Day After das entrevistas
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 31 de março de 2010

Day After das entrevistas

 ●  + 4 comentários  ● 
Passei de relance os olhos nas análises dos "paineleiros" sobre as entrevistas. Mais uma vez, confesso-vos o meu total desprezo pelo factor Pinto da Costa, simplesmente porque me recuso a dar atenção a alguém que tenta explicar o inexplicável: É CORRUPTO!

Foquemo-nos então no essencial: As entrevistas de Luis Filipe Vieira e de Ricardo Costa, curiosamente, ambas através dos canais de Carnaxide - SIC e SICNotícias.

Para "arrumar" já com o tema do Ricardo Costa, gostaria de vos dar visibilidade sobre a opinião de António Boronha, que subscrevo integralmente, através do tópico take 2: ricardo costa. E sobre isto não vou perder mais tempo. Portugal, e concretamente o futebol, não sabem viver com pessoas com tomates para enfrentar o Sistema. Curiosamente, quando isso acontece, aparecem logo os habituais a dizer que a pessoa em causa é corrupta ou que está lá apenas para defender os interesses do... Benfica.

Pois o GB dá-vos uma informação em primeira mão: A única "ponte" que Ricardo Costa pode ter para o Benfica, prende-se com a relação pessoal que tem com Paulo Gonçalves. Curiosamente, essa personagem do Benfica é, talvez, o único profissional do Benfica que acumula insucessos e rotundos falhanços no que diz respeito às suas funções... mesmo naquelas que dizem respeito à Liga.


Passemos, então, adiante para o que realmente interessa: As reacções à entrevista de Luis Filipe Vieira. A análise do GB está disponível no tópico abaixo: LFV esteve... Brilhante.

Contudo, para os "paineleiros do costume", Luis Filipe Vieira esteve bem apenas porque... Miguel Sousa Tavares esteve mal. Há até quem use a expressão, sobre MST, forte com os fracos, fraco com os fortes...

Em rigor, dizem que MST permitiu a elevação de LFV para ajudar Pinto da Costa na missão de despedir Jesualdo Ferreira e promover uma reestruturação no clube corrupto. Bom... acho que nunca vi argumentos tão rebuscados!

Prefere a maioria dos jornais destacar que Vieira afirmou que Jesus foi "resgatado" quando estava a caminho do FCPorto, com que estava comprometido, porque Rui Costa não quisera (dois anos antes) ter Jesus.

Há até quem tenha chegado ao ridículo de distorcer as palavras do Presidente quando este foi questionado sobre o jogador que mais admirava. A resposta de LFV sobre quem era o melhor jogador do Benfica foi "É A EQUIPA", mas o jogador que mais admiro, pela capacidade de liderança é o Luisão"... o que é bem diferente do que vem na capa do CM em que refere que o Presidente afirmara que Luisão é o melhor jogador do Benfica. TRISTE!!!

Ou seja, querem os jornais (e neste caso não é mentira) passar como ideia fundamental da entrevista que Vieira é o "Salvador da Pátria" e Rui Costa é que foi o bandido que não deixou que toda esta onda crescesse mais cedo. Sejamos sinceros: NÃO É MENTIRA... mas considerar esta a ideia fundamental da entrevista de Vieira é absolutamente redutor e evidencia uma total intenção de criar polémica e desestabilização no Benfica.

Rui Costa parece saber conviver com o papel a que foi relegado depois de ter sido "utilizado" por Vieira num ano complicado (pós Fernando Santos) e em que era fundamental capitalizar a relação com os sócios. Todos no meio jornalístico sabem disso há séculos... o Presidente, agora que a equipa está em alta, assume-o sem pudores. Só não entendo porque querem agora os jornais fazer disso assunto!

O balneário de Jesus está fechado a essas situações e, em vésperas de jogo com o Liverpool, não há qualquer hipótese de o grupo ser desestabilizado. Todos no Benfica sabem o papel de Rui Costa. Desde os roupeiros... aos jogadores, todos sabem o papel de Jesus e a "linha directa" com o Presidente.

Não há qualquer polémica, novidade ou motivo de destaque.

A questão que coloco é:

- Porque não preferem destacar que o Presidente reforçou que lideramos em Portugal em matéria de inovação e novas fontes de receita?
- Porque não preferem destacar que o Presidente afirma que sendo campeões e passando a fase de grupos da Champions, o clube é perfeitamente sustentável sem estar dependente de vendas de jogadores?
- Porque não preferem destacar que o Presidente tem os "grupos organizados de sócios" bem acompanhados (à sua maneira, é certo) e não se tem visto esses grupos de benfiquistas a provocar distúrbios ou a proferir insultos e impropérios durante os jogos, como fazem as legalizadas claques adversárias... mas ainda assim somos os mais penalizados financeiramente pela Liga?

... Entre muitas outras coisas. Inclusivamente, se quiserem ser incómodos, porque não questionar o tema (ou ausência dele) das eleições para a Liga de Clubes?

Enfim... é o Day After das entrevistas e o jornalismo sensacionalista que temos, mas que o povão vai comendo.


4 comentários blogger

  1. adorava que direcção do Porto, se de facto se sente tão segura de si, se sente realmente lesada, se sente inocente neste processo, partisse para a impugnação deste campeonato e digo-o porque isso sim, seria um acto de coragem e firme na defesa de uma inocência em que eles não acreditam e não vão partir para essa acção, simplesmente porque além de saberem que são os únicos e verdadeiros culpados do que sucedeu no Estádio da Luz, também sabem como nasceu o acordão do Conselho de Justiça da Federação, o qual as 12H00 estava pronto a anunciar que a decisão do CD da Liga se mantinha e 2 horas mais tarde, se calhar após comerem a sobremesa à base de fruta ou de beberem um café simples ou com leite, aparecem com um acordão completamente destinto e é por saberem que trabalharam na sombra, como é seu costume e forma de estar, que não podem partir para os tribunais comuns no sentido de impugnar esta competição, pois tal facto, abriria uma investigação que poderia chegar a tenebrosas conclusões sobre os métodos usados na influência de uma decisão de um orgão desciplinar, porque um indivíduo, por acaso Vice- Presidente daquele orgão e que assiste no camarote presidencial aos jogos do seu Porto de cachecol do clube ao pescoço, de repente, apresenta um sentido de voto completamente destinto daquele que inicialmente tinha, ou seja, o feitiço poderia virar-se contra o feiticeiro e isso é um risco que não querem correr, pois as escutas foram só por si um duro golpe e suficientemente reveladoras da postura dos dirigentes desse clube com Corleone à cabeça no futebol português.

    ResponderEliminar
  2. ...GB,

    Pelo que tenho lido na blogosfera,há uma opinião generalizada por grande parte dos blogs de benfiquistas,que a entrevista de LFV,foi excelente.

    Tudo o que a "jornalada" diz através da escrita,já sabes que é para criar atritos e lançar confusão,onde ela não existe.
    Como dizes e bem,

    "...O balneário de Jesus está fechado a essas situações e, em vésperas de jogo com o Liverpool, não há qualquer hipótese de o grupo ser desestabilizado. Todos no Benfica sabem o papel de Rui Costa. Desde os roupeiros... aos jogadores, todos sabem o papel de Jesus e a "linha directa" com o Presidente.

    Não há qualquer polémica, novidade ou motivo de destaque...."

    Concordo inteiramente.

    Tudo o resto,são conversas para encher chouriços...

    ResponderEliminar
  3. De facto, acho o mesmo. Parece que andaram a pegar em picuinhices na entrevista em vez de pegar nas ideias gerais que o LFV lancou.

    Preferiram tentar criar atritos artificiais entre o Rui Costa e o LFV. A mim parece bastante obvio que apesar de tudo o Rui Costa tem bastante influencia neste Benfica e acho que isso se nota nas inumeras declaracoes que fez esta epoca em que ele demonstrou uma defesa forte dos interesses do Benfica.

    Quero ver se amanha vao dar destaque ao Herminio Loureiro a desmentir o mentiroso do Peidoso.

    ResponderEliminar
  4. Esperava-se outra coisa que não a tentativa de desestabilizar?! É ingenuidade tua se achas que iam destacar outras coisas.

    E se o Rui Costa continuar a ser menorizado não existe mesmo o risco de haver fracturas na estrutura do futebol? LFV não tinha de dizer as coisas desta forma, fragilizando a imagem de Rui Costa.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking