dar um "puxão de orelhas" quando ele erra, mas nunca, jamais, se vão lembrar da reprimenda quando ele fizer o melhor para o futuro deles... quando ele atingir os seus objectivos, aqueles que na verdade são os vossos objectivos...

Sabemos, sim sabemos, quem vocês são... chamam-se BENFIQUISTAS, caralho!

PS- as minhas desculpas pelo "vernáculo", que nunca fez parte do GB nem do NGB e que não se repetirá em nenhum texto do NGB no futuro, mas desta vez teve que ser para alguns destinatários poderem perceber a mensagem.

Eu sei o que eles querem, sei o que ja fizeram, sei o que querem fazer... Mas lamento não permitir...

Vão ter que levar comigo, porque eu gosto mesmo é do Benfica!!!

Champions: Tão perto dos 1/8... e da eliminação!

Avatar
 ●  + 22 comentários  ● 

Grupo equilibrado! É certo que não tivemos a sorte habitual que ano após ano faz parte do "esquema" e tem a difícil missão de jogar com o Bate Borisov, mas temos um grupo que não sendo fácil... não é impossível.

Estaremos tão perto dos 1/8 da Champions, como de poder sair das competições europeias até.

Mas há boas notícias: Mónaco traz de volta à Luz o "nosso" Bernardo Silva e o Zenit traz o Witsel, Javi e Garay! Em todos os jogos vamos ter um "perfume" do Benfica... até com o Bayer Leverkussen que nos traz muito boas memórias do passado.

Eu deixo já o meu prognóstico: Benfica passa em primeiro!

Champions

Avatar
 ●  + 42 comentários  ● 

Mónaco,  Leverkusen e Zenit.  Acessível?

Que custo para Enzo?

Avatar
 ●  + 26 comentários  ● 
Se Enzo não vai ser vendido,  porque não terminar com polémicas e esclarecer que o jogador vai ficar? 
Que custo tem na produção e estabilidade do jogador a não definição da sua permanência ou transferência? 
Ou será que estamos apenas a aguardar pelo inevitável? 

De que clube és tu afinal?

Avatar
 ●  + 50 comentários  ● 

-Apoias alguém que foi sócio do FC Porto quase 25 anos e sócio do Sporting?

- Apoias alguém que festejou golos do FC Porto nas Antas frente ao Glorioso?

- Apoias alguém que declara que pertencia ao círculo de confiança do maior corruptor do futebol português?

- Apoias alguém que serviu de intermediário em negócios como o de Deco ou Ovchinnikov quando foram parar ao FC Porto?

- Apoias alguém que prefere ter na FPF pessoas apanhadas nas Escutas do Apito Dourado?

- Apoias alguém que perante benfiquistas agredidos e espancados em Braga prefere reafirmar a sua amizade publicamente com o principal incitador desses atos?

- Apoias alguém que agradece a ajuda a quem andou a roubar valor comercial do Glorioso para o entregar ao clube dos cafés e da fruta?

- Apoias alguém que coloca dentro do Glorioso gente que professa publicamente a "religião FC Porto"?

- Apoias alguém que não faz um comunicado a repudiar as agressões a jovens atletas no norte do país?

- Apoias alguém que manda sócios do Glorioso para o c#$#§£@?

- Apoias alguém que deixa passar em claro atletas que insultam os sócios e adeptos do Glorioso?

- Apoias alguém que tem na sua Comissão de Honra Manuel Damásio?

- Apoias alguém que segundo uma benfiquista insuspeita, de seu nome Leonor Pinhão, não era benfiquista de gema?

Tu até podes achar que és benfiquista, mas tu de facto não fazes ideia do que é o Sport Lisboa e Benfica. 

Se fizesses a mínima ideia do que é ser benfiquista, se fizesses ideia do mal que os amigos desse que tu veneras têm feito ao Sport Lisboa e Benfica, mesmo discordando das opiniões de benfiquistas que nunca repartiram pelas Antas ou Alvalade as suas preferências acima do Glorioso, não te armavas em atrasado mental e não dedicavas os teus dias frente ao computador a lamentar que "aqueles gajos do NGB" são isto e aquilo.

Tinhas ideias próprias e dedicavas os teus dias a demonstrá-las e a defender as mesmas e não a dar emocionadas palmadinhas no rabo dos teus amiguinhos com os grandes textos de Culambismo que se vão presenteando uns aos outros quais amantes inflamados e apaixonados.

E mais que tudo, estarias sempre de pé atrás com quem entrou no clube pela porta do cavalo à base da mentira chamada Jardel(sim porque os mesmos que hoje clamam pelo actual presidente eram os mesmos que íam eleger novamente o vigarista Vale e Azevedo se não fosse a mentira Jardel). 

Tens memória disso benfiquista de ocasião? Tens memória que tu provavelmente até fizeste parte dos 38% que mesmo apesar de tudo votaram Vale e Azevedo?

Se fizesses a mínima ideia do que foi o Sport Lisboa e Benfica, estarias sempre de pé atrás com quem se acha um grande líder, mas que até agora só conseguiu ser o presidente do maior passivo da história do clube que não diminui apesar das sucessivas vendas bombásticas, da maior série de vitórias do FC Porto, do período em que o FC Porto venceu 3 competições europeias e que só é mestre em apresentar resultados de betão, pois para isso bastava pedir mais uma linha de crédito para os benfiquistas pagarem.

Tu não sabes de que clube és, porque hoje és do anti-não sei quem porque te pagam para isso, como ontem te pagavam para manobrar blogues de apoio ao Sócrates ou ao Passos. 
Tanto falas na BTV como no outro dia estás a coordenar uma campanha à presidência do Sporting.

És tu que vens tentar ensinar o que é ser benfiquista? Não me faças rir, pah.

Portanto, meu caro benfiquista de ocasião, enquanto descobres qual será o teu clube daqui a uns anos, nós aqui no NGB temos de facto muitos defeitos começando aqui pelo ordinarão do Shadows, mas há um que não temos: 
Sempre fomos e sempre seremos SÓ do SPORT LISBOA E BENFICA. 

Por muito que isso custe à turma das palmadinhas no rabo.

13/10/2010

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 


William Carvalho: Será que acertamos outra vez?

Avatar
 ●  + 14 comentários  ● 
Tem andado uma roda viva na imprensa sobre o William Carvalho e o Arsenal.

Antes disso, aqui no NGB há muito que referimos que o William não fica cá e que sai para o ManUtd (até arriscámos uma verba a rondar os 45M). 

Olho para a imprensa de hoje e depois de tanto tempo a malhar no Arsenal.

Será que vamos acertar outra vez? É preciso ter sorte...

Vamos a apostar! Quem acredita que fica? Quem pensa que sai, entre estes quem arrisca o destino e o valor?!

Eu lanço a minha aposta: No ManUtd, num valor perto dos 40M€ e só depois de perder o jogo na Luz.

Entretanto, "roubado" do Facebook do José Marinho, eis uma grande verdade dita pelo sócio 100.000:


Ups!!!

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Um "banho de realidade" na FPF

Avatar
 ●  + 4 comentários  ● 
Pois é, perceberam agora o que há muito eu já tinha aqui escrito: não há pós-CR7!

Não há porque os miúdos não têm "traquejo", porque não são apostas em clubes que lutem por nada, porque andam de clube em clube, porque não treinam e jogam ao mais alto nível e com os melhores, porque não são aposta... E isso reflete-se na selecção quando deixam de jogar "entre miúdos" nas camadas jovens.

O Fernando Gomes aparece agora muito preocupado com a formação e com a transição e apareceu com duas medidas que pecam por "curtas":

- Paulo Bento assume o Gabinete Técnico Nacional: passa a coordenar o trabalho de todas as selecções em equipa com o Rui Jorge e o "mestre" Ilídio Vale. Objectivo: aproveitar os mais jovens e preparar as transições.

- Campeonato Nacional de Seniores terá mais número de jogadores formados localmente (em Portugal) do que tem hoje.

Ora, a primeira medida não serve de nada se os clubes mantiverem o desdém pela formação e pelo aproveitamento dos seus recursos. Portugal tem dos melhores "viveiros" de jogadores da Europa, um projecto realmente relevante será criar um projecto de apoio federativo semelhante a Clairefontaine.

Além disso, é preciso que este gabinete tenha maior proximidade com os clubes, que "puxe" pelos miúdos. Os clubes têm que criar estruturas de apoio à transição, atribuindo modelos de acompanhamento aos jovens mais promissores - tutores.

Os incentivos, por meio de regras, à utilização de jogadores formados localmente, tal como aqui já escrevi são bons, mas têm que ser alargados às ligas profissionalismo, onde os clubes têm mais recursos e de onde saem, na grande maioria, os jogadores para as selecções. O problema não está no CNS.

O NGB estava certo, os críticos não!

Avatar
 ●  + 32 comentários  ● 
O NGB pôde apurar que não é a primeira vez que o Gonçalo Guedes integrou o treino da equipa principal.

A César o que é de César!

Ora, há duas semanas que aqui no blog escrevemos que a II Liga é demasiado "curta" para o Gonçalo Guedes. Aliás, nós defendemos que o Gonçalo tivesse sido premiado com uma chamada aos convocados (mesmo que fosse para a bancada) na ultima jornada da liga passada - basta lerem os tópicos da altura.

O Gonçalo Guedes já tem treinado com a equipa A mais vezes e por isso o mister Jorge Jesus merece o nosso elogio por isso.

Treinar na equipa A e jogar na B é uma das etapas da formação, antes de ser lançado na equipa A, como merece. Será justo considerar que o Gonçalo poderá vir a participar em alguns dos jogos deste ano - o que seria ja excelente.

Novamente "a César o que é de César"

Quando, ainda antes do inicio do campeoanto aqui escrevi que a segunda liga era "curta" para o Guedes, disseram-que ele estava lá muito bem. O tempo veio provar que eu estava certo, pois o que eu escrevi coincidia com a opinião dos responsáveis do Benfica.

Gonçalo Guedes na equipa principal

Avatar
 ●  + 45 comentários  ● 
Pois, eu que há duas semanas ando a pedir isto, segundo os treinadores de bancada, não tinha razão... 

... Pelos vistos afinal tenho!

Para memória futura: eu escrevi (e repito) que o miúdo é muito, mas muito melhor que qualquer alternativa ao Salvio e Gaitan. Veremos quando começar a jogar... Talvez alguns que discordaram de mim depois sejam obrigados a ficar bem caladinhos.

Ja agora, sobre este jogador o Benfica que tenha o bom senão de não repetir o "erro Oblak", tenho para mim que menos de 40/50M€ de cláusula é arriscarmos-nos a que ele saia antes do tempo! Fica o aviso, que infelizmente no caso de Oblak não foi tido em conta a tempo.

PS- JJ, já sabes... quando precisares outra vez estamos por aqui ;)

A face da incompetência.

Avatar
 ●  + 10 comentários  ● 


"Fomos incompetentes." 
É a frase chave de Fernando Gomes, presidente da FPF, sobre a campanha no Mundial do Brasil.

E como em tantas outras situações neste país, a incompetência tem com consequência...nada.

O presidente não assume qualquer responsabilidade específica nos maus resultados. Os directores não assumem directamente qualquer responsabilidade específica nos maus resultados. 

O seleccionador, o tal que escolheu os jogadores e tomou as opções com critérios de amiguismo e lealdades incompatíveis com profissionalismo e respeito pela responsabilidade que lhe foi confiada, também não retirou consequências.

Pelo contrário, o seleccionador que foi incapaz de renovar a selecção e desperdiçou uma oportunidade enorme de fazer um bom mundial num país cuja familiaridade com Portugal é única, vê a sua incompetência ser recompensada com um reforço de poderes.

A falta de liderança na FPF evidencia-se nestes momentos. Assim como no Brasil ninguém deu a cara pelas opções de estágio e preparação, e Fernando Gomes bem ao seu estilo andou fugido das câmaras e dos micofones até a "tenda estar bem a arder", como o tem feito no caso da LPFP, também agora se consiera que "fomos incompetentes" mas afinal tudo foi bem escolhido e decidido.

Então falhamos onde? Em quê "fomos incompetentes"?

Parece que o médico, que colocou em causa as opções de Paulo Bento devido à deficiente condição física que muitas dessas primeiras opções apresentavam, foi o culpado e o único a ter que retirar consequências.

O futebol português é um reflexo de parte do país que nunca retira consequências dos seus erros. Ou não os assume, ou assumindo, agarra-se aos seus lugares até a tempestade passar, acabando por culpar a má sorte pelas suas teorias não resultarem em algo grandioso e repete depois aquilo que já de mal 

Este futebol velho, corporativista e repleto de gente com vícios e lealdades mais mportantes que o profissionalismo que os largos milhares de euros que auferem exigem, continuam a estrangular o que poderia ser algo bem melhor. Alimentam e alimentam-se do entusiasmo e da crença dos adeptos para apenas continuarem a manter os seus interesses bem vivos.

Pobre adepto do futebol. Enganado, iludido e sem força para mudar seja o que fôr. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Benfica e o futuro: A pergunta em que todos têm de refletir

Avatar
 ●  + 31 comentários  ● 
Um estudo mostrou que as equipas que mais gastam nos ordenados dos seus jogadores (não tanto em transferências) são aquelas que mais ganham. O que tem lógica. Mais ordenados significa melhores jogadores, estabilidade, continuidade e jogadores valorizados dentro do próprio clube.

Pode claro haver exceções, um ano em que a lógica dos números não funcione, um ano em que um Atlético de Madrid consiga ser campeão espanhol ou um Boavista chegue a campeão português, mas a regra é essa.

Em Inglaterra foi o City o campeão, na Holanda o Ajax, em França o PSG, em Itália a Juventus, na Alemanha o Bayern, na Grécia o Olimpiacos. A exceção este ano foi apenas em Espanha. As equipas que mais gastam são as que mais ganham. Ponto final.

Por isso, nós podemos sempre valorizar demasiado a parte emocional do futebol e esquecer a lógica dos números, partir do princípio que enquanto há vida há esperança, que a bola é redonda, que partimos todos com zero pontos e no relvado são onze contra onze mas, no fim, na conclusão de tudo isto, das guerras, dos piropos, dos penalties roubados e das quezílias clubísticas, quem ganha é quase sempre quem mais gastou.



Num outro ponto, outra ideia que quero deixar aqui, é que é uma ilusão achar-se que para ganharmos competições basta fazermos bem o nosso trabalho. O futebol será sempre um jogo de forças opostas, no qual o resultado final vai depender, não só daquilo que formos capazes de fazer, mas também daquilo que forem ou não capazes de fazer os nossos adversários.

Eu sei que a emoção faz esquecer tudo isto. E sei que no final, para os adeptos o que conta é se chegámos em primeiro ou em segundo. Mas por detrás desse aspeto emotivo está uma lógica indesmentível, e que é o facto de às vezes não se conseguir ganhar mesmo quando se fez quase tudo bem feito, e em outras ganhar-se quando o percurso foi marcado por erros indesmentíveis.

Trapatoni por exemplo saiu em ombros depois de ser campeão com 65 pontos. Jorge Jesus saiu em ombros depois de ser campeão com 74 pontos. Mas o Jorge Jesus dos 77 pontos quase saiu escorraçado, quando em termos numéricos e objetivos, o ano dos 77 pontos foi o ano em que o Benfica foi mais regular e mais competente.

E isto é assim precisamente por causa da variável que não controlamos, aquela que não depende da nossa competência, e que é a capacidade dos nossos adversários. E é por causa disso que num ano medíocre do FCP, um dos piores Benficas da história foi capaz de ser campeão nacional com Trapatoni, e num ano fantástico do mesmo FCP, um quase fantástico Benfica não consegue celebrar nada com 77 pontos conquistados e o seu treinador quase acaba despedido.



Onde quero chegar com isto tudo? Ao analisar o Benfica atual à luz destas duas realidades. O Benfica pode até ter a necessidade de emagrecer orçamentos, de deixar de comprar atletas de 10 milhões para começar a apostar num mercado mais barato ou na prata da casa, hoje inexperiente mas com potencial de futuro.

Mas o problema é que a politica desportiva do Benfica será sempre um camaleão, e estará sempre dependente daquilo que os seus rivais fizerem. Como anteriormente vimos, a equipa que mais gasta e que melhores ordenados paga, ganha quase sempre.  

Pode o Benfica, numa época em que o seu grande rival FCP, coloca toda a carne no assador, que contrata 4 ou 5 jogadores avaliados à volta dos 10 milhões (um deles até 20!!), reduzir o seu orçamento drasticamente e manter aspirações reais à conquista do bi-campeonato? E a resposta é que não, não pode, porque a fazê-lo só seria campeão numa daquelas épocas raras, num ano anormal do FCP em que a regra dos euros fosse quebrada.

Há uns anos atrás os campeonatos disputavam-se, hoje compram-se, ou quase. Chelsea, Liverpool, United e Arsenal já perceberam que só será possível vencer em Inglaterra com investimentos ao nível do Man City. Em França, só o Mónaco poderá roubar o campeonato ao PSG, porque só ele pode competir com o PSG a nível financeiro. Atrás de um louco outro louco vai!

É pois muito bonito, pegar em exemplos tipo o do Atlético de Madrid, e fazer disso uma imagem deturpada da realidade... É mais bonito ainda lembrar exemplos como o do Ajax, como um clube que ganha muito internamente e que tem como politica a aposta na prata da casa.

Mas a pergunta que tem de se fazer é esta: contra quem compete o Ajax internamente? E a resposta é, contra equipas de orçamento inferior ao seu. A lógica dos números por isso mantém-se.

A verdade nua e crua é que se o Porto, o PSV ou o Man City caminharem financeiramente para o precipício, Benfica, Ajax e Chelsea não terão outra opção senão ir atrás para o mesmo precipício. Porque os grandes clubes vivem de vitórias, que geram receitas e paixão dos adeptos. Os grandes clubes não sobrevivem com estádios vazios, resultado da incapacidade de disputarem a vitória nas grandes competições.

Será pois possível ao Benfica vencer internamente de forma regular reduzindo o seu orçamento drasticamente, optando por ser racional e rigoroso? Claro que sim, no dia em que o FCP também o fizer, e ambos puderem competir com as mesmas armas!

Benfica e o futuro: com emoção ou com razão? Estarão os adeptos benfiquistas dispostos a aceitar uma politica de contenção e emagrecimento do passivo se isso significar voltar aos atrasos de 20 pontos para o FCP? Antes de começar a discutir qualquer outra coisa, esta é a pergunta em que todos têm de refletir.




recentes

ranking