O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 4 de dezembro de 2011

Displicência: debate

 ●  3 comentários  ● 
Obrigado a todos pelos comentários.


Sócio 51190: Não desista de dar a sua opinião sincera sobre o nosso Benfica. Amar o Benfica implica a crítica bem intencionada.


Viriato: Ora aí está: como se explica essa opção? Utilizou o Aimar em condições impróprias contra a Naval, em vésperas do jogo com o MU, importante para a qualificação. Poupou-o num jogo decisivo da Taça, com o Benfica já apurado para a Champions e com o “fortíssimo” Otelul pela frente!


Vcruz: Aconteceu futebol tal como teria acontecido se o nosso Benfica tivesse ganho, como poderia, se os atletas em campo tivessem jogado ao seu melhor nivel. Não só não esqueci o que o nosso Benfica fez de bom durante esta época como estou esperançado em que faça ainda melhor. Apoio sempre o nosso clube, mas, tal como enalteço as suas virtudes, critico os seus defeitos apresentaqndo alternativas. Os protagonistas têm que perceber que estamos atentos e que queremos o seu melhor.


Jedi: Não peças desculpa por discordares; eu sei que estás de boa fé. Também para mim o nosso Benfica deve sempre entrar para ganhar em todas as competições . No entanto, ocorre-me uma expressão do Bella Guttman após uma vitória na Liga dos campeões. Referindo-se ao Campeonato Nacional disse : “O Benfica não tem cu para duas cadeiras”. A industrialização do futebol trouxe uma alteração substancial de paradigma, com implicações no financiamento dos clubes e o“alastramento” da corrupção. Não tenho a menor dúvida de que, a Taça da Liga e a Taça de Portugal são instrumentos de gestão das carreiras do clube do regime nas competições financeiramente relevantes, em prejuízo dos principais concorrentes, como o Benfica. Basta estar atento. Um tema a aprofundar.


Red: Quando um prestador de serviços percebe que o seu cliente não tem capacidade para compreender e reclamar das deficiências das suas prestações, tende a desleixar-se. Também o Jorge Jesus está sujeito a críticas, sem que tal signifique que não admiramos o seu trabalho. Neste jogo, falhou redondamente. Parece que às vezes desliga!


Um abraço a todos

3 comentários blogger

  1. E seguindo o raciocínio do Bela Guttmam, talvez o Benfica veja o negócio pondo a melhor carne no assador da Champions, visto que, se agora pela passagens aos oitavos são 3 milhões, para os quartos serão 4 kilos ou mais, não contando com uma receita ainda na nossa catedral...que se passar serão duas receitas gordas, fartas e largas.
    A Taça, apesar de ser uma festa onde há largo foguetório, fanfarras e gigantones, dá tostões apenas.
    Os clubes dos pirolitos e sandes do antigamente, deu lugar agora a EMPRESAS, onde as receitas se buscam à lupa.

    ResponderEliminar
  2. António Barreto: No que me toca posso afirmar que não fiquei de todo feliz! Isso não quer dizer que veja mau profissionalismo nos jogadores. Nem o Barcelona ou o Real Madrid, para referir apenas estes, ganham sempre e, das vezes que os vejo perder, não analiso o acontecimento por uma questão de empenhamento. Do outro lado há sempre uma equipa que quer ganhar!

    Posto isto, posso dizer que também eu tenho razões para criticar a equipa. Não os jogadores que jogaram como tantas outras vezes, mas o treinador que falhou rotundamente. Não questiono as poupanças, se assim quisermos ver, porque, para mim, é mais dar oportunidades a outros e mostrar que se acredita neles e isso é importantíssimo porque as lesões estão aí, à espreita!!!

    Vi um jogo perfeitamente dominado na 1ª parte e vi um mau inicio de segunda parte sem que o treinador tenha feito nada para alterar isso. Aimar podia ter entrado logo e Maxi também. Mas se isso acontecesse ninguém poderia ter garantido que o resultado seria diferente.

    Gostava de ter visto isto discutido sem se embrulhar no pacote todo o Benfica! Como vi mais do mesmo, fiz um comentário no outro extremo do espectro. Cometi o erro de o ter publicado no seu post, pois sei que prima pela honestidade e tenho de si uma pessoa que pensa pela sua cabeça, como todos, mas há os que a enchem com as receitas dos outros!!!

    Sou dos que pensam que não é no pior momento, e no Benfica as derrotas são-no, que devemos criticar tudo e tudo pôr em questão (repito que foi injusto o comentário no seu post, porque não é desses...) e isso leva-me a reagir em conformidade. Acho que se deveria ter discutido o jogo pelo jogo e tentar perceber o que falhou e não partir logo do pressuposto que houve falta de empenhamento, não só dos jogadores mas também de toda estrutura!

    Afinal, tudo se resumiu a acções de seres humanos que não são infalíveis e que têm, nos últimos tempos, dado imensas alegrias a quem gosta do clube! E mesmo que tivessem feito tudo aquilo que os adeptos acham garantia de total empenhamento o resultado poderia ser o mesmo!

    Quem pode garantir o contrário???

    ResponderEliminar
  3. António Barreto05 dezembro, 2011 09:50

    VCruz: compreendo-o; magoa-o quando criticam o nosso Benfica. A mim também. Exceto quando a crítica é fundamentada e bem intencionada, como é o caso. Custa mas tem que ser.

    Assemelha-se àquela situação em que um pai tem que dar um ralhete ou uma palmada a um filho por uma falta qualquer que tenha cometido; o pai sofre tanto ou mais que o próprio filho. Mas tem que ser.

    Note que a minha crítica é bem objetiva e estritamente técnica, apesar do jargão. Perdemos mal porque não fizémos o nosso melhor.

    um abraço

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking