O Football Manager do Redmoon
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 25 de junho de 2011

O Football Manager do Redmoon

Avatar
 ●  + 19 comentários  ● 
Confesso que não jogo Football Manager, e por isso tenho alguma dificuldade em opinar sobre jogadores que não conheço, isto se partisse do princípio que esse famoso jogo retrata fielmente as potencialidades de cada jogador, o que não me parece que assim aconteça. Sei que aqui há uns anos havia um super craque nesse jogo chamado Mokoena, que pelo que que me parece na vida real teve uma carreira bem modesta.

Por isso, isto de nos armarmos em treinadores de bancada e virmos para aqui opinar e recomendar o plantel ideal da próxima época é um divertimento giro, e eu também gosto de brincar e idealizar um pouco mas, a base científica em que baseamos os nossos critérios de escolha, está corrompida logo à partida.

Está corrompida porque muito pouca gente conhece os Moras, os Nolitos, os Wasses, os Pérez, os Brunos Césares e os Ansaldis que aí vêm. Ah e tal, vimos uns vídeos giros no Youtube, que valem aquilo que valem. Eu no ano passado também vi uns vídeos do Jara na Argentina, e palavra de honra que pensei que o Benfica tinha comprado o Paulo Futre dos anos de ouro. Afinal, pelo que mostrou até agora, ainda pode vir a ser craque mas continua a ser um jogador em crescimento.

O que eu sei, e perdoem-me se estou errado mas foi o que li no jornal Expresso, é que o Benfica comprou até agora 12 jogadores, dez deles a custo zero, tendo comprado apenas os passes de Bruno César e Enzo Pérez. Ou o Benfica fez de facto um excelentíssimo trabalho de prospecção este ano e passou a perna a muitos clubes, ou então, quando um clube adquire dez jogadores a custo zero, faz-me desconfiar da qualidade. Se desses dez se aproveitassem cinco já não era mau.

Por isso, prefiro fazer a minha brincadeira de Football Manager sob uma outra perspectiva, não sobre as análises e recomendações de jogadores contratados e que não conheço, mas sobre o sistema de jogo da equipa, que é aquilo em que acho em que o Benfica precisa realmente de melhorar.

O Benfica falhou o ano passado, entre outras razões evidentemente, por falta de alternativas para cinco lugares chave na equipa: Maxi, Coentão, Gaitan e Sálvio. Cardozo tinha Kardec, mas kardec foi também de uma nulidade extrema. E nesse aspecto penso que o Benfica se precaveu este ano. Não posso ainda avalizar a qualidade de Wass, Perez ou Nolito, mas confiando que são jogadores com qualidade, pelo menos já estamos precavidos em relação a lesões e castigos, o mesmo se aplica a Nélson Oliveira que pode ser uma excelente alternativa a Cardozo.

No entanto, na minha opinião, o principal problema não foi ainda resolvido, e acredito (ou espero) que Jorge Jesus esteja a trabalhar nesse sentido. É que ao Benfica faltam jogadores para o 4-3-3. Há muitos números seis, muitos números dez, mas o número oito escasseia. Pelo que tenho lido, Nolito e Enzo Pérez são mais uma vez dois alas super ofensivos com dificuldade na recuperação, o que juntando a Aimar ou Bruno César, temos mais uma vez um meio campo onde apenas Javi Garcia (ou Matic ou Nuno Coelho) defende.

Se vamos jogar contra o Portimonense, a táctica ofensiva do compressor de Jorge Jesus resulta quase sempre. Mas se vamos para a Liga dos Campeões mais uma vez com esta táctica suicida do podemos marcar 4 golos mas podemos também sofrer 5, é certo e sabido que nos vamos dar mal muitas vezes.

Dito isto, na minha opinião continua a faltar-nos um… Ramirez para o 4-4-2, um jogador diferente de Pérez, Gaitan ou Nolito. No Benfica esse jogador tem sido Peixoto ou Ruben Amorim mas, Peixoto é limitado e Rúben Amorim devia lutar na minha opinião com Maxi pela posição de lateral direito.

Ao Benfica falta também o sistema alternativo, um 4-3-3 forte para se tornar finalmente numa equipa capaz de ombrear com as grandes equipas da Europa e de… Portugal. Falta-nos esse tal Ramirez (será Danilo esse jogador?) para o 4-4-2, e falta-nos um número 8, um jogador como… Tiago (poderá ser Matic?)… para ser o Moutinho do Benfica e ser a ponte entre o Javi ou o Matic e o Aimar ou o Bruno César num 4-3-3, partindo eu do princípio que David Simão e Miguel Rosa são jogadores para se irem integrando aos poucos.

Se não para jogar todos os jogos, acho que Tiago poderia ser um reforço importantíssimo para os jogos mais difíceis, um pouco à semelhança do papel que Park tem no Manchester United. Para além de bom jogador, é experiente, conhece a casa e o campeonato português, não deve custar balúrdios e ainda há poucas semanas disse que gostava de regressar.

E então sim, poderíamos libertar os extremos das missões defensivas e deixá-los fazer aquilo que melhor sabem fazer, manter o 4-4-2 nos jogos mais fáceis com Cardozo e Saviola na frente, e ter então a alternativa a Cardozo, um jogador mais móvel como Saviola, Jara ou… Rodrigo (acho que tem um potencial imenso), para jogar sozinho na frente num 4-3-3.

Isto claro, vale o que vale, vale tanto como qualquer outra sugestão ou post sobre a mesma matéria mas, como o pessoal gosta de brincar ao Football Manager e o Redmoon ainda não tinha brincado, o Redmoon achou que era hora de mostrar o que faria se estivesse na pele do Jorge Jesus.:))))

Partindo claro do princípio do que já tinha escrito há algum tempo: Que este era um Benfica a precisar de retoques e não de revoluções.



27 jogadores

19 comentários blogger

  1. Estás a precisar de instalar o jogo MEEEESMO! LOL!

    Quanto à tua análise, se a fazes sem conhecer alguns jogadores... fala por ti, campeão.

    Sobre essa tua análise, reparo que Wass fica de fora para o Ruben jogar numa posição que o próprio diz que é uma adaptação, assim como Roderick e Miguel Victor para entrar, imagine-se Fábio Faria que pouco fez no Valladolid. Has-de me explicar esta...

    Voltas a insistir no Tiago para uma posição onde tens... o Ruben Amorim e o Nuno Coelho.

    Para alternativa ao Perez esqueceste-te do Urreta, ou mesmo do próprio Ruben Amorim que tantas e tão boas vezes fez a posição, ainda que adaptado. Gosto no entanto mais dele aí do que na defesa. Na esquerda não há duvidas ainda que tenho cá um feeling que o B.Cesar vai la jogar mais vezes em alternativa ao Nolito do que o Gaitan, passando este para 10.

    Na frente, JJ já disse que quer seis avançados, pelo que a alternativa Rodrigo OU Mora não se coloca

    ResponderEliminar
  2. E pronto... O Geração falou está falado... Acabo sempre rendido à tua incrível sabedoria!!

    Mas porque estou farto da tua arrogância e da mania que julgas que tu é que sabes tudo, eu vou reescrever a frase que escrevi no post e que tu não deves ter lido bem:

    "como o pessoal gosta de brincar ao Football Manager e o Redmoon ainda não tinha brincado, o Redmoon achou que era hora de mostrar o que faria se estivesse na pele do Jorge Jesus.:))))"

    Que me interessa a mim se o JJ dise que quer 6 avançados?

    Que me interessa a mim se tu preferes o M.Vitor mais uma época sem calçar, se eu prefiro o M. Vitor a jogar com regularidade, e prefiro Fábio Faria como quarto central sabendo que não vai jogar?

    Tu podes querer o regresso do veiga e eu não posso querer o regresso do Tiago?


    Mais uma vez para tu leres bem: "como o pessoal gosta de brincar ao Football Manager e o Redmoon ainda não tinha brincado, o Redmoon achou que era hora de mostrar o que faria se estivesse na pele do Jorge Jesus.:)))"

    Se eu estivesse na pele do Jorge Jesus!! Entendeste agora? Irra, que já não há paciência!!

    Era bom era que começasses a sugerir planteis com 27 jogadores. É que tu sabes sempre tudo, andas a sugerir planteis com 29, e o limite é 27 pá!!

    ResponderEliminar
  3. A discussão vai feia por aqui...

    Sou só eu que vejo no Miguel Rosa um Fábio Coentrão para a direita? A personalidade, o percurso, tanta coisa...

    ResponderEliminar
  4. Também acho que o 433 é a melhor táctica para o Benfica. Pena é o Jesus não abdicar de jogar com dois avançados.

    ResponderEliminar
  5. Para a posição do Ramires que realmente faz mesmo falta, está o Glorioso a tentar trazer o Danilo. Que me parece 1 escolha acertada. Pena o Santos estar a complicar... Se calhar não tiveste atento ás noticias mas alguns desses jogadores vindos a custo geraram polémicas nos seus clubes por sairem mesmo a custo a 0. Ao Nolito o Barça propôs 1 contrato porque não o queria deixar a custo 0, o Carole também gerou instabilidade no clube por deixarem sair assim 1 jogador jovem, o Mora não o puseram mais a jogar na equipa, etc etc... Basta estar informado...

    ResponderEliminar
  6. ufa ainda bem que não és o treinador do Benfica! que medo! o que sugeres só mesmo em joguinhos.

    dizer que não queres que se faça uma revolução mas queres mudar do 4-4-2 losango para um 4-3-3 em que dos 3 médios colocas 2 ofensivos... ou seja no fundo é um 4-1-5... só mesmo para levar 5 em todos os jogos...

    PS: querem imitar o sistema de outros clubes? então têm de fazer como eles e colocar 3 médios defensivos/contenção.

    ResponderEliminar
  7. Eu acho é que toda a gente esquece a importância do Ruben Amorim, não tenho dúvidas que no ano passado fez imensa falta e tanto pode servir de susbtituto ao Ramires, como ao Maxi. E se este ano o Wass demonstrar qualidade, o tal Ramires até bem que pode ser o Maxi, porque era essa a sua posição de origem, apesar de eu nem gostar muito de o ver nessa posição.

    Enfim, acho que aquilo que temos menos falta é de contratar o Tiago, apesar de eu gostar muito do jogador.

    ResponderEliminar
  8. Esse jogador que falas para os equilíbrios para mim é claramente o Rúben Amorim, quando em forma um jogador que equilibra qualquer esquema táctico. O Matic curiosamente não jogava como médio defensivo mas como médio centro por isso quando necessário tb pode jogar em conjunto com o Javi. E sim Danilo também poderia ser esse jogador, muito mais útil que Tiago. E sem querer meter-me na discussão mas um plantel pode ter até 30 jogadores desde que 3 sejam séniores de primeiro ano (Roderick o ano passado) por isso é que penso que o Ruben pinto vai ficar para ser o 28.

    ResponderEliminar
  9. Concordo em contIgo caro Redmoon, também acho que o Benfica deve de mudar a táctica e o 433 parece-me a mudança lógica!

    Quanto aos jogadores estou como tu Redmoon, só não concordo com Tiago, cuja carreira tem vindo a decair e por não me parecer um verdadeiro 8. Acho que para essa posição não podem haver deslizes, o jogador terá de ter uma componente física de resistência forte, para alem de ter bons pés, pois é de facto uma posicao fulcral!

    Também penso que para jogar só com um avançado centro, ter 5 ou 6 jogadores é demasiado. Quanto ao Fábio Faria, pelo que já mostrou no passado, não deverá ficar no plantel, a não ser que tenha mudado muito.

    A minha preocupação é acima de tudo o número 8, o tempo urge e não vejo novidades quanto a isso.

    Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  10. "Ao Benfica falta também o sistema alternativo, um 4-3-3 forte para se tornar finalmente numa equipa capaz de ombrear com as grandes equipas da Europa e de… Portugal"

    Gostei mesmo desta frase: ombrear com as grandes equipas de Portugal! Fiquei nas nuvens! Finalmente, ideias para competir ao mesmo nível que o Braga, o Sporting, o Porto, o Guimarães e o Maritimo. Vamos deixar de ser pequeninos e lutar com os grandalhões! Finalmente, vamos deixar de lutar por descer de divisão! Força nisso, Redmoon!

    Pá, tou mesmo feliz! Ainda não tinha percebido que nós, Benfica, não tinahmos capacidade para ombrear com as grandes equipas de Portugal, mas o redmoon, esse visionário, clarificou isso tudo!

    ResponderEliminar
  11. @Ui... andamos a lidar mal com a crítica? hummm isso não abona a favor.

    ResponderEliminar
  12. @Redmoon, um pequeno detalhe: eu não te critiquei... apenas registei um reparo. Nervosismo é sinal de falta de solidez nos argumentos

    ResponderEliminar
  13. vejo enaltecer tanto o nelson oliveira

    era bom que desse certo

    mas na minha modesta opinião

    não tem categoria para jogar no benfica

    e não irá ter grande carreira


    mas oxalá singre

    ResponderEliminar
  14. para defesa central precisamos de um gajo tipo terry butcher um que largue tudo que tem em campo.

    o salvio que se deixe ficar no atlético, a menos que venha a troca directa de roberto, o urreta é bicho o jogo dele contra o porto não me sai da cabeça.

    ansaldi, no novo fm e um bixo...

    ResponderEliminar
  15. Boa Noite
    Na minha modesta opinião penso que deviamos continuar no nosso sistema base de 4 1 3 2 variando por vezes somente para 4 2 3 1 em jogos mais exigentes e que necessitem de uma consistência defensiva diferente ... Somente necessitamos de jogadores com as caracteristicas certas para o sistema que queremos implementar ...
    A razão de defender esta tese é porque penso que temos a nossa identidade de jogo e não acho que mudar de sistema seja propriamente a solução milagrosa para os nossos problemas já que o problema do ano passado foram as indefinições no plantel e as duvidas tardias na pré-epoca ( chegamos a jogar num 4 3 3 descaracterizado ... )
    Mas em jeito de conclusão são os jogadores que dão vida aos sistemas e não o contrário por isso o que necessitamos é de uma base e rotinas fortes e não inventar muito ...

    Saudações Benfiquistas e Açorianas

    ResponderEliminar
  16. Viva!
    Vendo as listas de jogadores em contrato penso que não é determinante a táctica de jogo ser 4-3-3, 4-1-3-2, etc. O que será necessário é termos novamente, como em 2009/2010, uma equipa com capacidade que pressione sempre alto, com a defesa subida (com centrais adequados), com os avançados e médios a pressionarem (quase) sempre! Para isso é preciso que os médios tenham intensidade no jogo para recuperar a bola. O que se viu na época passada (plantel escolhido por JJ) foi que com a saída do Ramires e a falta do Ruben essa intensidade desapareceu e os buracos começaram a aparecer!
    Se queremos voltar a jogar e a a ganhar como em 2009/2010, o JJ não pode voltar a inventar (Gaitáns a jogar à linha onde nunca tinha jogado) e escolher os jogadores que façam sentido na linha da equipa 2009/2010. Penso que não será difícil escolher entre 47 jogadores os mias indicados! E ...da-sse, se em Janeiro o JJ vai pedir mais reforços!
    Outro aspecto para mim fundamental é a equipa mostrar capacidade (maturidade) para esconder a bola e controlar o jogo quando tal se impõe (estarmos em vantagem numa eliminatória), coisa que ainda não vi com o JJ, o que demonstra alguma falta de inteligência táctica, que é imperativa em jogos com adversários mais poderosos (vide o que nos sucedeu nas Champions).

    ResponderEliminar
  17. Epá Redmoon o GB não te atacou pessoalmente...
    Apenas estava a discutir as tuas opções. Que acho que é o que se faz nesta altura.
    Uma pessoa dá a opinião sobre como gostava de ter o plantel e os amigos dizem "O quê??? Nem pensar, o jogador X é melhor que Y e o Z melhor que o C!".

    Isso não são ataques pessoais nem arrogância. Nem quero saber como é que aguentavas as discussões de café com os teus amigos na vida real sobre construção do plantel...

    Por exemplo eu acho que o Benfica deve manter-se em 442. Nunca punha o Fábio Faria no plantel porque normalmente os 4 centrais jogam sempre todos durante a época.
    Escolhia Luisão, Míguel Vítor, Dédé ou Garay e Jardel para quarto central.

    LD: Maxi e Wass, LE: substituto do Coentrão (não quero o Ansaldi) e Carole.
    MD: Javi e Matic.
    MC: Carlos Martins, Aimar, Bruno César.
    Mdireito: Urreta, Pérez e Amorim, ME: Gaitán, Nolito e David Simão.
    A: Cardozo, Saviola, Jara, Nélson Oliveira, Rodrigo ou Mora.

    GR: Artur, Moreira e Oblak.

    ResponderEliminar
  18. A meu ver o plantel:

    GR: Artur Moraes; Moreira; Oblak (ou um júnior de qualidade);
    Def Esq: Ansaldi (se Coentrão sair); Carole;
    Def. Direito: Maxi; Wass (Amorim como recurso);
    Def. Central: Luisão; Déde (não vai à copa América); Jardel; Miguel Victor;

    Méd. Def. Javi; Matic (Amorim como recurso);
    Méd. Dir: Enzo Perez; Amorim;
    Méd. Esq: Nolito; Gaitan (Urreta);
    Méd. Centro: Aimar; Bruno César; Carlos Martins; David Simão

    Av. Móvel: Jara; Saviola; Rodrigo;
    PL: Cardozo (Denis se Cardozo Sair); Rodrigo Mora; Nélson Oliveira;

    28 atletas, podendo sair o Rodrigo por outro formado no benfica.

    Tácticas a serem usadas: 4-3-3 com as equipas mais fortes; 4-1-3-2 com as mais fracas:

    433:
    :::::Artur
    Maxi - Luisão - Dede - Ansaldi
    ::::::::::::Javi
    ::::::Aimar - Gaitan
    :::::Enzo Perez - Cardozo - Saviola (Nolito)

    4132
    ::::::Artur
    Maxi - Luisão - Dede - Ansaldi
    :::::::::::Javi
    Amorim(Enzo) - Aimar - Gaitan (Nolito)
    ::::::::::Cardozo - Saviola (Jara)

    Se houver a imposição dos 8 portugueses: O terceiro GR da formação e Urreta emprestado e fica Peixoto.

    ResponderEliminar
  19. De tacticas percebo pouco o que eu realmente quero e um Benfica a jogar bem seja oom que tactica for,que volte o tal rolo compressor recordam-se dele,pois e que volte so basta escolher bem os jogadores pros lugares certos,estou a gostar realmente desta luta entre aspas do RedMoon e GB continuem assim e nao tarda um de voces a ser eleito pelo JJ para seu ajudante voces realmente sabem muito parabens e força sempre em frente.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares