O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 28 de agosto de 2010

XUPÓ CARAMELO!!!!!!! (Updated)

 ●  13 comentários  ● 


Estava eu até a pouco a trabalhar na minha carrinha, e ouvia o relato do benfica com toda a atenção na antena 1...e então acontece o pior...PENALTI e Júlio César na rua! Então o comentador ( para mim nomes não é o meu forte) se regala logo a dizer que o jesus ja tinha entornado o caldo todo, o Roberto sempre ia jogar! E depois então, o relatador HÉLDER CONDUTO, parente desta personalidade, cospe esta pérola..."Hugo Leal, um senhor, seguríssimo...Roberto, treme que nem varas verdes!....defende RRRRRRRRRRRoberto!"

E eu gritei logo.....XUPA, XUPAAAAAAAAAAA!!!!!

Granda melão com que o homem deve ter ficado....só merece castigo divino e 10 vezes pior que eu sou bonzinho...

COMENTADEIROS INVERTEBRADOS!

Aqui está a pedido de alguns bloggers, o resumo do relato da Antena 1 do jogo de ontem, onde vem a pérola deste post...

Teatro Variedades

 ●  16 comentários  ● 
É oficial: Simão Sabrosa disse adeus a selecção.

Estava o homem já sem condições físicas para jogar pelo seu país? Ainda ontem ganhou a Supertaça Europeia! (parabéns campeão)

Estamos a falar duma instituição que deixou de ter utilidade pública, porque funciona como uma ditadura, onde reina a máxima do quero, posso e mando, onde os dirigentes se perpetuam através das suas influências e com uma intimidade ao clube da corrupção que quase não se consegue distinguir.

O seu presidente é um bêbado, que só quer que lhe deixem a cabeça em paz e já agora lhe metam o maço de notas no bolso. Whisky é que é bom! Essa voz grossa não engana!

O maior corrupto da federação, e a ligação da federação com o sistema, Amândio de Carvalho, já ligado a instituição desde o mundial de 1986! qual Dick Cheaney, é quem mexe os cordelinhos.

Fora da federação mas também íntimo destes andamentos, o secretário-estado do Desporto, Laurentino Dias, recebe e assobia para o lado.

Estes três capangas do Pinto, aliados a um lambe-botas e vendido que é o que está na foto da direita, realizam todos os desejos do Pinto e do Jorge Mendes, com grandes influências em todas as áreas do futebol, em troca de chorudas comissões que os fazem ficar calados.

O que aconteceu desde que estes 4 se juntaram? caso médicos anti-doping, não convocação de João Moutinho para redução de valor de passe, convocação de 17 jogadores de Jorge Mendes para inflação dos respectivos passes, "lesão" afastamento do Nani, "lesão" afastamento do Deco. Pelo meio até deu para duas lambadas no Jorge Batista.

E missão cumprida, o Pinto comprou o Joao Moutinho por metade do preço, o Jorge Mendes ficou mais rico, Deco resignou a selecção e voltou para o brasil, dirigentes da federação e o "boy" recebem chorudas comissões pelo servicinho.

Mas o "boy" falou demais, foi prepotente e atreveu-se a por em causa a estrutura da federação como "amadora". Devia ter dito dos whisky's e dos envelopes. Isto porque o Pinto já não tinha utilidade para o "boy" e então foi sugerida uma rescisão amigável, que ele rejeitou.

Então a federação obedecendo ao dono, processou Carlos Queiroz de tudo o que tinha feito quando fazia de lambe-botas.

É assim amigo, quando se brinca com o fogo, acaba por se chamuscar. (esperemos então pelas cenas dos próximos episódios...)

No meio de todo este circo, o que é facto é que Queiroz não mantinha ambiente nada saudável com muito jogadores, Simão incluído. Quem se pode dar bem com um animal destes?

O que acham que fariam no lugar de Simão? Sendo a Federação nos últimos tempos uma fornalha onde saiem todos queimados menos os "intocáveis" Merdail e Amândio, nem o seleccionador escapa, e havendo Varela, Nani e o renascido Quaresma a batalharem pelo lugar, acham que ele vai ficar a espera pelas convocatórias do Agostinho Oliveira, esse pau mandado da Federação? E o gosto do Simão pelo vermelho, como se viu na convocatória, também não abonavam em nada a favor dele...
Digo mais, veremos se nos próximos tempos os abandonos de jogadores mais maduros da selecção não se vão multiplicar...por questões pessoais...

Fizeste muito bem Simão, aquilo é um ninho de víboras.

Entretanto, os idóneos senhores Gilberto Madaíl e Carlos Queiroz, vieram declarar respectivamente "a sua emoção", e "modelo de referência" em relação ao Simão...que comovente...

Tudo isto que viram aqui, não passa de ficção da mais tresloucada, qualquer aparência com a realidade, é pura coincidência...

ps: Últimos dias de mercado, e temos uma orgia de transferencias...o grande Pongolle emprestado ao Saragoça XD, Stojkovic ao Partizan, Hugo Viana de vez no Braga (ai esta o dinheiro da champions a funcionar), Yebda emprestado com opção de compra no Nápoles, Tonel no Dinamo de Zagreb (what?? lol) e por último...

Meireles no Liverpool! Ainda ontem vinha o treinador do FM a dizer que ele não se empenhava...lol...deve pensar que somos todos burros como o burro alves, então um homem que faz o mundial que faz e depois não jogava nem um jogo sequer? É obvio que ia sair! É obvio que o João "maça podre" Moutinho era para substitui-lo! ENGANA-ME QUE EU GOSTO!

pss: Como é hábito naquelas transferências muito referenciadas nos jornais, o tal jogadores passa de ter um pé, para os dois pés no clube, depois esta por horas...vamos lá ver quantas horas vai levar ao Hleb entrar nos portões do Estádio da Luz, porque se forem demais, já o prazo de transferências expirou...

E não percam de vista o tópico de estreia do BenficaEsmaga. A Causa das coisas

A causa das coisas

 ●  1 comentário  ● 
Costumo tracar as minhas metas para a epoca futebolistica nao em funcao do lugar em que o Benfica deve ficar no fim do ano mas em funcao do numero de pontos que deve conquistar. Para o ano passado tinha pedido 75. Tivemos mais, fiquei satisfeito. Teria ficado satisfeito com o comportamento da equipa se tivessemos perdido o campeonato apesar dos 75 pontos. Este ano, antes de o campeonato comecar, a minha meta era 78. Como entretanto ja' perdemos seis pontos parvos (em jogos que ganhamos o ano passado), ficarei contente com qualquer coisa entre os 72 e os 75. Um campeao e'-o porque faz mais pontos que os outros, e a melhor maneira de garantir que fazemos mais pontos que os outros e' tendo muitos pontos. Nao quero saber se estamos a seis ou a quatro do primeiro, ou com mais dois ou cinco que o segundo. Quero saber que do maximo de doze pontos que eu admitira perder, seis ja' foram. E nao me interessa quando somos campeoes mas fazemos um campeonato miseravel (e.g., 2004/05). Ok, e' melhor ganhar que perder, certo, mas tambem e' melhor ganhar com classe (ou, se preferirem, nota artistica) do que sem ela.

Muito se discute o que mudou (para pior) da equipa intratavel do ano passado, que continuava com o pe' no pedal mesmo depois de estar a ganhar por cinco, para a equipa deste ano, que depois de estar a perder ainda pisa mais no travao. Sairam tres titulares, entraram dois que podem vir, com trabalho e tempo, a tornar-se titulares, e um que com trabalho e tempo podera' vir a decidir se ser jogador de futebol e' mesmo o que ele quer fazer na vida. Isto pode justificar alguma perda, mas nao explica tudo. Nao sei de cor (mea culpa, mea culpa!!) os onzes titulares dos jogos do ano passado, nao sei se em algum jogamos sem o Di Maria e o Ramires (acho que sim), mas lembro-me por exemplo que no dia 20 de Dezembro tinhamos o flanco esquerto todo castigado e mais nao sei quem lesionado, e demos um banho de bola ao adversario (que se manteve mesmo quando o Luis Filipe entrou no fim da segunda parte). A troca do Quim pelo rapaz que talvez venha a ser um guarda-redes pode tambem explicar alguma coisa, mas ele fez os jogos quase todos na pre-epoca e a equipa jogava bem (e ganhava quase sempre, como o ano passado). Mas de repente, parece que se apagou a luz. Anda tudo preso de movimentos, de ideias e de conviccoes. Levamos uma banhada EM CASA de uma equipa que o ano passado andou ate' ao fim a lutar pela manutencao. Na Madeira faltou sorte, mas tambem faltou vontade de ter sorte. O ano passado, mal a se aproximava da chuteira de um adversario, ja' o dito estava a ser pressionado. Este ano, pressao alta so' se ve contra a nossa defesa. O ano passado a equipa era um bloco, este ano anda cada um para seu lado. O ano passado quando um tinha a bola havia quatro ou cinco a correr para criar espacos e linhas de passe. Este ano as bolas vao todas ter 'as canelas adversarias.

Nao percebo nada de metodologia de treino (e tanto que gostava de perceber!), nao sei como e' que se orienta o treino fisico para planear picos de forma em determinadas alturas. Sei, contudo, que o ano passado a equipa entrou a todo o gas e se manteve assim ate' la' para Janeiro. Depois o gas baixou um bocadinho ate' Marco, e estabilizou mais ou menos depois da eliminacao da UEFA. Parece-me possivel que JJ tenha preparado a equipa o ano passado para entrar a matar, ciente que nao tinha margem de manobra para falhar no inicio e assumindo o risco de baixas de forma mais para o fim do campeonato, e que este ano tenha preferido uma abordagem mais homogenea da epoca. Isto explicaria as pernas pesadas com que os rapazes se tem apresentado em campo. Poderao as derrotas explicar o resto? O jogo que praticavamos o ano passado, em movimento continuo, nao funciona se os jogadores nao estiverem em boa forma fisica.

Vou aguardar (im)pacientemente pelo que o proximo jogo trara'. Espero que seja uma melhoria significativa relativamente ao que temos visto. E espero que JJ se recorde que nos somos tao fortes quanto o nosso elo mais fraco, e que os grandes sabios, aqueles que estao verdadeiramente acima dos demais, alem de conhecimento e da capacidade de o por em pratica, costumam ter algo que nao se compra e nao se vende: bom senso.


P.S.: E' com muito gosto que comeco a colaborar na nova versao do GeracaoBenfica. E' um blog que acompanho ha' muito, e que e' uma referencia do Benfica e dos benfiquistas. Espero estar 'a altura, caso contrario humildemente mudarei o meu nick para Roberto. Lamento a ausencia de cedilhas, acentos e afins, mas desde lado do Atlantico (el charco, para os amigos) nao ha' dessas coisas no teclado.

P.S. 2: quero desejar toda a sorte do mundo ao Roberto. Sinceramente, sem ironias. Ele claramente precisa.

Jesus e Moniz em Sintonia?

 ●  2 comentários  ● 
A 23 de Agosto, numa crónica oportunista, José Eduardo Moniz afirmou: "Jorge Jesus vai ser obrigado a treinar e a ensaiar em encontros oficiais, numa fase em que o essencial é lutar para agarrar pontos"

Hoje, cinco dias volvidos, li no Publico que Jorge Jesus afirmou à BenficaTV "O Benfica está a fazer a pré-época no campeonato".

Desnecessária sintonia de Jorge Jesus com alguém que se apresenta tão distante da actual direcção, que quando teve uma breve oportunidade não enjeitou vir apontar o dedo... ainda que quando teve oportunidade de ser alternativa se limitou a fugir.

Ainda assim, gostava de reflectir um pouco sobre este tema dado que discordo em absoluto desta desculpa esfarrapada! Nem sequer vou olhar para o Barcelona (que virou uma eliminatória) ou outros clubes que já estão a carburar e tiveram tantos ou mais jogadores que nós.

Perante o argumento de Moniz, que Jorge Jesus parece partilhar, de que "o Benfica vai precisar de mais uma boa meia dúzia de jogos antes de ter uma equipa em que os jogadores se habituem todos a atuar ao lado uns dos outros e se identifiquem com modelos táticos estáveis", gostava apenas de lembrar:

SLBenfica x FCPorto: Jogou apenas um reforço a titular (Roberto) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica e dois pelo FCPorto, sendo que ambos tinham apenas dois jogadores que efectivamente jogaram no Mundial (Coentrão e Cardozo; Alvaro Pereira e Meireles) - Fábio Coentrão foi o melhor pelo SLBenfica.

SLBenfica x Académica: Jogou apenas um reforço a titular (Roberto) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica, desta feita Maxi em vez de Luisão. Apenas três jogaram realmente no Mundial (Cardozo, Coentrão e Maxi) - Fábio voltou a ser o melhor do SLBenfica.

Nacional x SLBenfica: Jogaram dois reforços a titulares (Roberto e Gaitan) e dos "mundialistas" estiveram em campo quatro pelo SLBenfica, num jogo que ocorreu cerca dois meses depois de Portugal sair do Mundial e quase de mês e meio depois do nosso último jogador abandonar a Africa do Sul.

Haverá mesmo motivo para justificar a fraca qualidade de jogo e quebra anímica com o Mundial? Ou fará mais sentido falar-se no planeamento da pré-temporada, na ausência de resposta às saídas de jogadores importantíssimos como Quim, Ramires e DiMaria, na insistência num Roberto sem condições, etc.?

******
Num momento em que o GB está em mudança, a quatro dias do fecho do mercado aproveito para apresentar o último reforço - pjsimões. Os primeiros dias têm sido muito positivos e têm-nos chegado muito bons feedbacks sobre os novos reforços. Fico muito contente de ver o blog tão bem entregue.

Hoje foi um dia fértil em informação no (novo) Blog GeraçãoBenfica pelo que gostaria de recordar os tópicos do dia para que, quem não teve oportunidade possa visitar informação muito importante e que merece ser lida, comentada e debatida com os respectivos autores:

O primeiro post de Redmoon

Obviamente que ainda estamos todos a adaptar-nos a esta nova realidade do GB que a partir da próxima semana entrará em velocidade cruzeiro.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

O primeiro post

Avatar
 ●  4 comentários  ● 

O primeiro post é sempre o primeiro post e, no meu caso, não é especificamente sobre o Benfica que quero hoje falar. Quero antes falar da responsabilidade que é “invadir” assim o espaço de alguém que ao longo do tempo tem angariado adeptos e seguidores, sempre ávidos das suas opiniões.

Seria mais fácil se este tivesse sempre sido um espaço de muitos e eu fosse apenas mais um. Mas não, este é hoje um espaço de referência no universo benfiquista, construído à conta do saber e do empenho de uma só pessoa.

Estar portanto à altura do que já existe é o desafio, o desafio de tentar trazer para o blog novos leitores sem defraudar as expectativas dos muitos que já existem.

Sobre a minha colaboração, o que as pessoas podem contar é com opiniões, obviamente com uma certa dose de parcialidade na defesa dos interesses do Sport Lisboa e Benfica. Sim, porque não acredito muito em imparcialidade quando se acredita em causas, sejam elas clubistas, políticas ou religiosas.

No entanto, acreditar na causa Benfica é também ser crítico quando o momento se adequa, seguro porém de que não serei nunca dono da razão, e que a minha opinião valerá sempre tanto como qualquer outra.

Dito isto, e porque este é mais um post de apresentação do que propriamente de abordagem a um assunto específico da vida do clube, deixarei apenas uma mensagem de esperança para aquilo que espero vir a ser mais uma época de sucesso futebolístico, especialmente numa altura em que ciclones vários têm ferido o optimismo de muitos.

Tem-se falado muito, escrito muito também, por vezes somos nós mesmos, Benfiquistas, que acabamos por destruir inconscientemente aquilo que é nosso. O Benfica é de facto um clube especial, todos nós opinamos e sugerimos, e vivemos com o coração ao pé da boca. Há momentos em que a melhor forma de ajudar é mesmo não dizer nada, e isto nem é só no futebol, mas na vida em geral.

Mais do que sugerir contratações, avaliar guarda-redes e outros reforços que provavelmente nem hão-de vir, acho que o importante é olhar para dentro e valorizar ao máximo aqueles que temos. São esses os que nos podem dar as alegrias, aliás, já nos mostraram a todos que são capazes de o fazer.

É que há muitos anos atrás por exemplo, com Paulo Futre, Paulo Sousa e Pacheco não fomos capazes de ser campeões nacionais. Fomos sim, no ano seguinte, já sem estes três craques da bola, numa época em que não havia nem dinheiro para pagar a conta da electricidade, e na qual o único reforço que chegou à luz foi… Abel Xavier, por sinal um dos jogadores que mais vezes vi ser assobiado na Catedral, e que, depois de deixar o clube pela porta dos fundos, fez ainda carreira em clubes como o Bari, Oviedo, PSV Heindhoven, Everton, liverpool, Galatasaray, Roma e Midlesbrough.

É que com a novela Roberto, novela alimentada pela imprensa, pelos inimigos, mas por nós Benfiquistas também, nem percebemos que não estamos a destruir apenas um guarda-redes. Estamos sim a destruir três de uma só vez, já que, digo eu, qual é hoje o moral de Moreira e Júlio César, claramente elementos sem a confiança nem do treinador nem dos próprios sócios para substituir o espanhol? Que estão eles lá a fazer, pergunta mais do que legítima que qualquer um desses dois guarda-redes pode fazer nesta altura?

Quanto a mim, mais importante do que reforços, é colocar aos jogadores que temos uma simples pergunta:

Os Jogadores do Benfica querem vencer a Liga deste ano tanto como quiseram vencer a do ano passado?

Assim visto de fora tenho a impressão que o treinador quer, e que a grande maioria dos jogadores também, o que me deixa descansado. O meu receio é que haja um ou dois jogadores que não queiram, e esse poderá ser o problema mais urgente que Jorge Jesus terá para resolver neste momento: saber rapidamente aqueles que estão com ele, bem mais importante do que eventuais reforços que possam ainda chegar.

Hoje foi um dia rico em notícias no blog do GB, sinal de vitalidade que espero que se mantenha. Sugiro que leiam a publicação do criador deste espaço e da sua fé para o jogo de amanhã: “Amanhã? É sem mácula!”, bem como a de DarthVader: “Que solução para Roberto?

Amanhã? É sem mácula!

 ●  3 comentários  ● 
Uma breve passagem por este novo Blog GeraçãoBenfica, deixando os meus públicos parabéns aos novos GB Friends que já postaram com uma qualidade excelente e deixando também uma saudação aos que ainda não escreveram o primeiro tópico, mas que farão em breve.

E passo para deixar uma breve mensagem para o jogo de amanhã na Catedral, onde estarei:

Tenho ouvido falar na pressão que os adeptos fazem, na adaptação a novas tácticas, no plantel que está (estará?) por fechar, nos jogadores que chegaram tarde, etc. etc. etc.

TRETAS desde já vos digo! TRETAS! O SLBenfica faz parte da história do futebol português e até Mundial, tem uma camisola que faz tremer quem a veste, por isso os poucos privilegiados que a fazem tem que saber estar à altura de um dos maiores desígnios de Portugal.

Mas não é menos verdade que a camisola do SLBenfica também faz tremer quem a olha como adversário. Essa é a responsabilidade do SLBenfica, primar pela sua história de clube temido e temível, com espírito guerreiro e de luta.

Amanhã na Luz, com ou sem Roberto (espero que sem), como já afirmei nos comentários ao tópico Que solução para Roberto? (Updated) e ainda (será que vem?) sem Hleb que foi hoje previamente "apresentado" no GB (Quem é Alyaksandr Hleb) e mesmo com todas as contingências tão bem explicadas pelo JMC quando analisou a pré-época e mercado de transferências... o que é certo é que quem vestir o "manto sagrado" tem que esmagar sem mácula o adversário, este e qualquer outro, tenha a função que tiver no jogo, seja de cor preta ou às riscas verdes, seja quem for... é para esmagar!

Não se admitem as constantes desculpas com tudo... e com os adversários de negro!
Sem desculpas, que todos ganham mais durante a noite que nós, sócios, a trabalhar uma vida.

Para aqueles que entram de peito feito a reclamar uma saída para melhores contratos, os prémios financeiros do título do ano passado ou seja lá o que for, sejam dirigentes ou jogadores, deixo-vos uma frase brilhante do companheiro Bola7 em Tocar pra frente!:

"Convém dizer a todos os endeusados que ganharam o 32º campeonato para o Benfica, que NÃO GANHARAM 32 CAMPEONATOS PARA O BENFICA.

Ou percebem a bem, ou percebem a mal…isto se os adeptos do Benfica ainda tiverem tomates como tiveram os que ganharam para a história, o grande Sport Lisboa e Benfica!"

Força Benfica!

Que solução para Roberto? (Updated)

 ●  7 comentários  ● 

Este tema tem sido o mais discutido nos últimos tempos do glorioso, e sem dúvida o que mais paixão e divisões cria. Será que roberto valeria mesmo os 8,5M? A culpa das actuações fracas da equipa (principalmente sector defensivo) seria só dele? Tem roberto qualidade para jogar no Benfica?

O único que digo sobre isto é que os males que afectam o Roberto são na minha opinião de aspecto mental, clube novo, custo elevado, pressão dos adeptos ansiosos, elevada aposta do treinador e presidente nele. E claro, ele não é nem de perto o único culpado pela actual situação da equipa. Há muitos factores e decisões em jogo. Tem ele qualidade para guarda-redes de nível mundial? Penso que não, mas de certeza que tem potencial para ser um bom guarda-redes, quem sabe excelente.

Agora o que se impõe é, o que fazer para que Roberto tenha condições para adquirir essa segurança psicológica que o permita mostrar as suas qualidades?

Nos últimos dias, em consequência de o mercado futebolístico estar nos seus últimos dias de actividade, o Benfica na sua necessidade e ânsia de encontrar soluções e mostrar serviço, tem-se desdobrado em esforços para encontrar um substituto para Roberto. Já se falou em Doni, Stojkovic, agora Marchetti. seja um destes ou outro, estamos a procura do tal guarda-redes que dê segurança e pontos no imediato.

Por esse lado tudo bem, embora já seja o remédio e não a prevenção à doença, algo que o Benfica não faz muito bem, andamos sempre mais ao sabor dos acontecimentos, em vez de os tentar antecipar.

Adiante, no caso desse guarda-redes vir, o que se fará a Roberto? O tal guarda-redes virá por empréstimo? Virá a titulo definitivo? Vir a titulo definitivo não acho, até porque disso deduziria-se que Roberto seria vendido, fosse agora ou em janeiro (Saragoça?) e por um preço muito inferior a compra. Seria mais um caso estilo Berguessio, Keirisson, Shaffer, Patric para não falar em mais, o Benfica muitas vezes não da tempo de adaptação ao jogador contratado, ou vai ou racha, mas o Benfica não pensa que quem mais fica a perder com isso é o próprio clube, que joga fora o investimento feito sem pensar nas soluções para tentar rentabilizá-lo. Mais, seria o dar a razão aos tais adeptos que criticaram todos os detalhes deste processo e que acreditam indelevelmente que a culpa toda deste arranque de temporada e dos golos sofridos tem um só nome: ROBERTO! Por eles era mesmo guilhotina e rola a cabeça! Se os dirigentes e equipa técnica o têm protegido até agora, mostrem-no que não foi só pela aposta talvez um pouco cega, e para não dar o braço a torcer porque afinal estavam redondamente enganados e tinham um ego a proteger...

O que eu acredito que aconteça é que contrataremos um guarda-redes por empréstimo de 1 ano com opção de compra, para ser activada se depois se verificar que este guarda-redes é mesmo bom, ou roberto mostra ser superior, então não se activaria. Enquanto isso o roberto será emprestado a um clube espanhol, para depois ser reintegrado na próxima época e então ter uma definitiva oportunidade de mostrar valor.

O que eu faria? É controverso, mas eu o deixaria no clube mesmo que entrasse outro guarda-redes. Poderia jogar muito menos, já que seria utilizado ocasionalmente em jogos de menor importância para verificar os seus progressos, mas por outro lado, aumentaria o entrosamento com o grupo de trabalho, adaptar-se-ia ao ambiente do clube, o feitio dos adeptos, os "tiques" do futebol português, porque não são só os treinadores estrangeiros que podem ter dificuldade de adaptação ao estilo de jogo português, mas também os jogadores.

Acredito que seria a melhor maneira de aumentar as hipóteses de rentabilizar Roberto, tanto em termos desportivos, como de valor de passe. Custar-nos-ia um ano de ordenados e poucos jogos, mas do que já vimos no futebol, há coisas muito mais caras que isso, tanto na questão do dinheiro, como dos êxitos desportivos.

Se a direcção se decidir pelo empréstimo, também não desdenho a decisão, a continuidade na aposta no roberto é que seria a morte dele, e do Benfica 2010/2011.

Erros todos cometem, o que faz a diferença depois é se os deixamos multiplicar ou nos esforçamos por dividi-los...

Aguardemos então pelas últimas decisões antes do fecho do mercado e depois analisaremos num todo, as movimentações de mercado e decisões dos dirigentes desta pré-época/início de temporada.

Temos o Roberto na convocatória para o jogo contra o Setúbal, nada de mal, mantém o guarda-redes junto da equipa e dos adeptos DESDE que fique no banco, porque se for lançado aos leões mais uma vez, então tanto ele como Jorge Jesus podem ter vida difícil...e eu sou um defensor de JJ, que pôs o Benfica a jogar como nunca vi desde que me conheço...FORÇA JJ, FORÇA BENFICA!

Quem não conhece Hleb? Quem é Alyaksandr Hleb


Quem é Alyaksandr Hleb

 ●  12 comentários  ● 

O Benfica está mais perto de garantir os serviços do bielorrusso Alyaksandr Hleb por uma temporada, num negócio que deverá deixar o Benfica com opção de compra no final da presente temporada, enquanto o Barcelona ficará com o direito de preferência sobre Roderick Miranda.

Alyaksandr Hleb começou a dar nas vistas no Estugarda, equipa que o foi buscar á Bielorrússia. Então com vinte anos Hleb jogava na ala direita, mas foi como “playmaker” que se afirmou definitivamente no seu arranque de carreira na Alemanha. Cinco temporadas depois Arsene Wenger levou-o para o Arsenal e aí explodiu, passando rapidamente a ser um dos jogadores favoritos dos “gunners”, muito por culpa dos seus impressionante dribles.

Em 2008 transferiu-se para o Barcelona por 16 Milhões de Euros, mas acabou por não se afirmar na equipa de Guardiola apesar de ter disputado quase trinta jogos oficiais. Nesta pré-temporada esteve a um passo de assinar pelo Tottenham e mais recentemente pelo Werder Bremen, onde seria envolvido no negócio (entretanto falhado) de Ozil.

Aos 29 anos, Alyaksandr Hleb joga preferencialmente como extremo direito, mas no Arsenal com Arsene Wenger fez todas as posições no meio campo ofensivo. Tem a seu favor o facto de ser um jogador muito evoluído tecnicamente, podendo quase considerar-se como um ambidextro pela facilidade com que executa com os dois pés. Além de um exímio driblador, é rápido e tem uma grande capacidade de passe.

Será sem sombra de dúvidas um grande reforço…

PS- Não percam o tópico do JMC em pré-época e mercado de transferências.

pré-época e mercado de transferências

 ●  6 comentários  ● 

Aproveitando a minha estreia no GeraçãoBenfica, não queria deixar de fazer uma reflexão sobre esta pré-época que muita tinta fez correr nos jornais e muitas emoções provocou no universo benfiquista.

Na época passada voltei a entusiasmar-me com o futebol do Benfica. Não sentia esse entusiasmo desde o ano em que fomos campeões com o Toni (época 93/94) em que Rui Costa, João Pinto, Vitor Paneira, Mozer, Isaías, Rui Águas e Schwarz encantavam os relvados portugueses (e não só) com o seu futebol. Quem não se lembra dos 4-4 em Leverkusen?
Passaram 15 anos até que voltasse a sentir a alegria de ver o Benfica a jogar à bola. Juntar um grupo de amigos, umas cervejas e o nosso Benfica. Aimar, Saviola, Di Maria, David Luiz e companhia a jogarem de olhos fechados e a não deixarem os adversários respirar. A festa voltou à Luz.
O Benfica foi campeão porque pura e simplesmente praticou o melhor futebol, melhor ataque, melhor defesa, melhor marcador, melhor jogador, melhor assistência no estádio...enfim...túneis? Quando as coisas são tão óbvias, os delírios dos outros até servem para animar as conversas no café. Afinal de contas, falar de futebol sem criticar os árbitros e a existência do sistema não tem piada nenhuma.

Não sou um admirador do Luís Filipe Vieira, mas estou surpreendido com o seu trabalho no clube. Antes do Vilarinho o clube estava caído em desgraça, sem crédito na banca, sem credibilidade na europa, motivo de chacota em Portugal e era sistematicamente ridicularizado pelo Porto. Luís Filipe Vieira pode ter muitos defeitos, pode ter muitos esquemas (ou não), mas o que é certo é que também tem trabalho para mostrar. Um centro de estágios, uma máquina de marketing ao nível das melhores empresas em Portugal, um canal de televisão, jogadores de classe mundial, modalidades amadoras a recuperar o seu prestígio e muito mais. Não merece ser tratado e não merece que se digam muitas das coisas que por aí tenho visto. Vamos aguardar pelo fim do mandato e depois votar consoante as nossas opiniões. Afinal de contas é isso que se faz numa democracia.

Más compras de jogadores? Qual é o clube que não as tem? Quantos flops existem por ano no Barcelona, Manchester, Chelsea e Real Madrid? Certamente que um flop deles é bem mais caro que um nosso. Só após alguns meses de adaptação a um país e um clube é que se pode começar a tirar conclusões sobre um jogador, e mesmo assim pode apenas ser um caso de má adaptação e não um caso de mau jogador.
No Benfica existe uma tendência para fazer as malas a um jogador ao fim de 3 jogos. Não aprendemos com os erros? Lembram-se do Di Maria? Vejam os jogadores do Braga que nos clubes grandes toda a gente gozava. Um jogador de futebol está sujeito a uma pressão que poucos de nós imaginam. Se não tiver uma personalidade forte pode facilmente vacilar, especialmente se ouvir assobios no estádio ou tiver fóruns e imprensa a “malhar” nele. Eu estou à espera que a concorrência e a imprensa façam isso. A motivação deles é diminuir-nos e vender jornais. Mas muito me choca ver a nossa própria massa de adeptos a fazê-lo.

Jogadores vendidos ao preço da chuva? Como é possível dizer isso num ano em que um dos jogadores mais badalados do ano (Villa) é vendido por 40 milhões?

Época mal planeada? Em Julho tínhamos já 4 contratações confirmadas. Em ano de mundial muita coisa pode acontecer e certamente a direcção sabia que até ao fim do mercado de transferências iria existir muita instabilidade. Os avisos por parte de Rui Costa que os últimos dias do mercado iam ser os piores não foram inocentes.

Contratações à última hora? Não me choca dado que se conseguem arranjar belos jogadores e belas pechinchas nesta altura. É nesta altura que os grandes clubes também fazem os últimos arranjos no plantel. O Benfica, como grande clube que é, está atento às movimentações de mercado até ao fim.

Já muitas vezes se disse que o nosso maior inimigo somos nós. Mas somos mesmo! Como se pode deitar abaixo ao fim de 4 jogos oficiais um treinador que nos deu o que nos deu na época passada? Como se pode criticar jogadores que anteriormente deram tudo? Já pensaram que podem simplesmente estar cansados? O Jorge Jesus fartou-se de avisar que os jogadores são sobrecarregados no início para estarem no pico de forma lá para Outubro.

Roberto? Pode até ser mau, mas também pode ser muito bom. Não tem sido dada oportunidade para que ele prove o seu valor. Desde o 1.º dia que está a ser ridicularizado. Lembram-se do Butt? Porque ninguém fala do Felipe do Braga?? Há dias vi muito boa gente a escrever que era um grande guarda-redes, mas depois ninguém falou nos dois golos consentidos por ele ao Sevilha.

Vamos em frente que a época é longa e com esta possível contratação do Hleb voltamos a ter um grande plantel. Avante Benfica!

P.S.: é com satisfação que vejo o GeraçãoBenfica a “contratar” um membro para acompanhar o futsal. Trata-se de uma modalidade que assume cada vez mais importância na estrutura interna do clube.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Felicitar um clube português, sim ou não?

 ●  16 comentários  ● 



Cumprimentos Blogosféricos, para quem não me conhece, sou o DarthVader, benfiquista de pequenino e defensor inveterado das cores do glorioso, como espero, todos vocês sejam. ;)

Deixo aqui para começar um tema que tem sido muito debatido nestes últimos dias e tem levado não só adeptos do Benfica e Braga a se confrontarem verbalmente, mas também entre os próprios adeptos desse clube.


As regras de respeito e bom costume é algo que nos é (ou não) transmitido de pais para filhos, moldando as nossas personalidades e consequentemente a forma como nos relacionamos com os outros. Eu como pessoa tenho essas regras, mas não quer dizer que as use sempre...e porque? Porque o uso dessas regras que nos foram passadas pelos nossos pais não depende só de nos, mas também dos outros que coabitam connosco. Se alguém nos maltrata e nos desrespeita, será que nos o respeitamos? Só se formos jesus, e não, não é o treinador do Benfica. O mesmo se aplica no mundo do futebol.

Na terça-feira o Sporting Clube de Braga passou a fase de grupos da Liga dos Campeões, com todo o merito do seu esforço e empenho. Admito que foi um regalo ver a equipa dos arcebispos jogar, fazia lembrar o nosso Benfica há não muito tempo. Foi um grande feito desportivo para o Braga? Claramente. Agora a forma como o demonstraram ao mundo é que não foi a mais correcta. Nem estão em causa os adeptos do braga como um todo, porque são pessoas honradas e honestas, mas quando vi na tv os festejos de adeptos desse clube a cantar "slb, slb, slb, f***** da p**** slb" pensei logo, "momento mais alto da sua historia desportiva, momento mais reles da sua historia de instituição honrada e respeitadora".

Esses alguns adeptos desse clube simplesmente seguem a doutrina que a actual direcção do clube prega, de anti-benfiquismo primário, induzido por uma aproximação ao clube de Pinto da Costa. Basta verificar que no seio da sua direcção moram alguns elementos com uma longa história de ligação ao f.c.porto, desde logo o treinador, Domingos Paciência, ou o director desportivo, Fernando Couto.

Poderão alguns dizer, não era questão para tanto, mas nao é algo de agora, é um acumular de situações que me levam a não ter bons pensamentos, quando o assunto é o Braga. A época passada é um bom exemplo disso mesmo, tendo o seu apogeu quando o Benfica ao sagrar-se campeão nacional, Domingos Paciência em vez de felicitar o novo campeão, queixou-se de uma qualquer dor de cotovelo que o fulminava no momento. E quem nao se lembra do caso do túnel de Braga?

Se recuarmos vários anos, sempre ouvimos na tv ou vivíamos nas ruas daquela cidade, que Braga é a cidade mais benfiquista de portugal....e se era verdade...cada jogo do benfica lá eram enchentes de vermelho vestido, ainda me lembro do jogo de consagração em 94 quando ganhámos ao Gil Vicente no antigo estadio 1º de maio.

O que mudou desde então? A orientação estratégica. A direcção actual do Sporting Clube de Braga chegou a conclusão que a melhor maneira de aumentar a dimensão e preponderância competitiva do clube, seria virar as costas ao Benfica (não é que houvesse um alinhamento tipo o dono e o seu cão de fila, como acontece agora, mas havia um respeito mútuo e abertura entre as direcções) e aliar-se ao F.C.Porto, e desde então a conduta e política do clube mudou radicalmente, o clube cresceu, e vários adeptos, na sua sede de um clube mais influente, deitaram fora o respeito e a honra por um braga mais forte.

O desrespeito pelo nosso clube é contínuo. Não sou capaz de respeitar quem desrespeita os nossos. Sermos coniventes com o desrespeito é não nos darmos ao respeito.

Sempre que um clube português que respeito consiga um grande feito na sua historia como para o futebol português, terá logo as minhas felicitações na caixa de correio, com dedicatória e tudo.

Ps: Tenho muita pena pelo Braga (instituição) e os adeptos que nao se revêem nesta política do seu clube.

Pss: Quero ver como reagirão os tais adeptos que agora abraçam a doutrina seguida pela direcção quando os resultados desportivos não forem tão positivos. Será que aplaudirão aquelas conferências de imprensa em que equipa técnica/ direcção destila veneno pela boca?

E não esquecer, podem ver o tópico do OrgulhoSLB que inicia o GB no mundo do futsal! Que esperar do nosso futsal?

E o nosso grande GB no sorteio da Liga dos Campeões. Sorteio da Champions: Eis o Grupo B (de Benfica)

Sorteio da Champions: Eis o Grupo B (de Benfica)

 ●  14 comentários  ● 
No Grupo B (de Benfica) o SLBenfica irá defrontar o Lyon, Schalke04 e Hapoel-Telavive.

Na minha opinião o SLBenfica tem a OBRIGAÇÃO de passar neste grupo ou, pelo menos, fazer a vida muitíssimo difícil ao Lyon na luta pelo primeiro lugar. Não passar nem sequer me passa pela cabeça, apesar da luta que o Schalke pode dar. Foi a chamada "Estrelinha de Campeão" que nos acompanhou no Sorteio.

Para lutar pelo título nesta competição, o (novo) Blog GeraçãoBenfica anuncia o reforço da equipa com JMC, BenficaEsmaga e RedMoon, que integram já imediatamente os trabalhos da equipa (ehehe).

PS- Não percam o primeiro tópico de um dos novos colaboradores, OrgulhoSLB, em
Que esperar do nosso futsal?

Que esperar do nosso futsal?

 ●  7 comentários  ● 
Fui convidado pelo GB para dar o meu contributo na modalidade futsal, aceitei, pois é uma modalidade que acompanho mesmo antes do Benfica ter entrado e da qual gosto bastante.

Portanto vamos lá fazer um pequeno apanhado da nossa secção, sobre o que esperamos do Benfica para esta época de grandes mudanças na equipa e não só.

Saíram Ricardinho, Zé Carlos, Pedrinho e Zé Maria, entraram Vitor Hugo, Diego Sol e Diece, sendo este ultimo a grande aposta da secção para colmatar a saída do Mágico.
Para já e pelo que deu para ver, Diece, é um jogador bastante rápido, com garra e com muita técnica.

Vitor Hugo poderá ser uma alternativa viável a Bebé, muito bom entre os postes e muito bom a colocar a bola em jogo, mas na minha opinião será o Bebé que vai continuar a defender a nossa baliza.

Diego Sol, já sobejamente conhecido, veio do Belenenses, onde foi nosso adversário em algumas finais, é um jogador inteligente e bastante sereno dentro do campo, uma boa contratação.

O resto da equipa mantem-se, com a excepção do treinador, no final da época foi dispensado um treinador campeão europeu e contratado um campeão nacional, saiu André Lima entrou Paulo Fernandes.

Para já a equipa tem ganho todos os jogos da pré-época, se bem, que nos 15 dias que esteve no Luso, os adversário eram fracos, no regresso a Lisboa, participou no Torneio Centenário da AF Lisboa, tendo vencido o Dínamo de Moscovo e o Belenenses, garantindo assim mais um caneco, mas acima de tudo mostrando que continua uma equipa forte, organizada e determinada a vencer. Muito bem no que diz respeito a fase atacante do jogo, embora na defesa, Paulo Fernandes, ainda tenha muito trabalho pela frente.

A FIFA por seu lado alterou algumas regras na modalidade, sendo a mais relevante, a utilização do 5x4, se antes o GR avançado podia jogar a bola em qualquer parte do campo as vezes que quisesse, (no caso de ser no seu meio-campo, apenas uma vez, sem que a bola ultrapassa-se a linha de meio-campo ou esta tivesse sido tocada por um adversário), agora com esta nova regra o GR avançado apenas pode tocar várias vezes a bola no meio-campo adversário, e no seu meio-campo apenas pode voltar a jogar a bola depois de esta ser tocada por um adversário, o não cumprimento desta regra dá direito à marcação de um livre directo no local onde foi feito o passe e a falta conta como acumulada. Esta regra vem claramente beneficiar a modalidade em geral e o Benfica em particular, pois até ao momento apenas usava o 5x4 em situações de desvantagem no marcador, o mesmo não acontecia com equipas mais fracas e como o Belenenses que fazia uso desta estratégia de jogo para garantir posse de bola e perca de tempo, mesmo quando se encontrava em vantagem no marcador. Por falar em tempo, também o este sofreu alterações, o jogo não acaba com o sinal sonoro no fim dos 20m, mas sim quando o árbitro o entender.

Força Benfica, força Futsal Benfica, queremos o Bi-Campeonato Europeu e a reconquista do Campeonato Nacional.

PS: Para quem já tem saudades, como eu, de ver o Ricardinho a jogar deixo aqui um video dele já no Japão, agora é que o japoneses vão ficar de olhos em bico...


ranking