O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


domingo, 29 de agosto de 2010

Jara e o 4x3x3

 ●  18 comentários  ● 
Na ressaca da vitória do Benfica, do exorcismo de Roberto perante os adeptos, e o enraizar da ideia que JJ tem bem definido o esquema táctico a usar, vou meter o dedo na ferida...

Voltemos a pré-época... JJ talvez com o intuito de testar um sistema táctico alternativo ao esquema do campeão nacional, também aproveitando as ausências dos mundialistas e no momento, da lesão do Gaitán (que em princípio seria a 1º opção para substituir Di Maria como extremo esquerdo na táctica do losango) faz entrar em campo um equipa em 4x3x3. Tirando a defesa, onde tudo permaneceria mais ou menos na mesma, o meio-campo e o ataque sofreriam algumas alterações. Passaria de um médio defensivo e um atacante e dois alas, um mais interior que outro, para um médio defensivo, e dois médios interiores, um com funções mais ofensivas, e o outro o dito "box-to-box" , e o ataque com um ponta de lança fixo e um avançado móvel passaria a um ponta de lança fixo e dois avançados descaidos para as linhas.

E a táctica, embora em termos defensivos não fosse possível tirar muitas ilações, porque a equipa já estava a sofrer com o síndrome Roberto, pareceu dar realmente resultado. Em vários jogos, embora a sofrer golos, a equipa goleou.

Em termos ofensivos a equipa era quase demolidora, com os laterais a subirem e a darem largura de jogo, com o médio mais atacante em trocas de bola consecutivas com os avançados móveis e os laterais, o tal proclamado "carrossel", o jogo que chegava ao ponta de lança era o quanto baste para se arriscar a marcar sempre pelo menos um golinho.

Há um homem dos reforços que vieram para a nova época que para mim e penso que para muitos outros se destacou, Franco Jara.

Vimos logo que é um lutador nato, nunca desiste, aliando a isso uma técnica assinalável e uma velocidade bem acima da média. Além disso mostrava sinais madrugadores de entrusamento com os colegas de equipa, e até dava para marcar ele também uns golos, pelo menos um que me lembro, de belo efeito. (foto)

Então acho que é pertinente perguntar, o que se passou desde a vitória sobre o Aston Villa? Chegaram os mundialistas? JJ achou que por muito bem que a tactica estivesse a resultar nunca seria alternativa séria ao losango? JJ pensou que a culpa de a equipa estar a sofrer mais golos que a média seria devido a táctica e não a desestabilização defensiva pela presença de Roberto?

E mais...que terá de mal visto JJ nas prestações de Jara, que simplesmente desde então raramente tem apostado nele sequer para entrar durante os últimos jogos?

Défice comportamental? Desobediência táctica? Índices físicos abaixo da média? Dar oportunidade a outros que chegaram mais recentemente para mostrarem o seu valor? Terá isso a ver com o facto de JJ ter dito que esta a fazer a "pré-época no campeonato"?

Menos se poderá entender, porque ao usar a táctica do losango nos 1ºs jogos oficiais da época, quem JJ meteu no lugar de Gaitán foi César Peixoto...

Eu sou um acérrimo defensor de Jorge Jesus, ele fez com o Benfica o que não vi nenhum treinador fazer nos meus 15/20 anos de lucidez e percepção do que me rodeia, aprecio a sua garra, disciplina e espírito.

Gostaria de neste momento poder entrar na cabeça dele e ver as razões que o fazem pensar que o 4x3x3 não é alternativa ao losango, e porque o Jara não tem sido alternativa para titular.

Apesar de não entender isto, espero que na cabeça dele ele saiba que isto é o melhor para o Benfica, e se assim for, eu estarei do lado dele, porque acima de qualquer tactica, de qualquer jogador, está o BENFICA!

E porque uma vitória não resolve problemas, Deus é teimoso!

Leiam mais este tópico muito pertinente e documentado do GB, Tarda...e falha?

18 comentários blogger

  1. O 4-3-3 é apenas uma alternativa para usar no decorrer de um jogo quando as coisas estiverem a correr menos bem. Simples como isto.

    ResponderEliminar
  2. Concordo com o CsA, DarthVader.

    Aliás, eu até sou suspeito porque sou um fan absoluto do 442 com dois alas bem abertos e um ponta de lança matador, apoiado por um segundo avançado móvel que apoia bem o meio campo nas transições (Saviola).

    ResponderEliminar
  3. E quanto ao Jara pelo o que já podemos ver dele, é sem duvida um bom reforço, muito garrido e com enorme potencial.

    Não gosto de fazer comparaçoes, mas quando for mais evoluido tacticamente e mais mortifero, teremos ali um Lisandro ?

    ResponderEliminar
  4. Franco Jara é um jogador de 21 anos com muito para crescer, muito para evoluir.

    Potencial mostrou já seguramente mas, para ser uma pedra influente no plantel não tem de chegar e ser logo titular. Nem Lisandro Lopes chegou ao Porto e pegou de estaca imediatamente.

    É diferente com Gaitan por exemplo, porque este chegou para substituir um jogador que partiu.

    Jara chegou para substituir André Luis no papel de substituto de Saviola, que era o único jogador do plantel do ano passado sem substituto à altura.

    ResponderEliminar
  5. O Jara ainda não tem qualidade para titular. A maioria das vezes decide mal. Ainda está demasiado verde.. Ao contrário do Gaitan, que é um jogador inteligentissimo e com um toque de bola muito superior.

    ResponderEliminar
  6. sim, como disse, temos de ver o k vai na cabeça do JJ, se realmente essa tactica nunca passou de alternativa, ou se pelo contrario, houve alturas em k ele pode ter ponderado usar essa tactica em virtude dos jogadores k tem (menos extremos de raiz)

    kuanto ao jara, nem esta em causa ele ser sempre titular, mas o estar mais presente nas opções da equipa, se é verdade k esta numa fase de crescimento, tb é verdade que é jogando que mais adquirirá essa maturação, e pelo k ele ja mostrou, deve fazer parte dos tais jogadores, k nao sendo titulares, estao na seguinte para entrar, casos de ruben amorim e carlos martins.

    ResponderEliminar
  7. se o 4-4-2 losango deu tantos e tão bons resultados o ano passado (e antes com o Fernando Santos já tinha mostrado muito potencial) naturalmente que o 4-3-3 é apenas um plano B ou C...

    o Jara quando entrou contra o Porto foi uma nulidade... isto depois de ter estado muito bem em jogos de preparação. lançar demasiado cedo jogadores novos às feras, as vezes é queimar o jogador para sempre... que o diga o Roberto que está a sofrer a bom sofrer o peso da camisola do Benfica que nem todos aguentam (Derlei no Benfica foi nulidade e foi para um clube de menor dimensão e foi fulgurante)...

    ResponderEliminar
  8. Mas querem que o JJ largue um ano de rotinas em 4-4-2 para encaixar um puto de 21 que acabou de chegar na equipa? *orra, tudo serve para bater.
    O 4-3-3 parece-me uma alternativa ao 4-4-2. Pode-se criticar o porque de JJ ter usado o 4-4-2 quando nao tinha interpretes para ele. Agora ja os começa a ter, qual a duvida? O Jara vai ter muitos jogos para jogar e muito espaço para crescer, tenham calma.

    Abraços

    ResponderEliminar
  9. O 4-4-2 parece ser o estilo de jogo qa que o Benfica melhor se adapta. Como já escreveram aqui o 4-3-3 é para quando as coisas estiverem a correr menos bem e algo se tem que fazer de diferente
    No entanto com uma táctica ou outra o que interessa são as vitórias do Benfica.
    Benfica SEMPRE

    ResponderEliminar
  10. Na minha opinião e olhando ao mau momento do Cardoso, era conveniente a entrada do Jara que, ao contrário do Cardoso que pouco se movimenta e quando o faz é da maneira lenta a que já nos habituou, o Jara é rápido, esguio,imprevisível e por isso de difícil marcação.

    Para passarem a bola ao Cardoso, tem de ser para o lugar onde está, porque se a bola for mais distante 10 metros...já lá não vai, sendo por isso, presa fácil para a defesa.

    O lugar de um POSTE é no basket!!!

    ResponderEliminar
  11. Caro GB

    Peço desculpa pela observação.

    Parece-me, que o Geração, piorou um bocadinho com as novas aquisições em termos do português escrito.

    O que é um "losângulo"?

    ResponderEliminar
  12. CsA: "O 4-3-3 é apenas uma alternativa para usar no decorrer de um jogo quando as coisas estiverem a correr menos bem. Simples como isto."

    Quanto ao Jara, sinceramente não gostei muito das suas exibições. Tá bem que até marcou uns golitos e mostrou raça, mas sempre me pareceu um corpo estranho na equipa. Péssimo em termos de decisão dado que invariavelmente passava quando devia levar a bola e rematava de todo o sítio, mesmo com colegas em boa posição para proseguir a jogada.

    Nota-se o potencial, mas nota-se também que ainda está muito verde. Nota-se também a necessidade que sente de provar algo, pressão que lhe deve ser retirada, mas isso deve-se à sua juventude e falta de experiência. É preciso ver que vinha de um emblema de baixo da tabela na Argentina, o Arsenal de Sarandi, onde era a figura. Precisa de ser bem mais preparado para entrar de caras.

    Já o Gaitan, cedo se notou que mais facilmente tería estaleca para entrar no 11 titular. Em termos de decisão é bem melhor.

    Mesmo nessa táctica o Jara pode vir a ser muito útil.

    ResponderEliminar
  13. Apenas neste jogo não entrou, devido às circunstâncias de jogo, parece ser estar claramente na 1ªlinha das alternativas, tal como o Martins e o Amorim.

    ResponderEliminar
  14. Já não bastava todos quererem ser directores, agora também querem ser treinadores.
    Treinador há só um no S.L.Benfica é Jorge Jesus e mais nenhum.
    Já não pachorra para suportar estes bloguistas que em vez de apoiar criticam .
    Viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  15. é uma massada, não é Anónimo das 23.20...

    que coisa andarem aqui uns quantos a ter opinião própria ao invés de dizerem "yes sir" a tudo, não é?

    ResponderEliminar
  16. O Jara e uma optima alternativa e um "joker" para lancar num jogo, mudar completamente um esquema tactico e baralhar marcacoes. Ou entao para ser usado como suplente do Saviola.

    O 4-3-3 foi testado na pre-epoca para criar alternativas ao 442.
    No entanto, e necessario salientar aqui que de facto o JJ cometeu um "pecado" no jogo contra o Porto pois ai nao tinha aiinda os jogadores para o 4-4-2. Devia ter apostado no 4-3-3 nesse jogo.

    Esse para mim foi o grande erro dele.

    ResponderEliminar
  17. pois é anonimo, isto é uma opiniao pessoal, não um estatuto que deve ser seguido.

    e tem os seus fundamentos, não querendo dizer que será o que o nosso treinador siga.

    e eu serei o 1º a apoia-lo em cada jogo do nosso glorioso...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking