O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 21 de março de 2021

Ruben Amorim, como Bruno Lage, será que a história se repete?

Avatar
 ●  29 comentários  ● 

Ruben Amorim, como Bruno Lage, traz outra dimensão de comunicação e forma de estar no futebol português. Perfis emocionais diferentes, com um mais assertivo e outro mais humilde... mas ambos claramente "fora" do que é o futebol português, muito mais a ver com o que se passou em Portimão do que isto...

O treinador do Sporting sabe bem como mantém motivados os sócios e os jogadores do SportingCP: Apontando tudo aos pensam saber tudo e estar não sei quantos anos à frente...

Anteontem, como aqui foi escrito no post O populismo de Amorim quando se avizinha mais um negócio com o Portimonense, foi o querer demonstrar aos seus que - ao contrário do Jesus (o tal que pensa que sabe tudo) - ali não há desculpas.

Ontem, depois de mais um jogo muito pouco conseguido pelo SportingCP, voltou a aproveitar as palavras que ficaram do treinador do SLBenfica na conferência de imprensa umas horas antes:


 ... E basicamente resolveu mostrar que o clube da aposta na formação, aquilo que todos os adeptos gostam de ver, é o Sporting CP... se até vai mais longe: os que estiverem com duvidas porque onde meter a assinatura, vão para o SportingCP que ali os miudos de 16 anos entram em campo.


Todos assistimos a tudo o que se disse sobre Bruno Lage... enquanto o deixaram ganhar, encheram-se capas de jornais com o "Novo Mourinho"... com uma diferença: a equipa de Bruno Lage jogava muito, mas muito mais que a de Ruben Amorim.

Porém, assim que o "Sistema" e as "Vacas Sagradas" entenderam que não tinham que aguentar mais este tipo de treinador... encarregaram-se de correr com ele... tal como se encarregarão de fazer com que o Ruben Amorim não chegue ao próximo Natal.

No entanto, e na medida em que pouco me interessa o que se passa e passará no SportingCP, o que é realmente importante é verificar como Ruben Amorim coloca a nu a situação actual de um SLBenfica aburguesado, caduco e com uma estrutura composta por gente ultrapassada.

Até nisso, sem se expor, o Ruben Amorim todas as semanas demonstra o seu benfiquismo ao fazer soar os alarmes na Luz em como está tudo mal.

O SLBenfica precisa de uma reestruturação urgente!

Há quem diga que, face ao Sistema vergonhoso que temos imposto em Portugal, sem um Presidente que conheça os meandros deste futebol português é impossível ganhar.

Eu sou mais da opinião contrária: Entendo que enquanto tivermos um Presidente aburguesado e caduco... não vamos ganhar. 

Seja como for, uma coisa parece certa: Com este Presidente não vamos ganhar, sem este Presidente não vamos ganhar... E se assim é: então venha claramente uma reestruturação.

E essa reestruturação tem que começar urgentemente e pelo treinador:

- Ouvir Jorge Jesus nas conferências de imprensa é DESOLADOR!

Um treinador agora ultrapassado e retrógrado, ao qual junta os defeitos de sempre: Comunicação centrada em "quando ganhamos eu ganho, quando perdemos eles perdem".

O SLBenfica precisa modernizar-se... ando aqui a dizer isto há meses, aliás há anos... O SLBenfica parou no tempo no Tetra!!! Desde 2019...

O mais grave de tudo é que na Luz ninguém percebe... o Scouting é hoje uma sombra de quem "descobria" mais e melhor no mundo inteiro, a liderança do futebol é hoje um treinador... um retrógrado e a Presidencia està na mão de um burguês que acha que já nem precisa prestar contas.

Ou isto muda, ou nos arriscamos a um travessia no deserto de muitos e muitos anos...
 

29 comentários blogger

  1. É fantástica a capacidade que tens em tornar-te cada vez mais ridiculo a cada dia que passa. É como se tivesses nascido da junçao do pedro guerra com a filha do nene

    ResponderEliminar
  2. Boas Benfica by GB, permite-me discordar, concordando. O Presidente do Benfica não está só aburguesado e caduco, é alguém que não sente o Benfica como um vulgar adepto, e pior tem os "tomates presos", e neste momento é inequivocamente o elo mais fraco dentro do clube.
    Há também a chusma lagarta que infesta o clube, mas esses foram trazidos por Vieira e só estão lá dentro a contaminar porque ele assim o quis.
    Por fim o treinador, defendi o seu regresso, mas uma das duas coisas que mais temia confirmou-se, a que não se concretizou foi uma clivagem entre benfiquistas devido aos anticorpos que ele tem entre nós, a que se concretizou foi a constatação de que um treinador com 65 anos e com um palmarés que não é nada de impressionante comparado com outros bem mais jovens ou estrangeiros, jamais poderia trazer algo de novo ao Benfica. Ainda tive esperança que a sua vinda pusesse alguma ordem naquela casa, mas o vírus do Benfica está muito entranhado, vai ser precisa uma desinfestação total de alto a baixo, a começar por cima.

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho uma visão distinta neste processo, ou melhor, nos últimos 5 anos do Benfica, curiosamente, o "operacional" Paulo Gonçalves deixou o Benfica há cerca de 5 anos, pergunto, quantos campeonatos ganhou o Benfica nos últimos 5 anos, incluindo este que já está perdido? Apenas um campeonato nos últimos 5 anos, foi o campeonato do Lage e do Félix!

    Será que o "operacional" Paulo Gonçalves, era mesmo uma peça fundamental, e essencial na estrutura do Benfica? Os campeonatos perdidos, desde a sua saída dizem que sim ...

    ResponderEliminar
  4. A minha modesta e insignificante opinião diz o seguinte :

    - Rúben Amorim, ao contrário de Lage, sabe exprimir-se e conhece bem o valor das palavras e o impacto que elas têm nos destinatários. Lage, pareceu-me sempre um falso humilde, um deslumbrado;
    - Lage foi levado ao colo pelas 2 ou 3 "vacas sagradas" que mandavam no balneário e tinham mão em todos os outros; Rúben Amorim, talvez por ter sido jogador de futebol, conhece bem as tramas do mundo da bola e parece ter - por enquanto - o controlo de toda a situação;

    - Lançar miúdos quando as coisas correm bem, é relativamente fácil. Integram-se bem e o valor que têm ajuda-os a superar as naturais dificuldades; aconteceu também no Benfica;

    - Rúben Amorim é a nova face daquilo que deve ser o moderno treinador de futebol, embora esteja a viver um bom momento, o que torna as coisas mais fáceis; não sei como será Rúben Amorim quando as coisas lhe estiverem a correr mal; mas é inegável que tem controlo emocional e não ferve em pouca água, como por exemplo Sérgio Conceição;

    - Jesus pertence à velha guarda, da geração do futebol cheio de truques e manhas, da qual é, se não me falha a memória, o único ou dos únicos resistentes, pelo menos no que toda à I divisão; mas está inegavelmente ultrapassadíssimo, embora se perceba que conhece relativamente bem o mundo da bola; mas faltam-lhes muitíssimas outras competências, cada vez mais necessárias no futebol moderno;

    Quanto ao modelo de organização, não há que saber, está mais que descoberta a "pólvora" e resume-se a isto :

    - é de capital importâncias separar a vertente desportiva da empresarial; dar aos homens do futebol e que sabem de futebol a missão de fazer o que melhor sabem : treinar, recrutar, jogar e aproveitar todos os recursos humanos que lhes são confiados;
    - a gestão e o lado empresarial, não se deve imiscuir no campo desportivo;
    - aprecio bastante o modelo de organização que existe em Inglaterra : no início de cada temporada é entregue ao treinador/manager o cheque destinado às contratações que ele entende serem necessárias e, presidente/dono do clube e treinador, só se voltam a encontrar no final da época ou antes, se as coisas desportivamente não estiverem a correr bem. O treinador é desta forma responsabilizado pelos resultados que obtiver, sejam eles quais forem, positivos ou negativos;

    Posto isto, enquanto os clubes tiverem um "presidente agente" e directamente interessado nas contratações e nas vendas de jogadores e/ou treinadores, os clubes serão sempre sacrificados, nomeadamente na parte desportiva.

    O Benfica, está pois desde há muito no mau caminho, um caminho que leva ao esbanjamento de recursos (financeiros e humanos), a ficar refém de interesses obscuros e nebulosos, e a definhar desportivamente, que é o que mais faz sofrer sócios e adeptos.

    A "fórmula mágica" está pois descoberta há muito.
    O problema é que é deveras tentador ter as mãos na massa...
    E disso muitos presidentes, não abrem mão.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paralelamente ficou descrita a actual vida profissional do Mourinho. Pobre do presidente que lhe mete o dinheirinho nas unhas...

      Eliminar

  5. "Seja como for, uma coisa parece certa: Com este Presidente não vamos ganhar, sem este Presidente não vamos ganhar... E se assim é: então venha claramente uma reestruturação."

    Sério? A sério que depois de tantos anos com tantos problemas e tão má gestão (e mesmo depois de dizeres aqui que chegava de LFV), quantas vezes mais vais andar a lamber o cú do grande lider????
    Um pouo de amor próprio também faz bem rapaz!!!

    ResponderEliminar
  6. no futebol é assim, quando se ganha, são bestiais, quando se perde, são umas bestas e facilmente descartáveis.
    RA está a viver a sua lua de mel, tudo lhe corre de feição, até a tal estrelinha da sorte que parece não o largar mesmo em momentos de dificuldade.
    no futebol português os ciclos dos treinadores é curto, o máximo dos máximos 2 anos, porque o 3º já é por norma muito turbulento.
    enquanto o brinquedo é novo, todos lhe acham graça, depois enjoam-se e fazem-lhe a cama;
    todos os miúdos que o Sporting tem lançado este ano, parecem-se vulgares, porém, quando se está bem e por cima, é tudo mais fácil;
    mas o Sporting, como disse Peseiro aqui há umas semanas, está a beneficiar de jogar sem público e sem pressão.
    quando perdem ou as coisas começam a correr para o torto, salta-lhes a todos o verniz.
    foi assim e assim será com Lage, Vitória. Jesus, Mourinho, Guardiola, Klopp...
    quando ganham, parecem genuínos cavalheiros, mas quando perdem, tonam-se nuns barrascos do mais reles e ordinários que se conhece.
    Sérgio Conceição por exemplo quando está na mó de cima, parece um padre a falar, mas basta as coisas não lhe correrem de feição e torna-se com uma facilidade impressionante num ordinário reles e do mais baixo que se conhece, embora muitas vezes a gente não saiba como foi provocado.

    cá estaremos para ver como será Ruben Amorim em tempos difíceis, se apresentará o mesmo humor, a mesma boa disposição, a mesma descontracção e o mesmo fair play que tem sido até agora a sua marca

    ResponderEliminar
  7. A serio que continuamos nesta onda...

    O Lage foi queiamdo da mesma forma e pelas mesmas pessoas que permitiram mais uma reeleição de Vieira.

    Voces continuem nesta onda... agora é de reestruturação... é por isso que digo... fiquem com o Benfica SAD... pode ser que um RGS da Silva ou assim crie um novo clube Benfica.

    A sério estes posts.. estas brincadeiras são tão trágicas que irram mais do que se fossem propositadamente propaganda oficial do VIeira...

    ResponderEliminar
  8. O teu problema é de muitos, a maioria, é que acham que o problema parou no tetra e no ex penta, quando o problema existiu sempre, esta lá desde 2000, sendo que começou em 1995 a agravar-se, os títulos do tetra tirando o primeiro que a equipa tinha qualidade, ainda que a concorrência fosse fraca, o Benfica nunca ganhou alicerçado em ou na qualidade, porquê? Porque acham que esta tudo bem quando se ganha e não percebendo os erros mesmo quando se ganha, isso é o princípio do insucesso.

    A maioria nem mesmo assistindo a prestações miseráveis na Europa, percebeu que as coisas não estavam bem, porque para a maioria o importante é ganhar o campeonato no quintal.

    Há uma coisa que ainda hoje ninguém entende, o pulha jamais deveria c ter entrado no Benfica, é esse é o verdadeiro problema do Benfica, enquanto nós os sócios não Bo resolvemos, nunca mais teremos o Benfica como eu e muitos o conheceram, adoraram e amaram.

    GB ainda que andes ultimamente a limpar a tua imagem de anos a apoiar o pulha, és o exemplo do que acabei de dizer ou seja não és um bom exemplo, daí que nunca tenha considerado o RGS um candidato credível exactamente pelo passado recente de dirigente

    ResponderEliminar
  9. Bruno Lage e Rúben Amorim não têm comparação possível, enquanto treinadores de futebol.
    RA é um homem do futebol, tendo jogado ao mais alto nível e sido internacional. Parece-me um tipo culto, e com algum auto controlo, embora seja fácil quando se está por cima e na perspetiva de sucesso digno de realce, pois o Sporting não é campeão há para aí duas décadas.

    Bruno Lage era um assalariado do Benfica, a quem Vieira deu uma abébia, por ele bem aproveitada, se bem que com a preciosa ajuda de algumas vacas sagradas que mandavam no balneário, designadamente Jonas.

    Jesus é diferente de todos eles, é um típico vendedor de banha da cobra, mas que tem inegavelmente boa imprensa e ele próprio sabe vender-se e promover-se muito bem. Além de velho, tem uma quantidade infindável de manhas, bem ao gosto do amigo que o contratou, que no fundo o faz acreditar que o menos importante no futebol são os 90 minutos de jogo.



    ResponderEliminar
  10. o Benfica não parou em 2019, mas sim muito antes
    a malta andava era anestesiada com os campeonatos e pensava que tudo estava bem
    o Benfica desactualizou-se e perdeu o comboio em 2003 quando Vieira foi eleito
    Vieira trouxe para o Benfica uma série de vícios e artimanhas aprendidos com o seu principal guru e mentor da trapaça, de seu nome Jorge Nuno Pinto da Costa.

    infelizmente em Portugal e não só no futebol, ainda há gente que vive convicta que vale a pena a trapaça, que há benefícios em ser trapaceiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 62% acham que sim e 30 e tal ainda acreditam no Pai Natal!

      Eliminar
  11. "Ou isto muda, ou nos arriscamos a um travessia no deserto de muitos e muitos anos..."

    Mas a travessia no deserto já está em curso há muitos anos.
    Não são meia dúzia de campeonatos da treta tugas que nos devem encher de orgulho.
    Que Benfica é que temos tido nas Champions ? Um Benfica miserável, paupérrimo, humilhado por clubes da treta e até goleadas de mija nas escadas tempos levado.
    O Benfica é presentemente, saudade e memória. Nada mais.
    E uma ou outra alegria (cada vez mais raras) resultante de um ou outro jogo mais bem conseguido.
    Nada mais.

    ResponderEliminar
  12. Tenho que discordar de ti. O Bruno Lage parecia uma lufada de ar fresco, mas na verdade nunca despiu a pele do adjunto. Nunca teve uma palavra a dizer na formação do plantel, além de que assumiu e defendeu as escolhas feitas por outros, bem como permitiu que esses outros dessem opinião sobre as alienações.
    Hoje penso que as conferencias de imprensa eram preparadas pela direcção de comunicação.
    Há individuos que por mais competentes que sejam, nunca serão lideres.
    Eu sei que tu gostas do Lage, mas este não tem dimensão para treinar uma grande equipa.

    ResponderEliminar
  13. GB, essa de "Com este Presidente não vamos ganhar, sem este Presidente não vamos ganhar"..."então venha claramente uma reestruturação", é das tiradas mais "bem conseguidas e anedóticas" feitas pelos "seguidores do grande líder", a que tenho assistido desde que os benfiquistas (NÃO ME REFIRO À LAGARTAGEM QUE CONTROLA O SLB, COMO É ÓBVIO!) entenderam que O CLUBE ESTÁ TOTALMENTE MINADO POR GENTE DESPREZÍVEL E QUE NÃO PRESTA! Mas, segundo o GB, "O GRANDE LÍDER" É INTOCÁVEL E SEM ELE ACABA O BENFICA! Quem gere o blog tem todo o direito de ser seguidor e endeusar quem muito bem entende. O que não pode, SE SE CONSIDERA BENFIQUISTA (e é escusado andar a escrever que votou contra Vieira) É VERIFICAR TUDO O QUE DE MAL ESTÃO A FAZER AO CLUBE HÁ TANTOS ANOS E DEPOIS ESCREVER QUE O RESPONSÁVEL MÁXIMO, A PAR DO MANUEL VILARINHO, QUE POSSIVELMENTE EM CONLUIO COM PINTO DA COSTA METERAM ESTE PULHA LÁ DENTRO, NÃO TEM CULPA DE NADA..."devendo vir claramente uma reestruturação", faltando ter escrito "COM LFV A MANDAR COMO O TEM FEITO ATÉ AGORA", pois o fundo do poço está ali à vista E JÁ FALTA POUCO PARA O DESTRUIÇÃO TOTAL! O Benfica é o clube a abater desde que José Maria Pedroto assinou pelo FC Porto. Na primeira entrevista ao jornal "A BOLA" disse que "agora já só falta controlar os árbitros para ganharmos os campeonatos". Montaram o esquema do qual o apito dourado é uma pequena parte, MAS TINHAM NECESSIDADE DE DESTRUIR O BENFICA POR DENTRO, COMO O ESTÃO FAZENDO DESDE QUE LFV FOI ELEITO! LFV é sportinguista, apesar de também ter sido sócio do Porto mais anos do que aqueles que é do Benfica, e sempre teve como ídolo no futebol o Yazalde. Como foi e é possível "dar" o lugar de Presidente dum clube como o Sport Lisboa e Benfica a um adepto do clube rival dos que mais odeia este clube? Os sócios andam loucos ou foram "empurrados por bloguers" para a decisão errada que tomaram?

    ResponderEliminar
  14. Ora, ora, o previsível sucesso do Sporting será passageiro.
    Para o ano voltam outra vez a lutar pelo 4º lugar.
    O Porto, para minha infelicidade, é o único clube português que percebeu o contexto e se soube apetrechar (lícita e ilicitamente) para umas boas e largas décadas.
    No Porto até podem andar a fazer o ninho atrás da orelha do Pinto, mas ainda é ele quem manda e corta o bacalhau, como se diz lá no norte.
    De tempos a tempos, para não dar muito nas vistas, o Benfica lá ganha um ou outro campeonato, mas mais mérito do contexto do que da conjuntura.
    O Porto é o único clube que tem tido prestações positivas na Champions.
    E mesmo este ano, com o campeonato praticamente perdido, continuam na luta e a somar pontos, coisa que o Benfica é incapaz.
    Enfim, há toda uma cultura, talvez por ser um clube regional, de raça, crer e querer, que o Benfica foi perdendo ao longo dos anos.

    ResponderEliminar
  15. Bruno Lage ganhou 1 campeonato em tempos "normais".
    O que valeria este Sporting com público nos estádios e com pressão, será sempre uma incógnita.
    Fazendo uma analogia com o atletismo, recordo-me que Mamede, nos treinos e sem pressão, fazia marcas fabulosas nos 10.000 metros. Creio mesmo que um dos melhores tempos mundiais nos 10.000 metros foi obtido num contexto de quase "brincadeira".
    Depois, quando era a sério, normalmente desistia ou alcançava marcas modestas.

    ResponderEliminar
  16. O Benfica parece a "minha" Académica.
    O que era a Académica de outros tempos e no que se tornou a Académica.
    Perder ou sofrer perante clubes de dimensão muito inferior, passou a ser regra.
    Bem sei que Benfica é e será sempre Benfica, quanto mais não seja pela força da sua massa adepta e da sua história.
    Mas urge fazer qq. coisa para que o apagão não seja irreversível.

    ResponderEliminar
  17. o prestígio e a história do Benfica advém da sua performance internacional
    se o Benfica não tivesse feito na Europa aquilo que fez, hoje não teria estatuto, por muitos campeonatos nacionais que tivesse ganho.
    por isso, a reconstrução do Benfica passa impreterivelmente pela sua reprojecção internacional
    não vejo que a construção de um Benfica para consumo interno, satisfaça os seus apaniguados e volte a engrandecer a sua história!

    ResponderEliminar
  18. Ora bem, embora algumas das afirmações do post sejam discutíveis, como é natural, o caro ByGB desta vez não dissertou sobre as requentadas teorias da conspiração.
    Para variar, antes assim.
    Saudações benfiquistas.

    ResponderEliminar
  19. Infelizmente o Benfica tem mais de Vieira, que Vieira tem de Benfica.
    o Benfica é hoje o espelho de Vieira, em tudo o que de mais nefasto há.
    Uma Instituição séria e credível, deve viver sem o sufoco imposto pelo presidente.
    E nós em Portugal temos bastantes casos, alguns bem recentes, de instituições que nos pareciam bem sólidas e prestigiadas e que acabaram - literalmente - como acabaram.

    ResponderEliminar
  20. Estás desorientado homem. Passas da vassourada para escreveres que sem este presidente não vamos ganhar.....se estavas a ser irónico, avisa.

    O maior problema do Benfica não é jesus.

    O maior problema do Benfica é vieira e seus lacaios.

    ResponderEliminar
  21. A dor de cotovelo que vai em relação ao Rúben Amorim já manifestada vezes sem conta pelo BbyGB.
    A diferença que vai entre o Bruno Lage e o Rúben Amorim é uma e bem grande. É a personalidade.
    Enquanto Bruno Lage e mesmo Rui Vitória aceitavam que LFV interferisse na gestão da equipa, ora não comprando os jogadores que se deviam contratar mas sim aqueles que davam comissões a LFV, quando se colocavam determinados jogadores a jogar em detrimento de outros em melhor forma, com o objectivo de os vender e dar mais comissões a LFV, Rúben Amorim no Sporting impôs logo ao que ia e assim duma penada, despachou uma catrefada de jogadores ridículos que tinham sido contratados anteriormente e foi buscar os que ele sempre quis. O caso mais recente é o de Paulinho contratado ao Sp.Braga, ou era aquele ou não era mais nenhum. Frederico Varandas sabe que com Rúben Amorim é assim.

    Aliás, foi o que Rúben Amorim quando esteve em vias de ingressar como técnico no Benfica apresentou à estrutura do Benfica e que logo de seguida, não acharam muita graça à autonomia de que ele queria gozar, nomeadamente na Academia do Seixal e nas ideias comissionistas de LFV e assim, Rúben Amorim procurou outras paragens e até ver, não se tem dado mal, nem no Sp.Braga nem agora no Sporting.

    Bruno Lage e Rui Vitória nunca tiveram tomates para se imporem a LFV e viu-se o fim que tiveram, completamente abandonados e até traídos pelo presimente.

    Mas salvo seja as comparações entre o BbyGB e o ex-jogador do Benfica no que diz respeito aos conhecimentos do Benfica e de futebol, não têm comparação possível, convém ver então o que diz este ex-jogador do Benfica sobre Rúben Amorim.

    https://www.abola.pt/Clubes/2021-03-21/futebol-antigo-jogador-do-benfica-destaca-benfiquismo-nato-e-profissionalismo-d/883592/40

    Acorda BbyGB e deixa o Rúben Amorim em paz que não te fez mal nenhum.

    ResponderEliminar
  22. O Ruben Amorim, o Sporting, perderam 2 jogos o ano passado, para Benfica e FC Porto, ficou em 4 lugar, não cumpriu os objetivos do clube, alguém o viu mudar o discurso ou a forma de se dirigir aos adeptos, árbitros e Comunicação social??

    ResponderEliminar
  23. O Ruben Amorim, só não é treinador do Benfica, ao dia de hoje, porque antes de ir para o casa pia, alguém não o quis no clube.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. " porque antes de ir para o casa pia, alguém não o quis no clube."

      ALDRABÃO!
      O convite feito ao Ruben Amorim foi depois de ele ter saído do Casa Pia e antes de ir treinar o Braga B, porque não aceitou treinar o Benfica B (?)... estória para os papalvos.

      "Ao que consta, Rúben Amorim pretendia uma maior autonomia para poder ter sucesso desportivo e percebeu que tal podia ser hipotecado com as muitas variações de jogadores que o Benfica pretende entre as várias formações (equipa B, sub-23, sub-19), pelo que, dentro de total cordialidade, até porque tem um passado ligado ao clube, optou por não abraçar esse desafio."

      Nota:texto entre aspas retirado do zerozero.pt


      Eliminar
    2. Jaime, só 1 correção, o convite foi para os Sub-23 pois quem estava na B era o Bruno Lage. Como nesta equipa jogavam e jogam praticamente juniores e com mudanças constantes, preferiu o convite do Braga para a equipa B.

      Eliminar
  24. "Porém, assim que o "Sistema" e as "Vacas Sagradas" entenderam que não tinham que aguentar mais este tipo de treinador... encarregaram-se de correr com ele..." Que lata. Estás a falar do Shadows? Ele é que, assim que percebeu o alinhamento do Bruno Lage com o Presidente desatou a queimá-lo como se não houvesse ar condicionado na serra. E então quando o infeliz teve o deslize de apoiar o projeto da direção, ao Shadows só faltou pôr-lhe a cabeça a prémio.

    ResponderEliminar
  25. Não entendo como se elogia o Ruben Amorim por não dar desculpas quando tem ganho sempre, seja de que maneira for. Desculpas só são necessárias quando se perde, coisa que não tem acontecido. Se ele por acaso perder o campeonato, aí sim é que quero ver se não muda o discurso, que isto de ter um discurso positivo é fácil quando se ganha...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking