Paulo Ferreira, Mercado, Direitos Televisivos e os Lagartos (Actualizado)
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 16 de janeiro de 2011

Paulo Ferreira, Mercado, Direitos Televisivos e os Lagartos (Actualizado)

 ●  + 6 comentários  ● 
Quero primeiro dar os parabéns aos posts que os meus colegas têm escrito e que tão bem têm descrito os últimos dias e o paradigma em que o Benfica está mergulhado.

Os compromissos profissionais e a vida pessoal muitas vezes não permitem a minha participação mais activa no blog, mas faço os possíveis.

Quero desde já realçar o comunicado de ontem sobre o desmentido da venda de David Luiz ao Chelsea por 20M e a vinda de Paulo Ferreira para o Benfica. Penso que a conclusão desde negócio, não só pelos valores envolvidos, como também pelo nosso vergar às vontades de outro clube, de livrar-se de um peso morto do seu plantel para passarmos a ser nós a aturá-lo, seria um atestado da nossa menoridade no quadro da europa do futebol como mais uma prova que qualquer clube nos pode enfiar barretes quando assim o entender. Seria um negócio a cheirar a maçã podre. Já basta as novelas com os clubes de Madrid nesse aspecto.

Não quer dizer com isto que não se façam este tipo de negócios, mas tem de se ponderá-los só no caso do nosso clube não ficar a perder, e de preferência ter um ganho, tanto em termos financeiros como desportivos. O Benfica tem de saber muito bem o que precisa e o que não precisa, e que necessita fazer para que se chegue a essas metas. Se para laterais direitos já temos o Maxi e o Wass, não teria nenhum propósito ter no plantel o Paulo Ferreira, sem colocar em cima da mesa a sua qualidade, que para mim é bastante reduzida.

O critério deve ser a mais importante das nossas armas, sabermos o número de jogadores que o plantel deverá ter para optimizar tanto o lado psicológico como competitivo dos jogadores, como a saudável noção de 2 jogadores por posição, que alimenta a competição entre eles e não desmoraliza os não titulares como aconteceria se fossem mais de 2, saber aproveitar ao máximo todos os mercados a nossa disposição e não nos centrarmos num, como se jogadores de qualidade só houvesse lá, dar as mesmas oportunidades aos jogadores, sejam eles portugueses, brasileiros ou polacos, pois tem havido um sentimento de depreciamento principalmente em relação aos jogadores nacionais, dados como inferiores e fracos de mente, em favor de sul-americanos que em alguns casos não trazem nenhuma adição em relação a estes, embora com um gasto financeiro maior e mais tempo de adaptação necessário.

Depois, uma política de recolocação e venda dos activos supérfluos, a nossa massa salarial está altamente inflacionada devido a estes jogadores que embora não joguem recebem mensalmente o seu vencimento, tudo isto estrangula tanto a nossa capacidade de ter activos financeiros para manter um plantel principal de qualidade, como também de ter orçamento disponivel para reforçar a equipa com qualidade e onde precisa, como sempre, com critério e não ao desbarato, como em algumas situações aconteceu nas últimas épocas (Rodrigo (em causa o valor e o propósito de apostar em alguem para emprestar em vez de alguém para o plantel principal), Alípio, Luís Filipe, Andrés Diaz, Shaffer, Patric, Balboa, Zoro, Sepsi, Jorge Ribeiro, Éder Luís, Roberto (aqui em causa unicamente o valor pago pelo jogador) Freddy Adu, Filipe Menezes, Mantorras, Yebda (embora este jogador esteja emprestado eu até o via ter qualidade para integrar o plantel em concorrência a Rubén Amorim).

Tudo isto jogaria em favor de termos um Benfica mais poderoso financeiramente e com um plantel mais a altura dos seus pergaminhos.

A resolução dos direitos televisivos também seria algo que nos traria um acréscimo em termos de orçamento, pois temos de ver que neste momento tanto Sporting como FCPorto já renovaram com a Olivedesportos e estão a receber mais pelos direitos televisivos que nós. Não digo que renovemos sem critério com eles, muito pelo contrário, temos de aliciar outros interessados a entrar na corrida para serem nossos parceiros na transmissão dos jogos em casa do Benfica. Eu como muitos Benfiquistas simplesmente dizemos não a SportTV, o que quer dizer que simplesmente o Benfica seguindo esse caminho, teria de continuar com receitas menores de direitos televisivos até ao expirar do actual contrato, seria uma perda de capacidade momentânea, pois uma renovação imediata com a Olivedesportos nos colocaria de novo como clube mais bem pago pelas transmissões dos seus jogos e nos daria um "boost" imediato no orçamento, com mais dinheiro para reforçar a equipa de futebol, mas mais uma vez, tem de haver critério e também honra. Mesmo com essas perdas momentâneas quem nos diz que se realmente nos esforçássemos por encontrar parceiros mais favoráveis e que nos pagariam melhor, não seria melhor a longo prazo? Acordar por exemplo com a PT um contrato com um valor hipotético de 30M ano a partir de 2013 quando o actual contrato expira-se? Ficaríamos a ganhar mais de 10M a qualquer dos nossos rivais por ano e ainda teriamos como parceiro uma empresa que já teve bastantes negócios e parcerias connosco, além de nunca nos ter prejudicado deliberadamente, como já aconteceu com a Olivedesportos e nomeadamente o seu presidente, Joaquim Oliveira.

Os nossos dirigentes têm de se esforçar para defender o clube dos parasitas que pululam por esse futebol, em Portugal e não só. Os empresários são uma praga do futebol e o Benfica está altamente dependente hoje em dia deles, além de intermediarem os negócios, influenciam o seu desfecho tal como influenciam o critério dos nossos dirigentes sobre o que é melhor para o nosso clube, senão porque se está sempre a dar favorecimento a negócios que envolvem altas somas de dinheiro, de jogadores vindos de países longíncuos, alguns com qualidade duvidosa e tempo de adaptação associado, a outros negócios que embora tivessem algumas incognitas, seriam mais baratos e sem esse tempo de adaptação? Sendo o futebol de hoje um negócio, e os empresários os especuladores a procura de fazer fortuna, é claro que eles preferem os negócios de maior monta, pois trazem por arrasto comissões mais elevadas, basta pensar numa contratação de 10 mil euros com 500 euros de comissão e outra de 1 Milhão de euros que dá uma comissão de 50 mil euros. Que fariam vocês no lugar deles? E depois este mercado que favorece a livre acumulação de fortuna destes empresários, lhes permite acumular poder sobre os clubes e outras entidades ainda maiores, chegando ao ponto de hoje termos os clubes vergados as vontades dos empresários, pois se não colaboramos com eles, jogadores de qualidade nem vê-los, ou o caso da nossa federação, que neste mundial foi uma marioneta nas mãos do Jorge Mendes. Como já disse num comentário ao Post do Red Moon, temos de criar movimentos para pressionar tanto a FIFA como a UEFA, elas também submetidas aos empresários através de subornos, para que criem leis que limitem as liberdades de negócio aos empresários, de maneira a que os clubes não saiam prejudicados.

Agora em relação ao tema lagartos e no seguimento do post do vermelhusco, venho também além de deixar o meu desejo que os de Alvalade finalmente acordem e se livrem das correntes da submissão, que o Benfica saiba jogar esta situação a seu favor, pois uma ajuda para que o Spoting tivesse na sua presidência uma pessoa que fosse totalmente anti-submissão e que só pensasse na glória do Sporting e não na desgraça do Benfica em 1º lugar, seria a maneira de levantar o clube a altura da sua história, e não se enganem, só com a ajuda de um Sporting forte e independente poderemos nos esperançar de poder derrubar o sistema que controla o futebol português. Porque não um regresso de Luís Duque (que na sua presidência deu os 2 últimos campeonatos aos de Alvalade) que além de poder recolocar o Sporting no seu lugar, como já se viu no passado, seria um importante apoio numa candidatura independente e isenta para a FPF?

Penso que os dirigentes do Benfica não deviam ficar parados neste momento, em que muito do que se vai passar nos próximos anos no futebol português vai ser decidido. Seremos mentes abertas ou continuaremos fechados no nosso casulo com o pensamento que só dependemos de nós e não precisamos de ninguém para derrotar a corrupção que reina pelo nosso burgo?

Ps: quero deixar a nota de que 5 atletas jovens do Benfica assinaram contrato profissional, espero que haja neste caso o tal critério que referi atrás, quem assina um contrato profissional com o nosso clube é porque tem de ter qualidade para isso, depois, conseguir da melhor maneira possível conseguir explorar e expandir as suas capacidades, através dos empréstimos certos de maneira que joguem e evoluam para mais tarde regressar com a qualidade que precisam para estar no plantel principal. Se soubermos semear um campo e cuida-lo com afinco, um dia virá em que colheremos os frutos e ganharemos com isso, só temos de saber como o fazer e colocá-lo em prática.

Pss: Hoje jogamos com um dos clubes submissos da corrupção, deixo aqui a mensagem que embora seja naturalmente muito complicado, eu acredito que podemos ganhar todos os jogos até ao fim, mas se pensarmos sempre jogo a jogo, e entrarmos em campo com a vontade de vencer e que nunca podemos descansar, pois do outro lado está uma equipa muito forte, acredito se o nosso treinador conseguir motivar os jogadores e souber tirar o melhor do seu futebol, e eu acredito nele! Acredito que podemos ter aqui o tal treinador que vai ter mais de 2 anos de Benfica em muitos anos! Vamos la ganhar o jogo porra!

Seguindo a dica do GB e em seguimento do post dele de ontem RP Soares e Rangel tramam Oliveira o Record noticia isto:


Veremos o que sai disto, mas pelo menos parece que se anda a fazer algo e que há interessados na transmissão dos nossos jogos, agora é só passar da teoria a prática, tudo menos a SportTV! Coloco só um aparte, porque não com a colaboração dessa nova empresa de comunicação social conseguir associar a isso a BenficaTV? Mas aí já tem tudo a ver com negociações entre as partes.

6 comentários blogger

  1. Plenamente de acordo em quase tudo.

    O quase relaciona-se com o CEPORTÉM, porque é meu desejo que esse estrume submisso, vá para outros campeonatos tecer armas com o Olivais e Moscavide, Pontinha, Bucelense,Linda-a-Velha, Cruz Quebrda e Algés, além de muitos outros simpáticos clubes dos mesmos escalões!!!!

    ResponderEliminar
  2. Darth,

    Actualiza aí o tópico com isto:

    http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=679607

    Como eu antecipei ontem: ELES QUEREM. E nós?

    ResponderEliminar
  3. Acho incrível essa questão do novo grupo multimédia que está para aparecer.
    Já viram quem é o cabeçilha? Está envolvido em merda até às orelhas. E vejam este video:

    http://www.youtube.com/watch?v=H7iwWVJH_Zo

    Claro que eles vêm todos sem interesse...

    Por amor de Deus..

    ResponderEliminar
  4. bem, não sabia dessa, sabia que estava metido em merda até ao pescoço por causa da confusão entre a PT e a TVI, agora adeptop fervoroso do FCP? Dragão de ouro? Será outra operação "false flag" para nos levar na certa?

    Os dirigentes do benfica se têm os interesses do clube em 1º e primam por não ter preferência de negociações com anti-benfiquistas primários devem ter muito cuidado com as suas companhias...

    Viriato, não nos deixemos absorver por clubites ou anti-clubites primárias como os outros, o futebol para ser saudável precisa de todos, e o sporting independente é necessário para voltar a equilibrar a balança dos poderes no futebol português, quanto mais o sporting se enfraquecer, mais fica a mercê do corrupto e dos seus designios além de que pode a sua posição pode ter peso no futuro da FPF.

    Há que ser também lógicos, não só apaixonados...

    ResponderEliminar
  5. Jorge Magalhães17 janeiro, 2011 00:40

    LOL... tanta merda por causa de um artigo do Record... porra vocês não têm mais nada que fazer!

    ResponderEliminar
  6. caro jorge magalhães, o artigo foi introduzido mais tarde, não deve ter lido cuidadosamente todo o tópico pois não? Pois nele fala-se de coisas bem diferentes e que têm a ver com a vida do clube muito além dos direitos televisivos. Mas ok, se são assuntos que não lhe interessam...

    Excite a mente com as capas de jornais com aquisições mirabolantes que vão tornar o Benfica numa maquina trituradora...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking