O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Vitoria de Setubal 0 Benfica 2 Sangue, Suor e Lagrimas

 ●  3 comentários  ● 
Apos a vitoria alcancada no Estadio do Dragao a meio da semana para a Taca de Portugal frente ao Porto era essencial para as aspiracoes do Benfica no Campeonato Nacional vencer o Vitoria de Setubal para manter a perseguicao ao Porto na mesma distancia (11 pontos com menos um jogo) e para nao deixar esvaziar o capital de moral e confianca ganhos com a vitoria no Dragao. Tambem tinha outro factor que tornava este jogo importante: o Sporting empatou e era importante cavar ainda mais o fosso pontual para os lagartos que agora estao definitavamente afastados da luta pelo segundo lugar.

No entanto, este jogo era frente a uma equipa complicada constituida por jogadores experientes, sarrafeiros orientada por um dos bons treinadores portugueses que de certeza que tinha uma motivacao extra para empatar o Benfica de modo ao seu Sporting nao ficar ainda mais para tras. Uma equipa que jogou taco a taco enquanto teve folego e apoiada por uma falange de adeptos respeitavel e conhecida por nao morrerem de amores pelo Benfica.

Desta vez Jesus nao reservou surpresas no onze titular e entrou com a equipa esperada em campo contudo quem entrou melhor no jogo foi o Vitoria de Setubal com o dominio de bola e as primeiras oportunidades a surgirem logo apos o minuto 10 com Roberto um bocaco intranquilo no inicio.
Provavelmente ainda a ressentir-se do jogo no Dragao, que deve ter sido extremamente desgastante do ponto de vista psicologico e emocional alem de fisico, a equipa do Benfica demorou imenso a carburar. Custava a ligar mais que dois ou tres passes seguidos e a equipa do Vitoria de Setubal fazia um pressing alto e imediato a quem tinha a bola.
Consequentemente, a primeira grande oportunidade do Benfica  so apareceu ao minuto 25 apos insistencia de Aimar que isolou Saviola que nao conseguiu desfeitear o guarda-redes, na sobra Cardozo remata para a baliza mas Miguelito interceptou a bola.
Salvio estava em noite nao e Aimar e Saviola tambem estavam uns furos abaixo do costume enquanto que Gaitan parecia desaparecido em campo. O Benfica gradualmente comecou a dominar o jogo em termos de posse de bola e comecaram a surgir as oportunidades de golo, nao por nenhum dos desinspirados membros ofensivos  mas sim por Luisao primeiro num bom cabeceamento e depois numa jogada que mais parecia de um artista e nao de um defesa central e que se fosse golo seria seguramente um dos golos do ano. O guarda-redes do Setubal defendeu ambos os remates do Girafa e parecia lancar-se para uma exibicao brilhante.
A primeira parte estava a chegar ao fim, nao antes de Roberto ter tido oportunidade de brilhar ao cortar um livre muito perigoso de Pitbull e do momento magico do jogo que ironicamente surgiu num contra-ataque do Benfica ja no tempo de compensacao: Saviola carregou a bola pelo lado direito enquanto Gaitan subiu pelo lado oposto e pediu a bola avancado, este fez um cruzamento longo a que  Gaitan deu  o melhor destino rematando com a parte de fora do pe esquerdo sem sequer deixar bater a bola no chao. Golo indefensavel e momento de inspiracao da noite num jogo em que os artistas estavam todos desafinados.

Na segunda parte, viu-se um Benfica ainda mais desconexo e um Vitoria a acreditar que conseguiria empatar e a juntar-se a festa a cosmica besta do Cosme Machado decidiu juntar-se a festa com uma sinfonia do apito, apitando qualquer encosto de um jogador do Benfica e nao marcando nenhum lance dos jogadores de Setubal.
Felizmente, Roberto estava em noite inspirada talvez a sentir o bafo de Julio Cesar na sua nuca na luta pela titularidade da baliza e fez duas grandes defesas que garantiram a vitoria ao Benfica primeiro quando lhe apareceu cara a cara e depois a grande remate de fora da area ao fora-de-serie do Setubal, Pitbull.
Contudo depois desse lance o Vitoria finalmente deu o estouro fisico e acima de tudo pareceu de deixar acreditar que era possivel dar a volta ao resultado e Jara pouco depois de entrar sentenciou a partida com um golo que resultou de uma jogada iniciada que apanhou a equipa do Setubal em contra-pe por si proprio, apos passe de Maxi Pereira.
O jogo ficara resolvido mas ja nos descontos ainda poderia ter surgido o 3-0 se Miguelito nao tivesse voltado a tirar o pao da boca aos avancados do Benfica. Contudo, sera justo admitir que esse seria um resultado demasiado pesado para o que se viu das duas equipas em campo pois o Vitoria fez um jogo muito forte e deu bastante trabalho.

Positivo: Exibicao de Roberto, apesar do mau comeco fez defesas cruciais que seguraram o resultado. Na minha opiniao o melhor em campo. Boa entrada de Jara no jogo com o 4o golo em 5 jogos seguidos, este miudo ameaca tornar-se um caso serio e uma ameaca para Saviola e Cardozo. Luisao esteve imperial na defesa e Sidnei, discreto e eficiente.Bons golos, principalmente o de Gaitan.

Negativo: Desinspiracao dos artistas. Salvio, Aimar e Saviola estiveram desinspirados apesar do segundo ainda ter feito a assistencia para o primeito golo. Exibicao do apitadeiro do costume. So apitou faltas contra o Benfica e com essa arbitragem condicionou imenso o jogo do Benfica.

Agora vem uma semana sem jogos pelo mio para quem nao foi convocado para seleccoes o que permitira dar algum descanso aos jogadores.
E com este jogo o Benfica alcancou  a 15 vitoria consecutiva em jogos de competicoes nacionais o que permite que possa enfrentar a fase complicada de calendario que ai vem com a moral em alta e a colocar a pressao nos ombros dos rivais.

3 comentários blogger

  1. Melhor em campo por decisão unânime: Cosme Machado! Cumpriu a sua missão em pleno, parou o jogo o mais possível para o lado do Benfica, assinalando tudo contra e pouco a favor, admoestou como o chefe lhe fez referencia os Benfiquistas ao mais leve encosto e os adversários só em caso de risco de fractura exposta. Levou a peito a missão de amarelar o mãximo possivel de jogadores do Benfica para os seus colegas em jogos futuros terminarem o servicinho e conseguirem colocar meia equipa de castigo quando chegarem os jogos mais decisivos do último terço do campeonato...sem dúvida nota 5 em 5!

    ResponderEliminar
  2. Exibição algo desinspirada mas com atitude. Do outro lado o Vitória de Setúbal mais batalhador da temporada...pudera, trata-se da filial corrupta!!

    Mais 3 pontos!

    ResponderEliminar
  3. O Cosme Machado meteu nojo neste jogo. E anulou um golo limpinho ao Javi Garcia! Mas nem assim o Benica perdeu pontos!!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking