Shazzam do João Gabriel - Aplauso
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Shazzam do João Gabriel - Aplauso

 ●  + 11 comentários  ● 
«A SportTV deve prezar a imparcialidade e isso não aconteceu no jogo de hoje. Se aquilo que se passou hoje tem a ver com o processo negocial que está em curso, e que está longe de chegar a bom porto, então a SportTV escolheu o caminho errado e quem sai prejudicado são aqueles que pagam à SportTV para ter uma transmissão de qualidade com comentário isentos e imparciais sobre o que se está a passar em campo»

Um elogio (à atitude)
Uma preocupação ("processo negocial que está em curso"????? - em curso? Não Obrigado!!)

11 comentários blogger

  1. Que caraças de blog...mt escrevem...qd dou por ela perdi coisas interessantes...vocês não dão hipóteses á concorrência pah...

    ResponderEliminar
  2. Para um parceiro que nunca se mobilizou para defender a imagem do Benfica, como é a Olivedesportos, o processo negocial deveria ser apenas um expediente para cumprir o contrato existente, mas sem nunca ter por finalidade chegar a entendimento algum!

    Os direitos televisivos valem 40M€/ano, e esse deverá ser o valor base de qualquer negociação, mas apenas para um parceiro que demonstre interesse em cooperar com o clube, mostrar experiencia e qualidade para tratar a imagem do Benfica, protegendo-a e engrandecendo-a nacional e internacionalmente, lucrando ao mesmo tempo nesse processo.

    Há que dizer basta à Olivedesporto, que sempre abusou da sua posição ao longo dos anos no futebol português, permanentemente fragilizando e hostilizando o Benfica para que este se tornasse submisso ao poder instalado, sempre instavel directivamente, fragil finaceiramente e inconsistente desportivamente.

    Começando pelos direitos televisivos e acabando na posição desta na Sad, importa ter força e discernimento para deixar perecer as relações com a empresa do "amigo" Joaquim Oliveira.
    Com amigos assim....


    Saudações benfiquistas

    ResponderEliminar
  3. Mais um Porto - Benfica no horizonte, desta vez para a Taça de Portugal!
    Espero que não nos espetem novamente 5 batatas!
    Aí arrumavam connosco de vez!
    Animicamente ficávamos destroçados!
    Paulo Mendes

    ResponderEliminar
  4. Subscrevo o comentario do Hugo.

    E quero saudar o feito de nossa judoca Telma Monteiro e o da equipa de basquetebol, apesar de desfalcada, como disse e bem o Henrique Vieira.

    ResponderEliminar
  5. Penso e espero que esteja a acontecer:"o processo negocial deveria ser apenas um expediente para cumprir o contrato existente, mas sem nunca ter por finalidade chegar a entendimento algum! "
    saudações benfiquistas
    socio slb nº 218219

    ResponderEliminar
  6. António Soares17 janeiro, 2011 15:36

    Caros,

    independentemente daquilo que nos separa - basta dizer que sou portista com muito orgulho - deixem-me dizer que há coisas que não acredito...

    Falam vocês no facto da sporttv ficar sem o benfica. Já fizeram as contas para saber quantos jogos a sporttv perde por ano? Não? Eu digo-vos: 10! Dez jogos por ano em sinal fechado - já que 5 são obrigatórios em sinal aberto.

    Se a sporttv continuar com o domínio dos restantes clubes isso não resolve o vosso - e também nosso - problema que é estar a receber muito menos por aquilo que acho que os dois clubes merecem.

    Pessoalmente acho que a situação só vai lá com a centralização da negociação dos direitos de tv - veja-se o que está a acontecer à liga espanhola em termos de competitividade vs. a liga francesa - e o pagamento do bolo distribuído com condições pré-determinadas: share/posição do campeonato anterior/outra...

    Ver aqui (http://goo.gl/CPEu4) o modelo preconizado pela liga francesa e percebemos que um clube como o Grenoble (quem?!) recebe cerca de 18M€/ano.

    PS: Se quiserem podem, como sempre, ignorar e não aprovar o meu comentário e continuar a atribuir a culpa de tudo "aos corruptos" lá de cima...

    ResponderEliminar
  7. Caro António podes apoiar os corruptos mas se consegues articular os teus argumentos e não vens ofender os bloggers então os teus comentários passam.

    O problema com a negociação colectiva dos direitos televisivos é que é prejudicial para clubes que como Benfica e Porto jogam numa Liga de pequena dimensão e em que os outros clubes não têm massa adepta.
    E o Benfica é mais prejudicado pois recebe menos que o Porto e gera mais audiências.

    Em França, Inglaterra, Alemanha e Itália, onde há negociação colectiva existem vários clubes com grande números de adeptos o que acaba por dar força a uma negociação colectiva.
    Se fores a ver em Espanha, Real Madrid e Barcelona negoceiam individualmente porque são colossos em comparação com os outros clubes de Espanha que negoceiam colectivamente.

    A negociação colectiva pode funcionar mas isto se se juntarem vários clubes de pequena ou média dimensão e negociarem em conjunto os valores das transmissões.

    Não é necessário meter os grandes ao barulho. Basta 5 clubes de média dimensão unirem-se na negociação dos direitos televisivos que conseguiriam muito mais dinheiro pelos seus jogos. Imagina que Guimarães, Braga, Marítimo, Setúbal e Académica faziam as negociações em conjunto.
    Basicamente asseguravam 15 jogos de transmissões contra os grandes em sua casa.

    Os 10/15 jogos do Benfica mais as transmissões da Liga Espanhola dão força mais que suficiente para criar um canal televisivo. Depois basta aliciar 4 ou 5 clubes pequenos e tem-se programação garantida.

    Negociação colectiva acabava por prejudicar o Benfica pois quem garante audiências é o Benfica e basicamente iria estar a fortalecer os rivais que não geram os mesmos números de audiências.

    ResponderEliminar
  8. 40M€/ano???? LOOOOOOOOOL! voces devem estar todos a sonhar!

    ResponderEliminar
  9. António Soares17 janeiro, 2011 17:07

    Vermelhusco, aceito a opinião - obviamente - mas permite-me discordar de que é o Benfica o garante de audiências em Portugal.

    Não discuto e aceito que o Benfica é quem tem mais massa adepta. Duvido que seja aquele que tem a mais fiel.

    Dou dois exemplos práticos muito simples que valem o que valem:
    1) a % de ocupação do estádio em que o Benfica não consegue ter uma % de ocupação superior à do Porto;
    2) a audiência aos jogos em canal aberto - o único que todos os portugueses têm. Aqui peço-vos desculpa de vos direccionar para um blog portista mas não posso deixar de apontar para este post (http://goo.gl/TSYyp)...

    Além do mais, uma negociação colectiva é a única que garante que clubes como Braga, Guimarães, Nacional, Marítimo, Paços, Beira-Mar, etc, possam ver crescer as suas receitas de forma significativa sem aumentar o desequilíbrio entre grandes - Porto e Benfica - e todos os outros, algo que já se começa a ver e que se vai agudizar de ano para ano...

    PS: Não posso deixar passar sem referir que em Espanha - precisamente por causa daquilo que referi - o Barça e o Real estão a ponderar baixar as suas receitas em 5% cada já que é o que está a matar o futebol no país... ver aqui (http://goo.gl/aIFxG).

    PPS: Um abraço desportista de quem soube agora que vamos ter (pelo menos) mais dois confrontos este ano... ;)

    ResponderEliminar
  10. Estes andrades são, de facto, extraordinários. Tentam por tudo inventar argumentos para dizerem que não são, pelo menos, inferiores ao Benfica. E, então, o que fazem?

    Primeiro, baixam o preço dos bilhetes para 2-3€ para atrair mais pessoas ao seu estádio.

    Segundo, conseguem assim uma percentagem maior de assistências, em relação à lotação total do estádio, se tivessem o valor normal dos bilhetes. Mas é uma relação artificial, porque baixa drasticamente a facturação.

    Terceiro, utiliza estes números mentirosos, pois é uma maneira de mentir com as estatísticas, quando se compara com o Benfica que tem exactamente o mesmo número de pessoas no estádio, mas sem baixar o preço dos bilhetes. Portanto, são números não comparáveis.

    Quarto, apesar de estarem à frente do campeonato com grande diferença pontual, apesar do Benfica estar a jogar menos e por conseguinte a atrair menos pessoas ao seu estádio, as assistências em números absolutos equivalem-se. No entanto, levando o estádio do Benfica >20% da lotação andrade, logicamente que a percentagem em relação ao total de lotação será, talvez, menor. A percentagem de ocupação n\ao tem ualquer valor. Por exemplo, um clube que tivesse um estádio que levasse 2000 pessoas podia ter o estádio sempre cheio, com 100% de audiências, no entanto ia à falência da mesma.

    Quinto. O que fazem a seguir? Vêm dizer, hipocritamente ou pensando que estão a enganar os papalvos andrades, que a percentagem de assistência em relação à totalidade da lotação do estádio é igual à do Benfica.

    O que conta são os valores de facturação e aqui o Benfica factura o dobro, sim o dobro, dos andrades. Como aconteceu o ano passado. O resto não passa de tentativas para atirar areia para os olhos.

    O Braga o ano passado, para ter mais audiência, até pagava o transporte às pessoas para os jogos. Assim também eu. Mas é um tipo de estratégia que não tem futuro. Quem não factura vai à falência. Nunca ouviram?

    Enfim, estes desgraçados pensam que estão a enganar quem?

    ResponderEliminar
  11. atenção atenção!!! não nos vamos livrar do oliveira para levar com este gajo: http://www.youtube.com/watch?v=H7iwWVJH_Zo

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares