O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. novogeracaobenfica@gmail.com


17 de janeiro de 2010

Até a sPORTO TV viu...

 ●  4 comentários  ● 
... Todos os lances de golo (e a expulsão) são absolutamente legais no Maritimo x Benfica de hoje (já o mesmo não se pode dizer da arbitragem corrupta de ontem - ver tópico anterior). O único erro de João Ferreira foi não ter expulso o João Guilherme por entrada violenta sobre Eder Luis... e um amarelo à "galinha careca" do Manu por um cacetadão no C.Peixoto.

Nem a vontade do Juju Bebedeira ou do Giorgio di Bufa... e muito menos os sorrisos sarcásticos do caceteiro do Pajó (aka Paulo Jorge) poderão colocar em causa as decisões correctas do árbitro João Ferreira no jogo de hoje.

SIM! É estranho... no túnel da Luz resolveu contar a verdade (mas ainda assim Hulk, Rodriguez, Sapunaru, Fucile e Helton estão por ser punidos há 27 dias). Hoje voltou, com estranheza para o nosso futebol, a fazer cumprir as leis! Estaremos perante algum fenómeno estranho de verdade desportiva em Portugal?

Na Madeira houve de tudo e ao Benfica nem foi preciso correr ou acelerar. Risco mínimo e baixa rotação valeram (mais) uma goleada, onde por esse factos não houve grande destaque entre os jogadores do Benfica. O que mais se destacou terá sido, talvez, a inteligência que começa a ser nativa entre os jogadores do SLBenfica.

Termino com uma palavra para os jogadores do Marítimo: Em cada golo, tiveram sempre algo a protestar... e curiosamente, sempre sem qualquer razão. Se o Benfica deixa na Madeira mais um cabaz, tal fica a dever-se unicamente à vontade que os jogadores do Marítimo tinham de ver João Ferreira condicionado pela pressão efectuada por Juju Bebedeira antes do jogo.

Os jogadores do Marítimo entraram em campo a acreditar que João Ferreira ia estar condicionado pelas palavras da corja corrupta e então acreditaram que iam poder fazer as faltas que entendessem e o jogo sujo habitual. Deram-se mal... o árbitro não esteve para aí virado e, ainda assim, foi condescendente com mais uma expulsão.

4 comentários blogger

  1. Que dizer do GR peçanha no flash interview lol
    Tá doido o tipo
    Boa arbitragem, inacreditável!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Falta aí o penalty sobre o Aimar

    ResponderEliminar
  3. foi uma vitória de mão cheia do Benfica, num resultado que não espelha as dificuldades iniciais pelas quais o Benfica passou.
    Um jogo que se esperava complicado e que foi facilitado pela acção dos jogadores maritimistas, factor esse de que o Benfica não tem culpa, a não ser para aqueles que conseguiram saber o que disse Olberdam e que entendem que contra o Benfica qualquer jogador adversário pode defender com as mãos no interior da sua área, facto esse que sou levado a começar a concordar, porque de facto ter 44 golos é uma afronta, é desleal e há que arranjar uma maneira de o Benfica marcar menos, senão isto deixa de ter graça.
    Também acho que há que abrir um apito encarnado, pois o Benfica está a abusar da concorrência desleal e anda num Andro, tal a quantidade de adeptos que vão enchendo os estádios de sul a norte e ilhas, isto sim é ser levado ao colo e mais uma afronta, pois é o único clube que joga sempre em casa e isso é injusto e desleal, têm toda a razão os nossos adversários.

    ResponderEliminar
  4. Da maneira que o Benfica anda a jogar esta epoca este clima de pressao sobre os arbitros origina uma situacao benefica: as equipas adversarias entram em campo mais interessadas (e por isso distraidas) em pressionar os arbitros do que prestarem atencao aos jogadores do Benfica. Depois quando reparam no marcador ja estao a levar 3 ou 4...

    Por alguma razao (e tirando o Braga) as equipas que nos deram mais trabalho foram o Guimaraes e o Rio Ave que jogaram concentrados no jogo e nao em condicionar os arbitros.

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários. Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado. Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado. Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB.

ranking