O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Um derby diferente...

 ●  2 comentários  ● 


Portugal, 11 de Fevereiro de 2014

O Benfica - SCP de mais logo passará à história como o derby da terça-feira.
Porque os jogos sabem bem quando se pensa que vão ser jogados, confesso que neste momento sinto uma certa apatia e distanciamento das emoções que um jogo de futebol do Benfica sempre transporta, quanto mais um derby ou um clássico. A única coisa que me vai entretendo, são os fait-divers do SCP e a completa ausência da Direcção do Benfica. Ambos marcam este plano de acontecimentos desportivos.
Da parte do SCP, verifico a existência de uma certa hipocrisia da parte de quem defende a verdade desportiva e a sã convivência entre clubes. Vejamos. Ao longo do dia de ontem, fomos confrontados com 3 comunicados que, por ordem de divulgação, abordaram 1) a necessidade de ser efectuada uma vistoria técnica independente, 2) a explicação das palavras do Presidente da Mesa da AG do SCP que representou o clube na parte de confraternização entre Direcções antes do jogo e na Tribuna Presidencial e 3) o protesto contra a forma como os adeptos do SCP foram evacuados após decisão de adiamento do jogo.
Parece-me ter existido uma completa inversão da ordem de prioridades do SCP, porque a segurança dos seus adeptos, que supostamente foi posta em causa no processo de evacuação, deveria estar à frente da explicação das palavras da Mesa da AG e da necessidade de se efectuar uma vistoria técnica independente. Esta última nem deveria ter existido, porquanto após o jogo e numa conferência de imprensa conjunta com o Presidente da Liga, o representante do Benfica referiu que no dia seguinte iria ser efectuada uma vistoria por parte da empresa Martifer, sem que o representante do SCP tivesse registado posição diferente.
O SCP não pode mudar de opinião de um dia para o outro, provocando um incidente e um debate escusado, que pôs em causa não só a credibilidade do seu representante nessa conferência de imprensa, como também o Benfica e a própria empresa Martifer que construiu essa parte do estádio do Benfica. Por outro lado, a realização de uma vistoria independente, por parte do LNEC ou outra entidade credível, demoraria alguns dias a convocar e a realizar, o que poria em causa a realização do jogo esta semana.
Quanto às prioridades do SCP verifico que alguns adeptos do Benfica, os ingénuos de sempre, se preocuparam bem mais com a segurança dos adeptos do SCP, do que a própria Direcção do SCP, uma vez que espalharam criticas pelos blogues, sobre a forma como se tinha processado a evacuação, umas quantas horas antes da Direcção do SCP o ter feito.
Sobre a Direcção do Benfica, apesar de não ser consumidor de televisão desportiva, pelo que vejo e ouço por aí, nos onlines e comentários diversos, esta Direcção não deu qualquer sinal de vida num momento tão particular como este que o estádio do Benfica viveu. Para minha surpresa, teve de ser um ex-dirigente que se consta estar foragido à Justiça, e conhecido como “pai do estádio”, a dar as explicações para o sucedido a partir de Luanda: falta de manutenção!
Não sei se é o meu anti-vieirismo convicto que me tolda o raciocínio, mas não deveria ser o Presidente do Clube/SAD a dar esse tipo de explicações? Ou o Presidente, ou “faz-que-é-presidente”, apenas trata das contratações, dos custos zero dos milhões e das cedências de percentagem dos passes desportivos para Jorge Mendes?
Parece-me surpreendente e até interessante que o Sr.º Vieira nunca dê a cara quando as coisas correm mal, refugiando-se nas delegações de competências (neste caso estranhas) para não explicar ou não assumir as coisas que correm mal. Não vou na “procissão” sportinguista de que o Benfica é responsável pelas condições de segurança do recinto, porque só a habitual idiotice dos pensadores sportinguistas pode estabelecer uma relação de causa - efeito entre as condições de segurança e a responsabilidade do Benfica, sem considerar as condições atmosféricas que incluíram ventos com mais de 130 km/h e levaram a Protecção Civil a decretar “alerta vermelho” (o mais grave de todos), na região de Lisboa. Mas não posso deixar de registar que uma vez mais o Presidente do Benfica desapareceu quando era necessário dar garantias e tranquilidade aos sócios e adeptos do Benfica, e que uma vez mais delegou esse papel, desta vez num ex-dirigente que está em Angola....
Os sinais de fraqueza do Presidente do Benfica continuam a acumular-se e terão consequência, mais tarde ou mais cedo, nas provas desportivas. O ensurdecedor silêncio após o roubo de arbitragem em Braga, contra o ABC, e no Hóquei em Valongo, são mais provas que esclarecem bem qual a natureza do actual “projecto desportivo” do Benfica. Ou melhor, do “não projecto desportivo”, mas sim do projecto financeiro que suga o amor, a dedicação e o dinheiro dos adeptos e sócios benfiquistas...
Resta-nos Jesus, demais equipa técnica e os jogadores... Boa sorte para mais logo!

2 comentários blogger

  1. O senhor é um perito em recolher notas dos jornais ...

    Esse seu ódio, sentimento próprio de gente rasteira, é como o armeiro branco da anedota ...

    " Numa cidade do sul dos EUA, um preto entra numa loja de venda de armas, é recebido ao balcão pelo armeiro branco dono da loja, vai olhando para as armas expostas nas vitrinas e vai perguntando:
    - O senhor tem uma pistola Beretta?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Walther?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Smith & Wesson?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma espingarda Remington?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Brownning?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Kalashnikov?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma pistola-metralhadora UZI 9MM?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Breda M37?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem um lança granadas de espingarda Energa m/953?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem um lança granadas Battlefield 4 MGL?
    - Não tenho, não senhor!
    - E tem uma Bazuka by runie84?
    - Não tenho, não senhor!

    - Oiça lá, o senhor tem alguma coisa contra os pretos?

    - Tenho, sim senhor,...Uma Beretta, uma Walther, uma Smith & Wesson, uma Remington, uma Brownning, uma UZI 9MM, uma Breda M37, um Energa m/953, um Battlefield 4 MGL, uma Bazuka by runie84, e ainda, se for preciso, um Canhão Sem-Recuo de 106MM!


    ResponderEliminar
  2. Eu assumo o que escrevo e escrevo o que penso. Rasteiro? Não. Contundente? Sim! Fora de "moda"? Claro!

    Ontem o Sr.º Vieira lá apareceu a falar da segurança do estádio após a vitória. Há 2 dias ninguém lhe pôs a vista em cima. Há 8 dias em Barcelos também ninguém o viu. Empatamos, não foi?

    Serei rasteiro por perceber o que a maioria não atinge?

    De qualquer modo esta anedota é demasiado rasteira como rasteiro é quem tenta atingir alguém, sem assinar ou assumir o que escreve... Não te preocupes: estou habituado e não faz mossa...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking