O blog Novo Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade.
novogeracaobenfica@gmail.com

7 de fevereiro de 2022

Mudar mentalidades Rui? Começa pela feira das vaidades que o Benfica é hoje

Avatar
| 42 comentários

I. 
Quando repito aqui pela enésima vez que há MUITOS anos que o Benfica não CONTRATA um jogador que se tenha valorizado DENTRO do Benfica e sido vendido por mais do que custou, a pergunta que faço é: Quantos jogadores dos 290 milhões de euros gastos nas últimas 5 épocas foram contratados por JJ, Bruno Lage ou Rui Vitória? A resposta é: muito poucos!

O dinheiro tem sido gasto maioritariamente em jogadores escolhidos por empresários e engravatados, com foco claramente bem mais vincado na oportunidade de negócio e na vertente comercial do que na vertente desportiva.

Ainda há uma semana atrás ouvimos Rúben Amorim dizer que a ele ninguém impõe jogador nenhum. E se falarmos em Sérgio Conceição então, esse cenário está completamente fora de equação.

Mas não no Benfica. Criou-se no Benfica a ideia (e pensem lá a quem deu jeito) que a estrutura pensa e o treinador executa, e que não se pode estar a alterar a filosofia de cada vez que chega um novo treinador. Mas é aqui que está o erro: se o treinador que chega não está em linha com a filosofia que se quer para o clube, então o erro já foi cometido, e foi cometido não pelo treinador mas pelas linhas hierárquicas superiores que o contrataram.

O que não faz sentido na minha opinião é contratar um treinador para o obrigar depois a trabalhar dentro de uma filosofia na qual não acredita, com jogadores que não escolheu e que não lhe permitem sequer impor no campo as ideias que preconiza para a sua equipa. Sim, foi isso que aconteceu a Jorge Jesus... Mas também a Bruno Lage e a Rui Vitória, é preciso referir...

II. 

Há algo que se percebe claramente no Sporting neste momento. Existe um modelo de jogo, e contratações cirúrgicas feitas para encaixar nesse modelo. No Benfica não há modelo de jogo porque não há jogadores para o modelo, e têm-se gasto rios de dinheiro em jogadores avulso que entram no plantel sem critério algum e depois espera-se que o treinador consiga fazer qualquer coisa com a salada de frutas que tem.

Já no Porto, percebe-se claramente o critério das escolhas de Sérgio Conceição. Dá primazia a jogadores robustos, com personalidade, sangue na guerra e espírito de sacrifício, porque há muito que inteligentemente percebeu que em anos de vacas magras e onde a qualidade é limitada, a diferença tem de se fazer pelo suor.

E tem-no feito, deixem-me dizê-lo, exemplarmente. Porque no Porto de Sérgio Conceição percebe-se claramente que antes da qualidade está a personalidade. A qualidade trabalha-se em cima da personalidade, e não o contrário. Percebe-se claramente que há uma diferença temporal (às vezes longa) entre um jogador chegar ao plantel, e depois à equipa principal!

Já no Benfica de Vieira (e desculpem-me continuar a falar de Vieira, mas o presente parece-me apenas uma continuação do passado), nada disto é verdade...

O Benfica é uma montra, é o entreposto de jogadores que vezes sem conta aqui referimos que era no passado. O Benfica é aquele clube que assim que contrata um jogador tem de coloca-lo na montra para abrir o apetite de potenciais interessados.

O Benfica é aquele clube que contrata Darwin por 24 milhões, o miúdo chega e faz uns golos, e 3 semanas depois já se fala que pode ser vendido ao Real Madrid por 150 milhões! Passam-se mais 3 ou 4 semanas e o miúdo tem exibições fracas e de repente já se fala que os 24 milhões gastos podem ter sido muito.

Enquanto no Porto temos de momento um onze com 3 miúdos da formação e um quarto a entrar quase sempre do banco, ninguém no Porto fala disso! São jogadores do Porto, com o mesmo estatuto que os veteranos, e resume-se a isso! Não vejo no Porto ninguém a querer fazer títulos dos jornais com os méritos da sua academia (em contraste com o que o Benfica sempre fez nos seus anos de ouro).

O Porto é o clube onde os miúdos da formação que venceram a Youth League há 3 anos atrás, tiveram de penar para chegar à equipa principal e ao 11! Em contraste, o Benfica é o clube que deu a titularidade de mão beijada em jogos da Liga dos Campeões, a miúdos como Svillar e ao trio de Tavares que hoje nem em clubes que jogam pela despromoção são titulares. 

É esta noção de facilitismo que tem de acabar! É esta noção que o que conta são os focos de luzes e os títulos dos jornais e o jogar para os aplausos da plateia! É esta noção que o Benfica é uma montra e que quem chega tem de brilhar mais do que os colegas, que se é estrela antes de o ser, que o individual se sobrepõe ao coletivo e que o objetivo é ser vendido para um clube maior o mais depressa possível!

No Benfica falta alma! No Benfica falta espírito competitivo! No Benfica falta sentimento de pertença! No Benfica passa a ideia que as contratações e os jogos se resolvem à base da inspiração e só depois a transpiração, quando a ordem tem de ser a inversa... Porque a inspiração vai e vem, só a transpiração se controla e se pode manter numa linha estável em 50 jogos por época!

No Benfica tem de se deixar de ter esta ideia tão antiga que uma equipa se pode fazer à base de Sabrys! Esta ideia que uma equipa pode ser competitiva com jogadores que volta e meia fazem uns brilharetes ofensivos, mas que depois não defendem, não mordem a língua nem pisam os calcanhares, e acham que o que dão à equipa chega! Culpa dos jogadores? Às vezes sim, mas mais culpa está em quem traça o perfil dos jogadores que contrata!

O Benfica de hoje é na minha opinião reflexo de muito do que está escrito acima. Agrada-me de sobremaneira e espero que seja a isto que Rui Costa se refira quando diz que é urgente mudar mentalidades! O que me assusta no entanto é essa afirmação ter vindo de alguém que lá passou os últimos 13 anos e que ajudou a transformar o Benfica na feira de vaidades que é hoje! 

Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL).

42 comentários

  1. Anónimo7/2/22 11:39

    Redmoon na mouche !

    Resumindo: O Benfica é desde à alguns anos " um saco de gatos", uma caixa de ressonância que tenta amplificar comercialmente banha-da-cobra.

    Vou dar um exemplo, este aconteceu COMIGO!

    Assim que ouvi no nosso SLB que iam contratar o Yaremchuck para resolver os problemas da frente de ataque (falhas clamorosas do Seferovic), começei a ouvir Loas dos jornais e dos Benfiquistas que este é que era, "compleição fisica", "rijo, raçudo" um rol de adjectivos!

    EU só fiz o seguinte: fui ao transfermarkt e dediquei alguns minutos (não mais que 10) a estudar os dados do jogador (assistencias, golos marcados, no campeonato, provas Europeias etc) e rápidamente aferi que vinha uma grande TRETA ! São dados, factos, MATEMÀTICA !!!

    Porquê os sócios e adeptos não fazem o mesmo? ou os Jornalistas? os dados SÂO PUBLICOS !

    Ora isto não encostava logo a parede estas direções coniventes com os obscuros interesses dos empresários ?

    Viva o SLB.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo7/2/22 19:57

      Sem tirar ou dar valor ao Yaremchuk, sabes porque é que não se olha muito para os números no futebol? Porque G/A não mostram o que um jogador oferece ao jogo. Por exemplo, o Pizzi tem excelentes números para um médio e em campo é uma nulidade. O Everton, de acordo com os números, teve uma ótima primeira época para um extremo e na realidade é um flop. Se o valor de um jogador se visse pelos números do Transfermarkt todos éramos scouters. Relaxa, futebol não é Excel.

      Eliminar
    2. Fiz o mesmo e dava para claramente ver que mesmo na Belgica (campeonate bastante inferior ao nosso) estava longe de ser um CF top 5 e estamos a falar de um jogador que nao e nenhuma promessa. O que se passou foi que o jogador teve imenso hype porque era o titular da Ucrania e ate fez uns jogos bons, portanto ja era um jogador de nomeada"internacional"

      Eliminar
  2. Vamos ver se o presidente coloca a mão na consciência e cria departamentos de estudo e aconselhamento filosófico, técnico, tático e de visão. Se escolher continuar a contratar por feelings ou por dicas vai-se arrepender. Se Rui Costa não construir um plantel EQUILIBRADO E COM VONTADE INDÓMITA DE VENCER, COM UM TÉCNICO DE CATEGORIA INTERNACIONAL (BIELSA?), não fica lá mais que 8 ou 9 meses. A escolha é dele.

    ResponderEliminar
  3. O teu texto está todo certo. Só não diz que a principal mudança a fazer é tirar rui costa da presidência. Tocas no assunto mas nao és taxativo. E essa ea principal mentalidade que a maioria dos adeptos têm de mudar: exigir a saída de um indivíduo que prejudicou desde que entrou.

    ResponderEliminar
  4. Anónimo7/2/22 12:27

    Parabéns RedMoon. Análise exemplar.

    ResponderEliminar
  5. Bom post, a colocar o dedo na ferida sobretudo na parte do "se o treinador que chega não está em linha com a filosofia que se quer para o clube, então o erro já foi cometido". Tudo dito.

    ResponderEliminar
  6. Tudo isto é verdade e eu penso o mesmo há muitos, muitos anos. Vieira adorava dizer "à boca cheia" que este ou aquele jogador, que a sua enormíssima visão havia permitido contratar, já valia não sei quantos milhões mais e que já tinha não sei quantas propostas para o vender.
    Agora, há que dizê-lo, reconhecer tudo isto obriga a alguma coerência e isso passa por não andar a alimentar narrativas de que são os jogadores que andaram a despedir treinadores. O problema é toda essa salada de frutas a que o Redmoon faz referência, como a contratação do Weigl ou a titularidade dada de mão beijada na Champions ao trio de Tavares deixando outros jogadores de maior qualidade e habituais titulares no banco.
    Eu não sei se Rui Costa sabe o que é necessário fazer para mudar e se quer fazê-lo. O que sei é que está no clube há muitos anos, com responsabilidades no futebol profissional e, como tal, foi conivente ou mesmo ator principal em toda esta política de contratações. E tanto no início da época como já neste mercado de inverno não resolveu um único problema do plantel, com especial incidência para a falta de um trinco (e, por inerência, extirpar o cancro que é Weigl). Em função de tudo isto, infelizmente só posso dizer que RC não me transmite qualquer sentimento de confiança.

    ResponderEliminar
  7. O Pizzi no Kintapata? ALELUIA! Começar de baixo para cima.

    ResponderEliminar
  8. Anónimo7/2/22 13:14

    Parabéns!
    Texto exemplar...
    Mesmo muito bom.

    ResponderEliminar
  9. Estes dias li um artigo muito bom sobre o Benfica, de entendidos
    https://www.lateralesquerdo.com/2022/02/03/a-melhor-versao-do-benfica/

    ResponderEliminar
  10. Completamente de acordo. Só acrescentar que a estrutura 10 anos à frente tem sido constituída por incompetentes e paus mandados que se acumulam e que estão ali apenas para servirem às vezes de bufos outras vezes de cadeia de transmissão dos interesses dos empresários, quer aqueles fora do Benfica quer aqueles que têm ocupado a presidência do Benfica. Como se vai mudar as mentalidades sem uma mudança dessas pessoas todas? Apenas mais palha para carneiros e tentar ganhar mais um ano para desenvolver o projecto da Cidade Benfica...

    ResponderEliminar
  11. Redmoon post lúcido e coerente com a realidade . Cumprimentos

    ResponderEliminar
  12. Mais uma vez muito bem. Tudo dito.
    "Agrada-me de sobremaneira e espero que seja a isto que Rui Costa se refira quando diz que é urgente mudar mentalidades! O que me assusta no entanto é essa afirmação ter vindo de alguém que lá passou os últimos 13 anos e que ajudou a transformar o Benfica na feira de vaidades que é hoje!"

    Pois!!!! Como e que se pode ser ao mesmo tempo parte do problema e da solucao?
    O futuro proximo dira!!

    ResponderEliminar
  13. Anónimo7/2/22 14:00

    Absolutamente de acordo.
    Quanto a mudar de mentalidades em relação a um indivíduo que esteve 13 anos a assistir em total silêncio às manobras do seu patrão e padrinho, aí é que já se põem muitas dúvidas.
    Tantas que não acredito.
    A falta de exigência e de sentido crítico foi alegremente seguida pela comunicação social, que tocava as cornetas dos milhões de cada vez que o Benfica fazia negócios. Depois da extraordinária venda do Félix, se bem me lembro, o próximo craque a atingir valores estratosféricos seria o Florentino. Viu-se.
    Mas a malta gosta de histórias da Carochinha, principalmente daquelas em que os jogadores desempenham o papel de malandros preguiçosos.
    A tal teoria, aplicada ao futebol, de que uns trabalham para que outros descansem. Chulos, coisa e tal...

    ResponderEliminar
  14. O melhor post da blogoesfera Benfiquista na ultima década. Subscrevo o conteúdo e aplaudo a assertividade.

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pela clarividência. Finalmente um post em que não se rasga por rasgar e no entanto muita verdade está aqui escrita!

    ResponderEliminar
  16. ENTREPOSTO COMERCIAL

    O Benfica descaracterizou-se, deixou de ser um clube cujo foco era ganhar títulos, os negócios tornaram-se prioridade, como em tudo o materialismo a qualquer custo: ganância prevaleceu, e como em tudo na vida, quando se perde o bom senso perde-se o rumo e as consequências surgem. Este post descreve muito bem o que aconteceu, que esperemos que seja alterado, contratações, quer de jogadores, quer de treinador sem nexo, vejamos as últimas eleições do dono do palheiro : contratar um treinador, contratar jogadores, em contra mão, com o que se vinha fazendo, com isso foram-se 100 milhões sem ganhar nada, um atentado ao Clube e aos associados, de uma gestão danosa, cujo intuito com dinheiros do GLORIOSO, visava permitir a reeleição do pato bravo e capangas no saque ao BENFICA.

    ResponderEliminar
  17. https://www.abola.pt/nnh/2022-02-07/benfica-aguias-apontam-aos-rivais-teimam-em-chafurdar-na-lama-continuada-e-impu/926312

    Repensar a postura? E que tal repensar a estratégia seguida em relação aos poderes do futebol português?
    FPF - apoiámos ou não a eleição do Fernando Gomes?
    Liga - apoiámos ou não a eleição do gel ex-árbitro que sempre nos odiou Pedro Proença?
    VAR - apoiámos ou não a sua introdução no futebol português sem nos termos assegurado que aquilo seria a continuação do putedo da nossa arbitragem?
    Nomeações - estamos ou não estamos sempre de bico calado e só falamos no fim quando sabemos o resultado?
    Direitos televisivos - estamos ou não estamos de pernas abertas para entregar os jogos outra vez ao Joaquim para nos surripiarem mais dinheiro?
    Repensar, sim, mas é deixar de ser patinhos neste futebol podre. Repensar sim, mas é no papel secundário que o Benfica assume nestas últimas décadas em relação aos meandros do futebol português.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na mouche. Parabéns pelo post.
      Para tudo isto é preciso um presidente com coragem. Rui Costa? Sério sem coragem, durante 13 anos onde andou?

      Eliminar
  18. Cavungi19757/2/22 16:03

    Espero rigor, profissionalismo total numa organização em que os seus funcionários recebem de forma sumptuosa. Os desempenhos medíocres e a falta de um projeto desportivo é um absurdo. Só em Portugal é que é possível ser-se medíocre e ganhar-se como génio.
    O projeto de formação deve obrigar que qualquer atleta ao chegar aos 20 anos se saiba se o clube o vai aproveitar ou se deve ser vendido/libertado, mas vamos vendo imensos atletas que aos 20/21 anos ainda ali andam sem que se perceba qual o caminho que o clube vislumbra para eles. A equipa B, sub-23 e juniores tem que ter só os melhores, porque equipas competitivas podem exponenciar o potencial de todos os membros do plantel para se perceber se num contexto de excelência os atletas realmente rendem.
    RIGOR, MUITO RIGOR, GASTAM-SE RIOS DE DINHEIRO DE FORMA POUCO LÓGICA.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muitos jovens aos 20 anos prometem ser grandes jogadores e depois estagnam e regridem e outros pelo contrário evoluem e progridem mais tarde. Quantos dão nas vistas nos juvenis e juniores, depois por várias ordens de razão desaparecem e por volta dos 23 / 24 anos se tornam grandes jogadores??? Tens de dar tempo...as personalidades de cada indivíduo diferem de uns para outros.

      Eliminar
    2. Cavungi197510/2/22 19:16

      Aos 20 anos ou inequivocamente vão fazer parte do plantel A, se existem dúvidas emprestam-se a Tondelas por 2 anos, se evoluírem perfeito, caso contrário deixar as pessoas seguirem o seu percurso. O que foi feito com o Dantas é correto, ou o Nuno Santos ou o Vukotic. Manter contratos com jogadores de 22 anos sem perspetivas de evolução é desperdiçar dinheiro e energia.

      Eliminar
  19. Será que Rui Costa liga às preocupações dos benfiquistas que não andam a lamber-lhe as botas ou a viver à conta do orçamento? Seria muito bom se o fizesse. Ajudá-lo-ia a mudar a mentalidade tacanha, peneirenta e perdedora que se instalou (através de Vieira) no clube e o corrói dia a dia.

    ResponderEliminar
  20. Caro Redmon,
    Leio com assiduidade o que aqui publica. Muitas vezes estarei de acordo outras (poucas) nem tanto, nunca fiz até à data qualquer comentário, mas hoje não posso pura e simplesmente deixar de realçar o que para muitos apenas mais uma verdade "lapalisseana", para mim o cerne da questão."....Porque a inspiração vai e vem, só a transpiração se controla ..." nunca a vi tão bem expressa em tão poucas palavras. Congratulo-o pelo discernimento.
    Abc,
    JA

    ResponderEliminar
  21. grande texto redmoon estás on fire hoje amigo. sublinho tudo o que aqui está dito. eu proprio tambêm falo nisto desde a segunda época do rui vitória e fomos campeões o tal tetra e que depois no ano seguinte vi tudo aquilo que falava e via a acontecer no clube pelas ideias do LFV a descambarem a olhos vistos. mas muitos Benfiquistas demoraram a entender a coisa, até o estrago ser tão grande que já não se pode esconder.

    abraço redmoon

    ResponderEliminar
  22. José Ferreira7/2/22 16:22

    É verdade sim senhor. E Rui Costa ao passar lá 13 anos também ele com grande responsabilidade na fraca mentalidade que graça naquele clube a todos os níveis, também ele vai ter de mudar a sua, porque até se chegar aos jogadores, primeiro comeca-se pelas cúpulas e no caso presente por ele que é o presidente.

    ResponderEliminar
  23. Anónimo7/2/22 17:02

    Grande benfiquista RedMoon,

    Eu vou fazer 50 anos daqui por 2 meses na altura da PÁSCOA...

    Sou do signo CARNEIRO e sou um foguete mal orientado...

    Mas sou muito INTUITIVO e tenho uma grande INTELIGÊNCIA EMOCIONAL...

    Mas já não tenho idade para andar metido em confusões...

    Que é o que vai ser preciso andar para o BENFICA VOLTAR a estar lá em CIMA...

    Confusões lá dentro da Luz e cá fora...

    EU PELO BENFICA...

    Faço TUDO dou tudo obviamente...

    Dou o meu ❤️ alma PELO BENFICA!

    Só não dou o cu ��

    O BENFICA para mim está ACIMA de TUDO e mais ALGUMA COISA...

    FAMÍLIA
    AMIGOS
    SAÚDE

    TUDO!

    ResponderEliminar
  24. Anónimo7/2/22 17:03

    E o problema será só da dita estrutura? Será que os adeptos têm a exigência suficiente para não embandeirar em arco ao primeiro miúdo que consiga fazer um remate, mesmo que frouxo, ou que consiga correr sem se desiquilibrar? O Ferro não era celebrado nas bancadas como futuro Real Madrid? O João Félix não era tido como um craque que valia mais de 50 milhões? O Bernardo não é já tido como um grande jogador antes de ter feito absolutamente nada? Até o Svilar era bom guarda redes e os 7 Tavares eram jogadores...

    ResponderEliminar
  25. A convicção dele está ao nível da que a equipa demonstra a cada jogo!
    Palha do palheiro!

    ResponderEliminar
  26. Águia Preocupada7/2/22 18:41

    É tudo o que dizes. O Benfica há muito se tornou uma casa de passem um entra e sai conforme os méritos ou não. Só que no Benfica e porque se tornou numa empresa de negócios tem sido os melhores a serem vendidos mal chegam ou mal tiram os cueiros no caso dos miúdos da formação.
    Quanto a mudar de mentalidade? Como, se o Rui foi um dos grandes e maiores responsáveis pela mentalidade actual? E não foi só pela conivência e pelo silêncio. Foi-o também pela postura e actuação que demonstrou nestes 13 anos de (des)benfiquismo que foram a sua matriz.
    No Benfica, só se mudará de mentalidades quando o poder e gestão estiverem na posse de benfiquistas genuínos e não oportunistas, chupistas, interesseiros e "peseteiros"!

    ResponderEliminar
  27. Tranquilos benfiquistas o " cancro" do Benfica já saiu...agora vai ficar tudo bem...ahhhaha bandas pategos!

    ResponderEliminar
  28. Jose Vieira7/2/22 20:16

    Bom post Redmoon.
    O Benfica de Vieira e do Vieirismo é o Benfica do entreposto comercial, das negociatas dúbias em vista do dinheiro para alguns oportunistas e escroques da sociedade portuguesa, nunca em função de uma política desportiva para o sucesso do Clube. Os resultados estão bem à vista: o desaparecimento da mística histórica do Clube, a perda da hegemonia interna (há mais de 20 anos), o completo ocaso europeu.
    Tudo no Benfica dos últimos 12/13 anos foi feito para engrossar a conta bancária de LFV e dos amigos, o que explica a miséria competitiva do Benfica, no futebol e nas modalidades (a que LFV nunca ligou nenhuma, por razões óbvias).
    No porto, aqueles escroques todos (dos dirigentes, a começar em PC) também gostam muito do dinheiro, mas têm amor ao Clube, apesar de tudo e mantêm uma vontade firme de vencer. No Benfica ...
    O nosso Clube precisa de uma regeneração total de pessoas, dos órgãos sociais às estruturas profissionais do futebol. Os sócios não quiseram; eles são os grandes culpados da inexorável decadência do Clube nos últimos 30 anos.
    Como está, o Benfica não tem futuro, não recuperará a hegemonia interna e nunca voltará a ser alguém na Europa, onde deveria figurar como um dos grandes, não o Clube da 3.ª divisão que é hoje.

    ResponderEliminar
  29. Subscrevo.

    Falo há anos na urgência de uma revolução de mentalidade no Clube.

    ResponderEliminar
  30. Anónimo7/2/22 23:09

    Então e voces nao pedem jogadores p serem titulares? Eheh

    ResponderEliminar
  31. sim e não, sim os empresários meteram muito lixo mas o que te esqueces de dizer é que muito desses empresários eram os empresários dos tres treinadores que falas e foram eles também a meter jogadores porque os empresários queriam.
    mas isso a ti não convém dizer já que o teu objetivo é apenas demonstrar que a culpa não é do bazofias que não escolheu os jogadores, tretas.
    lá esta como se o bazofias metesse a jogar os jogadores que ele queria e não os que eventualmente lhe impuseram.

    mas o pior é que são os adeptos que querem à força meter os putos mesmo que ainda não tenham a qualidade necessária, sendo que a maioria entra não porque consegue ter uma qualidade extraordinária mas porque os outros que contrataram foram de má qualidade para dar possibilidade a eles poderem subir mais facilmente.

    extraordinário só agora é que perceberam que o iluminado o que queria era vender jogadores e que ele geria a sad como se fosse uma fabrica de enchidos.
    sempre foi assim no tempo do bazofias mas alguns andavam tão cego com o mais melhor treinador português de sempre e um dos melhores do mundo que nem perceberam que se passava.
    pelos vistos só agora que o bazofias foi corrido é que viram deixem de ser viúvas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João os adeptos apenas querem os putos a jogar porque os titulares dessas posições não prestam... só isso.
      O Benfica devia ter uma primeira linha de titulares indiscutíveis e no banco 3 jogadores da formação. Quando os adeptos pedem os jovens é simplesmente os titulares não têm qualidade para jogar no Benfica.

      Eliminar
    2. lá esta mas é essa obrigatoriedade de ter tres no banco que sou contra, até poderiam ser os nove se tivessem qualidade para isso ou ser nenhum.
      mas só por ser da formação existe qualidade, queres uma lista de gente da formação que não tem qualidade.
      mas se quem vem da formação não tiver mais qualidade do que os titulares mesmo que este não a tenham de que serve isso.

      mas estas a dizer que o bernardo é melhor que o joão mario, mesmo o gonçalo tem os mesmo minutos que os resto dos avançado e a produção é idêntica.

      Eliminar
  32. Anónimo8/2/22 07:10

    No Benfica não falta nada. O Benfica é isto! Há 40 anos que vejo bola e o Benfica sempre foi esta desorganização completa e feira de vaidades. O Benfica atual é consentâneo com o Benfica como o conhecemos. Não se gosta? Paciência mas é o que é!

    ResponderEliminar
  33. Só não concordo com este excerto:
    "Já no Porto, percebe-se claramente o critério das escolhas de Sérgio Conceição. Dá primazia a jogadores robustos, com personalidade, sangue na guerra e espírito de sacrifício, porque há muito que inteligentemente percebeu que em anos de vacas magras e onde a qualidade é limitada, a diferença tem de se fazer pelo suor."

    Em primeiro lugar não acho que a qualidade seja limitada, ou vamos dizer agora que os miudos que ganharam a youth league e são agora titulares não têm qualidade? Ou vamos dizer que Luis Diaz não tinha qualidade?
    Em segundo lugar, o jogador "tipo" do Sérgio Conceição, é um jogador à sua imagem, um jogador que dá tudo em campo, em que um treino é levado a sério como se fosse um jogo de Champions. É a filosofia com que ele e os jogadores do Porto da altura cresceram e tenta implementar isso nas equipas que treina. E essa raça não se tem visto noutros clubes.

    ResponderEliminar
  34. Anónimo8/2/22 08:32

    Amplamente de acordo Redmoon.
    Depois da bela vitória alcançada ontem - aleluia - após a dita confrontação no balneário, faz ainda mais sentido o que mencionaste.
    Urge devolver o Benfica aos benfiquistas, varridela geral: começar no speaker Paulo Farol (fanático sportinguista de Seia), passar pelo fidalgo Simão (mais um aspirante a xô doutor), incluir o Luisão (bufo e elemento causador de discórdia no balneário), abandonar o super falcatruas Jorge Mendes (chefe do invertebrado Brás) e acabar no DSO e todos os acólitos do Presidente Luis Filipe Vieira (do qual o maestro Rui é testa de ferro)!
    Coloco igualmente na balança a par da estrutura, os adeptos. São eles que legitimam esta vergonha há décadas. Já salivam pela Cidade Benfica é disto que eles gostam.. acefalia total!

    Abraço, força consócio Redmoon

    ResponderEliminar
  35. Tudo muito certo e tal. Há largos anos que pessoas lúcidas sabem isto e tudo e o que acontece? São abutres, querem tacho e não têm memória. O clube morreu em valores há muito tempo. E a culpa sim, é dos sócios e adeptos que insistiram nisto. E é mais fácil mudar pessoas do que mentalidades e o rc não o vai fazer. Não quer nem o pode.

    ResponderEliminar

O NGB mantém registo dos comentários. Se comentar anonimamente, não use o nickname Anónimo. Deverá inserir um nick seu (em Comentar como: opção Nome/URL). Seja moderado na linguagem, senão será rejeitado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no contexto do blog.

ranking