O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


10 de setembro de 2013

Entrevista de Domingos Soares Oliveira ao DE

 ●  5 comentários  ● 


      Cortesia do blog  Meu SLBenfica


Ainda hoje ou amanhã faremos a nossa habitual análise da entrevista. Até lá, partilhem a vossa opinião/comentário.

5 comentários blogger

  1. Quer-me parecer que o que vai provocar maior celeuma é a parte em que fala sobre o modelo de sustentação financeira do clube.
    Quem não gosta vai colocar todos os defeitos e quem apoia achará tudo bem.

    ResponderEliminar
  2. Em geral serviu para esclarecer o muito do caminho já percorrido e a percorrer pela SLB SAD no plano económico-financeiro e na inevitável reestruturação de uma realidade de clube para uma outra bem mais exigente que é a SAD. Na minha opinião o trabalho mais difícil, ou de sapa como preferirem chamar, está feito. Agora é tempo de iniciar a redução do passivo, sem nunca deixar de apostar na competitividade desportiva, principalmente em relação ao futebol profissional, pois é por ai que passa o sucesso ou insucesso de todo o projecto idealizado, em especial o da Benfica TV.

    Benfica TV, que pode vir ser a grande alavanca para a esperada independência económico-financeira do SLB em relação aos mercados financeiros; o que implica a mesma independência e posição de força contra aqueles há muito andavam a estrangular e a viver á conta do Benfica. Assim os Benfiquistas possam e queiram. Sinceramente e desde sempre desejei que este fosse o caminho a percorrer pelo SLB em relação aos direitos televisivos a que ao Benfica diz respeito. Não só pela vertente económica, mas acima de tudo pela independência estratégica em relação ao “Sistema”.

    Claro que ainda estamos a dar os primeiros passinhos, e como se esperava com as Hienas e os Abutres a tudo fazerem para dar cabo de um projecto, pois sabem bem que o sucesso deste é como os matar á fome, e com isso acabam por perder poder de influenciar e corromper os muitos que também eles, acabam por se alimentar dos restos deixados estrategicamente por esta raça parasitária. Está dado finalmente o 1º passo para acabar com os mais de 30 de corrupção desportiva em Portugal; já que infelizmente, pela via legal, mesmo com tudo provado é impossível, como se constatou com o processo “apito dourado”.

    É de salientar também os cerca de 190 mil assinantes e tudo o que esta nova Benfica TV já conseguiu, ainda acabadinha de nascer e em plena crise económico-financeira e para alguns, até desportiva. Imagine-se se o arranque tivesse sido iniciado na 1ª época de JJ. E não nos podemos esquecer e como foi salientado durante a entrevista, estes três primeiros anos ainda tem os custos inerentes da amortização do investimento feito para lançar a nova Benfica TV.

    ResponderEliminar
  3. Posso estar enganado mas sempre considerei este senhor uma pessoa válida. Pena que não tenha coincidido no clube com um presidente menos trauliteiro e virado para a "negociata".

    Apesar de todo o barulho que o LFV fez à volta da Benfica TV, tentando puxar o protagonismo para si, a sua existência e actual modelo de negócio são da responsabilidade do DSO. O agradecimento para LFV vai para o facto de ter deixado o projecto avançar e, por uma vez, não ter tido receio de enfrentar o lobby corruptos/oliveirinha.

    ResponderEliminar
  4. Estou espantado. Onde anda a imensa horda anti-direcção que aproveita tudo para disparar? Não me digam que não encontraram uma brecha na entrevista?

    ResponderEliminar
  5. Excelente gestor e executor de óptimas ideias para o nosso Benfica... a politica desportiva errada tem outros responsáveis.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking