O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 18 de junho de 2012

O Benfica não é uma paixão

 ●  8 comentários  ● 
Uma paixão, como muitos sabem, é um sentimento que ultrapassa várias barreiras que outros sentimentos não conseguem, fazendo com que o "apaixonado" perca toda e qualquer racionalidade ou senso de comportamento perante o objecto da sua paixão.

Claro que me posso identificar com essa definição, pois o meu amor ao Benfica está intrinsecamente ligado a esses "non-sense" cerebrais, mas não posso concordar com o desfecho da definição da palavra. Uma paixão tem quase sempre um final trágico, em que o individuo apercebe-se que estava a ignorar a racionalidade, e acaba por se afastar do objecto pelo qual estava apaixonado. Ora, isso não acontece com o Benfica, pois desde o primeiro momento em que nos sentimos Benfiquistas, nunca mais o podemos renegar ou afastar de nossas vidas.

Ora então, mas o que é afinal o Benfica?

O Benfica é amor, é relação, é compromisso e, sobretudo, uma ideologia permanente que se reflecte ao longo da nossa curta carreira neste planeta, fazendo com nada mais faça sentido caso o Benfica desapareça da nossa mente. Se eu tivesse os meus 15 minutos de fama, reflectidos em 3 palavras que me deixassem dizer sob qualquer circunstância, num programa de rádio sobre culinária, num debate televisivo sobre a fome em África ou numa conferência eclesiástica sobre a segunda vinda de Cristo, as minhas palavras seriam SEMPRE estas: "Viva o Benfica". SEMPRE

Essa é a minha relação com o Benfica, e é a que sempre me acompanhará até que o desgaste da vida me tolde o cérebro e os vermes da terra comam meus olhos. Nunca deixarei de te amar, meu Benfica, porque és mais que uma paixão; és a minha vida. 

O meu nome, na gloriosaesfera, é Mostovoi, e agradeço o humilde convite que o staff do NGB me fez, que tanto orgulho deu ao meu coração, e quero deixar-vos já o aviso que não vou falar de mais nada que não a única razão da minha existência, o Benfica, até porque outros clubes que não vou mencionar nada mais são que "fait-divers" enraizados pela necessidade jornalística deste país. Não vou gastar o tempo de vida a mencionar excremento, até porque como podemos ver com o nosso grande amigo Nuno Salta, a vida dá-nos pouco tempo para pensarmos e amarmos o Benfica.

Um bem haja, e façam o favor de ser felizes, com o Benfica sempre no coração.


8 comentários blogger

  1. Sejas bem vindo Mostovoi.
    Começas bem. O Benfica é na realidade a nossa vida.
    MAINADA !!!

    ResponderEliminar
  2. Bem vindo Caro mostovoi.

    BENFICA SEMPRE!

    ResponderEliminar
  3. Então, Bem vindo e venha de lá a exaltação do Benfiquismo que para mim eu traduzo numa das minhas razões de viver.

    Saudações Befniquistas.

    ResponderEliminar
  4. Bem vindo e com um comeco muito bonito diga-se,eu tambem amo muito o Benfica me deito com ele no pensamento e me levanto com ele no coraçao.

    ResponderEliminar
  5. Mas que grande texto, na realidade posso dizer que me descreveste na íntegra.

    Muito obrigado, são 3 da manhã e posso-te dizer que vou dormir com um orgulho de ser Benfiquista que só mesmo os Benfiquistas entendem.

    O Mostovoi foi um grande jogador, contratado por indicação do King Eusébio, como bem se devem recordar.

    Para acabar gostava de lembrar que o Benfica nunca perde, umas vezes ganha...outras não, mas isso é o que nos distingue dos outros: Somos Fieis Demais para Desistir.

    Li uma piada que expressa bem o Benfiquismo:

    "A minha namorada disse-me...ou eu ou o Benfica...ás vezes tenho saudades dela."

    ResponderEliminar
  6. Bem-vindo caro Alexander Mostovoi. Grande entrada. Parabéns.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking