Descubram as diferenças...
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Descubram as diferenças...

 ●  + 12 comentários  ● 
Benfica 2010/2011




Este era o Benfica do ano passado mas a ideia não é comparar os jogadores mas sim a disposição táctica que levou a uma época desastrada por parte do Benfica.

O ano passado jogámos num sistema completamente suicida, com um único médio defensivo, e com cinco jogadores ofensivos, dois extremos, um médio ofensivo e dois avançados, era o que eu chamava de 4x4x2 Kamikase. Este sistema era um suicídio e foi o responsável pela má época que fizemos, era um esquema completamente desequilibrado, era um Benfica que defendia com poucos homens e mal.







Guimarães 1 vs. Benfica 0


Este sistema foi o utilizado no jogo com o Guimarães que perdemos por um a zero. Mais uma vez não olhem aos jogadores mas á disposição da equipa e tentem descobrir as diferenças com o esquema mais acima. Eu não encontro e tenho pena que JJ, na sua soberba e á sombra dos últimos resultados, aos poucos vá introduzindo este esquema nesta época. Em termos defensivos o Benfica continua com muitos problemas, principalmente posicionais, é inadmissível que uma equipa como o Benfica sofra um contra-ataque que ia dando golo do Guimarães num canto a nosso favor. Isto é amadorismo puro!!!

Todos nós escrevemos e escrevemos que este jogo era vital na luta pelo titulo, pela dificuldade que o Guimarães sempre apresenta, juntando a sua subida de forma e aos factores externos já conhecidos por todos.

Então que faz JJ? Coloca uma equipa em campo a pensar que iria jogar com o Cascalhense. Jogar contra uma boa equipa como o Guimarães com um meio campo com Matic e Aimar só na cabecinha do JJ. Quem quer jogar com dois extremos como Gaitan e Nolito não pode jogar com dois avançados, ou então terá de jogar com dois médios diferentes, tipo Matic e Witsel mas em linha e não em losango. Foi este o erro de JJ o ano passado e repetiu-o no jogo com o Guimarães com os resultados que conhecemos. JJ partiu a equipa a meio, defesa-ataque, o Benfica não teve meio campo, contem o numero de vezes que Aimar construiu jogo na primeira parte.

Continuamos a defender muito mal e não é admiração nenhuma termos praticamente um golo sofrido por jogo o que para mim é um absurdo face á qualidade dos jogadores do Benfica.

Alguma vez teríamos de perder ou perder pontos, foi hoje e espero que tenha sido uma boa lição, que tenham soado as campainhas de alerta na cabeça dos jogadores e do treinador e que volte a colocar em campo uma equipa mais equilibrada. Não vou embarcar em delírios próprios de uma derrota em que passamos do 80 para o 8, foi um percalço e nada mais que isso.

Não vamos agora cair em cima dos jogadores, treinador e dirigentes porque tivemos a nossa primeira derrota. Temos sim de apontar os erros cometidos e tentar corrigi-los já no próximo jogo. Acredito que esta equipa vai dar uma excelente resposta já no próximo jogo com uma boa exibição e consequente vitória, ou seja, um regresso á normalidade neste Benfica.

Quanto ao Xistra, lá ficou um penalti por marcar e um enxurrada de amarelos aos jogadores do Benfica, sem falar nas faltas e faltitas que foi marcando nas imediações da nossa área. Andei a alertar durante toda a semana, para não nos pormos a jeito do Xistra e fomo-nos mesmo pôr a jeito...

Que sirva de lição!!!

CARREGA BENFICA!!!!

12 comentários blogger

  1. benfiquista a serio21 fevereiro, 2012 01:46

    caros amigos benfiquistas,

    desculpem lá o meu pessimismo mas penso que hoje acabamos de perder o campeonato pois este filme parece um remake do ano passado. só peço que a nossa equipa me contradiga e em coimbra mude a atitude demonstrada hoje e que com o porto não tenham medo deles (como se verificou o ano passado) e arregassem as mangas para lhes ganhar mesmo que para isso seja necessário comer a relva.
    enquanto o nosso treinador e os nossos jogodores não entenderem que os jogos e os campeonatos ganham-se atacando e defendendo com 11, não ganhamos titulo algum.
    hoje como contra o zenit o nosso treinador apresentou um meio campo constituido por um pseudo-medio defensivo (matic) e por tres medios de caracteristicas ofensivas em que dois (aimar e nolito) ainda se esforçam por defender mas não dão solidez defensiva e por outro (gaitan) que só corre com bola não se esforçando minimamente quando não a tem para a recuperar.
    conclusão: com este quarteto a nossa equipa perde solidez defensiva o que permite ao nosso adversário ganhar o meio campo e controlar o jogo a seu belo prazer.
    sugestão: em jogos como este fora contra equipas dificeis o nosso treinador deveria adptar um 4-5-1 (quando estivessemos sem bola) que se desdobraceria num 4-3-3 (quando a bola estivesse em nossa posse).
    logo o meu onze para o jogo de hoje e do zenit teria sido: artur, maxi, luisao, garay, emerson (já que segundo jj não temos alternativa), matic (dada a lesão de javi e a dispensa de airton), witsel e aimar, nolito, rodrigo(contra o zenit, hoje apostaria em bruno cesar dadas as limitações fisicas) e cardozo.
    jj tem de perceber que para se ganhar campeonatos não se deve jogar sempre da mesma forma pois as equipas são de niveis diferentes e temos que nos apresentar sempre com cuidados defensivos e ofensivos diferentes dependendo sempre do nivel do adversário.
    ultimo ponto: já estou farto de tanta displicencia na marcação de cantos e de livres laterais. não ganhamos um lance! hoje em dia os lances de bola parada são fundamentais para fazer a diferença. não sabemos marcar cantos nem livres laterais. vejam quantos golos do braga são marcados através de cantos e livres laterais graças ao hugo viana (um canto ou livre tenso para a area é meio golo, basta um pequeno desvio para ser golo).

    ResponderEliminar
  2. benfiquista a serio21 fevereiro, 2012 01:47

    outro ponto a corrigir: os jogos e os campeonatos não se ganham com artistas (que segundo a jurisprudencia são os individuos que só sabem atacar), mas sim ganham-se com combatentes (individuos com raça, querer, ambição, fé, luta, força, esforço, sabedoria e inteligencia). por isso não basta ser só dotado tecnicamente é preciso ser dotado de outros aspectos tão ou mais importantes como a ambição, a raça, a fé, o querer, a capacidade de luta e o mais importe a inteligencia e sabedoria.
    por isso não basta ter os melhores artistas é necessário conciliar todas estas vertentes.
    o nosso equipa tem de ter todas estas noções bem presentes para que possamos festejar os titulos ambicionados. há que incutir nos jogadores que só há uma forma de vencer e ser melhor que os outros qué é o de lutar mais e melhor que os outros, não é estar à sombra da bananeira à espera que outros falhem.
    por isso a minha insistencia na mensagem: que só sairemos vencedores de qualquer competição se defendermos e atacarmos com os 11 jogadores. o que actuamente não sucede porque temos os tais artistas que só atacam (pq são os denominados artistas, os da tal nota artistica) e que defender isso é só para os defesas e para o javi.
    os ataques ganham jogos, as defesas ganham campeonatos. por isso senhor JJ incuta isto na sua cabeça para que possa no final festejar connosco os tais ambicionados titulos que todos nós adeptos e sócios deste glorioso e mui nobre clube assim anseiam.
    não é com a presença de muitos avançados na equipa que se ganham os campeonatos, é necessário uma coesão tanto defensiva como ofensiva em todos os sectores da equipa, é no meio campo que se ganham os campeonatos. muitas vezes é necessário deixar o adversário subir no terreno para depois os apanhar desprevenidos. não é só com veneno que se apanham as moscas, por vezes é necessário um bocadinho de mel para as apanhar.

    ResponderEliminar
  3. Absolutamente de acordo relativamente à questão táctica. Se mesmo a jogar com o Javi esta táctica é um suicídio, então com Matic perde-se tudo.
    Outra questão relevante são as bolas paradas. O Benfica joga com uma média de alturas superior em talvez 100% dos jogos da liga (Cardozo, Luisão, Garay, Javi ou Matic) e raras vezes cria perigo. É absolutamente imperdoável que 90% dos cantos ou livres sejam marcados para os joelhos ao 1º poste. Por outro lado, qualquer equipa pequena instala o pânico na nossa defesa em bolas paradas. Hoje perdemos quase todos os lances aéreos mesmo com jogadores de altura superior. O caso do Cardozo foi o mais flagrante. Com estes pormenores se perdem campeonatos...

    Norte Vermelho

    ResponderEliminar
  4. Não concordo nada.

    No ano em que fomos campeões jogámos sempre com esta táctica, em 4-1-3-2, e só fizémos três maus jogos na época: em braga, no dragão e em liverpool.
    De resto, fizémos uma óptima época, com futebol brilhante e segurança defensiva, MESMO quando o Ramires não jogava.

    No jogo de hoje, tal como em todos os jogos, a equipa que ataca e que procura ganhar corre sempre riscos. Mas isso é inevitável.
    Apesar disso, não concordo que o Benfica tenha defendido mal.
    É muitíssimo raro o benfica sofrer contra-ataques como o que sofreu hoje... e então? Sofreu um, mas se defendesse mal teria sofrido 10.

    No jogo de hoje o que se viu foi uma equipa adversária que se ESFOLOU como nunca faz noutros jogos (algo comum nas equipas quando jogam contra o Benfica) e que após se ver em vantagem se fechou com 8 ou 9 jogadores em frente à sua àrea defensiva a destruir jogo, procurando por vezes sair em contra-ataque.
    Hoje correu bem ao Guimarães e correu mal ao Benfica, foi um dia de sorte para eles. Em 10 jogos destes, ganharíamos 8 ou 9.
    Mas tudo saiu mal, desde cantos mal marcados, a livres entregues ao Nilson, a cruzamentos que saiam directamente para fora...

    É o tipo de jogos em que quem marca primeiro fica sempre em grande vantagem.

    Mas nós não podemos entrar em histerismo, nem desatar a disparar contra os jogadores ou o treinador. Todos têm o direito a dias maus, e estes jogadores e este treinador merecem hoje, mais que nunca, o nosso apoio e a nossa mensagem de confiança.

    Não foi o Gaitan ou o Nolito que lixaram o Benfica hoje. Nem o Matic. O que lixou o Benfica foi a soma de cada pormenor, desde oportunidades claras que se perderam, a centros e últimos passes que não entraram, a um relvado esburacado, a um árbitro que via tudo azulado ou esverdeado... foi tudo junto. Mas os nossos jogadores e o nosso treinador só nos podem dar uma coisa, hoje também: ORGULHO pela forma como se entregaram e lutaram.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coloca aqui o onze base da equipa campeã e vais encontrar um pormaior... Numa ala tinhas Di Maria e na outra tinhas... Ramires, o médio dos equilibrios ou já te esqueceste? tinhas sempre dois médios que davam equilibrio ao meio campo, Javi e Raires, ontem e no ano passado tinhas Javi ou Matic e mais nenhum...

      Eliminar
  5. quando JJ inventa e merda depois nao sabe autocensurar-se e corrigir a asneira rapidamente... segundo nao compreendo a substituiçao de matic pelo witsel, que joguem os dois para libertar aimar e para nao obrigar a recuperaçao de bola SEMPRE no nosso meio campo para nao dizer no nosso ultimo terço. terceiro: estamos de um falta de eficacia gritante quanto às conclusoes das ocasioes de golo potenciais: acostumadamente nao se vê porquê conseguimos meter uma ou duas là dentro mas num jogo desses, no qual se sabe que teremos poucas oportunidades, desperdiça-las à maneira do aimar ou do nolito é no limite da falta de concentraçao para nao dizer professionalismo e sobranceria, temos que ser mortiféros à italiana carago (duas ocasioes três golos)!
    quarto: depois do jogo contra o zenit havia jogadores sem rendimento, desastrados: nolito, aimar (é excepcional mas foi hoje), emerson e até muita febrilidade do luisao!
    cinco: bater cantos ou livres perigosos como se fossemos em algum treino tipo folha morta é simplesmente surreal num jogo desse: digo-vos tenso e na marca de penalti, nada mais!
    quanto ao resto, temos que apoiar para estar no marquês mas à jogar dessa forma os jogadores têm que entender que nao vao ganhar titulos assim!
    venham os corruptos de coimbra, e nos com outra atitude, SLB sempre!

    ResponderEliminar
  6. quando JJ inventa e merda depois nao sabe autocensurar-se e corrigir a asneira rapidamente... segundo nao compreendo a substituiçao de matic pelo witsel, que joguem os dois para libertar aimar e para nao obrigar a recuperaçao de bola SEMPRE no nosso meio campo para nao dizer no nosso ultimo terço. terceiro: estamos de um falta de eficacia gritante quanto às conclusoes das ocasioes de golo potenciais: acostumadamente nao se vê porquê conseguimos meter uma ou duas là dentro mas num jogo desses, no qual se sabe que teremos poucas oportunidades, desperdiça-las à maneira do aimar ou do nolito é no limite da falta de concentraçao para nao dizer professionalismo e sobranceria, temos que ser mortiféros à italiana carago (duas ocasioes três golos)!
    quarto: depois do jogo contra o zenit havia jogadores sem rendimento, desastrados: nolito, aimar (é excepcional mas foi hoje), emerson e até muita febrilidade do luisao!
    cinco: bater cantos ou livres perigosos como se fossemos em algum treino tipo folha morta é simplesmente surreal num jogo desse: digo-vos tenso e na marca de penalti, nada mais!
    quanto ao resto, temos que apoiar para estar no marquês mas à jogar dessa forma os jogadores têm que entender que nao vao ganhar titulos assim!
    venham os corruptos de coimbra, e nos com outra atitude, SLB sempre!

    ResponderEliminar
  7. Em 1143, D. Afonso Henriques a partir de Guimaraes, iniciou a tomada de terras aos Mouros.. Onde e que eu ja vi este filme?

    Cumprimentos,

    Pedro Carneiro

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó CARNEIRO
      Tenho estado a observar-te. Andas por aqui dar uns bitaites muito merdosos. Já mandei para o lixo alguns arrotos teus e só não mando este para que todos vejam que és um burro a história o que para um MONARQUICO como eu, é uma blasfémia. Até podes dizer as maiores asneiras sobre o Benfica e do teu clube corrupto que oferece putas a árbitros, mas de HISTÓRIA por amor de Deus não dês mais calinadas.

      O D.Afonso Henriques, que segundo consta nasceu em Viseu, porque uma criança nasce onde está a sua mãe, não começou a conquistar terras aos mouros desde 1.143.....foi muito antes!!!!!!!!!

      Em 1.143 foi o tratado de Zamora em que o seu primo o teria reconhecido como Rei, mas só mais tarde julgo que em 1.179 é que o Papa que era o Rei dos Reis é que finalmente o reconheceu de facto.

      Eliminar
  8. Concordo com o post em absoluto e já me tinha lembrado disto aquando do jogo com o Zenit.

    Concordando com o post, esta táctica (2 avançados + 2 alas atacantes + 2 laterais que se pretendem ofensivos) é mesmo para os jogos em casa quando a outra equipa estaciona o autocarro.
    Senão vejamos...

    Os 3 jogos oficiais em que o Benfica saiu derrotado esta época:
    http://www.zerozero.pt/equipa.php?id=4&epoca_id=141&menu=results
    Maritimo 2-1 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Witsel)
    Zenit 3-2 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Witsel)
    V. Guimarães 1-0 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Aimar)

    Tal como diz no post: um remake da táctica do ano passado!

    Embora eu lhe chame 4-4-2 é mais um 4-2-4 quando a equipa ataca.

    Contra equipas de jeito (para não dizer contra equipas fortes:
    * a equipa não tem meio campo
    * os jogadores todos lá na frente
    * as jogadas acabam a maior parte delas em passes longos
    * pouca posse de bola
    * zero domínio de jogo
    * jogadores enervados a fazer faltas desnecessárias e com ansiedade
    * as poucas oportunidades saem mal

    JJ parecia ter percebido a formula quando respeitou, em casa, o Manchester United por exemplo.

    Agora se calhar vê o Rodrigo em grande forma e não quer prescindir nem dele nem do Cardozo. De qualquer das formas - burrice!
    Quando desrespeita as equipas arrisca-se a perder os jogos!

    ResponderEliminar
  9. Concordo com o post em absoluto e já me tinha lembrado disto aquando do jogo com o Zenit.

    Concordando com o post, esta táctica (2 avançados + 2 alas atacantes + 2 laterais que se pretendem ofensivos) é mesmo para os jogos em casa quando a outra equipa estaciona o autocarro.
    Senão vejamos...

    Os 3 jogos oficiais em que o Benfica saiu derrotado esta época:
    http://www.zerozero.pt/equipa.php?id=4&epoca_id=141&menu=results
    Maritimo 2-1 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Witsel)
    Zenit 3-2 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Witsel)
    V. Guimarães 1-0 Benfica (em 4-4-2 com Matic e Aimar)

    Tal como diz no post: um remake da táctica do ano passado!

    Embora eu lhe chame 4-4-2 é mais um 4-2-4 quando a equipa ataca.

    Contra equipas de jeito (para não dizer contra equipas fortes:
    * a equipa não tem meio campo
    * os jogadores todos lá na frente
    * as jogadas acabam a maior parte delas em passes longos
    * pouca posse de bola
    * zero domínio de jogo
    * jogadores enervados a fazer faltas desnecessárias e com ansiedade
    * as poucas oportunidades saem mal

    JJ parecia ter percebido a formula quando respeitou, em casa, o Manchester United por exemplo.

    Agora se calhar vê o Rodrigo em grande forma e não quer prescindir nem dele nem do Cardozo. De qualquer das formas - burrice!
    Quando desrespeita as equipas arrisca-se a perder os jogos!

    ResponderEliminar
  10. Tiago, na época em que fomos campeões com JJ o Benfica não jogava com 2 alas ofensivos, jogava com 1 ala ofensivo (Di Maria) e 1 ala equilibrador (Ramires/Amorim).

    A equipa tinha uma ala esquerda fantástica que facilmente criava jogadas e parece-me que os próprios jogadores não avançavam tanto em bloco ficando mais fácil manter a posse de bola.

    Aliás o esquema que tinham assemelhava-se por vezes a um 4-3-3 (Javi,Aimar,Ramires + Di Maria,Cardozo,Saviola)

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares