Coentrão Renova até 2015
O Novo Blog Geração Benfica é agora um espaço aberto a outros bloggers benfiquistas. Um espaço de opinião individual, alheio a quaisquer interesses individuais ou colectivos.
Os autores dos textos serão os únicos responsáveis pelos mesmos, não sendo definida qualquer linha editorial ou obrigatoriedade. email: novogeracaobenfica@gmail.com


quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Coentrão Renova até 2015

 ●  + 4 comentários  ● 
É hoje dado à estampa que o Fábio Coentrão renovou até 2015 e eventuais interessados viram incrementada a cláusula de rescisão para 30M€.

Em tempos defendi que muita da "exposição" que os nossos atletas mais valiosos tinham advinha da nossa falta de capacidade de antecipação, neste tipo de tema.

Como não podia deixar de ser, muita gente me caiu em cima sob o argumento que eu só sabia criticar e blá blá blá. O tempo, neste aspecto (ao contrário de outros) deu-me razão. Nos ultimos três meses o SLBenfica renovou os vínculos dos seus melhores e mais expostos valores desportivos: Cardozo, DiMaria, Luisão, David Luiz e Coentrão, aos quais se juntam os recentemente contratados Javi Garcia, Aimar e Saviola, mas que por este andar justificam também eles eventuais medidas a este nível, talvez não de cariz salarial, mas na componente variável (performance).

Esta é uma medida, que há uns tempos atrás para LFVieira era talvez despesista, compreendendo-se talvez no enquadramento da escassez de recursos finaceiros para a levar por diante. Contudo facilmente o Presidente e a sua equipa entenderam que se há investimento que é certeiro, que dá lucros enormes e que cativa os sócios, é investir na prata da casa que tem resultados comprovados, ao invés de os deixar expostos aos tubarões e às tentações das promessas. Tivesse sido assim mais cedo e talvez jogadores como o Tiago, Manuel Fernandes ou mesmo Simão ainda estivessem entre nós, ou talvez tivessem saído por bem mais dinheiro.

Outra questão relevante a assinalar é a vertente do "timming". É demasiado perfeito, todas as renovações foram, inteligentemente, anunciadas em momentos-chave e algumas delas até depois de os jogadores dizerem que ainda não havia nada sobre o tema definido.

Uma crítica? Sim... mas ao passado! À falta de "funcionamento" que a máquina de comunicação teve (talvez porque o João Gabriel sozinho não conseguisse tudo ou não o conseguisse de um momento para o outro, talvez!). Isto denota efectivamente que há uma preocupação com "timming" em que se libertam as notícias, em que se alimentam os media (avençados azuis) e no efeito que isso tem nos jogadores, nos adeptos, nos patrocinadores, nos parceiros e até nos adversários. Muito bem, excelente! Nota-se finalmente a máquina a trabalhar.

Para os mais esquecidos, é só (re)lerem o "Dossier Benfica by GB", isto não é nada que eu próprio não tivesse avançado como sugestão há uns tempos. Ainda bem que foi alterado, seguramente que não foi porque o sugeri, mas ainda bem que foi alterado e fico contente por ter tido uma opinião que fazia sentido.

Todas estas situações, são positivas para a vida do SLBenfica e como o são merecem o meu apoio e o meu aplauso a quem teve a iniciativa de as levar por diante. Que se torne uma regra e todos veremos os resultados excelentes que tem. Mas há mais, muitos mais por fazer... e felizmente que o há, é sinal que o clube tem margem de progressão, o que não se pode dizer de outros que estão enterrados na sua pequenez (Zbording) ou modelo de governação assente em corrupção e interesses paralelos (Porco).

Parabens Benfica!

4 comentários blogger

  1. Lembro-me de ler os teus post's sobre este tema, pois referiste mais que uma vez esse ponto no passado. Concordo em absoluto. Mas tenho uma pergunta. Actualmente é obrigatório haver cláusula de rescisão em Portugal? Tipo Inglaterra? A ser obrigatório nada a fazer, mas se não for por lei, será uma política acertada? Porque sejamos sinceros, todos nós vemos que o Manchester United fez um mau negócio com a venda do CR, com esses sheiks árabes que por aí andam no futebol negócio, o que são 40M€ pelo Di Maria? Para mim um mau negócio. O mesmo pelo Ramires, Saviola, etc...

    Quanto tempo estivemos para arranjar um substituto para o Simão? Será que compensou a venda? Com as cláusulas ficamos sem palavra, recebemos no imediato mas a longo prazo será prejudicial.

    Acabamos de contratar o Ramires, mas a esse deveria-se aumentar a cláusula, pois 30M€ é sinónimo de só fazer esta época por cá.

    Saudações Gloriosas.

    ResponderEliminar
  2. caro joemorales,

    não é obrigatório, mas é prudente que tenham.

    Mas temos que olhar para as clausulas, em Portugal, como um majorante. Dificilmente conseguimos segurar os jogadores ao ponto de só os deixarmos sair qd pagam as cláusulas.

    Olha para o Cardozo, obviamente que um "matador" daqueles tem que ter ambição a ordenados de milhoes que não lhe podemos dar.

    Mas isso nao quer dizer que só sai por 60M, o que quer dizer, sim, é ao mercado que o avaliamos por muito dinheiro e que as conversas têm que ser dos 25/30M para cima.

    Já o caso do Ramires é diferente. Todos sabiam á partida que o jogador vinha "prometido". É bem verdade que tudo se pode alterar... mas é dificil e sabemos que possivelmente ele sairá no fim deste ano por um valor a rondar os 20/25M.

    Eu não sou, de todo, contra esses negócios, desde que não haja mais do que um atleta nessas condições no plantel.

    Ou seja, que seja "colocado" aqui para se projectar e ambientar e no final todos ganhem com a venda (Benfica e empresários que colocaram)

    ResponderEliminar
  3. O Ramires talvez seja, na minha visão de treinador de bancada, a peça chave nesta equipa. Supondo que esteja certo nesta avaliação ao Ramires, ele sai no final da época e o que ganha a EQUIPA com isso? Ganhamos uns M€ mas perdemos a balança do fantástico futebol que praticamos. Se formos campeões e o vendermos por 25M€ iremos chorar no futuro. Um jogador não faz a equipa, mas é recuar e o Benfica não se pode dar ao luxo de recuar. Para mim, mesmo só sendo um único caso no plantel, assim o espero, não concordo com estes negócios. Para mim será sempre melhor apostar em alguém para o futuro, nunca para o imediato e descurar o que virá.

    Com as cláusulas nada impede de no final da época haver uma razia no plantel, inclusive o treinador. Não acho que seja o melhor para nós. Óbvio que não nos podemos comparar com os novos ricos de meio de tabela que brotam como erva daninha nesses grandes campeonatos europeus, em termos financeiros, mas a desfazer a equipa só piora. Com uma ida à Champions mais regular e, talvez, com o renegociamento dos direitos televisivos tenhamos outras armas e seja possível ter outros argumentos de persuação para com os jogadores.

    O Cardozo, quando acontecer, será uma perda difícil de engolir.

    ResponderEliminar
  4. As clausulas garantem os interesses do clube e do jogador ao invés dos interesses só do jogador.
    Assim se houver uma razia, o benfica tem uma margem para se reabastecer.

    Quanto ao post em si, na sua globalidade, era este tipo de opinião que se quer, mesmo que seja num blog, as pessoas não se podem esquecer que qualquer um de nós tem efectivamente margem de progressão, sejamos um indivíduo ou uma instituição, são as opiniões e as sugestões que abrem caminho a essa progressão!

    Ficar quietos à espera que as coisas aconteçam, é algo a que o benfica não se pode agarrar, está mais que visto que se assim fôr somos comidos vivos pelos andrades!

    Saudações Benfiquistas!

    ResponderEliminar

Atenção: O NGB mantém um registo completo de todos os comentários.
Se não estiver registado, assine sempre o seu comentário. Se não o fizer, não se queixe se não for publicado.
Seja moderado na linguagem. Se não o for, não se queixe se o seu comentário não for publicado.
Comente o assunto do post, salvo algum off-topic que se enquadre no âmbito do NGB

ranking

recentes

Mensagens populares