Ficar na História do Benfica e do Futebol. Sim ou não?
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Ficar na História do Benfica e do Futebol. Sim ou não?

 ●  + 23 comentários  ● 
Sejamos claros: Não renovar com a Olivedesportos será, possivelmente, deferir o maior ataque ao Sistema Corrupto em que é sustentado o futebol português.

Penso que ninguém tem pruridos de afirmar que há corrupção (ou pelo menos "jogos de interesses" para os mais sensíveis) no futebol português. Sejam benfiquistas, sportinguistas ou até mesmo os portistas, todos concordam neste ponto, diferindo apenas nas responsabilidades por forma a "protegerem a sua dama".

Foram já vários os conhecedores dos meandros do futebol que explicaram o que eu já aqui tentei explicar também sobre a importância da Olivedesportos neste esquema que, para não ferir susceptibilidades, vamos dizer ser um esquema legal que beneficia sempre os mesmos.

Como Luis Filipe Vieira disse na entrevista, tem mais a ganhar o parceiro que tenha o SLBenfica do que o SLBenfica terá num parceiro específico. Neste sentido, parece claro para todos que os mais de 200M€ que a Olivedesportos tem de receitas pela revenda dos direitos televisivos da Liga Portuguesa, são significativamente superiores aos cerca de 50M€ que paga pelos mesmos.

Acresce a isto que a Olivedesportos é proprietária da Sporttv, e recebe pelas assinaturas mais cerca de 200M€, consideremos (por simpatia) apenas 100M€, dado que 50% da Sporttv é da ZON.

E vale a pena juntar a isto a receitas da publicidade estática e publicidade da Sporttv nos intervalos dos jogos de futebol da Liga Portuguesa? Vamos dar isso de barato também...


Com a influência que Joaquim Oliveira tem no futebol nacional é fácil perceber que estes resultados são muito apetecíveis para ajudar muitos clubes que vivem com grandes dificuldades e para ajudar a movimentar influências, como eu disse acima, "num esquema legal que beneficia sempre os mesmos".

Agora olhemos a uma realidade da Sporttv e de Joaquim Oliveira... sem os 15 jogos do SLBenfica. Ou seja, considerando que dos 700.000 clientes da Sporttv mais de metade são benfiquistas (350.000), o que aconteceria se os jogos do SLBenfica deixassem de dar?

Admitamos que 60% desistiam da Sporttv (210.000). São 63M€ de receita em assinaturas e se calhar mais uns 5M€ em publicidade (vejam como sou simpático e conservador nos números, a favor do Oliveira - dever ser pela amizade que o Presidente tem por ele).

Na prática, se juntarmos aos cerca 70M€ de prejuízo na Sporttv, outro tanto que o Oliveira deixa de receber na revenda dos direitos a todos os outros operadores nacionais e internacionais, estamos a falar de um prejuízo de mais de 100M€ (quase 150M€):

1/3 do valor do negócio multimédia de Joaquim Oliveira
(e estou a ser muito simpático!)
Qual o impacto que teria no império multimédia deste "patrão" do futebol nacional?

A alternativa? Já aqui o afirmei várias vezes e poderia perfeitamente não passar pela BenficaTV... mas perdeu-se tanto tempo a enganar os sócios neste tema, que agora só mesmo no canal do Clube se pode encontrar uma alternativa. Como? É simples...

Parceria com a PT/MEO para transmitir os 15 jogos (+ Particulares e Taças nacionais) na plataforma MEO, em exclusividade, em canal fechado por subscrição (valor de 3.00€ por jogo - mais barato que os videos do VideoClube do MEO).

O MEO ultrapassou em Novembro o milhão de clientes. Consideremos que 25% pretende ver os jogos do SLBenfica (250.000). Se considerarmos 20 jogos por ano (15 + 5 particulares) são 60€ por cliente, ou seja, 15M€ de receitas de subscrição por ano.

Se juntarmos a isto a revenda dos direitos para os diferidos e resumos para Portugal, outras plataformas e para o Estrangeiro, teremos talvez mais 10M€/ano.

E podemos juntar a publicidade estática do campo e a publicidade no canal, bem como a exploração de conteúdos multimédia, num valor aproximado de mais 10M€/ano.

Num total de 35M€ de receitas por ano para a PT/MEO e estamos a falar apenas de 30% dos clientes. Há ainda a ter em conta que neste cenário muitos clientes passariam da ZON para a MEO e possivelmente muitos mais subscreviam o serviço até a julgar pelo facto de deixarem de pagar cerca de 300€/ano na Sporttv para pagarem 60€/ano (mas apenas teriam os jogos em casa do SLBenfica).

Eu consideraria um formato muito interessante se o SLBenfica ficasse com 80% das receitas de subscrição e 20% das receitas de revenda dos direitos e 50% das receitas da publicidade ou seja, 19M€/ano de receita para o SLBenfica num cenário muito conservador.

Os custos deste projecto (por ser para os jogos em casa apenas) não seriam muito elevados, mas seriam suportados pelo parceiro que, com esta exclusividade teriam um factor diferenciador imenso perante o maior concorrente, a ZON, que por sua vez perdia em toda a linha dado ser accionista da Sporttv também.

Faz sentido ou nem por isso?

23 comentários blogger

  1. GeracaoBenfica excelente ideia, mas onde foste buscar esses números todos? Como é que sabes, por exemplo, que a publicidade vale 10M€ por ano?

    Depois temos de ter em conta os jogos de todas as restantes competições em que o Benfica participa (champions, taças, jogos fora)... Como vai ser, os sócios e adeptos que moram longe de Lisboa vão desistir da SportTV e passar a ouvir os relatos pela rádio?

    Atenção, não estou a dizer que não é viável a transmissão dos jogos pela BenficaTV. Acredito - e espero - que seja essa a solução preconizada pelo LVF. Só não acho que a análise seja tão simplista como estás a querer fazer parecer.

    ResponderEliminar
  2. " deferir " significa despachar favorávelmente; provávelmente desejaria ter escrito ...desferir

    ResponderEliminar
  3. Excelente exercício, que deixa bem claro as vantagens para o Benfica e para os seus parceiros. Sim, porque a Olivedesportos não é parceiro. É um parasita.

    ResponderEliminar
  4. O raciocínio que fazes parece ser credível. Todavia, quem é que nos garante que a MEO vai, neste momento, cobrir a proposta do Oliveirinha? Se cobrir, nem devemos hesitar... Mas se ninguém avançar, o que é que poderemos fazer? Rigorosamente nada. Em Portugal, praticamente não temos canais desportivos... Infelizmente, parece que a nossa esperança em dar o golpe na Olivedesportos esfumou-se com a desistência do Pais Amaral... Agora, só existe um interessado, o que menos agrada, mas que se desembolsar uma quantia decente pelos direitos televisivos, já será, pelo menos, melhor que os contratos anteriores, cujo valor não espelhava o potencial que o Benfica tinha no mercado. Essa fase da exploração e de viver facilmente às custas do Benfica parece que tem os dias contados. Agora, espero é que o sr Presidente saiba o que está a fazer e apenas aceite uma proposta bastante superior ao actual contrato com a Olivedesportos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nao tem que cobrir. Nesse cenário os direitos seriam do Benfica. Que raio, nao percebeste nada do que escrevi

      Eliminar
  5. Mesmo passando os jogos do Benfica em casa na BenficaTV, a Sporttv continua a transmitir 15 jogos fora do Benfica.

    Isto de fazer contas com um lápis e uma folha tem muito que se lhe diga.

    Quanto à exclusividade na MEO, a BenficaTV não é apenas transmitida na MEO.

    Certamente que o Benfica tem muito bem estudada a hipótese de transmitir os jogos na BenficaTV, e saberá que receitas poderá alcançar escolhendo esse caminho. Não foi por acaso que a BenficaTv foi criada, e mais que não seja, é a BenficaTV que nos dá força nas negociações.

    Não sei o que vai decidir o presidente, mas pelo que disse uma decisão será tomada até ao fim deste mês.

    Até que essa decisão saia, podemos falar, discutir e conversar, mas convinha não mandar números para o ar como se fossem a coisa mais certa do mundo.

    Criticam todos os presidente por poder assinar os direitos televisivos com a Sporttv, mas eu acho engraçado é que temos mais de 6 milhões de adeptos mas apenas 4% desses 6 milhões são adeptos. Fossemos 15% ou 20% e se calhar os direitos televisivos já seriam uma certeza na BenficaTV.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lamento mas nao percebeste nada!
      Eu nao disse que o jogo daria na BenficaTV, mas sim num canal Meo.

      Eliminar
  6. É como dizia o Guterrez...é só fazerem as contas...

    ResponderEliminar
  7. Não é necessário fazer tanta conta porque a decisão está tomada! temos de os gramar novamente...

    ResponderEliminar
  8. Joao Paulo Costa09 fevereiro, 2012 19:53

    Geração,

    Os numeros foram feitos para serem moldados em função do nosso raciocinio. Agora vislumbraste uma alternativa plausivel, porque com toda a honestidade do mundo, eu nao vejo capacidade técnica por parte da benficaTV para fazer esse trabalho sozinho...
    Tambem gostava muito que o Oliveira tivesse um pessegueiro a nascer-lhe naquele sitio que nós sabemos, agora temos de ter uma alternativa válida.
    Ouvi uma andorinha a passar e a falar de surpresas de ultima hora vindas do outro lado do Atlantico. Será Verdade? não podemos embandeirar em arco, resta-nos esperar pacientemente pelo desenlace esperando que o BENFICA seja mesmo o mais beneficiado e de forma sustentada, agora não vou entrar (porque não é do meu feitio) com histerismos (prós ou contra) pois isso só nos afasta uns dos outros.

    Geração ou alguem com mais conhecimentos, pois nao somos com certeza todos pessoas sem acesso aos gabinetes directivos do benfica, não seria possível trocar ideias com alguem da direcção e garantir que se lembraram de todas as alternativas? eu sei que não somos melhores que ninguem mas era só para certificar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Trocar ideias com a Direcção?

      Assembleia Geral!

      Mas isso a Direcção nao quer!

      Eliminar
  9. Perante a lógica dos números, parece-me difícil contrargumentar, a não ser através do insulto fácil a quem pegou em valores conservadores. Claro que o contraditório seria excelente. Porém, a polícia benfiquinhista virá com os cacetetes! E com o argumento de que se Le Roi Soleil negociou com o Mano Oliveira é pq isso beneficia o SLB, sabe o que está a fazer e... há que manter os inimigos por perto! Este último é o argumento da moda e eu farto-me de rir! Não interessa se nos chulam, se espalham "inverdades" sobre o SLB, semeiam ódio ou maltratam os nossos jogadores! Há é que mantê-los perto! No entanto, esses mesmos que não se importam com a renovação com o Sistema (personificado na asquerosa pandilha comandada por Oliveira) serão os primeiros a afirmar, sem pruridos, que somos vítimas do sistema quando as coisas não nos correm por causa das arbitragens hábeis! Lindo...
    Perante este excelente texto, com contas simples, feito por alguém atento à realidade, seria ainda melhor vermos um contraditório de qualidade, a defender e a justificar uma renovação com a Olivedesportos! Aguardemos...

    ResponderEliminar
  10. Águia Preocupada09 fevereiro, 2012 19:54

    Fazer sentido faz! Mas não nos podemos esquecer da macabra crise em que estamos e que tudo indica irá paralisar o país! (Quando chegar o fim do mês e constatarmos que levamos mais uma machadada no IRS!)
    Certamente que o estudo foi feito pelo Benfica e pelo Oliveira!
    Por mim, o meu voto é frontalmente contra a renegociação do contrato com quem tanto mal tem feito e ajudado a fazer ao futebol!
    E lamento que a amizade entre Vieira e Oliveira só dê para um lado... Nunca deu para que as condições do actual contrato fossem revistas... Demérito com toda a certeza de Vieira que preferirá prejudicar o Benfica a pressionar o seu grande amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens toda a razão Águia Preocupada,
      Tão amigos que são e em nenhum desses encontros que têm para cimentar ainda mais a amizade, nunca se focou, mesmo que ao de leve, numa revisão do actual contrato e sermos ressarcidos de alguns milhões que o CHULO, nos chupou????

      Amigos desses...bem longe...

      Eliminar
    2. Crise?
      Os custos seriam do aluguer do equipamento para transmitir na Luz, do sinal satélite e da plataforma tecnológica. Pouco mais para uma PT com a maquina montada.

      Eliminar
    3. Águia Preocupada09 fevereiro, 2012 21:18

      Eu referia-me à crise que nos afecta individualmente! Há muita gente que não desiste da SporTV por causa dos jogos das ligas inglesa e espanhola e mais um custo não será assim tão claro que estejam dispostos a fazer!

      Eliminar
  11. . Comentários anónimos serão recusados!
    . Qualquer comentário com referencias ofensivas ao carácter dos autores, será igualmente recusado.
    . Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta no seu espaço.

    ResponderEliminar
  12. Obviamente que os números apresentados são pressupostos aproximados, nao se pretende que sejam vistos como regra.

    Também o modelo nao é irrefutável. Pode e deve ser visto à luz da lei e interesses colectivos - eu disse COLECTIVOS.

    Atenção que a ideia era o Benfica ficar com os direitos e a PT ser o meio de transmissão apenas do conteúdo, num formato tipo BenficaTV2

    ResponderEliminar
  13. João paulo costa09 fevereiro, 2012 20:34

    Aimar acabar de renovar até ao fim de2013.. Ouvi na TSF

    ResponderEliminar
  14. António Barreto09 fevereiro, 2012 22:12

    Faz sentido sim senhor! Muito bem; é um esquisso muito bem trabalhado. Naturalmente que tem de ser desenvolvido e ajustado, mas, andará por aí. Insisto na quota suplentar voluntária nos primeiros 3 anos até à velocidade de cruzeiro do projeto; 100 mil sócios a €100!ano são €10M, e a €200/ano são €20M! É preciso dizer mais alguma coisa?

    ResponderEliminar
  15. GERAÇAOBENFICA a ideia e excelente mas estás a esquecer algumas coisas que a nossa imprensa nem toca no assunto. não é só o contrato da sportv, é também os contratos dos nossos patrocinadores (adidas,coca-cola,tmn,sagres e ainda caixa geral de depósitos no centro de estagio) é isto a grande bomba. aconselho a ler isto

    http://repositorio.iscte.pt/bitstream/10071/1962/1/PATROC%C3%8DNIOS%20NO%20FUTEBOL%20EM%20PORTUGAL%20-%20CASO%20SPORT%20LISBOA%20E%20LBENFICA.pdf

    ResponderEliminar
  16. exactamente o que penso! finalmente estamos de acordo em algo....

    http://vitoriavem.blogspot.com/2011/05/direitos-televisivos_31.html

    http://vitoriavem.blogspot.com/2012/02/zainal-queres-ser-n1.html

    ResponderEliminar
  17. Para mim muito mais importante que os números em cima da mesa ou com quem assinamos, é o prazo pelo qual assinamos. Para já seria apenas anual, isso seria muito bom por várias razões mas destacando 3:
    1-Impedia a fácil antecipação de receitas e endividamento de uma direcção para as seguintes. "Obrigava" a usar a verba das receitas televisivas como uma receita anual e não como um balão de tesouraria.
    2-muito poder negocial: ano a ano poderíamos ganhar argumentos negociais enão jogar com as actuais expectativas pessimistas da economia.
    3-ganhávamos tempo para nos preparar para alternativas como a do pay tv ou outras possibilidades.
    1 pergunta: porque em Portugal nunca se usa o paytv para acontecimentos ao vivo? Será uma dificuldade técnica, custos de intermediação demasiado altos,...? É que fala-se muito nesta possibilidade mas a optar por ela seríamos pioneiros(e se for exequível...), o que em termos de arranque é sempre muito oneroso.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares