Soltemos o Grito da Revolta
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 16 de maio de 2012

Soltemos o Grito da Revolta

 ●  + 43 comentários  ● 
Comentadores desportivos de todos os quadrantes, salvo raras exceções, e até governantes, no ativo ou retirados, tecem encómios ao crónico campeão do cómico campeonato de futebol português. Entronizam com suas loas dirigentes fossilizados, com sintomas de grave sociopatia e Benfica fobia, por alegados méritos de espúrias e repetidas vitórias, apesar das frustrações e dos escombros das suas vidas extrafutebol. Hipócritas, covardes ou cúmplices, parecem considerar que todos permaneceremos mudos e que continuaremos a aceitar passivamente a ignomínia que se instalou no desporto português graças à Democracia Totalitária que se verifica na nossa Pátria.

Foi sem espanto que soube pela imprensa, da nomeação de Pedro Proença para a final da Liga dos Campeões e para o Europeu de futebol. Não creio que tenha sido coincidência o facto de esta notícia ter saído a público logo após a confirmação do campeão desta época. Eu sei que, apesar de nos dizerem que vivemos num Estado de Direito, ninguém poderá provar que a nomeação se deveu ao contributo dos seus erros grosseiros para a definição do campeão, tal como ninguém poderá provar que tais erros grosseiros foram cometidos a troco da nomeação anunciada. E também sei que, se provas houvessem, por mais claras que fossem, as subtilezas do nosso aparelho judicial logo as tornariam inúteis, transformando o proclamado e reclamado Estado de Direito em algo mais primitivo que a Justiça das tribos analfabetas que ainda habitam o planeta. 
Mas…como disse o outrora poeta; não há machado que corte, a raiz ao pensamento, porque é livre como o vento, porque é livre!  
Nenhum foguetório me impedirá de pensar e dizer o que penso. Penso que esta nomeação demonstra a profundidade e amplitude da corrupção no futebol português. Agora já não é necessária a célebre fruta, nem rebuçadinhos, nem cafezinhos, nem quinhentinhos, nem aconselhamento matrimonial. Nem é preciso falar com quem quer que seja. Os eventos acontecem espontaneamente perante a candura dos crónicos beneficiários, e a recompensa não falha. 
Já referi em outras ocasiões, que não considero nem a UEFA nem a FIFA entidades idóneas para a gestão do futebol. Perante a solidez dos mecanismos de corrupção, estas entidades nada mais fazem que esboçar uns pífios anúncios de combate à fraude desportiva, conscientes da sua impotência e revelando-se aos olhos do grande público como cúmplices por omissão.
É minha convicção inabalável que o Porto tem um forte e multifacetado lóbi nos comités da UEFA,  cuja ação se traduz nestas nomeações. Nomeações, porque Benquerença também disfrutou de igual prerrogativa. Erros de palmatória decisores de campeonatos, sempre em detrimento do Benfica e em benefício do Porto, parecem ser a chave para o sucesso da carreira internacional dos árbitros portugueses. 
Acho que tal sucede por cobardia dos responsáveis da UEFA e da FIFA, pois estou convicto que têm medo dos argumentos do lóbi portista. Já do Benfica, não parecem ter medo nenhum, talvez porque não tem lóbi e confia na capacidade das hierarquias desportivas assegurarem a Justiça das provas, punindo exemplarmente os trafulhas; os ladrões do suor e do dinheiro alheios.  
A agravar a incompetência dos organismos uefeiros, assistimos revoltados ao guilhotinamento da, apesar de tudo, brilhante carreira do Benfica na Liga dos campeões em curso. Não aceito, que ao nível dos quartos-de-final, com todo o esforço,  prestígio e os milhões de euros em jogo, se apresente uma equipa de arbitragem incompetente, prejudicando o mesmo contendor nos dois jogos. Perante isto, concluí que a passagem do Benfica não é conveniente aos interesses que a UEFA parece proteger. 
Por tudo isto, vejo esta nomeação, antes de mais, como uma provocação ao Benfica e a todos os Benfiquistas, com a mensagem de que teremos que nos conformar com o atual estado do desporto, que dura há já trinta anos. Lealdade e vergonha, são conceitos cada vez mais estranhos nesta patética Democracia Totalitária, onde o Direito deixou de ser referência. 
Considero que é hora de unir todos os Benfiquistas na defesa do Benfica e da Democracia, libertando o grito de revolta que nos afoga a garganta. Portugueses Benfiquistas de todas as tendências desportivas ou políticas, de todas as regiões geográficas, de todos os estratos sociais, de todas as classes profissionais, unamo-nos em defesa do nosso clube e da nossa Pátria.  É hora de relativizar o mito da elevação e da democraticidade! Quando querem destruir o nosso clube, os nossos sonhos, quando nos querem amordaçar e obrigar a beber o fel da prepotência temos que deixar as divergências de lado e enfrentar os “inimigos” olhos nos olhos, braço no braço. 

Viva o Benfica! 

Viva Portugal Livre!

43 comentários blogger

  1. Sim, o grito! Mas ao autor pergunto: será isso possível com um presidente claramente comprometido com o sistema? Um presidente que em 10 anos nunca verbalizou de viva voz este sentimento? Que 10 anos passados comete o erro básico de apoiar o erro de apoiar o Facturas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por isso é que temos que ser nós,nunca fazemos nada,organizem qualquer coisa nem que seja um encontro aqui com a malta.

      Eliminar
    2. António Barreto17 maio, 2012 22:27

      Jedi; tens a memória curta e demasiado seletiva. Com essa atitude descreditas a tua argumentação.

      Muito bem, anónimo; defender o nosso Benfica é uma tarefa para todos nós...e também para o Presidente.

      Eliminar
  2. Meus amigos eu sei que n tem muito haver mas já viram que com esta vaga de treinadores o Porto para o ano só pode perder pontos na luz em Alvalade no Estoril e em Guimarães.... Será que ninguém vê isto....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 22:28

      SouBenfica; tem tudo a ver e tem que ser denunciado pelos dirigentes do nosso clube em voz alta e com inteligência.

      Eliminar
  3. Força companheiro Toni Barreto! Conta connosco! Nós seremos a muralha de aço!

    Viva o Benfica!

    Viva o 25 de Abril!

    Viva o povo!

    Vivam as forças democráticas revolucionárias!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 22:29

      Obrigado Eagle. Unidos seremos invencíveis.

      Eliminar
    2. Toni! Tini! Toni!

      Eliminar
  4. benfiquista marado16 maio, 2012 23:07

    Gritar para quê??!! Ta visto que com este presidente a melhor forma de gritar é em casa sozinho, amargurado, humilhado e revoltado por ter um resonsavél maximo do meu clube que nada, mas mesmo nada faz para o defender, quer a ele quer a quem lá trabalha! E custa-me mais ser o Pinto da Costa vir para a comunicação social defender JJ e dizer as verdades! Gritar dizes tu á UEFA?? AHAHAHAHAHA não temos voz em Portugal como vamos ter na UEFA?? Eu fiquei parvo com a queixa que LFV fez juntamente com Fernado Gomes depois do jogo com o Chelsea! Quem o ouviu...e...é o que se vê! Entretanto vamos ter equipa B e em vez de apostar na prata da casa...vamos contratar mais um contentor de jogadores estrangeiros!
    Eu peço-te desculpa mas esta frase que escreveste..."Já do Benfica, não parecem ter medo nenhum, talvez porque não tem lóbi e confia na capacidade das hierarquias desportivas assegurarem a Justiça das provas, punindo exemplarmente os trafulhas; os ladrões do suor e do dinheiro alheios. "... só dizes parece, para seres simpático, já toda gente reparou que não há medo do Benfica porque somos "amigos" demais!

    Entretanto vai-se falando na nada esperada renovação com a Olivedesportos!! Estratégia?? È que quem vier atrás que feche a porta (se as claúsulas permitirem) se é que percebem o que quero dizer!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:03

      Tens um nick que revela boa disposição. A expressão que usei "soltemos o Grito da Revolta" é simbólica; não quer dizer que vamos todos andar aí aos gritos contra tudo e todos.

      Significa sim que o Benfica necessita de um plano de confronto democrático sistemático e determinado, com todas as entidades internas e externas que tenham a ver com o fenómeno desportivo em Portugal, reivindicando caça e punição dos corruptos.

      És injusto ao dizer que o Presidente do nosso clube nada fez para combater a corrupção, uma vez que foi precisamente o primeiro a fazê-lo e foi por isso bastante incomodado. E revelas injenuidade ao atribuires a Pinto da Costa a defesa de JJ! Trata-se apenas de uma manobra para dividir os Benfiquistas.

      Defendo que, por preço nenhum deve renovar-se o contrato com a OD, mas teremos que nos preparar para uma guerra sem tréguas em todas as frentes.

      A expressão que usaste "somos amigos demais", merece alguma atenção. Na crónica abordei esse tema com alguma subtileza que vou agora desenvolver mais um pouco:

      Há dois "mitos" no Benfiquismo que se viraram contra nós: o mito da elevação e o mito da democraticidade.

      O mito da elevação(que tanto prezo): Reivindicamos uma postura de permanente cordialidade, moderação e lealdade,mesmo quando sucessivamente enxovalhados por gente sem caráter. Tal joga contra nós na medida em que não há reconhecimento geral dessa atitude enquanto, por outro lado, não faltam encómios provenientes de todos os setores (salvo exceções) aos incendiários e trafulhas do desporto. Teremos que mudar de registo sem cair na tonteria e na irresponsabilidade.

      O mito da democraticidade (que tanto prezo): A característica históricamente democrática do Benfica sofreu, a meu ver,em grande parte, uma distorção, transformando a saudável prática de crítica e oposição construtiva interna, em crítica cega, insustentada e desrespeitadora dos titulares dos órgãos do nosso clube, democráticamente constituidos. Portanto, muitos de nós reivindicamos as prerrogativas democrátidas de forma antidemocrática. É uma contradição prejudicial ao Benfica explorada ``a saciedade pelos nossos adversários.

      Eliminar
  5. John Wakefield16 maio, 2012 23:18

    Acabei de ver o Paço de Arcos-Benfica 4-7 (hóquei patins - 27º jornada). Vencemos bem, mas sofremos bastante. Tivemos a ganhar por 3-0 ao intervalo e consentimos que o Paços de Arcos chegasse ao 3-3 (o terceiro golo deles é de livre directo). O quarto golo deles é também de livre directo, só que desta feita, eu não vi rigorosamente qualquer infracção no lance... Depois, marca livre directo a favor do Benfica e não é que o árbitro ANULA o lance, alegando que o jogador não tinha obedecido ao apito??? FODASSE, BRINCAMOS??? Do início até ao fim, só marcou faltas contra o Benfica... Ainda bem que a equipa não foi abaixo e acabamos imediatamente por fazer 2 golos seguidos... Por isso, vejam que isto no hóquei, o descaramento é igual ou mais evidente do que no futebol...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tambem vi o jogo,já estou a prever uma roubalheira quando jogarmos com os corruptos,hoje foi mesmo um xeirinho daquilo que vai acontecer,que roubo e á descarada,é a falta de vergonha total por esta instituição.Temos mesmo que soltar o Grito de Revolta que já não dá mais.

      Eliminar
    2. Vai ser sempre assim até ao fim John.... acredita.. esses rapazes vao precisar de todo o apoio...

      Eliminar
    3. António Barreto17 maio, 2012 23:11

      Infelizmente, trata-se de uma prática já recorrente em todas as modalidades disputadas por equipas do Porto.

      Temos que lhes dar todo o nosso apoio sendo imperioso que os Dirigentes do Benfica denunciem públicamente tais práticas.

      A pacificação no desporto não deve fazer-se a custa do Banfica. Há que dizê-lo a plenos pulmões com um murro na mesa.

      Eliminar
  6. JediVermelho e benfiquista marado. Mas acham que um presidente sozinho faz alguma coisa? Podem critica-lo por tudo e mais alguma coisa. Mas já pararam para fazer esta pergunta a vocês próprios: O que é que eu fiz para mudar isto?"

    Não acreditam que bastam 100 ou 200 de nós a fazer-mos barulho à porta da federação para aparecerem mil logo a seguir? O problema é que conseguimos criar um movimento intitulado de "por ti Benfica" que não é mais do que um movimento "contra ti Vieira". Se houve capacidade para insultar os nossos e fazer planfletos com as nossas finanças, não percebo porque é que os mesmos em 30 anos não fizeram nada contra a corrupção. Serão coniventes com o sistema tal como afirmam que Vieira o é? É que em termos práticos fazem tanto como Vieira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sou contra o Vieira! Nem o conheço! Sou contra a acção desgraçada que ele tem tido! Sou contra as pessoas que pensam que atacar Vieira é atacar o Benfica! E diga-me: se criassemos um movimento de adeptos, não achas que apareciam uns quantos anónimos a insultar-nos e apelidar-nos de abutres?

      Eliminar
    2. benfiquista marado17 maio, 2012 19:59

      Sou contra o Governo...no entanto não deixo de ser português!
      Já perguntei a mim mesmo o que fiz...pago as cotas como os outros e no entanto como vivemos numa democracia, ou melhor, como o Benfica é uma democracia existem os "velhos" com 20 votos!!
      Depois na hora de votar deve dar um jeito casas do Benfica e esses ditos "velhos" na hora das votações! Com os votos de pessoas entre os 20 e 30 anos, não sei se ganhava o teu querido Líder!
      A desculpa dos movimentos é parva e cheia de Vieirismo á mistura!" Movimento continua Viera " aposto que já era normal e até bem pensado! Deixem-se de merdas que só fazem lembrar o estado novo em que quem espirrava era preso...FDX é com cada um!!

      Eliminar
    3. António Barreto17 maio, 2012 23:22

      Caro João; tem toda a pertinência a questão que levantas; a disponibilidade de alguns para, não só criticar, mas também enxovalhar o Presidente do Benfica,relegando para segundo plano as condicionantes externas, revela um fundamentalismo difícilmente compatível com os valores do Benfiquismo e da democraticidade que reivindicam.

      O Benfica está acima de todos e de todas as críticas.

      Eliminar
  7. Podes ter a certeza no hoquei ainda é pior que no futebol.

    ResponderEliminar
  8. Cardoso recebeu a Bola de Prata.

    Pelas fotos e relato da Bola quem representou o Benfica na cerimónia foi jj.

    A mim parece-me que o Benfica devia dar outra dignidade ao acto até para satisfação a auto-estima do jogar.

    No fundo tanto esforço para se conquistar um troféu que até tem prestigio e depois...

    Fiquei algo triste pelo Cardoso e pela pequenez demonstrada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Blog fura redes escreveu algo como isto:
      "A temporada de 2011/12 ficará na história do Benfica por algumas razões: vencedor da Taça da Liga, 4 vezes seguidas a vencer o mesmo troféu pela 1ª vez na história do SLB; excelente fase de grupos na Champions, onde venceu o grupo, pela 2ª vez na sua história, e eliminou o todo poderoso, vice campeão da Europa em título, Manchester United.
      No campeonato é que as coisas não serão lembradas com glória nem saudade... Já aqui falei de muitas das causas para esse falhanço, também histórico, porque, pelo menos desde 1963/64, nunca ninguém tinha desperdiçado 5 pontos de vantagem à 17ª jornada; mas deixo aqui uma dado estatístico que vale a pena reflexão de toda a gente envolvida no Benfica."

      Eu vou continuar a dizer, que mais de 10 anos é muito tempo.

      Eliminar
    2. Aqui fica o link completo do Fura Redes com a noticia mais completa:

      http://ofuraredes.blogspot.pt/2012/05/benfica-acaba-campeonato-sem-um-golo.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+OFura-redes+(O+Fura-Redes)

      Benfica acaba campeonato sem um golo português...coisas do TEMPO.

      Eliminar
    3. António Barreto17 maio, 2012 23:32

      Se o Presidente do Benfica tivesse assumido a representação do clube,seria criticado de querer os louros para si! Ora bolas!

      Tentarei ver o link. Trinta anos será muito tempo? Trata-se de saber se há ou não condições para continuar.Exigir a definição e apresentação de um programa eleitoral, avaliá-lo e votar em conformidade; isso sim!

      Todos temos pena que não haja mais jogadores portugueses no Benfica, mas quando a FPF e a Seleção Nacional "estão na mão" do Porto, temos de nos perguntar se vale a pena o Benfica apostar nos altetas portugueses. É que depois, os atletas promovidos são os do "grupo da sueca". Portanto, jogadores portugueses sim, mas com uma FPF descolonizada!

      Eliminar
  9. Viva Barreto, viva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:32

      Viva o nosso querido Benfica!

      Eliminar
  10. uefa e fifa com medo do lobi portista ?
    por favorinho poupem me , vcs ai em lisboa é que se borram todos quando se fala em porto , porque se nao tivessem um medo hiperbolizado destes otarios podimos perder algumas vezes mas nao como perdemos este ano e o ano passado onde fomos humilhados na luz mais que uma vez , quando se fala em porto borram se todos essa é a vdd , e concordo que eles beneficiam duma arbitragem pro porto isso ate é obvio , mas que faz o benfica para contrariar ? nada .
    epa se os treinadores tiverem de ser expulsos do banco por criticar o arbitro q sejam se tiver de algum jogador ser expulso por contestar uma decisao daquelas estupidas a ( roubar) prejudicar o benfica que seja , fodase nao veem como trabalho o mourinho por exemplo ? morinho ate fez crer que tudo o que o barça ganha é a custa dos arbitros quando o barça em comparaçao com o real é uma equipe genial contra uma equipe esforçada . no benfica é só pamonhas e bananas e no fim veem chorar sobre o leite derramado , o adepto do benfica sofre , sofre com os roubos e azares e ainda sofre com a incompetencia e parvalheira de treinadores e dirigentes , fodase

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:39

      Sei perfeitamente que, se os Benfiquistas agissem no Estádio da Luz como os Portistas agem no Estádio do Dragão, ai a roubalheira acabava, sim senhor.

      É isso que defende? Agressões aos atletas do Porto com bolas de golfe? Agressões a dirigentes do Porto,Técnicos de arbitragem e adeptos do Porto a pedrada? Agressões a jornalistas antipáticos para o Benfica? Assaltos as lojas das bombas de combustível? Constituição de uma milícia dissuazora?

      Não tenho dúvidas que o Benfica deixaria de ser roubado. Se é isso que pensa, tem toda a razão.

      Eliminar
  11. O porto é o clube do estado,e do sistema.Teem um presidente que foi recebido na AR para um jantar em sua honra enquanto era arguido em casos de corrupção! Espalha na perfeiçao tudo aquilo que vai de mal neste Portugal Lindo e querido,mas corrupto e falido..temos o lado bom...e temos o lado da escumalha! Eles sao a escumalha...NOS SOMOS O CLUBE DO POVO...GRITEM BEM ALTO...NOS SOMOS O POVO!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:47

      Caro Rui; os trabalhos que tenho vindo a publicar (e em curso) acerca dos titulares dos órgãos do grupo FCP demonstram, que este, é sustentado em forças cujo poder económico demonstra que a "Democracia Totalitária" em termos económicos regressou ao padrão do Estado Novo. Os donos de Portugal estão lá quase todos. E ainda dizem os trafulhas que são os campeões em Democracia! É preciso denunciar isto bem alto; o Povo é o dono de Portugal e não os amorins,os belmiros, os ludgeros, os alípios, os artures, etc!

      Eliminar
  12. Revolta,
    Vou transcrever parte, do que já comentei no blog NDRANGHETA,

    ... recuar ao dia 11 de agosto de 2001 arranque de mais uma época do pontapé na bola. Povoa do varzim, um tal isidoro o arbitro,mas mesmo assim lá fui com a minha companheira da altura ver o Glorioso.O Presidente era o Manuel Vilarinho. Com a pasta "pasta do futebol" já julgo que sabem quem era( não podia ser presidente de 2 sad´s no mesmo ano), cada bilhete teve a modica quantia de 9 mil escudos(45 aéreos), não tinha cadeira( já era obrigatório) ,mas tinha uma maquina fotográfica, gritei com o delegado da liga quando fiscalizava o relvado, e de telemóvel "em punho" tinha um dirigente federativo...depois lá fui parar a bancada cativa do clube da casa(meia vazia) e para variar ganhávamos por 0-2...mas o isidoro brincou , empatamos 2-2 porque eles falharam um penalti . Roubado de 2 maneiras e insultado no fim, cá vim para a rua levar com dragões infiltrados a massacrar o drula, za e j m pinto,logo na estreia (aqui já cheirava a parceria Viera-veiga, só para reparar como o tempo passa). O assunto dos bilhetes foi continuamente conversado, a solução passava por estabelecer uma tabela de preços máximos, para jogos da Liga... que nervos me dão com assuntos que afectam o Povo, que gosta de Desporto. Reclamações há, mas o que fazem os dirigentes???

    -Fazem a mesma coisa no assunto do Tribunal Desportivo, aprender com o pais aonde nasceu o Futebol, é que tá quieto!!!

    Nervos : Estamos em mais uma pré época e porque ainda falta algum tempo convinha mudar esta média, e já,

    http://www.maisfutebol.iol.pt/desporto/benfica-academica-jorge-jesus-maritimo-boavista-maisfutebol/1184753-4062.html

    ...acrescentem o resultado da época que passou, com a estreia no Gil Vicente(Nossa 1ª filial) e vamos lá discutir este assunto com quem tiver "tomates" ou se for uma Benfiquista deste TEMPO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:54

      Ainda não vi o link. mas tentarei vê-lo. Não percebo bem o teor do seu comentário, mas há um ponto em que concordo plenamente; o futebol foi elitizado na medida em que os custos de participação do espetador, quer nos estádios, quer na TV, são muito elevados. É, quanto a mim, um erro crasso. Vital. Aconselharia a fazer precisamente o contrário; redução de custos unitários e alargamento substancial da base de espetadores. A pressão sobre os orçamentos dos clubes está a destruir o futebol, como desporto de massas.

      Eliminar
  13. É importante que se escreva aqui e em outros blogues que se dê conta do que nos vai na alma.Mas se estes tivessem a capacidade de mobilizar as pessoas as fazerem sair á rua,acredito que podiamos mudar as coisas,assim são só desabafos.Quem é capaz de construir uma estratégia de guerra sem tréguas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:56

      Tens razão; é preciso fazer algo mais; transformar a massa adepta do Benfica em poder efetivo. Veremos se me ocorre algo concreto a esse respeito.

      Eliminar
  14. Excelente post, com uma boa conclusão mas de difícil para não dizer impossível execução.
    Unir os benfiquistas nesta altura do campeonato é louvável mas complicado....mais...o próximo campeonato ainda vai ser mais difícil de disputá-lo que este ultimo e por muitos motivos tenho a convicção que os roubos vão começar logo de início e com tendência para aumentar fortemente até meados de Outubro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto17 maio, 2012 23:58

      Temos que nos unir, se quisermos vencer. Não implica ausência de crítica, aliás indispensável,quando construtiva! Mas implica manter os interesses do Benfica sempre acima de tudo e de todos.

      Eliminar
  15. Enquanto o sistema, autoridade desportiva Nacional, estiver implementada no Norte, nunca conseguiremos desmembrar a Corrupção ... Note-se que são os próprios adeptos do FCorruptoPorto que apregoam à boca cheia, de que o grande feito do PC, foi puxar para o Norte toda a estrutura desportiva do País ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto18 maio, 2012 00:00

      Concordo. Há que denunciá-lo,propor alterações com pés e cabeça e defendê-las com unhas e dentes.

      Eliminar
  16. Até o V Pereira hoje na Bolha diz que não estamos no tempo dos quinhentinhos. (afinal foi verdade) _ pois não, hoje são milhões.

    Já se fala em arbitros estrangeiros...

    Pois é, espero que o Benfica já não vá em cantos da sereia... e meta a boca no trombone sempre que haja más arbitragens,em todos os jogos do campeonato. Não só nos nossos jogos. Abram um gabinete para receberem contributos dos associados - com relatos, copy past, fotos e videos

    Proenças, Garridos, Calheiros, Benquerenças e quejandos que vão aviar alcagoitas para as bancadas. Omesmo para dirigentes eleitos de organismos que infrinjam, grosseiramente ou com artimanhas, regulamentos em vigor.
    Organização dos campeonatos deveria ser feita por entidade idonea fora da esfera do futebol organizado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. António Barreto18 maio, 2012 00:06

      O Benfica tem que ter propostas para o setor e uma estratégia bem defenida para apresentar e defender. Já referi anteriormente a minha visão para o tema;arbitragem fora dos organismos do futebol, tutelada por um organismo público escrutinável pelos eleitores a nivel do recrutamento de candidatos, formação, classificação e promoção. Se necessário há que defender a alteração da regulamentação da UEFA.

      Eliminar
  17. bom,,no fundo só há movimentos na parte, baixa, e sul do estádio.isto,e tirando algumas pinturas do tempo da pedra lascada, ao redor do Estádio.
    Caro António Barreto por aqui(8)9 com o meu comentário, se vê,que se o movimento fosse contra o presidente,seriam provavelmente(80).
    como diz o outro ali em cima que concerteza vê muitos matrix,o Presidente é que tem que ir para cima deles e esfrangalhá-los todos.
    quando é para ir para os "colchões",está quieto que te aleijas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O conteúdo sr.joáo2 ... o conteúdo não conta ???

      As reflexões até podem levar mais tempo, mas normalmente 10 anos é muito tempo.

      Eliminar
    2. António Barreto18 maio, 2012 00:11

      É verdade João; concentrar as críticas no Presidente do Benfica ignorando o crescimento verificado em todas as frentes e as condicionantes externas não é credível. Nenhuma Direção terá sucesso enquanto "o sistema" não for derrubado! E tal não é tarefa para um homem só, ainda que Presidente do Benfica.

      Eliminar
  18. Sintomático e reflexo do povo que somos. Somos sempre "contra" alguma coisa, sempre pela negativa, quando toca a agir "pelo bem", pela positiva, achamos sempre que isso é tarefa para outros.
    O que podemos fazer pelo Benfica? Eh pá, o trabalho que isso dá, nada como aguardar, vociferando e criticando os nossos, pelo que o Benfica pode fazer por mim. Já dizia o outro...
    A desresponsabilização também é algo que muito apreciamos. Tal como na crise, é demasiado fácil reconhecer a necessidade de sacrifícios, agora aceitá-los? Nem pensar, o vizinho do lado é que merece ser penalizado, é sempre o outro mas nunca nós!
    Não votei nesta direcção mas a verdade é que denunciou, apontou os casos e roubos. Chamaram-lhe queixinhas. Depois decidiu ir à polícia e foram-lhe pedidas provas. Quando as apresentou, simplesmente não foram válidas!!!!
    Podia ter feito mais? Provavelmente, mas e nós?

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares