O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 1 de março de 2014

Béla Guttmann de volta à Catedral

 ●  5 comentários  ● 

NÃO HÁ BEM QUE SEMPRE DURE... NEM MAL QUE NUNCA ACABE!

































Na altura em que se comemora o 110 Aniversário do maior clube do mundo, o Benfica, cuja história continua e continuará sem paralelo noutro clube ou país, decidiu homenagear porventura o nome mais amado/odiado na luz. Amado pelas conquistas que através do S.L. Benfica trouxe para um país habituado a tudo menos a vitórias e admiração desde o tempo das caravelas; odiado pela maldição que criou na luz. 

O Benfica inaugurou assim pelas 15h30 de 28 de fevereiro na porta 18 do seu estádio ( que conta já com o busto de Miklós Fehér) uma estátua de bronze com 2 metros de altura de Béla Guttmann, sendo da autoria do escultor húngaro Szatmari Juhos Laszlo e foi feita na Hungria, tendo chegado a Portugal há semanas, no maior dos secretismos.

O objetivo simbólico é o de "quebrar" a "maldição" lançada pelo ex-treinador húngaro, que um dia terá dito que sem ele o clube da Luz não voltaria a ganhar uma Taça dos Campeões nem nos 100 anos seguintes.

A cerimónia da inauguração contou com a presença, entre outros, do vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, e do secretário de Estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Zsolt Németh - n.d.r. Luis Filipe Vieira estava ausente, devido ao funeral do nosso eterno Mário Coluna. O governante húngaro disse que espera ver "dissolvida" a maldição de Béla Guttman contra o Benfica com a inauguração desta estátua. E explicou como surgiu a ideia.

"O Benfica ganhou duas Taças dos Campeões, em 1961 e em 1962, uma contra o Barcelona e outra contra o Real Madrid. Guttman Béla era o treinador nessa altura e quis um aumento de salário. No clube disseram que isso não estava no contrato. Então ele disse, se não me dão vou-me embora, mas amaldiçoo-os: durante 100 anos o Benfica não vai voltar a ganhar a Taça dos Campeões. Passaram 50 anos desde então e o Benfica não ganhou. Foi então que o embaixador da Hungria, Norbert Konkoly, surgiu com uma solução para este problema. Falou dela ao presidente do Benfica e ele concordou. A solução é colocar uma estátua de bronze enorme, de dois metros, no estádio do Benfica com as duas Taças dos Campeões nas mãos. E depois ele regressa. E, regressando, a maldição desaparece e, desaparecendo, veremos resultados. É esta a história", explicou Zsolt Németh, dizendo que o acontecimento é tão importante para os benfiquistas como para os húngaros.

Esperemos que para além da devida homenagem, a maldição seja mesmo quebrada, e se possível, já esta época! Eu não acredito em bruxas... pero que las hay, las hay.... Por isso, vamos acreditar que agora sim, mais do que investimento no plantel, ou no planeamento desportivo e ou consequente saneamento financeiro, estão lançadas as bases para um sucesso europeu, Finalmente


Carrega Benfica, Sintam a Mística!!



5 comentários blogger

  1. O senhor Shadows que tanto parece gostar das coisas transparentes e claras, esqueceu-se certamente por "lapso", de referir a história deste senhor Guttman. Mas como recordar é viver, cá vai.
    Este senhor Guttman veio para Portugal treinar o F.C.Porto e foi campeão no ano celebre ano do calabote 1958/1959. O Porto estava a gostar do trabalho dele e queria renovar o contrato ainda no decorrer da época, mas este senhor ia adiando essa renovação pois alegava que havia tempo para o fazer no fim da época.
    Mas dirigentes do Benfica que tanto apregoam a moral e os valores éticos, contrataram-no às escondidas do Porto ainda o campeonato nacional decorria, apesar das excelentes relações institucionais que mantinham com o Presidente do F.C.Porto. Por isso mesmo o treinador Guttman tanto hesitou em renovar pelo Porto. No fim desse campeonato, teve o displante de dizer que mudou do Porto para Lisboa por causa do ar frio do Norte afetar-lhe os ossos. Mas passados 19 anos dessa decisão, esse mesmo senhor aceitou treinar o F.C.Porto de novo e aí já não se queixou do ar frio do Norte.
    Isto acontecia no tempo em que eramos bons rapazes, mas estavamos sempre a ser comidos. Depois ainda criticam o Pinto da Costa?
    Agora quero ver se o Shadows vai publicar ou censurar esta mensagem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Brussel Sprouts01 março, 2014 23:01

      Não entendo como é que isso seja ilegal ou não ético. Se o treinador terminava contrato estava no seu pleno direito de assinar por quem bem lhe aprouvesse. Isto não é a ditadura a que estão habituados.
      Se não ficou no Porto foi porque não quis ou não lhe agradou.

      O que o Benfica nunca fez foi aliciar o empresário com dinheiro por debaixo da mesa ou quando o treinador já tivesse dado a palavra ao Porto. Porque nunca a deu.

      O PC tentou contratar o JJ várias vezes quando este ainda tinha contrato com o Benfica e isto é que é ilegal e nada ético. Mas levou com os pés no focinho de porco!

      E posso dar-lhe exemplos de jogadores a quem o Porto falsificou contratos com assinatura falsa (Maniche) ou aquele jugoslavo que ia para o Guimarães e cujo contrato nunca chegou à Liga indo parar ao FCP.
      O Benfica nunca fez isso mas vocês fizeram várias vezes.

      Eliminar
  2. Se fosse assim tão fácil...

    ResponderEliminar
  3. Guttmann só é odiado por quem ignora o que ele fez pelo Benfica.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking