O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


O Benfica deve vender em Janeiro?

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Avatar

Afinal o negócio do século foi mediano?

 ●  + 29 comentários  ● 


Poucas horas antes da revelação pública do negócio Benfica/NOS, escrevi no NGB o seguinte:

Quanto aos valores concretos, continuo a defender que o Benfica poderá alienar os seus direitos televisivos mas nunca por uma valor líquido abaixo dos 50M€ e nunca por um período superior a 3 ou 4 anos, no máximo.”

Depois da apresentação formal do acordo no Estádio da Luz, tornei a escrever sobre o tema:

A preocupação em fechar um acordo era apenas da NOS. O Benfica tinha muito tempo até ao final da temporada para suscitar uma disputa pelos seus direitos.

Preferiu fechar a correr com a NOS e afinal com tanto ainda por definir.

Um acordo vago ou com demasiados pormenores escondidos.

A NOS sai a ganhar pois impediu um leilão pelos direitos do Benfica. O benfica saiu a ganhar? Cada vez tenho mais dúvidas.”

O “negociador implacável” Vieira afinal fez um acordo fraco para o que é a marca Benfica.

Quer nos valores, pois os outros vão receber pelos direitos televisivos montantes parecidos, que no clausulado pois a história de que o Benfica ao fim de 3 anos pode rescindir é falsa. Se a NOS quiser, mesmo que o Benfica não queira, o contrato prossegue.

Além disso, ainda ninguém afirmou que a publicidade estática não está incluída no acordo Benfica/NOS. Pelo contrário, essas respostas foram evitadas.

Não vos parece curioso que a Sporttv tenha sempre feito parte integrante dos seus acordos a publicidade estática?

Que o MEO tenha incluído também a mesma publicidade no acordo com o FCP?

Que a NOS tenha também incluído no seu acordo com o Sporting a publicidade estática?

No caso do Benfica, que claramente é o clube com maior público alvo, marca mais forte e com maior visibilidade, essa fatia não tenha interessado à NOS?

Também em valores globais a dúvida permanece. Quanto é que a Emirates paga ao Benfica por ano? Alguém leu algum comunicado do Benfica, leu já o R&C do futuro ou andamos a ler o Record e a Bola em busca de fontes credíveis?

Mantenho a opinião de que o Benfica, por deter os seus direitos, era o menos interessado em precipitar acordos.

As operadoras tinham que batalhar entre si e o Benfica assistir no seu cadeirão pela licitação. Hoje o tal valor de 50M€/ano que lancei antes de qualquer acordo ser conhecido já não parece tão descabido. Pelo contrário, seria o valor mínimo justo.

O Benfica mais uma vez pela mão de Vieira hipotecou o seu valor para a próxima década assim como tinha sido em 2003. Contentou-se com um valor mediano para o valor da marca Benfica apenas para salvar a pele, pois o clube está sem um cêntimo furado, e para contentar as suas ligações pessoais.

A propaganda de Vieira segue dentro de momentos.

29 comentários via blogger

  1. Quando referiu a precipitação concordei, embora acha-se que tivesse sido apenas "um tiro no porta-aviões". Depois destes dois acordos, "o porta-aviões" afundou. A BTV para além de ter um papel estratégico, permitia facilmente com as receitas que detinha, esperar mais três anos e deixar o Porto e o Sporting começarem a negociar os contratos. Afinal a lebre, quando chegou a uma meta volante, num relvado com muita pompa e circunstância, num dia festivo de consagração do contrato do século, foi ultrapassada pela tartaruga. Se de gestão desportiva esta estrutura pouco acerta, se financeira começa a entrar pelo mesmo caminho, porquê continuar? Alguém acredita que a NOS quando assinou com o Benfica, não se encontrava já em negociações com os outros clubes? E outra questão que me faz um pouco de confusão. Os valores dos direitos de transmissão mais a exclusividade do canal são relativamente próximos entre os clubes. Alguém explica como é que a exclusividade de uma BTV pode ser comparável a uma Sporting TV, com poucos conteúdos?

    Nuno

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu respondo:
      A BTV voltou para benficatv.
      entendeu? nao?
      Perdeu essa exclusividade. :)

      Eliminar
    2. A liga Francesa, Italiana e UFC continuam lá?

      Nuno

      Eliminar

    3. A verdade é que não há mercado para canais de clube, a tripeirada percebeu mesmo isso e é por isso que fez um canal generalista.

      A BenficaTV e a SportingTV dão mais dores de cabeça do que bons lucros.

      Eliminar
  2. O mercado televisivo não vale 1390 milhões de euros, num país como o nosso. Isto tem apenas a ver com a luta entre dois aspirantes a monopólios corporativos. Altice e NOS. Por isso os valores semelhantes. Nada a ver com bola, mas com a sedução para triple play. Resta saber se de facto o SLB alienou a publicidade no estádio, ou se tem margem. Se não o fez pela porta do cavalo recebe de facto quase o dobro dos outros. Mas esta merda de negócios, geralmente nem daqui a 10 anos se percebem os contornos.

    ResponderEliminar
  3. benfiquista de gaia29/12/15, 19:35

    ora ai esta...um bom negocio com direito a champanhe...desde 2003 que andamos a ser comidos..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não poder negociar nada durante 10 e 12 anos é bem pior.
      O mundo do audiovisual está sempre em constante mutação.

      Eliminar
  4. O benfica com 60% da população portuguesa nem sequer conseguio um contrato que espelha-se em relação aos rivais.
    Se o sporting ou o porto conseguiram 40 milhoes o benfica devia de estar a receber aproximadamente 80!
    Mesmo sendo irrialista alguma vez recebermos(80 milhões) um clube como o benfica não pode ser pago da maneira como está, muito menos enquanto outros clubes que não ganham nada há 60 anos o conseguem!

    Muito mao negócio...
    Vieira devia ter exigido entre 50 a 60 milhões, ou então uma clausula em que ninguém podes receber mais que 80% que o benfica...:(

    Rui Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. exigir é fácil, isso qualquer pessoa pode fazer

      Eliminar
  5. Contrato NOS + Benfica (Total: 400M€):
    – Direitos televisivos equipa sénior A (Contrato revisto após 3 anos, podendo ser renovado por mais 7 anos) – A partir de 2016;
    – Direito transmissão e distribuição da BTV em sinal aberto (10 anos).

    Contrato MEO + Porto (Total: 457M€):
    – Direitos televisivos equipa sénior A (10 anos) – A partir de 2018;
    – Direito transmissão e distribuição do Porto Canal (12,5 anos);
    – Principal Patrocinador das camisolas (7,5 anos);
    – Direito de Exploração Comercial de Espaços Publicitários do Estádio do Dragão (10 anos).

    Contrato NOS + Sporting (Total: 446M€):
    – Direitos televisivos equipa sénior A (10 anos) – A partir de 2018;
    – Direito transmissão e distribuição da SportingTV (12,5 anos);
    – Principal Patrocinador das camisolas (12,5!!!! anos);
    – Direito de Exploração Comercial de Espaços Publicitários do Estádio Alvalade XXI (10 anos).

    No que toca ao Sporting, houve de facto um grande negócio que foi a renegociação do contrato em vigor com a PPTV para os jogos até 2018 e publicidade do estádio, sendo que este último ponto foi adicionado ao contrato pois não fazia parte do contrato anterior.

    Há ainda a suposta cláusula no contrato do Benfica com a NOS de aumento de 10% caso haja negociação dos rivais por valores superiores, contudo não sabemos se esta cláusula de facto é real.

    Mas podemos perceber aqui que o FCP e o SCP se venderam por completo, à excepção do naming do Estádio, contudo, tendo a NOS e a Altice os direitos de Exploração Comercial de Espaços Publicitários dos Estádios, estes vão estar tão identificados com estas empresas que será difícil a negociação deste activo (Naming).

    O Benfica deixou esta possibilidade em aberto para um potencial negócio e, já tinha o seu principal Sponsor nas camisolas (Fly Emirates).
    Mas podemos concluir que se a Exploração Comercial de Espaços Publicitários dos Estádios rende em média 20M por ano, hipotecando 10 anos desta fonte de rendimento, são 200M que devem ser retirados aos 457M e 446M do FCP e SCP respetivamente, sobrando assim 257M no caso do Porto e 246M no caso do Sporting para as camisolas, Canal do clube e Direitos de TV.

    Se tomarmos por base os 5M por ano que a PT pagava aos clubes pelo patrocínio nas camisolas e, se for o mesmo valor atribuído, retiramos 37,5M (7,5 anos) aos 257M que sobram no FCP e 62,5M (12,5!!! anos) aos 246M que sobram no SCP.

    Agora para o Canal do Clube e direitos televisivos sobra 219,5M para o FCP e 183,5M para o SCP.

    Assim chegamos à conclusão que os acordos para a exploração das mesmas coisas (Canal do Clube + Direitos TV) ficam como abaixo indicados:
    Benfica: 400M
    Porto: 219,5M
    Sporting: 183,5M

    A verdade dos numeros, essa não engana ninguem."

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde foste buscar essa parte da média de 20m por ano? Veio-Te a cabeça? Explica-te

      Eliminar
    2. Opinião interessante. Desculpa, mas postei-a lá na Tasca!

      Eliminar
  6. Respondendo a todos os benfiquistas que têm dúvidas sobre o negócio do Sporting sugiro que vejam o último post do mister do café
    http://misterdocafe.blogspot.pt/2015/12/tudas-as-respostas-sobre-o-negocio-do.html?m=1

    ResponderEliminar
  7. Mas ainda não perceberam que o porco e o sportem venderam os anéis e os dedos?
    Até um leigo percebe isso em função do que conhecemos dos contratos dos 3.

    ResponderEliminar
  8. Mediano é o grego que temos neste meio-campo. Cristante tem pés; Talisca é avançado. Ponto.

    ResponderEliminar
  9. Samaris é que vai ser o Texas para o vender por 20 milhões... este ninguém o quer nem dado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas mãos de RV, ouro parece latão!
      No final da época passada Samaris jogava como um Senhor 30M.

      joão silva

      Eliminar
  10. Tão simples quanto isto... lfv, quis antecipar-se e acabou por se precipitar. Deslumbrou-se. Então aquele show-off à volta do negócio como se fosse a última coca-cola no deserto, só o ridiculariza ainda mais, sabendo-se posteriormente dos negócios da máfia do norte e lagartos. Tinha a faca e o queijo na mão, e, mesmo assim, preferiu exibir-se.

    E novidades? Curioso por ver a cortina de fumo do Guerra e restantes lambecuzistas à volta do assunto.

    A.Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precipitou-se?Que eu saiba o sportem e o porco não têm uma clausula de salva guarda dos seus interesses.
      Enquanto os outros deixaram tudo na mão da NOS e Meo, o Benfica apenas cedeu os direitos televisivos mas podendo contudo serem renegociados a curto prazo.
      E

      Eliminar
    2. "E novidades? Curioso por ver a cortina de fumo do Guerra e restantes lambecuzistas à volta do assunto."

      "Enquanto os outros deixaram tudo na mão da NOS e Meo, o Benfica apenas cedeu os direitos televisivos mas podendo contudo serem renegociados a curto prazo."

      Estás é a esquecer-te que o Benfica tinha a Bieira TV com ligas cruciais, e os outros rivais sem subscritores pagos. O Benfica, teria, obrigatoriamente, que exigir mais. Foi mais um tiro nos pés da "super-estrutura". Qual é a dificuldade em admitir isso? O tacho? Nem isso justifica o desespero em tentar justificar o injustificável. Não caiam nesse ridículo, por favor.

      I rest my case...

      Cumprimentos, pedro nuno(?!)

      A.Martins

      Eliminar
  11. estes contratos não são comparáveis entre si, só daqui a 5 ou 6 anos se poderão começar a tirar conclusões. e quando um dos clubes deturpa deliberadamente o valor que vai receber para parecer o rei da cocada preta, diz muito sobre quem terá feito melhor negócio. acho, por comparação com a dimensão dos nossos rivais, que podíamos receber mais, mas pedir também não custa e não sou eu quem paga as contas ao fim do mês.
    só poderemos comparar estes negócios quando se conhecerem os valores de cada bloco de negócio e mesmo assim é provável que alguns valores sejam inflacionados, basta ver a jogada do trinca bolotas com os 69 milhões do oliveira, dos quais 49 já foram gastos!!!!

    ResponderEliminar
  12. Surreal amigo...
    Consegues dizer que foi a NOS que nao quis as receitas? E se foi o Benfica que nao as cedeu?

    ResponderEliminar
  13. Oh meu caro. também não seja exagerado. Nem nos melhores tempos da outra senhora foram 60% da população.

    Hoje pouco passam dos 40%.

    ResponderEliminar
  14. Depois do que se sabe, Vieira não faz o que devia, que era demitir-se...então sejamos nós a recolher assinaturas e convocar uma assembleia extraordinária que exige a demissão imediata desta DIRECÇÃO que se viu não estar à altura da grandeza do clube,e mais grave, o lesou gravemente desde Julho, quer desportivamente quer agora, financeiramente...CHEGA DE AMADORISMO!!!DE NEGÓCIOS ESCUROS!!!DE VIEIRA!!!As eleições não podem esperar...esta época é má d emais para ser verdade...e quando pensamos não poder ser pior, Vieira faz mais uma das suas, e prova-nos o contrário...V E R G O N H A!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  15. Caríssimos irmãos e irmãs esta longa homilia de 14 anos e quatro ressurreições diz muito do nosso pároco, não sei é o que ele anda a fazer com os paroquianos, são cada vez menos e o dinheiro das esmolas parece-me ser mal administrado, mas também as informações que temos não nos permite ter uma ideia concreta da situação. Mas a verdade é que os paroquianos são generosos enquanto que as obras da catedral e da capela não estão pagas e isso deixa-nos atónitos, Jesus não parece estar a ser o Conselheiro em que acreditamos, dizem que já não fala com o nosso queridíssimo e amado padre. Tudo isto é estranho, tudo isto é fado (?) Sugiro que nos juntemos todos e o instiguemos a mudar de paróquia creio que era o melhor para ele, para nós e para a nossa amada... religião :)

    ResponderEliminar
  16. Vocês percebem muito de bola mas de negócios 0. O negócio do Benfica é o melhor pelos dois produtos que vendeu. Os produtos que não vendeu ainda vai rentabilizar da melhor forma. Os outros dois já têm esses outros produtos vendidos por uma década e alguns deles até mais.

    ResponderEliminar
  17. O Benfica não procurou negociar com a Altice como lhe competia, tirando partido do clima de concorrência que se vinha anunciando entre os operadores.
    A NOS passou a ser parceiro privilegiado, função dos dinheiros de Angola, via Isabel dos Santos, accionista de referência.
    LFV está sempre ligado a este tipo de interesses com amigos e parceiros privilegiados, onde o clube sai sempre a perder, como acontece nas negociatas com o A.Madrid.
    Madrid.

    ResponderEliminar

Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.

artigos recentes