O Novo BlogGeraçãoBenfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


Qual foi o melhor jogador do campeonato 2016/2017?

terça-feira, 31 de agosto de 2010

GB, o Director Desportivo (LOL)

 ●  + 38 comentários  ● 
Assim, agora que o mercado já fechou, posso deixar a minha perspectiva de "director desportivo". Obviamente que devem encarar este tópico como uma perspectiva e não como um dogma. Vamos assumir, por exercício de pensamento, que o plantel do SLBenfica podia ser feito por mim, com dois pressupostos:

1. Não poderia gastar mais do que o Luis Filipe Vieira gastou com Jara (5,5M), Gaitan(8,4M), Fabio Faria (2M), Roberto (8,5M), Rodrigo e Alípio (6M), Salvio (2M) e Oblak (2M€), num total de 34,4M€!

2. Não poderia evitar a venda de DiMaria e Ramires, nem alterar os respectivos valores de venda - ainda que todos saibam que, na minha opinião, não deveríamos ter aceite uma venda abaixo dos 40 e 25M, respectivamente.

Vendas adicionais : Cardozo (25M€ ao Shaktar) incrementando a receita do Clube nos respectivos 80% de 25M ou seja 20M€
Contratações: Quaresma (7M), Simão (9M), Huntelaar (13M), Eduardo (4,5M) e Moutinho (11M) num total de custos de 44,5M€... e juntaria Urreta (0M€).

Face à venda de Cardozo (a oferta foi confirmada na altura pelo próprio Shaktar) o "lucro" da pré-temporada seria 10M€ superior já para não falar no retorno desportivo e no merchandising. Esse valor seria "investido" numa massa salarial superior que seria necessária para pagar a estes jogadores, ainda que a aposta seria nos prémios e não no vencimento mensal.

Formação no Plantel: Roderick, Ruben Lima, Miguel Victor, David Simão (ou Miguel Rosa) e Nelson Oliveira ocupariam as vagas de Fabio Faria, Luis Filipe, Peixoto, Filipe Menezes e Mantorras que seriam dispensados. Roderick manter-se-ia, Ruben seria a opção a Coentrão, Miguel Victor na vaga de Maxi, David Simão e Nelson como claras apostas.

Alternativas: Na vez de Simão... James Rodriguez (6M); Na vez de Moutinho... Gaitan (8,4M). Entre os da formação, pelo menos dois/três deveriam ser obrigatórios.

Assumiria o risco de não "investir" em Gaitan e Oblak. No caso do guarda-redes, porque o Eduardo daria condições para estar em alto nível durante 6 anos (até aos 35 anos) isso inibiria a possibilidade de Oblak ter uma oportunidade nos próximos anos, o que não seria do agrado do jogador. Ah e, obviamente, não investiria 8,5M€ (e 150.000€/mes) no Roberto.

No caso de Gaitan, apesar de ser um jogador de grande qualidade, seria porque escolheria criar condições para Moutinho entrar para suceder a Aimar no final da época - acima de tudo porque lhe reconheço qualidade e por ser português - confesso que prefiro portugueses, mas admito que Gaitan pudesse ser melhor opção, pelo que seria ponderável o argentino no lugar de Moutinho!

Os valores de aquisição de Moutinho, Quaresma, Huntelaar e Eduardo estão estimados de acordo com as verbas pelas quais foram transferidos esta temporada. No caso de Simão, ainda que fosse um valor elevado por um jogador de 31 anos, eu arriscaria e acho que o Atlético aceitava se tivesse sido acordado ainda durante o início da pré-temporada. A aposta em Moutinho insere-se na realidade de ter sido "oferecido" ao SLBenfica ainda antes de ter sido "oferecido" ao FCPorto, mas como disse, admito optar antes por Gaitan (poupando 2,2M€).

Com as alas "entregues" a Simão e Quaresma, ambos portugueses, optaria igualmente por não apostar em Jara, ainda que considere um jogador de grande qualidade, por estes dois me oferecerem totais condições para jogarem mais avançados no terreno num 4-3-3.

Optaria por integrar Makukula como alternativa a Huntelaar, mantendo a frente de ataque com Huntelaar e Maku como pontas de lança de área e Saviola, Kardec,Weldon, N.Oliveira e Nuno Gomes no apoio, sendo que a Nuno Gomes, com a entrada de Simão para "pegar" no balneário, facilitaria uma época no Qatar ou Dubai (para um grande contrato), antes de regressar para funções semelhantes às de Figo no Inter. A saída, numa hipótese de venda, de Makukula não seria de todo enjeitada.

Rodrigo, Alípio, Fábio Faria, Jara e Salvio, não fariam parte dos planos para esta temporada, ainda que reconheça qualidade a todos. Sendo que o defesa, juntamente com Silvio poderiam permanecer no Rio Ave com acordo de transferência para a Luz na época seguinta. A propósito, essa preferência no caso de Sílvio já existe com o FCPorto.

Podem apontar o dedo que faltam "apostas de futuro", mas essas eu faço-as com a nossa formação! Contratar é créditos firmados, especialmente quando temos a equipa em déficit, como é o caso, este ano.

Olhemos agora para a frase do final da temporada e pensemos se teria tido a devida resposta do Director Desportivo "LOL GB":"Nós queremos contar com jogadores consagrados, que possam estar em dificuldade nas suas carreiras e queiram voltar a estar em grande.Depois há estes miúdos como o Fábio Faria, o Franco Jara e o Nico Gaitan, que têm de crescer com o treinador e com a equipa. São jogadores de risco."

PS- Excelente notícia sabermos que 2 jovens assinaram contrato profissional (os demais mantiveram ou renovaram apenas vínculos de formação) com o SLBenfica, o meu lamento, como tenho escrito, é que infelizmente nenhum deles vê hoje possível vir a integrar o plantel principal. Outro lamento é o facto de mantermos Ruben Pinto sem vínculo profissional - obrigado pela correcção ao leitor Gonçalo

Cortinas de fumo e quem defende a honra.

 ●  + 13 comentários  ● 
Estes ultimos dias tem sido avessos em contrariedades para o Benfica e tudo parece correr bem aos nossos adversarios. E com a mais profunda repulsa que vejo os apitadeiros do nosso campeonato favorecerem a descarada os Corruptos, os Corruptos B, e os Submissos.

E aquilo a que no nosso Pais se chama de "jornalista" mas que na realidade nao passa de um bando de prostitutas que abre as pernas a quem da mais dinheiro ou que, pela calada, desanca quem nao obedece e se submete nao diz nada e deixa tudo passar em claro.
Como raio e que o 24 horas dos jornais desportivos tem a lata de considerar um triunfo justo e admitir "boa ajuda do arbitro"???

Por comparacao observem o que foi dito do Roberto na vitoria do Benfica sobre o Setubal.(imagem copiada do Blogue Eterno Benfica)

Preferem lançar estas cortinas de fumo e gastar paginas e paginas de papel a difamar um jogador do Benfica (que obviamente se pos a jeito com as lacunas graves que demonstra) criando instabilidade no Benfica enquanto que a escandaleira que tem sido estas arbitragens passa despercebida aos olhos dos nossos adeptos.

E a pergunta que eu deixo no ar e: E o que faz a nossa Direccao quanto a isto??
1 - Onde esta a defesa ao Roberto?
2 - As queixas a ERC sobre o nao cumprimento do Codigo Deontologico dos Jornalistas por parte das prostitutas escritoras?
3 - Onde esta a movimentacao
contra estas arbitragens escandalosas na Liga?
4 - Onde esta a movimentacao para garantir uma FPF que nao nos prejudique (a corrente Direccao tem os dias contados...)?

Porque francamente se as coisas chegaram a este ponto a culpa foi de Luis Filipe Vieira e de mais ninguem. Nao foi de Jorge Jesus nem de Rui Costa. O trabalho do Presidente e movimentar-se nos bastidores e proteger os interesses do Benfica nos gabinetes obscuros do nosso futebol, e garantir que o futebol jogado fora de campo nao interfira com o praticado dentro de campo onde o nosso Benfica e melhor.
Ja nao bastou andar a tentar fazer o trabalho do Rui Costa para fazer contratacoes de Guarda-redes por 8,5 milhoes de euros (quando havia um excedente de GR de qualidade no mercado). Logo ai cometeu-se um erro crucial que pos toda o sucesso do Benfica a depender de um jogador. Se as coisas corressem mal as hienas nao tardariam a cair em cima de nos (como ocorreu).

Nao e preciso recorrer a fruta como o ano passado demonstrou mas sim fazer o trabalhinho de casa em vez de se andar a pavonear pelo estrangeiro e em declaracoes aos merdia enquanto que se abre as pernas a que um cavalo de Troia assuma a Presidencia da Liga.

O trabalho do Presidente do Benfica nao e andar em capas de jornais e fazer contratacoes de jogadores de qualidade duvidosa. Mas sim lutar nos jogos de influencias para que o Benfica nao seja prejudicado e defenda os interesses financeiros do clube alem de garantir o respeito pelo clube por parte de quem dirige o futebol portugues. E as corrente arbitragens mostram que esse trabalho nao foi feito. Se nao nos queixamos de arbitragens em publico entao a Direccao tem que trabalhar nos bastidores para que estas sejam neutras e nao uma roubalheira com beneficio para os fornecedores de fruta.

Sim, este e um trabalho invisivel. Se o Luis Filipe Vieira nao satisfaz o seu ego a garantir um Benfica vencedor consistente mas em que tem que assumir um papel mais discreto entao tem que arranjar outro emprego! Nao pode e usurpar funcoes ao Rui Costa que ja mostrou que e um Director Desportivo fenomenal e capaz de garantir grandes nomes do futebol a defender o Manto Sagrado.

O nosso presidente tem que compreender uma coisa muito simples: quanto mais o Benfica ganhar mais respeitado e venerado sera pela massa associativa e adepta do Glorioso.
O Presidente num clube como o nosso e lembrado pelo numero de titulos que foram conquistados nos seus mandatos. E sendo este e o mandato do Sucesso Desportivo e obrigatorio ganhar. Nao ha desculpas! As estruturas fisicas existem todas e o material humano de qualidade tambem.
Presidente, cinga-se as suas funcoes, e cumpra-as com competencia - atras dos holofotese longe das camaras. Se quer holofotes sobre si entao arranje outro emprego. Va trabalhar para uma revista social e desfile sobre passadeiras vermelhas como faz tanto pseudo-VIP deste nosso triste Pais.

P.S. - Gostava de agradecer ao GeracaoBenfica por me dar a oportunidade de escrever neste blogue. Quem leu os meus comentarios aqui sabe que eu nem sempre concordo com o GB e como tal fiquei agradavelmente surpreendido com a oportunidade de escrever aqui.

P.S.2 - As minhas cronicas nao terao acentos. Escrevo num computador com teclado dos EUA e ainda nao mudei a lingua nem as teclas para portugues, por isso se acham o meu portugues mal escrito tem ai uma das razoes. :)

Silêncio Ensurdecedor

 ●  + 8 comentários  ● 
Breve nota GB:
Não estou a falar do Sprint Final - 31 de Agosto, meus caros! Estou a falar do cúmplice silêncio de quem assiste de cadeirão ao que se está a passar no futebol português, contribuindo para esse "status quo".

Metade dos blogues benfiquistas estão inundados de denúncias de favorecimento gritante e obsceno ao FCPorto, Sporting e Braga - a quem Pinto da Costa recentemente chamou de "clubes amigos". Já o Marítimo, que ousou desafiar o FCPorto, acumula três derrotas consecutivas - algo não visto há muitos anos...

A outra metade, ao contrário do que se passou na época passada, está ao dia 31 de Agosto, e já com três jornadas volvidas, ansiosamente colada aos meios de informação à procura daquelas contratações que os vão tranquilizar para a época que está em curso, por sentirem a equipa actual mais frágil e a época mal preparada.

Não posso deixar de partilhar da opinião expressa no BlogNdrangheta: percebi bem a merda que Luís Filipe Vieira tinha feito quando, contra todos os conselhos de quem percebe qualquer coisa do exercício do poder, apoiou Fernando Gomes para a Liga. Até porque "Roma não paga a traidores...".

Mas verdade seja dita, pouca importância teria este tema dos roubos (que sempre existiram) se, como no ano passado, fossemos muito superiores em qualidade a esses corruptos!

Sprint Final - 31 de Agosto

 ●  + 6 comentários  ● 
Já começou por estas alturas o dia mais atarefado do ano, o último dia do prazo de transferências. Aquele dia em que todos os adeptos ainda sonham ser tudo possível, quem sabe se mais logo não nos calha um Ronaldinho, um Simão, um Robinho...

O que é facto é que chegados ao último dia, o Benfica ainda tem assuntos pendentes quanto ao seu plantel, qual uma lebre que andou a dar umas sestas a mais pelo caminho da pre-época, qual português que deixou para o último dia para entregar o seu IRS nas infindáveis filas das finanças (a internet já veio mudar um pouco isso).

Vieira há uns meses apregoou que a época estava a ser preparada com antecedência. Se levarmos essas palavras a peito, teremos de concluir que isto que agora vamos presenciar já era algo esperado e desejado. Qual é o clube que chega ao último dia do prazo e têm todos os seus problemas colmatados?

Diz-se que é no final do período de transferências que aparecem as grandes oportunidades de negócio, mas se isso teima em desestabilizar uma equipa, de maneira que os arranques de época sejam sempre turbulentos, podem ficar com eles.

Nem ao treinador, nem aos jogadores se pode pedir concentração, enquanto o seu futuro fica por decidir até ao último momento. Será que o treinador vai ter realmente o que pediu? Será que algum jogador sai ou vai ter mais concorrência? São questões que por estes dias não lhes saiem da cabeça...

E entretanto no meio desta brincadeira, o nosso clube perdeu 3 jogos oficiais...espero que o final deste período de tranferências traga o maior reforço para este Benfica...estabilidade...mental principalmente...apesar de todos os erros que se possam ter cometido em termos de gestão desportiva...

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Eu não tenho lençóis

 ●  + 9 comentários  ● 
A minha primeira participação no GB resume-se ao linchamento público que começou a tomar contornos hoje à tarde e que se irá prolongar pela manhã de amanhã até ao final do dia.

O GB já tinha comentado que os jornais diziam que Rui Costa estava em Barcelona para negociar Hleb e trazê-lo para o Benfica, para depois ao início da tarde, darem conta de que afinal Rui Costa não tinha conseguido trazer o bielorusso, ficando mal na fotografia.

Como estamos em altura negativa de início de temporada, tudo vale para manter a volátil nação benfiquista alerta para os mais diferentes estados de espírito. O que aconteceu no passado sábado é bem prova disso.

O que eu não admito é que façam a um dirigente desportivo (que esta época se viu arredado dos principais negócios que o clube fez) o que estão a fazer, tentando torná-lo numa vergonha e chamando-o de incompetente. Para quem tem a memória curta (como muitos que por aí andam), Rui Costa conseguiu ir buscar Saviola e Aimar. Também foi buscar Shaffer, Patric e Balboa, mas ir buscar dois jogadores com a categoria de Pablo Aimar e Javier Saviola não é para qualquer um e mostra apetência, conhecimento e realismo para o lugar que ocupa.

Não contem comigo para ajavardar o nome de um dos nossos para endeusar um que é de muitos. Comigo, o apoio é aos que são nossos. Que sofrem como nós sofremos, que no estrangeiro querem saber tudo o que se passa no clube e que se pudessem, entravam em campo para marcarem os golos que faltam.

A cama que lhe estão a fazer ao menos que seja para lhe dar vôos mais altos e com mais liberdade para fazer o que gosta:



Publicado também em Cativo Vermelho

O estranho caso de "Benjamin" Mantorras

 ●  + 12 comentários  ● 

O Benfica é um clube especial em muitos aspectos, a sua mística é algo raro no moderno futebol empresarial, o seu historial muito mais profundo que muitas das grandes equipas da actualidade europeia, o fervor e orgulho dos seus adeptos na instituição Benfica...

Mas a parte disso o benfica também é um clube a parte por outras razões, menos honrosas na minha opinião. A parte de todos os casos mais do foro Estratégico/Directivo que o GB descreveu muito bem no tópico Benfica: O clube que não sabe ganhar, vou falar de outro mais do aspecto de gestão desportiva, o caso Mantorras.

Deve ser um caso singular no mundo inteiro. Em que outra parte do mundo se vê um jogador, sem condições de jogar futebol profissional ao nível que se exige no Benfica, conseguiu e ainda tem uma tão grande empatia entre os adeptos do glorioso que há quem o meta ao nível do grande Eusébio?

Mantorras chegou ao Benfica em 2001, vindo do Alverca praticamente ao mesmo tempo que Luis Filipe Vieira...dois reforços de peso portanto! (ironia ou não, fica ao critério de cada um)

Mantorras de imediato galvanizou e cativou os adeptos com o seu jogo mirabolante mas também sempre de olho na baliza. Na altura do seu apogeu, realmente chegava a fazer lembrar Eusébio...eu proprio era admirador das capacidades futebolísticas dele!

Mas passado ano e meio de Benfica, eis que se abate sobre ele a catástrofe...uma lesão de rotura total do menisco do joelho (agora não me recordo se o esquerdo se o direito) que o deixou de fora largos meses.

Entretanto os tratamentos começaram mas quando foi altura de ele regressar, a lesão em vez de ter desaparecido, só se agravou...indo de urgência a barcelona para saber o estado do seu joelho, Ramón Cugat disse que tudo o que o departamento médico do Benfica tinha feito estava completamente errado e que Mantorras corria o risco de não poder voltar a jogar mais...

Mesmo assim Cugat começou o tratamento intensivo que depois de concluído, pelas palavras dele, permitia o mantorras jogar, mas sem a mesmo vigorosidade de antes, e não para lá dos 30 anos.

Desde então Mantorras tem feito parte dos planteis do Benfica e entrado a alturas específicas, nunca por mais de 20 minutos de cada vez, mas o que é facto é que ia fazendo uns golos. E mais, cada vez que entrava parecia que o jogo tinha tomado ecstasy, ele mal entrava em campo os adeptos galvanizavam-se, a equipa acordava, eram sempre uns minutos de autentico frenezim em que tudo parecia possível!

E chegados a época de 2004/2005, Mantorras na recta final da época, assina uma série de golos decisivos que acabam por valer o título nacional...e bem que lhe devemos...

Desde esse ponto, o já muito desgastado Mantorras tem vindo a definhar ainda mais, com a sua condição física já roçar o incomportável.

Um jogo aqui, outro ali, até que chega ao Benfica o Jorge Jesus. Este, adepto de grande disciplina táctica, índices físicos elevados e pressão alta não via Mantorras com as mínimas condições para ter algum papel de relevância no seu plantel, e ao contrário de todos os anteriores treinadores, que nunca meteram em questão o lugar de mantorras (até porque o proprio presidente tinha em Mantorras um forte baluarte de confiança entre os adeptos), Jorge Jesus imediatamente o meteu fora de órbita. Se entrou num jogo a época passada foi muito.

Vendo a situação com pragmatismo, JJ só fez o que alguém devia ter feito muito mais cedo. Não tirando a sua fatia do sucesso do título de 2005, nem tirando a dívida do Benfica para com ele quanto a responsabilidade da lesão (e o Benfica tomou as culpas sem mácula, tendo sustentado o jogador durante 9 anos da sua carreira, onde poderia Mantorras na sua condição ter melhor perspectiva de vida que aqui?) mas o Benfica não pode andar a sustentar coitadinhos "só porque sim", ou seremos nós a santa casa da misericórdia? Se fosse outro clube acham que ele seria tão benemético para o Mantorras como nós temos sido?

E apesar da nossa boa vontade, eis que o Mantorras se volta contra o clube que o acolheu estes anos todos...o Benfica sagra-se campeão e ai fica por se saber exactamente, se foi JJ que não convocou mantorras para o último jogo, se o Mantorras não quis jogar por ressentimento, mas o que é certo é que chegados a última jornada, o Benfica não tinha o título assegurado, portanto como instituição PROFISSIONAL que é, só podia contar com os melhores para alcançar o triunfo, e foi o que JJ fez, e de novo bem a meu ver.

Depois disso a atitude de Mantorras para com o Benfica degradou-se completamente, ao ponto de ele dar uma entrevista em que diz que se sente ressentido com o glorioso, e que a ser dispensado, iria exigir todos os salários que faltariam até ao fim do contrato, e que daqui não saía por vontade dele.

Ora depois disto tudo, falta de condição para jogar futebol profissional e agora falta de respeito pela instituição que o acolheu mesmo depois da sua desgraça, é que eu me pergunto, como é que ainda tanta gente venera o Mantorras, ao ponto de o meter ao nível do seu clube ou mesmo acima dele???

Não tem a mínima lógica certo?

Eu não tenho a memória curta, eu adorava o Mantorras como futebolista quando estava a 100%, eu sempre simpatizei com ele mesmo depois do que lhe aconteceu, e gritei os golos dele quando nos ajudou a ganhar o campeonato de 2005.

Mas o que ele fez durante esta pré-epoca, isso não se faz, é um desrespeito pelos mesmos adeptos que o idolatravam (e alguns ainda o fazem). Agora uma coisa é certa, nenhum adepto pode meter em causa a instituição que defende acima de qualquer outro interesse, e se alguém defende o Mantorras depois do que disse, então de benfiquista tem pouco ou nada.

Posto isto, que futuro para mantorras no Benfica? A 1 dia do fecho de mercado parece que não irá para lado nenhum, e amigos, sinceramente, com a condição física dele, ele não consegue lugar em nenhuma equipa profissional...ele só tem o Benfica (por isso ainda mais me espanta as declarações dele).

Eu por mim ele não joga mais com a camisola do Benfica, mesmo que fique no plantel como corpo presente. Se realmente é para levar o contrato até ao fim, que se leve, não há nada a fazer e sempre será melhor que meter tribunais no meio, seja desportivos ou civis.

Agora, quando o contrato de jogador dele com o Benfica acabar, então que fazer? Ele de certeza que porá um fim na carreira de jogador, e o Benfica (na minha opinião e porque não esqueço o que ele fez pelo glorioso) podia propor-lhe que fosse o embaixador do glorioso em Angola, e servir de ligação, entre as formações de jovens jogadores angolanos e a prospecção do Benfica, porque por lá diamantes não há só no subsolo.

Penso que não haveria melhor maneira de aproveitar a relação Benfica/Mantorras para que fosse útil e de boa vizinhança como convém.

E parece que a novela Hleb teve o desfecho mais que anunciado...quando falam que está por horas...ai, Jesus!

E vejam também estes tópicos igualmente pertinentes, Fazer a caminha ao Rui Costa? NÃO CONTEM COMIGO!, O Dinheiro da Sagres?

Fazer a caminha ao Rui Costa? NÃO CONTEM COMIGO!

 ●  + 16 comentários  ● 
Desde já as minhas desculpas ao BenficaEsmaga por escrever por cima do pertinentíssimo post dele hoje: Desejo para amanha, assim como de um dos tópicos que escrevi no qual mais me revejo Benfica: O Clube que não sabe ganhar, mas gostava de vos por a pensar sobre um tema:

Noticia d'A Bola esta manhã:
Rui Costa deslocou-se a Barcelona para concretizar empréstimo de Hleb ao Benfica. O negócio está bem encaminhado e "preso" apenas pela percentagem salarial a repartir entre clubes.
A SAD do Benfica espera oficializar durante o dia de hoje a sétima, e provavelmente a última, contratação da época. (...)
Rui Costa, director desportivo e administrador da SAD, empenhou-se activamente no desfecho deste processo, tendo-se deslocado este domingo a Barcelona para se encontrar com o jogador e o seu representante, bem como com os responsáveis do Barcelona.

Horas mais tarde no mesmo jornal:
"Apesar da ida de Rui Costa a Barcelona para acertar o empréstimo ao Benfica, o clube catalão parece ter preferido o negócio para a Premier League. Aguarda-se por mais pormenores. "
Há já alguns dias que algumas pessoas me garantia que Hleb não vinha e que já tinha deixado de ser opção porque os clubes não se entendiam financeiramente e o SLBenfica não podia chegar ao bielorrusso.

Quando os jornais fazem questão de envolver sempre o nome de Luis Filipe Vieira nas contratações, apesar de muitos adeptos ainda dizerem que é a responsabilidade de Rui Costa - porque raio fez hoje questão este jornal, por sinal tão próximo* do SLBenfica, de envolver e expor individualmente o nome de Rui Costa numa operação que já sabiam que estava votada ao insucesso?

Habilidosos estes jornaleiros submissos! Que interesses defendem estes palhaços?

*como a Marca do Real, o Sport do Barcelona ou o Jogo do FCPorto e o Record do Sporting

Desejo para amanha

 ●  + 4 comentários  ● 
Como duvido que seja possivel fazer aterrar amanha em Lisboa um daqueles craques que fazem toda a diferenca, desejo vivamente que nao aterre ninguem. Fantoches so' para fazer numero, nao obrigado.

E se alguem quiser explicar como se deixam estas coisas para as 24h finais de um periodo que comecou em Maio (!!!), tambem se agradece.

Benfica: O Clube que não sabe ganhar

 ●  + 16 comentários  ● 
Num momento em que, como o GB previu há mais de 4 dias, o jogador que estava a chegar, garantido, por horas... acabou noutras paragens (o "colosso" Birmingham), já deu também para ver que nem há quem saiba esclarecer-nos sobre o tema O Dinheiro da Sagres?, nem sequer o tema é do interesse.

Por vezes questiono-me: Terei eu uma noção errada de clube grande? Eu olho para o meu clube e fico com uma ligeira noção que ali se navega à vista e os exemplos começam a acumular-se! Começa a haver uma sólida justificação para dar razão aquele meu amigo que, como referi no tópico Tarda... e falha?, me disse que "Por muita vontade e disponibilidade que tenham, não conseguem evitar serem amadores, a gerir recursos profissionais de forma amadora... procurando com isso resultados profissionais".

Se eu olhar apenas para a actualidade do SLBenfica o que encontro?

» Jogadores excedentários que custam milhares de euros mensalmente ao Clube, que se encontram por colocar, sabendo o Clube há um ano (ou mais) que não conta com eles. Para quando capacidade de decisão?

» Jogadores jovens, estranhamente considerados excedentários, que se encontram por colocar ou são colocados em clubes onde andarão na sobra ou, foram colocados "em pacote" na Liga Orangina. Que futuro para estes jovens?

» Investimentos avultados em propagandas em torno da formação para, previsivelmente, não termos nem um jogador da formação do SLBenfica a fazer mais de 90 minutos esta época. O único que poderá fazer sequer um minuto é Roderick. Triste, não?

» Olhar para os rivais e ver João Pereira, Silvio, Miguel Lopes como jogadores que constituem verdadeiras opções, especialmente os dois primeiros, e saber que foram formados no SLBenfica... onde continuamos orfãos de soluções alternativas para as posições desses jovens.

» Aquisição de jogadores jovens, por valores elevadíssimos (6M€), para emprestar... em Espanha, sem nunca sequer chegar a vestir a camisola do SLBenfica. Parece-me que o SLBenfica está a tentar copiar o Keirrison com o Barcelona... mas neste caso não temos dinheiro. Ricos?

» Durante dois meses percebeu-se que Roberto não tinha capacidade para os objectivos do SLBenfica... volvidos um penalty e uma defesa à figura, num jogo que deu vitória... e agora o Roberto passou a ser bestial! Estupefactos?

» Há uns largos meses anuncia-se um "mega-contrato" de patrocinio que revitalizaria o futebol, as modalidades e até as Casas do Benfica, garantindo uma canalização de verbas durante 12 anos para o Clube investir nas modalidades. Poucos meses volvidos, o Clube ficou sem patrocinador, as Casas sem as prometidas receitas e a SAD parece ter "engolido" tudo! Surreal?

» Jesus cada vez que abre a boca não perde a oportunidade de dizer que estão assuntos por resolver, problemas identificados, carências a tentar ser colmatadas e alinha até com o discurso de um opositor com atitude oportunista Moniz. Da SAD diz-se que está tudo bem! Estranho?

» Os reforços parece que chegaram bons jogadores, mas infelizmente... não para as funções e com as características que se exigia. Pelo caminho muitas apostas fundamentais ficaram pelo caminho, como Jorge Jesus assumiu, e outras estão certas, depois por horas... até que não chegam! Desnorte?

» Numa época que poderia ser a "machadada final" no Sistema, porque andámos meses a dormir, já em cima do joelho o melhor que fizemos foi apoiar o candidato do FCPorto à Liga, entregando-lhes de mão beijada o poder da Liga e, digo eu, da Federação para onde ainda nos hei-de ver a apoiar Vitor Baía, pois a "manobra de saída à Fernando Gomes" tem muito para dar ainda. E agora choramos as arbitragens e convocatórias da selecção?

» Muitos negócios, pelo caminho, mal explicados com o Presidente cada vez mais rico e o Clube cada vez mais pobre - apesar de ter cada vez mais receitas. Vale-nos o facto de o Presidente não ser dedicado e forte na gestão desportiva, mas pelo menos não rouba como o outro. O que dizer dos negócios com gente que vive no mercado do presidente (imobiliário e construção) e o que dizer, por exemplo, da permanência de Mantorras no plantel? Terá a ver com os interesses Angolanos? BIC... Sagres...?


Não me venham agora com as tretas da união, dos inimigos e do raio que parta a isto tudo! Eu pago quotas e tenho o direito de questionar. Se vamos todos enveredar pelo desporto favorito dos lideres fracos, o "Carneirismo", nesse caso o melhor é o Clube começar a habituar-se a deixar de contar com o reforço mais valioso que tem em todos os jogos: Os benfiquistas!

Sei que poderá haver "profissionais" que não sabem o que isso é, mas aqueles que não enriquecem com o SLBenfica, aqueles que pagam e gastam dinheiro com o SLBenfica sabem bem o que isso é!

Questionar não é criticar e mesmo criticar, se construtivamente, não é acusar ninguém de nada. Os mais fortes líderes crescem com a necessidade de ter um conjunto de seguidores a quem tem que prestar contas e que só o seguem porque sentem estar no caminho certo. Nada do que acima me levanta dúvidas me parece ser o caminho certo.

Ainda assim, estou e estarei sempre disponível para uma melhor explicação dos temas acima, dado que não sou dono da verdade e, muito menos, do conhecimento. Se houver quem me saiba ver o lado bom destes temas, ficarei muito contente por mudar de ideias e saber que afinal há um "lado bom" disto.

O Presidente está no lugar onde deve estar e de onde não deve sair até final do mandato... mas isso não lhe confere poderes de ser dono do Clube ou de não prestar contas pela sua gestão, seja ela boa, má ou excelente. E por prestar contas não falo de Relatórios e Contas...

Chego a conclusão que não sabemos ganhar! Que achamos que ganhar um campeonato é ganhar tudo e resolver todos os problemas da humanidade. Como dizia o Bola7, "Convém dizer a todos os endeusados que ganharam o 32º campeonato para o Benfica, que NÃO GANHARAM 32 CAMPEONATOS PARA O BENFICA.

Ou percebem a bem, ou percebem a mal…isto se os adeptos do Benfica ainda tiverem tomates como tiveram os que ganharam para a história, o grande Sport Lisboa e Benfica!"

O Dinheiro da Sagres?

 ●  + 5 comentários  ● 
O nosso companheiro Bola7 questiona hoje se Não se fartam de hlebar no pacote?: "Segundo o contrato acima referido, assinámos por 12 anos com a Sagres para patrocínio nas camisolas de todas as modalidades (futebol incluído), o que implicava por isso que uma parte do contrato fosse para a SAD por causa do futebol, e outra para o clube, que gere as modalidades.

Um ano volvido, o Futsal nem patrocínio tem, e o Andebol mudou para MEO. Sagres? Desapareceu… apesar do contrato de 12 anos.

Cá para mim,digo sem pudor, porque conheço bem a cambada de vigaristas que gere o Benfica, foi tudo desviado para a SAD, e o clube que se amanhe com as modalidades…
"
Deixo o pedido ao companheiro Bola7 para não apontarmos o dedo sem sabermos de forma mais efectiva o que se passa. Contudo, é pertinente o esclarecimento deste tema, dado que é importante perceber esta situação, até para evitar mal entendidos! Estarão (?) em causa receitas que deveriam ser canalizadas para o Clube, do qual sou sócio, e poderão ter ido todas para a SAD, da qual não sou accionista.

Dado que o GB pouco ou nada sabe sobre alterações ao projecto inicial, gostava de perguntar se alguém com dados sobre o tema, pode ajudar a perceber o que se passou, se é que se passa algo?

PS- Para quem gosta de falar sobre a Formação: Tarda... e falha?! A pertinência deste tema obrigou a publicar este tópico logo por cima do anterior.

Tarda... e falha?

 ●  + 8 comentários  ● 
Há dias, um amigo dizia-me que o problema do SLBenfica não é a "agenda" pessoal e profissional de Luis Filipe Vieira, a subjugação de Rui Costa aos pés de Vieira, os negócios fundamentais que ficaram pelo caminho ou mesmo os mal feitos que acabaram por aparecer. Dizia esse meu amigo, que sabe do que fala por conhecimento próprio das pessoas e dos factos, que estava absolutamente seguro da vontade férrea de Luis Filipe Vieira e seus mais próximos pares de vencer e entrar na história do futebol nacional e mundial.

Perguntei eu: Então qual é o problema?
A resposta foi pronta: Por muita vontade e disponibilidade que tenham, não conseguem evitar serem amadores, a gerir recursos profissionais de forma amadora... procurando com isso resultados profissionais.

Contrapus imediatamente com o argumento da profissionalização do clube e as iniciativas levadas a cabo por elementos dedicados e 100% profissionais.

Obtive uma resposta fria e objectiva: Qual foi a parte que não entendeste de "gerir recursos profissionais de forma amadora". Ou seja, há profissionais de elevadíssima qualidade no SLBenfica, porém, todos acabam por reportar a alguém que depois gere e coordena o seu trabalho de forma amadora, mas exigindo-lhes resultados profissionais e do mais alto nível.

Detive-me a pensar sobre este tema e, apesar de poder aceitar algum excesso na atribuição do termo "amador" a quem tem historial e legado no mundo empresarial como tem Luis Filipe Vieira, Rui Cunha, Domingos Soares Oliveira, Teresa Claudino ou mesmo Rui Costa, friamente tenho porém que reconhecer que ao nível do que realmente alimenta todos os segmentos do clube em termos de reconhecimento e enriquecimento (o conhecimento na gestão desportiva)... deixa muito a desejar.

Já muito aqui falámos na forma como os nossos dirigentes são por várias vezes "engolidos" por ferozes raposas velhas deste escorregadio e corrupto mundo do futebol. Não quero (maaaaais uma vez) bater na velha tecla do impacto de tratar o SLBenfica como uma empresa e não como um clube desportivo - não vamos voltar aos temas da comunicação, da gestão desportiva, da gestão de carreira dos jogadores, da capacidade de antecipação, da "montagem da teia" de presença no mercado, das parcerias para a formação, etc. Não vamos também dar o exemplo das modalidades onde o ex-parceiro (João Coutinho da Naturplan) virou um responsável com resultados interessantes em cima da base deixada por Fernando Tavares.

Ao cabo da terceira jornada de futebol, dei-me ao trabalho de ir procurar acompanhar os percursos dos jovens do SLBenfica. Fiquei muitíssimo desiludido! Nem uma boa marca para recordar, num demonstrativo exemplo de falta de critério na gestão do percurso destes activos que custam dinheiro ao SLBenfica.

Como sabem, o GB é um defensor absoluto do elevadíssimo investimento na formação e, como tal, um forte defensor da "realidade FCBarcelona", aplicado a todas as modalidades e especialmente ao futebol, ou seja, o Clube Total que começa a ser delineado nos objectivos finais e é estruturado desde a formação para o atingir - e não é só no futebol!

Há uns tempo, no tópico Por falar em dinheiro... eu perguntava "quanto nos custa o Caixa Futebol Campos?" ou se será que só serve para as "primadonas" treinarem em condições de luxo, num luxo típico de quem é tão privilegiado que não precisa de apoio de ninguém e que "trata a pressão por tu"...?

Olhando só para o futebol, os treinadores que viram passar as equipas de 88, 89 e 90 pelas suas mãos devem estar tristíssimos de ver todo esse trabalho deitado pela janela em prol de jovens, habitualmente brasileiros, que nunca demonstraram ter mais qualidade do que os nossos jovens.

Esses mesmos treinadores que ao longo dos anos foram treinando os miudos que mais tarde sentiram um "fosso" enorme quando chegou a hora de subir aos séniores, simplesmente... porque era tudo diferente: Os responsáveis não os conheciam, as tácticas eram diferentes, as velocidades também, até os modelos de jogo e treino... de igual, apenas a camisola.

Ora, quando para um jovem que chega dos juniores, depois de largos anos na formação, a única coisa que é igual ao que trazia é... a camisola, efectivamente, o jovem da formação torna-se "apenas mais um" a entrar para o plantel e, pior ainda, não enche capas de jornais, não é endeusado pelos sócios e nem sequer é visto como um reforço.

Estes jovens, rapidamente se tornam um fardo empacotável para os primeiros clubes que aparecerem ou, se puder ser, todos para o mesmo clube que facilita a tarefa. Para a Luz, enquanto eles encostam à margem do futuro que sempre ambicionaram, chegaram jogadores de qualidade duvidosa e cujos salários individuais custam mais ao SLBenfica do que custou todo o percurso de todos esses jovens juntos.

Olhando para o actual plantel, continuo sem perceber porque continua o medo em apostar em Miguel Vitor e Roderick para suportar David Luiz e Luisão; em apostar em Ruben Lima ou Mário Rui na alternativa a Coentrão; em apostar em David Simão ou Miguel Rosa, em Yartey ou Nelson Oliveira?

Na Luz, custam milhões aos sócios (ou deverei dizer antes aos accionistas?) as transferências de jogadores como Balboa, Luis Filipe, Marcel, Sidnei, Roberto, Eder Luiz, Fillipe Bastos, Filipe Menezes, César Peixoto, Fábio Faria, Weldon, Shaffer, Patric, Sepsi, Jorge Ribeiro, Moretto, Bynia, Makukula ou mesmo Mantorras!

Dir-me-ão, os mais desconhecedores, que Nelson Oliviera, Miguel Victor, Roderick, Ruben Lima, Mário Rui, Saná, Yartey, Danilo Pereira, Oblak, Rafael Costa ou Leandro Pimenta não terão qualidade para jogar no SLBenfica.

Assumindo que teriam razão - que não têm - a pergunta que se impõe é: E os outros? Quanto custaram e que utilidade tiveram? Se é para arriscar falhar... prefiro arriscar com os nossos jovens!

Mas a pergunta que se impõe é: Mas porque raio havemos de falhar? Porque não se canaliza todos os anos uma fatia dos milhões mal gastos para a formação?

... no sentido de acabar com os recibos verdes dos prospectores e treinadores?
... no sentido de apostar na formação de treinadores, modelos e jogo e conceitos de formação?
...no sentido de apostar nos melhores valores desde cedo e tornar o percurso para os seniores como um acto natural, minimizando o impacto em jovens de qualidade?


Por muito que custe aos comuns adeptos do endeusamento dos jogadores, aos adeptos que têm orgasmos com qualquer um que vista a camisola do SLBenfica (mesmo que nada nos traga), a realidade é que mais do que todos esses (na generalidade, mercenários) o SLBenfica é feito pelo 12º Jogador.

Aquele do qual todos os benfiquistas fazem ou deviam fazer parte... e, acreditem, os "meninos" da nossa formação em campo não são mais do que a imagem de cada um de nós. O saber, sentir e amar o Clube e poder expressar isso em campo, com a camisola do SLBenfica vestida.

Todos os anos a aposta real na formação tarda... e falha! Acumulamos os erros e abusamos das tentativas de "passar a imagem" que apostamos na formação. Cavamos cada vez maior "fosso" entre as ambições dos jovens e a possibilidade de tornarem o sonho realidade...

O GB pelas oportunidades aos nossos jovens da formação!!!

PS- Por falar em "tarda... e falha" não me cheira nada bem a história do Hleb. "Por horas" já estiveram também Falcão, Alvaro Pereira, James Rodriguez, entre outros. (não que este possa ir parar ao FCPorto, mas porque possa efectivamente nunca chegar).

domingo, 29 de agosto de 2010

Jara e o 4x3x3

 ●  + 18 comentários  ● 
Na ressaca da vitória do Benfica, do exorcismo de Roberto perante os adeptos, e o enraizar da ideia que JJ tem bem definido o esquema táctico a usar, vou meter o dedo na ferida...

Voltemos a pré-época... JJ talvez com o intuito de testar um sistema táctico alternativo ao esquema do campeão nacional, também aproveitando as ausências dos mundialistas e no momento, da lesão do Gaitán (que em princípio seria a 1º opção para substituir Di Maria como extremo esquerdo na táctica do losango) faz entrar em campo um equipa em 4x3x3. Tirando a defesa, onde tudo permaneceria mais ou menos na mesma, o meio-campo e o ataque sofreriam algumas alterações. Passaria de um médio defensivo e um atacante e dois alas, um mais interior que outro, para um médio defensivo, e dois médios interiores, um com funções mais ofensivas, e o outro o dito "box-to-box" , e o ataque com um ponta de lança fixo e um avançado móvel passaria a um ponta de lança fixo e dois avançados descaidos para as linhas.

E a táctica, embora em termos defensivos não fosse possível tirar muitas ilações, porque a equipa já estava a sofrer com o síndrome Roberto, pareceu dar realmente resultado. Em vários jogos, embora a sofrer golos, a equipa goleou.

Em termos ofensivos a equipa era quase demolidora, com os laterais a subirem e a darem largura de jogo, com o médio mais atacante em trocas de bola consecutivas com os avançados móveis e os laterais, o tal proclamado "carrossel", o jogo que chegava ao ponta de lança era o quanto baste para se arriscar a marcar sempre pelo menos um golinho.

Há um homem dos reforços que vieram para a nova época que para mim e penso que para muitos outros se destacou, Franco Jara.

Vimos logo que é um lutador nato, nunca desiste, aliando a isso uma técnica assinalável e uma velocidade bem acima da média. Além disso mostrava sinais madrugadores de entrusamento com os colegas de equipa, e até dava para marcar ele também uns golos, pelo menos um que me lembro, de belo efeito. (foto)

Então acho que é pertinente perguntar, o que se passou desde a vitória sobre o Aston Villa? Chegaram os mundialistas? JJ achou que por muito bem que a tactica estivesse a resultar nunca seria alternativa séria ao losango? JJ pensou que a culpa de a equipa estar a sofrer mais golos que a média seria devido a táctica e não a desestabilização defensiva pela presença de Roberto?

E mais...que terá de mal visto JJ nas prestações de Jara, que simplesmente desde então raramente tem apostado nele sequer para entrar durante os últimos jogos?

Défice comportamental? Desobediência táctica? Índices físicos abaixo da média? Dar oportunidade a outros que chegaram mais recentemente para mostrarem o seu valor? Terá isso a ver com o facto de JJ ter dito que esta a fazer a "pré-época no campeonato"?

Menos se poderá entender, porque ao usar a táctica do losango nos 1ºs jogos oficiais da época, quem JJ meteu no lugar de Gaitán foi César Peixoto...

Eu sou um acérrimo defensor de Jorge Jesus, ele fez com o Benfica o que não vi nenhum treinador fazer nos meus 15/20 anos de lucidez e percepção do que me rodeia, aprecio a sua garra, disciplina e espírito.

Gostaria de neste momento poder entrar na cabeça dele e ver as razões que o fazem pensar que o 4x3x3 não é alternativa ao losango, e porque o Jara não tem sido alternativa para titular.

Apesar de não entender isto, espero que na cabeça dele ele saiba que isto é o melhor para o Benfica, e se assim for, eu estarei do lado dele, porque acima de qualquer tactica, de qualquer jogador, está o BENFICA!

E porque uma vitória não resolve problemas, Deus é teimoso!

Leiam mais este tópico muito pertinente e documentado do GB, Tarda...e falha?

Deus é teimoso!

 ●  + 21 comentários  ● 
Ao Roberto e ao borracho, mete Deus a mão por baixo! Bem que podia ser esta a nova versão do provérbio popular que alude à "protecção divina".

Quando Jorge Jesus apostou em Julio César, a meu ver bem, e colocou Roberto no banco, a meu ver também muito bem ao não excluir totalmente o espanhol, todos estavam longe de esperar que ainda antes da meia hora o espanhol estava de volta à equipa e logo para defender o SLBenfica de sofrer o empate, a jogar com menos um jogador.

Sorte, protecção divina... chamem-lhe o que quiserem, mas até eu - que me assumo (e mantenho) como crítico das qualidades mentais e técnicas do espanhol - fiquei sensibilizado pela paixão com quem agarrou a bola da recarga do penalty. Roberto, mais do que ninguém desejou aquele momento, desejou-o à muito tempo.

Voltando ao jogo, apenas J.César e Salvio diferiam das escolhas apáticas dos últimos jogos. Sabendo que o argentino pouco ou nada tinha tocado na bola, não deixa de ser pertinente pensar porque raio a confiança dos jogadores do SLBenfica subiu tanto e arrancaram o jogo a fazer lembrar claramente os jogos da época passada?

Tenho para mim que a explicação está na ausência de Roberto! Um jogador que é considerado um "pé frio" pelos colegas, não só pelo azar que tem tido, mas pela nervosismo e insegurança que tem e contagia os demais.

Mas Deus (e principalmente Maxi Pereira) traíram o J.César e a meio da primeira parte o brasileiro viu-se obrigado a sacrificar a sua, talvez definitiva, entrada na equipa para emendar uma precipitação de Maxi Pereira.

Roberto defendeu o respectivo penalty (muito mal marcado, por sinal) e, notoriamente, galvanizou-se - e ainda bem! Foram poucas as ocasiões para ser posto à prova e nenhuma, das poucas existentes, teve grau de dificuldade sequer médio para podermos dizer que o espanhol passou de besta a bestial. Contudo, foi evidente que a defesa voltou a ter mais cuidados, a descer mais e o ritmo de jogo voltou a acalmar.

Na próxima jornada vamos voltar a ter Roberto na equipa, mas em meu entender - salvo uma exibição imaculada perante dificuldades (o que acho que não irá acontecer) - deveriamos voltar a entregar a baliza ao J.César no jogo seguinte.

Gaitan esteve hoje endiabrado, muitas das iniciativas foram da esquerda para o centro, como atesta o seu ADN e Sálvio saiu antes de ter tempo de mostrar serviço. O resto, são os clientes do ano passado, com Coentrão sempre em alta rotação e Aimar mais interventivo. Lamento a ausência de Carlos Martins do 11 inicial, na minha opinião é dos jogadores em melhor forma.

Além do mais, quando teremos hoje jornais já a endeusar também Roberto, que fez pouco mais do que defender o penalty, também nisso é preciso ter os pés na terra. Esta vitória teve apenas o condão que nos colocar no caminho certo, o das vitórias. Não resolveu quaisquer problemas que estão por resolver, como aliás Jorge Jesus afirmou, nem do Roberto, nem do Clube.

Esta vitória não apaga as carências que continuamos a ter, e que aliás o próprio Jorge Jesus fez questão de ressalvar que se mantêm, mas que sirva pelo menos para atenuar a desculpa esfarrapada do Mundial, até porque o campeonato vai agora parar para as selecções. Eu já afirmei no tópico Jesus e Moniz em Sintonia? que considero essa desculpa totalmente esfarrapada.

Foi uma vitória justíssima e invicta, com dois excelentes golos e uma excelente jogada para o terceiro. É preciso não esquecer o que está por resolver e não acreditar, como é nosso timbre, que as vitórias resolvem tudo! Não resolvem...

sábado, 28 de agosto de 2010

XUPÓ CARAMELO!!!!!!! (Updated)

 ●  + 13 comentários  ● 


Estava eu até a pouco a trabalhar na minha carrinha, e ouvia o relato do benfica com toda a atenção na antena 1...e então acontece o pior...PENALTI e Júlio César na rua! Então o comentador ( para mim nomes não é o meu forte) se regala logo a dizer que o jesus ja tinha entornado o caldo todo, o Roberto sempre ia jogar! E depois então, o relatador HÉLDER CONDUTO, parente desta personalidade, cospe esta pérola..."Hugo Leal, um senhor, seguríssimo...Roberto, treme que nem varas verdes!....defende RRRRRRRRRRRoberto!"

E eu gritei logo.....XUPA, XUPAAAAAAAAAAA!!!!!

Granda melão com que o homem deve ter ficado....só merece castigo divino e 10 vezes pior que eu sou bonzinho...

COMENTADEIROS INVERTEBRADOS!

Aqui está a pedido de alguns bloggers, o resumo do relato da Antena 1 do jogo de ontem, onde vem a pérola deste post...

video

Teatro Variedades

 ●  + 16 comentários  ● 
É oficial: Simão Sabrosa disse adeus a selecção.

Estava o homem já sem condições físicas para jogar pelo seu país? Ainda ontem ganhou a Supertaça Europeia! (parabéns campeão)

Estamos a falar duma instituição que deixou de ter utilidade pública, porque funciona como uma ditadura, onde reina a máxima do quero, posso e mando, onde os dirigentes se perpetuam através das suas influências e com uma intimidade ao clube da corrupção que quase não se consegue distinguir.

O seu presidente é um bêbado, que só quer que lhe deixem a cabeça em paz e já agora lhe metam o maço de notas no bolso. Whisky é que é bom! Essa voz grossa não engana!

O maior corrupto da federação, e a ligação da federação com o sistema, Amândio de Carvalho, já ligado a instituição desde o mundial de 1986! qual Dick Cheaney, é quem mexe os cordelinhos.

Fora da federação mas também íntimo destes andamentos, o secretário-estado do Desporto, Laurentino Dias, recebe e assobia para o lado.

Estes três capangas do Pinto, aliados a um lambe-botas e vendido que é o que está na foto da direita, realizam todos os desejos do Pinto e do Jorge Mendes, com grandes influências em todas as áreas do futebol, em troca de chorudas comissões que os fazem ficar calados.

O que aconteceu desde que estes 4 se juntaram? caso médicos anti-doping, não convocação de João Moutinho para redução de valor de passe, convocação de 17 jogadores de Jorge Mendes para inflação dos respectivos passes, "lesão" afastamento do Nani, "lesão" afastamento do Deco. Pelo meio até deu para duas lambadas no Jorge Batista.

E missão cumprida, o Pinto comprou o Joao Moutinho por metade do preço, o Jorge Mendes ficou mais rico, Deco resignou a selecção e voltou para o brasil, dirigentes da federação e o "boy" recebem chorudas comissões pelo servicinho.

Mas o "boy" falou demais, foi prepotente e atreveu-se a por em causa a estrutura da federação como "amadora". Devia ter dito dos whisky's e dos envelopes. Isto porque o Pinto já não tinha utilidade para o "boy" e então foi sugerida uma rescisão amigável, que ele rejeitou.

Então a federação obedecendo ao dono, processou Carlos Queiroz de tudo o que tinha feito quando fazia de lambe-botas.

É assim amigo, quando se brinca com o fogo, acaba por se chamuscar. (esperemos então pelas cenas dos próximos episódios...)

No meio de todo este circo, o que é facto é que Queiroz não mantinha ambiente nada saudável com muito jogadores, Simão incluído. Quem se pode dar bem com um animal destes?

O que acham que fariam no lugar de Simão? Sendo a Federação nos últimos tempos uma fornalha onde saiem todos queimados menos os "intocáveis" Merdail e Amândio, nem o seleccionador escapa, e havendo Varela, Nani e o renascido Quaresma a batalharem pelo lugar, acham que ele vai ficar a espera pelas convocatórias do Agostinho Oliveira, esse pau mandado da Federação? E o gosto do Simão pelo vermelho, como se viu na convocatória, também não abonavam em nada a favor dele...
Digo mais, veremos se nos próximos tempos os abandonos de jogadores mais maduros da selecção não se vão multiplicar...por questões pessoais...

Fizeste muito bem Simão, aquilo é um ninho de víboras.

Entretanto, os idóneos senhores Gilberto Madaíl e Carlos Queiroz, vieram declarar respectivamente "a sua emoção", e "modelo de referência" em relação ao Simão...que comovente...

Tudo isto que viram aqui, não passa de ficção da mais tresloucada, qualquer aparência com a realidade, é pura coincidência...

ps: Últimos dias de mercado, e temos uma orgia de transferencias...o grande Pongolle emprestado ao Saragoça XD, Stojkovic ao Partizan, Hugo Viana de vez no Braga (ai esta o dinheiro da champions a funcionar), Yebda emprestado com opção de compra no Nápoles, Tonel no Dinamo de Zagreb (what?? lol) e por último...

Meireles no Liverpool! Ainda ontem vinha o treinador do FM a dizer que ele não se empenhava...lol...deve pensar que somos todos burros como o burro alves, então um homem que faz o mundial que faz e depois não jogava nem um jogo sequer? É obvio que ia sair! É obvio que o João "maça podre" Moutinho era para substitui-lo! ENGANA-ME QUE EU GOSTO!

pss: Como é hábito naquelas transferências muito referenciadas nos jornais, o tal jogadores passa de ter um pé, para os dois pés no clube, depois esta por horas...vamos lá ver quantas horas vai levar ao Hleb entrar nos portões do Estádio da Luz, porque se forem demais, já o prazo de transferências expirou...

E não percam de vista o tópico de estreia do BenficaEsmaga. A Causa das coisas

A causa das coisas

 ●  + 1 comentário  ● 
Costumo tracar as minhas metas para a epoca futebolistica nao em funcao do lugar em que o Benfica deve ficar no fim do ano mas em funcao do numero de pontos que deve conquistar. Para o ano passado tinha pedido 75. Tivemos mais, fiquei satisfeito. Teria ficado satisfeito com o comportamento da equipa se tivessemos perdido o campeonato apesar dos 75 pontos. Este ano, antes de o campeonato comecar, a minha meta era 78. Como entretanto ja' perdemos seis pontos parvos (em jogos que ganhamos o ano passado), ficarei contente com qualquer coisa entre os 72 e os 75. Um campeao e'-o porque faz mais pontos que os outros, e a melhor maneira de garantir que fazemos mais pontos que os outros e' tendo muitos pontos. Nao quero saber se estamos a seis ou a quatro do primeiro, ou com mais dois ou cinco que o segundo. Quero saber que do maximo de doze pontos que eu admitira perder, seis ja' foram. E nao me interessa quando somos campeoes mas fazemos um campeonato miseravel (e.g., 2004/05). Ok, e' melhor ganhar que perder, certo, mas tambem e' melhor ganhar com classe (ou, se preferirem, nota artistica) do que sem ela.

Muito se discute o que mudou (para pior) da equipa intratavel do ano passado, que continuava com o pe' no pedal mesmo depois de estar a ganhar por cinco, para a equipa deste ano, que depois de estar a perder ainda pisa mais no travao. Sairam tres titulares, entraram dois que podem vir, com trabalho e tempo, a tornar-se titulares, e um que com trabalho e tempo podera' vir a decidir se ser jogador de futebol e' mesmo o que ele quer fazer na vida. Isto pode justificar alguma perda, mas nao explica tudo. Nao sei de cor (mea culpa, mea culpa!!) os onzes titulares dos jogos do ano passado, nao sei se em algum jogamos sem o Di Maria e o Ramires (acho que sim), mas lembro-me por exemplo que no dia 20 de Dezembro tinhamos o flanco esquerto todo castigado e mais nao sei quem lesionado, e demos um banho de bola ao adversario (que se manteve mesmo quando o Luis Filipe entrou no fim da segunda parte). A troca do Quim pelo rapaz que talvez venha a ser um guarda-redes pode tambem explicar alguma coisa, mas ele fez os jogos quase todos na pre-epoca e a equipa jogava bem (e ganhava quase sempre, como o ano passado). Mas de repente, parece que se apagou a luz. Anda tudo preso de movimentos, de ideias e de conviccoes. Levamos uma banhada EM CASA de uma equipa que o ano passado andou ate' ao fim a lutar pela manutencao. Na Madeira faltou sorte, mas tambem faltou vontade de ter sorte. O ano passado, mal a se aproximava da chuteira de um adversario, ja' o dito estava a ser pressionado. Este ano, pressao alta so' se ve contra a nossa defesa. O ano passado a equipa era um bloco, este ano anda cada um para seu lado. O ano passado quando um tinha a bola havia quatro ou cinco a correr para criar espacos e linhas de passe. Este ano as bolas vao todas ter 'as canelas adversarias.

Nao percebo nada de metodologia de treino (e tanto que gostava de perceber!), nao sei como e' que se orienta o treino fisico para planear picos de forma em determinadas alturas. Sei, contudo, que o ano passado a equipa entrou a todo o gas e se manteve assim ate' la' para Janeiro. Depois o gas baixou um bocadinho ate' Marco, e estabilizou mais ou menos depois da eliminacao da UEFA. Parece-me possivel que JJ tenha preparado a equipa o ano passado para entrar a matar, ciente que nao tinha margem de manobra para falhar no inicio e assumindo o risco de baixas de forma mais para o fim do campeonato, e que este ano tenha preferido uma abordagem mais homogenea da epoca. Isto explicaria as pernas pesadas com que os rapazes se tem apresentado em campo. Poderao as derrotas explicar o resto? O jogo que praticavamos o ano passado, em movimento continuo, nao funciona se os jogadores nao estiverem em boa forma fisica.

Vou aguardar (im)pacientemente pelo que o proximo jogo trara'. Espero que seja uma melhoria significativa relativamente ao que temos visto. E espero que JJ se recorde que nos somos tao fortes quanto o nosso elo mais fraco, e que os grandes sabios, aqueles que estao verdadeiramente acima dos demais, alem de conhecimento e da capacidade de o por em pratica, costumam ter algo que nao se compra e nao se vende: bom senso.


P.S.: E' com muito gosto que comeco a colaborar na nova versao do GeracaoBenfica. E' um blog que acompanho ha' muito, e que e' uma referencia do Benfica e dos benfiquistas. Espero estar 'a altura, caso contrario humildemente mudarei o meu nick para Roberto. Lamento a ausencia de cedilhas, acentos e afins, mas desde lado do Atlantico (el charco, para os amigos) nao ha' dessas coisas no teclado.

P.S. 2: quero desejar toda a sorte do mundo ao Roberto. Sinceramente, sem ironias. Ele claramente precisa.

Jesus e Moniz em Sintonia?

 ●  + 2 comentários  ● 
A 23 de Agosto, numa crónica oportunista, José Eduardo Moniz afirmou: "Jorge Jesus vai ser obrigado a treinar e a ensaiar em encontros oficiais, numa fase em que o essencial é lutar para agarrar pontos"

Hoje, cinco dias volvidos, li no Publico que Jorge Jesus afirmou à BenficaTV "O Benfica está a fazer a pré-época no campeonato".

Desnecessária sintonia de Jorge Jesus com alguém que se apresenta tão distante da actual direcção, que quando teve uma breve oportunidade não enjeitou vir apontar o dedo... ainda que quando teve oportunidade de ser alternativa se limitou a fugir.

Ainda assim, gostava de reflectir um pouco sobre este tema dado que discordo em absoluto desta desculpa esfarrapada! Nem sequer vou olhar para o Barcelona (que virou uma eliminatória) ou outros clubes que já estão a carburar e tiveram tantos ou mais jogadores que nós.

Perante o argumento de Moniz, que Jorge Jesus parece partilhar, de que "o Benfica vai precisar de mais uma boa meia dúzia de jogos antes de ter uma equipa em que os jogadores se habituem todos a atuar ao lado uns dos outros e se identifiquem com modelos táticos estáveis", gostava apenas de lembrar:

SLBenfica x FCPorto: Jogou apenas um reforço a titular (Roberto) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica e dois pelo FCPorto, sendo que ambos tinham apenas dois jogadores que efectivamente jogaram no Mundial (Coentrão e Cardozo; Alvaro Pereira e Meireles) - Fábio Coentrão foi o melhor pelo SLBenfica.

SLBenfica x Académica: Jogou apenas um reforço a titular (Roberto) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica, desta feita Maxi em vez de Luisão. Apenas três jogaram realmente no Mundial (Cardozo, Coentrão e Maxi) - Fábio voltou a ser o melhor do SLBenfica.

Nacional x SLBenfica: Jogaram dois reforços a titulares (Roberto e Gaitan) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica, num jogo que ocorreu cerca dois meses depois de Portugal sair do Mundial e quase de mês e meio depois do nosso último jogador abandonar a Africa do Sul.

Haverá mesmo motivo para justificar a fraca qualidade de jogo e quebra anímica com o Mundial? Ou fará mais sentido falar-se no planeamento da pré-temporada, na ausência de resposta às saídas de jogadores importantíssimos como Quim, Ramires e DiMaria, na insistência num Roberto sem condições, etc.?

******
Num momento em que o GB está em mudança, a quatro dias do fecho do mercado aproveito para apresentar o último reforço - pjsimões. Os primeiros dias têm sido muito positivos e têm-nos chegado muito bons feedbacks sobre os novos reforços. Fico muito contente de ver o blog tão bem entregue.

Hoje foi um dia fértil em informação no (novo) Blog GeraçãoBenfica pelo que gostaria de recordar os tópicos do dia para que, quem não teve oportunidade possa visitar informação muito importante e que merece ser lida, comentada e debatida com os respectivos autores:

O primeiro post de Redmoon

Obviamente que ainda estamos todos a adaptar-nos a esta nova realidade do GB que a partir da próxima semana entrará em velocidade cruzeiro.

recentes

ranking