O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Salvador e efeitos de uma deficiente política de comunicação

 ●  6 comentários  ● 
às tantas isto já nem tem a ver com o departamento de comunicação, porque não acredito que estas coisas sejam da cabeça do atrasado mental do Rui Cerqueira.

Hoje o AVB apareceu na sala de imprensa com uma atitude mordaz e agressiva para com o Benfica. Esta atitude tem dois resultados positivos: 1. Mensagem para dentro do balneário deles que se viu atacado pelas «previsões» do JJ e pelas bocas dos jogadores que se mostraram contentes. 2. Mensagem para os benfiquistas, precisamente para provocar e conseguir que o ataquemos e que vamos esquecer que vão ser ajudados outra vez no fim de semana.

Até podia ser uma situação lixada, se não fosse o caso de nos termos posto a jeito:

«o F.C. Porto não vende com facilidade» em inicial ataque às vendas abaixo das clausulas sempre feitas na Luz e depois seguiu-se a boca aos orgasmos que o JJ tem por conhecer os jogadores do futebol brasileiro: «não passo os meus serões a ver jogos do Brasil».

Quando a questão é a necessidade de reforços, o gajo aponta outra vez ao desnorte e falta de critério de muitas das opções do Benfica: «Se o F.C. Porto tiver necessidade de ir ao mercado, irá fazê-lo de forma rápida e agressiva, sem mediatismos. O F.C. Porto tem alvos identificados há muito tempo. Não acho que vá acontecer uma novidade nesse aspecto».

Claro que o atestado de menoridade que o AVB recebeu do JJ não ficou sem resposta e: «Convém referir que nos últimos três jogos o F.C. Porto leva um score de 10-1 frente ao Benfica», a que se seguiu a desvalorização de JJ e das suas previsões face a um dado importante que é classificação: «Não posso comentar cada profecia do treinador do Benfica, os seus vaticínios. Acredito mais na nossa competência. Se a pressão externa existe para ele, para nós não, porque acreditamos naquilo que fazemos. Foi o nosso trabalho que nos conduziu aqui. O passado conta pouco e queremos crescer para o futuro. As mensagens do exterior servem apenas de entretenimento semanal»

Na minha opinião este atrasado mental limitou-se a ouvir uma missa qualquer antes de entrar para a conferência de imprensa para vir atirar sobre o Benfica. Do nosso clube tem que esperar agora, no mínimo, a integral exploração das suas fragilidades e ele tem muitas.

O Jorge Jesus já começou a guerra, mas não a pode travar sozinho, quando enfrenta uma organização com tentáculos até à imprensa que dá logo guarita e amplitude aos Corruptos. O Fernando Santos uma vez comparou o Porto ao Benfica dizendo que no seu clube do coração se sentia sozinho enquanto no outro lado se sentia apenas uma parte da engrenagem que funcionava como um todo e onde todos estavam e eram protegidos.

Enquanto o JJ for sozinho para a guerra, arriscamo-nos a que este cabrão venha gozar o prato.

Mas parece é que o presidente do Benfica está mais entretido com outras políticas: «Junto do sector financeiro apurou que a construção dos empreendimentos em Lisboa e Algarve foi adjudicada nas últimas semanas a um grupo de empreiteiros, onde se encontra uma empresa de um outro dirigente desportivo, António Salvador, que é presidente do Sporting de Braga desde 2003. Salvador é proprietário da Britalar, responsável pela construção do Centro de Estágios do Benfica no Seixal.»

Isto sobre uma notícia do Público que diz que o Vieira meteu o amigo do Pinto da Costa a enriquecer com os seus negócios pessoais.


MAS CLARO QUE O VIEIRA NÃO MISTURA O BENFICA COM OS NEGÓCIOS PESSOAIS, ISSO É TUDO MÁ LINGUA

6 comentários blogger

  1. Águia Preocupada06 janeiro, 2011 21:06

    Mas não há ninguém capaz de dar duas valentes chapadas naquela carita de rapazola estúpido e desinteligente que é o AVB?
    Perder tempo com ele, não será demasiado?
    Deixem-no lá zurrar enquanto pensa que fala...
    Como se diz na minha terra: "Vozes de BURRO não chegam ao céu!"...
    Quanto a dar resposta, acho que não! No nosso clube não há ninguém com capacidade suficiente para travar uma guerra com aquela gente! Assim sendo, mais vale estarem calados... pelo memos não se põem a jeito para estes dichotes...

    ResponderEliminar
  2. Meus caros benfiquistas: mas o que diz o cenourinha interessa a alguêm? Não percebo a relevância... No final faremos as contas aos titulos!
    socio slb n 218219

    ResponderEliminar
  3. A politica de comunicação do Benfica é tão boa que sobre um assunto que deveria ser exclusivamente desportivo mandam o director da comunicação.

    É certo que muitos vão dizer que é normal porque é esse o seu trabalho. É a mania de dizer "ámen" a tudo o que vem de cima...

    Mandar o João Gabriel falar sobre o caso Mori é duplamente estúpido. Primeiro, porque nenhum clube faz isso. Segundo, porque hoje é ele e amanhã já não. Aproveitem o Nuno Gomes. Mandem o Nuno Gomes já agora... Amadores.

    ResponderEliminar
  4. Responder a Vilas Boas é dizer-lhe já amanhã que nas últimas três competições em que Benfica e Porto disputaram nos últimos nove meses, o Benfica ganhou 2 e o Porto 1. E isso compete a nós dizê-lo, espalhá-lo, exigi-lo.
    Depois é ganhar em campo. Não permitir vergonhas como aquelas do 5-0. É lembrar a Vilas Boas a classificação da Académica no ano anterior, o seu índice pontual. É lembrar a Vilas Boas que o primeiro a ultrapassar o índice pontual de Mourinho (vencedor da Taça Uefa e Liga dos Campeões) foi o Benfica de Jesus.
    Ah, outra coisa: quando estamos em guerra com cenourinha, não nos pomos a discutir os negócios do Filipe Vieira. É dar tiros nos pés. Temos tempo para falar disso. Agora é ganhar ao Leiria, ao Olhanense e à Académica, isto é, a tríplice entente do Eixo do Mal...

    ResponderEliminar
  5. Os 5-0 não foram uma vergonha evitável, foram antes uma lição merecida. Se não aprendemos nada desde ai (e pela amostra parece que não) estamos fodidos.

    Carlos Vinhas

    ResponderEliminar
  6. Desculpem lá, mas o rapaz falou bem e acertivo.
    Eles lá em cima estão habituados a mostrar resultados e a trabalhar para os obter.

    Na Luz, fazem-se heróis e santos com pés de barro, idolatra-se e gaba-se a torto e a direito, faz-se cagada em cima de cagada, e depois a culpa é sempre de outra coisa qualquer.

    Era bonito era aprender alguma coisa com os erros, mas nem isso.

    Cumprimentos,
    Benfica Sempre!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking