Granda Toni, fodasse!!
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Granda Toni, fodasse!!

Avatar
 ●  + 24 comentários  ● 
Era puto, e lembro-me de faltar às aulas um dia com um amigo meu para ir à Luz assistir ao treino do Benfica, antes da partida da equipa para Londres para defrontar o Arsenal, esse célebre jogo da segunda mão da segunda ronda da Taça dos Campeões Europeus de 1991/1992, jogo em que Isaías (um dos meus jogadores favoritos de sempre) partiu a loiça toda e derrotámos os Ingleses por 3-1.

Nesse dia, para esse treino, levámos connosco um gravador à jornalista, e armados em jornalistas andámos, a entrevistar jogadores e treinadores, no percurso que faziam entre o campo número 3 e o balneário cá em baixo, junto à porta principal do velhinho Estádio da Luz.

Devo dizer que éramos miúdos de 12 ou 13 anos, e ainda que por isso me seja fácil perceber que todos sabiam que não éramos jornalistas, todos aqueles com quem tentámos falar nos responderam cordialmente. Todos, menos um, o último com quem quisemos falar, Eusébio da Silva Ferreira. Eusébio embirrou com o gravador, e perguntou para que raio era a entrevista. Nós dissemos (mentimos) que era para a escola, e ele a insistir que aquilo não fazia parte da escola, e acabou por não nos dizer nada e ser até algo ríspido connosco.

Claro que eu sabia quem era Eusébio. Era o maior, era o King, mesmo que nunca o tivesse visto jogar. Tinha estatuto herdado dentro de mim, não pelo que dele testemunhei, mas pelo que outros me foram passando. Ainda assim, lembro-me que ainda hoje, sempre que me encontro com esse tal amigo do gravador, lembramo-nos desse dia e gozamos com o Eusébio. Gozamos, porque a nós sempre nos tinham dito que Eusébio era um exemplo de humildade, e nós nesse dia, ficámos com a impressão exatamente contrária. Essa foi a impressão que ficou para sempre, ainda que baseada nas peripécias de um simples dia, com toda a margem de erro que impressões de um simples dia acarretam.

Para mim, que não o vi jogar portanto, que não vibrei com os seus golos, o que Eusébio deixou em mim foi muito pouco. Eusébio também nunca foi um bom falante, pelo menos publicamente. Era tímido aparentemente, e não me lembro de alguma vez me ter feito emocionar ou vibrar efusivamente de Benfiquismo, por alguma intervenção sua.

Lembro-me da gala do Benfica em sua homenagem, do discurso simplesmente maravilhoso de Mário Wilson, eu quase em lágrimas, e Eusébio lá estava prostrado na sua cadeira, tímido e sem manifestar grande emoção. Lembro-me de ver Eusébio com Daniel Oliveira no Alta Definição. Mas mais uma vez soube-me a pouco, porque a verdade é que Eusébio, pelas palavras, nunca me conseguiu transmitir grande emoção, mesmo que muita tivesse dentro de si, mesmo que tudo fosse dificuldade em expressar-se como gostaria.

E esta referência a Eusébio, serve-me apenas para adicionar o contra-ponto, outro que também nunca vi jogar, mas que pela sua história desde que sou vivo, sempre representou para mim muito mais do que Eusébio: Toni, para mim a maior figura do Benfica dos últimos 30 anos!

Toni representa para mim o que o Benfiquismo tem de melhor, de mais puro e mais genuíno. Se me perguntarem de uma só razão para ser Benfiquista, terei todo o orgulho em dizer que é por causa de Homens como Toni... Se me perguntarem o que é a mística eu direi que a mística é Toni... Se me perguntarem porque razão o funeral de Eusébio teve tanta cor, eu direi: também por causa de homens como Toni, monumentos vivos da história e da glória encarnada, homens que sempre que falam do Benfica carregam no olhar a fotografia, e a todos fazem sentir como se estivéssemos lá com eles a viver tudo o que eles viveram.

Também em puto pedi um dia o autógrafo a Toni, numa fotografia que tinha dele abraçado a um amigo idoso que pertencia à imprensa nacional, na celebração do seu título nacional como treinador. E Toni parou no seu percurso, mirou a fotografia por segundos emocionado (o jornalista morrera há pouco tempo), sorriu para mim com os olhos embargados, passou-lhe a caneta com orgulho e sem dizer nada afagou-me o cabelo. E eu só me lembro de pensar nesse dia: “Granda Toni, fodasse!!”

E para mim, a história do meu Benfiquismo tem sido sempre regada com muitos “Granda Toni, fodasse!” Granda Toni fodasse como jogador; Granda Toni fodasse como treinador, Granda Toni fodasse como comentador televisivo, Granda Toni fodasse como Diretor desportivo, Granda Toni fodasse sempre que o glorioso Benfica precisa de porta vozes e Toni surge como o primeiro que toda a gente procura ouvir! Granda Toni fodasse porque Toni é o maior monumento vivo de um Benfica Glorioso que dentro em breve já só será conversa de Museus!

Se há homem que nunca devia ter saído do Benfica é Toni.

Se há homem que conhece o Benfica de alto a baixo e é um dos seus maiores embaixadores é Toni...

Se há homem que tem sido o maior símbolo da mística encarnada, não durante apenas os 12 ou 15 anos que jogou à bola, mas durante toda uma vida, dentro e fora do campo, é Toni!

Se há homem que diz: “Ser o Toni do Benfica não tem preço” é Toni.

Se há homem que ao Benfica tudo deu e também por ele tudo perdeu (profissionalmente falando) é Toni.

Se há homem que, por amor cego ao Benfica, foi capaz de dar (como ele próprio hoje admite) duas bazocadas nos pés ao aceitar passar a adjunto de Eriksson depois de ter celebrado o título nacional como treinador principal do clube, é Toni.

Se há homem a quem o Benfica deve de facto uma homenagem em vida é a Toni.

Desculpem aqueles para quem se calhar estarei a ser injusto mas, sou daqueles que acredita que se a partida de Eusébio deixou um enorme vazio, a de Toni deixará um dia uma cratera do tamanho do Estádio da Luz.

24 comentários blogger

  1. Olha eu achei a entrevista com o Daniel Oliveira algo emocionante,pelo menos a parte final quando lhe perguntaram se era feliz,ele responde que sim..mas sempre com um pé atrás diz que aquilo que o deixa triste são as saudades,de outros tempos e de quem já partiu identifiquei-me bem com ele.

    ResponderEliminar
  2. Quanto ao resto estou 100 de acordo,o Sr.Toni...quando alguem fala no Toni alguem pergunta mas qual Toni? "á tantos né verdade" dizem o Toni do Benfica....e seja quem for fica logo com um sorriso na cara e diz..ah sei...: :D.È sem duvida uma grande personagem

    ResponderEliminar
  3. só vi TONI 1 vez na minha vida! Estava eu na estação de metro em amsterdão, numa movimentada onda vermelha quando vejo uma grande agitação e um senhor bem alto que se sobressaía no meio da multidão... com o aproximar verifiquei que era o Toni! A ser interceptado por todos os lados num misto de autografos e fotos, agradando e respeitando tudo e todos e eu a ver o cenário... Quando deu por ela Toni tinha perdido a companhia e os amigos dele ja tinham ido embora, rumo à cidade de amsterdão! Quando o vejo a dizer a toda a gente que pedia desculpa mas ja não sabia dos amigos e começou a correr por la fora eheheh grande Toni!

    ResponderEliminar
  4. Falei com o Toni duas vezes na vida. Na primeira era jornalista e entrevistei-o por uma razão qualquer que agora não me lembro.
    Na segunda estava a trabalhar numa loja de roupa no Colombo (as voltas que a vida dá) e ele lembrou-se de mim.
    É mesmo boa pessoa, seja a ser entrevistado seja como cliente :D


    ResponderEliminar
  5. Já tive o prazer de petiscar num restaurante na mesma mesa do Toni, na véspera do Benfica-Rio Ave, que nos deu o título. É, de facto, um senhor!

    ResponderEliminar

  6. Redmoon

    Concordo com a tua análise à personalidade do Eusébio. En contei agora quando da sua partida que tive o privilégio, por obra do acaso, de estar a sós com ele cerca de 15 minutos e não termos trocado mais do que uma dúzia de palavras e se as moscas não se ouviam era porque não as havia.

    Estive também com ele em outras ocasiões mas em eventos do Benfica, se a elas me tenho referido é entre amigos e poderei voltar a fazê-lo em privado, nestas circunstâncias nunca o farei.

    Quanto a Toni dizes tu:

    """""""""Se há homem que pelo Benfica tudo fez e também por ele tudo perdeu (profissionalmente falando) é Toni.""""""

    Posso garantir-te que Eusébio não perdu só profissionalmente pois financeiramente ficou sem muito dinheiro e não foi só uma vez.

    De todas as grandes figuras do Benfica aquela com quem posso dizer que tenho uma velha e grande amizade é com Toni e poderia aqui referir um sem numero de peripécias e episódios alguns dos quais me tocaram profundamente ao convidar-me para reuniões restritas onde não deveria estar. Penso que o fazia pela confiança que sempre depositou em mim e também porque sabia que disso não faria aproveitamento.

    Foi numa dessas situações que pude conhecer esse ENORME BENFIQUISTA, a quem também referes no teu post e que atravessa um momento didifcil, O Grande Capitão, Senhor Mário Wilson. A partir desse dia, já la vão uns bons anos, poucas vezes, devido à distância e à sua retirada da vida activa dos futebois. Ligo-lhe religiosamente no dia dos seus anos e ele ainda se lembra de mim.

    Mas voltando a Toni há uma faceta, que até poderá significar para quem não o conhece alguma dificuldade de expressão, é a forma pousada e pensada ao pormenor como se pronuncia em televisão evitando sempre melindrar a Instituição ou os que dela, sem excepção fazem parte.

    E na sua modéstia e bonomia há tanta coisa que nunca disse publicamente, Ele, que de certeza é hoje a pessoa que mais sabe do passado e do caminho a trilhar no presente.

    O seu grande defeito....A MODÉSTIA, mas também o respeito por todo o ser humano, a tolerância perante alguns que tantas vezes o desrespeitaram e até outros que o atraiçoaram o que o leva a trazer sempre o perdão no bolso.

    O grande "armário"" que é permite-lhe armazenar muitas coisas, que por vontade própria, ficarão para sempre fora de uso.

    Tantas vezes em privado e em publico o vi o seu coração sentimentalão emocionar-se ou chorar nas alegrias ou tristezas do seu Benfica que estou certo está sempre em primeiro e que o seu núcleo familiar sempre compreendeu.

    Toni tem sido para o Benfica muito mais do que aquilo que se possa imaginar, mesmo que sem ressentimento tenha enterrado muitas mágoas que alguns indignos representantes do Benfica lhe provocaram.

    Esperemos que como tu e muitos outros saibamos em vida saber distinguir UM DOS MAIORES VULTOS DE SEMPRE DO NOSSO BENFICA.

    Bem hajas ""TONI DO BENFICA""







    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde se lê

      ....Posso garantir-te que Eusébio não perdu só profissionalmente pois financeiramente ficou sem muito dinheiro e não foi só uma vez....

      Deve ler-se

      Posso garantir.te que TONI não perdeu só profissionalmente pois financeiramente ficou sem muito dinheiro e não foi só uma vez.

      Toni e não Eusébio como por lapso escrevi.

      As minhas desculpas.

      Eliminar
    2. Redmoon

      Penso que não pois penso não ter dito nada que muita gente saiba ou depreenda mesmo sabendo que poderia referia aqui muitos episódios vividos que seria para ele também lisonjeiros. Sabe-me e faz-me bem recordá-lo mas tanto neste caso como noutras vivências, umas descontraídas, outras interessantes e muitos outras de serviço ou defesa do Meu Benfica mas evito fazê-lo, aqui, para não aziar alguns preocupados com o tamanho do meu umbigo.

      Depois também porque o texto teria de ser corrigido já que em comentário escrevo ao correr do pensamento e porque tenho o mau hábito de não reler saem muitas gralhas e falhas na composição o que até aconteceu porque reli depois de ver da tua sugestão.

      Deixa lá, talvez um dia escreva um livro, nem que seja só para mim e só o tema Toni gastaria muito papel mas também não é fácil porque porque a predesposição, a preguiça ou porque a vontade de acabar o que começo esbarra com o perfeccionismo de algo em que me empenhe o que leva a constantes correcções da composição.

      Passe a imodéstia também a esta minha paixão, diria mesmo doença tenho dedicado muito do meu tempo e não só.

      Abraço

      Eliminar
    3. Acho que toda aquela malta daquelas gerações dos oitentas, terá tido dificuldades na vida depois do futebol.

      O que em alguns casos será mais difícil de aceitar, casos como o de Toni, que sempre teve um capital de conhecimento do Benfica, aliado ao seu capital humano, que acho um CRIME o Benfica desperdiçar. Mas isto, claro, sou eu a dizer.

      Eliminar

    4. Sim concordo pois a perca da hegemonia condenou a grande maioria ao degredo.

      Os anos 90 como o auge da corrupção cavaram feridas profundas.

      Eliminar
  7. A imensa paixão do "Toni do Benfica" como ele é chamado faz com que ele, bom treinador (e campeão) nunca tenha tido uma oportunidade para ser treinador em Portugal...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi co-treinador no europeu de França e penso que adjunto ou não.

      Eliminar
  8. Toni = Sr Benfica ... tá tudo dito!!

    ResponderEliminar
  9. O seu maior orgulho é ser conhecido pelo «Toni do Benfica»

    Essa foto do post, é a prova que houve alguém que ainda no século passado, foi buscar o Senhor Eusébio da Silva Ferreira de volta à Instituição.
    Falar do Toni é uma mistura de sentimentos. Eles misturam-se porque para além do Toni ter aprendido a ser um grande Lampião. O Senhor da Anadia, ganhou com o tempo, aqui para o imbecil do luis uma dimensão Gloriosa como Ser Humano. É uma referência na honestidade, na simplicidade, um rosto na verdade dos sentimentos.
    Tem um coração do tamanho do mundo. Depois é uma enciclopédia viva do Futebol.
    O amor incondicional ao Sport Lisboa e Benfica, tornou o Toni como um Treinador em exclusivo do Benfica aqui em Portugal. Mas também não poderia ser de outra forma, tal foi a frontalidade com que enfrentou quem estava e impôs o sistema dos últimos 35 anos . A inveja não tem dado o devido relevo aos feitos do Toni como Treinador. Imaginar o Plantel que transportou a uma final dos campeões europeus. Não ganhar nos penaltis e com infortúnio de ficar sem o cérebro ofensivo, o Diamante.
    Apagar fogos dos dirigentes, ser mal tratado por muitos invejosos ,não ser respeitado por muitos Benfiquistas habituados a Vitórias mas sem o discernimento para constatar o "sistema corrupto" já em marcha nos anos 80.
    Se houvesse orgulho e alimentar a tradição por um Benfica puro. O Toni do Benfica devia ter sido o " sir alex" aqui do burgo.
    Isto de ser Jogador, depois adjunto honesto como ninguém, passar a Treinador, voltar a adjunto...fazer de dirigente já no vazio de determinadas direcções, com aquela emoção muito própria de alguém que respeita a Instituição Sport Lisboa e Benfica até à morte.
    Poderá ir para o Irão outra vez, poderá não ter espaço na componente técnica da actual sad, mas será sempre aquela Voz à Benfica em qualquer canto do mundo.
    A lealdade é importante. O desperdício daquele conhecimento do Futebol e do Benfica Genuíno em particular é um desperdício galáctico.
    Lembrar uma das muitas histórias, quando nos primeiros minutos (não dias ;) dos treinos já em terras francesas, disse ao adjunto jesualdo ferreira, olhando para dugarry e zidanne.
    - "Jogam tanto, que aqueles não ficam cá muito tempo ;)",

    Foi o grande olheiro para a qualidade do deco, do maniche entre outros... Depois andou a sofrer com a qualidade deles ao serviço dos "outros".
    Mas saudades, saudades, são daqueles "assobios fortes, autoritários" para corrigir o iniciante Maestro Rui.
    A grande mágoa era ouvir que a Pessoa Humana daquele calibre não tinha autoridade no balneário, minado já por este mundo dos Milhões e sistema que sabia daquela enorme competência na competição. Criaram muita dor de cabeça a este Homem do Povo só para assaltarem (alguns foi só pela vaidade outros é mais grave...) o Benfica dos Valores Éticos e Morais da Nossa Instituição !!!

    Nota: Tinha merecido…Tenho na ideia que no Mundial de 2002 faria na Selecção Bem Melhor que outro antónio…

    Fodasse... Aquilo sim é um Bigode à Benfica ;)

    Benfica Todos Tempos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fodasse... Aquilo sim, é um bigode à Benfica!

      Hahah, nem mais, excelente testemunho!

      Eliminar
    2. E não creio que Toni tivesse dificuldade em gerir balneários: Quem geriu um com Iuran, Kulkov e Mostovoi, está apto a gerir uma guerra à séria no Médio Oriente!

      Eliminar
  10. Faço um programa de rádio com uns amigos, na UAL. Passa na Rádio Autónoma, em streaming, e um dia tivemos o Toni como convidado.
    Fui eu que tive a honra de o ir buscar e pôr a casa. Foi um dos dias que já mais esquecerei. Ainda hoje, desço a Alexandre Herculano e lembro-me do orgulho que sentia em ir ali, a andar lado a lado com o GRANDE TONI! Lembro-me da brincadeira do RAP com a boleia ao Eusébio. NO MEU CARRO ANDOU O TONI!
    Concordo inteiramente com este texto. O Toni "deu-me" mais que o Eusébio!
    O Benfica "sente-se" melhor nos olhos do Toni.
    Vejam a entrevista. Há em vídeo e em áudio.

    Foi um dias melhores dias da minha vida!!!!

    Viva o Benfica!
    Viva o Toni!

    http://www.ualmedia.pt/pt/?det=14842&section=UAL&title=Toni-na-Pensao-Boavista&id=2642&mid=

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. I don´t k now why, mas esse video com a entrevista não arranca na minha máquina.

      Eliminar
    2. Pois, de facto também não estou a conseguir abrir.
      Até arranjarmos solução, aqui fica o áudio.
      Ao fim e ao cabo, é um programa de rádio (onde só gravamos em vídeo os convidados!).
      http://www.ualmedia.pt/ra/?v=1075
      Seja lá como for (o formato!), vale a pena!

      Eliminar
  11. Todas as grandes figuras do Benfica deram muito ao clube, fizeram do Glorioso aquilo que ele é. Por isso é que lhes chamamos grandes figuras. Não gosto de fazer comparações entre eles. São todos grandes benfiquistas, todos me deram enormes alegrias porque faziam parte de uma equipa ganhadora. Habituei-me, desde menino, a ser amigo de todos, a ter-lhes muita estima, sem ter conhecido pessoalmente nenhum deles.
    Toni é um dos maiores de sempre! Tivesse ele outra personalidade, tão maltratado que por vezes foi pelos seus, o ressentimento tê-lo-ia afastado. Mas o Toni é a bonomia personificada, e o amor que tem ao Glorioso é tão grande, que as mágoas, estando lá, porque certamente estão, nunca o impediram de se aproximar do seu Benfica, de falar dele, de se emocionar por ele. Um grande senhor, daqueles benfiquistas que toda a gente respeita, tal a dimensão do homem! Um benfiquista dos maiores!
    Presidente, direção: Por que não está este homem ligado à estrutura do Benfica? E para quando a homenagem que ele merece ver, pelo amor e pela dedicação extraordinários ao clube?

    ResponderEliminar
  12. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  13. Toni e Mário Coluna.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. O Senhor Mario Coluna sempre foi e é para mim o MAIOR MONSTRO SAGRADO e não consigo imaginar a repercussão, da muita que teve, no SLB se não tivesse decidido regressar à sua Terra.

      Eliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares