"O mercado corre a nosso favor"
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


sábado, 12 de junho de 2010

"O mercado corre a nosso favor"

 ●  + Sem comentários  ● 
Já dizia o José Veiga, numa frase que ficou célebre pela confiança que o homem queria fazer passar, num momento em que todos viam que o Benfica não só não conseguia contratar jogadores, como as opções eram de baixa qualidade. Era o tempo das vacas magras e de ir às compras com "sacos de caramelos".

Será muito complicado para jogadores, dirigentes e até "compradores" olhar para este momento sem tomar uma decisão: Fechar já o tema ou deixar correr o tempo?

Não há verdades absolutas sobre este assunto e pode até considerar-se... um bom problema, sendo um sinal de que o clube tem jogadores que interessam à Europa do futebol. Contudo, é preciso não esquecer que é ano de campeonato do Mundo e que muitas decisões vão apenas tomar-se após o dia 11 de Julho e os campeonatos vão iniciar-se pouco menos de um mês depois. Este será, talvez, o período mais quente das contratações e decisões.

Voltando à célebre frase de José Veiga, a verdade é que quanto mais tempo avançar, melhor o mercado se torna para quem quer gastar menos com os jogadores ainda não transferidos... mas que os clubes aceitam ou querem libertar.

Por outro lado, para quem não quer (ou não precisa) vender... não há momento de mercado! Os jogadores estão no clube e o patamar definido é claro: as clausulas de rescisão. Abaixo disso não há conversas.


Posto isto, o GB já aqui afirmou que o SLBenfica se deve manter irredutível no que diz respeito às clausulas de rescisão de DiMaria, David Luiz e Fábio Coentrão. Por outro lado, Óscar Cardozo e Ramires poderão ver as suas transferências viabilizadas em acordos muito bem identificados com outros clubes.

Há, contudo, dois factores que podem influenciar significativamente o desenvolvimento destas questões: O grau de satisfação dos jogadores e a necessidade do SLBenfica de realizar dinheiro (e quanto dinheiro). Olhemos ainda para outro factor que pode, também, baralhar as contas: As dispensas. Quanto podem valer Patric, Shaffer, Luis Filipe, Filipe Bastos, Filipe Menezes, Eder Luis, Binya, Makukula, Balboa, Zoro, Adu, Yebda, Halliche, Marcel... ou ainda César Peixoto, Urreta e Sidnei (estes últimos com boas possibilidade de permanecerem?

Quanto pode o SLBenfica obter de retorno em vendas e/ou redução de custos com salários? Olhemos para um valor de 10M€ (só Yebda, Makukula e Eder Luis juntos podem render 8 a 10M€ entre receitas e poupanças com salários).

Posto isto, já aqui defendi há bastante tempo que há duas medidas que deveriam ser rapidamente conduzidas pela SAD: 1) Melhorar as condições de Coentrão e DiMaria; 2) Garantir uma célere rescisão/venda/dispensa dos jogadores que não fazem parte dos planos de Jorge Jesus.

Se optarmos por estas duas medidas, sem encargos significativos, seria assegurado o elevado grau de motivação dos jogadores que poderão ser mais sujeitos à tentação da mudança para outros campeonatos, mesmo que permaneçam no Clube.

David Luiz, por exemplo, teve uma significativa melhoria de contrato recentemente. Apesar de ninguém ter dúvidas do elevadíssimo risco da saída de David Luiz e até do interesse óbvio que isso representa para o jogador («Quem pode dizer não ao Real? Se for o melhor para todos e o presidente do Benfica quiser, por que não?»), também acho que ninguém terá duvidas que se o jogador permanecer mais uma época, irá fazê-lo com elevada motivação e desempenho.

Este factor de motivação, poderá ser uma das formas de garantirmos que os jogadores não são os primeiros a pressionar o respectivo empresário e mesmo o SLBenfica a avançar para a venda dos direitos desportivos, em condições abaixo das exigidas pelo nosso Clube.

Vistas as questões da motivação dos jogadores e das dispensas, fica então a faltar a necessidade do SLBenfica de vender jogadores para realizar dinheiro que permita fazer face ás suas obrigações financeiras - sejam elas de gestão ou para suportar os custos das contratações de 2010/11.

É aqui que entram as vendas de Óscar Cardozo e Ramires. O segundo todos sabem que chegou com o "patrocínio financeiro" de um grupo de empresários, com a expectativa de transferência a curto prazo por valores na ordem dos 20/25M€. O primeiro tem sido falado para a Rússia ou Ucrânia por valores na ordem dos 25 a 30M€. Num encaixe total de 45 a 55M€ (dos quais terá que se retirar 20% da transferência de Cardozo para o Benfica Stars Fund e a percentagem desconhecida do acordo com Bertolluci por Ramires).

Possivelmente, a venda destes dois jogadores não será suficiente para a eventual receita que o SLBenfica poderá necessitar e talvez seja essa a justificação para o facto de o SLBenfica se mostrar tão descoordenado em termos de comunicação e tão disponível para negociar as verbas que são oferecidas para a aquisição dos passes de DiMaria e até mesmo David Luiz.

Assim sendo, só considero que "o mercado corre a nosso favor", no que diz respeito ao potencial de obter o valor das clausulas (especialmente no caso de DiMaria, pois David Luiz acho um exagero), se houver coragem negocial dos nossos dirigentes para avançar para as medidas acima apresentadas.

PS- Não tornem o SLBenfica no clube onde se ouve mais castelhano e brasileiro que... português.

0 comentários blogger

Enviar um comentário

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares