Já se tentaram colocar na posição do árbitro?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Já se tentaram colocar na posição do árbitro?

Avatar
 ●  + 4 comentários  ● 

"Pois bem. Se querem saber como o apitador vê o jogo, têm aqui uma experiência muito interessante que a Liga norte-americana preparou (MLS). Um câmara colocada ao lado do olho dá-nos a percepção do que se passa dentro de campo. Aconteceu num amigável entre as estrelas da MLS e a equipa da Roma."




Não parece assim tão fácil pois não? 

(Via 'Simão Escuta')


4 comentários blogger

  1. Esta resposta é para o "Simão escuta.. " que espero que esteja a lê-la.

    Eu analiso o trabalho da arbitragem sempre na pele do árbitro, ou seja, analiso a arbitragem tal como vi o lance a 1ª vez. Infelizmente a "Sporti-FCP TV" divulgou outro método de analisar o árbitro que é pelas repetições e AMPLIAÇÕES. Não foram os adeptos do Benfica que criaram o caso Capela, tal como antes criaram o caso Bruno Paixão num jogo do SCP, pois não Simão?

    Depois de ver o lance à 1ª tento formular uma opinião e uma decisão, com base no conhecimento das leis de jogo. Utilizo a repetição? Sim. Para confirmar se aquilo que vi à 1ª estava correcto ou não.

    Se estiver bem e o árbitro tiver decidido mal, considero isso um erro grosseiro, pois vi melhor do que ele, que é semi-profissional e bem remunerado. Se pelo contrário ele decidiu bem e eu é que vi mal, avanço com 1 ponto na sua honestidade profissional.

    No final do jogo contabilizo os lances que vi bem, os que vi mal, e comparo com as decisões do árbitro para poder analisar se foi uma arbitragem decente, ou um roubo de igreja, nas palavras do sempre assertivo José Maria Pedroto.

    Por outro lado este vídeo serve para colocar uma questão que o "Simão escuta" com um pouco de acutilância intelectual, teria colocado, em vez da "já experimentaram colocar-se na pele do árbitro?".

    Sendo os lances decididos me fracções de segundo e na maior parte dos casos, de difícil leitura, porque razão não há penaltys contra o FCP, por mão na bola, mas há contra o Benfica. Porque razão não há penaltys a favor do Benfica, mesmo quando Aimar é pontapeado na grande área da Académica de Coimbra, e para o FCP há quando o James tropeçou sózinho fora da grande área.

    O árbitro era o mesmo. Qual a tua explicação "Simão escuta"?

    ResponderEliminar
  2. 1º Não é para mostrar nada sobre o modo de ver o jogo
    2º É tentar andar dentro do campo com a câmara mas impróprio para consumo.
    3º Acaba por provar que nunca pensem em fazer tal coisa num jogo. Os olhos do árbitro não balançam daquela maneira.

    ResponderEliminar
  3. 1º Não é para mostrar nada sobre o modo de ver o jogo
    2º É tentar andar dentro do campo com a câmara mas impróprio para consumo.
    3º Acaba por provar que nunca pensem em fazer tal coisa num jogo. Os olhos do árbitro não balançam daquela maneira.

    ResponderEliminar
  4. Eu já estive no relvado de um dos estádios da primeira liga. A 40 metros de distância, e sem ninguém a tapar o lance, o árbitro vê perfeitamente o que aconteceu.
    Desde essa experiência que nunca mais me enganam com a treta do "não assinalou porque estava longe". Não assinala ou assinala, conforme a situação, porque lhe apetece.
    Ninguém me convence que o árbitro que em 2011 não marcou um penalti escandaloso sobre o Aimar contra a Académica não o viu. Ninguém me convence que uma semana depois o Proença não viu o Lucho cortar um contra-ataque com a mão no primeiro golo dos corruptos na Luz.
    Assinalam o que querem e tentativas de desculpar essa corja são ridículas.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares