O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Agora é MESMO sobre o Roberto...

 ●  5 comentários  ● 
Voltando atrás e tentando esquecer o histerismo que para aí anda com opiniões extremadas de muita gente, tenha a opinião que tiver, o negócio Roberto ficou claríssimo com o segundo comunicado do SLBenfica que, concordo com o Vermelhusco no tópico Custava muito se este fosse o 1º Comunicado á CMVM??, teria evitado muita coisa se tivesse sido esse o conteúdo do... primeiro comunicado à CMVM.

Qualquer das formas, como eu já escrevi de manhã, aparentemente o SLBenfica receberá MESMO 8,6M€ limpinhos relativos ao valor dos direitos económicos do jogador. Essa verba é paga de forma faseada por uma entidade identificada como "uma sociedade de direito espanhol situada a um nível mais elevado da cadeia de domínio da Real Zaragoza SAD".

Essa entidade que, aparentemente não é o tal Fundo de Jorge Mendes e Peter Kenyon, ou se calhar é - essa parte ainda não está clara para mim - terá garantido o pagamento dos 8,51M€ ao SLBenfica na forma de... "títulos de crédito" (cito o comunicado).

É aqui que, para mim, a "porca torce o rabo".
Preocupa-me este tipo de garantias porque um fundo de jogadores - a confirmar-se que o é - dá como "titulos de crédito" o quê? Que garantias há que amanhã essa entidade não fecha as portas e abre falência? E os valores ainda em dívida ao Atlético de Madrid (4 x 1,7M€ = 6,8M€), quem assume o pagamento? Passaram a ser créditos a haver pelos espanhóis a essa entidade?

Obviamente que não espero que haja mais esclarecimentos sobre isto. Era o que faltava! Mas como sócio do SLBenfica não deixam de ser preocupações que penso que todos considerem legítimas. O facto de serem preocupações, não significa que não tenham sido acauteladas pela Administração da SAD, o facto de serem preocupações significa apenas que o esclarecimento deixa evidente o que há muito é escrito aqui no GB:

Os milhões são reais (e não da treta ou corruptos como os do Norte) e o negócio é totalmente legal. A única questão que me inquieta, mas que tenho o dever de acreditar que está acautelada são as garantias de recebimento dessa verba pela tal "sociedade de direito espanhol situada a um nível mais elevado da cadeia de domínio da Real Zaragoza SAD", assim como a dívida ao Atlético Madrid.

PS- E agora que pouco interessa o Roberto e o negócio:
CARREGA BENFICA, Rumo a uma grande vitória!!!!

5 comentários blogger

  1. Se o Benfica vai receber 8.6 milhões é óbvio que terá de pagar o que deve ao Atlético!!!

    Já quanto à porca torcer o rabo, é mais do mesmo - sempre poeira lançada para ar...

    Não servem os títulos de crédito??? De que achas que vivem os EUA e toda a economia mundial!?!?!?! Só faltava exigir ao Benfica (e apenas ao Benfica) que recebesse em dinheiro e no acto da venda. Até à data não me recordo de nenhum jogador que tenha ficado por pagar nos mandatos de LFV e esta não é de certeza a primeira venda feita com "títulos de crédito"!!!

    ResponderEliminar
  2. Um 2º comunicado, acções suspensas e as explicações não deviam existir, mas existiram.
    Os 8,6 afinal eram 86, e ainda vai correr tinta.
    Se as finanças passarem este caso a pente fino como passam de 2005 até hoje no dragão, vieira terá muito o que escrever para o joão gabriel falar na benfica tv.
    Mas como eu disse, se as finanças passarem a pente fino.Pode ser que não passem.É o mais provável, pois de 2005 até hoje, não há apito inventado contra o benfica...
















    ainda.

    ResponderEliminar
  3. Caro GB!
    Sigo com atenção o vosso blog, mas nunca tinha antes comentado.
    Quanto aos "títulos de crédito", cumpre referir que estes representam meramente uma garantia de pagamento, v.g., o pagamento não será efectuado através da entrega dos títulos.
    Sendo que não sabemos de que sociedade de direito espanhol estamos a falar, não é possível apurar que tipo de garantias prestaram, sendo bem possível que os títulos de crédito podem ser dos mais fiáveis. Podem ser cheques, letras, livranças, etc. Ora, como bem sabes, uma letra, mesmo no meio do futebol, continua a ser uma letra, e executa-la, não é assim tão complicado!
    Abraço!

    RNRP

    ResponderEliminar
  4. Fernando Coimbra03 agosto, 2011 19:20

    Quando se souber qual o fundo poderei falar sobre as garantias de pagamento e as implicações com o Atlético de Madrid. Em pouco tempo será fácil ver que tipo de fundo é, onde está sediado e qual a sua orgânica.

    No entanto posso adiantar que se for um fundo de investimento o risco de falência é real, e os seguros de transacções são normalmente inexistentes. Mas vamos aguardar pelo anúncio de qual é o fundo. Estou confiante que não será esse o caso. A SAD deve ter-se precavido contra esses casos de certeza absoluta.

    Só existe uma possibilidade que poderá lançar mais fumo que é a de se esse fundo já possui alguma parcela de passes de jogadores do Benfica. Nesse caso... é preciso estar atento ao RC de 2011.

    Deixo mais um aviso em relação à legalidade. Até as comissões são legais, não é essa a questão, é legal sem dúvida alguma. A questão como muito bem é exposto no post é a garantia de recebimento.

    ResponderEliminar
  5. O que me preocupa são as dívidas do Atlético ao Benfica, nomeadamente os dois jogadores prometidos.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking