Benfica, um rumo. (Por Rui Santos.)
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Benfica, um rumo. (Por Rui Santos.)

Avatar
 ●  + 8 comentários  ● 

"O Benfica nos anos seguintes a Vale e Azevedo encetou uma recuperação a todos os títulos notável tendo em conta o estado em que o clube se encontrava. Em termos de obra e património pouco mais há a fazer. Hoje em dia o Benfica possui um dos melhores complexos desportivos da Europa, um projecto Televisivo inovador e um Museu de nível mundial. Talvez haja espaço para avançar para a Rádio Benfica e para 
a disponibilização do jornal “O Benfica” online mas em termos de obra pouco mais haverá a fazer.

Podemos e devemos congratular-nos enquanto clube por estas conquistas mas não pudemos deixar que este sucesso nos impeça de ver o cada vez mais preocupante esvaecimento da alma Benfiquista. Os clubes hoje em dia são geridos como empresas mas não deixam de ser clubes. E nós, os sócios/adeptos, não passámos a, nem nunca seremos, clientes.

O próximo grande projecto do Benfica tem de ser o devolver o clube aos seus sócios e à grandeza desportiva perdida. Para que isto aconteça não basta contratar os melhores jogadores estrangeiros possíveis ou acertar por alguns anos num treinador vencedor. É preciso mais, é preciso criar uma identidade, deixar um legado e isso só se consegue com um rumo inovador para todo o futebol do Benfica e com um Líder 
e respectiva equipa composta por verdadeiros Benfiquistas que sintam o clube e que saibam o que é o clube. 

O projecto, estou certo que irá aparecer e com ele um líder capaz de conquistar os sócios e de nos fazer sonhar. A mim, enquanto sócio, não me satisfaz um candidato cuja grande promessa seja despachar o treinador e promover um director desportivo. 
Quero mais.

Dito isto, deixo aqui 11 passo/ideias, pouco desenvolvidas é certo mas, na minha opinião, essenciais para que o futuro do nosso clube se inicie o mais depressa possível. 

1º Passo – Estatutos e Orgãos Sociais: Rever os estatutos retirando o poder de voto às casas do Benfica e mudando os requisitos absurdos (nas ultimas eleições nenhum dos candidatos cumpria) que um futuro candidato a presidente do Benfica é obrigado a cumprir. Devolver o Benfica aos Benfiquistas e acabar com posições de decisão na estrutura directiva ocupadas por adeptos dos nossos rivais.

2º Passo – Identidade: Construir uma identidade para o Benfica consentânea com a sua história e com a identidade perdida, definir valores como raça, capacidade de sofrimento, unidade em torno de um ideal, espirito de corpo, superação nas adversidades, lealdade, génio, respeito e altivez e fazer delas bandeira para o plantel principal e principalmente para os miúdos da formação. Defender este lema até à morte e incutir de novo a mística aos jogadores.

3º Passo – Bilhética e Experiência de Estádio: Ter o estádio sempre cheio, baixando o preço dos bilhetes e percebendo que mais vale vender 60 mil bilhetes com uma receita x do que 30 mil com a mesma receita (Deixo as medidas de marketing para os profissionais mas a linha orientadora tem que ser esta). Mais, ir ao Estádio deve ser sinónimo de aproximação à equipa, aos dirigentes, aos ídolos passados, através de experiências, prémios e iniciativas comerciais.

4º Passo - Comunicação: Mudar a nossa forma de comunicar. Passarmos a ser activos e não reactivos, transmitindo sempre a nossa renovada identidade. Evitar ao máximo falar dos outros, o que interessa é o Benfica. Darmo-nos ao respeito e exigir respeito. Não pactuar com quem não nos respeita.

5º Passo – Formação e Quadros Técnicos: Inovar na formação procurando o que de melhor se faz no mundo copiando ou/e contratando quem tenha tido sucesso nesta área e nos possa ajudar (Neste momento seria interessante perceber o sucesso do futebol Belga na formação, por exemplo), definir uma forma e dinâmica de jogar que se coadune com a nossa identidade, história e que potencie as características típicas 
do jogador português. Inovar no treino e dar ao jogador o máximo de conhecimento do jogo. Evitar que um jogador chegue à equipa B sem perceber o jogo (pobre na tomada de decisão), sem saber fazer uma recepção orientada ou sem dominar gestos técnicos específicos à sua posição. Não sei se é possível treinar a tomada de decisão, posicionamento e gesto técnico específico a cada posição por grupos e como trabalho extra (deixo o treino para os profissionais) mas penso que se poderia inovar por aí partindo do que já é feito e introduzindo melhorias (Mais treino, melhor treino, treinadores com mais conhecimentos e competência). 

6º Passo – Estilo de Jogo: Com o tempo e sucesso do projecto da formação acima descrito adequar a forma de jogar da equipa principal ao estilo implantado na formação e não o contrário. Ao contrário de pôr as equipas de formação a jogar igual à principal, com o optimizar das equipas de formação e por resultado do sucesso (chegada de jogadores à primeira equipa) e inovações tácticas trabalhadas e cimentadas ao longo de anos de estudo (principalmente nas equipas de juniores e B) conseguir, sem grande esforço, adequar a equipa principal às equipas de formação e principalmente à filosofia do clube, fazendo da equipa A o reflexo de toda uma ideia.

7º Passo – Política Desportiva Positiva: Na equipa A continuar o trabalho feito descartando o que esteve mal nos últimos anos e aproveitar tudo o de bom foi conseguido. Quando JJ sair manter o rumo táctico escolhendo um treinador que traga as melhorias necessárias mas que tenha ideias de jogo e de jogadores similares para evitar revoluções e um novo entreposto de jogadores.

8º Passo – Constituição do Plantel: Analisar todos os jogadores com contrato, escolher 23 para a equipa principal, 25 a 27 para a B. Os restantes vender (ainda que mantendo percentagens de passes de jogadores cedidos definitivamente a equipas da Liga). No futuro montar o plantel A mesclado com o B. Na minha opinião devemos ter sempre os jogadores mais promissores da B a treinar com a A e espaço para alguns 
entrarem na equipa (ideal seria de 3 Gr 1 ser da B, de 4 centrais um ser da B, de 4 extremos 1 ser da B, de 4 médios centro 1 ser da B de 4 laterais um ser da B e de 4 avançados 1 ser da B independentemente dos jogadores que tenham subido por mérito à equipa principal e tenham conquistado o seu lugar). Oferecer a jogadores promissores da formação contratos por objectivos para que no futuro isso seja a regra 
e não a excepção no plantel principal.

9º Passo – Política de Contratações: Ter uma política de contratações que privilegie Portugueses tentando que estes sejam a maioria quer no plantel quer no onze base. Ao se contratarem estrangeiros, avançar apenas para jogadores que preencham uma serie de requisitos que permitam que mesmo que o rendimento não seja o melhor no primeiro ano esse jogador não seja para emprestar mas sim para ser trabalhado na 
nossa casa. Diminuir custos com aquisições e comissões e responsabilizar quem toma a decisão de contratar.

10º Passo – Readquirir Peso nas Instâncias Desportivas Nacionais: Retomar activamente a luta por um lugar de destaque nas instâncias do futebol Português, retirando o apoio ao presidente da federação e ocupando lugares de decisão onde possamos ter uma palavra a dizer na credibilização do Futebol Português.

11º Passo – Reestruturação Financeira: Iniciar uma restruturação financeira completa, negociando a divida com os bancos e ajustando o orçamento anual para que se possa abater um parte significativa da divida nos próximos 4 a 8 anos (Projecto com a duração mínima de dois mandatos). 

Com esta publicação sugiro lançar um desafio aos leitores do Blog para que façam semelhantes posts para que no fim possamos juntar as melhores ideias e ajudar, nem que seja só um bocado, o clube que tanto amamos."

Post preparado pelo benfiquista Rui Santos, a que agradecemos o excelente contributo para o presente e futuro do Benfica.
Todos os benfiquistas que quiserem compartilhar o seu contributo poderão fazê-lo para o endereço de email do blogue.
Daremos voz a todas as visões para o Benfica.

8 comentários blogger

  1. Aguardo ansiosamente a entrevista marcada para amanhã a ser feita com o presidente do MEU CLUBE. Sonho estar no sofá e ouvir uma boca com bigode proferir com voz determinada as seguintes frases:
    - Queremos formar um plantel para vencer o campeonato, e tentar de todos os modos estar no nosso estádio para ser um dos protagonistas da final da Liga dos Campeões Europeus.
    - Não venderemos mais ninguém. Excepto se clubes pagarem as cláusulas de rescisão.
    - Cardozo está vendido por 15M.
    - Fraser Forster está a caminho do Benfica.
    - O Fábio Coentrão na próxima semana estará a treinar no Seixal com o nosso plantel.

    Com isto tornava-me repentinamente um homem felicíssimo.

    ResponderEliminar
  2. Para se ter sucesso é necessário ter condições de equidade.
    Se querem saber quantos penaltis e expulsões o Pedro Proença já marcou a favor ao Porto ou Benfica e a sua influência na alteração da pontuação final, consultem o resumo de arbitragens por clubes nos últimos 5 anos no blog:
    http://influenciaarbitral.blogspot.pt

    o critério utilizado neste blog para determinar de uma forma objetiva a influência das decisões arbitrais relevantes (penalti ou expulsão) na repartição final dos pontos, classificou-se todos os pontos acrescentados diretamente por um último golo de penalti ou após uma expulsão, como pontos acrescentados com influência arbitral.
    Nos últimos 5 anos o Porto já beneficiou de 12 decisões arbitrais favoráveis nos 13 jogos arbitrados pelo Pedro Proença, aproveitando para melhorar o seu desempenho desportivo em 7 pontos acrescentados através de um último golo de penalti ou após uma expulsão do adversário. Pelo contrário nos 11 jogos do Benfica que o Pedro Proença arbitrou nas últimas 5 épocas, em consequência de penaltis e expulsões contra o Benfica acabou por sofrer golos que o obrigaram diminuir o seu rendimento desportivo em (-3) pontos. Aliás com o Pedro Proença, o Benfica só tem 39% de aproveitamento dos pontos em disputa nesses 11 jogos, quando em média nos últimos 150 jogos arbitrados por todos os árbitros teve um aproveitamento de 76,4% dos pontos em disputa.

    http://influenciaarbitral.blogspot.pt/search/label/Resumo%20de%20arbitragens%20por%20clube%20%285%20%C3%A9pocas%29

    ResponderEliminar
  3. http://www.jesusaindaetreinadordobenfica.com/

    ResponderEliminar
  4. A televisão francesa Ma Chaine Sport adquiriu os direitos televisivos dos jogos do Benfica na Luz para território francês. Este canal transmite os jogos dos principais clubes europeus. Boa noticia, poi são uns milhares de euros que entram nos cofres do Benfica.

    Carlos Feio

    ResponderEliminar
  5. Muito bom, só falta agora aparecer um candidato integro que aproveite esse projecto!

    De qualquer modo tem que se começar de algum lado e da nossa parte temos que lutar para banir essa aberração de as casas terem direito a 50 votos (por isso é que o líder se preocupa mais em inaugurar casas do que em assistir a jogos importantes e a lutar pelo sucesso). Também o absurdo dos requisitos para presidente é necessário mudar porque limita muito as opções e acaba por ser hipócrita, uma grande farsa ter um presidente em vigor que não cumpre tais requisitos!

    ResponderEliminar
  6. Primo do Dantas da Cunha23 agosto, 2013 18:19

    E onde é que entra a SAD no meio disto tudo?

    É que ninguém vive de amor e uma cabana, e os tempos actuais não se compadecem com os poetas e os românticos...infelizmente, diria eu !

    ResponderEliminar
  7. Águia Preocupada23 agosto, 2013 18:51

    São contributos válidos como este que o Benfica precisa. Só que, estes esforços têm que esperar alguns anos até poderem ser postos em prática!
    O Rei Sol não larga o osso tão depressa e cada vez se cola mais à rocha! Depois a máquina está bem afinada e andam por ali muitos interesses...
    Antes que se possam concretizar, muita gente desiste e o Benfica definhará! É este o futuro negro que espera o Benfica de Vieira e seus apaniguados!

    ResponderEliminar
  8. o jornalismo em portugal e tudo uns cobardes uns comprados e uns que so fazem as coisas por interesses proprios, os jornalistas a bola principalmente fazem uma propaganda em defesa de lfv que e uma coisa incrivel, lfv parece que nao tem um unico podre, sera um santo?,lfv ja conseguiu=1 o porto ja nos ultrupassou em titulos, poe os adeptos socios uns contra os outros, tranforma o benfica num clube DITADOR ONDE A DEMOCRAÇIA SO OS VIEIRISTAS PODEM OPINAR. alguem que meta este treidor no olho da rua ,

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares