Exclusivo: A Vã Glória de vender, o sonho adiado e uma projecção do que pode ser o Benfica, por Francisco Scaramanga
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 19 de março de 2019

Exclusivo: A Vã Glória de vender, o sonho adiado e uma projecção do que pode ser o Benfica, por Francisco Scaramanga

 ●  + 123 comentários  ● 

A principal razão pela qual não me revejo na atual liderança do Benfica e da SAD e no respetivo modelo de gestão prende-se com a ausência de paixão e com a indiferença que revela pelos valores básicos em que se alicerça o Benfica. São precisamente estes aspetos – paixão e os valores do Benfica – as razões da minha filiação visceral ao Benfica. Por outras palavras, são os agentes patogénicos desta doença incurável que é o meu Benfiquismo. 

Quando falamos do Benfica, falamos de desporto e, para muitos, essencialmente de futebol. 
Mas o que é o desporto e, em particular, o futebol sem a paixão? Sem a paixão, o futebol resume-se a um negócio que, visto desta forma, apenas interessa a alguns (muito poucos). 

A paixão é o condimento do desporto e do futebol em particular. É o que move os adeptos, é o que os leva a sonhar, o que os leva a exultar com os sucessos e também o que os conduz a profundas angústias. Sem esta componente o futebol transforma-se num espetáculo (às vezes nem isso) a que se assiste com desprendimento. Ou seja, transforma-se na expressão comercial de um negócio onde alguns (muito poucos) lucram. 

É precisamente nesta versão de futebol, descolorida e desprovida de paixão, que a atual liderança está a transformar o futebol do Benfica. O Seixal, uma das principais bandeiras da atual liderança, funciona como uma “fábrica” de atletas para venda e não como uma “fábrica” de talentos para reforço da capacidade competitiva da equipa principal. 

A equipa B funciona como uma secção de “acabamento” para os jovens que ainda não estão em condições para serem colocados no mercado e não como uma antecâmara da equipa principal. A equipa sub-23 funciona como … bem, não se percebe na verdade para que serve esta equipa. 

Quando os sócios e adeptos do Benfica começam, legitimamente, a sonhar com a construção de uma grande equipa, composta por talentos “made in Seixal” e consolidada com a qualidade e a experiência de outros atletas contratados, surge o mercado de transferências. 

Com os argumentos de que o Benfica não pode competir com os salários pagos pelos “tubarões” do futebol mundial, de que não é justo “cortar as pernas” aos miúdos e de que os montantes recebidos são indispensáveis para o reforço competitivo da equipa, os atletas mais promissores e com mais qualidade são imediatamente vendidos… e neste momento, o tal legítimo sonho dos Benfiquistas, que, inevitavelmente, desemboca na almejada conquista da Liga dos Campeões da UEFA, sofre mais um rude golpe. 

É assim que a atual liderança gere o futebol do Benfica: sem paixão, sem consideração pelas aspirações dos Benfiquistas e como um negócio que beneficia alguns poucos e prejudica o sonho de muitos… e o pior é que a justificação para este modelo de gestão assenta num conjunto de falácias! 

Falácia 1:
Não é verdade que o Benfica não seja capaz de pagar a miúdos de 19 ou 20 anos o que eles vão receber nos Manchesters, nos Bayerns e nos Barcelonas desta vida. 

Se a SAD pode renovar contratos com atletas em final de carreira ou que passam metade da época com lesões que os impedem de competir com salários de 6 ou 7 milhões de euros anuais… 

se a SAD pode pagar salários desta magnitude a atletas contratados que praticamente não competem pela equipa principal… 

se a SAD pode gastar dezenas de milhões de euros por ano com a contratação de serviços cuja natureza e utilidade ninguém consegue perceber… 

Então haverá certamente margem para pagar salários consentâneos com o que a elite do futebol mundial paga a atletas com a qualidade e o potencial dos talentos “made in Seixal”.  

Falácia 2:
Não é verdade que não vender atletas com 19 ou 20 anos para um “tubarão” do futebol mundial seja cortar as pernas aos mesmos. 

Há vários exemplos de atletas promissores cuja evolução estagnou quando integraram os plantéis destes “tubarões”. 

Por outro lado, um clube como o Benfica tem, obrigatoriamente, que competir consistentemente ao mais alto nível na Liga dos Campeões da UEFA. Ou seja, tem de ser capaz de proporcionar a tais atletas condições competitivas e projetos desportivos aliciantes que lhes permitam continuar a sua evolução… a não ser que o Benfica Europeu apregoado pela atual liderança seja um slogan apenas para enganar os Benfiquistas. 

Falácia 3:
Não é verdade que o reforço da capacidade competitiva do futebol do Benfica e que a sustentabilidade do modelo dependam da venda dos principais talentos. 

Esta é a principal falácia da argumentação utilizada pela atual direção e aquela à qual irei dar mais atenção no presente texto. 

Em primeiro lugar, é uma ilusão assumir que o Benfica ou a SAD vão receber a totalidade do preço de venda dos atletas. Entre comissões generosas e partes dos passes que pertencem a terceiros, quanto verdadeiramente sobra para a SAD? 

Neste particular, recordo que no relatório e contas semestral mais recente da SAD é referido, nas notas 6 e 22.2 do anexo, que existem partes de passes dos atletas detidas por terceiros e que, para além disso, foram assumidos compromissos com terceiros com vista à partilha de receitas resultantes da venda futura de passes dos atletas. 

Para além de sabermos que o passe de Cervi apenas é detido em 90%, nenhuma informação adicional sobre este tema sensível e potencialmente muito relevante é dada. 

Vamos hipoteticamente (porque não sabemos) assumir que existem compromissos desta natureza associados aos passes de alguns dos jovens talentos “made in Seixal”. 

Se tal se verificar, não será relevante divulgar esta informação? Para além de tal omissão contrariar o disposto numa norma de relato financeiro (IAS 1:122c)), a qual obriga à divulgação de toda a informação relevante para o entendimento da situação financeira da entidade e do seu desempenho, ainda constitui uma evidência clara da desconsideração com que a atual liderança do Benfica e da SAD trata o direito legítimo dos acionistas da SAD, dos sócios do Benfica e dos adeptos em geral a serem adequadamente informados. Todos nos lembramos do que aconteceu com o Ederson… 

Adicionalmente, de acordo com os relatórios e contas da SAD, no período compreendido entre julho de 2008 e dezembro de 2018, as transações de passes de atletas e afins geraram receitas de, aproximadamente, 725 milhões de euros (influxos de caixa). 

Com tanto dinheiro a entrar, seria perfeitamente expectável que a SAD tivesse conseguido construir um plantel de luxo e tivesse, pelo menos a partir de certa altura, conseguido reter talentos. Isso nunca aconteceu! 

Desde logo porque 88% destas receitas evaporaram-se em contratações de camiões de atletas, muitos deles sem quaisquer condições para integrar o plantel principal. Ou seja, o que verdadeiramente interessava era colocar o capital a circular no contexto de uma estratégia pura de trading que, sendo muito lucrativa para os que beneficiam das chorudas comissões do costume, em nada contribui para o reforço da capacidade competitiva do plantel do Benfica. 

Também não aconteceu porque havia que investir no campeonato do betão. Construir mais infraestruturas no Seixal para aumentar a “linha de produção” de atletas para venda (e para gerar mais umas comissões). 

Também não aconteceu porque foram esbanjadas umas dezenas de milhões de euros na aquisição de serviços cujo benefício não é de todo visível e na contratação de dezenas de atletas e colaboradores cujo contributo para o sucesso desportivo do futebol do Benfica é, na melhor das hipóteses, nulo. 

Tivesse a atual liderança seguido uma política de contratações orientada para o sucesso desportivo, refreado o seu ímpeto na área da construção civil e sido mais comedida na contratação de serviços e de colaboradores e neste momento estaríamos certamente a ver a Liga dos Campeões no estádio e não pela TV. 

Vamos agora fazer um exercício simples de tentar projetar o resultado líquido da SAD no exercício de 2019/2020 a partir das contas semestrais de dezembro de 2018, sem a venda dos principais talentos do plantel (ou dos atletas mais talentosos). 

Para o efeito consideremos apenas as seguintes modificações face aos valores atuais (ignorando a alienação da Benfica Estádio e da Benfica TV para a Benfica SGPS): 

1- Benfica faz 12 pontos na fase de grupos da Liga dos Campeões e é eliminado nos oitavos de final, obtendo um total de receitas com TV e com prémios desportivos no exercício de 110,7 milhões de euros. 

2- As receitas comerciais e de bilheteira registam um aumento perfeitamente razoável de 2,8% face ao exercício de 2018 e ascendem a 61,9 milhões de euros. 

3- Os fornecimentos e serviços externos registam um aumento de 3% face ao exercício de 2018 (deixamos de fora apenas o crescimento acentuado verificado no primeiro semestre de 2018/19) e ascendem a 38,1 milhões de euros. 

4- Poupanças de 18 milhões de euros com a alienação de salários de atletas que não são estratégicos (por exemplo, Ferreyra, Sálvio e outro de entre várias alternativas existentes). 

5- Poupanças de 3 milhões de euros com a renegociação salarial de atletas na curva descendente das suas carreiras que ficarem no plantel. 

6- Aumento de 18 milhões de euros com os salários dos atletas estratégicos que interessa reter. 

7- Diminuição dos prémios atribuídos aos atletas pela presença na fase de grupos da Liga dos Campeões e aumento dos prémios atribuídos pela passagem aos oitavos de final da mesma competição, cujo efeito líquido deverá ser neutro. 

8- Poupança de 3 milhões de euros nos gastos com juros suportados em função da redução do passivo remunerado em curso. 

9- Mais-valias de 20 milhões de euros com a alienação de atletas não estratégicos (na curva descendente da carreira e ainda com mercado, atletas emprestados e atletas da formação sem espaço no plantel principal). 






O detalhe dos cálculos efetuados pode ser consultado nas figuras. 

Com este exercício conseguimos chegar a um resultado líquido nulo que não viola o requisito do break-even do financial fair-play da UEFA e ainda conseguimos libertar fundos de 39,2 milhões de euros que permitem o reforço cirúrgico do plantel. 

Demonstra-se, com este exercício, que a retenção de talentos e o reforço da capacidade competitiva do plantel são perfeitamente compatíveis com um cenário de sustentabilidade económica da SAD, desmontando por completo a falácia 3 atrás referida. 

É, pois, precisamente a retenção de talentos a chave para o salto competitivo que o Benfica necessita para entrar no ciclo virtuoso que o irá colocar na elite do futebol mundial e no caminho certo para ser tornar no MAIOR E MELHOR CLUBE DO MUNDO

É precisamente desta solução que a atual liderança do Benfica nos priva quando, alicerçada nas falácias atrás referidas, envereda pela venda frenética de tudo o que mexe.

123 comentários blogger


  1. Os valores actuais do Benfica passam essencialmente pela falta de vergonha de todos os sócios, accionistas e mesmo simples adeptos.

    A partir daqui tudo é permitido, mas mesmo tudo a começar pela simples cartilha.

    Prefiro nem entrar pela consequentes "falta de valores", porque o comentário correria o risco de ser censurado.

    E por aqui saio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebemos a indignação.
      O Ivanildo... não sabia que o Sporting andava a formar jogadores que se vendem para emprestar... sabia que o Sporting formava jogadores que eram presos por andar aos tiros em discotecas e outros acusados de violação e fraude fiscal, agora formar jogadores que se vendem ao rival... é novidade!
      Sempre a inovar!

      Eliminar
    2. Esta análise põe a nu a desastrosa governança de LFV. Uma auditoria bem feita dava muito incómodo a esta direcção. LFV vai embora, a gente agradece.

      Eliminar
  2. "É precisamente desta solução que a atual liderança do Benfica nos priva quando, alicerçada nas falácias atrás referidas, envereda pela venda frenética de tudo o que mexe."

    Se daqui se retira que a estrutura do Benfica delapida sistematicamente o clube, o que fazem os sócios? Reconduzem esta gente no poder. Chama-se conivência. E depois falam da estrutura do porto e de pinto da costa. E com o rei na barriga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pinto da Costa sempre foi o mentor e o modelo almejado pelo Vieira.
      Daí a subversão de valores e a delapidação em favor de interesses alheios ao Benfica.

      Eliminar
  3. Resumidamente, podemos aplicar o proverbio seguinte á direção do Benfica: Quem quer fazer algo encontra um meio, quem não quer fazer nada arranja desculpas!!
    LFV, quanto á equipa principal de futebol, está a dar razão á sabedoria popular...
    O Benfica, com uma direção onde a aposta principal fosse a sua equipa de futebol, estariamos... 20 anos á frente da concorrência!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Provavelmente estaríamos alguns anos à frente, sim.

      Eliminar
  4. Centeno poe os olhos neste tipo.... Divida publica resolvida... he he he eh
    Frankkk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se aplicasse a solução Centeno era jogar com os sub19, vender os outros todos e apresentar umas contas brutais.

      Eliminar
  5. benfiquista de gaia19 março, 2019 14:27

    UM não BENFIQUISTA a mandar no SLB???? estão á espera de quê...estar 3 a 4 anos a enganar/mentir ainda estou como o outro...agora 15 anos...é que além do desporto ainda consegue pôr o nome SLB na CHAFURDICE...mais.... e os BENFIQUISTAS .. divididos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é isto! Simples e linear. De onde tudo emana.
      Das pedradas nas auto-estradas, aos insultos e humilhações generalizados, da instrumentalização do Estado contra o SLB à impunidade e dualidade dos organismos do desporto em Portugal, das claques pagas pela FPF à falta de militância dos Benfiquistas (militância e não consumismo de marca).
      As figuras que têm o poder no S.L. Benfica, leia-se LFV e DSO, NÃO são Benfica!

      Eliminar
  6. Ou seja: 1.tem sido declarada uma aposta no seixal.
    2.
    aumentada as clausulas referentes aos contratos, com a correspondente melhoria salarial.
    3. Toda esta politica tem como proposito reter, por alguns anos, os principais activos das equipas profissionais e de formação do futebol...
    E a isto o que respondem os Saramangas deste mundo: que o SLB não aposta na retenção de talentos, antes tem como principal actividade a destruição do clube ao serviço de interesses para o qual o sucesso desportivo e a paixão do clube nada conta...va lá a gente entender esta contradição...

    Dos actuais activos preocupa-me a renovação de Samaris e Jota, e julgo que seria importante a colocação de taraabat na equipa principal!se demonstrar o mesmo que tem feito na equipa B é para renovar!força Benfica! contra tudo e contra todos rumo ao 37...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Renovar com o Taarabt??

      Tinha que fazer 5 golos por jornada até ao fim do campeonato, eliminar o Sporting em Alvalade e ser o MVP da conquista da taça de Portugal. Aí renovava, mas a ganhar 50% do que ganha agora.

      Eliminar
    2. Pequeno Genial19 março, 2019 15:25

      Os Scaramangas deste mundo apenas comentam e analisam aquilo que é feito e não aquilo que que se diz que se irá fazer.

      O Sr. Presidente pode dizer o que entender, pode colocar as cláusulas de rescisão que quiser, mas a verdade que os benfiquistas conhecem é que o Renato Sanches saiu do clube após 8 meses de utilização, o Gonçalo Guedes saiu após 6 meses de utilização efectiva, o Nelson Semedo após uma época de utilização e o Lindelof e o Ederson após ano e meio de utilização. Esta é a realidade que os benfiquistas conhecem e não há discursos em Casas do Benfica que alterem a verdade e frieza destes números.

      Os projectos europeus não se fazem de discursos pomposos, com lágrimas fáceis e promessas vãs, fazem-se com actos e estratégias, e é com estas que os "Scaramangas deste mundo" analisam a vida do Benfica.

      O Sr. Presidente prometeu agora reter talento. Pois bem, mais do que as suas palavras, vamos todos aguardar pelo terminus do período de transferências para depois ver se foi mesmo assim ou se foi só mais uma das frases que o Sr. LFV debita como slogans na comunicação social e que a realidade teima em contrariar.

      Nós, os "Scaramangas deste mundo" cá estaremos para ver.

      Eliminar
    3. Muito bem Pequeno genial, mas então porventura seria melhor comentar as recentes melhorias salarias, o aumento ds clausulas de rescisão e não fazer de conta que não aconteceram...digo eu!...quanto ao futuro como nenhum de nós tem uma bola de cristal, apenas podemos adivinhar, especulando, com base no presente! Agora pergunto eu, se o objectivo é a venda pela melhor oferta, não seria melhor não aumentar as ditas clausulas e deixar que as clausulas existentes fossem batidas? Digo eu ingenuamente e assumindo que não percebo nada disto!!!mas ainda tenho, julgo eu, capacidade para raciocinar...força ...rumo ao 37!

      Eliminar
    4. Quanto aos casos do Renato Sanches, Gonçalo Guedes, Nelson Semedo, Lindelof e outros como Helder Costa, Bernardo Silva etc, correspondem a situação financeira/desportiva diferente da actual...Passo a explicar: foi necessário recuperar os capitais proprios ( cp) do clube/sad... temos actualmente e depois de varios anos com exercicios positivos, cerca de 100 milhões de CP positivos! Teria sido possivel atingir os mesmos resultados sem a venda destes atletas? Não creio, mas desafio os scaramangas deste mundo a provar o contrario!!! Não digo que o trabalho desta direccão é isenta de critica e erro...Por exemplo critico o facto de LFV ter dito durante anos a não necessidade de venda de atletas, cuja realidade posterior viria a desmentir...De qq forma faço um balanço claramente positivo e diferente da maioria dos escribas deste blog..

      Eliminar
    5. Pois, digam o que quiserem, o valor do marketing para a imagem do clube que é todos esses jovens jogadores da formação a jogar nos melhores clubes do mundo não tem preço. Vale muitas centenas de milhões.

      Eliminar
    6. Pequeno Genial19 março, 2019 17:23

      Sócio SLB n.º 218219:

      Os sinais que falas eu também os vejo como positivos. Melhorar as condições dos nossos atletas é sempre um bom sinal e é uma demonstração de que os valorizamos e que queremos tê-los cá mais tempo. Se LFV cumprir aquilo que prometeu (reter o talento, ou melhor, retê-lo dentro do limite que nos é imposto pois todos os jogadores têm cláusulas de rescisão), então podemos dizer que a realidade está a alterar-se e todos nós ficaremos satisfeitos.

      Mas, até agora, o Scaramanga tem razão quando diz que o projecto do Seixal se tem revelado uma enorme fonte de receita económica e não aquilo que estava na sua génese quando foi pensado/criado: uma enorme mais-valia desportiva para o Benfica. Quem vende, por metade do preço das suas cláusulas de rescisão, os atletas com o potencial de Guedes, Sanches, Semedo, etc. etc. ao final de meses, é um claro sinal de que deles só se pretende tirar, à primeira oportunidade, proveito financeiro e não retirar todo o potencial futebolístico.

      O facto do Presidente falar de reter talento já é bom sinal, é sinal de que finalmente parece ter percebido que a evolução desportiva do Benfica passa pela manutenção dos seus maiores talentos, mas, como deves imaginar, são já muitas promessas não cumpridas para que possamos acreditar assim facilmente, à primeira... :)

      Por isso eu digo que temos de aguardar para ver o que nos traz o mercado de transferências para podermos ter uma noção exacta do caminho trilhado. Se LFV cumprir a promessa de preservar os nossos jogadores e só vender pela cláusula de rescisão, não haverá um único benfiquista que o possa criticar. Fazendo-o abaixo desses valores é estar a chover no molhado, é mais do mesmo.

      Abraço.

      Eliminar
    7. Socio SLB 218219, referindo apenas o seu primeiro comentário, não sei o que é a "aposta no Seixal". Para vencer no campo desportivo não é, ou, não tem sido. Os jogadores são vendidos assim que possível. Não temos retido os jogadores mais promissores ou com maior rendimento e com dimensão internacional.

      Todos os dados demonstram que o Seixal é uma plataforma de negócios. O presidente do clube terá uma oportunidade de demonstrar que não é assim no final da temporada.

      Ainda assim, duvido que na próxima época tenhamos cá João Félix, Ruben Dias, Gedson, Samaris e talvez Gabriel. Quem disser que com estas saídas há uma aposta em reter talento, estará a mentir.

      Eliminar
    8. Não concordo. Vieira é obstinado mas não é estúpido: Vai fazer uma grande equipa para o ano, não creio que saia miudagem (Grimaldo? Sálvio, Cervi...Zivkovic...Samaris - infelizmente ). Não esquecer que há eleições em 2020. Depois sim, vende tudo o que mexe.

      Eliminar
  7. LFV, justica lhe seja feita, criou as actuais estruturas. No entanto, como tao freqentemente acontece com quem esta no poder, criou vicios, rodeou-se de muita gente que nao sente o Clube, e montou uma poderosa maquina de propaganda que se tem encarregado de "vender" as falacias de que fala no seu post. A paixao foi substituida pelo "realismo" mercantil.
    Esta agarrado ao poder e se calhar acha-se e acham-no providencial.
    Na pratica e um empecilho a legitima ambicao e crescimento do Clube.
    No entanto, como tambem, na minha opiniao, tem conseguido convencer muitos socios e adeptos de que e ele ou o caos, parece continuar a ter uma grande base de apoio (penso que esta base se tera reduzido nestas duas ultimas epocas?).
    Temo que esteja para durar e que uma nova fase da vida do SLB, que poderia ser de verdadeira e real reconquista de uma duradoura hegemonia interna, e competividade e dignidade na Champions,continue a ser adiada.
    O SLB que LFV tem produzido com a propaganda permite-lhe continuar firme no poder mesmo se continuar a ganhar campeonatos de vez em quando e com campanhas mediocres na Europa.
    Vieira mudou o Benfica para se apoderar do Clube. So alternativas muitissimo competentes e crediveis terao alguma hipotese de o derrotar.
    Como eu gostaria de estar errado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dia será escrita a história de quem criou ou não estruturas no Benfica. Quem tem memória sabe que foi o presidente que roubou o Benfica em 6 milhões de euros que lançou o Seixal. Também sabe que foi Mário Dias e não qualquer outro o responsável pela construção com sucesso do novo Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

      O atual presidente, com condições para deixar o clube vencedor crónico, preferiu alimentar a máquina que tantou nos tirou.

      A SAD tem nesta altura quase 400 colaboradores extra-futebol. Não é para beneficiar o nosso clube que lá estão, concerteza.

      Eliminar
    2. Caro Scaramanga,
      No que diz respeito as estruturas o que eu quiz dizer e que elas foram desenvolvidas nestes anos em que LFV la tem estado. E factual. Nao quiz atribuir ou retirar meritos a ninguem. Muito menos a Mario Dias por quem sinto imenso respeito e gratidao.
      Ainda bem para o SLB que foram criadas.
      Quanto ao resto tambem partilho de muitas das ideias que expressou no post, como penso ter ficado claro no meu comentario.

      Eliminar
    3. Lançou o Seixal? Ficou com uns terrenos na permuta.

      Sabe-se lá o que ia fazer com o terrenos...

      Eliminar
  8. Viva,

    Gostava de propor um desafio e tentarei faze-lo igualmente ao Benfica Eagle, que passa por saber os custos com a formação nestes 12 anos, visto que as receitas fica mais fácil.

    A ideia que tenho é que a manutenção no Seixal rondou em determinado momento os 3M mas acredito que atualmente custe cerca de 5M época, logo 12x5 daria cerca de 60M (isto contas às merceiro)

    Agora a construção, compra de terrenos, o betão digamos tem um custo vá de mais 140M ?

    Assim rondaria os 200M

    É que estão sempre a criticar a Direção com os custos que se tem no Seixal, esquecendo sempre de referir os proveitos e proveitos passa não só pela divulgação da imagem do clube, titulos (Ederson, Renato, Lindelof, Guedes e Semedo foram importantes para o tri e o tetra) e financeiros, bem sei que quando se fala em 35M pela venda do Renato limpos ronda os 28M, mas fica o desafio para o exercicio.

    Abraço

    Targarien

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A compra dos terrenos e as construções não custaram 140M. Nem metade! Mas isso está a ser tudo pago pelos contratos de naming e de promoção com a CGD.

      Eliminar
    2. Viva,

      A serio então não entendo tanta critica ao que se investe no Seixal que nos tem dado tanto retorno e é um caminho que está claramente a dar frutos.

      E nao comentei muito o artigo, mas não está dito que a prioridade atual é reter talento, sendo que os jogadores só saem pela cláusula fazendo com que a verba seja depositada na conta do clube, sem que se tenha que pagar comissões ? É a ideia que tenho e confirmado por DSP como o Benfica Eagle e bem partilhou num post à relativamente pouco tempo

      Abraço

      Targarien

      Eliminar
    3. Fiacha, os custos a que se refere serão abordados por mim numa análise futura. A bem do rigor, ainda não foi possível contabilizar tudo de forma transparente e por isso não o fiz até agora.

      De todos os jogadores que sairam do nosso clube nos últimos anos, apenas Oblak e outro que agora se me escapa sairam pelo pagamento integral da clausula. Os restantes, Witsel incluido, não sairam pelo pagamento integral da clausula.

      Relembro que a SAD tem neste momento 557 colaboradores, sendo que quase 400 são em funções não desportivas, digamos assim. Para quê tanta gente? A BTV tem 88 colaboradores para quê?

      Em tudo isto a SAD é opaca, no mínimo.

      Eliminar
    4. Scarmanga,

      Não peço os custos reais mas algo lá próximo dei de uma forma exagerada um custo de 200M, mas agora temos que ver o retorno da questão, nem falo em verbas que se encaixou pe com Buta, João Nunes, empréstimo de Diogo Gonçalves, isso são trocos e até há outros, mas contabilizar João Carvalho, Helder Costa, Bernardo Silva, André Gomes, Ivan Cavaleiro, Ederson, Renato, Guedes, Semedo, Lindelof entre outros e já nem falo do quanto não valem Felix, Ruben e Ferro, mas fico à espera então.

      Sair pela clausula prende-se pelos jovens da formação, algo que em abono da verdade e não vejo comentado em lado nenhum já aconteceu com Ruben Dias ao qual o SLB recusou uma proposta de cerca de 30M do Lyon isso é reter talento mas nem foi o unico jovem que o clube recusou vender, logo vamos esperar pelo final deste ano se sair alguem da formação abaixo da cláusula cá estaremos.

      Isso dos custos em muitas rubricas pode ser verdade, mas diz-me temos tido prejuízo ou estamos a ter contas cada vez melhores, o passivo baixa os ativos a subir e os meninos da formação valem zero contabilisticamente, não vejo como mandar abaixo a gestão que está a ser feita, temos que ter profissionais que percebem de bola mas também de outras coisas e ate estou a falar um pouco daquilo que o comum do adepto está-se nas tintas, querem l+a saber da sustentabilidade do clune, querem é titulos e com Bruno Lage muita coisa está a mudar, já falei em Felix e Ferro, veja-se Samaris, Gabriel, o Rafa muito mais confiante, vamos acreditar no que está para vir

      Targarien / Fiacha

      Eliminar
    5. Um batalhão de 557 colaboradores que também são sócios (têm que ser) e alguns deles com direito a 5, 20 e 50 votos, mais os votos das Casas deixam Vieira com algum (muito) conforto aquando das eleições.

      PS
      Desses 557 colaboradores aposto que nem metade são Benfiquistas.

      Eliminar
  9. Tudo seria simples se o mundo do futebol fosse neste momento um mundo ingénuo e naif.

    Os interesses sobrepõem-se a tudo, qualquer que seja o clube.

    De todos, e apesar de tudo, parece-me que o Benfica, sendo o que gera maior receita, tem mais adeptos, obviamente que é o que está melhor.

    Caminhos existem muitos, e é sempre bom quando se apontam outros caminhos com clareza e com factos, como demonstra este post.

    Tivessem os candidatos à presidência esta forma de agir, e deixassem as reticencias e as meias verdades de lado e teriam muito mais valor.

    A mim, com ou sem Seixal, com ou sem portugueses, interessa-me é o Benfica campeão, e a disputar com competência, qualquer eliminatória da Champions, com qualquer competidor, apesar da diferença astronómica de capacidade económica dos potentados com que nos defrontamos.

    Não é com promessas ocas que se consegue mobilizar alguém para uma causa, nem com posições dúbias e interesseiras.

    No Benfica existe obra feita, um caminho percorrido, e o problema maior é que o nosso presidente não percebe nada de futebol, e a dita estrutura se calhar não tem a independência que deveria ter.

    O presidente Vieira devia fazer aquilo que sabe, gerir bem o clube, e deixar o futebol e as modalidades nas mãos de quem sabe, e sempre que assim fez o Benfica esteve mais perto de vencer - Veiga e Jorge Jesus são paradigmáticos, sendo que Jesus, que espero nunca mais ver no glorioso, personificou nele mesmo o Director técnico/manager, o director de comunicação, a prospecção e até a estratégia desportiva, e apresentou resultados.

    Agora, e por um conjunto de circunstancias aleatórias, temos aquele que parece ser um técnico excepcionalmente competente, com ideias e com a capacidade de ver mais longe, e que em circunstâncias muito complicadas, de desanimo generalizado, de desinvestimento na equipa, com uma comunicação social hostil, uma arbitragem condicionada, e rivais ferozmente dedicados a minar o terreno, levou o Benfica a recuperar 7 pontos ao pré-anunciado campeão, e que, caso venha a conquistar o campeonato, será ele, juntamente com os jogadores, credor de um agradecimento eterno - será algo de inédito, recuperar numa 2ªa volta 7 pontos ao FCPorto, e a ter de jogar nos campos dos 7 primeiros classificados.

    Depois de tantos tiros nos pés será épico!!!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  10. Esta direcção péssima, horrível, anti-Benfica, derrotista, corrupta.. que não defende os interesses do grande clube que tu tanto amas!

    Solução? continuar e manter basicamente tudo o que eles fazem... :D

    Solução para o dinheiro? - continuar o que está a ser feito e INICIADO por esta direcção !
    Solução para equipas competitivas? - aposta no seixal INICIADO por esta direcção !

    O clube como está.. é apetecível para todos.. claro agora é "fácil"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento a versão minimalista com que aborda um texto fundamentado com cálculos transparentes. O Benfica é um clube apetecível para qualquer benfiquista interessado em o servir.

      O Benfica é também um clube apetecível para todos os abutres que nunca demonstraram qualquer sinal de benfiquismo antes de se sentarem na direcção do mesmo. É apetecível para todos os que se alimentam de comissões, estratagemas ou que, sendo pagos principescamente, se servem do clube para pagar despesas pessoais.

      O nosso clube tem a maior legião de adeptos de Portugal e uma das maiores do mundo. Não foi construída certamente por 6 campeonatos ganhos em 18 anos de gestão do futebol por este presidente.

      Eliminar
    2. A versão minimalista é a tua discrição do clube.

      O clube que o LFV vai deixar a alguém para gerir, não é o mesmo clube que ele herdou.

      Só o facto de tu negares isso já de si condena o teu artigo a ser apenas uma critica de ódio e incapaz de ver o "bigger picture".

      Criticas a postura economicista da direcção, mas usas os valores dos patrocínios que eles conseguiram, usas as infraestruturas que eles desenvolveram e criaram, usas todas as mais valias que o clube hoje possui (caixa geral campus) e sem uma palavra para quem nos trouxe a este ponto!

      Cometeram muitos erros, mas também fizeram muitas coisas boas, o facto de omitires isso tira credibilidade ao teu post

      Eliminar
    3. Exatamente aquilo que penso.. E concordo com a maioria dos teus comentários Pedro Gonçalves

      Eliminar
    4. Nem mais ..parece q so ha benfica dps de lfv e antes era tudo mar de rosas. O Benficaesteve prestes a acabar. Mas os herois do teclado so sabem criticar. Esquecem se que o Benfica bem ou mal é o que é graças à direcção do LFV .
      Slb live

      Eliminar
  11. Acho também engraçado que digam que o dinheiro das vendas não entrou no clube.. pois não!

    Por isso é que temos tido grandes jogadores no clube, um estádio novo, museu, caixa futebol campos quase tudo pago, o clube quase sanado de dividas e PASME-SE regresso a vitórias no futebol!!! Não tantas como as que queríamos, mas quase a regressar a tempos áureos do Benfica inclusivamente com regresso a finais europeias que infelizmente perdemos!

    Querem portanto um clube que descarte as suas referências para poupar dinheiro em vez de manter os "velhos" para ajudar a crescer os graúdos!

    Jonas, Salvio, Jardel?, Fejsa?, Pizzi? - tudo varrido!

    Sim porque Cervi, Carillo(do sporting) e o Zivkovic cresceram tão rápido como prometiam? O Rafa assumiu-se logo na primeira época.. Ferreyra e Carrillo assumiram o rótulo de bons profissionais e bons jogadores que foram em outros clubes?

    Eu sinto que a malta joga 5 ou 6 anos FM e pensa que pode gerir uma equipa de futebol, o dinheiro, as personalidades e os egos, os insucessos e infortunios...

    Abram os olhos pa.. existe alguma alternativa credível a esta direcção?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. NUNCA, JAMAIS EM TEMPO ALGUM, HOUVE OU HAVERÁ!!! hahahaha ACORDA BENFICA porque se acordares tarde, já as AG do SLB não riscam nada com LFV e Investidores na sad a mandarem e a fazerem o que quiserem sem contraditório. claro com o GR argumento da modernidade, da inovação, de que SÓ ASSIM é que pode ser.
      Sabes o que é isto, lagartos no SLB. HÁ SIM ALTERNATIVA, começa por correr com os "cérebros" das facturas de casamentos em nome do SLB! limpeza, COMPETÊNCIA DESPORTIVA com a parte financeira e económica correta, VOLTAS A NUNCA MAIS VIVER OS TEMPOS DE ATAQUE QUE O SLB VIVE!!!
      HÁ SIM!!! UM PR E UMA DIRECÇÃO QUE EFECTIVAMENTE DEFENDAM O SPORT LISBOA E BENFICA!!!

      Eliminar
    2. Pedro Gonçalves, qualquer pessoa com um mínimo de conhecimentos de gestão e contabilidade facilmente verifica que a grande maioria do dinheiro das vendas dos jogadores entrou em caixa. Há muita gente, até por uma questão de agenda, a quem convém confundir mais valias com fluxos de caixa. As mais valias nas vendas de activos são sempre menores ou iguais aos fluxos de caixa.
      Dou apenas um exemplo. Vendemos 50% do Mitroglou por 15M e todo este montante entrou em caixa. Nem comissões houve. Basta ler o R&C. O mesmo se aplica ao Ederson e ao Oblak.

      Eliminar
    3. Onde ficaram os outros 50%????

      Esta direção fez coisas muito boas mas chegou a um ponto que não dá mais é muito bla bla bla e depois 7- 0 contra o colosso Basel lol
      O futebol é fácil Champions, campeonato e tudo resto mas a primeira tem que ser obrigatoriamente não como falhar é fácil

      Eliminar
    4. @arnonimo

      olhe que não, olhe que não.
      vendemos o mitroglou por 15M, e não apenas 50%, ficamos é com metade do valor de uma possível venda que é uma coisa muito diferente.

      não venha para aqui mentir que em todos os três casos referidos existiram compromissos com terceiros e comissões, fonte do r&c.

      Eliminar
  12. Em condições normais - salvo alguma birra de um jogador com cabeça feita por alguém -, acredito que estamos num novo paradigma e o Benfica vai tentar reter o máximo possível a venda de jogadores da sua formação.

    E até nem acredito que o faça por vontade própria mas por força da pressão (dos bons resultados desportivos actuais e exemplos danosos do passado) que agora foi colocada e que até levou a aplicar cláusulas muito elevadas e promessas públicas de não vender abaixo do seu valor.

    Por outro lado, os próprios jogadores passaram a ter referências de colegas que tiveram muita dificuldade em vingar de caras logo na sua primeira época no estrangeiro: Nelson Semedo, Cancelo, Gelson Martins, André Silva, Gonçalo Guedes, o próprio Bernardo Silva e Renato Sanches à cabeça.

    Portanto, ao contrário do que se passou num passado recente, acho que finalmente, vamos assistir a uma resistência à venda ao besbarato. Logo, pelo menos para o ano, presumo que estarão todos ou quase todos cá.
    A juntar a isto e à liquidez da venda dos emprestados e excedentários, temos capacidade (não sei é se temos a vontade) de investir cirúrgica mas fortemente no plantel.

    Para mim, mantinha o que penso ser a base essencial da equipa com 4-5 verdadeiros reforços e, num cenário realista, seria:

    Odysseias, Svilar e ZLobin
    (reforço) e AA.
    reforço (David Luiz) e Ruben Dias
    Ferro (Jardel)
    Grimaldo (reforço)
    Samaris e Florentino
    Pizzi (reforço)
    Rafa (Caio Lucas)
    Gabriel, Gedson e Krovinovic (acredito que vai recuperar a sua forma e confiança e ser muito útil)
    João Félix (Jonas)
    Reforço (Vinicius) e (Seferovic)

    Vendia: Conti, Cervi, Sálvio e Yuri Ribeiro
    Terminava contrato: Fejsa (não dá para contar com um jogador que está sistematicamente lesionado)
    Emprestava: Jota, Willock e Zivkovic

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Portanto, ao contrário do que se passou num passado recente, acho que finalmente, vamos assistir a uma resistência à venda ao besbarato. Logo, pelo menos para o ano, presumo que estarão todos ou quase todos cá."

      Esperamos que sim João S.

      Eliminar
    2. Estarão...eleições 2020...
      Não perdoo a Vieira ter sabotado o penta mas daí a questionar toda a política de implementação no mercado do SLB vai alguma distância. Concordo com percurso realizado até se chegar às vendas de Bernardo, Sanches, Cancelo e Guedes. A partir daí completamente crítico. Ausência de política desportiva.

      Eliminar
    3. As compras e vendas de jogadores são comandadas por negociatas paralelas e a pressão dos comisssionistas que pululam à volta do dinheiro fácil que o Vieira distribui.
      Talvez neste final de época haja alguma contenção por ser ano de eleições.
      Garantida a permanência tudo pode voltar ao mesmo.

      Eliminar
  13. Exelente post Scaramanga muito bom mesmo!Concordo em absoluto nao ha motivo nehum para que a gestao desportiva e financeira do Benfica não retenha os maiores melhores talentos e nao contrate cirugicamente 2 ou 3 grandes reforcos (craques )por ano para as posições onde não há talento vindo do seixal ao faze-lo melhorarão a qualidade do plantel e 11 inicial que por seu turno trara mais Vitorias e Mais Titulos que Gerara inevitavelmente mais e melhores receitas atraves das competicoes europeias (premios Champions) e valorização maior dos seus activos para quando sairem (de preferencia mais tarde ou nunca) mas a sairem gerarem mais e melhores receitas atraves da venda dos passes!A capacidade financeira existe acredito eu que já existe ha alguns anos NÃO HÁ MOTIVO NENHUM PARA NÃO O FAZER!As promessas foram feitas (lutar pela champions e com os nossos miudos da cantera) consolidar o Dominio desportivo (vitorias no campeonato) interno do Benfica e reter ao maximo os Nossos maiores talentos (so os deixando sair pela clausula)!Foram feitas pelo Nosso actual Presidente LFV pelo Admnistrador Executivo DSO e por Varios Vices SAO PARA SER CUMPRIDAS!Ha conhecimento Ha capacidade Financeira para o fazer!Não se podem aceitar desculpas para uma Gestão menos competente(como aconteceu no ano passado com o não reforço do plantel)em ano de ataque ao Penta ou como a de este ano ficar com um treinador RV (ja super desgastado)e pior ainda (houve uma luz) que o manteve numa altura que ja tinha sido despedido e não tinha condições minimas de continuar!Carrega Benfica Rumo ao 37 Rumo a Reconquista!

    Carrega Benfica

    Red 1

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão é se esta administração está disposta a fazer o que nunca fez antes.

      Eliminar
  14. Se o Benfica vender no próximo defeso esta análise faz sentido... e sesenão não vender e eles cumprirem com o que prometem? Então não passa de um disparate fora do tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. SERIA UMA GRANDE NOVIDADE, DIZEREM ALGO E CUMPRIREM, CONCORDAS?

      Eliminar
    2. Cá estarei para debatermos. Não fui certamente eu que estive em Turim reunido com responsáveis da Juventus. Também não fui eu que andei a passar para a imprensa que a renovação com Samaris está encaminhada, quando isso é uma completa mentira.

      Eliminar
    3. Deve ter sido o Benfica que passou ao Record que o Jonas ia ser titular e depois nem foi convocado..

      CSN é mentirosa quando não convém e é instrumentalizada quando convém..

      Parece os dragartos com a conversa do Benfica usa a CSN para vender jogadores... como se o MAN UTD, Bayern, Barcelona fizesse negócios através do Record e Abola

      Eliminar
    4. Não cumpriram com a aposta no Seixal? Não cumpriram com a redução drástica da dívida?

      Se todos conseguissem ter uma visão a longo prazo é que eu me admirava...

      Eliminar
  15. Amorubroaomáximo19 março, 2019 16:46

    Excelente exercício alicerçado em premissas super razoáveis. Agrada-me a constatação de que é possível neste contexto assegurar cerca de 40 milhões, para reforços fundamentais: Guarda-redes (10), Avançado (20), Lateral Direito (Mbabu 10), lat. esquerdo (10)e Central (David Luiz - custo zero?). Talvez sejam necessários uns 60. A verdade é que é absolutamente exequível.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado. Tudo para apresentarmos uma equipa mais forte para os embates europeus. O maior valor virá daí no futuro.

      Eliminar
    2. Guarda redes não precisamos. Temos tudo o que é preciso dentro do Seixal. A equipa técnica que temos, e as que se encontram a trabalhar no Seixal, dão-nos 100% de garantias.
      Oportunidades de negócio existem sempre. Foi o caso do Caio Lucas.

      Eliminar
  16. FALÁCIA 1: ERRADO

    O Manchester United gerou receitas há cerca de 1 ano na ordem dos $737M/590M Libras
    Se o Manchester United quiser pagar 10M/ano ao Ruben Dias pode! No SL Benfica nenhum jogador chega perto desse valor...

    A questão não é essa. Enquanto que um Cervi, vindo da argentina estaria radiante e feliz da vida ir receber 10M para o Manchester United, se calhar um miúdo que ama o Benfica e está no clube desde os 9 anos fica feliz no Benfica por 5M.

    FALÁCIA 2: CORRECTO

    FALÁCIA 3:

    Está a descontextualizar e isso é perigoso.
    O que está descrito na FALÁCIA 3 dá a entender que o SL Benfica NUNCA precisou de andar a vender jogadores.

    Na minha opinião é desonesto da parte do escritor escrever que o SL Benfica não precisa de andar a vendar jogadores usando a época de 2019/2020 como exemplo, quando:

    - Em 2019/2020 os CP já estarão mais que recuperados.
    - Em 2019/2020 os prémios da Liga dos Campeões são o DOBRO dos prémios que vimos até 2018!!!
    - O Passivo financeiro chegou a ser cerca de 310M e neste momento já vai nos 250/255M com a cedência de créditos.

    Além do mais há bem pouco tempo atrás o SL Benfica não tinha :

    - Contrato com a NOS
    - 6 jogadores made in Seixal a titulares, necessitando de contratar jogadores noutros mercados.
    - Condições tão avantajosas no mercado com juros tão baixos.

    A verdade é que o SL Benfica há bem pouco tempo atrás tinha um resultado operacional (sem atletas) negativo ou meramente positivo.
    AGORA graças a uns oitavos de final na LC - portanto formato 2019/2020 - é normal chegar aos 30M! Imaginando que o Benfica era roubado no campeonato 2018/2019 e terminasse em 3 lugar, como ficariam as contas ? Haveria necessidade de vender ou não ?!


    O SL Benfica de Dezembro de 2013 a Dezembro de 2018 recuperou 140M em CP porque vendeu...umas vezes bem outras vezes menos bem, mas vendeu! Queria ver como seria para recuperar totalmente o CP gerando lucros de 0.5M sem vender?


    Ah e só mais um ponto para terminar: - Se a formação demora o seu tempo a colher frutos, como se faria para apostar um plantel forte para competir contra o Porto e recuperar a hegemonia nacional sem contratar bons jogadores ???


    A FALÁCIA 3 tem portanto como única conclusão o seguinte:

    O SL Benfica actualmente e graças a boas prestações, vendas, desempenhos, etc... está em condições de manter o seu plantel jovem, made in Seixal, durante largos anos! E espero que assim o seja para daqui a uns 4 anos andar a lutar por uma final da LC. (Estratégia já defendida pelo Benfica Eagle)
    O resto é um pouco de demagogia para atacar a direcção como tem sido apanágio do blogger....

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se temos milhões para pagar a quem não pode jogar, se temos milhões para gastar em dezenas de jogadores que não vestem ou vestirão a camisola do nosso clube, não temos para reter jogadores mais 2 ou 3 anos? Temos sim.

      A Liga dos Campeões, competição onde só chegamos esta temporada por incompetência do Sporting e do seu treinador pois não dependíamos de nós.

      O Contrato NOS é lesivo dos interesses do clube, quer na forma como está feito como ainda na antecipação de receitas que foi realizada. A aposta nos jovens, em Novembro, era uma falácia. É preciso lembrar que João Félix não jogava? Que Ferro não jogava? Que Gabriel e Samaris, os pilares desta equipa, não eram opção?

      Agradeço a Bruno Lage a possível salvação desta temporada.

      A estrutura de custos do Benfica é inaceitável e a sua gestão, como já comprovei em textos anteriores, é quase neandertal. Não segue 33% das recomendações para empresas cotadas, todas elas nas áreas do controlo, auditoria e composição da administração.

      Portanto, demagogia sabemos de onde vem.

      Eliminar
    2. Não pode jogar porque está lesionado...

      Quando se convencem que pode acontecer um azar a qualquer jogador?

      O Felix, Ferro ou Florentino não se podem lesionar?

      Eliminar
    3. Concordo que o contrato da NOS ficou àquem das expectativas, no entanto é FACTUAl que melhorou os resultados operacionais quando comparado ao periodo explorado pela:

      - BenficaTV, e obviamente
      - Olivedesportos

      E isto já sem falar na desapontante renegociação com a NOS.


      A aposta na formaçao só existe porque há jogadores bons, competentes a sair do Seixal. Onde andam os miudos da altura do Miguel Rosa ?

      O Bruno Lage já devia estar a treinar a A desde Novembro e o Rui Vitoria desde o Verão que já devia ter sido substituido, mas isto nao invalida tudo o que disse em relação às vendas e a época 19/20.


      Além do mais para atingirmos lucro de acordo com essa previsão continuaremos a ter que vender. SÓ que num valor menor (graças às receitas da LC) e como tal não haverá necessidade de vender os jogadores mais valiosos.


      Ps: Se ganharmos o campeonato - e estou plenamente convicto que sim - será claramente graças ao Lage. Disso não há dúvidas.

      Eliminar
    4. Na altura toda a gente dizia que o contrato com a NOS era fantástico. Multiplicava por 5 o que tínhamos. E é quase o dobro dos rivais, se souberem fazer bem as contas.

      Eliminar
    5. Não multiplicou por 5 nem as receitas que tinhamos quando explorávamos os nossos direitos TV, nem se quer o lucro. Nem se quer duplicámos, quanto mais quintuplicar.

      2014/2015 -> Receitas de 35M e lucros de 25M

      E não...O que nós recebemos de direitos televisivos não é o dobro do que o Sporting ou o Porto recebem pelos seus direitos televisivos.

      O contrato com a NOS só foi fantástico até ao momento em que ficámos a conhecer o contrato dos nossos rivais.

      Eliminar
    6. Recebíamos 8M por ano e passámos a receber 40M!

      A ignorância é muito atrevida.

      SLB 400M = 40M/ano.
      Inclui: 10 anos de Direitos televisivos + Canal TV entre 2016/17 e 2025/26.

      De fora:
      2 anos de Direitos televisivos + Canal TV, 2026/27 e 2027/28. A receber em futuro contrato. (>140M)
      Totalidade das Camisolas + Publicidade Estática e Virtual durante 12 anos 2016-2028. (12*20M= 240M)

      Dou o exemplo do contrato do SCP:

      SCP: 446M = 37M/ano.
      Que inclui:

      10 anos de Direitos televisivos de 2018/19-2027/28.
      12 anos de canal TV 2016/17 a 2027/28.
      13 anos de camisolas 2015/16 a 2027/28.
      13 anos de publicidade estática e virtual 2015/16 a 2027/28.

      Agora é só fazer as contas.

      Eliminar
    7. Não esquecer que a quase totalidade do dinheiro que a NOS entrega ao Benfica, provém das subscrições da BTV pagas pelos adeptos.
      E a grande maioria convencida que essa massa vai entrar nos cofres do seu clube.

      Eliminar
    8. Ignorante é que nao sou. E com os numeros sou rigoroso!

      1- o SL Benfica recebia cerca de 34.6M em 2014/15

      2- Apenas em 2021/2022 o SL Benfica receberá 40M.

      3- o Sporting alem dos 446M ainda recebeu mais 69M duma empresa que nao se sabe ainda hoje com que vantagem. Essa é que é essa.

      Além do mais o Sporting sendo o ultimo grande a negociar beneficiou duma especie de leilao entre os dois gigantes...

      3- Se compararmos SOMENTE os direitos televisivos a diferenca entre os dois é bem mais pequena que no periodo pré-NOS.


      Como prova em como o contrato com a NOS só foi fantastico até ao momento em que soubemos o do nosso rival temos a prova em que o SL Benfica contestou os valores recebidos pelo Sporting no contrato celebrado com a NOS em carta registada enviada à operadora.


      https://www.record.pt/futebol/futebol-nacional/liga-nos/benfica/detalhe/aguias-querem-mais-dinheiro-da-nos


      Conclusão o Benfica fez as contas do anónimo e pediu à NOS para renogociar o contrato, pois viu-se prejudicada em relacao ao contrato com um clube mais pequeno, menos adeptos, menos titulos, menos visibilidsde, piores patrocinios, menos sócios, menos espectadores, etc....


      Este contrato nao podia ter mais que 3/4/5 anos.... Os rivais sairam por cima.

      Eliminar
  17. Antes de haver Seixal é que era bom.Havia paixão , os miúdos ficavam no Benfica, O benfica ganhava tudo , os adversários ficavam espantados com tantos portugueses que alinhavam , no Benfica, etc.Agora, com LFV é uma tragédia.Os putos são vendidos à nascença, não há portugueses na equipa, não ganhamos nada, enfim:uma tragédia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a ser injusto! Do plantel faz parte um jogador que está a cumprir o seu segundo ano na equipa principal. Chama-se Rúben Dias.

      Podes até ter razão ao referir que LFV vendeu os outros todos. Mas ficou lá um! Essa é a verdade.

      Eliminar
    2. Ele estava a ser sarcástico!!!

      Antes do seixal não havia formação do Benfica.. foi totalmente dinamitada com o Damásio e Vale e Azevedo..

      Lembram-se quando o Benfica ia treinar ao Real Massamá? saudades.... NOT!

      Eliminar
  18. Scaramanga devias partir os teus posts em 2, e que mostrares a atualidade do clube com a parte financeira torna um texto extenso demais difícil de acompanhar a tua linha de raciocínio e acima de tudo complicado para esboçar uma comentário contra ou pró.


    Do pouco que consegui ler sem perder a linha raciocino foi para o que serve a equipa sub 23.....
    Pois bem do que me tenho apercebido a equipa B fornece a equipa A como sempre pois como não tem limite de idade permite que aí des competição ao mais alto nível ao jovens jogadores e/ou jogadores com poucos minutos....a equipa sub 23 serve fundamentalmente para rodar os miúdos que ficam foram dos eleitos da B e de alguns juniores a mistura, ou seja, tens um miúdo que vês valor nele...mas o miúdo tarda em mostrar na B, mas a equipa junior já não lhe oferece desafios, e lançado nos sub23 para continuar a progredir até a afirmaçao
    Se dos juniores para os B e apenas um degrau, muitos não conseguem logo se adaptar a essa subida necessitam de mais algum tempo....como tal vão para a B, fazem 1 época ou 2 se não mostrarem são colocados no mercado por não terem "cabedal" para o Benfica...vide Daniel dos Anjos na equipa tardava em mostrar, foi para os sub23 começou a progredir voltou a B e fez uns jogos porreiros até se lesionar gravemente... E para isto que serve a equipa B....

    Espero que me tenha feito entender e claro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela sugestão Pedro. Da última vez parti em 3. Achei que nesta não seria necessário. Terei isso em conta em próximos textos.

      Quanto à equipa B, refiro só este ponto: Ferro na equipa B não tinha exibições deste calibre. Pelo contrário quem acompanhava a equipa B via-lhe muitas lacunas. Chamado à responsabilidade na equipa principal, tem sido imperial.

      As equipas B e Sub-23 estão longe de ser esse viveiro que "vendem" aos sócios e adeptos.

      Eliminar
    2. Na equipa B nao vias Ferro a este nivel, tal como nao vias o Ruben Dias ser tão agressivo.....tem tudo a ver com o treinador com os metodos com os colegas de equipa....por exemplo com Kalaica por lá que é mais velho e já tem experiencia de superliga (na terra dele) porque razao Lage preferiu ter Ferro.......porque o contexto onde iria inserir o jogador era mais propicio a um Central inteligente Veloz e com capacidade de sair a jogar...logo Ferro alinha por ai.

      Peço imensa desculpa de te dizer isto, eu mesmo nao concordando com muita coisa feita no clube pela atual direçao, tudo aquilo que falas sao coisas de quem gere um negocio, sim porque o futebol é negocio e o Benfica tem de ser visto com uma impresa....nao ha volta a dar os clubes acabaram a partir do momento em que apareceram as SAD´s e os jogadores se tornaram mercenários.....


      Tens um Real a dar 5 milhoes limpos na mão ao Felix por exemplo, o Benfica iguala a parada, 5 milhoes limpos igual.....consegues aguentar o jogador satisfeito até Janeiro...porque depois começa o empresario a dizer, joga com mais calma que é para nao te lesionares que conseguimos que o Real te de mais 2 milhoes para a proxima época, começa a cabeça do jogador a pensar nos dinheiro que anda a volta......o jogador pode adorar o clube, mas o dinheiro muda tudo inclusive o coraçao....o David Luiz foi igual....tipo o pessoal cai na ignorancia de pensar que o jogador A B ou C apenas nao fica porque o Benfica não quer......vê o que disse o Renato Sanches vê a entrevista que ele deu, e vais perceber que nessa altura o clube é o elo mais fraco, resta ao clube se proteger como tem feito com o Felix com clausulas altissimas...

      A liga Portuguesa não é atraente, se o jogador jovem tipo o Dalot por exemplo lhe dessem a escolher entre a liga Portuguesa e o Porto o Man United e a Liga Inglesa e por exemplo o Real e a liga Espanhola....pensa que ele iria mesmo ficar em Portugal.....claro que não os putos querem é o dinheiro e pensam depois nas consequencias....vê o documentário sobre o Renato Sanches é o pequeno resumo




      Já agora ....o Cervi é 90% do Benfica porque o Benfica cedeu na compra a 10% para o clube que o vendeu.....verifica em noticias da altura....

      Tipo é nisto que erras já os outros teus posts foram iguais....para alem de teres partido em 3 eram ainda assim demasiado extensos, e o conteudo é vago e muito pouco fatual....falas do Benfica como se fosse a padaria do zé da esquina....e esqueces que os funcionarios do clube e da sad tb recebem ordenado....e esqueces de uma regra dos negocios....se queres ganhar dinheiro tens que investir dinheiro.....

      Queres fazer um post de opinião faz....mas ao menos procura informaçoes arranja fatos que comprovem a tua tese...não e chegar aqui depoisitares uma carrada de carateres alinhados e pensares que estás certo....

      Por fim se não sabes como funcionam as equipas B e sub 23 porque dizes que não servem......esqueces que da equipa B saiu Almeida....Semedo.....Oblack....Ederson......Feliz....Florentino.....Ruben Dias....Ferro.......e mais alguns....que andam por esse portugal e mundo fora....não servia querias tu dizer..... A equipa B do Benfica tem tido muita importancia no desenvolvimento do plantel A e naquilo que tem sido o aproveitamento de jovens para o clube e até mesnmo para os jogadores que vem de longas paragens tem servido para lhes dar andamento.....por la ja andaram quase todos da equipa A do Benfica a ganhar andamento.....


      O scaramanga por favor reune factos.....depois contraria discute aponta as criticas......falar de cor é fixe....mas do que te adianta.....eu tb ser fazer do Benfica campeao.......no FM é facilimo

      Eliminar
    3. A Equipa B foi e vai continuar a ser dos melhores investimentos do Benfica!

      Dá um lucro estrondoso e só um ignorante ou um hater pode dizer o contrário!

      Só com os jogadores que aumentaram a sua qualidade e os seus índices competitivos e depois subiram para a equipa A já valia a pena, mas se considerares as mais valias que eles proporcionaram ao clube rapidamente consegues ver que por cada milhão investido na B deves ter recebido uns 10

      Eliminar
    4. Grandes comentários do Pedro...

      Curiosamente não merecem resposta do autor que, diga-se de passagem, é patético. Para além das questões financeiras (concordo que para muitos atletas é isto que conta e, apesar de não me rever nestas posturas, tenho de as respeitar) há ainda as questões desportivas.

      Qualquer miúdo sabe muito bem que para chegar ao topo do futebol precisa de actuar em ambientes, contextos e torneios altamente competitivos. E a liga portuguesa não é competitiva. Dizer ou gritar e bater no peito que vamos ganhar a Champions é muito fácil. Só que depois vem a realidade: como é que jogando contra o Moreirense, o Belenenses, Marítimo, Nacional e por aí fora, onde os atletas em 90 por cento dos jogos não precisam dar o máximo, se vai preparar os embates contra Bayern, Barça, R. Madrid ou os ingleses de topo? As pessoas precisam entender que a pedalada não se faz com a língua ou na gritaria de que somos os maiores...

      Mesmo que o Benfica pudesse oferecer quantias absurdas por estes miúdos - não pode, obviamente, por muitas piruetas que estes senhores pretendam dar - muitos deles prefeririam seguir para os Manchesters, Liverpool, R. Madrid, Barcelona. O Nelson Semedo, um gajo impecável e que ninguém pode duvidar do seu clubismo, pediu para ser vendido ao Barcelona.

      O autor e a maioria dos autores deste blogue - que eu rejeito dizer o nome por ser um antro de ditadores e de apagadores de comentários que não lhes agradam - é um autêntico Bruno de Carvalho, aliás, arrisco dizer que é pior do que o Bruno de Carvalho. Viram bem o que aconteceu no Sporting com a mania de não transferir os jogadores no momento certo? Não aprenderam?

      Eliminar
  19. Pegando no ponto 1: A questão é... estamos prontos para deixar sair o Samaris (e o ano passado o Jonas e antes Luisão, Salvio, e por aí fora) para usar o seu salário para pagar bem a um miudo vindo da formação? É que na teoria é tudo fácil, mas depois.... a emoção....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa mas a sua questão está ferida de morte. Samaris não ganha um quinto do que ganhava Luisão ou ganham Salvio ou ainda Jonas, por exemplo. Samaris não aufere metade do vencimento de Taraabt sequer.

      Eliminar
    2. Essas contas para serem honestas têm que ter em conta o valor de aquisição / renovação...só assim se percebe o salário de tarabat..

      Eliminar
    3. O pessoal fala do taraabt mas não conhecem o jogador, esquecem que não foi para o Milan por este estar sem graveto na altura em que o Adel fica sem contrato, esquecem que o jogador até teve propostas em Inglaterra e recusou para vir para cá, esquecem que o este jogador que hoje criticam fez dupla com Balotelli no AC Milan 2 anos antes de vir para o benfica.... O que falhou.... Falhou a cabeça do jogador, o Benfica não tem culpa .... Existem tantos exemplos assim, Nelson Oliveira de jovem estrela apetecida por todos a jogador assim assim no Championship, José Gomes de super goleador nas camadas jovens e que toda a gente ansiava pela sua estreia na equipa A e hoje joga nos sub 23 ainda porque não consegue encarrilhar com a chegada ao futebol senior e o melhor Lázar
      markovic de super estrela no partizan a jogador decisivo no Benfica e hoje 5 anos depois onde está ele. Existem muitos jogadores que são jovens estrelas mas depois na chegada ao futebol da alta roda algo falha nuns a qualidade noutros a cabeça

      Eliminar
  20. GRANDE TEXTO!
    Realmente o texto é grande, enorme, mas as ideias sendo bonitas mas muito balofas. A dada altura lê-se:"É precisamente nesta versão de futebol, descolorida e desprovida de paixão, que a atual liderança está a transformar o futebol do Benfica". Really? Ainda nesta semana tivémos 2 jogos de paixão com muitos adeptos nas bancadas, com vários jogadores da formação em campo e conseguindo uma passagem aos quartos de final da Liga Europa e 72 horas depois impondo uma goleada num campo dificílimo, onde o rival mais direto tinha conseguido empatar a muito custo. Estamosna frente do campeonato. Temos 4 jogadores na seleção (quantos jogadores têm as outras equipas?). Devo estar a viver numa realidade paralela. Só pode.
    Sérgio.

    ResponderEliminar
  21. MAIOR E MELHOR CLUBE DO MUNDO. Só se for nos teus sonhos cor de rosa e na tua playstation. Quando ganhar 7 titulos internacionais como o meu Porto aí conversamos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando começar a roubar como o teu porto e levar 10 pontos de avanço talvez ganhemos alguma coisa internacional. Na última Champions que ganhaste, uma semana antes foste enrra... no Jamor. Parece que não mais a diz muito do vosso mérito.

      Pp

      Eliminar
  22. A malta tem que se adaptar aos novos truques do Vieira. Reparem como não toca nas clausulas do Ruben Dias nem do João Felix... temos que admitir em termos comparativos com o mercado é muito dinheiro... mas ele sabe melhor que nós que se ganharmos o campeonato vão bater as notas e levarem os miúdos. Se pensam que estou com pensamentos fantasiosos é só olharem para a clausula do Ferro ( 100 € ) e compararem com o Ruben Dias ( 60 €) e João Felix ( 120 €). A desculpa vai ser que os jogadores não quiseram aumentar a clausula. Depois vai comparar com o inicio das vendas a 15 milhões e mostrar o que já evoluímos. A mim o que me desagrada é a falta de capacidade de gerir em relação ao potencial que se criou com o Seixal. O Rafa vai ser vendido no verão por 30 milhões sem passar na casa de partida da equipa A a sério. Qual a necessidade de meter o Jorge Mendes a negociar os miudos do seixal quando ele não é empresário dos putos? É para ganhar o taxi? Se o Mendes nos ajuda tanto porque não meteu o Taarabt e uma extensa lista de contratações falhadas do Vieira em outros clubes? Vender o Felix também eu o vendo em casa, sentado e negociando pelo Skype.
    Ass: João Neto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ??? Mas o Ruben vale mais que 60milhoes... Porra eu sou benfiquista mas quem der 30 milhões pelo Rúben eu vou lá ponho o laço e pago o bilhete.
      O Ruben e central poderoso sim mas demasiado imprudente para a alta roda e um Pepe mas mais infantil.... O ferro renovou a pouco mais de 2 semanas, o felix renovou no final do ano o Florentino e o próximo.... Não faz sentido andar constantemente a mexer nos valores das cláusulas

      Eliminar
    2. Mas algum clube pode recusar 120 milhões por um jogador?

      Se o Felix sair por 120 milhões é uma grande venda e uma aposta num futuro risonho para o Benfica!

      Espero que não saia, que fique e ganhe muitos títulos no Benfica, mas 120 milhões paga praticamente toda a nossa divida bancária...

      Eliminar
    3. Não toca nas clausulas. Mentira atrás de mentira.
      Ruben de 30M para 60M.
      Florentino: 100M de cláusula.
      Ferro: 100M de cláusula
      Félix: 120M de clausula
      Gedson: 120M de cláusula
      Na calha está o Jota de 30M para … 100M?

      Baratos!!!

      Eliminar
  23. Saramanga para CEO, já!

    Pedro Almeida

    ResponderEliminar
  24. Gostaria de perceber como é que:

    1º) Como é que o autor acha que tendo o Benfica gasto no 1º semestre 79 milhões em FSE e Despesas com Pessoal vai apenas gastar no 2º semestre 48 milhões, ou seja menos 30 milhões do gastos do 1º semestre?

    2º) Como é que vai obter 68 milhões de receitas no 2º semestre quando no 1º semestre se retirarmos os milhões da UEFA apenas conseguiu 53 milhões?

    Ou seja entre receitas sobrevaliadas (15 milhões) e custos subavaliados (30 milhões) estamos na presença de 45 milhões.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O SLB teve 103M de receitas no 1º semestre sem vendas de activos e 85M de custos totais (sem os financeiros).
      Os resultados operacionais sem jogadores foram de 18M positivos.
      Se repetirmos no 2º semestre e retirarmos os 50M da Europa (há receitas a receber, do market pool e da Liga Europa) acabaremos o ano com o resultado operacional perto do zero! Até porque nos custos de pessoal existem 7M de prémios no 1º semestre.
      Depois iremos ter mais de 100M em vendas de jogadores. A minha previsão é termos um resultado líquido superior a 40M!

      Eliminar
    2. O primeiro comentário a ser feito é que o autor sobre as perguntas que lhe foram feitas nada disse. Preferiu pelo contrário alinhavar uns quantos números que não fazem qualquer sentido:

      As receitas do 1º semestre foram efectivamente de 103 milhões. Desses 103 milhões 50 milhões foram relativamente aos prémios da UEFA que como sabemos não extrapoláveis para o 2º semestre. Restam 53 milhões que esses sim são extrapoláveis:

      Receitas do ano: 156 milhões

      103 M do 1º semestre mais 53 milhões do 2º semestre num total de 156 milhões

      Custos do 1º semestre : 110 milhões (27 de FSE+52 de DP+18 de amortizações de passes de jogadores+6 de outras amortizações+6 milhões de custos financeiros líquidos dos proveitos+1 milhão de outros custos).

      Dando de barato os 7 milhões referidos pelo autor que não serão suportáveis no 2º semestre teremos :

      Custos do ano: 213 milhões

      110 milhões do 1º semestre + (110-7) milhões

      Resultados antes de mais valias com vendas de jogadores: -57 milhões (=156-213)

      Para se chegar aos 40 milhões de lucro referidos pelo autor teremos que o valor de mais-valias a ser registado no ano terá de ser de cerca de 97 milhões de euros (57+40). De mais valias e não de valor de venda………

      Eliminar
    3. As despesas do primeiro semestre são mais altas porque coincidem com a época dos casamentos e batizados, para além subsídios de férias e de natal de todos os assalariados votantes. Sim, porque os 400 colaboradores extra-futebol têm que fazer alguma coisa para agradar ao mestre.

      Eliminar
    4. O primeiro comentário a ser feito é que o autor sobre as perguntas que lhe foram feitas nada disse. Preferiu pelo contrário alivanhar uns quantos números que não fazem qualquer sentido:

      As receitas do 1º semestre foram efectivamente de 103 milhões. Desses 103 milhões 50 milhões foram relativamente aos prémios da UEFA que como sabemos não extrapoláveis para o 2º semestre. Restam 53 milhões que esses sim são extrapoláveis:

      Receitas do ano: 156 milhões

      103 M do 1º semestre mais 53 milhões do 2º semestre num total de 156 milhões

      Custos do 1º semestre : 110 milhões (27 de FSE+52 de DP+18 de amortizações de passes de jogadores+6 de outras amortizações+6 milhões de custos financeiros líquidos dos proveitos+1 milhão de outros custos).

      Dando de barato os 7 milhões referidos pelo autor que não serão suportáveis no 2º semestre teremos :

      Custos do ano: 213 milhões

      110 milhões do 1º semestre + (110-7) milhões

      Resultados antes de mais valias com vendas de jogadores: -57 milhões (=156-213)

      Mais valias do 1º semestre : 21 milhões

      Para se chegar aos 40 milhões de lucro referidos pelo autor teremos que o valor de mais-valias a ser registado no ano terá de ser de cerca de 97 milhões de euros (57+40). De mais valias e não de valor de venda………

      Eliminar
    5. 1. Os resultados este ano são muito superiores ao ano passado, quando os resultados na Europa foram desastrosos.
      Nunca deve ter ouvido falar em periodização de receitas.

      2. No 1º S do ano passado os proveitos operacionais foram de 5M, este ano temos 18M.

      3. No 1º S do ano passado tivemos um res. líquido de 19M (o dobro das vendas), este ano 14M.

      4. Acabámos o ano passado com um resultado operacional positivo de 5M e acabámos o ano com um líquido de 20,5M positivos.

      Prevejo para este ano um res. operacional pouco maior de zero mas um res. líquido positivo de 40M.
      Temos já proveitos não reconhecidos no 1º semestre de 15M (sê-lo-ão no 2º semestre), temos as vendas do polaco, do Jimenez (40M?), do Jovic (18M?), a venda provável de Carrillo e mais 2 ou 3 dos emprestados e talvez 1 ou 2 do actual plantel, que irão dar receitas avultadas.
      No total teremos cerca de 100M de mais valias. O valor bruto irá bater todos os recordes.

      Vamos ver quem andou a alinhavar números. Não me costumo enganar e quase sempre erro por defeito.

      Eliminar
    6. Os resultados este ano são muito superiores aos do ano passado?

      Conforme poderá ver no link https://www.slbenfica.pt/pt-pt/slb/sad/prest_contas/contas_semestrais

      Em 31/12/17 os resultados líquidos da SAD do Benfica foram de 14.041.000 €
      Em 31/12/18 os resultados líquidos da SAD do Benfica foram de 19.132.000 €

      Ou seja, os resultados líquidos deste ano foram inferiores em 5.091.000 € aos do ano passado…….

      Já agora proveitos operacionais de 5 M e de 18 M ????????????????

      Quanto ao restante comentário apenas 3 notas.

      A primeira é que os resultados deste ano foram conseguidos com um contributo de 50 milhões de prémios da UEFA. Sem eles os resultados operacionais sem direitos de atletas teriam sido negativos em 32 milhões. Pela ordem normal das coisas esse valor negativo de 32.5 milhões será o resultado operacional sem direitos de atletas do 2º semestre o que fará com que o resultado operacional do ano (sem direito de atletas) será negativo na zona dos 14.5 milhões de euros (que comparam com 5 milhões positivos a 30/6/18, ou seja, piores em 19.5 milhões de euros não obstante o brutal aumento dos prémios da UEFA)…

      A segunda é que concorda comigo quando digo que para obter 40 milhões de lucros terão que ser obtidas 100 milhões de mais valias.

      A terceira é para registar a chegada a este blog do prof Cavaco….

      Eliminar
    7. A quarta é que esqueceu-se de referir que nos 19,1M de res. líquidos a 31/12/18, estavam vendas brutas de activos de 45M contra os 30M deste ano. São 15M superiores. Percebeu de onde vieram os 5M de diferença?

      Correção: resultados operacionais de 5M e 18M.

      Volto a repetir, desconhece algo que se costuma fazer em gestão, quando se apresentam contas a meio do ano por aqueles que percebem alguma coisa do assunto, da periodização de receitas. Também se faz isso nos custos.

      Por isso, e ao contrário do que afirma, não irá acontecer, "Pela ordem normal das coisas esse valor negativo de 32.5 milhões será o resultado operacional sem direitos de atletas do 2º semestre".

      Capice?

      A quinta é que registamos a chegada do eng. Guterres, aquele que pede aos outros para fazerem as contas.

      Eliminar
    8. Desculpe lá mas parece que não percebe muito a questão do relacionamento da venda do activos com o apuramento do resultados. Mas eu explico-lhe. Quando há uma venda de activos há sempre um apuramento de uma mais-valia. Essa mais-valia é sempre incorporada na demonstração de resultado e o seu montante influencia directamente o resultado líquido do exercício.

      No caso em apreço os resultados líquidos de 14 milhões em 31/12/2018 e de 19 milhões em 31/12/17 já levam em conta os efeitos de toda e qualquer venda de activos, pelo que e dê a volta que lhe der a sua afirmação de “Os resultados este ano são muito superiores ao ano passado” não faz qualquer sentido, visto que os resultados apurados a 31/12/18 (14 milhões) foram inferiores aos apurados a 31/12/17 (19 milhões).

      Sei muito bem o que é periodização de custos e de proveitos. O que eu fiz foi basicamente o que o Scaramaga fez (embora com erros na minha opinião) foi tentar (com os limites inerentes a que só conheço os dados que constam do relatório de contas) extrapolar os resultados do 2º semestre a partir do 1º semestre.

      Na Demonstração de resultados existe uma rubrica marcadamente sazonal: são os prémios da UEFA (que geralmente apenas influenciam significativamente os resultados do 1º semestre).

      Existe uma outra rubrica que geralmente faz com que os resultados de um e de outro semeste possam ser substancialmente diferentes : trata-se das mais-valias geradas pelas vendas dos jogadores. Se reparar em nenhum dos meus comentários eu emiti qualquer previsão de qual vai ser o contibuto desta rubrica para o resultado anual da SAD do Benfica.

      O que eu não vi até agora nos seus comentários foi indicar qual dos valores por mim adiantados é que acha que estão errados?

      Pela sua insistência na questão da periodização depreendo que acha que vão haver nas rubricas da demonstração de resultados (que não as mais-valias de vendas de jogadores) rubricas em que o comportamento no 2º semestre vai ser marcadamente diferens do verificado do 1º semestre).

      Em qual dos valores por mim adiantados é que acha que isso vai acontecer?

      Nos 156 milhões de receitas operacionais sem venda de jogadores?
      Nos 54 milhões de FSE?
      Nos 97 milhões de DP?
      Nos 36 milhões de amortizações de passes de jogadores?
      Nos 12 milhões de outras amortizações?
      Nos 2 milhões de outros custos?
      Nos 12 milhões de resultados financeiros?

      Fico à espera da sua resposta…..

      É que até agora falou, falou e falou mas concretizar sobre este assunto é que nada…..

      PS Até agora eu sempre fiz as minhas contas e não vi em nenhum dos seus comentários uma linha que fosse a indicar onde é que estão os erros delas. Já no que lhe diz respeito já não se pode dizer o mesmo. Dizer como V.Exª diz que “Os resultados este ano são muito superiores ao ano passado” quando eles são inferiores em 5 milhões (14 milhões a 31/12/18 versus 19 milhões a 31/12/17 é que não lembra ao diabo….

      Eliminar
    9. Irra que é teimoso e não percebe o valor que a estrutura de custos e de resultados têm na apreciação da gestão de uma empresa. É natural, nem toda a gente o sabe ou percebe. O meu palpite é que nunca geriu empresa nenhuma e deve ser ROC ou algo parecido.

      Se soubesse o significado dos Resultados Operacionais numa empresa e o que eles medem na realidade, não estava com essa conversa da treta.

      Os Resultados do 1º semestre de 2018/19, até agora, repito, até agora (estava subentendido), são muito superiores porque aos resultados operacionais do ano homólogo anterior (5M vs. 18M). Eu sei que estão influenciados pela carreira na Champions, mas isso faz parte da gestão corrente, ou não faz?
      Se não sabe, pergunte aos sportinguistas.

      Os resultados abaixo desse item estão fortemente influenciados pelas vendas de activos (jogadores) (e também pelos resultados financeiros que aqui podemos ignorar) que no período do ano passado foram 15M superiores aos deste ano. Daí a diferença de 5M!! Capice??

      Porque se as vendas de activos no ano passado fossem os 30M deste ano, e não os 45M do ano passado, os resultados líquidos no ano passado teriam sido de 19M-15M = 4M . O que está claramente abaixo dos 14M deste ano.
      Daí eu dizer que, até agora, os resultado são muito melhores. A gestão está a ser melhor porque tem melhores resultados, um resultado directo da gestão que foi sendo implementada.
      Capice?

      Haveria muito mais a dizer sobre este assunto, mas não lhe vou explicar mais porque então ficaria a saber tanto com eu.

      Para finalizar, os custos de pessoal estão inflacionados em 7M de prémios assim como os proveitos têm 15M em falta que serão reconhecidos apenas no 2º semestre. Sò aqui estão 22M a favor o 2º semestre.

      A periodização dos proveitos deve ser sempre feita por várias razões. Uma delas tem a ver com algo que se chama Princípio da Prudência que provavelmente nunca ouviu falar. Já os custos não precisam de ser por causa deste princípio.
      Mas convém também fazer por uma questão de medição da qualidade da gestão e do "follow up" dos orçamentos. Quando estes são bem feitos. Porque quando são mal feitos, nem sequer vale a pena.
      Se estás perdido no meio do Saara de nada te vale um mau mapa.

      Boa sorte.

      Eliminar
    10. Eu é que sou teimoso?

      Quem é que aqui continua a ignorar os factos?

      Facto : Resultados a 31/12/2017 :19.132.000 €
      Facto : Resultados a 31/12/2018 :14.041.000 €

      Quem é que aqui disse e passo a citar “Os resultados este ano são muito superiores aos do ano passado”?

      Para quem se gaba de “Não me costumo enganar” não está mal, pois não? Vá lá homem não seja teimoso e reconheça que se enganou…

      Ou os números por mim acima apontados não estão certos?

      “Não percebe o valor que a estrutura de custos e de resultados têm na apreciação na gestão de uma empresa”.

      Agora confesso que fiquei siderado. Consegue encontrar em algum dos comentários que até agora fiz uma linha que seja em que haja uma apreciação da minha parte à qualidade da gestão da SAD do Benfica no período em questão ?

      Se consegue esteja à vontade para aqui a reproduzir……

      Mas em contrapartida V. Exª em contrapartida desdobra-se em elogios à gestão do 1º semestre de 2018/19, tomando como referência os resultados operacionais comparados: 18 milhões em 2018/2019 versus 5 milhões em 2017/18. Melhoria de 13 milhões

      Passemos então (pela primeira vez) a analisar essa famosa melhoria. Donde é que ela vem?

      Os rendimentos operacionais aumentaram 38 milhões, enquanto que os custos operacionais aumentaram 25 milhões.
      Aparentemente uma maravilha não é verdade?

      Só que existe um pequeno problema: uma esmagadora maioria desse aumento dos rendimentos operacionais resultaram da decisão da UEFA em aumentar os prémios da Liga dos Campeões. As receitas da UEFA aumentaram 35 milhões (92% do aumento dos rendimentos operacionais).

      Qual o mérito da gestão da SAD nessa decisão da UEFA? Zero. Nada. Niente. Capisce?

      Já em contrapartida não parece que um aumento dos custos operacionais de 29 % (mais 25 milhões) não é muito bom nem muito bonito, pois não?

      E aqui parece que a responsabilidade é toda da gestão. Ou acha que não?

      Sabe uma coisa?Depois de tantos bitaites sobre princípios contabilísticos (periodização de receitas, princípios de prudência) e de mostrar um total desconhecimentos sobre os méritos da gestão na melhoria dos resultados operacionais, palpita-me que V. Exª deve ser um técnico de contabilidade com o curso mal tirado….

      Eliminar
    11. Eu é que sou teimoso?

      Quem é que aqui continua a ignorar os factos?

      Facto : Resultados a 31/12/2017 :19.132.000 €
      Facto : Resultados a 31/12/2018 :14.041.000 €

      Quem é que aqui disse e passo a citar “Os resultados este ano são muito superiores aos do ano passado”?

      Para quem se gaba de “Não me costumo enganar” não está mal, pois não? Vá lá homem não seja teimoso e reconheça que se enganou…

      Ou os números por mim acima apontados não estão certos?

      “Não percebe o valor que a estrutura de custos e de resultados têm na apreciação na gestão de uma empresa”.

      Agora confesso que fiquei siderado. Consegue encontrar em algum dos comentários que até agora fiz uma linha que seja em que haja uma apreciação da minha parte à qualidade da gestão da SAD do Benfica no período em questão ?

      Se consegue esteja à vontade para aqui a reproduzir……

      Mas em contrapartida V. Exª em contrapartida desdobra-se em elogios à gestão do 1º semestre de 2018/19, tomando como referência os resultados operacionais comparados: 18 milhões em 2018/2019 versus 5 milhões em 2017/18. Melhoria de 13 milhões

      Passemos então (pela primeira vez) a analisar essa famosa melhoria. Donde é que ela vem?

      Os rendimentos operacionais aumentaram 38 milhões, enquanto que os custos operacionais aumentaram 25 milhões.

      Aparentemente uma maravilha não é verdade?

      Só que existe um pequeno problema: uma esmagadora maioria desse aumento dos rendimentos operacionais resultaram da decisão da UEFA em aumentar os prémios da Liga dos Campeões . As receitas da UEFA aumentaram 35 milhões (92% do aumento dos rendimentos operacionais).

      Qual o mérito da gestão da SAD nessa decisão da UEFA? Zero. Nada Niente. Capisce?

      Já em contrapartida não parece que um aumento dos custos operacionais de 29 % (mais 25 milhões) não é muito bom nem muito bonito, pois não?

      E aqui parece que a responsabilidade é toda da gestão. Ou acha que não?

      Sabe uma coisa? Depois de tantos bitaites sobre princípios contabilísticos (periodização de receitas, princípios de prudência) e de mostar um total desconhecimentos sobre os méritos da gestão na melhoria dos resultados operacionais, palpita-me que V. Exª deve ser um técnico de contabilidade com o curso mal tirado….

      Eliminar
  25. NA VERDADE, LFV GERE O BENFICA SEM PAIXÃO
    E NÃO FOI FORMATADO PARA QUE ALGUM DIA O POSSA FAZER DE FORMA DIFERENTE

    O presidente do Benfica, como tantos outros que andam por aí, chegou ao futebol sem saber o que era uma bola, e muito menos sem saber o que é a mística de um clube, que só e apenas por paixão, consegue arrastar multidões de adeptos, que se vestem e pintam com as cores que os identificam como se fossem a sua própria pele, capaz de nos transportar ao limbo superior do êxtase nas vitórias e à desilusão magoada e sentida nas derrotas, num sentimento irmanado tornado em código de honra, que nos orgulha e nos honra de lhe pertencermos, como se cada um de nós fosse imprescindível à continuidade da sua história e grandeza.
    LFV nunca irá perceber isso, quando na academia do Seixal unicamente se preocupa em formar para vender, como uma linha de montagem industrial, não se aproveitando valor para construir equipas competitivas, que tanto cá dentro como lá fora, lutem pela conquista de títulos e troféus.
    LFV estará mais preocupado em despachar João Félix por uma boa maquia, do que com os dois pontos perdidos em casa diante do Belenenses, na caminhada para o título; causa-lhe mais dores de cabeça estabelecer um tecto salarial no clube do que contratar pazadas de jogadores inúteis que são logo recambiados ou emprestados; está mais focado em ampliar o complexo do Seixal do que dotar o treinador Bruno Lage de um plantel equilibrado em todos os sectores e suficiente para atacar em força todas as competições com níveis exigência e desempenho; sem se perceber porquê, renova mais facilmente com jogadores cronicamente lesionados, que até têm tempo para andarem em eventos sociais, do que com aqueles que se esforçam em campo, com exibições positivas e fundamentais para a melhoria do futebol praticado pela equipa.
    LFV pensa o clube só enquanto marca, nunca numa vertente mais ampla, regateia os apoios e os patrocínios possíveis, porque tem uma visão curta de merceeiro que não ousa arriscar, preferindo a navegação junto à costa, para não ter que içar as velas da mudança e do inconformismo, preferindo andar ao sabor da sorte de ventos raros.
    LFV não sabe dimensionar o clube ao número elevado de sócios que possui, que faz do Benfica, nessa específica contabilidade, um dos maiores do mundo, mas só isso não chega, para capitalizar ainda mais as potencialidades do Benfica, a todos os níveis, sendo fundamental implementar uma gestão criteriosa e corajosa nos gastos, sabendo-se que o que é barato sai caro e não compensa, nem pode garantir qualidade, e gastar por gastar, também podemos chegar aos melhores, por antecipação e percepção de mercado.
    Depender da bola que vai ao poste e não entra ou de arbitragens de confeitaria e de vares daltónicos, é sempre um exercício arriscado à nossa paciência de adepto, e ter sorte, é sermos sempre melhores que os outros, não por uma oportunidade esporádica mas por uma capacidade construída e enraizada.
    Amo-te, Benfica!

    José Reis

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que se quer é paixão como o Bruno de Carvalho.. isso é que é um presidente de qualidade, para quê pensar? contratar gente competente? fazer projectos e concretizá-los!

      Paixão é que é necessário com o BC, olha tão bem que isso resultou.. ohhh pois...

      Eliminar
  26. TEMOS LEGITIMIDADE para exigir uma gestão em função das vitórias desportivas, temos legitimidade para exigir que as compras e vendas obedeçam a algo razoável, objectivo, mensurável, lógico!!!
    O Benfica é Nosso! A Direcção está de passagem, entenda-se.
    No contexto actual é ABSOLUTAMENTE POSSÍVEL MANTER AS JÓIAS TODAS E REFORÇAR O PLANTEL DE FORMA LÓGICA, se isso não acontecer a oposição terá uma força imensa!

    Exigimos que o plantel esteja FECHADO NO INICIO DE JULHO - COMPRAS E VENDAS, exigimos rigor e decisões atempadas! TEMOS LEGITIMIDADE PARA EXIGIR ISSO!
    TEMOS LEGITIMIDADE!
    TEMOS LEGITIMIDADE!
    TEMOS!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizes uma coisa no teu texto que arrebenta com o texto do scaramanga e inclusive com o teu, que a coisa mais real que existe...."No contexto actual é ABSOLUTAMENTE POSSÍVEL MANTER AS JÓIAS TODAS E REFORÇAR O PLANTEL DE FORMA LÓGICA"

      Agora tentem perceber o como e que chegamos ao contexto atual o caminho que foi feito para criar esse contexto, e o quanto teve que ser investido antes para que hoje seja retirado lucro em quase tudo o que o Benfica toca....

      Com essa frase que dizes fazes uma vénia e tiras o chapéu ao Vieira... Porque na altura ninguem quiz pegar no Benfica apenas o vilarinho e o Vieira

      Eliminar
  27. Este post, desenvolvido e fundamentado, segue uma linha geral de pensamento com a qual me revejo em larga parte.
    Ela radica na crítica à ideia de gestão subjacente à acção do Presidente e de DSO.
    LFV não gere o Benfica segundo uma política desportiva dirigida ao aumento da competitividade internacional do Clube, limitando a sua acção, nestes últimos anos, ao absoluto mínimo para discutir e vencer o campeonato nacional. Às vezes, como no ano passado, nem isso. O seu propósito principal é a valorização e venda de jogadores e toda a estratégia de aquisições se dirige para a venda futura e não para a entrada imediata e permanência no onze e, assim, no reforço efectivo da equipa. Quantos titulares indiscutíveis e de valor internacional incontestado contratámos nos últimos seis anos? Se bem me recordo, nenhum!
    A infraestrutura do Seixal e a aposta na formação é um logro fomentado pelo aparelho de propaganda que LFV soube criar à sua volta e que o promove e defende sem que lhe seja necessário falar. Ela está idealizada para a venda futura e, deste modo, na concepção do Benfica como clube formador e de abastecimento dos "grandes" colossos financeiros da Europa, não para alimentar a equipa principal durante ciclos de 4/5 anos, fortalecendo-a e tornando-a, aos poucos, capaz de, pelo menos, discutir os quartos-de-final e, quem sabe, chegar a uma final da LC e ganhá-la!
    Hoje, tudo na gestão de LFV se liga à realização de vendas e ao circuito, muito obscuro, do dinheiro delas proveniente. Todos os nossos talentos da formação serão vendidos; quase todos com o agenciamento do "amigo" Mendes e não permanecerão mais de um ou, no máximo, dois anos (será um record!); em muitos casos, nem isso.
    Por esta razão, e por muitas outras que não vêm ao caso, gostaria que a liderança do SLB fosse para gente de coração e alma benfiquistas, que, sem comprometer o equilíbrio financeiro necessário, lutasse por manter os melhores talentos por um período de tempo maior, alocando os recursos nessa direcção e não nas reformas douradas de jogadores que já não podem dar a dimensão internacional que o Clube aspira, merece e que respeita a sua história.
    Com LFV seremos sempre um Clube vendedor, secundário no mundo do futebol, apenas conhecido internacionalmente por feitos e glórias do passado, mas sem presente que nos faça mais do que o parceiro apetecido nos sorteios para passar à eliminatória seguinte. Lembram-se dos sorrisos dos alemães do Eintracht quando lhes saímos na rifa. É disso que falo ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O seu comentario resume muitissimo bem aquilo que tambem penso. A reaccao dos jogadores do Eintrach revelam que nao passamos de uma "sardinha" na Europa. E triste.
      So com um presidente que verdadeiramente queira alterar o rumo poderemos voltar a ter outras ambicoes.
      Mas ha muito quem esteja feliz com o Benfica de Vieira.

      Eliminar
    2. Caro Fernando Lopes,
      Há infelizmente muita gente - eu diria a larga maioria - que se revê na gestão de LFV. E se a oposição se limitar a RGS temo que o teremos de aturar até ao túmulo.

      Eliminar
  28. Um dos melhores textos que retratam a realidade benfiquista. Parabéns!

    ResponderEliminar
  29. "Benfica faz 12 pontos na fase de grupos da Liga dos Campeões e é eliminado nos oitavos de final, obtendo um total de receitas com TV e com prémios desportivos no exercício de 110,7 milhões de euros."

    O Porto pela participação na fase de grupos da Champions, oitavos e quartos final já encaixou 78 M€, e na fase grupos somou 16 pontos. Como é que é possivel com 12 pontos, e a passagem aos oitavos final, o Benfica gerar 110 M€? isto quando o Market pool com a subida dos actuais prémios desportivos diminuiram, o Market Pool a distribuir por todos os clubes que era de 580M€ passou para 300M€. ...

    Santos Cardoso

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Benfica tem mais proveitos totais que o Porto. E se falarmos de cash a entrar, a diferença é muito maior.
      O Porto tem a maioria dos seus contratos antecipados por isso está tão dependente das vendas de jogadores e da Champions para obter liquidez. Mas irá piorar porque terá de apertar o cinto de forma gradual. O fair play financeiro assim obriga. E quando isso acontecer, acontecerá o mesmo ao Porto que aconteceu ao Sporting.
      Dentro de 2 anos estão fora da Europa com custos de pessoal metade dos de hoje.

      A única forma de inverter isto é Portugal conseguir meter 3 clubes na Champions. Mas não acredito que o faça. Hà países com maior poder de compra e meios financeiros a crescer.

      Eliminar
    2. Falo em alhos, e vens-me falar de bugalhos? Ora vai reler o meu comentário, estou a comparar a situação financeira de Benfica e Porto?

      1 Neste post é referido que o Benfica se fizer 12 pontos na fase de grupos da Liga dos Campeões e for eliminado nos oitavos de final, obtem um total de receitas com TV e com prémios desportivos no exercício de 110,7 milhões de euros.

      2 Nesta Champions, o Porto com oitavos e quartos final já encaixou 78 M€, e na fase grupos somou 16 pontos.

      3 Como é que é possivel o Benfica com 12 pontos, e com os oitavos final encaixar na Champions mais de 100 M€, como refere aqui o Scaramanga? Será que tem algum trunfo na manga?

      Santos Cardoso

      Eliminar
    3. Matemática de merceeiro que querem para substituir os profissionais de elite que nos trouxeram onde estamos!

      Eliminar
  30. Shen Twan Pu Pu Pu19 março, 2019 21:29

    Very nice text.
    Congratulations

    ResponderEliminar
  31. Novidades em relação às renovações de Samaris e Jota?????


    (seria um bom presente para todos os benfiquistas que renovassem depois do treino aberto)
    1904

    ResponderEliminar
  32. mas aquelas que eu gosto mesmo é a que são o jogadores, todos sem excepção, que forçam a saída e ainda fazem chantagem, por ficarem contrariados, para saírem.

    e depois também existe aquela que dar um salário alto aos miúdos, mesmo que titulares indiscutíveis, cria mau ambiente no balneário.

    já disse isto noutro post deveríamos procurar vender produto de elevada qualidade do seixal e a grande valor mas o iluminado prefere fazer uma fabrica de montagem e vender quantidade.

    ResponderEliminar
  33. Alguém que leve este homem para ministro das finanças ou para CEO duma multinacional, não podemos desperdiçar um talento destes...
    Qual será o sucesso desta pessoa na sua vida particular? tenho alguma curiosidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem sabes escrever o teu nome!

      Eliminar
    2. Já somos 2!
      Não consigo entender como é que estas mentes brilhantes conseguem ter tempo disponível para tentarem endrominar o pessoal, quando a sua/deles genialidade devia teoricamente ocupar-lhes todo o tempo disponível...

      Eu que nao passo de um simples mortal, a maior parte dos dias não tenho tempo nem para me coçar :)

      Eliminar
  34. Foi o Scaramanga que apostou na formação, no Caixa Futebol Clube, no scouting, na BTV, no novo Estádio, no Museu, e agora o no projecto do Centro de Alto Rendimento, no Colégio e Universidade, nos Hotéis e mais que virão, na estabilidade financeira, no pagamento á banca em tempo recorde, em ganhar títulos internos como o tetra e os tripletos, depois de todo esses factos irrefutáveis, vêm aqui falar em reter, em pagar mais, em ganhar as CL e outros sonhos molhados a partir poções mágicas tipo as do Marega. Não podemos ter memória curta e simplesmente passar uma borracha de todo o trabalho feito e projectado para alimentar snobs. Se o LFV está destruindo o SLB desta forma que continue a destruir, porque é desta destruição que os antis e dragartos têm medo. Por isso tenho algumas reservas de muitos blogueiros benfiquistas que aqui comentam.
    Saudações

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. apoiado.
      Este texto é dos mais demagógicos que já li aqui.
      No entanto não coloco em causa o benfiquismo de alguns escribas apenas acho que ou estão de má fé e com agenda pessoal ou então com falta de lucidez...

      Eliminar
    2. Subscrevo!

      É de uma total irresponsabilidade fazer lobby contra uma direcção que tanta coisa boa fez, embora com muitos erros, sem haver uma única alternativa!

      Digam-me alguém que possa manter o que de bom for feito, continuar no mesmo caminho, mas corrigindo os erros?

      Eliminar
  35. Caro Scaramanga,

    O exercício que faz neste post é de louvar pois exigiu considerável trabalho.
    Contudo o post em si contém, para mim, vários erros de tendência que o transformam em algo menos interessante.
    Começa na forma como contextualiza o Benfica e a sua estratégia, como se fosse gerido sem o mínimo de critério e uma estratégia errática, o que no meu entender não se verifica, mesmo que como acontece em todas as organizações se verifiquem erros e haja entre tanta gente pessoas que no meu entender são nefastas ao clube.
    Considero aliás que tem sido feito um trabalho notável e que tem várias fases:
    - 1ª fase ( 2000-2003) – recuperação da credibilidade do clube Fase da responsabilidade de Manuel Vilarinho
    - 2ª fase ( 2003-2008) – desenvolvimento do estádio e outras infraestruturas básicas e criação de estrutura profissional para o futebol
    - 3ª fase ( 2008-2013) – aposta forte no futebol e dinamização das modalidades e desenvolvimento de uma estrutura profissional na formação. Prospecção e realização de vendas.
    - 4ª fase ( 2013-2017) – aposta no futebol, consolidação do projecto formação e recuperação financeira. Prospecção e realização de vendas.
    - 5ª fase (2018 - ….) – aposta no futebol com retenção de talentos . Afirmação progressiva na Europa. Dominio no futebol nacional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nessa explicação até podemos incluir o perfil na escolha de treinadores.
      Mas nada disso interessa pois já todos percebemos ao que vem o caro Scaramanga.

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares