O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Estamos mal quando são SÓ os resultados a definir as capacidades de um treinador

Avatar
 ●  + 77 comentários  ● 
Como vamos percebendo por alguns discursos, criticar um treinador baseado em coisas concretas depois deste ter sido Bi-Campeão pelo Benfica não tem base de sustentação. Porque, está visto, ganhou dois campeonatos seguidos. E como ganhou é porque é bom. E como ganhou, a sua competência não pode ser posta em causa. E é por isso que isto da bola é magnífico, porque sendo esta a teoria de alguns, todos nós estamos certos em algum momento da vida.

Rui Vitória ganha é bom. Rui Vitória perde é mau. Ou seja, como visto está que 90% dos treinadores saem dos clubes SEMPRE pela porta pequena (mesmo os treinadores de maior gabarito), o melhor é sempre dizer que são maus porque todos os treinadores serão de facto maus em certo momento dos seus percursos em cada clube!

É assim que querem discutir a coisa, não é? Que quem tenha coisas negativas a apontar a Rui Vitória tem de guardar a viola no saco até perdermos um título, para aí sim virmos dar eco àquilo que sempre quisemos dizer, mas nessa altura com muito mais sabedoria!

Até porque o treinador que perde e que ganha, e que entra pela porta grande e sai sempre pela pequena (mesmo tendo ganho muita coisa pelo caminho), nem é o mesmo nem nada, certo?

Não, meus amigos, ERRADO!

Nem quem ganha é necessariamente BOM nem quem perde é necessariamente MAU! Difícil de entender?

Então vamos lembrar por exemplo Jaime Pacheco, campeão nacional pelo Boavista, um dos feitos mais extraordinários de SEMPRE na história do futebol português. O que se seguiu de bom na carreira deste aparentemente excelente treinador desde esse tão extraordinário resultado? Ou era assim tão bom que não conseguiu replicar a fórmula milagrosa do êxito em mais clube nenhum?!

É que eu garanto que posso andar mais 30 anos a desmontar a teoria daqueles que apelidarem Jaime Pacheco de mau treinador com o chavão do: “Mau?! Diz-me lá outro que tenha sido capaz de ser Campeão Nacional com o Boavista!”, se for assim que queiram discutir a coisa!

Caso único? Olhem, por exemplo o Domingos Paciência, que levou o Braga a uma final da Liga Europa e quase, quase a um título de campeão em Portugal! O que se seguiu de bom na carreira deste aparentemente excelente treinador, depois de tão bom desempenho ao serviço do Braga?

Querem falar do extraordinário treinador Inácio, campeão nacional pelo Sporting ao fim de 18 anos?! E desde então, nada?! Perdeu a fórmula do êxito?!

Então como é amigos? É assim que querem debater quando o assunto for treinadores? Não a apontar erros e virtudes, não a falar de coisas concretas, mas a resumir tudo ao que se ganha ou ao que se perde?

Rui Vitória venceu uma Taça de Portugal a Jorge Jesus. Conclusão: Rui Vitória melhor que Jesus.

Jorge Jesus elimina Juventus da Liga Europa. Conclusão: Jorge Jesus melhor que António Conte.

Rui Vitória perde no Bessa contra o Boavista. Conclusão: Jorge Simão melhor que Rui Vitória.

Na segunda volta, Benfica dá 6-0 na Luz ao Boavista de Jorge Simão. Conclusão: Rui Vitória volta a ser melhor que Simão.

É assim, não é?

É que eu sou do tempo em que ouvi muita gente a defender para treinador do Benfica, esse extraordinário treinador que tem tido uma carreira fulgurante chamado Humberto Coelho. Tudo porque, um dia foi selecionador nacional com um grupo DE LUXO, e levou Portugal a uma meia final de um Europeu! Ah, e para abonar ainda mais em favor do treinador, ainda acrescentam alguns que a equipa do Humberto Coelho jogava um futebol fantástico! Sim, a equipa do Humberto Coelho...

Nada de ser a equipa do Figo, do Rui Costa, do Paulo Sousa, do João Pinto e outros que tais que jogavam de olhos fechados! Não, era a equipa do Humberto Coelho! E é assim pois que um “gajo” vira bom e é recomendado para o Benfica com uma carreira de meia dúzia de jogos!

Num outro âmbito, há também o caso de um treinador fantástico, um tal que até foi dos melhores do mundo, um tal de Brian Clough que conseguiu a proeza de ser campeão europeu com o Nottingham Forest! Sabem qual era o mérito do Clough? O carisma e a forma absolutamente ímpar como liderava o balneário, mas quem definia a tática e a escolha dos reforços era o adjunto! Quando o ego subiu à cabeça de Clough e o adjunto o deixou, Clough perdeu-se, até ter de engolir o orgulho e ir implorar ao adjunto que voltasse para ele! Vejam este filme fantástico sobre a carreira de Brian Clough, que recomendo:



Mas neste contexto e a uma escala mais pequena, podíamos lembrar um Domingos ou um André Vilas Boas. Quem eram os engenheiros da bola? Estes dois ou os seus adjuntos? E sim, também há adjuntos catedráticos da bola a quem depois faltam as características psicológicas para serem bons líderes e bons treinadores principais.

Já aqui escrevi mais do que uma vez que na maioria dos casos a importância dos treinadores está sobrevalorizada, e quando digo isto é colocando o foco nos resultados. Se é SÓ aos resultados alcançados que vamos buscar o veredicto da valia de um treinador, então estamos mal, até porque mesmo os mais consagrados têm percentagens de vitórias baixíssimas! Sim, mesmo o Ancelotti, mesmo o Benitez, mesmo o Pellegrini, até o Mourinho!

E se esta é uma realidade indesmentível, tem de se concluir pois que há grandes treinadores que perdem muito e há maus treinadores que até fazem trabalhos notáveis de quando em vez... Ou melhor, o trabalho até pode ser péssimo, mas com jogadores fantásticos ou até com trabalho herdado de outros treinadores fantásticos todos os brilharetes são possíveis! Acontece todos os dias e em todos os clubes, com os mais diversos treinadores!

Serve este texto para se concluir que Rui Vitória é um mau treinador?! Nada disso! Serve apenas para se perceber que quando se quiser discutir valias de treinadores, há muito mais onde ir buscar argumentos e sabedoria, do que apenas aos resultados!


77 comentários blogger

  1. Completamente de acordo, só adicionava um nome ao teu raciocínio - Jesualdo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jesualdo até me parece ser o caso de alguém com conhecimento e que pode ser um excelente adjunto. Mas depois falta lhe características para liderar e motivar e passar para os outros as ideias que pretende.

      Eliminar
    2. Para mim é outro exemplo de alguém que teve títulos, mas não é treinador de equipa grande! Naturalmente que não é o mesmo que o Rui Vitória, mas tem a mesma falta de carisma. um discurso redondo semelhante e também fala a voz do mestre!

      Eliminar
  2. Boas,

    Não vi aqui ninguém defender que RV é o melhor treinador do mundo, não é disso que se trata o que se trata é defender um treinador que diariamente, ou semanalmente aqui tem sido trazido à baila e não pelos melhores motivos, já todos percebemos que não é o melhor do mundo.

    No que ao treinador diz respeito o seu percurso fala por si o trabalho que fez em Guimarães ficará para sempre e o que está a fazer no SLB é muito bom e não vou entrar novamente na sua defesa ponto por ponto.

    Quem sabe venhamos a assistir hoje à titularidade Slivar e Ruben Dias, já nem falo de Grimaldo e outros jovens e isso será bom quer para o clube quer para os jogadores....mas sabes o que será futuramente defendido ? Só entram porque os outros estavam lesionados, todo o trabalho que se tem feito de ir preparando os jovens para que quando chegar este momento será desvalorizado ;) (apenas um pequeno exemplo)

    Abraço e defenderei sempre RV mesmo com as suas muitas falhas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não pretendi voltar a fazer uma análise ao trabalho de Rui Vitória. Quis apenas passar que certos argumentos que leio para o defenderem não colhem, pelo menos em mim.

      Aquilo que lhe aponto de negativo não pode ser defendido com o argumento de que é Bi-Campeão. Aquilo que lhe apontar tem de ser defendido rebatendo aquilo que se aponta.

      Apenas isso.

      Abraço

      Eliminar
  3. Mas o RV e o Arnaldo nunca foram bons....nem em resultados nem em qualidade de jogo.

    Basta pesquisar um pouco, relembrar jogos das equipas que ambos treinaram ( a solo ou em conjunto ) e falar com ex jogadores do(s) senhor(es) que falam, sobretudo de RV, como um tipo porreiro para se beber um copo após o treino ou jogo, um tipo disponivel para ajudar, amigo do seu amigo, mas que como treinador, e é o que realmente interessa, pouco melhor é que muitos que passam época após época a serem corridos dos clubes que treinam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Continuo À espera do primeiro jogador que elogie publicamente o trabalho técnico ou táctico de Rui Vitória.

      Elogios para Rui Vitória que vou ouvindo, são:

      "É Boa pessoa"
      "Dá oportunidades aos jovens"
      "Respeita as hierarquias"
      "É bem educado"
      "Deixa os jogadores relaxados"
      "Não manda o Shéu dar uma curva"
      "Põe enfase no coletivo e não no eu"

      Sinceramente, para caberem neste tipo de elogios, há milhares de treinadores que também servem.

      Não digo que esses elogios não sejam importantes. Mas exige-se mais de um treinador do Benfica, e se não tenho capacidade para analisar a 100% o trabalho tático de Rui Vitória, há algo que sei: Não tem discurso À Benfica.

      E também posso constatar a pouca evolução que alguns teoricamente bons jogadores têm tido nas suas mãos

      Eliminar
    2. Pep Guardiola, agora treinador do Manchester City, não se esquece de quando defrontou o Benfica ao serviço do Bayern, na última temporada. Os confrontos deixaram marca no técnico, que teceu agora enormes elogios ao clube 'encarnado'.

      No seu livro 'La metamorfosis', escrito por Martí Perarnau e em discurso direto do treinador, o técnico elogia em particular a organização defensiva da equipa portuguesa.

      "É uma equipa de [Arrigo] Sacchi. E falo de forma séria. É a equipa que tem a melhor organização defensiva da Europa. Mas não é uma equipa defensiva. Mete a linha mais recuada muito subida e pressiona sem parar. Não deixa espaço entre linhas e tem avançados muito rápidos e alguns jovens… como Renato [Sanches]. Na Alemanha, em Inglaterra e em Espanha as pessoas não veem a liga portuguesa e, por isso, ninguém dá valor ao Benfica, mas é uma equipa digna de Sacchi", pode ler-se.


      Eliminar
    3. Falta saber se a tal defesa do Rui Vitória era obra dele e não aquilo que herdou.

      A ver pelos rombos que a tal defesa mostra neste momento e que já mostrou o ano passado, essa tal defesa deveria ter muito pouco de Rui VItória.

      Eliminar
    4. Em 2015/16 herdou? De quem?
      O ano passado a defesa da lagartagem foi tão boa e o treinador é tão bom a montar as defesas que sofreu mais do dobro dos golos do "Sonso" Vitória.

      Depois vemos dar troco a um conhecido lagartóide que apenas vem aqui para dizer mal do Benfica mostra bem quem é este Rolo que compressa muitas coisas especialmente quando se trata de "comprimir" o Benfica.
      Nada que não saibamos já.

      Eliminar
    5. Ou anonimo isso é tudo muito bonito, mas foi há 3 anos. Onde estava esse Benfica contra o Dortmund?

      Eu o ano passado disse que o Benfica tecnicamente era melhor que o Dortmund, mas fisicamente a diferença era anedotica, só n viu quem n quis, a diferença de andamento foi brutal. Alguns idiotas riram-se, devem ser os idiotas que acham que o Basileia é melhor que o Benfica.

      O Benfica n tem equipa para lutar pelo titulo? Já nem discuto isso, e para n sofrer em casa contra o Portimonense com 10? E para n sofrer contra uma equipa da terceira divisão?

      O BEnfica n investiu? O Porto investiu menos...

      O ano passado enquanto o Benfica arrastava-se, o Estoril mandava 3 bolas ao poste e o Jonas resolvia, enquanto o Benfica arrastava-se, o Ederson salvava a pátria e o Jonas resolvia... Este ano não há Ederson e as bolas não vao ao poste, entram... O Jonas continua a sacar coelhos da cartola mas já não chega.

      Jogadores sem pedalada para acompanharem os adversarios, só aguentam 60 minutos, lesões atras de lesões ao minimo esforço, um treinador que diz que ainda bem que vem ai a champions que assim treina-se menos e joga-se mais, um treinador que diz falar de preparação fisica está ultrapassado.

      O Benfica do Rui Vitoria nos ultimos dois anos é um Benfica totalmente castrado e a anos luz do seu maximo potencial graças a uma preparação fisica digna do campeonato da Inatel.

      O Rui Vitoria é um gajo porreiro? Ao ponto de dar uns treinos levezinhos ao jogadores? Se calhar explica muito, as peças vão encaixando?


      O Jesus quando chegou ao Benfica, era uma anedota defensivamente, melhorou pq alguem lhe disse que na Europa era preciso defender.

      É altura de alguem dizer ao Rui Vitoria para arranjar um preparador fisico competente.

      Eliminar
    6. E no tempo do Eusébio era o Eusébio que resolvia os jogos quase todos. O resto não contava!
      Não estou a brincar, era mesmo assim! Mas por vezes também perdia e com grandes goleadas!!!
      A culpa era do preparador físico. Do treinador. Do presidente. Dos jogadores. Dos scouters. Do departamento médico porque o Eusébio teve de ser operado 7 ou 8 vezes, etc.

      Argumentos idiotas!

      Eliminar
    7. É...falta saber...muito!
      Falta saber para perceber que Guardiola se referiu a equipa com melhor organização defensiva e não apenas à "defesa";
      Falta saber para perceber que RV fazia subir muito a linha mais recuada porque teve nessa altura a melhor dupla de centrais de que dispôs, Lindelof e Jardel;
      Falta saber para perceber que compreendeu a necessidade de colocar no meio campo um miúdo da B cheio de pulmão para que o pressing de que fala Guardiola fosse eficaz;
      Falta saber para perceber que, se tivesse "herdado" algo, não sentiria dificuldades no início da época mas no decurso da mesma.

      Eliminar
  4. Caro Redmoon,
    Verdade. Faz sentido a sua argumentacao. No futebol a avaliacao de um profissional torna-se mais subjectiva. Cada avaliador/ adepto tera o seu proprio criterio. Adeptos de clubes diferentes terao tambem os seus criterios de avaliacao de acordo com a historia, cultura, ambicoes e meios de cada clube.
    Mario Wilson tera um dia sugerido que quem treina o SLB arrisca-se a ser campeao. No SLB a avaliacao da qualidade e competencia de um treinador e indissociavel dos resultados. Justo ou injusto, correcto ou nao, e assim que tem sido. E quem treina o SLB sabe disso.
    No caso presente parece-me que o contexto criado vai para alem do treinador. Usando linguagem de futeboles diria que e tambem um problema de ovos para a omelete, de quem fornece a cozinha, dos fornecedores. So quem esta por dentro sabera melhor.
    Por mim tomei uma decisao. Vou esperar o mais tranquilamente que conseguir pelo fim desta epoca. Fingers crossed para que nao seja tao ma como agora prevejo.
    Saudacoes Benfiquistas

    ResponderEliminar
  5. Continuas a confundir defender competência com defender respeito e que mudar a meio não é solução.

    A competência, muita ou pouca, deu para 2 títulos... Lançar Rs, ederson, lindlof, Guedes, ns... Merece poder perder um título antes de ser despedido.
    E quem é o treinador que viria? É que ser bicampeão não chega... É só ganhar. E lançar 6 ou 7 jovens não chega... Tem de lançar, vender e mesmo assim renovar os que ficam (porque ti críticas dizendo que a base é a mesma que ficou.. Pudera se os outros foram vendidos).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já me viste a escrever que defendo uma troca de treinador agora? Devias começar por aí.

      Mas o facto de não defender uma troca de treinadores agora, não invalida que tudo aquilo que se lhe aponta não seja válido! Pode ser rebatido? Pode. Mas não com o argumento fácil do "Foi Bi campeão", por sinal um dos argumentos que usas sempre.

      Eliminar
    2. E onde é que eu digo que afirmaste isso? Eu digo que confundes pessoas defenderem que não se deve mudar a meio e que o rv merece respeito com defenderem que é competente porque ganhou todos os campeonatos seria disputou! "confundir defender competência com defender respeito e que mudar a meio não é solução."

      Sim... Uso esse argumento como motivo para merecer respeito (novamente não é competência é respeito). "Merece poder perder um título antes de ser despedido."

      O teu problema é de interpretação... Pois não interpretas o que está escrito mas o que julgas estar. As pessoas escrevem respeito tu interpretas competência.

      Eliminar
    3. Fonix, e vocês continuam a defender que o RV lança jovens...
      É inacreditável!

      Lança, lança... Quando tem lesionados e, como não tem alternativas, lança os jovens.
      Não se tivesse lesionado o JC e ele até tinha lançado o Ederson.
      Não se tivesse lesionado o Jardel e o Luisão e ele até tinha lançado o Lindelof.
      Não se tivesse lesionado Jonas, Mitroglou e Jimenez e até tinha lançado o Gonçalo.
      Exato...
      Eu continuo a pedir encarecidamente a alguém deste blog que me diga um jovem lançado POR OPÇÃO pelo RV. Um... Só um...

      Eliminar
    4. Nem com 10 posts, consegues alterar a argumentação de determinados sujeitos...
      Eles lêem mas não compreendem a essência...
      Há uma diferença abismal entre ler um texto e interpretar um texto.
      Alguns só conseguem ler...

      PdC

      Eliminar
    5. Ó Nuno, qual respeito?!

      Mas alguém aqui não respeita o Rui Vitória?

      Dizer-se aquilo que se acha mal e se acha bem não é o prato do dia de cada treinador?!

      Se eu vejo coisas mal, digo, se vejo outras bem também digo. Digo aqui como diria numa tasca com amigos. E ai do treinador do Benfica que se melindre com isso.

      Mas se é isso que pretendes ler, que as pessoas pensem alhos mas digam cebolas, em nome de um tal respeito que sinceramente não entendi, há por aí muitos blogs onde possas encontrar o que procuras.

      Eliminar
    6. Mais um que acha que um treinador só devia ser chamado de "lançador de Jovens" quando todos os mais velhos estão prontos para jogar.
      Aí sim, porque se os velhos estão lesionados, então não é lançamento de jovens. Chama-se lançamento de "necessidades" ou lançamento de "quando estamos à rasca".

      Enfim, se a estupidez pagasse imposto, este tipo andava todo carimbado!

      Eliminar
    7. Mesquita... Renato Sanches, estava alguém lesionado? Arranja uma desculpa. Semedo, Estava alguém lesionado? Arranja outra. André horta que não justificou a aposta!
      Isto para não dar exemplos de outros como cervi, zivkovic, etc.

      Red não deturpes... Podes criticar e ter respeito como criticar e não teu respeito... Uma coisa não implica a outra.

      Eliminar
    8. @Nuno Martins,
      Renato - não tinhas alternativa. As opções do meio-campo eram Cristante (trinco), Talisca (2º avançado) e Carcela (extremo);
      Nelson - não tinhas alternativa. O Maxi tinha saído.
      André Horta - ya, grande aposta... Fez mesmo quantos jogos? 2?
      Cervi/Zivkovic - ahahah! Ya, grande aposta no Seixal... :) junta aí o Rafa também :)

      Eliminar
  6. Por acaso, muita gente defende isso mesmo. Que Rui Vitória deveria ter um treinador adjunto que percebesse de bola. Mas depressa iria ocupar-lhe o lugar não achas? Alguém que percebesse de bola, que colocasse os jogadores a jogar como nunca, iria ter o balneario na mão, cedo se perceberia que não se precisaria de Rui Vitória para nada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, isso do adjunto não sei. Mas dava jeito que Rui Vitória repensasse pelo menos o preparador físico :)

      Eliminar
    2. Um bom preparador, só vai fazer com que a equipa não tenha tantas lesões. O resto... falta de ideias de jogo, um sistema que ajude a equipa quando os jogadores não tem ideias por si próprios nada feito....

      Eliminar
    3. Não é o preparador físico que impede equipa de ter tantas lesões. A ignorância é muito atrevida.
      Há todo um conjunto muito alargado de circunstâncias que influenciam.

      Por exemplo: os árbitros que permitem a agressividade dos adversários sem punição.
      Por exemplo, adversários que entram com o intuito de lesionar. E lesionam.
      Por exemplo, o mau estado dos dentes podem provocar lesões continuadas.
      Por exemplo, o mau estado psíquico, seja lá porque razão for.
      Por exemplo, o mau estado dos terrenos de jogo.
      Por exemplo, jogar em pisos duros ou pesados.
      … e podia continuar.

      Há dezenas de razões que não têm nada a ver com o preparador físico.

      Eliminar
    4. Paulinho Cajú....

      Eliminar
  7. Deixa-me rir, ahahahahah!
    O Jaime Pacheco ganhou o campeonato porque na altura, para além do sistema, que o deixou ganhar para também terem um clube no norte campeão (copiando o Belenenses no sul), andou a jogar com os jogadores todos dopados. Sabiam quando havia controle (bons tempos!!) Falava-se que bebiam 5 litros de café por dia!
    Esse campeonato vale tanto como os comprados pelo grunhos do norte!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os do teu clube são todos limpinhos limpinhos .... tá bem abelha.

      Eliminar
    2. Segurem.me q eu mato a conana hoje se o Benfica n ganhar! Segurem-me! Vou perder a cabeça!

      Eliminar
    3. O conana tomou as dores dos corruptos! Como te percebemos, conadamãedaana!

      Eliminar
    4. Jorgen já perdeste a cabeça há muito muito tempo.

      Não deste foi por isso.

      Eliminar
  8. Redmoon,

    Continua o massacre à volta do RV.
    Um dos seus pontos fortes é a capacidade que tem de aguentar as críticas e continuar a trabalhar o melhor que pode e sabe, como vimos no seu primeiro campeonato no Benfica. Era o pior treinador do mundo e só se tornou bom em Maio, quando festejava no Marquês. Relembro a campanha anti RV, feita na imprensa, seguida por alguns benfiquistas, que teve o seu momento mais caricato quando a SIC deixou que Rui lagartoide Santos desse o prémio de treinador do ano a JJ.
    Indo diretamente ao assunto do teu post, a minha opinião é:
    1- O principal critério para avaliar se um treinador é ou não bom é a quantidade de resultados que obtém ao longo da carreira. E estes resultados não se resumem aos campeonatos e taças ganhas. Pode ser por exemplo, atingir o objetivo da manutenção ou o acesso à Liga Europa. Por alguma razão, o RV é o único treinador em Portugal, que treinando há mais de 15 anos, nunca foi despedido por qualquer presidente ou clube. Isto tem que querer dizer alguma coisa.
    2- Mais recentemente, outro critério é a valorização que um treinador consegue fazer dos jovens que vêm da formação. Também neste parâmetro, RV consegue ser pontuado positivamente. A quantidade de jogadores que saem da formação Benfica e que chegam á equipa A e que são depois transacionados a valores altos, nas duas épocas de RV é bastante elevada. Também isto quer dizer alguma coisa.
    3- Outro critério, é a qualidade de jogo, e satisfação dos adeptos, quando pagam um bilhete para ir ver um espetáculo. Neste parâmetro o futebol de RV não entusiasma, como também não entusiasma o futebol de Fernando Santos. Aqui entram as preferências pessoais de cada um. Eu prefiro ganhar, de preferência jogando bem, mas primeiro ganhar.
    Como já comentei no NGB, eu continuarei a dar crédito a RV até que não seja possível conquistar o campeonato.
    Se esse momento chegar é começar a pensar na época seguinte, que poderá ou não ser com RV. Mas nessa decisão pesará sempre o resultado de Basileia, que não pode voltar a acontecer.
    Juntos
    Rumo ao Penta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este texto que escrevi é muito mais do que comentar Rui Vitória.

      Já escrevi textos específicos sobre Rui VItória, este não é o caso.

      Este serve apenas para mostrar como é ridículo desmontar críticas que se apontem seja a quem for com base no argumento simplório do "Foi Campeão" ou "Não foi campeão"

      O ser ou não ser campeão não rebate NADA do que se aponta.

      Há muito nabo que já foi campeão, e isto não é chamar nabo a ninguém.

      Eliminar
  9. Redmoon tudo certo até aqui. Nao te esquecas que as críticas ao RV vao pela abordagem, passividade, resistencia à mudanca e nao tanto pelos resultados.

    ResponderEliminar
  10. Relativamente aos adjuntos do Clough, do Domingos em Braga (poucos o sabem, é o actual treinador do Rio Ave), ou do AVB, recordo o protagonismo e importancia que teve Jesualdo no Benfica de Toni, Campeão Nacional em 1989 e 1994, tal como uma final da T Campeões em 1988, com um plantel com 12/13 titulares (até o Hajry jogou numa final Europeia), e se o Toni era o carisma, ou o líder do balneário, por tras do "Toni do Benfica", estava um grande Jesualdo, o pensador, o ideoologo, já o Toni, era a "alma"!

    Janela_opaca

    P.S. O que fez Clough no Nottingham é notável, é aliás abusivo comparar o NF do Clough ao que fez Ranieri no Leicester, o Nottingham voou em 2/3 anos da II Liga Inglesa, a Campeão Inglês, e Bi Campeão Europeu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sobre o Clough, quem gostar de bola e quiser perceber de onde Mourinho bebeu a sua personalidade futebolistica, é ver esse filme The Damned United. É fantástico!

      Sobre os adjuntos: sim, o adjunto do Clough, à semelhança de outros, nunca teve ambição de ser treinador principal. E porquê? Porque reconhecia as suas limitações ao nível da liderança de grupos.

      Há muitos treinadores adjuntos CRAQUES da bola que nunca darão bons treinadores principais. E também há muitos treinadores principais nabos que apenas são bons na liderança do balneário, a passarem por bons treinadores à conta do conhecimento dos seus adjuntos.

      Há de tudo.

      Olha, o próprio Vitor Pereira, adjunto de Vilas Boas, admitiu que tem dificuldades na gestão emocional da vida de treinador principal. E isso às vezes pesa mais do que o conhecimento futebolistico

      Eliminar
    2. A personalidade é algo intrínseco a pessoa. Mourinho é como é. Ponto. De outra forma qualquer um, copiava o clough e estava feito.

      Eliminar
    3. Jorge, há modelos em que te inspiras. E se vires o filme vais pensar seguramente, o Mourinho estudou certamente este gajo :)

      E mais, vê o filme e vê o que é um treinador que tratava os jogadores abaixo de cão :) O Jorge jesus ao pé deste era um menino de coro :))

      Eliminar
    4. Mas o Jesus estimula por ser um mestre tático. Como Mourinho. Vai mt além do seu feitio. O conceito clough, hoje por hoje, não funcionaria

      Eliminar
  11. Errado!
    A critica deve existir sempre!
    Deve ser ponderada e acima de tudo, construtiva.
    É precisamente aí que discordo da maioria.
    Muitos dos que criticam, fazem-no de fora destrutiva e têm na sua base, outros interesses políticos, mais profundos e bem direccionados.

    No futebol, não existem super-homens. Todos os treinadores do mundo, passam por maus momentos... Veja-se, Mourinho, Guardiola, Conte, Louis Van Gaal etc etc... faz parte da profissão.
    O que não faz sentido, é não tendo essa sensibilidade e achar que é normal despedir um treinador bicampeão à 8va jornada. Não me recordo de nenhuma equipa de "relevo" que o tenha feito, nem que melhore por despedir em competição.
    Outra coisa seria, se o plantel não estivesse com o treinador, aí seria inevitável. Mas mesmo aí, não tenho dúvidas que Rui Vitória, como homem de carácter que é, não precisaria de alguém a apontar o dedo, seria ele o primeiro a pedir a demissão.

    Rui Vitória pode não ser o melhor do mundo, mas é jovem tem caracter e tal como qualquer um de nós, merece poder crescer na profissão.
    Cada treinador tem as suas valias e comparando por exemplo com o seu antecessor, JJ que tacticamente é mais sagaz, mais astuto e tem uma superior leitura de jogo. Rui Vitória em liderança e condução do seu grupo de trabalho, é muito superior.
    Jorge Jesus tem 63 anos, Rui Vitória tem 47. Onde estava Jorge Jesus mais ou menos com esta idade?
    Estava a ser despedido do Estrela da Amadora devido a maus resultados, sendo substituído pelo nosso João Alves.
    Como qualquer treinador, JJ teve hipóteses de crescer e hoje tem um estatuto merecido.

    Relembro aos que não sabem, que Rui Vitória, não está no Benfica por caridade.
    Tem um percurso meritório desde 2002 e a mostrar grande capacidade com 47 anos apenas, nunca tendo sido despedido.

    Saudações,
    GG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As pessoas esquecem-se sempre disso quando entram em comparações. JJ tem mais 16 anos de experiência que RV, sendo que metade foram no Benfica e Sporting. Este ano é importante para vermos se Rui Vitória dá o tal salto evolutivo que todos esperamos. Para já, as coisas não estão a correr bem, mas só no fim se devem fazer as contas. Até lá, só nos resta apoiar.

      Eliminar
    2. Estas mesmas pessoas, esquecem ainda, que o mesmo JJ esteve na porta de saída do Benfica, antes de ganhar dois campeonatos seguidos. Pior, acho que as mesmas que falam em substitutos para Rui Vitória, serão os mesmos que pediram a cabeça do JJ na altura. Depois... festejam dois campeonatos e passam a idolatrar JJ.

      Seria mais justa a saída de JJ na altura, que a de Rui Vitória actualmente.

      Felizmente a condução do Benfica já não vai ao sabor, nem de gritos, nem de jornais. Rigor é o que pretendo e exijo a quem toma decisões no meu clube... e não tomadas de decisão impulsionadas por "marés"...

      GG

      Eliminar
  12. Boas gostei muito argumentação o post está muito bom parabéns.
    Ontem tive o enorme prazer ver o jogo entre Manchester City vs Napoli quem gosta de Futebol moderno e bem jogado tinha que ver esse jogo dois grandes Treinadores (estes sim treinadores) a sério, nada dentro de campo e feito o acaso tudo pensado,como defender alto manter pressão alta, definir o momento de passe saber quando equipa precisa respirar com mudanças de velocidade impressionantes foi um show de bola.
    Agora perguntou quando será que vou ver o meu Benfica jogar assim?
    Ao meu ver só a um treinador disponível para meu Benfica neste momento Herr Tuchel um projecto de 4 anos com jovens talentos e tenho certeza uma champions séria certa.
    Sonhar não faz mal ninguém.
    Hoje todos presentes no estádio dar apoio o Glorioso eu tou lá #carregaBenfica

    ResponderEliminar
  13. rui frouxo foi campeão no Benfica única e exclusivamente porque herdou um plantel magnífico criado por um dos melhores treinadores da história do clube: Jorge Jesus.

    O resto é paisagem. Cunho de rui vitória? Bola!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se Rui Vitória é tão mau como é que mudou uma equipa constantemente por causa das lesões e foi duas vezes campeão? .
      Como ganhou ao Marco Silva 3 0 com o seu Guimarães e ganhou ao mestre da táctica a taça e Portugal e foi a final da taça da liga com melhor Paços Ferreira.
      Se Rui Vitória não vale nada como é que fica a frente de Porto e Sporting em golos marcados por dois anos consecutivos? tem um dos ataques mais finalizadores da Europa ?

      Fiquem sem Ederson Renato Guedes mitroglou Semedo lindelof e gaitan e joguem com reformados e lesionados principalmente na defesa e meio campo e não tenham la um homem de area e tenham uma preparacao fisica deficiente e vao vêr Se há milagres.
      Aquela defesa e o meio campo são um buraco nao há pernas.
      Nem o Guardiola ou o Mourinho

      Eliminar
    2. Acho que a despenalização não atingiu o que andas a usar, meu, que moca.

      Eliminar
    3. Escusas de continuar a provar constantemente o quão atrasado mental és. Já toda a gente percebeu.

      O jorjum só ganhou uma supertacinha no zmerdolas graças ao cunho de Marco Silva.

      O que o jorjum faz sem uma estrutura boa é o que se vê no zmerdolas. BOLA!!

      Todos os anos entram 15 e saem 15.

      O RV conseguiu passar 2 vezes seguidas para os quartos, coisa que o jorjum com plantéis MUITO superiores não conseguiu.

      O 35 foi o campeonato mais enfiado na peida dos sapos que há memória lol

      "olhem bem para nós no 1º lugar, porque já não nos tiram daqui" lol

      Que grande par de cornos ahn??

      No ano seguinte o drogado da bafureira quasse a 20pts e com um melão bem espetqado naqueles cornos, lá vos ofereceu uma vitrine vazia, até se regalaram todos lol

      Adeptos de merda = clube de merda.

      É lidar!

      Jubileu

      Eliminar
  14. O Mourinho já fez o seu papel. Contentara-se com o empate.
    E nós, rejubilamos com o possível empate.
    No entanto, acordando às 21:30, o tal de Lukaku semelhante a Jiménez ou Jonas, já bisou.
    Com um plantel débil, o Vitória colocará:
    Júlio César, Douglas, Jardel, Luisão, Grimaldo, Fejda, Pizzi, Sálvio, Cervi, Jonas e Jiménez.

    Acordem-me quando Maio terminar.

    João Lopes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ser que acordes com foguetres e o pessoal a cantar vivas ao 37.

      Eliminar
  15. Estas on firme, red. o shadwos daqui um bocado vai.te eliminar q lhe andas a tirar protagonismo

    ResponderEliminar
  16. Se Rui Vitória é tão mau como é que mudou uma equipa constantemente por causa das lesões e foi duas vezes campeão? .
    Como ganhou ao Marco Silva 3 0 com o seu Guimarães e ganhou ao mestre da táctica a taça e Portugal e foi a final da taça da liga com melhor Paços Ferreira.
    Se Rui Vitória não vale nada como é que fica a frente de Porto e Sporting em golos marcados por dois anos consecutivos? tem um dos ataques mais finalizadores da Europa ?

    Fiquem sem Ederson Renato Guedes mitroglou Semedo lindelof e gaitan e joguem com reformados e lesionados principalmente na defesa e meio campo e não tenham la um homem de area e tenham uma preparacao fisica deficiente e vao vêr Se há milagres.
    Aquela defesa e o meio campo são um buraco nao há pernas.
    Nem o Guardiola ou o Mourinho

    ResponderEliminar
  17. E para se dizer que RV não percebe de tática basta afirmar? Todos os que o têm feito não fundamentam a sua opinião. Também não apresentam argumentos, mas sim opiniões generalistas e muitas vezes a confundir tudo e mais alguma coisa.

    Os exemplos que destes provam que tão importante como a tática é a preparação mental e a gestão do grupo. Por isso outros perdem e por isso o JJ não ganhou tanto como devia no Benfica.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dizer-se que o Benfica não joga nada é generalista?

      Dizer-se que teve 90 milhões em jogadores em três anos para dois titulares de caras, Mitroglou e Ederson é generalista?

      Dizer-se que não se vê um único jogador contratado a ser valorizado nas suas mãos é generalista?

      O JJ não ganhou tanto como devia como?! Mas há algum que ganhe sempre?! Diz lá UM que ganhe 50% dos títulos!

      O Benfica não ganhava tanto como devia mas ia sempre até à última e com fé que até vencer uma Juventus era possível, mesmo que acabasse por não ganhar.

      Compara isso com a fé que se sente hoje.

      Eliminar
    2. O Benfica já fez grandes jogos este ano! Afirmar o contrário é mentira!!
      Dizer-se que teve apenas 2 titulares quando teve Semedo, Lindelof, MItroglou, Ederson, Renato que foram vendidos, é mentir!

      O RV ganhou muito mais do que 50% dos títulos!! Afirmar o contrário é mentira!
      RV teve muitos jogadores que foram valorizados nas suas mãos!! Muito valorizados! Não pode ser negado!
      JJ não ganhou tanto como devia devia às equipa que teve, mesmo dado o desconto da corrução vinda do norte!

      O que se sente hoje não pode ser comparado, porque ainda estamos no princípio da época que vai durar mais 7 meses!
      A fé que se sente hoje depende de cada um. Eu tenho muita fé no RV e na equipa que acho superior à do ano passado!
      Por isso, quem não tem fé não pode acusar nunca os outros pela sua falta de fé! A fé depende de cada um!

      Eliminar
    3. "Dizer-se que teve apenas 2 titulares quando teve Semedo, Lindelof, MItroglou, Ederson, Renato que foram vendidos, é mentir!"

      2 titulares de caras dos 90 milhões que se gastaram! Foi isso o que escrevi. Os outros já cá estavam. O que quis dizer foi muito dinheiro deitado para o lixo

      Eliminar
    4. Deitado para o lixo porquê? Os jogadores já sairam do clube ou foram vendidos? Morreram?

      Eliminar
  18. Muito bem mais uma vez redmoon...
    E para aqueles que são contra a troca de treinadores a meio da época é pah e melhor deixar o navio afundar, e só iluminados, vamos ver se o bayern vai fazer uma epoca taoe horrenda assim ou se até ainda vai a tempo de dar o ar da sua graça....mas depois falamos.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui discordamos. A troca de treinador JÁ aceitava-se se o mal estivesse exclusivamente no treinador. Se fosse tudo uma questão de tática e de animo. O problema é que depois há o problema da qualidade do plantel e o problema da Direção que acha que percebe muito de futebol e que pode mandar com um yes man como treinador.

      Eliminar
  19. Se douglas jogar será um desastre anunciado. Mais valia por um bidon.
    Espero que vitoria pelo menos ponha o Eliseu a defesa direito. Do mal o menos.
    Ou então que jogue com 3 defesas num esquema 3x5x2 como jogou p totenham contra o real.

    ResponderEliminar
  20. Completamente de acordo contigo, RedMoon.

    ResponderEliminar
  21. Com o Rui tudo acontece por acaso. Dois anos, dois campeonatos com record de pontos, é porque os outros são fracos. Foi uma sorte. Calhou, o Rui não sabe de bola... Só tem sorte. Eu era despedi-lo já e dar 10, sim 10 milhões/ano por um treinador que sabe muito de bola e ja vimos ser capaz de ganhar 3/6 campeonatos e que é capaz de permitir mais um tri ao adversário... Isso sim seria soberbo, agora o Rui, é só um gajo com sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu lês o texto mas vens com o mesmo argumento de sempre: os títulos.

      Mas repara, eu não tenho nada contra a que resumas tudo aos títulos... desde que sejas coerente e tenhas a decência de aqui vires aqui também pôr tudo em causa num ano em que percamos tudo.

      Eliminar
    2. Não tem nada a ver com títulos, tem a ver com a forma que jogámos, quando sofremos poucos golos e marcámos mais do que nunca! Tudo o resto é propaganda anti! Esta é minha opinião!

      E o argumento da propaganda torna-se cada de mais forte quando se publicam posts atrás de posts sempre com a mesma lenga lenga mentirosa!


      Eliminar
  22. Confesso estar apreensivo acerca deste jogo. Se por um lado o empate é um resultado positivo para o manchester, o discurso do José M. faz recordar outros jogos em que ele amaciou o pelo aos clubes e jogadores dos clubes adversários durante a semana, e que depois em campo, mesmo sem grande brilhantismo vencem os jogos por 3 e 4. O Benfica hoje deveria ser humilde e assumir que não somos favoritos à vitória, deixar o manchester pegar um pouco no jogo e apanhar os mesmos em contra ataque como fizemos por exemplo o ano passado contra os lagartos, jogo esse que em minha opinião e apesar da vitória não consiga dizer que fomos melhores mesmo estando a jogar em casa. RV já nos habituou a tirar alguns coelhos da cartola a jogar lá atrás, dando iniciativa ao adversário, o problema é que hoje já não temos Ederson, Nelson, Vitor e Mitro para além de algumas unidades fundamentais que estão a carburar menos. Concordo com algumas coisas ditas acima, RV como Jesualdo ou VP. Quando o trabalho está meio feito e os adversários dão tiros nos pés consecutivamente, aliado a um plantel superior, as fraquezas do técnico podem serr disfarçadas. Agora sem tantos ovos bons, é ai que o treino, tática, modelo de de jogo e astúcia do técnico tem de fazer a diferença.

    ResponderEliminar
  23. Mais, mesmo os adversários andam a relativizar a culpa de RV, apontando a LFV pois sabem bem que neste momento RV está algo perdido. Eu sei o que é isso, até porque por mim, ainda hoje o lotopegi era treinador deles. Com esse treinador era o mesmo que começarem o campeonato com menos 10 pontos tal era o montante de besteira que ele fazia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se estás perdido o problema é apenas teu e não podes acusar os outros disso.
      Eu estou muito confiante e acho que vamos fazer uma bela época com um grande treinador e um grande plantel.
      Faltam mais de 7 meses.

      Eliminar
    2. Acho que o amigo leu mal o meu comentário.

      Eliminar
    3. Se li mal, desculpa!

      Eliminar
  24. Excelente post, Red Moon - subscrevo tudo!

    Di Matteo foi campeão no Chelsea...juntando este ao teu pertinentíssimo exemplo de Jaime Pacheco, não deveria ser preciso dizer mais nada!...

    Com o Mister Fezadas ganhámos, mas nunca tivemos futebol à Benfica...pelo contrário, tivemos demasiados jogos com futebol à Paços de Ferreira...é preciso perceber, não só que ganhámos, mas COMO ganhámos. Por exemplo, se Brian Ruiz fosse de uma equipa normal e não da produtora de humor do Lumiar, talvez não tivesse conseguido atirar por cima, a meio metro de uma baliza aberta - e teríamos, muito provavelmente, falhado o tri!...da mesma forma, se o nosso João Carvalho não tivesse conseguido marcar um improvável golo no 'Dragôeee' no ano passado, o Fruta Corrupção Pancadaria teria vindo à Luz na jornada seguinte a ultrapassar-nos no primeiro lugar e a Avenida dos Aliados teria tido a maior concentração de grunhos por metro quadrado da História da Humanidade!...

    Da mesma forma que muitos julgam o valor dos treinadores só pelos resultados, também muitos (normalmente os mesmos, que a sinapse não dá para mais...) vêm insultar a inteligência com aquela de que não interessa a qualidade do futebol jogado, interessa é o resultado - porque 'o futebol não é ballet' e tal...esses ignoram que bom futebol não é, necessariamente, nota artística - bom futebol é ter qualidade nos quatro momentos do jogo e está ligado ao resultado porque é mais PROVÁVEL ter bom resultado com bom futebol do que com mau futebol...o que não exclui que seja POSSÍVEL ter bom resultado com mau futebol...mas e explicar à sinapse a lei das probabilidades?!?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah o Di Matteo, muito bem lembrado! Outro Campeão Europeu! Pode vir já para o Benfica que este é dos bons :))



      Eliminar
  25. O argumento das vitórias é simplesmente idiota.
    O futebol do Benfica é Muito Pobre. Pouco me importa a natureza da personalidade do Rui. Do que observo esta equipa tem jogadores para render o dobro/triplo. Estes, este plantel. temos jogadores para futebol de posse ou para futebol "vertical", de pressão.

    E sim mudam-se treinadores a meio da época para se preparar a época seguinte. Obviamente que a mudança não se faz pelos resultados mas para que se comece a ter uma filosofia clara de jogo - NÃO TEMOS! Obviamente que de um ponto de vista meramente teórico mudar de treinador é estúpido, mas existem casos, o presente no Benfica, em que mudar de treinador para ALGUÉM COM IDEIAS MUITO CLARAS - TUCHEL, por exemplo, é sinal de bom senso e realinhamento estratégico, errar erramos todos, persistir no erro é só estúpido.
    SIM MUDA-SE DE TREINADOR.

    Hoje aceito qualquer resultado porque sei ao que vou e não condenarei o RV porque sei o que vale o jogo dele, o que vale o presente futebol do Benfica, se tiver que condenar alguém, tenho que olhar mais para cima. Ele só lá está porque existe uma pessoa que o contratou e mantém apesar da enorme falta de qualidade do jogo da equipa.

    ResponderEliminar
  26. Brian Clough NUNCA pediu ao adjunto para voltar.
    Aliás nunca mais falaram até à morte de Peter Taylor.

    Dava jeito saber-se do que se fala.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.

recentes

ranking

Em Defesa do Benfica