Mais uma vez: "Bola7 falou..." e falou muito bem
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sexta-feira, 11 de março de 2011

Mais uma vez: "Bola7 falou..." e falou muito bem

 ●  + 10 comentários  ● 
É tempo do Benfica acordar…seu técnico, seus jogadores e adeptos. Quando o Benfica começou a carburar em pleno já no ano de 2011 atrevi-me a dizer que este Benfica seria melhor que o do ano passado. Não porque fosse mais espectacular, mas porque me parecia mais sólido. Mas pelos vistos foi tudo fogo de vista. Se as virtudes do conjunto se mantêm, os defeitos também.

As grandes equipas têm a maturidade suficiente para perceberam quando devem pôr em campo a intensidade de jogo aconselhável para o momento. Saber gerir esses momentos, é fundamental e imagem de marca das grandes equipas europeias. O Benfica não sabe.

Todos os jogos são abordados da mesma forma e ontem não foi excepção. Sinceramente já aborrece a forma como JJ (não) prepara os jogos na Luz. Limita-se a apresentar um 11 que caiba nos moldes do costume. Atacar sem critério adequado a cada jogo.

Já é tempo de todos perceberem que jogar na Europa não é jogar no rectângulo luso, onde todos sabemos como se apresentam as equipas na Luz. Com jogadores medíocres, geralmente estrangeiros de 2ª apanha, limitam-se a defender atrás do seu meio campo, procurando o milagre em contra-golpes que apanhem uma vez na vida a nossa defesa desposicionada, ou nos livres “mete-nojo” marcados de qualquer ponto do campo.

As equipas “europeias”, como ontem o PSG, vêm à luz com outra dimensão. O hábito de enfrentarem grandes equipas e grandes jogadores elevam-nas para patamares bem mais elevados, mesmo para equipa sem grande dimensão europeia.

Contra essas equipas há que saber adoptar outra estratégia. E o Benfica não sabe.

Contra equipas desta dimensão há que saber adoptar uma atitude mais cautelosa na abordagem do jogo. Primeiro tentar perceber como funcionam e depois após a adaptação ao seu jogo, paulatinamente implementar as nossas acções ofensivas com segurança, não da forma desabrida e sem qualquer critério como fizemos ontem, numa 1ª parte verdadeiramente horrível, onde apenas se salvaram Roberto e Maxi Pereira.

O espanhol então, não ganhando o jogo porque um guarda-redes não ganha jogos, salvou o jogo e quem sabe a eliminatória com algumas defesas estranhas como só ele consegue ser.

No ano passado quando a maioria do povão se masturbava com as goleadas sucessivas, eu avisava que o Benfica teria de se acalmar, porque isto de atacar como um doido, já nos descontos com o resultado há muito garantido, era suicidário. Como resultado disso, acabamos a época com a conversa que vai ficar para história do Glorioso, como uma novela para durar não sei para quantas épocas…a do cansaço.

Só no Benfica se fala em cansaço. Prás bandas do norte não se fala nisso, e no entanto o raio do fcp apenas tem um jogo a menos que nós. Eu sei que a protecção que estes têm, a nível pontual e outros, lhes permite uma melhor gestão dos recursos. Sei também que o seu 4-3-3 é bem melhor que o nosso 4-4-2 para isso…mas…

Velhos amigos dizem-me…”Tas a ver que o jogo com os franceses foi a última prova em como JJ não sabe gerir o plantel?”. Pois eu digo…JJ não sabe gerir esforço do plantel, porque cedeu à demagogia desportiva e ficou prisioneiro dela.

Observem o percurso da melhor equipa de futebol do Benfica, após os anos 70, a equipa de 1982/1983, e vejam lá a quantidade de resultados na casa do 1-0. Julgam que o Benfica teve grandes dificuldades em os ganhar? Esqueçam. Sabia era gerir muito bem o jogo, “descansando” muitas vezes em pleno jogo, para poder estar apto para o próximo. E com um plantel curtíssimo, e jogadores trintões, ganharam Campeonato, Taça e foram finalistas da UEFA.

É certo também que JJ é vítima da política de aquisições do Benfica, que privilegia o futuro e não o imediato, com o caricato de contratar no mercado de Inverno o Fernandez e nem o inscrever nas competições europeias, mas é tempo de ele acordar para a vida se quer ser um treinador de dimensão europeia.

JJ tem de fazer passar a mensagem a todos, que o Benfica, salvador dos pobres em Portugal, não tem de ser também a Santa Madre Teresa de Calcutá no domínio do espectáculo no luso futebol.

Até dói ver a condição física da maioria dos jogadores do…ia dizer plantel, mas fico-me pelo 11 principal. Salvio e Gaitan por exemplo, tapando-lhes a boca adormecem uma semana.

Até doeu ver uma equipa guerreira é certo, do PSG, mas medíocre em termos europeus, dominar 30 minutos do jogo, e quase ganhando a eliminatória. Valeu ao Benfica, a alma dos seus jogadores, que mais uma vez foram até ao limite. Maxi Pereira e Javi Garcia lutaram como loucos, e cansou ver Maxi fazer sucessivos raides, e observar Javi sozinho no meio campo a lutar contra 2 ou mesmo 3 adversários, sem a ajuda de Martins, paradigma do Benfica, eléctrico, mas sem cabeça.

A juntar a isto tudo uma corrente de disparates que contaminou todo o mundo. Na defesa até Luisão entrou em parafuso…também pudera, o seu parceiro é levar qualquer um… Na frente uma dupla quase invisível, Saviola e Cardozo.

Se Cardozo é assim mesmo, de exasperar até marcar o seu golito da ordem, Saviola, um dos jogadores de maior classe que passaram por Portugal nos últimos 20 anos, não tem jogado absolutamente nada. Uma nulidade quase absoluta, vivendo há muito tempo dos rendimentos da época passada. Raramente sai-lhe alguma coisa bem, mas como é pequenino tem passado despercebido ao “3º anel”. Pelo contrário Jara, tem convencido jogo após jogo. A sua entrada, junto com Aimar, jogador de outra magnitude, trouxeram à equipa a raça e o talento para recolocarem a equipa na Europa.

E mais uma vez estamos em dificuldades. É certo que acredito que equipa vai estar melhor preparada 5ª feira, mas o PSG também. Jogo muito perigoso sem dúvida, com desfecho imprevisível.

10 comentários blogger

  1. De facto existe algum fundo de verdade, mas também é verdade que quando o benfica se limita a gerir, se limita a controlar, logo os assobios ecoam na Luz, logo na blogosefera surgem as críticas ao nível exibicional da equipa, etc.
    Não deixa também de ser curioso, que para algumas pessoas, tudo eram rosas e uma maravilha há pouco tempo e agora já são imensos os defeitos, à semelhnaça do que se disse no princípio de época.
    Julgo que não é preciso pensar muito, que o Benfica, para ganhar títulos em Portugal, não lhe basta ser melhor, é que notoriamente, o empenho que os nossos adversários colocam em campo, é notoriamente diferente do que colocam com o Porto e isso obriga a que o benfica tenha de jogar sempre nos limites e isso sim, é a causa para que o desgaste dos nossos jogadores, seja superior aos do Porto, porque estes não têm adversários tão aguerridos pela frente, colocam jogadores, treinadores e têm diversos clubes sob a sua dependência e isso sim é que deve ser denunciado.
    Se calhar, estava era na altura de denunciar sim e com veemência (serviço que este espaço também tem prestados), as enormes manobras dos verdadeiros inimigos do Benfica.
    A título de curiosidade e para quem quiser ver, no meu últimom post, questiono se por acaso, na assembleia da FPF, o sentido de voto das associações do Porto e Braga não será feito em resultado do desempenho do Porto e Braga na Liga Europa ( a 2ª mão são 2 dias antes da assembleia) e debruço-me sobre a gravidade das palavras de Hermínio Loureiro ao semanário o sol e que foram completamente branqueadas pela comunicação social desportiva e isso sim é grave.

    ResponderEliminar
  2. E falou muito bem mesmo! E tocou em tudo de importante! Pq os defeitos tb são para serem falados e debelados! N podemos assistir à masturbação colectiva quando ganhamos e apontar (só) dedos acusadores ao sistema qd perdemos! Ontem sonegaram-nos um penalty! Sistema? N! Apenas um péssimo árbitro! O que sei é que nos vemos à rascar para ganhar a duas equipas medíocres nesta Liga Europa em plena Luz! E queremos ganhá-la?
    Sim, quem raio é este Fernandez? Digo: se ele se chamasse Fernandes estava f*dido! Nc mais calçava... Até pode ser que se revele um bom elemento, mas repito: o SLB n pode andar sempre a contratar para o futuro! Sim, o Jara explodiu, mas precisavamos que ele fosse assim desde o início da época! O Roberto está melhor, mas precisavamos que ele fosse assim desde o início! A política de aquisições do SLB tem de ser revista: Em Janeiro, precisavamos de um lateral direito para concorrer ao Maxi. Veio? Não! O mesmo para Saviola e Coentrão! Opções válidas! De imediato!
    Mas o autor deste post (e quem sabe eu) vai ser acusado de taliban, antibenfica bla ba!

    ResponderEliminar
  3. os medíocres vão em 3º em frança, a par do lyon.

    a má entrada deveu-se à dificuldade física. custa arrancar.

    poupar jogadores? como, se estávamos a lutar pelo titulo e a nos nao nos oferecem vitorias 1-0 com penalties inexistentes?


    que catrefada de disparates.

    ResponderEliminar
  4. Subscrevo!! há muito tempo que digo isto!!! O Benfica por vezes joga á doidinha!!! Na Europa, Carlos Martins tem de jogar lado a lado com Javi para dar maior cobertuta no meio campo ou entao jogar num 4x3x3 com Martins e Aimar. Além disto o Benfica tem de saber gerir os ritmos de jogo, jogar um pouco mais lento, trocar mais a bola, fazer correr o adversároi, tipo adormecê-lo e depois aumentar o ritmo e surpreender o adversário. Este sistema táctico e esta forma de jogar é boa cá dentro mas a jogarmos com equipas da mesma valia do Benfica ou próximo, o risco de sofrermos golos é elevadissimo porque defendemos com poucos jogadores e atacamos com mais de meia equipa.

    ResponderEliminar
  5. Acho que o Anónimo lembrou bem aqui 1 ponto importante. Critica-se a má gestão, diz-se que os jogadores estão cansados. Mas não se esqueçam que tivemos que jogar muito mais que o FCorruptodoPorto para vencer e passar por cima de arbitragens de merda. Quantos jogos se jogou com 10? Quantos jogos em que se teve golos anulado e penaltys por dar. Quantos jogos as vitórias foram arrancadas a ferros? Só a título comparativo nem é preciso ir muito longe.

    Ontem. CSKA-FCP. Os corruptos tiveram a sorte de não serem massacrados na 1ª parte. Eu digo sorte porque na 1ª parte no minimo tiveram 3 lances a boca do golo. O Doumbia e Vagner Love faziam o que queriam. 1 golo anulado ao CSKA. Na 2ª parte o CSKA não jogou 1 chavo, e os corruptos num lance de sorte marcaram 1 golo.

    Ontem. SLB-PSG. O glorioso teve 1 fraca entrada no jogo e permitiu 1 golo até. Teve mais 1 ou 2 lances de perigo. Mas depois jogou bem e deu a volta. Mas até dar a volta teve que dar o litro. Foras de jogo deles nem vê-los, pelo menos 2 penaltys que fizeram e passaram impunes...

    O glorioso também podia ter feito exibições de merda e poupanças como os corruptos, mas se nos obrigaram alguns jogos a jogar com 10, penaltys a favor é 1 miragem, golos mal anulados, ainda acham que era possível jogar assim?

    Chegou-se ao ponto que se chegou para nos parar como foi em Braga. Daí já se conclui que se queriamos lutar pelo campeonato pouco se podia poupar.

    Agora sim, acho que devia meter a jogar o Benfica B contra o Portimonense.

    ResponderEliminar
  6. Eu nao concordo em nada com esta critica.
    O Benfica nao desistiu do campeonato durante muito tempo e infelizmente, para se ganhar o campeonato a jogar constantemente contra 14 nao se pode fazer poupancas.

    ResponderEliminar
  7. bola 7 escreva só de futebol de sete,aliás o seu nick diz isso mesmo.não se meta com o de onze que fica sem fôlego
    molico

    ResponderEliminar
  8. estou, no computo geral, de acordo com muito de aquilo que foi dito nos varios comentarios! queria so dizer que me espantaria muito hoje o benfica levar 5-1 do olympiakos ou perder 0-2 em casa contra o galatasaray. no entanto e jà nao me livro da impressao que os jogos do benfica na europa sao insuficientemente preparados, até parece que o JJ analisa e estuda os adversariosna primeira parte da primeira mão! tambem tenho dificuldades em entender a utilizaçao exclusiva de um qo sistema tactico sobretudo quando gaitan e salvio nao têm pernas para defender: seria de facto optimo por vezes começar com javi e airton ao lado (um deles podendo subir se for necessario para apoiar as movimentaçoes ofensivas), enfim o JJ tem ainda algumas coisas para aprender para ser um treinador de topo em termos tacticos. uma so nota para dizer que o schalke eliminou o valencia, isso tambem demonstra que o nosso grupo na LC era bastante competitivo! equipa B contra o portimonense e 50000 na LUZ, viva o benfica!

    ResponderEliminar
  9. TB não concordo com muito do que é escrito pelo bola 7. E que tal se o benfica tivesse um banco suficiente para rodar a equipa, e quando digo rodar, é mesmo rodar! Substituindo 4 a 5 jogadores por outros de igual valia, o que segundo jj manifestamente não é possivel!Qual é o substituto à altura para o coentrão, ou Maxi, Ou Aimar, ou Gaitan ou Salvio ou Cardozo... Apenas vejo pelas escolhas de jj o Jara, e o CMartins( que não substtui Aimar). Penso que na planificação da proxima epoca é por aqui que se deverá ir e não na gestão do proprio jogo, ou na diminuição do espectaculo ou do ritmo alucinante de jogo!Adoro ver o Benfica de JJ a jogar( quando os jogadores estão bem fisicamente)...

    ResponderEliminar
  10. Porque isso da equipa estar cansada, ninguém me lixe mas nesta altura quase tudo está. Umas mais outras menos. Vejam o caso do Vaginildo que está a atravessar a altura do túnel. Já está a fazer jejum desde alguns jogos... Alguns nem se dá por ele em campo. Acredito que a equipa esteja cansada, isso é visivel. Mas fazer disto 1 desculpa para tudo...

    Alguns jornalistas tendenciosos é que querem, vender isto, os erros de Roberto, e a má entrada de época para encobrir, para encobrir as arbitragens encomendadas e a corrupção de que vive o 1º classificado... Como se o "futebol espetacular" que o FCP joga bastasse para ainda não ter perdido 1 jogo no campeonato...

    Mas concordo que os jogos da Europa deviam ser melhor preparados. Perder com equipas daquelas na Liga dos Campeões é frustrante... O Schalke era prefeitamente acessivel, o Hapoel nem comento... Na Liga Europa era escusado sofrer tanto em casa. Onde se poderia resolver a eliminatória até. Quanto ao PSG até penso que o Jesus já os conhece bem desde os tempos do Braga, por isso nem me ocorre que o glorioso seja eliminado por eles...

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares