O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 6 de outubro de 2012

Vai ser sempre assim!!!

 ●  51 comentários  ● 
Enquanto a minha colega não faz a crónica quero só deixar algumas anotações sobre o jogo de hoje:

  • JJ continua a insistir em partir a equipa em dois, por isso vamos ter muitos momentos destes durante a época;
  • Contra o último classificado fizemos uma exibição de caca;
  • Nos dois últimos jogos para a Liga estivemos a perder e tivemos que dar a volta ao resultado com muito sofrimento;
  • A culpa disto não é do jogadores, porque têm qualidade, mas sim de JJ que não consegue montar uma equipa equilibrada;
  • Hoje vi um jogador do Beira-Mar simplesmente a gozar com o meio campo do Benfica, levando tudo á frente, inconcebível numa equipa como o Benfica;
  • Continuamos sem qualquer agressividade na recuperação de bola quando a perdemos;
  • Este Benfica pode dar muito mais, assim JJ queira.
Não quero deixar passar também que, mais uma vez, tivemos uma assistência na Luz ao nível dos lagartos ou corruptos, 28.300 espectadores. Absolutamente triste para um clube com mais de 250.000 sócios e 6 milhões de adeptos em Portugal. Vêm já aí uns falar na crise, mas o curioso é que a crise só existe em anos que não somos campeões e antes de Março/Abril, ou seja, enquanto não há expectativas reais de vencermos o campeonato, não há adeptos na Luz.

Uma palavra para o Ezno que é cada vez mais um 8 mas está muito sozinho no meio campo, mas é assim o JJ e vai ser assim até ao fim do campeonato.

Sinceramente, e se não vir mudanças no futebol do Benfica, acho muito difícil sermos campeões mas como sou Benfiquista, acredito sempre.

Sport Lisboa e Benfica - Ovos Moles

Avatar
 ●  21 comentários  ● 
Chiça que nunca mais era sábado!!

Terça foi um dia de emoções, que libertou raios e coriscos, mas só porque temos uma paixõo em comum: o Glorioso.

Entre algumas baixas por lesão, estou curioso para ver como a equipa reage.

A importância de vencer para manter o primeiro lugar e deixar os corruptos pressionados torna este jogo, embora de dificuldade aparentemente menor, num momento vital da época.

Os corruptos venceram os 2 jogos da Champions e o sistema não olhará a esforços a aliviar a sua pressão para que possam manter as baterias apontadas para a competição europeia.

Portanto caros atletas do nosso Glorioso: não se deixem provocar nem percam a vossa concentração. 
Vençam este jogo. E mantenham o Benfica no seu devido lugar: O PRIMEIRO!!

Comentem aqui o andamento do jogo.

Todos à Luz!

Avatar
 ●  5 comentários  ● 


Agora, bonito era ver a casa cheia outra vez no Sábado, o mesmo entusiasmo, o mesmo apoio empurrando a equipa na competição que nos interessa mesmo. Não é contra o Barça, mas também começa por B.
(by: Coluna)

6.ª jornada do Campeonato, Benfica – Beira-Mar, às 20h30

Petardocracia

 ●  32 comentários  ● 
Os fundamentalistas antivieira, alguns dos quais, cronistas do NGB, que não se cansam de acusar a Direção do Benfica de falta de democraticidade, de falta de diálogo, de autoritarismo, de incompetência, e os Benfiquistas que não pensam como eles, de carneirismo, andam agora todos ufanos porque uma “milícia” de “pedagogos democráticos” se mobilizou para participar ativamente nos trabalhos da Assembleia Geral do Clube, insultando Dirigentes e outros sócios, fazendo rebentar um petardo em plena Assembleia! Não se disponibilizaram para discutir o relatório e contas, pedindo explicações e exigindo soluções, não apresentaram ideias e projetos alternativos sustentadores da sua oposição, não procuraram esclarecer os restantes associados do seu ponto de vista. Esgrimiram apenas os argumentos da má-criação, da violência e da intimidação revelando incapacidade total de entender a Democracia.

Segundo reza a lenda, foi assim que o mostrengo chegou ao poder; dissuadindo os opositores com uma “milícia” que, pelos vistos, ainda por lá anda, para garantir que “tudo corre sobre rodas”, por sinal, com satisfação de todos, pois não se conhecem protestos internos, nem queixas das alegadas vítimas. E ninguém vai preso! Uma autêntica Festa!

Tal não acontecerá no Benfica! Opor-nos-emos, com as mesmas “armas, se preciso for. Este clube e tudo o que representa não ficará refém de um grupo de arruaceiros que não têm a menor ideia do que é o Benfiquismo - quem sabe se, entre eles, não estarão alguns ao serviço do mostrengo. Tal é o ódio que derramam sobre os Dirigentes que suscitam felicitações de adeptos do mostrengo pela “por fim, descoberta da verdade”. Como se, quem tem calado e consentido as indignidades que vieram a público acerca da corrupção no futebol, se preocupasse com o bem do Benfica ou com a verdade! Tenham vergonha na cara!

Iniciei a minha participação nos blogues Benfiquistas, com a satisfação própria de quem pensa estar entre “quase” família. Com a satisfação de trocar impressões, ideias, ou simplesmente celebrar o Benfica. Nunca me passou pela cabeça que houvesse ódio entre Benfiquistas! E há-o! Este blogue é exemplo disso mesmo! Isto nada tem a ver com o Benfica! Ódio é algo que não entra no dicionário deste clube, nem sequer relativamente aos adversários. É esta a grande vitória do mostrengo! Não são os títulos fraudulentos, os títulos da vergonha, os títulos da lama, da covardia, da hipocrisia. É ter conseguido “fomentar” o ódio entre Benfiquistas .

É por isso que defendo, desde algum tempo, a aprovação de um projeto de ética Benfiquista a em Assembleia Geral para que todos os que querem fazer parte desta família estejam conscientes dos valores Benfiquistas e a eles se vinculem sob palavra de honra. Quanto a mim, prefiro poucos e bons. Divergência na unidade e unidade na divergência é um dos lemas adequados para este clube.

Transcrevo extratos da CS acerca da referida AG:

CM, 28 de Setembro de 2012 (salvo erro), por Octávio Lopes:
“Quando discursou, lembrou que devolveu a credibilidade ao Benfica, mas foi apupado por grande parte dos 600 sócios presentes , entre os quais muitos jovens. Mal saiu do palanque rebentou um petardo no Pavilhão da luz. No final da AG, o presidente ouviu gritos de “demissão” e foi escoltado por seguranças das águias.”

“A bola”, 28 de Setembro de 2012, por Gonçalo Guimarães:
“O chumbo deve-se, em boa parte, à posição dos sócios mais recentes, que têm entre um e cinco votos. Cerca de 95 % votou contra, não sendo alheio a este facto o conflito que a principal claque do clube mantém com Vieira há largo tempo.”

“…Quando acabou de falar, alguém rebentou um petardo, produzindo muito fumo na sala. No exterior, grupos de adeptos quase se envolviam em agressões.”

“…Teve de ser escoltado pela segurança do clube, mas não necessitou da intervenção dos três agentes da PSP e três spotters presentes. Os contestatários, na maioria jovens, no entanto, gritaram bem alto: “Demissão, demissão, demissão!”

“A Bola”, 29 de Setembro de 2012, declarações de Carlos Móia:
“O que se passou tem pouco a ver com a tradição do Benfica. Não estão em causa as contas, foi um grupo instrumentalizado que não representa a massa associativa do clube. Confesso que não me lembro de um petardo rebentar numa Assembleia Geral…não é normal, e, numa circunstância dessas, se calhar, a Assembleia Geral não devia ter continuado. Em Outubro haverá eleições e portanto, se alguém quer ir a votos que apareça agora, tem é que ser mais sério. O que se passou ontem não fragiliza o presidente do Benfica, fragiliza o Benfica….”
“A Bola”, 29 de Setembro de 2012, crónica de Fernando Guerra:

“Prenda igualmente merecida por Luís Filipe Vieira (vitória sobre o Paços de Ferreira), depois de na véspera tão maltratado ter sido na assembleia geral do clube, a qual, mais que o défice, não lhe perdoa a míngua de títulos, sem se dar conta de o presidente jamais ter olhado a meios para formar um plantel de nível europeu, talhado para recolocar o Benfica na rota das grandes conquistas. Objetivo conseguido com extraordinário esforço, ao contratar praticantes jovens e talentosos, com os quais qualquer treinador do mundo, de reconhecida qualidade, adoraria trabalhar e teria sucesso.”

Nenhuma claque manda no Benfica! Nenhuma claque intimida os sócios ou Dirigentes do Benfica! Nenhuma dúzia de arruaceiros manda num clube com 14 milhões de adeptos! Vão lá para as assembleias do mostrengo exigir a demissão do “bicho”! Ou juntem-se “aos macacos” que já enchem a barriga de títulos oferecidos. Desamparem-nos a loja.

Considero que o blogue Nova Geração Benfica tem a sua quota parte de responsabilidade do sucedido pelo fundamentalismo antivieira - quanto mim, anti-Benfica -, que o caracteriza maioritariamente.

Já aqui perdi as estribeiras e prometi não voltar a fazê-lo. Perante o ódio que aqui vi, no rescaldo da famigerada AG - motivo de regozijo e chacota dos adversários - receio não conseguir manter a promessa. E não quero! Quero estar entre Benfiquistas, despretenciosamente, com satisfação, celebrando o Benfica, nas vitórias e nas derrotas, racionalizando as causas dos insucessos, descrevendo jogadas espetaculares, identificando estratégias para o futuro, sugerindo melhoramentos aos vários níveis e setores da vida do clube, criticando com fundamentação, racionalidade e cordialidade.

Publiquei aqui trabalhos profundos, detalhados, acerca do que há nos bastidores do mostrengo, para que todos possam perceber a origem do seu poder, sugerindo estratégias de neutralização do dito. Publiquei aqui trabalhos de grande envergadura, nomeadamente, nas análises às entrevistas de Rui Gomes da Silva e de Fernando Tavares, que constituem autêntico anteprojeto de desenvolvimento estratégico do Benfica.

Salvo raras exceções o debate foi quase nulo; ou seja, muitos dos que aqui, reclamam debate, nem sequer fazem ideia do que isso é! Debater implica expressar as ideias próprias com sinceridade e tentar perceber os pontos de vista dos adversários, sempre, neste caso, visando o bem do clube. Ora, salvo exceções, aqui há conversas de surdos, ressabiamentos incontidos e uma cultura permanente de ódio ao Benfica por interposta pessoa. CHEGA!

Agradeço perante todos, o honroso convite do Viriato e do Master - de cujo Benfiquismo e democraticidade não duvido, apesar das evidentes divergências entre nós - que aqui me trouxe. Agradeço do fundo do coração aos que me lisonjearam com a leitura e comentários das minhas crónicas. Não posso continuar a colaborar com quem faz do ataque sistemático, por vezes sórdido, ao Benfica, uma missão de vida. Aliás, foi precisamente esta, a condição que coloquei, logo de início, para colaborar no blogue.

Aprendi aqui algo que, efetivamente, desconhecia e me surpreendeu, algo negativo, desastroso e que, mais que os proenças, os xistras, os soares, os costas, os elmanos, etc, prejudica o clube: O ÓDIO ENTRE BENFIQUISTAS!

É esta a maior vitória do mostrengo. É este o primeiro inimigo do Benfica que urge resolver, promovendo a reconciliação com quem se mostrar disponível, pelo bem do clube. E é para este trabalho de reconciliação que estarei disponível, aqui, em qualquer outro lado, ou em lado nenhum. Não me movem quaisquer aspirações além das que aqui referi.

VIVA O BENFICA!

As piadas dos 'Vítores Pereiras'.

Avatar
 ●  1 comentário  ● 
"Jorge Sousa foi o árbitro escolhido para dirigir o FC Porto-Sporting, da 6.ª jornada da Liga Zon Sagres, marcado para domingo às 20H45. Vítor Pereira nada tem a opor.

"Acredito em todos os árbitros, na competência dos mesmos.
"" in Record.

Ainda acrescenta o Vitó: "É-me indiferente quem estará no banco do Sporting."

Tão engraçado é o Vítor dos árbitros ao nomear o Super Dragay Sousa, como hilariante é o Vítor do Antero ao dizer que acredita em todos os árbitros. Hilariante e sincero! 
Todos sabemos porque acredita nos árbitros.E porque pouco importa quem está do outro lado.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Filhos de um Deus Maior

Avatar
 ●  26 comentários  ● 

Confesso que me deliciei com algumas análises de escribas e de leitores deste blogue, à exibição do Benfica frente ao Barcelona. Deliciei-me sobretudo com os comentários daqueles que exigiam um Benfica capaz de discutir o jogo taco a taco do princípio ao fim, e deliciei-me mais ainda com a facilidade com que, aproveitando um resultado mais do que previsível, não hesitaram em desancar em jogadores, treinadores e dirigentes, como se o Benfica tivesse de facto a obrigação de ter feito bem mais.

Deliciei-me com aquelas opiniões de que Jorge Jesus se acobardou. Os leitores perguntarão: Acobardou-se como? Jogou com 3 trincos e 3 centrais? Não. Jogou com 2 trincos? Também não. Colocou centrais a jogar a laterais? Não dei por isso. Fez de Lima o Samuel Eto`o do Benfica e pô-lo a jogar a defesa esquerdo? Não, esteve sempre lá na frente. Que alterações cobardes foram essas então em relação ao 11 base da equipa? Ah, trocou Rodrigo por Bruno César! O que é de cobarde evidentemente, até porque ninguém sabia ainda que num jogo destes, de que vale ter dois avançados se, sem ganhar o meio campo (e a este Barcelona quase ninguém o ganha) a bola nunca vai chegar lá à frente?

Deliciei-me com opiniões de que JJ passou medo para os jogadores. Esta então é de morte! Aposto que os jogadores nunca tinham visto o Barcelona jogar e estavam todos convencidos de que defrontar Xavi, Messi, Iniesta e companhia eram favas contadas. Estavam todos cheios de ganas para mostrar ao mundo quem eram de facto os melhores do mundo!! E vem o JJ armado em Mestre da Táctica, troca o Rodrigo pelo Bruno César, a revolta instala-se no balneário e todos pensam em sintonia: “Dasse, um gaijo aqui mortinho para que o jogo comece para irmos logo para cima deles e encostá-los às cordas, e este  car#*ho tira-me um avançado e põe um médio ofensivo?!"

Depois também me deliciei com as estatísticas do jogo atiradas para o ar com objetivos de tentar suportar com meia dúzia de números, uma tese que tanto se aplica em relação ao Benfica como a qualquer outro clube do mundo, incluindo os bem mais poderosos. É que eu tinha a impressão de que em jogo jogado, só havia uma equipa no mundo que DE VEZ EM QUANDO era capaz de discutir um jogo com o Barcelona. E se calhar ajuda chamar-se Real Madrid, tal como ajuda jogarem na mesma Liga, encontrarem-se 3 ou 4 vezes por ano, e haver naturalmente uma curva de aprendizagem que os outros clubes não têm.

É que os mais desatentos devem ter pensado que posse de bola na ordem dos 70% para o Barcelona era coisa rara. Devem-se ter esquecido de que há apenas dois anos, num jogo de Final de Champions League, uma equipa banalíssima como o Manchester United jogando frente ao mesmo Barcelona, conseguiu apenas 31% de posse de bola e apenas 5 remates contra 19 dos espanhóis. Resultado 3-1.

Tal como se esqueceram que o Chelsea o ano passado, a tal equipazeca que alguns tentaram comparar imediatamente ao Benfica, com argumentos do tipo: “Então se o Chelsea consegue por que raio não consegue o Benfica?" ainda fez pior, teve 18% de posse de bola. E levou um baile que não lembra a ninguém. E levou 3 bolas nos postes e Messi falhou um penalty. Repito: 82% de posse de bola para o Barcelona!! E remates foram 23 contra 7! Isto foi o Chelsea, uma equipa com um orçamento de meio da tabela, que só na Luz deixou quase 50 milhões para levar Ramirez e David Luís! E mais: este segundo jogo da meia final acontece MENOS DE 72 horas depois de um Barcelona vs Real Madrid, o jogo do título Espanhol!

E o Benfica tinha obrigação de ter feito mais? Na minha opinião não tinha. Tinha sim a obrigação de tentar, de acreditar, de correr e de lutar, de ser fiel aos seus princípios de jogo, de tentar esticar o jogo o mais que podia para zonas mais adiantadas do terreno, olhar o Barcelona de frente e fazer um jogo digno que não envergonhasse ninguém. E isso fê-lo. Exigir mais que isto só de alguém que perdeu completamente o sentido da realidade. Quando um senhor como Aimar diz, em análise ao jogo: “Infelizmente só há uma bola em campo, e a bola é sempre deles!”, é preciso dizer mais alguma coisa?

Deliciei-me com as comparações do Paris Saint Germain com o Barcelona, quando nem um só jogador dos franceses jogaria nos espanhóis e quando a principal figura da equipa francesa é um dispensado do... Barcelona.

Deliciei-me também com a opinião aqui do meu companheiro de Blog Shadows, que espero não leve a peito o facto de eu ter opinião completamente contrária à sua nesta matéria e de tentar repetir aqui a coisa com alguma graça: Mas francamente, a sua opinião de que o Messi não deveria ser jogador de futebol por causa das “pílulas de crescimento”, só deve ser defendida por duas pessoas no mundo: por ele e pelo Cristiano Ronaldo! Se calhar os pais da criança, aos 11 ou 12 anos de idade, e tendo à frente deles a possibilidade de dar ao seu filho uma vida normal através da medicina, independentemente de ser no futebol ou não, deveriam ter dito ao filho: “Léo, que se lixe a tua estatura e o facto de seres anão, o melhor é ficares pelo 1.20 metros, não vá o diabo tecê-las e um dia vires a ser, quiçá, o melhor jogador de futebol que o mundo já teve, e depois alguém vir dizer que foi por causa das pílulas de crescimento.” Vá lá que o miúdo era apenas baixo e não era cego, senão ainda viria alguém dizer que o moço não devia jogar futebol porque se não fosse a operação às cataratas nunca iria ver a baliza!

E deliciei-me sobretudo com as opiniões daqueles que dão o exemplo das escolas do Barcelona como se, imagine-se, o Benfica tivesse alguma possibilidade nos dias de hoje de fazer o mesmo. O Benfica ou outro clube qualquer, que não seja um Real Madrid ou um Manchester United. Caramba, porque razão não tem o Benfica uma super-equipa com 8 ou 9 jogadores da cantera?

Iludidos, é o que são:

  •           Iludidos, porque acreditam que se o Benfica tivesse Xavi ou Iniesta, eles ficariam no Benfica mais do que um ou dois anos! E pensam que se tivéssemos um Xavi e o vendêssemos, logo a seguir desabrochava outro Xavi da Academia por geração espontânea. Era estilo pipocas, pelo menos um ou dois Xavis por ano!

  •       Iludidos, porque acreditam que se Eusébio fosse 50 anos mais novo continuaria a ter hoje uma estátua em Lisboa e não estaria ela em Madrid!

  •           Iludidos, porque acreditam que Xavis, Messis e Iniestas germinam como flores todos os anos, bastando para isso que as academias tenham bons professores e bons relvados. Xavi tem 32 anos, Iniesta tem 28. Quantos outros Xavis e Iniestas tem o Barcelona? Quantos Xavis e Iniestas há no mundo? O Barcelona tem, claro, alguns outros bons jogadores da cantera mas, serão eles Xavis ou Messis? Tiremos a este Barcelona os três magníficos e este Barcelona seria apenas uma grande equipa de futebol, muito longe de ser QUASE imbatível.

  •       Iludidos como Iludidos foram os dirigentes do Sporting, quando acharam que tinham na Academia a solução de todos os problemas. Em dois anos lançaram Ronaldo, Quaresma, Hugo Viana e Simão, e pensaram que seria assim todos os anos, que tinham em casa um filão de ouro inesgotável. Quantos craques saíram de lá desde então? E os treinadores e os relvados não continuam a ser os mesmos?

  •       Iludidos porque ignoram os resultados alcançados por três das melhores escolas europeias de futebol em países de segundo plano, Auxerre, Ajax e Sporting Clube de Portugal. Que clube é o Ajax desde que a Lei Bosman destruiu quase por completo quaisquer possibilidades de êxito dos clubes médios ao mais alto nível?

  •       Iludidos porque ignoram uma vantagem do Barcelona absolutamente decisiva em relação a qualquer outra equipa que lhes queira copiar o modelo: é que quem é do Barcelona quer ficar no Barcelona para toda a vida. Não está a pedir para sair para um clube maior, numa Liga melhor, assim que o primeiro avião carregado de euros lhes zumba ao ouvido.

Que batam no Benfica se neste fim de semana for incapaz de derrotar o Beira-Mar, ou daqui a quinze dias se sairmos derrotados no jogo da Rússia, contem comigo para o repasto! Mas bater no Benfica pelo jogo de terça-feira?!

Compreendo naturalmente a ambição e o Benfiquismo crónico das pessoas, e até a sua recusa em se renderem à fatalidade das coisas mas, saber perder é tão importante como saber ganhar e, nestas coisas do futebol, a verdade é que neste momento há o Barcelona... e depois existem os outros.

Mais um caneco!!!

 ●  4 comentários  ● 
Benfica- 3 (25-22; 25-18; 25-16)  vs. Espinho 0


















Parabéns á malta do Voleibol!!! Que seja o inicio de uma grande época que culmine na conquista da Taça de Portugal e do Campeonato Nacional!!!

Esta época não podia estar a começar melhor com as super Taças de Hóquei, Volei, Andebol e Futsal.

Falta ainda disputar a de Basquetebol que se vencermos faremos o pleno nesta competição!!!

FORÇA BENFICA!!!

Apoio maciço das Casas do Benfica!

 ●  5 comentários  ● 

As casas falaram e decidiram apoiar em bloco a permanência de... Sá Pinto como treinador do Sporting!
From Cabelo do Aimar.


Os Donos da Bola / Jorge Schnitzer e o Sistema

Avatar
 ●  35 comentários  ● 



"Interessante o que revela na sua página no Facebook o jornalista Marinho Neves, autor do polémico livro «Golpe de Estádio» que pôs a nu os podres do futebol português e colaborador do programa da SIC, «Donos da Bola», que tinha como moderador, David Borges e, onde, semanalmente, esses podres do «desporto rei» eram transpostos para o canal de Pito Balsemão com grande impacto. 
Sendo líder audiências. estranhou-se, por isso, que tenha desaparecido do ar…os motivos são apontados por Marinho Neves, que levanta a «lebre» de se ter tratado de uma estranha forma de censura imposta do exterior…censura que, decorridos os anos, ganhou agora novos contornos na exposição comemorativa dos 20 anos da SIC. 

Leia-se o que escreve Marinho Neves: 
«Estão a ser comemorados os 20 anos da SIC. Balsemão inaugurou hoje uma exposição com os arquivos que mais marcaram esta estação. Em 1992 entrei para a SIC para ajudar a fazer o programa “Donos da Bola” e lá trabalhei até ao seu último programa, em 1999, precisamente na noite em que eu estava reunido com dois inspectores da PJ a quem iam ser entregues provas para prenderem alguns dos maiores corruptos do nosso futebol. Margarida Marante pressionou o seu ex-marido, Rangel, para acabar com o programa naquele dia. Eram 3 horas da manhã quando isso aconteceu e anunciado na TSF. Quem nos ia entregar as provas recuou. Desconfiado. 
“Os Donos da Bola” foi um dos programas da SIC que bateu todos os recordes “share”. Mas incomodou tanto, que nesta exposição, assim como noutras, foi completamente ignorado. Este País é mesmo assim: Quem tem a coragem de publicar a verdade é ostracizado. Mas nós continuamos por cá». Retirado DAQUI

Os mais novos não sabem o que é jornalismo desportivo. Apenas lêem focas amestradas ou amordaçadas. Este programa, Os Donos da Bola, foi um programa fracturante. Tinha a coordenação de Jorge Schnitzer. Abaixo transcrevo uma entrevista de J.S. retirada DAQUI.
"Entrevista de Jorge Schnitzer ao Semanário, respondendo a título pessoal sobre os contratos entre a Olivedesportos e a RTP. Um caso flagrante de corrupção grave em claro prejuizo do erário público, através da RTP.


Pergunta. A SIC inflacionou o futebol em Portugal?
Jorge Schnitzer. A SIC quando apareceu fez 3 contratos com os 3 grandes…

P. Para as transmissões dos duelos entre eles, a preços exorbitantes.
JS. Exacto. Aí pagámos de facto mais do que os jogos valiam, porque a SIC tinha uma verba para promoção inicial e aquilo fazia parte do arranque. Porque quando começaram as televisões privadas as pessoas tinham os ecrans sintonizados para a RTP e não faziam ideia nenhuma de como se lá ia mexer nos botões para se apanhar a nova estação. Uma gigantesca através do futebol ajudava.

P. Aí entra a Olivedesportos.
JS. Eles aproveitaram a onda com a ameaça de que a SIC punha em causa a hegemonia da RTP no futebol…

P. Mérito de Joaquim Oliveira.
JS. O sr. JO foi esperto, acertando a compra dos jogos à Liga para posterior venda à RTP, com o apoio de Adriano Cerqueira que, segundo o “Independente” teve uma reunião com a Olivedesportos antes da entrega da proposta da RTP que já se sabia ser inferior à da Olivedesportos.

P. Mas, entretanto, a Liga abriu o concurso para os direitos de transmissão e dos resumos dos jogos…
JS. E a SIC ofereceu 50 mil contos (250 mil euros) que foi o que achou que aquilo merecia.

P. Quanto é que ofereceu a RTP?
JS. Um milhão e oitocentos mil contos (9 M€).

P. E a Olivedesportos?
JS. Um milhão e novecentos e oitenta mil contos (9,9M€). 

P. Porquê este desfasamento?
JS. Ora, entre 50 e 1 milhão e oitocentos mil contos a RTP podia ter ficado com o contrato por 51 mil contos. Ainda por cima depois de a PJ ter feito aquela busca a casa do JO, onde descobriu – ele tinha a porposta da SIC em seu poder – o que mostra que a Olivedesportos tinha conhecimento da proposta para ganhar o concurso. 

P. Há má fé da RTP?
JS. A RTP deu menos que o Oliveira permitindo que a Olivedesportos, que não é uma estação emissora, entrasse no concurso. Só se o JO pusesse umas antenas na testa é que podia entrar nesse concurso, pois a RTP dizia, “Você ganhou? Parabéns, então emita!” Devia ter havido um concurso apenas para intermediários e não misturar tudo neste “caldinho” que deu os resultados que deu. 

P. A RTP é que permitiu estes valores?
JS. Claro, senão eles ficavam com o jogos no bolso e perdiam quase 2 milhões de contos. 

P. Mas a RTP comprou…
JS. A RTP em vez de se retirar do concurso, obrigando a Liga a vender pelo preço que quisesse, faz aquela jogada estranhíssima que a obrigou a pagar, então, 3 milhões de contos (15M€). 

P. Também entram os negócios da publicidade estática.
JS. A Olivedesportos é que escolhia os jogos para serem transmitidos, pois como se sabe, se um jogo dava na TV o valor dos anúncios nos campos custa mais 300% (4 vezes mais). 

P. Como é que a RTP concente isto?
JS. Não sei, mas na renovação do contrato a RTP pagou 4 Milhões de contos (20M€), que saem do bolso do contribuinte para a Olivedesportos. Como é que a RTP pagou tanto dinheiro quando não tem opositor no mercado? (Posição monopolístia, portanto). Porque a SIC ofereceu zero escudos, não fez qualquer proposta… 

P. Mas a SIC ainda transmitiu alguns jogos. Eram clubes for a da órbita da Olivedesportos?
JS. Não, esses clubes estavam dentro do universo do sr. JO. O contrato é o seguinte: os clubes vendem 3 jogos ao Oliveira, e os resumos, porém, os restantes podem ser comprados se nós, ou TVI, se quisermos. 

P. Está a dizer que a RTP tinha o mercado na mão e deixou-o fugir porque quis…
JS. A RTP tinha o mercado na mão mas prefere pagar ao sr. Oliveira. 

P. Voltando à publicidade…
JS. Essa é outra história muito importante. A RTP tinha uma empresa de publicidade estática, a LPE, tinha o melhor negócio de todos que era a publicidade estática do Estádio da Luz, que é o comercialmente mais valioso. Pois, a RTP acabou com a LPE… 

P. Não me diga que a Olivedesportos também tinha uma empresa do mesmo estilo?
JS. A Olivedesportos é, exactamente uma empresa desse estilo, e concorrente da LPE. Porque é que a RTP vai dar dinheiro a ganhar a uma concorrente da LPE que pertence à RTP? Repare que uma empresa pública não pode dar “luvas” por fora a ninguém. A Olivedesportos pode dar prendas a quem entender. O que é certo é que a RTP nunca defendeu a sua empresa que era a LPE. 

P. E acabou ou venderam-na?
JS. O Joe Berardo quis comprar a LPE mas como ela fazia concorrência a uma empresa da Olivedesportos, a RTP recusou-se a vendê-la, preferindo extinguir a empresa, o que é uma coisa exrtaordinária. 

P. Mas de onde vem essa relação entre a Olivedesportos e a RTP?
JS. Isso é que convinha que o sr. Procurador-Geral da República investigasse… 

P. Qual é a verdadeira força do Joaquim Oliveira?
JS. A força do homem não se sabe, o que se sabe é que há muita gente que, de repente, apareceu melhor na vida. Agora se receberam prendas isso é uma tarefa que não me compete a mim provar. 

P. E de onde vem a capacidade económica do JO?
JS. Não sei, mas uma boa ajuda terá certamente sido dada por este ruinoso contrato para o erário público celebrado com a RTP. Antes, ele não tinha um tostão. Toda a gente se lembra de, em Saltillo, ele andar de martelos e pregos, de joelhos, a espetar a publicidadezinha nas placas. Ele só começou a ter dinheiro depois deste contrato com a RTP, verdadeiramente idiota para a empresa pública. 

P. Se diz que voltará a falar com Pinto da Costa, já a JO torce o nariz…
JS. Não conheço esse senhor de lado nenhum. 

P. É Joaquim Oliveira o cancro do futebol português?
JS. Não é ele, mas a Olivedesportos será certamente. Não se justifica haver um intermediário quando a RTP pode dominar directamente o mercado. Tem de se ver para onde vai o dinheiro dos contribuintes. É caso único no mundo haver esta promuiscuidade entre um sócio da Olivedesportos (Antonio Oliveira) ter sido selecionador, ser treinador do campeão português, ser proprietário de um jornal (“O Jogo”) que impõe ao seu sócio um “black-out” desse clube para os jornais concorrentes e proprietário de uma agência de viagens (“Cosmos”) que oferece prendas a os árbitros que apitam esses jogos desse mesmo clube. 

P. Isso é tentacular…
JS. Mais do que um cancro, isto é um verdadeiro “polvo” que mina a credibilidade do futebol. 

P. A RTP Não zela pelos interesses dos contribuintes?
JS: Não zela!"


Continua o mesmo site: "Joaquim Oliveira, a BenficaTV... e os “cavalos de Troia” “benfiquistas”

A Zon Multimédia (antiga PT Multimédia) e a Controlinveste de JOliveira detêm cada 50% do capital da SportTv. Além disso a Zon Multimédia detém a principal plataforma de TV por cabo:a Zon TvCabo. JO é um dos accionista de referência da Zon Multimédia.

Quando o Benfica tentou construir a BenficaTV (BTV) apenas existia uma plataforma de abrangência nacional para distribuir o canal: a Tv Cabo! Temendo que o Benfica pudesse ser concorrente da SportTV em alguns conteúdos a Zon Multimédia ajudou a boicotar a BTV. JO quis boicotar o canal porque sentia que este projecto seria uma ameaça ao seu poder negocial ao nível dos direitos televisivos dos clubes de futebol. A BTV esteve 2 anos boicotada sem que o Benfica pudesse colocar o canal no ar, até que a PT decidiu lançar uma plataforma de distribuição de Tv.

A Clix já tinha lançado um serviço semelhante (Smarttv) mas pertencendo à Sonae não existiria grande interesse estratégico, por parte do Benfica, lançar um canal através dessa plataforma.

Devido à separação da PT e da Zon, esta começou a tentar ganhar quota de mercado na TV por subscrição. Os estudos de mercado indicavam que os clientes preferiam adquirir pacotes de serviço (Net+voz+Internet) e dessa forma era previsível que os 2 grupos empresariais entrassem em competição nesse importante mercado que vale milhares de milhões de euros, lançando novos serviços.

Tendo em conta que o Benfica tinha o seu canal bloqueado pela Zon Multimédia, e que a PT pretendia massificar uma plataforma de tv alternativa (MEO), uma eventual parceria seria excelente para ambas as partes. Não é por acaso que a direcção do Benfica tentou atribuir uma distinção a Henrique Granadeiro, antes do lançamento da BTV ser do conhecimento público. Essa distinção foi recusada num AG de uma forma baixa e cobarde, por determinados sócios com agenda própria, que implicava a tentativa de boicote da parceria entre a PT e o Benfica, agindo esse grupo em claro benefício da Zon e da ControlInveste de JO.

Esses sócios agiram como “cavalos de Troia” e infelizmente muitos sócios foram utilizados como marionetas devido a assuntos colaterais, como o facto do LFV ter sido insultado e achincalhado, apenas e só porque estava a defender os interesses do Benfica e não de determinadas empresas que tentaram prejudicar o Benfica (Zon e ControlInveste).

Acontece que o Benfica é mais forte que certos “conspiradores”, que apenas de movem nas sombras por caminhos tortuosos que nada têm a ver com o Benfica. O Grupo PT é muito maior do que a ZON, dessa forma a estratégia foi tentar tudo para destabilizar o seu parceiro e a sua direcção através de AG´s tumultuosas, orgãos de comunicação social sempre a desestabilizar, grupos de oposição em comunidades online (blogues) e manifestações públicas.

Essa desestabilização chegou mesmo ao cúmulo de no dia da realização da AG do Benfica, que aprovou a constituição da BTV, ter surgido uma notícia completamente falsa, nos jornais da ControlInveste, sobre um “caso Alcides”, que alegadamente teria levado o Benfica a descer de divisão. Mesmo com esse desesperado golpe, que foi alertado imediatamente em alguns blogues, A Zon e a ControlInveste não conseguiram que essa AG tivesse ambiente problemático, já que a “estratégia” nesssa altura já começava a ser evidente. Por outro lado, os sócios do Benfica, na sua grande maioria, reconheciam os benefícios de um Canal de TV próprio, mesmo sem saberem que já existia na altura uma parceria estratégica forte a ser forjada com a PT.

Devido à guerra mediática que envolveu os vários grupos de comunicação no caso Apito Final e UEFA o assunto BTV passou despercebido para a maioria das pessoas. No entanto o Benfica ia lançando algumas notícias sobre o seu desenvolvimento operacional. Os “cavalos de troia” até o director da BTV tentaram descredibilizar…

Até que surge o grande anúncio!! Após uma campanha massiva e cheia de notoriedade da Meo, com a ajuda dos Gato Fedorento, ficou a saber-se que a BTV iria ser lançada inicialmente e em exclusivo na Meo da PT. O Benfica conseguia aliar-se a um aliado de peso para o lançamento da sua TV e ainda por cima conseguia lançar um consórcio capaz de fazer frente a duas importantes empresas dos sectores das Telecomunicações e dos Media, a Zon e a ControlInveste CI).

A partir daí aconteceu o que já se esperava e que tanto temiam os executivos da Zon e CI, a nação benfiquista “acordou”, começou a perceber os esquemas e tentativas de boicote do passado, começou a aderir em massa à MEO e a hostilizar de forma declarada a Zon e CI como nunca antes tinha acontecido. O “Apocalipse Now” estava em andamento e os dirigentes destas empresas entraram em completo pânico com o movimento gerado na opinião pública… 

Após o anúncio de que a BTV seria lançada na MEO, surge a “bomba atómica” final: o jogo Benfica-Nápoles seria transmitido em exclusivo na BTV/Meo. Aconteceram milhares de cancelamentos da TvCabo, milhares de mails e telefonemas, milhares de ameaças de cancelamento caso a Zon não tivesse a BTV, os objectivos estratégicos da Zon ficavam definitivamente em risco de ser alcançados…O “Apocalipse Now” tornava-se realidade!! Para compreenderem melhor basta dizer que a TvCabo tinha 1,5 milhões de subscritores, a MEO em poucos meses já ultrapassava os 200 mil.

Devido à exclusividade da BTV bastava à Zon perder 10% do seu negócio (150 mil clientes) para ficar sem 75 MILHÕES de euros por ano!! Comparados com os 7,5 M€ que o Benfica recebe pela transmissão dos direitos televisivos percebe-se bem a magnitude do “furto” que aconteceu. Tendo em atenção ao cenário caótico que se via, as adições líquidas de subscritores na Zon, no 1º semestre de 2008 tinham caído 34,3% face ao mesmo período do ano anterior, com tendência para piorar. Não admira que os gestores da Zon e CI tenham reagido e tentado tudo para impedir que o “caos” se acentuasse. Poucos dias depois da “bomba atómica”, a Zon já prometia aos seus insatisfeitos clientes que teriam a BTV em breve, mentindo descaradamente, pois tinham deixado de negociar em NOVEMBRO de 2007!!

Por coincidência a SportTv festejava os seus 10 anos de existência e o “estado maior” do Glorioso foi convidado, tendo aparecido LFV, Domingos Oliveira e o Rui Costa. Os dirigentes do Benfica foram recebidos da melhor forma possível por JO, já que este estava interessado a abrir novas formas negociais. O Jornal “O Jogo” anunciava em grandes paragonas que JO tinha sido convidado para ir a Nápoles com o Benfica, tentando apaziguar a rebelião gigantesca da nação benfiquista. A genialidade e brilhantismo dos dirigentes do Benfica permitiu virar o jogo negocial ao contrário e, após vários anos, tanto a Zon como a CI começaram a demonstrar um enorme interesse em negociar com o Benfica. Mas agora a posição era completamente diferente.

O Benfica apresentou uma proposta: a BTV só seria colocada na Zon se fizessem um novo acordo: Direitos televisivos até 2010 por 20M€; gestão do site do Benfica novamente a cargo do Benfica; todos os jogos da Liga em diferido na BTV, sendo que alguns podiam dar em directo. Por cada ano de exclusividade o encargo annual seria acrescentado de 5M€ (2011, 25M€; 2012, 30M€).

(Pelos vistos este acordo não foi aceite. Mostra a má-fé de JO, pelo que esperamos que quando o acordo termine tenhamos já um novo acordo muito mais favorável com um novo operador)."

Mais alguém tem dúvidas do verdadeiro alcance deste sistema?
Há qualquer espaço para se negociar seja o que for com Joaquim Oliveira?

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Não vale ser cego, companheiro!

 ●  20 comentários  ● 
Li com atenção o tópico denominado "Apagão". Indiga-se o nosso amigo benfiquista com a alteração/mudança dos estatutos que deixam, neste caso, impune a Direcção perante o chumbo dos sócios. Ou seja, a indignação deste benfiquista de peito cheio como todos nós é que basicamente com os novos estatutos a Direcção não precisa dos sócios para nada e as AG são meras "figuras de estilo" cujo resultado ou feedback dos sócios é irrelevante.

Indignação Geral!
A pergunta que eu faço é: 

ONDE ESTIVERAM ENTRE FEVEREIRO/MARÇO E O DIA 1 DE MAIO DE 2010?

Caso não tenham reparado todos aqueles que agora andam indignados, houve duas (pelo menos) AG's para análise e aprovação dos referidos estatutos.

E quem lá esteve? Pois é...

Em Março os estatutos foram aprovados na generalidade por mais de 2300 votos favoráveis, 20 abstenções e 20 contra. Praticamente unanimidade...

Devem ter estado nestas AGs 100, 150, 200 pessoas no máximo... e não terá havido nenhuma proposta desta Direcção esses novos Estatutos que não tenha sido votada e aprovada nessas duas AG de Março e de Maio.

Agora é que vêem dizer "malandro do Vieira, que golpe blá blá blá"???!?


MORAL ZERO!
Ninguém com cartão de sócio do SLBenfica tem moral para se opor aos actuais estatutos do SLBenfica. NINGUÉM! (e olhem que sei quem esteve nessas AG e quem disse o que estava a ser feito e quem escreveu nos blogue o que ia acontecer).


Os estatutos foram uma "Golpada"?
E então? Quem a evitou? Quem se lembrou do SLBenfica nessa altura? Pois é...

Integridade e opiniões NGB

Avatar
 ●  7 comentários  ● 
Caros, muito se tem falado do Blog NGB e da sua linha editorial. Apeteceu-me falar sobre esse tema pois há uma ideia generalizada de que o que é escrito aqui é contra alguma coisa ou alguém. Faço essa análise em nome pessoal mas como não há linha editorial ninguém me vai impedir de a fazer.

Como dizia, nada mais errado, o blog não tem linha editorial. Nos escribas NGB, temos de tudo, desde apoiantes fervorosos do Vieira, uns incluem a direcção toda outros excluem os não benfiquistas da direcção, opositores do Vieira, uns em grande parte e outros totalmente.

Salvo raras excepções, cada texto é um desabafo estudado e as pessoas são responsáveis pelas mesmas. Mas cá pra nós que ninguém nos ouve, não haverá culpa de ambos os lados? Não haverá quem ache que LFV é um Deus e que só faz coisas boas ou ao contrário, que LFV é o pior dos mercenários? Quem nunca pecou, que atire a primeira pedra.

Relativamente à minha opinião em relação ao Benfica e à sua direcção, acho que LFV é o nosso homem mas acho que tem-se rodeado, com uma confiança cega, de determinadas pessoas que ele acha que são os tais magos financeiros como já vi escrito algures. Acho que o Fernando Tavares tocou em diversas feridas dizendo que não está tudo mal mas que a linha de pensamento presidencial mudou, quer seja por influencia terceira ou por teimosia, e para pior. Dá-me a impressão que a estratégia vai mudando de ano para ano ao sabor do vento (pode se chamar BES ou outro qualquer) e não existe consistência num modelo de negócio, seja ele qual for e que com a força do Benfica (sua marca e quantidade de seguidores) seria condenado ao sucesso. Basta o Benfica depender da sua própria e exclusiva vontade e não de terceiros, afinal o Sr DSO é pago pelo Benfica e não pelo BES, apenas para referir um exemplo.

Está visto que o LFV não percebe de futebol, e alguém tem de fazer o papel de chefe maior para o futebol e que mande no JJ. Um treinador tem de seguir uma estratégia e se uma pessoa se sobrepõe a uma estratégia então é porque a chefia não trabalhou bem. Fala-se muito no Rui Costa. Ele por razões que só JJ saberá, foi afastado e mantido em banho maria pois, repito na minha opinião, ainda tem a confiança do presidente que o pões perto de si e longe dos holofotes até JJ sair. Mas entretanto, precisamos de outro a mandar no JJ pois a sua teimosia estraga tudo o que de bom pode ter. E em determinados aspectos, ele é muito bom.

Do ponto de vista empresarial, e como o modelo de formação parece estar no caminho certo (faltando o respectivo aproveitamento mas cujo tempo ainda não é o suficiente para se saber iremos ou não ter retorno), vamos avançar para uma área importantíssima; as transmissões televisivas. O presidente do Benfica tem de perceber que um dos pontos que os benfiquistas nunca lhe irão perdoar é ser renovado o contrato com a Olivedesportos/Sportinveste e julgo que nas maiores guerras se poderão fazer as grandes alianças. Acho o Moniz uma peça fundamental para essa área e para criar uma estratégia de crescimento como grupo televisivo.

Do ponto de vista futebolístico, não irei desenvolver para já o assunto, até porque já muita água correu, ultimamente, sobre o assunto e a minha opinião gira a volta do excesso de poder de JJ, que acho bom treinador mas que é um péssimo condutor de homens e para isso melhorar, precisaria de um chefe directo a morder-lhe os calcanhares.

Em suma é a minha opinião, parecida com algumas pessoas e diferente de tanta gente. Leio a opinião de toda a gente.

No blog e no que me diz respeito, não deixo passar mensagens pouco abonatórias, mensagens de pessoas que já tiveram comportamentos menos próprios em tempos. Cada um pode dizer o que quer, mas não pode deitar abaixo o próximo para se erguer. O que importa é que a paixão não nos molda o pensamento pois afinal quem sabe se a pessoa que insultamos num blog não é a pessoa que abraçamos aquando do ultimo golo do Benfica no estádio? Devemos aceitar as opiniões, pois elas são de borla. Por um Benfica plural e apaixonadamente JUNTOS.

Um abraço

Caiu no esquecimento? Vai passar em claro?

Avatar
 ●  2 comentários  ● 

FC Porto: Reunião secreta para vetar Duarte Gomes e Bruno Paixão

O FC Porto vetou os árbitros Duarte Gomes e Bruno Paixão. Segundo soube o CM, no dia 14 de Setembro, o nº 2 dos dragões, Antero Henrique, esteve em Lisboa e reuniu-se com o presidente do Conselho de Arbitragem (CA) da FPF, Vítor Pereira, o ‘vice’ Antonino Silva e o vogal Lucílio Baptista. Luís Guilherme (vogal) também foi convidado, mas, de acordo com as fontes contactadas, recusou, por entender que o CA não deve ter reuniões secretas com os representantes dos clubes."

Nem Vítor Pereira respondeu publicamente ao desafio de RGS, nem ainda se pronunciou sobre mais este caso, que o envolve directamente. 

No caso Xistra, a actuação do árbitro foi classificada com 3,9(numa escala de 0-5). Nada que já não tenha sido visto anteriormente. O que irá descobrir a investigação da FPF? Será o Director do Desenvolvimento, Tiago Craveiro, a desenvolver a resposta?

O novo 'Reinaldo Teles' marca o território como alguns animais o fazem. A subserviência de Vítor Pereira a este senhor não deixa muitas dúvidas sobre o balanço da 'Liga Real' de Rui Caracolinhos no final da época.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Dia B II

 ●  18 comentários  ● 

Portugal, 3 de Outubro de 2012

Ao contrário do que desejávamos, o Barcelona ganhou-nos (sem grande surpresa) e ontem acabou por não ser dia B, de Benfica. Foi sim dia B, de BATE Borisov, que venceu os milionários do Bayern de Munique! Sinceramente, não consigo imaginar o “reboliço” que seria, se em vez do Bayern fosse o Benfica. E o plantel do Benfica como se sabe, é várias vezes mais barato do que o dos alemães.

Temos uma crónica falta de cultura desportiva que a comunicação social exacerba através da crítica agressiva e leviana, que os responsáveis directivos não contrariam por dependência desta comunicação social que os promove ou protege e também por não terem qualidade argumentativa para contraporem.

Assim, há 15 dias a generalidade das peças desportivas referia que o Benfica tinha perdido 2 pontos em Glasgow por falta de ambição, e houve pelo menos um desses analistas de pacotilha (adepto do Benfica por sinal) que chegou a “profetizar” que dificilmente o Celtic iria pontuar em casa com as outras duas equipas (“táctica” da opinião, para afundar mais o Benfica, equipa e treinador). Ora o Celtic ganhou na Rússia, chamando “burros” a todos os que os avaliaram mal.

E ontem os “burros” lá estavam outra vez nos mesmos programas, fazendo de conta que não se tinham enganado, mas continuando a enganar os telespectadores com as suas observações de “manual”: para o Benfica, o copo está sempre meio vazio.

Sem surpresa verifico que parte significativa dos textos publicados hoje nos blogues, são de uma pobreza desportiva inadequada a um clube com a grandeza do Benfica. Um grande clube deve ter grandes adeptos. E os grandes adeptos sabem perder e reconhecer a superioridade do adversário. Porque há uma regra que é básica: se uma equipa ganha é porque jogou e foi melhor do que a outra (este principio só é contrariado se o jogo for arbitrado por Benquerença, Proença ou Xistra, que depois de roubarem o Benfica, têm notas de 3,9 em 5).

Se recuarmos à épica vitória em Liverpool, na época 2005/2006, recordamos que os adeptos do Liverpool se despediram do Benfica com enorme salva de palmas e da sua equipa cantando “we’’ll never walk alone”. Está bom de ver que isso não seria bem visto por essa franja de opinadores bloguistas para os quais o Benfica não pode perder. Ou pode perder se jogar bem, o que é, por regra, uma impossibilidade. Dito de outra forma, esses adeptos socorrem-se de uma virtualidade para esconder o seu fraco desportivismo.

Está bom de ver que não vejo as coisas assim e até acho que esta é uma “doença” que mina as possibilidades de sermos melhores no futuro. Quando a contestação é improdutiva e não larga arraiais do clube, obviamente que só se podem continuar a tomar más decisões directivas. O SCP com 7 treinadores nos últimos 3 anos e picos, é um bom exemplo, mas há gente que pensa que estas coisas “só acontecem aos outros”, esquecendo o que se passou entre Julho de 94 e Outubro de 97.

Adiante. O Barcelona mostrou na Luz porque provoca debates sobre se é a melhor equipa da história do futebol. Tem um sistema de jogo invulgar e que foge à lógica do futebol (não tem avançado fixo nem joga em modelo táctico rígido tipo 4-4-2, 4-2-3-1, etc), e até hoje poucas equipas encontraram “antídoto” fiável. Se lhes ganham uma vez, a seguir perdem 3 ou 4. O chamado “tika-taka” mais não é que um futebol com liberdade criativa quase total, realizado por jogadores de grandíssima qualidade. Alguns que até provocam crises existenciais ao milionário Cristiano Ronaldo. Não é por acaso.

É para mim injusto, inconsequente e até perigoso, avaliar a qualidade da nossa equipa nas provas internacionais ou de dois ou três jogadores com desempenhos menos bem sucedidos, num jogo com esta equipa que é provavelmente a melhor de todos os tempos. Porque este Barcelona é incomparável (para já).

Também me parece que a conjugação de resultados verificados na jornada de ontem, não retira qualquer possibilidade de apuramento para os oitavos de final, embora agora seja vital que o Barcelona cumpra a sua parte e ganhe os dois jogos ao Celtic (empatando 1 pode também não ser mau). Se o Benfica vencer os dois jogos que faltam em casa, não perder na Rússia (como vaticinei no texto anterior), e o Barcelona vencer o Celtic duas vezes, estamos nos oitavos de final!

Já chega!!! - EDIT

 ●  49 comentários  ● 
Qualquer coisa serve para deitar abaixo os jogadores, o treinador e o presidente!!! Há muita coisa errada mas estou farto de andar a ler constantemente criticas atrás de criticas, algumas justificadas, outras exageradas.

Já chega de critica fácil ao Benfica, isto tudo num jogo onde a equipa do Benfica conseguiu  ir várias vezes ao ataque criando algumas situações de perigo e de golo que foram anuladas pelo GR do Barça. O Barça teve mais situações para marcar? O Barça teve mais posse de bola? Teve tudo isto e foi mais do que normal!!! Praticamente todas as equipas que defrontam o Barça têm pouca posse de bola, pergunte ao Fergusson, ao Mourinho e Di Matteo!! E sim, o Chelsea e o Real já venceram o Barça!!! Como? Da mesma forma que o Benfica o fez, com um bloco baixo e a espreitar o contra-ataque, só que o Benfica não tem Drogbas, nem Cristianos Ronaldos.

Sim, já sei, a culpa foi do Vieira por ter deixado sair Javi e Witsel, os mesmo que o ano passado perderam com o Chelsea!! São duas baixas de vulto mas acharam mesmo que ontem o Benfica perdeu por não ter Javi e Witsel? Vocês acreditam mesmo que com estes dois jogadores venceríamos ou empatávamos? É que fazer melhor que ontem não é perder dois a um, é empatar ou vencer o jogo!!! Vocês acreditam mesmo nisso?

Em Espanha, num campeonato em que a maioria das equipas lutavam pelo titulo em Portugal, são muitas vezes goleadas por este Barcelona, incluindo o Real Madrid, e depois de ver o meu Benfica bater-se bem leio por esta Internet fora muitos bloguers a bater forte e feio na equipa e em tudo o que mexe no Benfica!!!

Critiquem quando há motivo para tal, eu faço-o e muitas vezes, em jogos em que somos nós os favoritos, em que somos nós que temos de assumir o jogo e vencê-lo, agora em jogos destes? Vocês têm a noção da realidade? O Barça não é imbatível mas é necessária uma conjugação de factores para que consigamos sequer obter um empate!!!

E parem de tratar o Benfica por benfinha ou de afirmarem que "este não é o meu Benfica", porque este é o meu Benfica, nem que joguemos na segunda divisão!!!! O vosso Benfica é só aquele que vence? Quando perde já não é? Exigência sim, loucuras não!!!!

E nem me venham comparar este Benfica com o Benfica de sessenta porque não é comparável!!! O Eusébio e o Coluna, como muitos Outros Campeões, não fariam mais de duas ou três épocas se jogassem hoje no Benfica, seriam imediatamente transferidos, o que se calhar nos impossibilitava de sermos campeões Europeus!!!

PARABÉNS AOS JOGADORES E EQUIPA TÉCNICA QUE ONTEM TUDO FIZERAM PARA VENCER O BARCELONA!!!



Serviço Publico NGB: Jantar de Apoio Casas do Benfica : 13 Outubro 2012

 ●  12 comentários  ● 
From: Vieira Presidente
Date: Tue, 2 Oct 2012 22:59:38 +0100
Subject: Jantar de Apoio Casas do Benfica : 13 Outubro 2012 - BAIRRADA (em Anadia)
To: **************

Ex.mo(s) Sr.(s):

Casa, Filial, Delegação do Sport Lisboa e Benfica

O BENFICA NÂO PODE PARAR; O BENFICA NÂO VAI PARAR.

Em anexo enviamos o cartaz para a divulgação do Jantar de Apoio das Casas do Benfica à recandidatura de *Luís Filipe Vieira* à presidência do Sport Lisboa e Benfica.****

Este jantar terá lugar no *RESTAURANTE “O SANCHO”* : IC2 (EN 1) : 3780-621 Aguim – *ANADIA* : GPS: N 40º 25' 03,11”. O 8º 27' 16,72”****

As inscrições podem ser feitas na *Casa do Benfica na Bairrada, *através do mail: geral@cbbairrada.com ou dos telefones* Telf.s 966 604 781 e 962 428 324* : P/PESSOA: 18 BENFICAS.****

Contamos com a vossa importante presença.

Orgulho em ser Benfiquista...

 ●  9 comentários  ● 
Já é um orgulho diário, ao segundo, ser desta família, mas quando percebemos que centenas, senão milhares, quem sabe milhões, de Benfiquistas têm a receita para travar o Barcelona (melhor equipa de sempre) é, sem dúvida, um orgulho redobrado...


O maior em 45 anos...o maior banho de bola...

 ●  23 comentários  ● 
Nunca tinha visto o Benfica levar um banho de bola desta dimensão. Sem ambição, com medo, incapacidade quase total de articular uma jogada....Nunca em 45 anos de vida tinha visto o Benfica levar um banho de bola desta dimensão.

E sim, sabia que o Barça iria ter mais, muito mais bola. Mas os catalães jogaram à vontade...em ritmo de passeio...nunca mostrámos ambição. Na Liga Espanhola ninguém dá borlas destas ao Barcelona...e a maior parte das equipa dessa Liga são muito mais fracas que o Benfica...

ranking