O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Quo Vadis, António Oliveira?

 ●  6 comentários  ● 
Nota prévia: As declarações de António Oliveira à RTP foram referidas, pelo menos, no Expresso online de 8/1/2012 e no CM de 9/1/2012, pág.33 e 10/1/2012, pág.26/27.

Admiro António Oliveira, quer pelo seu percurso de jogador de futebol de grande qualidade ao serviço do SCP e da Seleção Nacional, quer pela sua recente licenciatura em Direito, obtida, nada mais, nada menos, que na Universidade Católica do Porto e ainda pela sua breve passagem na banca - Finibanco, recentemente adquirido pelo Montepio.

Mas não tenho apreço especial pelo seu trajecto enquanto Técnico do Porto ou da Seleção Nacional, apesar de ter sido bicampeão em 96/97 e 97/98, não obstante o quarto lugar no Euro96, e muito menos enquanto sócio da Olivedesportos, por tudo o que sabemos.

As famigeradas declarações que fez na RTP, relevam pela assunção pública definitiva da rotura que mantém com Joaquim Oliveira e pelo reconhecimento igualmente público do condicionamento que atribui à Olivedesportos sobre as várias competições do futebol nacional; seja pela influência que aquela tem junto dos clubes seja pelo controle que exerce nas superestruturas do futebol nacional; LPF e FPF.

António Oliveira, apesar de rico e do passado desportivo e agora académico de sucesso, ostenta nesta entrevista um ressentimento profundo patenteado pela hostilidade intensa e emotiva contra o meio que diz tê-lo traído, rejeitando-o, e destruindo, digo eu, todos os sonhos que, legitimamente, ainda tinha no futebol e dos quais parece que não ter desistido definitivamente.

De facto, parece latente o sonho de ainda vir a ser Presidente do FCP, clube ao qual devota um grande afeto, desempenhar um alto cargo na FPF ou, quem sabe até, ser membro de um qualquer governo para a área do desporto. Aspirações legítimas e possíveis, mas que não revelam nada mais além da sua ambição pessoal.

A regeneração do futebol não o preocupa, nem tão pouco referiu os conhecidos benefícios que, supostamente, o FCP tem retirado do lóbi que refere, incluindo no tempo em que foi seu Técnico. Chamo a isto falta de integridade.

O que ele sabe é que, enquanto o “lóbi traidor” se mantiver, não poderá concretizar os seus alegados desígnios. Por isso o denuncia.

Mas também sabe que o futebol nacional está num processo de viragem, demarcando-se por isso do lóbi que denuncia, chegando a afirmar que nunca teve qualquer responsabilidade na Direção executiva da Olivedesportos, tentando assim apanhar um lugar no comboio da mudança, que lhe permita aceder a novos projetos.

Apesar de tudo, este evento constitui um embaraço para “o sistema” e uma boa ajuda para os regeneradores desde que o saibam aproveitar. Mas, não tenhamos ilusões; sem um novo “player” no mercado dos direitos televisivos com capacidade para desalojar a Olivedesportos e a PPTV, do feudo onde mantêm capturados os clubes nacionais, estes continuarão a definhar até à exaustão e consequente falência do futebol Português.

A negação por um Tribunal do Porto - estranho não é? -, do efeito suspensivo do recurso apresentado pela LPFP de uma sentença proferida em setembro de 2011, CM 10/01/2012 pág. 31, constitui uma perda imediata de receita nos depauperados cofres dos clubes e constituirá um “terramoto financeiro” nos mesmos, especialmente nos mais pequenos, caso se mantenha após trânsito em julgado. O financiamento da BWIN é de 20ME/época!

Agora, concentrem-se e acompanhem-me por favor; num quadro de profunda austeridade em que vivemos, em que todas as receitas correntes e extraordinárias dos clubes, já falidos, tendem a cair drasticamente, com mais esta “martelada”, adivinhem a quem vão eles recorrer para se manterem “à tona de água”?

Adivinharam? Eu também! Pois é; os lucros do grupo Oliveira estão inevitávelmente a cair e os financiamentos bancários a escassear, mas, com novas prorrogações dos direitos desportivos dos clubes e da Seleção, proporcionados pelos desesperados dirigentes daqueles e pela “superior” defesa dos interesses da FPF, que Fernando Gomes não deixará de garantir, o “milagre” poderá acontecer e o alegado polvo poderá ganhar novo fôlego, à moda do “polvo de Parrait” (se não souberem o que é digam que eu explico).

Apanhado neste assunto foi Gilberto Madail que, na síntese do CM de 9/01/2012 pág.33, afirma ter sido sócio da Olivedesportos, facto que me deixa perplexo! A ser verdade, parece-me ter havido um claro conflito de interesses passível de suscitar investigação de quem de Direito. Qualquer adepto, qualquer cidadão, tem o direito de querer saber que interesses defendeu Gilberto Madail nessa dupla condição, nos negócios eventualmente consumados entre as duas entidades; FPF e Olivedesportos. Não será caso para apresentação de queixa ao Ministério Público? Estamos à espera de quê?


Um abraço a todos

6 comentários blogger

  1. É bem possível q isto venha a acontecer. Espero q não, mas não há mais hipóteses, pois não?
    Entretanto o q não aconteceu ( mesmo!) foi o 4º lugar no Euro 96, neste fomos à vida nos oitavos de final, quando perdemos 1-0 com a Rep. Checa, o golo de Poborsky, lembram-se?

    Força Benfica

    ResponderEliminar
  2. boa pergunta!
    estás à espera de quê? basta um...
    NM

    ResponderEliminar
  3. As declarações do A Oliveira são demasiado graves e a materia e pessoas e instituições (utilidade publica) que envolvem merecem ser objecto de inquerito ou investigação por parte das autoridades competentes. Há promiscuidade d interesses entre o publico e o privado.

    ponto final

    ResponderEliminar
  4. Oportuno poste sobre o que tornou podre este futebol tuga.
    As palavras do TOINO, mesmo plenas de ressabiamento que tem pelo irmão, são bombásticas de mais para que caiam no esquecimento.
    Mas os elevados interesses das gentes que estão "agarrados" ao sistema, vão ver que a montanha pariu um rato.

    ResponderEliminar
  5. Obrigado a todos,

    Caro Sempre Benfica: Obrigado pela correcção; lembro-me perfeitamente do golão do Poborsky, mas ia jurar que foi na meia-final.

    Caro anónimo: De V/Exª é que não espero coisíssima nenhuma, como é evidente.

    Escapou-me outra hipótese; Não me admirava nada que nos próximos tempos fosse anunciada a nomeação de AO para um qualquer cargo de fachada, para o calar. Já sucedeu isso com o Jorge Costa quando foi recrutado para Técnico do Braga depois de, na Bélgica, ter ensaiado umas “badaladas”.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking