Um acto eleitoral cheio de boas notícias
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Um acto eleitoral cheio de boas notícias

 ●  + 6 comentários  ● 

As últimas noticias dizem-nos que Vieira vai, obviamente, avançar. O juiz Rui Rangel parece ter assumido a liderança de uma lista e portanto haverá alternativa. José Eduardo Moniz assume-se disponível para integrar a lista de Vieira. Rangel parece apostar em Cunha Leal para o futebol e Tavares como nº2. Enfim... Muita coisa para nos deixar animados para o acto eleitoral de dia 26. Vamos por partes:

Comecemos pela recandidatura de Luis Filipe Vieira.
Há duas ou três questões que me parecem fundamentais para o actual Presidente poder fazer uma caminhada triunfal no próximo dia 26. A primeira de todas chama-se: Projecto.

Ao contrário dos últimos actos eleitorais, é absolutamente vital para o futuro do SLBenfica que os candidatos apresentem propostas aos sócios, apresentem um projecto e uma ideia clara para o futuro do SLBenfica em diversos pilares: Desportivo, Direitos Televisivos, Relação com Liga e FPF, Modalidades, Recuperação Financeira, Formação, etc.

Gostaria, sinceramente, de ter acesso a um documento de candidatura de Luis Filipe Vieira onde pudesse apresentar propostas e ideias claras para estes (e outros) dossiers.

O meu receio é que Luis Filipe Vieira considere que não tem que apresentar absolutamente nada, que os sócios "sabem o que podem contar" e que têm que decidir se querem votar nele ou entregar o SLBenfica a algum "aventureiro ou manipulador". Isso será o tipo de discurso totalmente penalizador para o SLBenfica, pois o Presidente tem que compreender que não pode continuar a viver em cima desse clima de que não tem nada a aprender, não tem nada a melhorar e o que o SLBenfica fez na última década foi perfeito e o melhor que qualquer um faria no seu lugar.

Um passo, contudo, que considero favorável - em linha com o que aqui defendi várias vezes - foi o desafio a José Eduardo Moniz para integrar a sua lista. Um passo na unicidade em torno de um projecto... MAS TEM QUE HAVER PROJECTO!

Não obstante, é também importante que Luis Filipe Vieira não nos faça de parvos sobre o tema Moniz. Em 2009, quando por pouco não o tinha como opositor, apelidou-o de "mau benfiquista" e dias depois fez-se sair n'A Bola uma notícia de que JEM tinha uma "agenda secreta" de vender o SLBenfica aos espanhois da Prisa. 

Tal como está populado, na SAD, de vários "não-benfiquistas", é importante que Luis Filipe Vieira clarifique a questão dos... "maus benfiquistas". Pois se outrora o apelidou de mau benfiquista com uma agenda escondida, não fará sentido que o chame a integrar a sua lista. Clarificada esta questão, a integração de JEM será obviamente boa notícia para os benfiquistas.

Para fechar, e voltando à questão do PROJECTO, é importante que seja Luis Filipe Vieira a disponibilizar-se para discutir o SLBenfica em debate na televisão pública contra eventuais candidatos que venham a aparecer. O debate de ideias é VITAL.


Sobre a alternativa Rui Rangel, algumas boas noticias também.
A começar pela própria hipótese de existir uma alternativa... de não haver uma perspectiva de "ou Vieira ou morte". Depois se é ou não uma melhor opção... isso será discutivel e da cabeça de cada um.

O Record fala-nos hoje na hipótese de a lista de Rangel integrar dois benfiquistas que considero terem valor e que eu próprio já aqui tinha destacado para a tal lista de união a ser liderada por Vieira: Cunha Leal e Fernando Tavares. Dois benfiquistas de coração, conhecimento muito aprofundado nas respectivas áreas (futebol e modalidades).

Também é positiva a notícia que diz que Rangel não integra Veiga na lista para o Clube - mas importará saber se pensa o mesmo para a SAD. Pelo passado e percurso, entendo que Veiga não deveria ter uma posição de liderança de topo (Presidente do Clube ou da SAD), mas penso que pode ser um activo importante no futebol - apenas na função, por exemplo, de Carraça (eventualmente mais alargada um pouco).

Por fim, mais uma boa notícia é a disponibilidade para convidar Rui Costa a permanecer no Clube caso esta lista consiga vencer a do actual Presidente.


Ou seja, há matéria de facto para deixar os benfiquistas animados e optimistas de que será um processo de superação nas eleições e que quem ficará a ganhar é, necessariamente o SLBenfica.

Haja vontade de todos de apresentar PROJECTO para o SLBenfica, de DEBATER o SLBenfica e de serem todos pessoas DE BEM e PELO BEM do SLBenfica.

6 comentários blogger

  1. Mas Moniz não é mais um amigo do Oliveira?

    ResponderEliminar
  2. Há 3 anos Moniz era um optimo candidato, agora é que é mau, não é assim?

    Mas não há problema se a hipótese Rangel não "servir": "Outras fontes, no entanto, adiantaram que José Veiga está "muito preocupado" com a situação de Rangel e que estará já a tentar arranjar uma alternativa." (CM, 12/10/2012)

    Isto, sim, é que é um candidatura alternativa cheia de credibilidade! Projectos? Há, mas é o do Veiga...


    Carlos

    ResponderEliminar
  3. O que mais retive na entrevista de ontem da qual acabei de ver apenas hoje no site da RTP é "Quero fazer parte da equipa que toma decisões"
    Óbviamente que se entrar na lista de LFV e se vencerem as eleições, ficará com o pelouro que decidirá o futuro contrato dos Direitos de Transmissão dos jogos de futebol do SL Benfica.

    Quero deixar aqui o Capítulo VI, Secção I, artigo 44º, ponto 4 dos Estatutos do SL Benfica onde diz :

    "Os membros dos órgãos sociais não podem, directa ou indirectamente,
    estabelecer com o Clube e sociedades em que este tenha participação relevante,
    relações comerciais ou de prestação de serviços, ainda que por interposta pessoa,
    considerando-se para estes efeitos, nomeadamente, o cônjuge, ascendentes e
    descendentes"

    Portanto José Eduardo Moniz como mebro da Direcção nunca poderá negociar os DT´s para a ONGOING ou suas participadas.

    Snortinho
    scoutingnofutebol.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Mas ha alguma coisa que nao possa ser feita em Portugal??? Ja agora para quando saber de certeza ha quantos anos Vieira e socio do Benfica? Ou isso nao interessa?

    ResponderEliminar
  5. O que me deixa curioso, nestas eleições e como disseste GB, há em ambas possiveis listas, nomes que são positivos.

    Gostava de poder eleger a melhor lista para o Benfica e não a menos má. No entanto, os nomes servem apra executar um projecto, que tem de existir.
    Há 3 factores importantissimos nos quais os projectos têm de ser claros:
    1º Finanças - como exponenciar o Benfica, a sua marca e o seu patrimonio, diminuindo obviamente o seu passivo
    2º Desportiva - Qual o plano de investimento e linha de orientação para os próximos 4 anos quer no futebol quer nas modalidades.
    3º Independencia - Qual a ideia relativa a pessoas ligadas a grandes grupos economicos no benfica (ex: BES) e qual a posição do Benfica quanto à renovação das transmissões televisivas com grupos que não são do agrado da maioria dos benfiquistas ou ate outro negociação alternativa.

    Obviamente que esses pontos dão origem a muitos sub pontos e poderei me esquecer (injustamente) de algum ponto importnate, mas fica aqui a minha posição.

    ResponderEliminar
  6. Caros,
    Encontrei um estudo interessante, com o título "Relacionamento entre Franchisador e Franchisado - Caso de Estudo: “Casas do Benfica”
    , autor Pedro Araújo e Sá Bruno de Paiva, dissertação de mestrado, com estágio no Dep. de Marketing do SLB, em 2008/2009, em cujas Limitações o autor refere:
    "O período político e directivo conturbado em que se encontrava o Clube, face à proximidade de eleições e falta de resultados desportivos nas principais modalidades, levou à eliminação de certas variáveis presentes no instrumento (inquérito) inicialmente proposto, não recolhendo assim o investigador informação que poderia ser útil ao estudo o que constituiu uma limitação.
    O próprio método de abordagem aos Presidentes e a escolha dos mesmos foram alterados.
    O Clube preferiu não enviar o instrumento por carta, não deixando assim nenhum documento oficial do Clube sobre o Projecto de Uniformização junto dos Presidentes menos interessados. Foi sugerida a administração por telefone aos Presidentes previamente escolhidos pelo Clube. A escolha dos
    Presidentes pelo Clube não permitiu a constituição de uma amostra aleatória, limitando o estudo ao processo de amostragem por conveniência."
    Ou seja, mesmo para discutir o papel das Casas no Benfica há presidentes bons e maus, os interessados e os "menos interessados", aqueles que se devem ouvir, e os que convém manter na ignorância. Quais destes serão os da Beira Litoral?

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking